Sites Grátis no Comunidades.net Wordpress, Prestashop, Joomla e Drupal Grátis
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

  

 

Planeta Criança



Poesia & Contos Infantis

 

 

 


Milan Kundera
Milan Kundera

Milan Kundera

 

 

Milan Kundera nasceu em 1929, em Brno. na Checoslováquia. A sua juventude é, pois, atravessada pela guerra e pelo corolário histórico imediato que, para o seu pais, constituiu a instalação do regime comunista. Enquanto jovem estudante é expulso da Universidade e torna‑se. sucessivamente, operário e pianista de um grupo musical. Começa entretanto a escrever e, em 1962, conclui o seu primeiro romance intitulado La Plaisanterie, que é editado em 1967. Conhece um imediato sucesso na Checoslováquia, onde terá ainda a oportunidade de dar à estampa outro livro, Risibles Amours. A invasão militar do seu pais em 1968 virá, contudo. alterar radicalmente o seu destino pessoal: demitido do Instituto de Altos Estudos Cinematográficos de Praga, impedido de continuar a publicar, vê ainda os seus livros retirados das bibliotecas e o seu próprio nome eliminado da lista telefónica. Tendo, entretanto, começado a ser traduzido, é publicado em França La Vie est Ailleurs, pais onde, em 1973 vem receber o Prémio Medicis e onde se instalará definitivamente em 1975. A partir 'de então, a primeira versão publicada dos seus livros será sempre em língua francesa. Em 1978, a Itália atribui‑lhe o Prémio Modelo para o livro La Valse aux Adieux. Aquando da publicação de Le Livre du Rire et de l'Oubli, ao qual será concedido, em 1981, o prémio norte‑americano Common Weolth Award é‑lhe retirada a nacionalidade checa. Em 1981, juntamente com o escritor Julio Cortazar, é‑lhe concedida pelo Presidente François Mitterrand a nacionalidade francesa. Em 1982, recebe, pelo conjunto da sua obra, o Prémio Europa‑Literatura e, no ano seguinte, a Universidade de Michigan fá‑lo doutor honoris causa. Em 1984 publica L'Insoutenable Légèreté de l'Être.

 

 

 

A CORTINA

A IMORTALIDADE  

A INSUSTENTAVEL LEVEZA DO SER

 

 

 

  ... o encontro dos maiores autores da Literatura Mundial