Sites Grátis no Comunidades.net
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

  

 

Planeta Criança



Poesia & Contos Infantis

 

 

 


Oscar Wilde
Oscar Wilde

Oscar Wilde

 

 

Oscar Wilde (1854-1900) foi um escritor irlandês, autor da obra “O Retrato de Dorian Gray”, seu único romance, considerada uma das mais importantes obras da literatura inglesa. Escreveu novelas, poesias, contos infantis e dramas. Foi mestre em criar frases irônicas e sarcásticas.

Oscar Fingal O'Flahertie Wills Wilde nasceu em Dublin, Irlanda, no dia 16 de outubro de 1854. Filho do médico Willian Wilde e da escritora Jane Francesca Elgee, defensora do movimento para independência irlandesa. Cresceu rodeado de intelectuais. Criado no protestantismo, converteu-se ao catolicismo. Estudou no Trinity College, em Dublin e ganhou uma bolsa de estudos para estudar em Oxford. Foi morar em Londres, onde teve uma vida movimentada, regada aos prazeres da bebida, escrevendo poemas e textos para o teatro.

Oscar Wilde criou o movimento estético denominado "Dandismo", baseado na ideia de que a vida deveria ser norteada pelas preocupações artísticas como forma de enfrentamento dos problemas do mundo moderno. Visava transformar o tradicionalismo da "Época Vitoriana", levando um tom de vanguarda às artes. Escrevendo para o teatro, chegou a ter, ao mesmo tempo, três peças em cartaz nos teatros ingleses.

Em 1883, Oscar Wilde vai morar em Paris, onde entra para o mundo literário local, o que o levou a abandonar o movimento estético. De volta à Inglaterra casa-se com Constance Lloyd, filha de um advogado bem sucedido de Dublin. Vão morar em Chelsea, bairro dos artistas londrinos. O casal teve dois filhos. Os anos de 1887 e 1888 foram os mais produtivos do escritor, publicou poemas, contos e novelas. Em 1891 publicou sua obra prima "O Retrato de Dorian Gray", romance que retrata a decadência moral humana.

Em 1895, Oscar Wilde é acusado de ter um caso amoroso com Lord Alfred Douglas (Bosie), filho do Marquês de Queensberru. Processado pelo marquês é severamente condenado pela lei inglesa. É levado a julgamento, pela terceira vez, e condenado a dois anos de prisão. Wilde viu sua fama desmoronar, seus livros foram recolhidos e suas comédias retiradas de cartaz. Na prisão escreveu "A Balada do Cárcere de Reading" e "De Profundis", uma longa carta ao Lord Douglas. Libertado no dia 19 de maio de 1897, foi morar em Paris, passando a usar o pseudônimo de "Sebastian Melmoth". Passou o resto de seus dias morando em hotéis baratos e se embriagando.

Oscar Wilde morreu em Paris, vítima de meningite, no dia 30 de novembro de 1900.

 

 

 

A ESFINGE SEM SEGREDO

O AMIGO DEDICADO  

O FANTASMA DE CANTERVILLE  

O FILHO DA ESTRELA

O GIGANTE EGOISTA

O MODELO MILIONÁRIO  

O PRÍNCIPE FELIZ  

O RETRATO DE DORIAN GREY 

O ROUXINOL E A ROSA

OS MELHORES CONTOS  

SIMÃO, O CIRINEU

 

 

 

Carlos Cunha  Arte & Produção Visual