Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

  

 

Planeta Criança



Poesia & Contos Infantis

 

 

 


SOBREVIVENTE MORTAL / Nora Roberts
SOBREVIVENTE MORTAL / Nora Roberts

                                                                                                                                                   

                                                                                                                                                  

 

 

Biblio VT

 

 

 

 

Quando ela despertou, ela podia ver pelo sintonizador luminoso da unidade de pulso de pãozinho de geléia que ela nunca estava sem que era depois de duas de manhã.

Ela não tinha permissão para lanche entre comidas, com exceção de artigos nele lista aprovados da mãe. E duas de manhã era modo.

Mas ela esteve morrendo para uma Laranja Efervescente.

Ela rolou acima de e sussurrou para seu melhor amigo na galáxia inteira Linnie Dyson. Eles estavam tendo uma escola-noite sleepover porque mamãe e papai do Linnie estavam celebrando seu aniversário em alguns imaginam hotel.

Então eles podiam fazer sexo. A mãe e Sra. Dyson disseram que era muito o poder tinha um jantar de fantasia e ia dançando e defecar-o, mas era para sexo. Jee-zus, ela e Linnie tinham nove anos, não dois. Eles souberam o que eram o que-o.

Além disso, como eles deram um galantear. O negócio inteiro significou Mãe--o Monstro de Regra--curvou as regras sobre as noites da escola. Ainda que eles tivessem que acender as luzes fora às nove e trinta--era eles dois?--Ela e Linnie tiveram o mais magolicious tempo.

E escola estavam ainda horas longe, e ela estava com sede. Então ela cutucou Linnie e sussurrou novamente.

“Acorde!”

“Nuh. Não manhã. Ainda escuro.”

“É matutino. É dois de manhã.” É por isso que era tão gelado. “Eu quero uma Laranja Efervescente. Vamos afundar e consiga um. Nós podemos dividir isto.”

 

 

 

 

Linnie só fez grunhindo, murmurando barulhos, desapareceu, e arrastaram as coberturas quase acima de sua cabeça.

“Bem, eu estou indo,” Nixie disse no mesmo hissy sussurro.

Não era tanta diversão sozinha, mas ela nunca voltaria dormir agora, pensando sobre o Efervescente. Ela teve que ir a distância toda até a cozinha porque sua mãe não permitiria que ela tivesse um autochef em seu quarto. Poderia também estar na prisão, Nixie pensou, como ela fugiu fora da cama. Poderia também estar na prisão em 1950 ou algo em vez de sua própria casa em 2059.

A mãe até pôs criança codifica todo o autochefs doméstico muito a única coisa Nixie ou seu irmão, Coyle, podia programa era barro de saúde.

Poderia também comer lama.

Seu pai disse, “Regras é regras.” Ele gostou de dizer isto muito. Mas às vezes ele piscaria nela ou Coyle quando sua mãe estava fora e ordem em cima algum sorvete ou batata crispies.

Nixie classifica de pensamento que sua mãe soube e fingiu que ela não fez.

Ela andou nas pontas dos pés fora de seu quarto, uma bonita pequena menina, só indo gangly, com uma massa ondulada de platina blonde cabelo. Seus olhos, um pálido, pálido azul, já estava ajustado para a escuridão.

Ainda, seus pais sempre mantiveram uma luz baixa em o banheiro no fim do corredor, no caso de alguém teve que levantar e urinar ou qualquer.

Ela segurou sua respiração como ela caminhou por quarto do seu irmão. Se ele despertasse, ele poderia dizer. Ele podia ser um completo alvo-dor. Então novamente, às vezes ele podia ser bonito frio. Para um momento, ela hesitou, considerado introduzir-se, despertando ele, e o conversando em manter sua companhia para a aventura.

Nah. Era tipo de suculento estar rastejando em torno da casa sozinha. Ela segurou sua respiração novamente como ela aliviou por quarto dos seus pais, pulando que ela podia ficar--por uma vez--debaixo de radar da sua mãe.

Nada e ninguém mexeu como ela rastejou degraus abaixo.

Mas até quando ela conseguiu no andar de baixo, ela era rato quieto. Ela ainda teve que conseguir por Inga, sua empregada, que teve quartos imediatamente a cozinha. Imediatamente o objetivo. Inga era principalmente certa, mas ela nunca deixaria ela cair fora com uma Laranja Efervescente no meio da noite.

As regras é regras.

Então ela não ligou quaisquer luzes, e snuck pelos quartos, na grande cozinha gosta de um ladrão. Só adicionou a excitação. Nenhuma Laranja Efervescente já saborearia tão frígido quanto este aqui, ela pensou.

Ela aliviou abre a geladeira. Aconteceu para ela, de repente, que talvez sua mãe contou material como isto. Talvez ela manteve uma espécie de contraparte de refrigerantes e comida de lanche.

Mas ela era passada o ponto sem volta. Se ela tivesse que pagar um preço para o prêmio, ela se preocuparia sobre pagar isto mais tarde.

Com a meta na mão, ela embaralhou para a outra extremidade da cozinha onde ela podia vigiar a porta para quartos e pato da Inga atrás do contador de ilha se ela tivesse para.

Nas sombras, ela quebrou o selo no tubo, tomou o primeiro gole proibido.

Agradou seu tanto, ela deslizou sobre o banco em que sua mãe chamou a área do café da manhã, e se preparou para apreciar toda gota.

Ela era só adaptar-se quando ela ouviu um barulho e mergulhado até estar no banco. De em baixo disto, ela viu um movimento e pensado: Busted!

Mas a sombra deslizada ao longo do contador longe, para a porta de quarto da Inga, e do lado de dentro.

Um homem. Nixie teve que bofetão uma mão em sua boca para abafar uma risadinha. Inga teve um boogie amigo! E ela era tão velha--tido que ser pelo menos quarenta. Pareceu que Sr. E Sra. Dyson não eram os únicos uns fazendo sexo hoje à noite.

Incapaz de resistir, ela deixou a Laranja Efervescente no banco e deslizou fora. Ela acabou de ter que olhar, só tido que ver. Então ela rastejou acima da porta aberta, aliviada dentro de pequena sala de estar da Inga, e em direção à porta do quarto aberto. Ela se agachou abaixo de quatro, cutucada sua cabeça na abertura.

Espere até que ela disse a Linnie! Linnie seria tão ciumento.

Com ela dar sua boca novamente, seus olhos brilhantes com riso, Nixie fugiu, angulada sua cabeça.

E viu a garganta da racha de homem Inga.

Ela viu o sangue, uma erupção selvagem disto. Ouviu um horrível, gorgolejando grunha. Olhos vítreos agora, ela criou de volta, sua respiração silvando e engatando em sua palma. Incapaz de mover, ela se sentou, suas costas apertadas para a parede e seu coração intensivo dentro de seu tórax.

Ele terminou, direito caminhado por ela, e fora a porta aberta.

Lágrimas derramadas fora de seus olhos, abaixo seus dedos espalhados. Toda parte dela agitou como ela rastejou acima de, usando uma cadeira como uma proteção, e alcançada até a mesa para vínculo de bolso da Inga.

Ela silvou para emergência.

“Ele é a morto, ele é a morto. Você tem que vir.” Ela sussurrou as palavras, ignorando as perguntas a voz recitada. “Agora mesmo. Vindo agora mesmo.” E deu o endereço.

Ela deixou o 'vínculo no chão, continuado a rastejar até que ela alcançou os passos estreitos que levada de sala de estar da Inga para o segundo nível.

Ela quis sua mamãe.

Ela não correu, não ousou. Ela não permaneceu. Suas pernas parecido engraçadas, vazios, como os ossos neles derreteram. Ela começou a barriga rasteja através do corredor, soluços presos em sua garganta. E para seu horror, ela viu a sombra--duas sombras agora. Entrou se em seu quarto, o outro em do Coyle.

Ela estava choramingando quando ela arrastou seu corpo por entrada do quarto dos seus pais. Ela ouviu um som, uma espécie de baque, e apertou seu rosto no tapete enquanto seu estômago levantado.

Ela viu as sombras passarem pela entrada, viu eles. Ouviu eles. Entretanto eles moveram como se é disso que eles eram. Só sombreia.

Estremecendo, ela continuou a rastejar, cadeira do quarto passada da sua mãe, passada a pequena mesa com sua luminária colorida. E sua mão deslizou por algo morno, algo molhado.

Parando se, ela olhou fixamente para a cama. Em sua mãe, em seu pai. No sangue que cobriu eles.

 

O ASSASSINATO ERA SEMPRE UM INSULTO, E TINHA SIDO desde a primeira mão humana quebrou uma pedra no primeiro crânio humano. Mas o assassinato, sangrento e brutal, de uma família inteira em sua própria casa, em suas próprias camas, era uma forma diferente do mal.

Eve Dallas, HOMICÍDIO de NYPSD, ponderou isto como ela permaneceu estudando Inga Snood, fêmea de quarenta e dois anos de idade. Doméstica, divorciada. Morto.

O borrifadela de sangue e a cena propriamente disse a ela como deve ter sido. O assassino do Snood entrou a porta, cruzada para a cama, cabeça do Snood arrancado em cima--provavelmente pelo meio-comprimento blonde cabelo, ajuntou a extremidade da lâmina nitidamente--remanescer para direito--através de sua garganta, dividindo a jugular.

Relativamente limpo, certamente rápido. Provavelmente quieto. Era improvável a vítima teve o tempo para compreender o que estava acontecendo. Nenhum ferimento defensivo, nenhum outro trauma, nenhum sinal de luta. Sangue e os mortos justo. A Eve bateu ambos seu companheiro e Cena de Crime para a casa. A nove e um-se foi para Emergência, relayed para uma branca e preto em patrulha de bairro. Os uniformes chamaram nos homicídios, e ela conseguiu a etiqueta logo antes de três de manhã.

Ela ainda teve o resto dos mortos, o resto das cenas, estudar. Ela andou de volta fora, glanced no uniforme em posto na cozinha.

“Mantenha esta cena assegurar.”

“Sim, senhor, Tenente.”

Ela moveu pela cozinha fora em um espaço bifurcado--vivendo de um lado, jantando no outro. Superior-mediana renda, única-de família residência. Bairro do oeste bom, Superior Lateral. Segurança decente, que não fez o Swishers ou seu doméstico um pedaço de maldição de bem.

Boa mobília--saborosa, ela suposta. Tudo limpa e limpe e em que pareceu ser seu lugar. Nenhum roubo, não com eletrônica bastante facilmente transportada.

Ela foi de cima, veio para o quarto primeiros dos pais. Keelie e Grant Swisher, idades trinta e oito e quarenta, respectivamente. Como com sua empregada, não existia nenhum sinal de lutar. Só duas pessoas que têm estado adormecidas em sua própria cama e estavam agora morto.

Ela deu o quarto um olhar rápido, viu unidade de pulso do homem cara em uma cômoda, um par de brincos de ouro da mulher em outro.

Não, não roubo.

Ela andou de volta fora da mesma maneira que seu companheiro, Detetive Delia Peabody, surgiu para os passos. Mancando--só um pouco.

Ela pôs Peabody de volta em ativo muito cedo? A Eve perguntou-se. Seu companheiro tomou uma batida séria só três semanas na frente de depois de ser passos emboscados fora de sua próprio edifício de apartamentos. E Eve ainda teve a imagem do Peabody robusto contundiu, quebrado, inconsciente em uma cama do hospital.

Melhor pôr a imagem, e a culpabilidade, de lado. Melhor lembrar como ela mesma odiada estar em médica, e aquele trabalho era às vezes melhor que resto forçado.

“Cinco morta? Invasão de casa?” Xingando um pouco, Peabody gesticulou passos abaixo. “O uniforme na porta deu a mim uma corrida rápida.”

“Parece que, mas nós não chamamos isto ainda. Domésticos seja no andar de baixo, quartos fora da cozinha. Conseguiu isto na cama, racha de garganta. Donos lá. Mesmo padrão. Duas crianças, menina e menino, nos outros quartos neste nível.”

“Crianças? Jesus.”

“Primeira na cena indicou isto era o menino.” Eve movida para a próxima porta, pediu as luzes.

“Registros ID Coyle Swisher de doze anos de idade.” Existiam cartazes de esporte emoldurados em suas paredes. O beisebol tomando a iniciativa. Um pouco de seu sangue vomitou sobre o torso do arremessador de Puxões deixados quentes atuais.

Entretanto existia os escombros de um adolescente no chão, na escrivaninha e cômoda, ela não viu nenhum sinal que Coyle teve mais advertência que seus pais.

Peabody apertou seu lips junto, passada sem tocar sua garganta. “Rápida, eficiente,” ela disse em apartamento afina.

“Nenhuma entrada forçada. Nenhum alarme tropeçado. Qualquer um o Swishers abandonado para deixar eles--e eu não apostaria nisto--ou alguém teve seus códigos ou um bom jammer. A menina devia descer aqui.”

“Certo.” Peabody quadrou seus ombros. “É mais duro quando for crianças.”

“Deveria ser.” Eve andadas para o próximo quarto, pedidas luzes, e estudaram a cama fofa rosa e branca, a pequena menina com seu blonde cabelo emaranhado com sangue. “Nixie Swisher de nove anos de idade, de acordo com os registros.”

“Praticamente um bebê.”

“Sim.” A Eve esquadrinhou o quarto, e sua cabeça armada. “O que você vê, Peabody?”

“Alguma criança pobre que nunca conseguirá a chance de crescer.”

“Dois par de sapatos ali.”

“Crianças, renda especialmente superior, nadem em sapatos.”

“Duas daquelas crianças de negócios de mochila arrastam seu material. Você lacra em cima já?”

“Não, eu somente era--”

“Eu tenho.” Eve caminhada na cena de crime, passada com uma mão fechado hermeticamente, e levantou os sapatos. “Tamanhos diferentes. Vá conseguir a primeira na cena.”

Com os sapatos quietos em sua mão, Eve voltada para a cama, para a criança, como Peabody se apressou fora. Então ela economizar eles, tirou um Identipad de seu kit de campo.

Sim, era mais duro quando era uma criança. Era duro de tomar tal pequeno entregar seu. Tal mão pequena, inanimada, olhar abaixo na jovem que foi roubado de tantos anos, e todo o joys, todas as dores que entraram eles.

Ela apertou os dedos para o bloco, esperado pelo estágio de leitura.

“Porcarias de oficial, Tenente,” Peabody disse da entrada. “Primeira na cena.”

“Quem chamou este em, Porcarias?” A Eve perguntou a girar ao redor.

“Senhor, fêmea não identificada.”

“E onde isto é fêmea não identificada?”

“Eu ... Tenente, eu assumi era um do competir.”

Ela glanced atrás agora, e Porcarias viram a mulher alta, magra em calça comprida masculina, uma jaqueta de couro danificado. Os olhos marrons frescos, olhos do policial plano, em um rosto nitidamente apresentado. Seu cabelo era marrom, como seus olhos, pequenos, agitados em lugar de macio e lustroso.

Ela teve um rep, e quando aquele glacial olhar o alfinetou, ele soube que ela ganhou isto.

“Então nossos nove e um-um telefonemas em assassinato, então pula na cama assim ela pode conseguir sua garganta cortada?”

“Ah . . .” Ele foi um policial de batida, com dois anos debaixo de seu cinto. Ele não estava classificando Homicídio. “A criança aqui poderia ter chamado isto, Tenente, então tentado esconder na cama.”

“Quanto tempo você teve um distintivo, Porcarias?”

“Dois anos--em janeiro, Tenente.”

“Eu conheço civis que têm uma sensação melhor da cena de crime que você. Quinta vítima, identificada como Linnie Dyson, envelheça nove, que não é um fucking residente deste fucking endereço. Que não é um Nixie Swisher. Peabody, comece uma procura da residência. Nós estamos procurando por outra menina de nove anos de idade, vivendo ou mortos. Porcarias, você idiota, chame em um Âmbar Alerta. Ela pode ter sido a razão para este. Rapto possível. Movimento!”

Peabody impediu uma lata de Selo-Ele fora de sua próprio kit, às pressas pulverizados seus sapatos e mãos.

“Ela podia ser . Se a criança chamou isto, Dallas, ela podia ser . Ela podia ter medo de terminar, ou ela está em choque. Ela podia ser viva.”

“Comece no andar de baixo.” A Eve solta em suas mãos e joelhos para olhar debaixo da cama. “Descubra o que unidade, que 'vínculo colocou o nove e um-um.”

“Nisto.”

A Eve andou a passos largos para o armário, procurado por isto, empurrada em qualquer área do quarto onde uma criança poderia esconder. Ela começou, movendo em direção ao quarto do menino, então se verificou.

Você estava um pouco menina, com que pareceu ser uma família agradável. Onde você foi quando coisas ficadas ruins?

Em algum lugar, Pensou Eve, ela mesma nunca teve que ir. Porque quando coisas ficadas ruins para ela, a família era a causa.

Mas ela ultrapassou os outros quartos e caminhado atrás no quarto de mestre.

“Nixie,” ela quietamente disse, como seus olhos esquadrinhados. “Eu sou Tenente Dallas, com a polícia. Eu estou aqui ajudar você. Você chama a polícia, Nixie?”

Rapto, ela pensou novamente. Mas por que sacrifique uma casa inteira para pegar um pouco menina? Mais fácil a impulsionar fora da rua em algum lugar, até para entrar, tranq ela, leve ela. Mais provável eles acharam ela tentando esconder, e ela seria enrolada-se em algum lugar, morto como o resto.

Ela pediu luzes, cheias, e viram as sujeiras de sangue no tapete no lado longe da cama. Uma pequena, sangrento handprint, outro, e uma trilha de vermelho principal para o banho de mestre.

Não teve que ser o sangue da criança. Mais provável os pais. Mais provável, mas existia um inferno de muito isto. Rastejado pelo sangue, Pensou Eve.

A tina era grande e pias sensuais, duplo em um longo peachy-contador colorido, e um pouco armário-tipo negócio para o banheiro.

Uma fileira manchada e sangrentos manchados os bonitos azulejos de chão de pastel.

“Goddamn isto,” Eve murmurada, e seguida a trilha em direção às paredes de vidro espesso, verde de uma estação de chuveiro.

Ela esperou achar o corpo sangrado de uma menina morta pequena.

Ao invés ela achou a forma trêmula de uma ao vivo uma.

Existia sangue em suas mãos, em sua camisola, em seu rosto.

Para um momento, um momento horroroso, Eve olhada fixamente para a criança e se viu. Sangue em suas mãos, sua camisa, seu rosto, amontoado em um quarto gelado. Para aquele momento, ela viu a faca, ainda gotejando, em sua mão, e o corpo--o homem--ela cortou para pedaços deitando no chão.

“Jesus. Oh Jesus.” Ela tomou um tropeçar andar de volta, inquirido correr, gritar. E a criança ergueu sua cabeça, olhos vítreos bloqueados em sua, e choramingou.

Ela voltou, dura, como se alguém teve slapped ela. Não me, ela disse a se como ela lutou conseguir ela respirando sob controle. Nada como eu.

Nixie Swisher. Ela tem um nome. Nixie Swisher.

“Nixie Swisher.” A Eve disse isto fora alto, e se sentiu fixar residência. A criança era viva, e existia um trabalho para fazer.

Uma pesquisa rápida disse Eve que nenhum do sangue era a da criança.

Até com o soco de alívio, o endurecer de espinha, ela desejou para Peabody. As crianças não eram seu terno forte.

“Eh.” Ela abaixou, cuidadosamente bateu o distintivo que ela enganchou para seu cós com um dedo que era quase afiançava agora. “Eu sou Dallas. Eu sou um policial. Você nos chamou, Nixie.”

Os olhos da criança eram largos e vítreos. Seus dentes tagarelados.

“Eu preciso de você para vir comigo, então eu posso ajudar você.” Ela alcançou uma mão, mas a menina bajulou de volta e fez um soar como um animal preso.

Saiba como você sente, criança. Só como.

“Você não tem que ter medo. Ninguém vai machucar você.” Mantendo passar se para cima, ela alcançou em seu bolso com o outro para seu Communicator. “Peabody, eu a tenho. Domine banho. Levante aqui.”

Wracking seu cérebro, Eve tentada pensar sobre o direito abordar. “Você nos chamou, Nixie. Isso era esperto, isso era valente. Eu sei que você seja assustado, mas nós vamos cuidar de você.”

“Eles mataram, eles mataram, eles mataram ...”

“Eles?”

Sua cabeça agitou, como uma mulher velha com paralisia. “Eles mataram, eles mataram minha mãe. Eu vi, eu vi. Eles mataram minha mãe, meu papai. Eles mataram--”

“Eu sei. Eu sinto muito.”

“Eu rastejei pelo sangue.” Olhos enormes e vítreos, ela resistiu seu smeared mãos. “Sangue.”

“Você é machucado, Nixie? Eles viram você? Eles machucaram você?”

“Eles mataram, eles mataram--” Quando Peabody se transformou no quarto, Nixie gritou como se ela fosse apunhalado. E se lançou em braços da Eve.

Peabody parou pequeno, mantida ela verbaliza muito tranqüilo, muito quieto. “Eu chamarei Proteção de Criança. Ela é ferida?”

“Não que eu posso ver. Shocky, entretanto.”

Pareceu propriedade desajeitada uma criança, mas Eve embrulhou seus braços ao redor Nixie e chegou a seus pés. “Ela viu isto. Nós não temos só um sobrevivente, mas uma testemunha de olho.”

“Nós temos uma criança de nove anos de idade que viu--” Peabody falou em meias-vozes como Nixie lamentou em ombro da Eve, e empurrou sua cabeça em direção ao quarto.

“Eu sei. Aqui, leve ela e--” Mas quando Eve tentada descascar Nixie longe, a criança só se embrulhou mais apertado.

“Eu penso que você vai ter que.”

“Inferno. Chame GPS, consiga alguém aqui. Comece um registro, quarto por quarto. Eu voltarei em um minuto.”

Ela esperou passar pela criança para um dos uniformes, mas Nixie pareceu colado para ela agora. Renunciou, e cauteloso, ela carted Nixie até o andar térreo, procurou por um lugar neutro, e concordou com o que pareceu com um playroom.

“Eu quero minha mãe. Eu quero minha mãe.”

“Sim, eu consegui isto. Mas aqui seja a coisa: Você precisa deixar vai. Eu não vou deixar você, mas você precisa soltar o aperto.”

“Eles foram?” Nixie empurrou seu rosto em ombro da Eve. “As sombras foram?”

“Sim. Você tem que deixar vai, se sente aqui. Eu tenho que fazer umas coisas. Eu preciso conversar com você.”

“E se eles voltam?”

“Eu não deixarei eles. Eu sei que isto é duro. O mais duro.” Em fim da genialidade, ela se sentou no chão com Nixie quieto adesivo para ela. “Eu preciso fazer um trabalho, isto é como eu posso ajudar. Eu preciso para . . .” Jesus. “Eu preciso conseguir uma amostra de sua mão, e então você pode limpar. Você se sentiria melhor se você ficasse limpo, certo?”

“Eu consegui seu sangue ...”

“Eu sei. Aqui, isto é meu kit de campo. Eu só vou tomar um cotonete para evidência. E eu preciso tomar uma gravação. Então você pode ir para o banheiro ali e limpa. Registre em,” Eve disse, quietamente, então Nixie aliviado atrás. “Você é Nixie Swisher, certo? Você vive aqui?”

“Sim, eu quero--”

“E eu sou Tenente Dallas. Eu estou indo para cotonete sua mão aqui, então você pode limpar. Não machucará.”

“Eles mataram minha mãe e meu papai.”

“Eu sei. Eu sinto muito. Você viu quem eles eram? Quantos existiam?“

“Eu tenho seu sangue em mim.”

Lacrando o cotonete, Eve olhou para a criança. Ela lembrou o que era para estar um pouco menina, coberto em sangue não sua próprio. “Que tal você lava-se?”

“Eu não posso.”

“Eu ajudarei você. Talvez você quer um bebida ou algo. Eu posso--” E quando Nixie entrar repentinamente em lágrimas, Olhos da Eve começaram a doer.

“O que? O que?”

“Laranja Efervescente.”

“Certo, eu verei se--”

“Não, eu afundei conseguir um. Eu não sou suposto, mas eu afundei conseguir um, e Linnie não quis acordar e vir. Eu afundei para a cozinha, e eu vi.”

Com sangue smeared neles dois agora, Eve decidiu lavando-se teria que esperar. “O que você viu, Nixie?”

“A sombra, o homem, que entrou em quarto da Inga. Eu pensei... Eu iria assistir, só por um minuto, se eles iriam fazer isto, sabe.”

“O que?”

“Sexo. Eu não era suposto, mas eu fiz, e eu vi!”

Existiam lágrimas e ranho como também sangue no rosto da criança agora. Com nada mais à mão, Eve puxou trapo de um eliminar de seu kit de campo e ignorou isto.

“O que você viu?”

“Ele teve uma grande faca e ele a corta, ele corta seu ruim.” Ela fechou sua próprio dar sua garganta. “E existia sangue.”

“Você pode dizer a mim o que aconteceu então?”

Como as lágrimas esguichadas, ela esfregou o enxugar e seu dá suas bochechas, smearing eles com sangue. “Ele partiu. Ele não me viu, e ele partiu e eu consegui vínculo da Inga e eu chamei Emergência.”

“Isto é levantar-se pensando, Nixie. Isso era realmente esperto.”

“Mas eu quis Mãe.” Ela verbaliza rachado com lágrimas e muco fluindo. “Eu quis Papai, e eu subi o de volta modo, Modo da Inga, e eu vi eles. Dois deles. Eles estavam entrando em meu quarto, quarto do e Coyle, e eu soube o que eles fariam, mas eu quis minha mãe, e eu rastejei em, e eu consegui seu sangue em mim, e eu vi eles. Eles estavam mortos. Eles todos estão mortos, não é? Todo mundo. Eu não podia ir olhar. Eu fui esconder.”

“Você fez direito. Você fez exatamente direito. Olhe para mim. Nixie.” Ela esperou até que aqueles encharcaram olhos encontrados sua. “Você é vivo, e você fez tudo direito. Porque você fez, vai ajudar que eu ache as pessoas que fizeram isto, e faça eles pagarem.”

“Morto da minha mamãe.” Rastejando em colo da Eve, ela lamentou e lamentou e lamentou.

Era quase cinco da manhã antes de Eve poder voltar para Peabody, e o trabalho.

“Como é a criança?”

“Não melhor do que você esperaria. Conseguiu o assistente social e um doutor com ela. Limpando ela, fazendo um físico. Eu tive que jurar um juramento que eu não deixaria a casa antes dela iria unclamp se.”

“Você a achou, veio quando ela pediu tipo de ajuda de coisa.”

“Ela fez o nove e um-um no vínculo de bolso da empregada, de abaixo lá.” Ela pegou Peabody em cima com horário do Nixie.

“De que ela podia dizer a mim até agora, concorda com como conta me com--trabalho de eficiente profissional. Entre. Ultrapasse ou emperre alarmes e segurança. Se tome a empregada. Isto é o primeiro golpe. Ela é isolada, em outro chão, e eles precisam lidar com seu primeiro, assegura que ela não acorda, pegue uma brisa e etiqueta o Polis. Outro provavelmente de cima do sujeito, pronto mover se qualquer um lá em cima acordar. Então eles fazem os pais juntos.”

“Um para cada,” Peabody concordou. “Nenhum barulho, nenhuma luta. Lide com os adultos primeiros. As crianças não são uma grande preocupação.”

“Se tome o menino, se toma a menina. Eles estão esperando um menino, uma menina. Era escuro, então o fato que eles mataram a criança errada não necessariamente significa que eles não conheceram a família pessoalmente. Eles estavam esperando achar um pequeno blonde menina, e eles fizeram. Feito do trabalho, e eles saem.”

“Nenhuma trilha de sangue que leva fora da casa.”

“Lacre em cima em equipamento protetor, desnuda-se isto fora de quando você for feito. Nenhum muss, nenhum rebuliço. Você consegue tempo das mortes?”

“Oh duas e quinze na empregada. Talvez três minutos mais tarde Papai, Mãe logo depois de. Outro minuto ou então para cada criança. O negócio inteiro levou cinco, seis minutos. Frio e limpo.”

“Não tão limpos. Eles deixaram uma testemunha. Brinque seja messed em cima agora, mas eu penso que nós conseguiremos mais fora suas. Ela pegou um cérebro, e ela pegou espinha. Não grita quando ela vir sua empregada conseguir sua garganta cortar.”

Ela se põe na criança, imaginados aqueles poucos minutos quando assassinato cortar quietamente pela casa.

“Apavorou, ela pegou para ser apavorada, mas ela não vai indo embora assim ela pode ser pega e cortada em cima. Ela fica quieto, e ela chama nove e um-um. Bravo.”

“O que acontece para ela agora?”

“Casa segura, registro fechado hermeticamente, guardas uniformes, um rep de Proteção de Criança.” Os passos frios, as fases impessoais. A vida da criança, como ela soube isto, concluiu em aproximadamente dois e quinze. “Nós precisaremos ver se ela for pega outra família, ou se existe tutela legal. Mais tarde hoje, nós conversaremos com ela novamente, veja o que mais nós podemos apertar fora. Eu quero que esta casa fechado hermeticamente em cima gosto de um biodome, e nós começaremos a corrermos o adulto compete.”

“O papai era um advogado--lei de família--Mãe era um nutritionist. Prática privada, corra principalmente fora de um espaço de escritório no nível mais baixo. Aquelas fechaduras estão ainda em lugar, e ele não parece nada tem sido transtornado naquela área.”

“Nós olhamos para seu trabalho, seus clientes, seu personals. Este tipo de golpe, é profissional, e é completo. Talvez um ou eles dois--ou a empregada--teve uma linha secundária que conectado com crime organizado. Nutritionist, podia ser uma frente para Illegals. Mantenha o cliente magro e feliz o modo fácil.”

“Existe um modo fácil? Um modo que inclui porções ilimitadas de pizza e nenhum ruídos de estômago horrorosos?”

“Um pouco Medo, um pouco Vá como parte de seus grupos de comidas básicas.” A Eve ergueu um ombro. “Talvez ela atarraxou com seu provedor. Talvez um deles tiveram uns afazeres com um número errado que concluiu ruim. Você vai eliminar uma família inteira, você tem um inferno de uma motivação. Nós veremos se os varredores aumentam algo na cena. Enquanto isso, eu quero ir por cada quarto novamente eu mesmo. Eu não tive muito de um . . .”

Ela cessou bruscamente quando ela ouviu o clipe fixo de sapatos, e giraram ver o assistente social, sonolento-de olhos mas limpo como uma igreja, caminhe no quarto. Newman, Eve lembrada. Zangão de GPS, e dos olhares de seu não muito feliz com o primeiro telefonema.

“Tenente, o doutor não achou nenhum dano físico. Seria melhor se nós transportássemos o assunto secundário agora.”

“Dê-me alguns minutos para organizar segurança. Meu companheiro pode subir, lote algumas coisas para ela. Eu quero --”

Ela cessou bruscamente novamente. Este tempo não era um clipe fixo de sapatos, mas correndo pés nus. Ainda vestindo a camisola sangrada, Nixie correu em, e se lançou em Eve.

“Você disse que você não partiria.”

“Eh, de pé aqui mesmo.”

“Não deixe eles me levar. Eles disseram que eles ir me levar. Não deixe eles.”

“Você não pode ficar aqui.” Ela inquiriu dedos do Nixie de suas pernas, abaixadas até que eles eram olho-para-olho. “Você sabe que você não possa.”

“Não deixe eles me levar. Eu não quero ir com ela. Ela não é a polícia.”

“Eu vou ter polícia ir com você, e fique com você.”

“Você tem que. Você tem que.”

“Eu não posso. Eu tenho que trabalhar. Eu tenho que fazer o que é direito para seus mamãe e papai, para seu irmão e seu amigo. Para Inga.”

“Eu não irei com ela. Você não pode fazer-me ir com ela.”

“Nixie--”

“Eh.” Verbalize agradável, um sorriso não ameaçador em seu rosto, Peabody entrou. “Nixie, eu preciso conversar com o tenente por um minuto--só aqui. Ninguém está indo em qualquer lugar ainda, certo. Eu só preciso conversar com ela. Dallas?” Peabody caminhou para o lado longe do quarto, onde eles estavam ainda na linha do Nixie de visão.

Dallas juntou-se ela.

“O que? Eu posso fazer uma fratura para isto?”

“Você devia a levar.”

“Peabody, eu preciso fazer um mais completo na cena.”

“Eu fiz um, e você pode voltar e fazer seu próprio.”

“Então eu monto com ela para a casa segura? Então ela perucas em mim quando eu tiver que a deixar com uniformes. O que é o ponto?”

“Eu não quero dizer a levo para uma casa segura. Tome sua casa. Nenhum lugar mais seguro na cidade--provavelmente no planeta--que seu lugar.”

A Eve não disse nada para dez segundos cheios. “Você está doido?”

“Não, e só escute primeiro. Ela confia você. Ela sabe que você esteja em carga, e ela confia você para manter seu seguro. Ela é a testemunha de olho, e ela é um traumatized criança. Nós conseguiremos mais fora suas, com rumo a, se ela se sentir segura, se ela for povoada, pelo menos tanto como ela pode ser. Alguns dias, como uma transição, antes dela acabar no sistema. Ponha você mesmo em seus sapatos, Dallas. Você se sentiria melhor ser com o glacial, pontapé-asno policial, ou o chateado, overworked GPS zangão?”

“Eu não posso babysit uma criança. Eu não sou equipado.”

“Você é equipado para puxar informações fora de uma testemunha e este daria a você acesso cheio. Você não teria que ir pelo aborrecimento de liberação de GPS toda vez que você quer a questionar.”

Pensativamente agora, Eve glanced atrás em Nixie. “Provavelmente só é um dia, dois topos. Summerset sabe sobre crianças. Ainda que ele é um asshole. Quanto mais traumatized ela podia conseguir olhando para seu rosto feio, considerando? Basicamente eu estaria alojando uma testemunha. Grande casa.”

“Isto é o espírito.”

Carranca de Eve, rosto do Peabody estudado. “Bonito inteligente para alguém que é só volta no trabalho para uns dias.”

“Eu não posso estar em cima para perseguir abaixo suspeitos a pé bastante já, mas minha mente? Sharp como sempre.”

“Muito ruim. Eu estava pulando choque e coma poderiam ter afiado aquela área, mas você consegue o que você consegue.”

“Queira dizer.”

“Eu podia ser mais mau, mas ele faz cinco de manhã e eu não tive suficiente café. Eu preciso dar um telefonema.”

Ela andou longe, e viu tempo de Nixie fora do canto de seu olho. A Eve acabou de agitar sua cabeça, e retirou-se seu vínculo de bolso.

Cinco minutos mais tarde ela estava sinalizando o assistente social.

“Absolutamente fora de cogitação,” a mulher disse. “Você não é qualificado ou aprovou transportar uma criança. Eu sou exigido para acompanhar--”

“O que eu estou fazer está tomando uma testemunha em custódia protetora. Ela não gosta de você, e eu preciso de sua ordem adaptada-se para a entrevistar mais completamente.”

“O assunto secundário--”

“A criança teve sua família derrotada na frente de seus olhos. Ela me quer. Eu digo que ela consegue o que ela quer--e como membro de um classificar da Polícia da Cidade de Nova York e Departamento de Segurança, eu estou vendo que ela é levada para um lugar seguro, e manteve seguro e assegurou até que sua segurança não seja mais um assunto ou outros acordos podem ser feitos. Você pode me resistir neste, mas por que iria você?”

“Eu sou obrigado para considerar o que está nos melhores interesses de--”

“O assunto secundário,” Eve concluída. “Então você sabe que está em seus melhores interesses para parecer seguro, evitar mais stressful situações. Ela é assustada shitless. Por que adicione?”

A mulher olhou de volta. “Meu supervisor não gostará disto.”

“Seu supervisor pode lidar comigo. Eu estou tomando a criança. Vá arquivar um relatório.”

“Eu preciso do local, a situação onde--”

“Eu informarei. Peabody? Lote o que você figura Nixie precisa.”

Ela caminhou de volta para Nixie. “Você sabe que você não possa ficar aqui mais.”

“Eu não quero ir com ela. Eu não quero--”

“E você teve isto batido realmente duro hoje à noite que você não pode sempre ter o que você quer. Mas por agora mesmo, você pode vir comigo.”

“Com você?”

Enquanto Newman stalked longe, Eve desenhou Nixie através do quarto. “Está certo. Eu não posso ficar com você, porque eu preciso trabalhar. Mas existirá pessoas lá que tomarão cuidado com você. As pessoas eu confio, então você pode confiar eles, também.”

“Mas você estará lá? Você voltará?”

“Eu vivo lá.”

“Certo.” Nixie tomou mão da Eve. “Eu irei com você.”

 

TODAS AS COISAS SER IGUAIS, EVE PREFERE TER TRANSPORTADO um três e cem-psicósico de libra pulada em Zeus atrás de sua polícia emite que um pouco menina. Ela soube como lidar com um homicida chemihead.

Mas ele era um passeio pequeno, e ela poderia desaparecer pela criança logo o bastante, e volte trabalhar.

“Depois de nós notificar . . .” Eve glanced no rearview, olhos do e entretanto Nixie estava inclinando, ela parou para próximo de família. “Nós instalar em meu escritório de casa. Eu balançarei de volta para a cena mais tarde. No momento, nós trabalharemos com seu registro.”

“EDD está levantando todos os vínculos de casas e pessoais e comps, e eles correrão um cheque em segurança da casa.” Peabody trocou assim ela podia manter Nixie no canto de seu olho. “Talvez eles terão algo quando nós fazemos um segundo passar pela cena.”

Tido que voltar no campo, Pensou Eve. Trabalhe fazer. Entrevistas, relatórios, corridas. Ela precisou voltar para a cena. Sua concentração tinha sido fraturada achando a criança. Ela precisou voltar lá, consiga o vibe.

Entrou a porta da frente, ela pensou, voltando em sua cabeça. A criança estava na cozinha, teria visto se alguém entrasse o de volta. Pela frente, por segurança como não estava lá. Um em cima, um abaixo. Rápido e eficiente.

Empregada primeira. Mas ela não era o objetivo, ela não era a meta. Caso contrário, por que vá de cima mesmo? A família era o objetivo. Pais e crianças. Até não divirja para um segundo e concha em cima uma unidade de pulso caro provendo visão clara.

Matança direta, ela pensou. Impessoal. Nenhuma tortura, nenhuma conversa, nenhuma mutilação.

Só um trabalho, então--

“Você vive aqui?”

A pergunta sonolenta sem dinheiro Eve do ritmo do Nixie como ela dirigiu pelo Gates em direção a casa.

“Sim.”

“Em um castelo?”

“Não é um castelo.” Certo, talvez ele pareceu que um, ela admitiu. A imensidade disto, as pedras cintilando no início de luz, com todo aqueles sobressai e torres, tudo aquele espaço de verde e as árvores que vislumbra com as últimas faíscas de queda.

Mas isso era Roarke para você. Ele não fez ordinário.

“É só uma realmente grande casa.”

“É um mag casa,” Peabody adicionou, com um sorriso para Nixie. “Muitos quartos, toneladas de telas de parede e jogos, até um charco.”

“Na casa?”

“Sim. Você pode nadar?”

“O papai nos ensinou. Nós chegamos a ir de férias por uma semana após o Natal para este hotel em Miami. Existe o oceano, e existe um charco, e nós estamos indo ...”

Ela diminuiu, despedaçou, como ela lembrou de não existiria nenhuma férias de família depois do Natal. Nenhuma férias de família sempre novamente.

“Machucou, quando eles ficaram morto?”

“Não,” Peabody disse, suavemente.

“Fez isto?” Insatisfeito, Nixie olhou fixamente duro atrás de cabeça da Eve.

Eve estacionado na frente da casa. “Não.”

“Como você sabe? Você nunca morreu antes. Você nunca teve alguém tomar uma grande faca e cortar que você abre em sua garganta. Como faz que você sabe--”

“Porque é meu trabalho.” A Eve falou vivamente como voz do Nixie rebelar-se o registro em direção a histeria. Ela trocou, olhada atrás na criança. “Eles nem sequer acordaram, e era acima de em um segundo. Não machucou.”

“Mas eles ainda estão mortos, não é? Eles estão todos morto quieto.”

“Sim, eles são, e aqueles sopros largos.” Típicos, Pensou Eve, deixando o pãozinho de fúria fora dela. A raiva normalmente segurou mãos com pesar. “Você não pode devolver eles. Mas eu vou descobrir que fiz isto, e coloque no lugar eles.”

“Você podia matar eles.”

“Isto não é meu trabalho.”

A Eve saiu do carro, abriu o de volta. “Vamos.”

Até como ela alcançou uma mão para do Nixie, Roarke abriu a porta da frente, saiu. Os dedos enrolados do Nixie em sua gostam de pequenos arames.

“Ele é o príncipe?” Ela sussurrou.

Como a casa pareceu com um castelo, Eve supôs o homem que construiu pareceu que seu príncipe. Alto e magro, escuro e magnífico. O fluxo de cabelo preto ao redor um rosto projetado para fazer uma mulher choramingar com luxúria. Boca de ossos fortes, afiados, cheios, firmes, e olhos de corajosos e brilhantes azuis.

“Ele é Roarke,” Eve respondida. “Ele é só um sujeito.”

Uma mentira, claro. Roarke não era só qualquer coisa. Mas ele era seu.

“Tenente.” Irlanda cruzou fora de sua voz como ele desceu para os passos e caminhado em direção a eles. “Detetive.” Ele abaixou. A Eve notou aquele como ele examinou olhos do Nixie que ele não sorriu.

Ele viu um bonito, pálido pequena menina, com sangue secado em sua luz solar blonde cabelo, e contusões de fadiga e pesar debaixo de olhos de quietos azuis.

“Você seria Nixie. Eu sou Roarke. Eu sinto muito encontrar você debaixo de tais circunstâncias terríveis.”

“Eles mataram todo mundo.”

“Sim, eu sei. A tenente Dallas e Detetive Peabody achará que fez esta coisa horrível, e veja que eles são castigados para isto.”

“Como você sabe?”

“É o que eles fazem, o que eles fazem melhor que qualquer um. Você virá dentro de agora?”

Nixie arrastou na mão da Eve, continuada arrastando até Eve rolou seus olhos e curvados abaixo. “O que?”

“Por que ele conversa assim?”

“Ele não é de ao redor aqui, originalmente.”

“Eu nasci através do mar, na Irlanda.” Agora ele sorriu, só um pouco. “Eu nunca agitei bastante o acento.”

Roarke gesticulou eles dentro do foyer espaçoso, onde Summerset permaneceu, com o gato gordo espreguiçado em seus pés. “Nixie, isto é Summerset,” Roarke disse. “Ele corre a casa. Ele estará cuidando de você, para a maior parte.”

“Eu não o sei.” E eyeing Summerset, Nixie bajulou de volta contra Eve.

“Eu faço.” Era uma grande xícara de bílis para tragar, mas Eve tragou isto. “Ele é certo.”

“Bem-vinda, Senhorita Nixie.” Como Roarke, seu rosto era sóbrio. A Eve teve que dar a eles ambos os crédito para não engessar naqueles adultos de sorrisos grandes, assustadores freqüentemente vestiram crianças ao redor vulneráveis. “Você gostaria eu de mostrar a você onde você dormirá?”

“Eu não sei.”

Ele passou, levantou o gato. “Talvez você gostaria de um pouco de refresco primeiro. Galahad manteria você companhia.”

“Nós tivemos um gato. Ele era velho e ele morreu. Nós vamos conseguir um gatinho próximo. . .”

“Galahad estaria contente para ter um novo amigo.” Summerset se sentou o gato abaixo novamente, esperando enquanto Nixie soltou seu aperto na mão da Eve e moveu mais íntimo. Quando o gato bateu sua cabeça contra sua perna, um fantasma de um sorriso tremido em seu lips. Ela se sentou no chão, enterrado seu rosto em sua pele.

“Aprecie isto,” Eve disse para Roarke debaixo de sua respiração. “Eu sei que é um importante.”

“Não é.” Existia sangue nela também. E o odor de lânguido da morte. “Nós conversaremos dele mais tarde.”

“Eu preciso ir. Eu sinto muito esvaziar este em você.”

“Eu estarei trabalhando aqui a maior parte da manhã. Summerset e eu negociaremos bem suficiente.”

“Segurança cheia.”

“Sem pergunta.”

“Eu voltarei assim que eu posso, descubra daqui tanto tão possível. Agora mesmo, nós precisamos ir notificamos os pais dos secundários fêmeas competem. Peabody, você o Dysons tem ' endereço?”

“Eles não estão em casa.” Nixie falou com ela verbaliza amortizado contra pele do Galahad.

“Nada errado com sua audição,” Eve comentada, e caminhada através do foyer. “Onde estão eles?”

“Eles foram para um grande hotel, para seu aniversário. É por isso que nós podíamos ter um sleepover em uma noite da escola, mim e Linnie. Agora você tem que dizer a eles que ela está morta em vez de mim.”

“Não em vez de. Se você tiver estado no quarto, você dois estaria morto. Onde isso consegue você?”

“Tenente.” O choque irritado em voz do Summerset teve ela fazendo não mais do que erguendo uma mão para picar um dedo nele para silêncio.

“Ela não está morta porque você não é. Este vai ser severo com o Dysons, só como está em você. Mas você sabe que é culpa por que aconteceu.”

Nixie olhou em cima agora, e aqueles olhos azuis quietos endurecidos como vidro. “Os homens com as facas.”

“Sim. Você sabe o que hotel?”

“O Palácio, porque ele é o melhor. Sr. Dyson disse.”

“Certo.” Era o melhor, Pensou Eve, porque era um de do Roarke. Ela o atirou um olhar, conseguiu um aceno com a cabeça.

“Eu passarei sem tocar o modo.”

“Obrigado. Eu preciso ir,” ela disse para Nixie. “Você vai pendurar com Summerset.”

“Os homens com facas podiam vir para procurando me por.”

“Eu não acho, mas se eles fizerem, eles não podem entrar. Existe um portão, e é seguro, e a casa é segura. E Summerset? Eu sei que ele pareça com um homem ósseo, feio velho, mas ele é duro, e você é seguro com ele. Isto é o negócio se você estiver ficando aqui,” ela adicionou como ela rosa. “É o melhor que eu tenho.”

“Você está voltando.”

“Eu vivo aqui, lembre? Peabody, comigo.”

“Sua bolsa está aqui mesmo.” Peabody gesticulou para o duffle que ela lotou. “Nixie, se eu esquecesse qualquer coisa que você quer, ou você precisa de qualquer outra coisa, você pode ter Summerset contactar-me. Nós pegaremos isto para você.”

Último olhar da Eve estava da criança sentando no chão entre os dois homens, e buscando conforto do gato.

O minuto ela estava do lado de fora, Eve rolou seus ombros, rolou o peso. “Jesus” era tudo que ela disse.

“Eu não posso imaginar o que estou continuando dentro daquela criança.”

“Eu posso. Eu estou só, eu sou assustado e machuco, e nada faz sentido. E eu sou cercado por estranhos.” Fez seu doente, só um pouco doente, mas ela empurrou passado isto. “Verifique em com EDD, veja onde eles estão.”

Como ela repeliu em direção ao portão, Eve usou o vínculo de colisão para contactar Dr. Charlotte Mira, em casa.

“Desculpe. Eu sei que é cedo.”

“Não, eu estava em cima.”

Em Eve de tela podia ver Mira tocar de leve uma toalha branca em seu cabelo de zibelina suave. Existia um orvalho--ou sue ou regue--em seu rosto.

“Fazendo minha ioga matutina. O que é o assunto?”

“Homicídio múltipla--invasão de casa. Uma família inteira, salve a filha de nove anos de idade. Amigo de Sleepover assassinado por confundido ID. A criança é uma testemunha. Eu tenho seu escondido em meu lugar.”

“Seu?”

“Encha você em mais tarde, mas isto é como permanece. Eu estou encabeçando acima de notificar próximo de família no amigo da filha.”

“Piedade do deus.”

“Eu sei que você provavelmente tem uma lousa cheia, mas eu vou precisar entrevistar esta criança hoje. Eu vou precisar de um encolher--desculpe.”

“Nenhum problema.”

“Eu vou precisar de um psiquiatra disponível, um que pegou experiência com crianças e policiou procedimento.”

“Que hora você me quer?”

“Obrigado.” E alívio chegou onde o peso rolou fora de. “Eu preferiria você, mas se você for apertado que eu tomarei sua melhor recomendação.”

“Eu darei lugar.”

“Ah.” A Eve verificou sua unidade de pulso, tentado medir a contagem de tempo. “Nós podemos fazer isto meio-dia? Eu tenho muito para forçar antes disso.”

“Meio-dia.” Mira começou a fazer notas em um mini memorando livro. “O que é sua condição?”

“Ela não foi ferida.”

“Condição sentimental.”

“Ah, ela é justa, eu acho.”

“Ela pode comunicar?”

“Sim. Eu vou precisar de um eval para Serviços de Proteção de Criança. Eu vou precisar de muitas coisas para a brigada de fita vermelha. Eu estou em tempo obtido emprestado aqui desde que eu examinei cuidadosamente a cabeça do rep. Tenha que notificar o supervisor lá. Logo.”

“Então eu deixarei você chegar a isto, e vê você ao meio-dia.”

“EDD está na cena,” Peabody disse quando Eve terminou transmissão. “Seu time está indo por segurança e vínculos de verificação e dados concentra-se em local. Eles transportarão as unidades para Centrais.”

“Certa. Próxima de família no outro compete?”

“Pais divorciados do Grant Swisher. Paradeiro atualmente desconhecido do pai. Mãe recasada--terceira vez--e vivendo de Vegas II. Trabalhos como um negociante de vinte-e-um. Os pais do Keelie Swisher são falecidos-- atrás quando ela tinha seis anos. Cuidado de Foster e escolas públicas.”

E isto, Eve soube, era toneladas justa de diversão. “Quando nós conversamos com o Dysons, próximo do contato Grant Swisher de família e informamos. Ela pode ter tutela legal da criança, e nós precisaremos lidar com isto. Você conseguiu um addy em firma de lei do Swisher?”

“Swisher e Rangle, no Oeste Sessenta-primeiro.”

“Perto do hotel. Nós bateremos lá depois do Dysons. Veja como vai e bate em outro passa na cena se montar.”

Esta, tão dura quanto era, ela soube como fazer. Quebrando as vidas daqueles deixaram atrás de eram um trabalho que ela fez todos muito freqüentemente. Roarke teve, tão prometido, passou sem tocar o modo. Desde que ela era esperada, ela evitou a disputa habitual com o porteiro, a conversação demorada com balconistas de escrivaninha e segurança de hotel.

Ela quase faltou isto.

Mas ela e Peabody eram eficazmente escoltados para os elevadores e dados o número de quarto do Dysons.

“Só criança, certa?”

“Sim, Linnie Justo. Ele é um advogado, também, corporativo. Ela é um pediatra. Resida mais ou menos dois quarteirões Sul do Swishers. As filhas vão para a mesma escola, mesma classe.”

“Você tem estado ocupado,” Eve comentou como eles montaram até o quarenta segundo andar.

“Você era embrulhado com a criança por algum tempo. Nós detetives fazem o que nós podemos.”

Fora do canto de seu olho, Eve viu Peabody trocar sua posição, estremeça só um pouco. As costelas ainda a aborrecendo, ela pensou. Devia ter tomado alguns mais dias médicos. Mas ela deixa passar.

“Consiga algum financials no Swishers?”

“Não ainda. Nós detetives não são trabalhadores de milagre.”

“Mais frouxa.” Eve andada fora de, caminhada diretamente para 4215. Ela não permitiu que se pensasse, sentir. Que bom faria?

Ela apertou a cigarra, seguro seu distintivo até a segurança espia. Esperou.

O homem que respondeu era embrulhado em uma bata de hotel de pelúcia. Seu sapé de cabelo marrom escuro convencido em topetes selvagens e sua praça, rosto atraente segurou o olhar sonolento, satisfeito de alguém que só apreciaria algum cedo matutino nookie.

“Oficial?”

“Tenente Dallas. Matthew Dyson?”

“Sim. Desculpe, nós não estamos em cima ainda.” Ele em forma de xícara seu dar um bocejo enorme. “Que horas são?”

“Logo após sete. Sr. Dyson--”

“Existe um problema no hotel?”

“Nós podemos entrar, Sr. Dyson, fale com você e sua esposa?”

“Jenny está ainda na cama.” O olhar sonolento estava desvanecimento em irritação aprazível. “O que é o problema?”

“Nós gostaríamos de entrar, Sr. Dyson.”

“Certo, certo. Inferno.” Ele andou de volta, acenados neles fechar a porta.

Eles pularam para um apartamento--um dos sonhadores, românticos com bancos de flores reais, velas reais, lareira, sofás fundos. Existia uma garrafa de champanha upended em uma balde de prata na mesa de café. Duas flautas, e ela notou, alguma porção rendilhada de lingeria drapejou gosta de uma bandeira acima da parte de trás do sofá.

“Você conseguiria sua esposa, Sr. Dyson?”

Seus olhos eram marrons como seu cabelo. E irritação relampejada neles. “Olhe, ela está dormindo. É nosso aniversário--ou era ontem--e nós célebres. Minha esposa é um doutor, e ela trabalha horas longas. Ela nunca chega a dormir em. Então diga a mim que diabo você quer.”

“Eu sinto muito, nós precisamos falar com você dois.”

“Se existe um problema com o hotel--”

“Matt?” Uma mulher abriu a porta do quarto. Ela era sono-amarrotado e roubado, e sorridente que ela empurrou uma mão por sua pequena, disordered blonde enrola. “Oh, eu pensei que você deve ter serviço de quarto ordenado. Eu ouvi vozes.”

“Sra. Dyson, eu sou Tenente Dallas, NYPSD. Isto é meu companheiro, Detetive Peabody.”

“A polícia.” Seu sorriso ficou incerto como ela caminhou para seu marido, gancho um braço por seu. “Nós não éramos aquele altos ontem à noite.”

“Eu sinto muito. Existia um incidente no Swishers ' cedo esta manhã.”

“Keelie e Grant?” Matt Dyson foi duro e diretamente. “Que tipo de incidente? Todo mundo está certo? Linnie. Algo aconteceu para Linnie?”

Rápida, Eve soube. Como um soco armado pequeno para o rosto. “Eu sinto muito dizer a você que sua filha foi morta.”

Enquanto olhos do Jenny foram em branco e congelados, Matt é foi quente com ira. “Isto é ridiculous. O que é isto, um pouco de tipo de piada doente? Eu quero você fora daqui, eu quero que você saia.”

“Linnie? Linnie?” Jenny agitou sua cabeça. “Isto não pode ser verdade. Isto não pode ser certo. Keelie e Grant são muito cuidadosos. Eles a amam como seu próprio. Eles nunca deixariam qualquer coisa acontecer para ela. Eu preciso chamar Keelie.”

“Sra. Swisher está morto,” Eve disse de modo plano. “O desconhecido de pessoas entrou na residência ontem à noite. Sr. E Sra. Swisher, sua empregada, seu filho Coyle, sua filha era assassinada. Sua filha Nixie era omitido, e está agora debaixo de custódia protetora.”

“Isto é um engano.”

Jenny apertou uma mão em braço do seu marido como ele começou a agitar. “Mas eles têm segurança. Eles têm boa segurança.”

“Era comprometido. Nós estamos investigando. Eu sinto muito para sua perda. Eu extremamente sinto muito.”

“Não meu bebê.” Não era um grito tanto como um gemido quanto Matt Dyson desintegrou, como ele girou para sua esposa e desmoronada contra ela. “Não nosso bebê.”

“Ela é só um pouco menina.” Jenny balançou, se, seu marido, como seus olhos quebrados agarrados para da Eve. “Quem machucaria um inocente pequena menina?”

“Eu pretendo descobrir. Peabody.”

Em sugestão, Peabody avançou. “Por que nós não nos sentamos? Posso eu conseguir para você algo. Água? Chá?”

“Nada, nada.” Com seu braço ainda embrulhou ao redor seu marido, Jenny afundou com ele sobre o sofá. “Você está certo que era meu Linnie? Talvez--”

“Ela tem sido identificada. Não existe nenhum engano. Eu sinto muito que eu tenho que intrometer neste momento, mas eu preciso perguntar a você algumas perguntas. Você soube o Swishers bem?”

“Nós ... Oh Deus, morto?” A barragem de choque girou pele para colar. “Todo?”

“Você era amigos?”

“Nós éramos, Deus, como família. Nós .. . Keelie e eu pacientes compartilhados, e nós . . . Todos nós ... As meninas, as meninas são como irmãs, e nós--Matt.” Ela encirled ele, balançou novamente. Disse seu nome repetidas vezes.

“Você pode pensar sobre qualquer um que desejou eles dano? Quem gostaria que qualquer um no dano de família?”

“Não. Não. Não.”

“Algum deles mencionou estando preocupados sobre qualquer coisa? Sobre ser ameaçado ou aborrecido por alguém.”

“Não. Eu não posso pensar. Não. Oh Deus, meu bebê.”

“Qualquer um deles eram envolvidos com alguém, fora do casamento?”

“Eu não sei o que você .. . Oh.” Ela fechou seus olhos como seu marido continuado a lamentar em seu ombro. “Não. Eles tiveram um bom casamento. Eles amaram um ao outro, se divertido. Suas crianças. Coyle. Oh meu Deus. Nixie.”

“Ela está certo. Ela é segura.”

“Como? Como ela caiu fora?”

“Ela foi no andar de baixo para um bebida. Ela não estava na cama na hora dos assassinatos. Eu não acredito em que ela era vista.”

“Ela não estava na cama,” Jenny suavemente disse. “Mas meu Linnie era. Meu bebê era.” Lágrimas inundadas suas bochechas. “Eu não entendo. Eu não posso entender. Nós precisamos para ... Onde está Linnie?”

“Ela é com o Examinador Médico. Eu organizarei para você ser tomado para a ver, quando você está pronto.”

“Eu preciso conhecer, mas eu não posso.” Ela girou sua cabeça muito seu ombro descansado em do seu marido como seu fez em sua. “Nós precisamos estar só agora.”

A Eve cavou um cartão fora de seu bolso, deitou isto na mesa de café. “Contacte-me quando você estiver pronto. Eu organizarei o resto.”

Ela foi embora de seu pesar, e ela e Peabody atropelaram para o salão de entrada em silêncio.

A escritórios de advocacia ostentou uma área de espera confortável, dividido por tema em lugar de paredes em partes distintas. Canto da criança, com um mini comp e muitos brinquedos brilhantes, fluíram em uma seção projetada, Eve imaginada, com a criança mais velha em mente. Mag vids, quebra-cabeças, da moda comp jogos. Através do quarto, adultos podiam esperar sua virada em cadeiras de pastel, e assistam vids em educação de filhos, esportes, moda, ou arte culinária gastrônomo.

O recepcionista era jovem, com um sorriso alegre e um olho astuto. Ela vestiu seu listrado vermelho e cabelo de ouro em que Eve assumida para ser uma franja elegante de comprimentos variados.

“Nenhum compromisso, entretanto Polis normalmente não precisa de um.” Ela fez eles como Polis na frente de distintivos ser mostrado, e angulada sua cabeça. “O que está em cima?”

“Nós precisamos falar com Rangle,” Eve disse e retirou-se seu distintivo para forma.

“Dave não está em ainda. Ele em dificuldade?”

“Quando você espera que ele?”

“Ele balançará em qualquer minuto. Primeiro pássaro. Nós não abrimos para negócios até nove.” Ela fez um ponto para gesticular para o relógio. “Ainda quase uma hora tímida.”

“Isso faz você um primeiro pássaro, também.”

A mulher sorriu, toothily. “Eu gosto de entrar cedo, quando está quieto. Eu consigo muito feito.”

“O que você faz aqui?”

“Me, pessoalmente? Administre o escritório, ajude. Eu sou um paralegal. O que está em cima com Dave?”

“Nós esperaremos por ele.”

“Adapte você mesmo. Ele pegou um compromisso.. .” Ela girou para uma unidade de dados, bateu a tela com ouro de unhas pequenas, em forma de praça pintadas gosta das raias em seu cabelo. “Nove e trinta. Mas ele gosta de chegar aqui, alinhe-se seus patos antecipadamente como eu. Devia estar em logo.”

“Multa.” Porque ela quis Peabody fora de seus pés, Eve gesticulou seu companheiro para as cadeiras, então debruçado casualmente no contador da recepção. “E você seria?”

“Sade Tully.”

“Conseguiu um olho para Polis, Sade?”

“A mãe está no trabalho.”

“Aquele muito? Onde?”

“Trenton. Ela é um sargento, batida da cidade. Meu avô, também. E seu papai antes dele. Me, eu quebrei tradição. Seriamente, é Dave em dificuldade?”

“Não que eu sei de. Qualquer outra pessoa aqui, no escritório?”

“O assistente do Dave não é esperado até dez. Compromisso de saúde. O recepcionista registra geralmente o tempo em aproximadamente quarto para nove. Grant Swisher, Companheiro do Dave, devia estar em brevemente. Grant está entre assistentes, então eu estou preenchendo que encaixa. Nós conseguimos um droid balconista, mas eu não ativei isto ainda hoje. O aluno de lei entra por volta de meio-dia--depois de classe--hoje. Bem, se você vai pendurar, você quer café?”

“Eu iria. Nós iria,” Eve corrigida. “Obrigado.”

“Nenhum prob.” Sade apareceu, caminhados dois passos para um autochef. “Como você toma isto?”

“Negro para mim, doce e luz para meu companheiro.” Como ela falou, Eve vagou, deu a se a chance de estudar a instalação. Mais amigável que a maioria de escritórios de advocacia, ela decidiu. Pequenos toques de hominess nos brinquedos, a arte de parede de vista da cidade. “Quanto tempo sua mãe tem estado no trabalho?”

“Dezoito. Ela freaking ama isto, exceto quando ela odiar isto.”

“Sim, isto é o modo.”

A Eve girou quando a porta exterior aberta.

O homem que entrou era preto e aparava, em um terno da moda de mofosas marrons com lapelas de lápis magros e uma gravata listada chamativa. Ele levou uma xícara gigantesca de takeout café em uma mão, e era em um carregado bagel.

Ele fez um mmm som, movimentada a cabeça para Eve e Peabody, piscado em Sade. “Minuto,” ele administrou com seu total de boca, então tragou. “Manhã.”

“Polis, Dave. Queira conversar com você.”

“Certo. Certo. Queira voltar?”

“Nós iria. Sade, você junte-se a nós?”

“Me?” O paralegal piscou, então algo entrou em seus olhos. Um conhecimento de dificuldade, dificuldade ruim. Ela poderia ter tradição quebrado, Pensou Eve, mas ela teve policial no sangue. “Algo aconteceu. Algo aconteceu conceder?”

Nenhum ponto em voltar para um escritório, Eve decidida. “Peabody, na porta.”

“Sim, senhor.”

“Eu sinto muito, Grant Swisher está morto. Ele, sua esposa, e seu filho foi morto ontem à noite.”

O café fluído fora de xícara do Dave como ele tipped em sua mão e derramou um charco sobre o tapete da companhia. “O que? O que?”

“Um acidente?” Sade exigiu. “Eles estavam em um acidente?”

“Não. Eles eram assassinados, junto com sua empregada e uma menina jovem chamado Linnie Dyson.”

“Linnie, oh Deus. Nixie.” Sade era em torno do braço do contador e Eve de prender a atençã num instante. “Onde está Nixie?”

“Seguro.”

“Mãe de Deus.” Dave cambaleante para o sofá, deslizou sobre isto, benzeu-se. “Jesus misericordioso. O que aconteceu?”

“Nós estamos investigando. Quanto tempo você trabalhou com Swisher?”

“Urna, Deus. Ah, cinco anos. Dois como um companheiro.”

“Vamos conseguir este fora do modo. Você pode dar a mim seu paradeiro entre meia-noite e três da manhã?”

“Cague. Cague. Casa. Bem, eu cheguei em casa logo após meia-noite.”

“Só?”

“Não. Durante a noite convidado. Eu darei a você seu nome. Nós estávamos em cima e ... Ocupado até ao redor de dois. Ela partiu mais ou menos oito esta manhã.” Seus olhos eram escuros, e quando eles encontraram Eve é novamente, eles eram quebrados. “Ele não era só meu companheiro.”

Sade se sentou ao lado dele, tomou sua mão. “É só o que ela tem que perguntar, Dave. Sabe. Ninguém pensa que você machucou Grant ou sua família. Eu estava em casa. Eu tenho um companheiro de quarto,” ela adicionou, “mas ela não estava em casa ontem à noite. Eu estava conversando com um amigo no 'vínculo até logo após meia-noite. Ela pegou homem aborrecer. Você pode verificar minha máquina.”

“Aprecie isto. Eu vou querer o nome de seu durante a noite convidado, Sr. Rangle. É rotineiro. Sra. Tully, você disse que Sr. Swisher estava entre assistentes. O que aconteceu para seu assistente?”

“Ela acabou de ter um bebê no último mês. Ela tomou maternidade, mas estava planejando voltar, então nós fizemos a coisa de temporário. Mas alguns dias atrás, ela optou para condição de mãe profissional. Não existia qualquer fricção, se é disso que você é depois. Deus, eu terei que dizer a ela.”

“Eu precisarei de seu nome, e os nomes de todo o pessoal. Rotina justa,” Eve adicionada. “Agora eu quero que você pense, dizer a mim se você conhecer de qualquer um que desejaria Sr. Swisher ou seu dano de família. Sr. Rangle?”

“Eu não tenho que pensar. Eu não faço.”

“Um cliente ele urinou fora de?”

“Honrado para Deus, eu não posso pensar sobre qualquer um que está sempre entrado aquela porta que faria algo como este. Sua criança? Coyle? Meu Deus.” Lágrimas nadadas em seus olhos. “Eu toquei softball com Coyle. A criança amou beisebol. Era como sua religião.”

“Swisher sempre engana em sua esposa?”

“Eh.” Quando Dave começou a subir, Sade apertou uma mão em sua coxa.

“Você nunca pode dizer cem por cento, você sabe isto. Mas eu daria a você um noventa e nove ponto nove por cento não, e isso vai para ela, também.

Eles eram apertados, eles tinham muito prazer em. Eles acreditaram em família, desde que nenhum deles teve muito de um antes deles enganchados em cima. E eles trabalharam manter isto junto.”

Sade tomou respiração de um afiançar. “Você trabalha como fecha como nós trabalhamos nesta firma, você sabe aquele tipo de coisa. Você consegue o vibes. Grant amou sua esposa.”

“Certo. Eu quero acesso a seu escritório, seus arquivos, sua lista de clientes, corteje transcrições, os trabalhos.”

“Não faça ela conseguir uma autorização, Dave,” Sade quietamente disse. “Grant não iria se tivesse sido um de nós. Ele cooperaria. Ele ajudaria.”

Ele movimentou a cabeça. “Você disse que Nixie era seguro. Ela não era machucada.”

“Não. Ela não foi ferida, e ela está em custódia protetora.”

“Mas Linnie . . .” Ele passou por um dar seu rosto. “Você disse o Dysons?”

“Sim. Você sabe eles?”

“Sim, Deus, sim. Festas em do Grant, fins de semana neste lugar eles têm no Hamptons na hora certa parte. Grant e Matt e eu golfed uns tempos do par um mês. Sade, pode você fazer telefonemas, feche coisas pelo dia ?”

“Certo. Não se preocupe.”

“Eu mostrarei a você escritório do Grant--desculpe, eu não posso lembrar se eu conseguisse seu nome.”

“Dallas, Tenente Dallas.”

“Urna, eles não tiveram fecharam família. Os acordos ... Nós Poderemos fazer acordos?”

“Eu verei se eu posso passar sem tocar aquele para você.”

Quando eles voltaram em seu veículo, eles tiveram um total de caixa de discos, vários arquivos de cópias duras, Calendário de escritório do Swisher, endereço, e livros de memorando.

Peabody amarrou com correia em. “O retrato está vindo claro de uma família boa, feliz, bem financeiramente assegurou, bom círculo de amigos, relações de fim com associados, satisfazendo carreiras. Não o tipo você espera ser assassinado em suas camas.”

“Bastante camadas para escolher por. Muitas famílias poderiam parecer felizes na superfície, até para amigos e colegas de trabalho. E eles odeiam um ao outro gostar de veneno em particular.”

“Pensamento alegre.” Peabody pursed seu lips. “Isso faz você o policial cínico, e mim o ingênuo.”

“Isto é quase certo.”

 

ELA SE SENTIU APERTADA POR TEMPO, MAS GOING    atrás para a cena, movendo por it,feeling era essencial.

Uma família única de três histórias agradável, ela pensou, batido contra outro bom dois- ou de três histórias único- ou famílias múltiplas em um Oeste de Tony Superior bairro Lateral.

Mais sólido que chamativo.

As crianças foram para as escolas particulares, uma ao vivo-em domésticas. Duas carreiras de tempo integral, uma fora da casa, uma baseada nisto. Duas entradas dianteiras, um traseiro.

Segurança, ela notou, em todas as portas e janelas, com a adição de decorativa--mas eficiente--bares de revolta no abaixo de nível de rua onde o Keelie Swisher baseado seu escritório.

“Eles não entraram de abaixo,” Eve notou como ela scoped fora a casa da calçada. “A segurança era ativa na entrada de escritório, e no traseiro.” Ela girou, esquadrinhou a rua, os meios-fio. “O estacionamento é uma cadela em bairros como isto. Você precisa de uma licença, scanners de meio-fio verificam. Se você estacionar no meio-fio sem um, é um ingresso automático. Nós verificaremos, mas eu não posso ver estes sujeitos fazendo isto aquele fácil para nós. Qualquer um que eles caminhar de outro ponto, ou teve uma licença. Ou eles vivem direito ao redor aqui.

“Caminhou, mais provável caminhou. Quarteirão ou dois de qualquer maneira,” ela disse como ela cruzou, abriu o inútil pouco portão de ferro e aumentado para a porta. “Caminhada para a porta da frente. Emperrou a segurança, os alarmes, as câmeras, os ID blocos por distantes antes deles mover em esquadrinhar distância. Teve os códigos, ou souberam como ultrapassar fecha depressa.”

Ela usou sua polícia dominar desativar o selo, abra as fechaduras. “Não muitas pessoas na rua ao redor aqui aquele tempo da noite, mas algum. Você podia ter algum. Caminhando um cachorro, tomando um passeio, voltando para casa de uma noite fora. As pessoas assistem pessoas neste tipo de área. Tido que ser liso, mova rápido, e casual.”

Ela andou dentro do corredor estreito que separado vivo de jantar áreas. “Whatcha chegou? Umas bolsas, provável. Nada grande ou corajoso. Bolsas pretas suaves, provavelmente, levar as armas, o jammers, equipamento protetor. Não podia engrenar em cima fora de, muito arriscado. Aqui mesmo, eu apostaria, aqui mesmo só dentro da porta. Puxe no equipamento, separe. Um de cima, uma para trás para a empregada. Não conversando, negócios justo.”

“A mão sinaliza talvez,” Peabody sugeriu. “Equipamento de vista da noite.”

“Sim. Ferramentas na bolsa, mas você sabe a rota, a rotina. Você fez sims. Aposte seu asno que você fez sims.” Ela caminhou de volta em direção à cozinha, imaginando a escuridão, a absoluta quieta. Para trás, ela pensou. Estado aqui antes de ou teve uma fotocópia azul. Ela sacudiu um olhar em direção à mesa e bancos onde o Nixie estava.

“Não veria a criança, não estaria olhando.”

Ela entrou em um abaixar, e teve que angular seu corpo para ver o marcador de polícia onde o refrigerante do Nixie tinha sido achado. “E ainda que você glanced ao redor, você não veria um pouco menina que está no banco. A atenção é deste modo, em direção aos quartos da empregada.”

Inga tinha sido limpa, como ela esperaria de alguém que fez seu vivo limpando outros escombros das pessoas. Ela podia ver a ordem debaixo da desordem causada pelos varredores. Pegue os odores frescos, e os odores da morte, debaixo da sujeira de substâncias químicas. E ela imaginou Nixie que rasteja em, a excitação de uma criança pulando pegar adultos em um ato proibido.

No quarto, sangue moldado as paredes, a mesa de lado da cama e luminária, pooled nas folhas, gotejou para o chão.

“Ela gostou do lado certo da cama, provavelmente um dormente lateral. Veja?” Eve movida na zona de assassinato, gesticulado para o padrão de borrifadela.

“Ele sobe para este lado, tem que--ou queira --erga sua cabeça. O borrifadela mostra que sua cabeça era girada um pouco, então seu corpo está em seu lado deixado, enfrentando longe da cama--o modo que ele a deixou depois de que ele cortar sua garganta. Seu sangue está nele agora, mas ele não se preocupa sobre isto. Cuide daquele antes dele partir. Direito de passeios fora novamente, direito de passeios pela criança.”

Ilustrando, Viradas de Eve, cabeças fora. “Deve ter polegadas passado longe dela. Criança esperto, criança assustada. Ela não faz um espiar.”

Torneamento novamente, ela estudou o quarto. “Nada fora de lugar. Ele não toca em nada mas seu. Não está interessado em qualquer coisa mas seu, e o resto da missão.”

“Isto é como você vê isto? Uma missão?”

“O que mais?” Eve encolhida os ombros. “Folhas, feito do trabalho aqui. Por que ele não toma os de volta passos?”

“Carranca de Ah .. .” Peabody em concentração, olhou para o plano. “Posicionamento? Realmente mais íntimo do quarto de mestre para os degraus principais. Isto é provavelmente onde seu companheiro era stationed. Outro varre indo ao redor aquele modo.”

“Os adultos têm que vir para primeiro, tenha que ser feitos ao mesmo tempo.” A Eve movimentou a cabeça como eles fizeram a viagem ao redor. “Ele provavelmente tem um caminho para sinalizar seu companheiro que a primeira onda é completa e ele está a caminho.”

Ela glanced no sangue, as gotas ocasionais de manchando chão ou tapete, passos de degrau. “Ele deixa um pouco trilha, mas nenhum grande. É seu sangue, não seu. Este abaixo aqui, à direita, todo será a da empregada. Eles removeram o equipamento sangrento, encheu isto nas bolsas antes deles descer novamente.”

“Frio,” Peabody comentou. “Nenhum mão slapping, trabalho inútil. Fatie cinco pessoas, desnude-se fora do equipamento, e parta.”

“Diretamente para cima, diretamente em enquanto a criança puxa isto junto suficiente para conseguir o vínculo de bolso e chamar nove e um-um. 'Y ' fora aqui, no quarto principal, um lado da cama. Mesmo padrão que a empregada. Eles têm um ritmo. Termine os objetivos, saia e em.”

“Eles dormiram de volta-para-atrás,” Peabody assinalou. “O asno-para-asno se aconchega. Mcnab e eu fazemos isto, principalmente.”

A Eve estava vendo eles, marido e esposa, mãe e pai, dormindo alvo-para-alvo na grande cama com suas folhas do mar verde, sua colcha felpuda. Dormente em uma limpa, relaxando quarto, com suas janelas enfrentando o de volta pátio. Ele em pugilistas pretos, ela em um branco sleepshirt.

“Erga a cabeça, expor a garganta. Fatia, gota, encabece fora. Não tagarela. Eles estão fora e rumo aos dois outros quartos como a criança está surgindo os degraus. Eles já designaram que toma que quarto. Divida fora de. Se toma o menino--entrando como Nixie rasteja através do corredor atrás deles.”

A Eve saiu como ela falou, e em quarto do Coyle. “O menino é um sprawler, apartamento atrás, coberturas chutadas fora de. Não tenha que tocar em este aqui para fazer o trabalho. Tire ele enquanto ele é plano.”

Ela viu isto em sua cabeça, o horror frio dele como ela caminhou através do corredor para o outro quarto. “Quarto da menina, menina na cama. Muito certo de você mesmo pensar duas vezes. Muito steeped na rotina para divergir. Cruz justa acima de. Por que você notaria os sapatos, a mochila extra? Você não está olhando para qualquer coisa exceto o objetivo. Ela está principalmente enterrada debaixo das coberturas--dormente de estômago. Arranque ela, pelo cabelo provavelmente. Muito blonde cabelo, tão anunciado. Fatie sua garganta, esvazie ela de volta, vá embora.”

“Não tanto respinga aqui,” Peabody comentou. “Ele provavelmente tomou a maior parte em sua pessoa, e o resto fez a cama e coberturas.”

“Sai no corredor, coordenando com seu companheiro. Veja o sangue neste lugar. De seu equipamento, gotejando fora do equipamento como eles desnudam-se isto. Empurre isto nas bolsas com as facas. Vá no andar de baixo e fora, limpo. Vá embora. Missão realizada.”

“Exceto não era.”

Eve movimentada a cabeça. “Exceto não era. E se eles tomassem alguns mais minutos, só alguns, se eles levassem tempo levantar algumas guloseimas a caminho fora, ou demorem acima do trabalho, o branco e preto pararia antes deles sair. Como era, foi fechou. A criança agiu rápido, mas eles agiram mais rápido.”

“Por que matem as crianças?” Peabody perguntou. “Que ameaça era eles?”

“Para tudo que nós sabemos neste momento, um ou ambos das crianças eram o objetivo principal. Viu algo, ouvido algo, soube algo--era em algo. Nós não podemos assumir os adultos eram os primários. O ponto é eles todos tiveram que ir, a casa inteira. Isto é onde nós começamos.”

 

Ela estava atrasada para Mira, mas ele não podia ser ajudado. A Eve achou ela sentando na sala de estar, bebendo chá e trabalhando em seu PPC.

“Desculpe. Eu fui suspenso.”

“Está tudo bem.” Mira economizar o PPC. Ela vestiu um simplesmente corta terno em um smokey cor que não era bastante azul, não era bastante cinza. De alguma maneira seus sapatos conseguidos para ser os exatos mesmos entre tom. Existiam torções de prateadas em suas orelhas e um trio de cadeias de cabelo magras ao redor seu pescoço.

A Eve perguntou-se se ela tivesse para strategize se pôr junto com tal perfeição de elegante, ou se naturalmente viesse.

“Ela está dormindo. A criança,” Mira disse. “Summerset a tem em monitor.”

“Oh, bom. Certo. Escute, eu preciso ter algum café real ou meu cérebro vão derreter. Você bom?”

“Multa, obrigado.”

Eve subjugada para um painel de parede e, abrindo isto, revelou um mini autochef. “Você conseguiu o relatório.”

“Sim, é o que eu estava examinando cuidadosamente quando você chegou aqui.”

“É delineado ainda, mas eu não tive tempo para preencher os pontos bons. Peabody está conseguindo a liberação para os dados das vítimas secundárias--encabeçando para suas escolas, veja o que nós podemos achar lá.”

“Você espera achar qualquer coisa lá? Você pensa que as crianças eram os objetivos?”

A Eve ergueu um ombro, então fechados seus olhos e deixam o sacudir de café faz seu trabalho. “O menino era velho suficiente, certamente, ser envolvido em illegals, quadrilhas, e todos os tipos de comportamento ruim. Não pode descontar isto. Ou a possibilidade ele e/ou sua irmã testemunharam algo ou eram informados algo que exigiu seu término. As chances são mais altas que era um dos adultos, mas não é uma certeza, especialmente este cedo em.”

“Não existia nenhuma violência adicional, nenhuma destruição de propriedade.”

“Nenhum, e se qualquer coisa fosse tirado das premissas, nós não sabemos sobre isto ainda. A contagem de tempo era rápida e lisa. Trabalho de equipe, horário. Condene bom trabalho.”

“De qualquer outro, eu diria que era um resfriado e observação insensível.”

Olhos aplainados da Eve. “De seu ponto de vista, era. Frio, insensível, e uma maldição bom trabalho. Exceto eles sentiram falta. Eles saberão que eles sentiram falta logo, uma vez que a mídia consegue continuando isto.”

“E eles podem tentar terminar o trabalho,” Mira disse com um aceno com a cabeça. “Então você trouxe a criança aqui.”

“Uma das razões. Este lugar é um fucking forte. E se eu mantiver GPS em uma distância, eu tenho acesso ilimitado a testemunha de olho. Mais, a criança freaked na idéia de ir com o assistente social. Ela é inútil para mim se ela for histérica.”

“Lembre quem você está conversando com,” Mira ligeiramente disse. “Você teria administrado acesso cheio ainda que ela fosse colocado debaixo de GPS e pôs em uma casa segura. Sentindo pena dela não faz você menos de um policial.”

A Eve deslizou uma mão em seu bolso. “Ela chamou nove e um-um. Ela rastejou por sangue dos seus pais. Sim, eu sinto a pena de. Eu também conheço uma criança que pode fazer isto pode levantar-se para o que vem para próximo.”

Ela se sentou em frente a Mira. “Eu não quero empurrar os botões errados nela. Eu podia fazer isto, e se eu fizer, ela vai prender, feche. Mas eu preciso de detalhes dela, informações dela. Tudo que eu posso conseguir. Eu preciso de você para me ajudar.”

“E eu irei.” Ela sipped seu chá. “Meu perfil preliminar de seus assassinos é que eles eram realmente um time. Provável trabalhou junto antes, e certamente matou antes. Eles seriam maduros, e provável tenha algum treinamento. Militar ou paramilitar, ou organizou crime. Não existia nada pessoal neste ato, mas o assassinato das crianças--uma família como uma unidade--é certamente pessoal. Eu estou certo que não era uma matança de excitação, nem era isto sexual.”

“Para lucro?”

“Muito possivelmente, ou porque eles recebiam ordens, ou simplesmente porque teve que ser feito. O motivo?” Ela sipped seu chá pensativamente. “Nós precisaremos mais nas vítimas para especular no por que. Mas o quem? Eles serão experimentados, e eles confiarão um ao outro. Eles são organizados e confiantes.”

“Era um op. Isto é como correu para mim. Uma operação, planejada e praticada.”

“Você pensa que eles tiveram acesso a casa antes de ontem à noite?” Mira perguntou.

“Talvez. Em todo caso, eles souberam o plano, onde todo mundo dormiu. Se a empregada era primária, não existia nenhuma razão para tomar o segundo andar e vice-versa. Então ele era um limpo varre.”

A Eve verificou sua unidade de pulso. “Quanto tempo você figura que ela estará fora? A criança?”

“Eu não podia dizer.”

“Eu não quero segurar você.”

“E você está ansioso para chegar a trabalhar você mesmo.”

“Eu não conversei com o ME, ou terminei meu relatório, hostilizou o lab, ou gritado nos varredores. As pessoas vão pensar que eu estou de férias.”

Com um sorriso, Mira subiu. “Por que você não contacta-me quando . . . Ah,” ela adicionou quando Summerset andou na entrada.

“Tenente, sua carga jovem é acordada.”

“Oh. Certa. Multa. Você ainda conseguiu tempo para começar isto agora?” Ela pediu a Mira.

“Sim. Onde você gostaria de falar com ela?”

“Eu figurei meu escritório.”

“Por que você não a traz abaixo aqui? É um espaço bom, confortável, e poderia ajudar a pôr à vontade.”

“Eu a trarei abaixo.” Enfraquecido de Summerset fora da entrada, e deixou Eve frowning.

“Eu vou o dever para este?” Ela perguntou-se. “Para, sabe, montando rebanho ou qualquer que você chamaria isto. Porque eu realmente odiaria isto.”

“Eu penso que você é afortunado para ter alguém em premissas que está disposta e capaz de tender a um jovem, traumatized menina.”

“Sim, cague.” A Eve suspirou. “Eu tinha medo disto.”

“Poderia ajudar a lembrar do bem-estar e estado de espírito da criança é prioridade.”

“Olhando para ele de maneira regular poderia enviar suas costas em choque.”

Mas quando Nixie entrou, o gato em seus saltos de sapatos, ela teve sua mão firmemente em ósseo do Summerset, lançando isto só quando ela viu Eve. Nixie caminhou diretamente para ela. “Você achou eles?”

“Trabalhando nisto. Isto é Dr. Mira. Ela vai ajudar--”

“Eu já vi um doutor. Eu não quero ver um doutor.” A voz do Nixie começou a subir. “Eu não quero--”

“Estrangule de volta,” Eve ordenada. “Mira é um amigo minha, e ela não é só um doutor, ela trabalha com o Polis.”

Nixie deslizou seus olhos em direção a Mira. “Ela não parece com a polícia.”

“Eu trabalho com a polícia,” Mira disse em tranqüilo, quieto afina. “Eu tento ajudar eles entender que as pessoas que cometem crimes. Eu conheci Tenente Dallas bastante um enquanto. Eu quero a ajudar, e você, ache as pessoas que machucam sua família.”

“Eles não machucaram eles, eles mataram eles. Eles estão todos mortos.”

“Sim, eu sei. É horrível.” Mira é olhar e seu tom ficou nível. “A pior coisa que pode acontecer.”

“Eu desejo que não fizesse.”

“Então faça I. Que eu penso se nós nos sentarmos e conversarmos, nós poderíamos ser capazes de ajudar.”

“Eles mataram Linnie.” O lábio de parte inferior do Nixie começou a tremer. “Eles pensaram que ela me era, e agora ela está morta. Eu não deveria ir no andar de baixo.”

“Todos nós fazemos coisas que nós não somos realmente supostos para às vezes.”

“Mas Linnie não fez. Eu era ruim, e ela não era. E ela está morta.”

“Não muito muito ruim,” Mira suavemente disse, e tomando mão do Nixie a levou a uma cadeira. “Por que você foi no andar de baixo?”

“Eu quis uma Laranja Efervescente. Eu não deveria ter eles sem permissão. Eu não sou suposto para lanche de noite. Minha mãe--” ela cessou bruscamente, submetidos seus olhos.

“Sua mãe teria dito não, então sim, estava errado de você ir atrás dela atrás. Mas ela estaria muito contente que você não era machucado, não é? Ela teria muito prazer nisto, isto uma vez, você quebrou as regras.”

“Eu acho.” Galahad saltou em seu colo, e Nixie stroked seu largo atrás. “Mas Linnie--”

“Não era sua culpa. Nada que aconteceu era sua culpa. Você não causou isto, e você não podia ter parado isto.”

Nixie olhou em cima. “Talvez se eu gritasse realmente alto, eu despertaria todo mundo. Meu papai podia ter lutado os sujeitos ruins.”

“Seu pai teve uma arma?” A Eve exigiu na frente de Mira poder falar.

“Não, mas--”

“Dois homens com facas, e ele desarmado. Talvez se você gritasse que ele acordaria. E ele ainda estaria morto. Só diferença é que eles teriam sabido outra pessoa estava na casa, caçou você, e matou você, também.”

Mira atirou Eve uma advertência olhar e voltou sua atenção para Nixie. “O tenente Dallas disse a mim que você era muito valente e muito forte. Porque ela é ambas daquelas coisas, eu sei que ela esteja dizendo a verdade.”

“Ela me achou. Eu era .”

“Era bom que você escondeu. Era bom que ela achou você. Eu conheço o que Tenente Dallas acabou de dizer é duro para você ouvir, mas ela é certa. Não existia nada mais que você podia ter feito ontem à noite para ajudar sua família. Mas existem coisas que você pode fazer agora.” Mira glanced em Eve, sinalizando ela.

“Escute, Nixie,” Eve disse, “isto é áspero, mas quanto mais você pode dizer a mim, quanto mais eu sei. Isto é meu registrador.” Ela deixa isto na mesa, sentada em frente a Mira e a criança. “Eu vou perguntar a você algumas perguntas. Dallas, Tenente Eve, em entrevista com Swisher, Nixie, fêmea secundária, com Mira, Dr. Charlotte, em assistência. Certa, Nixie?”

“Certo.”

“Você sabe sobre que hora era que você saiu da cama?”

“Era mais de duas horas. Como dez depois, sobre. Eu tive minha Geléia-Vir logo.”

“Unidade de pulso,” Mira traduziu.

“O que você fez quando você levantou? Exatamente.”

“Eu fui no andar de baixo--realmente quieto. Eu pensei, por um minuto, desde que Linnie não quis acordar, eu conseguiria Coyle. Mas talvez ele diria, e eu gostei de estar em cima por mim mesmo. Eu fui para a cozinha e consegui uma Laranja Efervescente fora do friggie, embora eu não sou suposto. E eu fui me sentar e beber isto na área do café da manhã.”

“O que aconteceu então?”

“Eu vi a sombra entrar, mas ele não me viu. Eu desci no banco. Entrou em quarto da Inga.”

“O que a sombra pareceu com?”

“Pareceu que um homem, eu acho. Era escuro.”

“Ele era alto ou pequeno?”

“Tão alto quanto o tenente?” Mira iniciou e gesticulou para Eve levantar-se.

“Mais alto, provavelmente. Eu não sei.”

“O que ele estava vestindo?”

“Material escuro.”

“Que tal seu cabelo?” A Eve arrastou sua próprio. “Pequeno, longo?”

Em um suspiro pequeno, Nixie aninhou o gato. “Deve ter sido pequeno, 'porque eu não podia realmente ver isto. Era... Era... Coberto. Goste.” Ela fez um gesto, como se puxando algo acima de sua cabeça. “Ele coberto ele em cima. Seu rosto inteiro, e seus olhos, eles eram todo pretos e brilhantes.”

Equipamento protetor, Eve imaginada. Óculos de proteção da noite. “Você ouviu ele dizer qualquer coisa?”

“Não. Ele a matou, com a faca. Ele a matou, e existia sangue. E ele não disse nada.”

“Onde estava você?”

“No chão, na porta. Eu quis olhar dentro de e ver . . .”

“Era escuro. Como você podia ver?”

Suas sobrancelhas reuniram-se um momento. “Da janela. A iluminação de rua pela janela. Ele teve uma luz.”

“Como uma lanterna?”

“Não, um pouco ponto, luz um pouco verde. Era maldito. Em sua mão. Em sua . . . Aqui.” Ela fechou seus dedos ao redor seu pulso.

“Certo, o que aconteceu então?”

“Eu consegui contra a parede. Eu penso. Eu era tão assustado. Ele matou Inga, e ele teve uma faca, e eu era tão assustado.”

“Você não tem que ser assustado agora,” Mira disse. “Você é seguro agora.”

“Ele não me viu, como eu não estava lá. Como esconder-e-buscar, mas ele não me procurou por. Eu consegui o 'vínculo e eu chamei. O papai diz se você vir alguém sendo machucado, você chama Emergência e a polícia virá e ajuda. Você tem telefonema, você precisa ser um bom vizinho. Meu papai--” Ela cessou bruscamente, curvada sua cabeça como rasga gotejado.

“Ele estaria muito orgulhoso de você.” Mira agarrou sua própria bolsa, tomou um tecido disto. “Muito orgulhoso que você fez só o que ele ensinou você, até quando você era assustado.”

“Eu quis dizer a ele, dizer a ele e Mãe. Eu quis Mãe. Mas eles estavam mortos.”

“Você viu o homem novamente, e outra pessoa,” Eve iniciada, “quando você foi de cima. Você subiu o de volta modo.”

“O homem que matou Inga estava entrando em quarto do Coyle.”

“Como você sabe? Nixie, como você conhece era o homem de quarto da Inga quem entrou em do Coyle?”

“Porque . . .” Ela olhou em cima novamente, piscando contra as lágrimas. “A luz. A luz verde. O outro não teve um.”

“Certo. O que mais era diferente?”

“A pessoa que matou Inga era maior.”

“Mais alto?”

“Um pouco, mas maior.” Ela dobrou seus braços, indicando músculo.

“Eles conversaram um com o outro?”

“Eles não disseram nada. Eles não fizeram qualquer barulho. Eu não podia ouvir qualquer coisa. Eu quis Mãe.”

Seus olhos foram enfadonhos novamente, e um tremor agitou ela verbalizar. “Eu conheci o que eles iriam fazer e eu quis Mamãe e papai, mas... E existia sangue, e ele embarcou me em. Eu escondi no banheiro, e eu não terminei. Eu ouvi pessoas entrarem, mas eu não terminei. Você veio.”

“Certo. Você lembra, antes de algum deste aconteceu, se seus pais ditos qualquer coisa sobre estarem preocupados, sobre qualquer um quem estava louco neles, ou se eles vissem alguém rondar quem não devia ser?”

“O papai disse que Dave disse que ele iria o bater inconsciente com seu nove ferro porque ele ganhou o jogo de golfe.”

“Eles lutaram muito, seu papai e Dave?”

“Nuh-uh, não para real.” Ela se submeteu seus olhos. “Só rasgando.”

“Existia qualquer um com que ele lutou? Não só rasgando?”

“Não. Eu não sei.”

“Ou sua mãe?” Quando Nixie agitou sua cabeça, Eve aliviada em um dicey área. “Seus mamãe e papai lutaram, um com o outro?”

“Às vezes, mas não goste de ruim. Mamãe e papai do Gemmie costumavam gritar em um ao outro o tempo todo, e Gemmie disse que eles lançaram coisas. E eles ficaram divorciado porque seu papai não podia manter suas calças fechadas com fecho. Isso significa que ele atarraxou ao redor.”

“Conseguido isto. Mas seus pais não lutaram assim.”

“Eles não fizeram, e eles não atarraxaram ao redor qualquer um. Eles dançaram na praia.”

“Desculpe?”

“No verão, quando nós fomos para a praia e conseguimos a casa. Às vezes eles saíram para caminhar de noite, e eu podia ver eles de minha janela. Eles dançariam na praia. Eles não iriam ficar divorciados.”

“É bom para ter uma memória assim,” Mira disse. “Quando você começa a parecer muito triste, ou assustado, você pode tentar ver eles dançando na praia. Você fez muito bem. Eu gostaria de voltar e conversar com você novamente algum tempo.”

“Eu acho que é certo. Eu não sei o que eu deveria fazer agora.”

“Eu penso que você devia ter um pouco de almoço. Eu tenho que ir logo, mas Tenente Dallas estará aqui, trabalhando de cima em seu escritório. Você sabe onde a cozinha está?”

“Não, a casa é muito grande.”

“Diga a mim sobre isto,” Eve murmurou.

Mira subiu, resistiu uma mão. “Eu aceitarei em devolução você, e talvez você pode ajudar Summerset para um pouco enquanto. Eu voltarei em um minuto,” ela disse para Eve.

Só, Eve compassada para as janelas, para a lareira, atrás para as janelas. Ela quis chegar a isto, comece o processo. Ela precisou instalar sua tábua, faça as corridas, escreva seu relatório e arquive isto. Os telefonemas fazer, pessoas ver, ela pensou, jingling créditos soltos em seu bolso.

Cague, como ela iria lidar com esta criança?

Ela perguntou-se se o Polis que teve que entrevistar seus todos aqueles anos atrás tinham sido igualmente inseguro de seu fundamento.

“Ela está contendendo muito bem.” Mira voltou no quarto. “Melhor que a maioria de iria. Mas você devia esperar balanços de humor, lágrimas, raiva, dificuldade dormindo. Ela vai exigir aconselhando.”

“Você pode lidar com isto?”

“Para o momento, e nós veremos como vai. Ela pode exigir um especialista, alguém treinadas principalmente em crianças. Eu examinarei isto.”

“Obrigado. Eu estava pensando que eu devia verificar o departamento, Serviços de Mocidade, ache uns oficiais que eu posso atribuir para ela.”

“Tome isto lento. Ela está lidando com muitos estranhos de uma vez.” Ela tocou braço da Eve, então levantada sua bolsa. “Você lidará com isto.”

Talvez, Eve pensou quando Mira partiu. Espero que. Mas no momento, ela teve bastante dúvidas. Ela encabeçou de cima, detoured em escritório do Roarke.

Ele estava em sua escrivaninha, com três de suas telas de parede rolando vários dados, e sua unidade de escrivaninha zumbindo. “Pause operações,” ele disse, e sorriu. “Tenente, você olha ataca.”

“Sinta aquele modo. Escute, eu não tive uma chance realmente para correr tudo isso por você. Eu conheço eu só mais ou menos esvaziei alguma criança estranha em você e soprei.”

“Ela é acordada?”

“Sim. Ela é com Summerset. Eu fiz uma segunda entrevista com ela, com Mira em assistência. Ela levanta bonito bem. A criança, eu quero dizer.”

“Eu tive as notícias. Os nomes não foram lançados ainda.”

“Eu tenho tão bloqueado--para o momento. Vai quebrar logo.”

Conhecendo sua esposa, ele foi para o autochef, programados dois cafés, pretos. “Por que você não corre isto para mim agora?”

“Versão rápida, porque eu estou para trás.”

Ela deu a ele os detalhes, sumário e totalmente.

“Criança pobre. Nenhuma evidência, ainda, que qualquer um na casa em algo que foi pôde diminuir este tipo de retorno?”

“Não ainda. Mas é cedo.”

“Profissional, como eu estou certo que você já concluiu. Alguém treinado em trabalho molhado. A luz verde ela viu era mais provável o jammer-- verde para vá--como a segurança tinha sido ultrapassada.”

“Figurou. Na superfície, estas pessoas parecem família ordinária, ordinária. Setas diretas. Mas nós não fizemos muitos arranhando naquela superfície ainda.”

“Eletrônica sofisticada, forças especiais--digite invasão, rápida, limpe bate.” Café de Sipping, ele ignorou o buzinar de seu fac-símile de laser. “Dentro e fora... Em, o que, dez ou quinze minutos? Não é algo para nada. O terrorismo de casa teria deixado uma marca, e os objetivos teriam sido perfil mais alto. Na superfície,” ele adicionou.

“Você ainda tem alguns contatos em crime organizado.”

Um sorriso vislumbou ao redor sua boca. “Não é?”

“Você conhece pessoas quem conhecem pessoas quem sabem escória da Terra.”

Ele bateu uma ponta do dedo no entalhe em seu queixo. “Isto é algum caminho para conversar de meus amigos e negócios associa? Antigo.”

“Condene diretamente. Você podia fazer algumas investigações.”

“Eu posso, e eu irei. Mas eu posso dizer a você que eu nunca associei com assassinos de criança. Ou qualquer um que sacrificaria uma família em seu sono.”

“Não declaração. Eu quero dizer isto. Mas eu preciso de todo ângulo neste. A pequena menina? O que ele matou em lugar da criança no andar de baixo? Ela estava vestindo camisola um pouco rosa com--o que faz que você chama isto--balangandãs em torno do pescoço. Eu podia ver era rosa da parte inferior. O resto estava vermelho, soaked por com sangue. Ele iria racha sua garganta abre como era uma maçã.”

Ele anotar seu café, caminhada para ela. Ele põe suas mãos em seus quadris, deitada sua sobrancelha em sua sobrancelha. “Qualquer coisa que eu posso fazer, eu irei.”

“Faz que você pensa. Você e eu, nós tivemos as piores a maioria de crianças podem conseguir. Abuso, negligencie, estupro, batidas, ódio. Estas crianças, eles tiveram o que deveria ser, em um mundo perfeito: Boas casas, pais que amaram eles, cuidou deles.”

“Nós sobrevivemos,” ele terminou. “Eles não fizeram. Com exceção do no andar de baixo.”

“Um dia, quando ela recordar isto, eu quero que ela conheça as pessoas que fizeram isto estar em uma gaiola. Isto é o melhor que eu posso fazer. Isto é tudo que eu posso fazer.”

Ela aliviou de volta. “Então, seria melhor eu chegar a trabalhar.”

 

SEU PRIMEIRO PASSO ESTAVA CONTACTAR FEENEY, capitão da Divisão de Detetives Eletrônicos. Ele estalou em sua 'tela de vínculo, cabelo de gengibre metálico threaded com prata, saggy rosto, camisa amarrotada.

Era um alívio para sua que tentativa recente da sua esposa para abeto vermelho ele em cima com olho-estalando ternos foram barriga-.

“Eu estou pegando em cima,” ela vivamente disse. “Você conseguiu palavra no caso de Swisher, invasão de casa?”

“Duas crianças.” Seu rosto, confortavelmente sombrio, endureceu. “Quando eu consegui vento, eu fui para a cena eu mesmo. Eu consegui um time que trabalho nos 'vínculos e centros de dados. Eu estou fazendo a segurança pessoalmente.”

“Eu gosto de conseguir o melhor. O que você pode dizer a mim?” .

“Bom, sistema de casa sólido. Topo da linha. Tomou alguma perícia para ultrapassar. Os shows de câmeras se agacham depois de cem cinqüenta e oito horas. Distante jammer, com aperto secundário como o sistema teve um auxílio de auto.”

Ele arrastou em seu lóbulo da orelha como ele lê dados de outra tela. “A segurança visual fecha, auxílio estala dentro dez segundos, com alarmes ambos internos e em centro de segurança. Comprometeu os trabalhos.”

“Eles souberam o sistema.”

“Oh sim, eles souberam o sistema. Alarme de câmeras desativada, feche alarme, alarme de movimento. Eu vou alfinetar isto para você, mas meu preliminar indicou entrada dez minutos depois da câmeras branqueada, quatro minutos depois do aperto secundário.”

“Dez minutos? Isto é uma extensão de tempo. Poderia ter seguro, seguro o sistema não fez o sinal, interno, para a companhia de segurança. Quatro depois de bater o secundário. Isto é tão liso quanto eu penso que é?”

“Lisos suficiente. Eles trabalharam rápido.”

“Eles souberam o código?”

“Não pode dizer a você que ainda.” Ele ergueu um assaltar para seu lips que teve MEU impresso nele em assassino vermelho. “Ou soube isto ou teve um britador de código de primeira classe. O par de não brinca seguro em sua própria cama, Dallas, é um fucked em cima mundo.”

“Está sempre sido um fucked-em cima mundo. Eu vou precisar de todas as transmissões, dentro e fora, pessoais e casa. Todos discos de segurança.”

“Você terá eles. Eu estou pondo peso este aqui. Netos conseguidos que idade, para Chrissake. Qualquer que você precisa em este aqui, você conseguiu isto.”

“Obrigado.” Seus olhos estreitados como ele sipped novamente. “Aquele café real?”

Ele piscou, aliviou o assaltar longe da vista. “Por que?”

“Porque eu posso ver isto em seu rosto. Eu posso ver isto em seus olhos.”

“E se é?”

“Onde você pegaria isto?”

Ele trocou. Até com sua visão de tela ela podia dizer a ele torceu. “Talvez eu balancei por seu escritório, atualizar você, e você não estava lá. E talvez desde que você tem uma provisão de maldição ilimitada do material que eu consegui eu mesmo um piolhento assaltar. Não veja por que você tem que ser tão parcimonioso quando você tiver--”

“Você ajuda você mesmo a qualquer outra coisa enquanto você existiam? Como doce?”

“Que doce? Você conseguiu doce lá? Que tipo?”

“Isto é para mim conhecer, e você para manter seu tire as mãos. Eu voltarei para você.”

Pensando sobre café e doce lembraram a ela que ela faltou café da manhã e almoço. Ela ordenou em cima dados em Grant Swisher, então andou a passos largos em sua cozinha de escritório para agarrar um nutribar e outro golpe de cafeína.

Ajuste, ela ordenou os dados em tela de parede, e esquadrinhada.

Swisher, Grant Edward, DOB 2 de março de 2019. Residência 310 Oeste Oitenta-primeiro, Cidade de Nova York, 22 de setembro de 2051 apresentar. Getz casado, Keelie Subiu, 6 de maio de 2046. Duas crianças do casamento: Coyle Edward, DOB 15 de agosto de 2047, macho. Nixie Fran, DOB 21 de fevereiro de 2050, fêmea.

Três daqueles nomes seriam listados como falecido por fim do dia em Registros Vitais, ela pensou.

Ela lê pelos dados básicos, solicitados qualquer e todos os antecedentes penais, e conseguiram um estalar para possessão de Zoner quando Grant Swisher tinha dezenove anos. Médico era da mesma maneira que ordinário.

Ela cavou em finanças.

Ele fez bem. A lei de família pagou suficiente para lidar com a hipoteca na casa, um lugar de parte de tempo no Hamptons, escolas particulares para ambas as crianças. Com a renda fatorada da esposa em, você teve um pára-choque confortável para umas ao vivo-em férias domésticas, de família, restaurantes, e outras atividades recreativas--inclusive uma aba de golfe robusto--e suficiente partiu acima de uma poupança ou conta de emergência razoável.

Nada inaceitável, ela meditou. Nada, dos olhares disto, debaixo da mesa.

Keelie Swisher, dois anos mais jovens que seu marido, nenhum criminoso, padrão médico, teve grau do mestre em Nutrição e Saúde. Ela pôs ele para usar, antes para crianças, com uma posição em pessoal em um alta-fim cidade estância termal. Depois da primeira criança, ela fez a mãe profissional gig por um ano, então voltar para o mesmo emprego. Repetiu a rotina com criança numera dois, mas em vez de voltar como um empregado, ela abriu suas próprios negócios.

Vivendo Bem, Eve meditada. Não soou muito gostar de Nutrição, mas ele deve ter trabalhado. Ela localizou os negócios, trêmulo primeiro ano, segundo mediano. Mas pelo terceiro ano, Keelie Swisher desenvolveu uma clientela sólida, e estava cruzando.

Ela correu o menino. Nenhum criminoso, nenhum Hag para registros juvenis fechados hermeticamente. Nenhuma bandeira na médica para indicar violência ou abuso--entretanto existiam algumas pancadas, algumas fraturas. Esportes relacionados, de acordo com o medicals. E ele ajuste.

Ele teve sua própria conta bancária com seus pais listados nisto. Ela pursed seu lips acima dos depósitos mensais regulares, mas as quantias não estavam suficiente para seta em direção a illegals lucros de vendas ou criminosos.

Ela achou o mesmo padrão, com quantias pequenas, em conta do Nixie.

Ela estava ponderando isto quando Peabody entrou levar uma bolsa branca, manchada com graxa e cheirando como glória. “Levantada um gyros. Comeu meu, então se você não quiser seu, eu terei muito prazer em tomar isto fora de suas mãos.”

“Eu quero isto, e ninguém devia comer dois gyros.”

“Eh, eu perdi cinco libras quando eu estava em médico. Certo, eu ponho três de volta em, mas isto está quietos dois por math de qualquer um.” Ela soltou a bolsa em escrivaninha da Eve. “Onde está Nixie?”

“Summerset.” A Eve esvaziou o nutribar que ela iria ainda para abrir em sua gaveta de escrivaninha e retirou-se o gyro. Ela tomou uma mordida enorme e murmurou algo que soou como “Slool ressa.”

“Conseguiu os registros da escola em ambos.” Traduzindo, Peabody retirou-se dois discos. “Seus oficiais da escola eram bonitos quebrados quando eu notifiquei. Escolas boas. Coyle fez bem, nenhum mergulho suspeito em graus ou assistência. E Nixie? Aquela criança é uma lâmina. Ases a distância toda. Ambos marcados altos em QI testes, mas ela é um nível em cima de seu irmão, e tira o maior proveito disto. Nenhum problema disciplinar em qualquer um. Umas advertências sobre conversar em classe ou jogo furtivo vids, mas nenhum importante. Coyle tocou Softball e basquetebol. Nixie é na escola toca, faça o flash de mídia da escola, faixa da escola--toque o flautim.”

“Que diabo é isto?”

“É um instrumento de vento. Kinda gosta de uma flauta. Estas crianças têm muito extracurricular, bons graus. Não teve tempo para entrar dificuldade, de minha visão.”

“Eles dois têm suas próprias contas bancárias, e façam depósitos mensais regulares. Onde brinca levantem para cem corços por mês?”

Peabody girou para a tela de parede, esquadrinhou os dados. “Mesada.”

“Mesada para que?”

Ela olhou de volta, agitou sua cabeça em Eve. “Seus pais provavelmente deram a eles uma mesada semanal, gastando dinheiro, salvando dinheiro, aquele tipo de coisa.”

A Eve tragou mais gyro. “Eles são pagos por uma criança sendo?”

“Mais ou menos.”

“O trabalho bom se você pode pegar isto.”

“Casa assim, o modo isto está desenvolvendo-se, as crianças provavelmente tiveram tarefas regulares, até com umas de tempo integral domésticas. Mantendo seus quartos limpos, passando sem tocar a mesa, carregando o recycler. Então você conseguiu seu aniversário ou dinheiro de feriado, seu dinheiro de relatório da escola. Estando um Livre-Ager, nós permutamos mais que pagamos, mas ele vem para o mesmo.”

“Então se todo mundo ficasse uma criança, ninguém teria que conseguir um trabalho. Eles podiam ter visto algo na escola,” ela continuou na frente de Peabody poder comentar. “Ouvido algo. Algo fora de. Nós tomaremos professores de um olhar para e pessoal. Nós podemos correr os associados de negócios e clientes dos adultos, abane fora de lá para amigos, vizinhos, conhecidos sociais. Estas pessoas não eram escolhidas de um chapéu.”

“Não sente como isto, mas nós podemos descontar terrorismo diretamente urbano?”

“É muito limpo.” Roarke teve isto direito naquele, ela pensou. “Você quer aterrorizar, você é sujo. Mate a família, estupro e tortura primeira, naufrágio a casa, fatie em cima seu pequeno cachorro.”

“Eles não tiveram um pouco cachorro, mas eu consigo você. E se fosse terrorismo, algum derrotado-fora grupo estaria tomando crédito até agora. Nós conseguimos alguns relatórios em? EDD, varredores, ME?”

“Eu conversei com Feeney. Ele está nisto. Preencha você a caminho.”

“Para?”

“Morgue, então Central.” Ela rosa, enchendo o último do gyro em sua boca.

“Queira que eu deixar Summerset sabe que nós estejamos partindo?”

“Por que? Oh. Inferno. Sim, faça isto.” Ela cruzou para a porta juntando-se seu escritório com do Roarke. “Eh.”

Ele estava subindo de sua escrivaninha, deslizando em uma de suas jaquetas de terno escuras.

“Eu estou encabeçando fora,” ela disse a ele.

“Então seja I. Que eu reorganizei algumas coisas. Devia voltar não mais tarde do que sete.”

“Eu não sei quando.” Ela se debruçou contra o jamb, frowning nele. “Eu devia pôr a criança em uma casa segura.”

“Esta casa é segura, e ela é boa com Summerset. Vindo do boletim de mídia mais detalhada. Não lista os nomes, ainda, mas reporta em um Oeste Superior família Lateral, inclusive duas crianças, morta cedo esta manhã, em sua casa. Listas você tão primário. Os detalhes seguir.”

“Eu terei que lidar com isto.”

“E então você irá.” Ele veio para ela, em forma de xícara seu rosto, beijado ela. “Você fará seu trabalho, e nós compreender o resto. Cuide de meu policial.”

Como ela esperou, o examinador de chefe médico tomou carga dos homicídios de Swisher. Não era o tipo de detalhe que Morris passaria para outra pessoa, porém qualificada ou qualificada.

A Eve o achou, vestido de em cima, acima do corpo de Linnie Dyson. “Eu levei eles em ordem da morte.” Atrás de seu microgoggles seus olhos escuros eram frescos e duros.

Existia música tocando. Morris raramente trabalhou sem isto, mas isto era sombrio, fúnebres. Um daqueles compositores, ela imaginou, que vestiu perucas brancas.

“Eu ordenei tox telas em todas as vítimas. Porque da morte é a mesma em todo. Não existe nenhum ferimento ou danos secundários, entretanto o macho secundário compete tido várias contusões velhas, duas frescas, com dilacerações secundários--longos contundindo raspaduras em seu quadril certo e coxa superior. Seu dedo de índice certo tinha estado quebrado, fixe, e curado em um certo ponto dentro dos últimos dois anos. Todos os danos parecem consistentes para mim com um menino jovem que tocou esportes.”

“Softball principalmente. O negócio fresco soa como ele conseguiu isto corrediço em básico.”

“Sim, isso monta.”

Ele olhou abaixo na pequena menina, na fatia longa em sua garganta. “Ambos secundários compete eram saudável. Todos compete fizeram uma refeição em aproximadamente sete da tarde, de peixe branco, arroz marrom, feijões verdes, e pão de grão misturado. Existia um prato de maçã com trigo e açúcar marrom topping para sobremesa. Os adultos tiveram um vidro de vinho branco, o leite de soja de crianças.”

“A mãe, a segunda fêmea de adulto, era um nutritionist.”

“Praticada o que ela orou. O menino teve um esconderijo em algum lugar,” Morris adicionou com um sorriso de lânguido. “Ele consumiu duas onças de vermelho licorice em aproximadamente dez da tarde”

De alguma maneira ele alegrou ela para saber isto. Pelo menos a criança conseguiu um último gosto de doçura. “Assassine armas?”

“Idêntica. Mais provável uma lâmina de dez polegadas. Veja aqui.”

Ele gesticulou para a tela, aumentou o ferimento na garganta da criança. “Veja os entalhes? Lá, na extremidade da diagonal. Bata abaixo, de sua esquerda até seu direito. Nem uma lâmina lisa cheia, ou uma cheia dentada. Três dentes serrating da manivela, o resto liso-com lâmina.”

“Soe como uma faca de combate.”

“Isso seria meu tomaria. Era empregado por um destro individual.”

“Existiam dois.”

“Então eu sou informado. Exame visual isto, eu teria dito que a mesma mão entregou os sopros mortais, mas como você pode ver . . .” Ele girou para outra tela, pedidos retratos, tela de divisão em Grant e Keelie Swisher. Aumentou os ferimentos.

“Existem divergências leves. O ferimento da vic é mais fundo, mais de movimento de um fatiar, mais dentado, enquanto a fêmea é ser mais de um desenhar por. Quando todos cinco são postos em cima ...” Ele movimentou a cabeça como a tela trocada para mostrar a cinco ferimentos de garganta. “Você pode ver que a empregada, o pai, e o menino tem o mesmo fatiando ferimento, enquanto a mãe e a menina têm o desenho mais horizontal por. Você quererá o lab para correr alguns reconstrói, mas ele vai ser uma lâmina de dez polegadas, doze no max, com aqueles três dentes próximos à manivela.”

“Estilo militar,” ela declarou. “Não que você tem que ser exército para obter um. Mas é só mais um pedaço da operação. Tática militares, equipamento, e armas. Nenhum dos adultos fizeram tempo militar, ou pareça ter qualquer conexão para o exército. Não pode ligar algum deles, neste momento, para paramilitar ou jogo tocando.”

Então novamente, ela pensou, às vezes uma família confortável era a cobertura perfeita para ações cobertas ou escuras.

“Eu passei sem tocar o Dysons.” Eve glanced atrás em Linnie. “Eles a viram já?”

“Sim. Uma hora atrás. Era . . . Horroroso. Olhe para ela,” ele persuadiu. “Tão pequeno. Nós ficamos pequenos, claro. Crianças apenas fora do útero. Está espantando o que nós iluminamos adultos podem fazer para aqueles que mais nos precisam.”

“Você não tem algumas crianças, certas?” Eve perguntada.

“Não, nenhum pintinho nem criança. Existia uma mulher uma vez, e nós éramos juntos longos suficiente para considerar isto. Mas isso era . . . Atrás.”

Ela estudou seu rosto, slickly emoldurou por cabelo preto puxado completamente em um rabo macio e lustroso que estava destinado em riscar barbante de prata. Debaixo do terno claro, protetor, manchados agora com fluidos de corpo, sua camisa era prata também.

“Eu tenho a criança, os que eles não conseguiram. Eu não sei o que fazer com ela.”

“Mantenha seu vivo. Eu pensaria que seria prioridade.”

“Conseguiu aquela parte lidada. Eu precisarei daqueles tox relatórios, e qualquer coisa que estala, assim que.”

“Você terá eles. Eles vestiram anéis de casamento.”

“Desculpe?”

“Os pais. Não todo mundo faz estes dias.” Morris movimentou a cabeça em direção ao scribed faixa Eve passou lentamente o dedo anular de sua mão esquerda. “Não é muito à moda. Vestindo eles é uma declaração. Eu pertenço. Eles fizeram amor, mais ou menos três horas antes da morte. Eles usaram um espermicida em lugar de controle da natalidade a longo prazo ou permanentes, que diz a mim que eles não tiveram governado fora a possibilidade de mais crianças nas futuras. Isto, e os anéis, Dallas? Eu acho que ambos os confortos e raivas me.”

“Melhor da raiva. Mantenha você mais afiado.”

Quando ela caminhou em direção a Homicídio na colméia volumosa de Central de Polícia, ela Detetive manchado Baxter na unidade de um vender, conseguindo o que passou por café. Ela cavou fora créditos, sacudiu eles para ele. “Tubo de Pepsi.”

“Ainda evitando contato com máquinas de venda automáticas?”

“Está trabalhando. Eles não me urinam fora de, eu não chuto eles em pedregulho.”

“Ouvido sobre seu caso,” ele disse como ele ligou seus créditos. “E então fez todo repórter na cidade. Você conseguiu a maior parte deles discutindo a ligação de mídia e martelando para uma entrevista com a primária.”

“Os repórteres não estão em meu fazer direito de lista no momento.” Ela tomou o tubo de Pepsi que ele ofereceu, carranca. “Você mais disse. Por que Nadine Furst é de Canal 75 até agora sentando em seu asno bem afinado em meu escritório?”

“Como você sabe? Não sobre o asno, alguém podia ver Furst pegou um asno excelente.”

“Você tem miolos de biscoito em sua camisa, você putz. Você a deixa em meu escritório.”

Com alguma dignidade, ele rejeitou sumariamente sua camisa. “Eu gostaria de ver você diminuir um suborno de Chips de Hunka-Chunka. Todo homem tem sua debilidade, Dallas.”

“Sim, sim. Eu chutarei seu asno bem afinado mais tarde.”

“Amado, você notou.”

“Morda-me.” Mas ela o estudou como ela quebrou o selo do tubo. “Escute, como é seu caseload?”

“Bem, como você é meu tenente que eu devia dizer que eu sou ridiculamente overworked. Eu estava só entrando de tribunal quando eu era distraído por asno e biscoitos do Furst.”

Keying em seu código, ele ordenou um tubo de cerveja inglesa de gengibre da máquina. “Meu menino está escrevendo em cima os três está em um nós pegamos ontem à noite. Dobre D que foi sórdido. O sujeito tem estado fora beber e whoring, de acordo com o cônjuge. Eles entraram nisto quando ele rastejou para casa, smacked um ao outro ao redor--como por habituais de acordo com os vizinhos e relatórios prévios. Mas este tempo ela esperou até que ele desmaiou, então corte seu dick com um par de desvie.”

“Ow.”

“Fucking Um,” Baxter concordou, e tomou um trago longo. “O sujeito bled fora antes do mts chegar lá. Condene bagunça feia, deixe-me dizer a você. E o dick do sujeito? Ela encheu isto no recycler, só para ter certeza que isto não entrou mais dificuldade.”

“Os pagamentos ser completos.”

“Você mulheres estão frias e apavorando criaturas. Este aqui? Ela é maldição orgulhosa disto. Diga que ela vai ser um herói para neofems ao longo de nossa feira aterrissa. Talvez muito.”

“Você conseguiu tão fechado. Qualquer outra coisa quente?”

“Nós não temos mais actives que nós podemos lidar agora mesmo.”

“Qualquer coisa que você se não sente confortável legando?”

“Você quer que eu esvazie meu caseloads em outra pessoa. Eu sou seu menino.”

“Eu quero você e Trueheart em trabalho de testemunha. Minha residência.”

“Quando?”

“Agora.”

“Eu conseguirei meu menino. Eles duas crianças fizeram?” Seu rosto sobered como eles caminharam em direção à caneta de touro. “Eles enquanto eles dormiram?”

“Teria sido pior se eles tiverem sido acordados. Você e Trueheart são pajear a testemunha ocular. Fêmea de nove anos de idade. Mantenha isto fora do tronco no momento. Eu ainda tenho que reportar para Whitney.”

Ela moveu pela caneta de touro, então no armário glorificado que era seu escritório.

Tão predito, Nadine Furst, Canal 75 está em-ás de ar, sentada em cadeira de escrivaninha rota da Eve. Ela era perfeitamente groomed, seu listrado blonde cabelo varreu de volta de seu rosto astuto. Sua jaqueta e calças eram a cor de abóbora madura, com uma camisa branca totalmente em baixo de que de alguma maneira fez o arranjo inteiro mais fêmea.

Ela parou de registrar notas em seu livro de memorando quando Eve entrada. “Não machuque-me. Eu salvou você um biscoito.”

Declaração nada, Eve empurrou um dedo polegar, então tomou a cadeira que Nadine desocupou. Quando o silêncio continuou, Nadine armou sua cabeça. “Eu não consigo uma conferência? Você não vai gritar em mim? Você não quer seu biscoito?”

“Eu acabei de vir do morgue. Existe um pouco menina em uma placa. Cortada da sua garganta daqui, para sobre aqui.” A Eve bateu um dedo em ambos os lados de sua própria garganta.

“Eu sei.” Nadine se sentou na cadeira da visita única. “Ou eu sei algum disto. Uma família inteira, Dallas. Porém duro-shelled você e eu poderíamos ser, isso consegue por. E com uma invasão de casa como isto, as necessidades públicas alguns dos detalhes, então eles podem proteger eles mesmos.”

A Eve não disse nada, só erguidas suas sobrancelhas.

“Isto é parte disto,” Nadine insistiu. “Eu não estou dizendo que avaliações não são envolvidas, ou eu não quero meus dentes jornalísticos em algo este suculento. Mas a santidade da casa devia significar algo. Mantendo seus assuntos de crianças seguros.”

“Veja a ligação de mídia.”

“O ML não tem se agacha.”

“Devia dizer a você algo, Nadine.” A Eve ergueu uma mão na frente de Nadine poder matraquear. “O que eu tenho neste momento não fui ajudar o público, e eu não sou propenso para dar a você a dentro de extremidade. A menos que . . .”

Nadine povoou de volta, cruzadas suas pernas excepcionais. “Nomeie as condições.”

Eve esticada, sacudindo a porta fechada, então girada ao redor em sua cadeira de forma que ela e Nadine eram cara a cara. “Você sabe como inclinar relatórios, como girar histórias influenciar o público que você ama reivindicar tem um direito de conhecer.”

“Com licença, repórter objetivo.”

“Bullshit. O não mais objetivo da mídia que o último termo de avaliações. Você quer detalhes, você quer o dentro de caminho, um-em-uns, e seus outros artigos em lista de conferição do seu repórter? Eu alimentarei você. E quando isto afundar e eu consigo eles--e eu conseguirei eles--eu quero que você sangre eles na mídia. Eu quero que você incline as histórias muito estes fuckers são os monstros os aldeãos seguem com machados e tochas.”

“Você quer eles tentados na imprensa.”

“Não.” Não era um sorriso que movido acima de rosto da Eve. Nada aquele feral podia ser chamado um sorriso. “Eu quero eles pendurados por isto. Você é minha linha secundária, se o sistema dá a eles um furo até um anorectic bloodworm tem aborrecer meneando por. Sim ou não.”

“Sim. Existia sexual assaltar em algum ou todas as vítimas?”

“Nenhum.”

“Tortura? Mutilação?”

“Não. Matanças diretas. Limpo.”

“Profissional?”

“Possivelmente. Dois assassinos.”

“Duas?” A excitação da caça esvaziada sobre bochecha do Nadine. “Como você sabe?”

“Eu sou pago para conhecer. Dois,” Eve repetida. “Nenhum vandalismo, destruição de propriedade, nenhum roubo que pode ser determinado neste momento. E neste momento, é a opinião do investigador primário que a família em questão era objetivo específico. Eu tenho um relatório para escrever, e eu tenho que falar com meu chefe. Eu estou cozinhando em três horas sono. Vá embora, Nadine.”

“Suspeitos, leva?”

“Neste momento nós estamos procurando qualquer e todo blah, blah, blah. Você sabe a broca. Desapareça agora.”

Nadine subiu. “Assista meu relatório da noite. Eu começarei a sangrar eles agora.”

“Bom. E Nadine?” A Eve disse como Nadine abriu a porta de escritório. “Obrigado pelo biscoito.”

Ela instalar sua tábua de caso de escritório, escreveu seu relatório, leia aqueles submetido por EDD e Cena de Crime. Ela bebeu mais café, então fechados seus olhos e foram pela cena, ainda novamente, em sua mente.

“Computador. A probabilidade corre, homicídios múltiplos, arquivo de caso H-226989SD,” Eve ordenada.

Reconheceu.

“Probabilidade, dados conhecidos dados, que os assassinos eram conhecidos por uma ou mais das vítimas.”

A probabilidade de trabalho é 88.32 por cento aquele ou mais das vítimas conheceu um ou mais dos assassinos.

“A probabilidade que os assassinos eram assassinos profissionais.”

A probabilidade de trabalho é 96.93 por cento que os assassinos eram profissionais e/ou treinados.

“Sim, eu sou com você lá. A probabilidade que assassinos eram contratados ou atribuíam assassinar vítimas por outra fonte.”

Trabalhando . . . Investigação Completamente especulativo com dados insuficientes para projeto.

“Vamos tentar isto. Dados conhecidos atual dada em todas as vítimas, o que a probabilidade algum ou tudo é seria marcado para assassinato profissional?”

Trabalhando ... 100 por cento probabilidade como vítimas foram assassinadas.

“Trabalhe comigo aqui, você moron. Especulação. As vítimas ainda não foram assassinadas. Dados conhecidos atuais dados--apagando alguns dados depois de meia-noite--o que a probabilidade é algum ou todos os membros da casa de Swisher seria marcado para assassinato profissional?”

A probabilidade de trabalho é menos que cinco por cento, e então estes assuntos não estariam tão marcados.

“Sim, meu tome, também. Então o que nós não sabemos sobre esta família agradável?” Ela rodou ao redor para a diretoria. “Porque você está morto, não é?” Ela empurrou outro disco nos dados encaixam. “Computador, faça um tipo e corra em dados subseqüentes pertencendo para Swisher, Grant, lista de clientes. Siga com tipo e corra em Swisher, Keelie, lista de clientes. Destaque qualquer e todos os assuntos com criminosos ou intimide psicologicamente evals, destaque todo com treinamento militar ou paramilitar. A cópia resulta para minha unidade de casa quando completo.”

Reconheceu. Trabalhando .. .

“Sim, você continua fazendo isto.” Ela rosa, saiu.

“Peabody.” Ela deu um vir-adiante que teve Peabody empurrando de volta de sua escrivaninha na caneta de touro.

“Eu tenho uma reclamação. Como venha para Baxter e a maior parte dos outros sujeitos sempre conseguem os bons subornos? Como venha para seu companheiro sendo significar que eu consigo shafted nas guloseimas?”

“O preço você paga. Nós estamos encabeçando para Whitney. Você tem qualquer coisa novo que eu devia saber sobre antes de nós reportar?”

“Eu conversei com mcnab. Puramente profissional,” Peabody adicionou depressa. “Nós dificilmente fizemos qualquer kissy barulhos. Feeney o põe nos vínculos domésticos e d e do c, unidades do e Grant Swisher de seu escritório. Ele está correndo todas as transmissões dos últimos trinta dias. Até agora, nada estala. Você viu o relatório dos varredores?”

“Sim. Nada. Não uma cela de pele, não um folículo.”

“Eu estou fazendo corridas no pessoal da escola,” Peabody continuou como eles apertaram sobre um elevador. “Retirando-se qualquer coisa winky.”

“Winky?”

“Sabe, não bastante bastante. Ambas as escolas são bonitas apertadas. Você praticamente tem é puro suficiente para santidade trabalhar lá, mas alguns pequenos deslizes entrados. Nada importante neste momento.”

“Retire-se exército, fundos paramilitares. Até aqueles--o que eles são?--Combata acampamentos. Aqueles lugares recreativos onde você paga correr ao redor tocando guerra. Tome um duro olhar para professores nos e-departamentos.”

A Eve esfregou seu templo como eles andaram fora do elevador. “A empregada era divorciada. Deixe seja globo ocular o ex. Nós conseguiremos os nomes dos camaradas das crianças. Veja se quaisquer daqueles membros de família deviam ser verificados.”

“Ele está esperando por você.” Admin do Whitney gesticulou até como Eve andou a passos largos em direção a sua escrivaninha. “Detetive Peabody, é bom para ter você de volta. Como você está sentindo?”

“Bom, obrigado.”

Mas ela retraiu uma respiração funda antes deles entrar em escritório do Whitney. O chefe ainda a intimidou.

Ele se sentou, um grande homem em uma grande escrivaninha, seu rosto a cor de cacau, seu pequeno semeou cabelo preto liberalmente espanado com cinza. Peabody soube que ele fez seu tempo nas ruas, quase tanto tempo como ela tem sido viva. E ele montou sua escrivaninha com o mesmo fervor e habilidade.

“Tenente. Detetive, é bom para ver você de volta no trabalho.”

“Obrigado, senhor. É bom para voltar.”

“Eu tenho seu . Tenente, você está caminhando uma linha magra tomando uma testemunha secundário em sua própria custódia.”

“O lugar mais seguro eu sei, Chefe. E o secundário era angústia de emocionalmente. Mais muito no prospecto de ir com GPS. Como ela é nosso só testemunha, eu senti isto melhor para manter ela fechar, ter seu monitorado, e tentar manter seu estábulo de emocionalmente a fim de ganhar mais informações dela. Eu atribuí Detetive Baxter e Oficial Trueheart testemunhar proteção, fora do tronco.”

“Baxter e Trueheart.”

“Experiência do Baxter, Mocidade do Trueheart. Trueheart tem uma espécie de modo de Oficial Amigável sobre ele, e Baxter não faltará os detalhes.”

“Concordou. Por que fora do tronco?”

“Neste momento a mídia é desavisada existia um sobrevivente. Não levará muito mais longo, mas ele dá a nós mais de uma janela. Uma vez que eles sabem, os assassinos conhecem. Estes homens são treinados e qualificados. É altamente possível isto era uma operação executada debaixo de ordens.”

“Você tem evidência disto?”

“Não, senhor. Nenhum para o contrário qualquer um. Existe, neste momento, nenhum motivo claro.”

Iria ser o por que, Pensou Eve, aquele levado ao que.

“Nada que estala em quaisquer dos dados ou fundo das vítimas,” ela adicionou. “Nós estamos começando corridas adicionais, e eu continuarei a entrevistar a testemunha. Mira concordou em supervisionar, e aconselhar.”

“Nada em seu relatório indica isto como uma matança de divertimento ou terrorismo de casas.”

“Não, senhor. Nós estamos correndo como crimes por IRCCA, mas não bateram nadas com estes detalhes.”

“Eu quero sua testemunha debaixo de supervisão de vinte four/sevens.”

“É feito, senhor.”

“O nome da Mira terá peso considerável com GPS. Eu adicionarei meu.” A cadeira rangeu quando ele se debruçou de volta. “Que tal guardiães legais?” Senhor?

“O secundário. Quem são seus guardiães legais?”

“O Dysons, Chefe,” Peabody disse quando Eve hesitou. “Os pais dos secundários fêmeas que foi mortos.”

“Jesus. Bem, eles são improváveis para dar a nós qualquer dificuldade acima da situação, mas você faria melhor para conseguir sua permissão, oficialmente. A criança não tem algum remanescer de família?”

“Neto. Um no pai é apoiar que vive fora de planeta. As avós maternas estão mortas. Nenhum irmãos em um ou outro lado.”

“A criança não pode pegar uma fratura, não é?” Whitney murmurou.

Ela pegou um, Pensou Eve. Ela viveu. “Detetive Peabody? Você falou com a avó.”

“Sim, Tenente. Eu notifiquei próximo de família. Naquele tempo, eu era informado a avó paterna não era guardião legal no caso da morte ou inaptidão parentais. E, ser franco, enquanto chocado e chateado, ela não fez nenhuma declaração para indicar ela com intenção de vir aqui e tentar custódia da secundária.”

“Certo então. Dallas, fale com o Dysons na primeira oportunidade, e arrumar isto. Mantenha-me atualizado.”

“Sim, senhor.”

Quando eles estavam caminhando de volta em direção ao elevador, Peabody agitou sua cabeça. “Eu não penso agora sou o melhor tempo--para o Dysons. Eu deixei aquele deslizamento outro vinte e quatro de qualquer maneira.”

Quanto mais longo melhor, Pensou Eve.

 

A SEGURANÇA E ILUMINAÇÕES DE RUA ESTAVAM ESTALAR EM quando Eve voltou bairro residencial de Central. Normalmente, o tráfico maligno teria dado sua bastante razão para grunhido e cadela, mas hoje à noite ela era agradecida para a distração, e o tempo de passeio extra.

Era gelling para ela.

Ela podia ver o método, o tipo de assassinos. Ela podia caminhar pela cena repetidas vezes em que ela se importa e segue os passos. Mas ela não podia achar motivo.

Ela se sentou em tráfico protelado atrás de um flatulent maxibus e circulado em torno do caso novamente. Violência sem paixão. Assassine sem ira.

Onde estava o pontapé? O lucro? A razão?

Ida com instinto, ela telefonou vínculo pessoal do Roarke em sua unidade de colisão.

“Tenente.”

“O que é sua condição?” Ela perguntou a ele.

“Saudável, rico, e sábio. O que é seu?”

“Ha. Queira dizer, astucioso, e rude.”

Seu risada encheu seu veículo, e fez ela sentir ligeiramente menos irritável. “Apenas do modo que eu gosto de você melhor.”

“Local, Roarke?”

“Manobrando por este sodding tráfico em direção a forno e casa. Eu espero que você esteja fazendo o mesmo.”

“Como ele acontece. Que tal um desvio?”

“Envolverá comida e sexo?” Seu sorriso era lento, e só um pouco mau. “Eu estou realmente pulando para ambos.”

Estranho, condene estranho, ela pensou, aqueles depois de quase dois anos dele aquele sorriso podia ainda dar seu um sacudir de coração. “Poderia mais tarde, mas primeira em nossa formação é o assassinato múltiplo.”

“Ensine eu para casar-se com um policial.”

“O que eu disse a você? Espere um minuto.” Ela se debruçou fora a janela, gritado com o mensageiro que iria quase sideswiped seu veículo com seu jato-tábua. “Policie propriedade, asshole. Se eu tivesse tempo que eu caçaria você abaixo e usaria aquela tábua para bater suas bolas pretas.”

“Querida Eve, você sabe como aquele tipo de excitações de conversa e me excita. Como eu posso manter minha mente fora de sexo agora?”

A Eve puxou ela voltar em, de olhos a tela. “Pense pensamentos puros. Eu preciso fazer outro passeio-por da cena de crime. Eu não me importaria de ter outro par de olhos.”

“O trabalho do policial nunca é feito, e nem é o homem é que é sortudo suficiente para chamar seu seu próprio. O que é o endereço?”

Ela deu isto para ele. “Veja você lá. E se você bater mim para a cena, pelo amor de Deus não mexe com o selo. Só espere. Oh, cague, estacionando. Você precisa de uma licença. Eu irei--”

“Por favor” era tudo que ele disse, e terminado.

“Certa,” ela disse para ar morto. “Esqueceu quem eu estava conversando com por um minuto.”

Ela não soube como Roarke passou sem tais detalhes aborrecidos como licenças de estacionamento, e realmente não quiseram. Ele estava só andando sobre a calçada quando ela chegou. Ela parou atrás de seu veículo, sacudida em sua a trabalho luz.

“Bonita rua,” ele disse. “Especialmente este tempo de ano com o sair disperso sobre.” Ele movimentou a cabeça em direção ao Swisher aloja. “Propriedade principal. Se eles tivessem qualquer eqüidade nisto, pelo menos a criança não será sem dinheira como também órfão.”

“Eles tiveram um pedaço, mais políticas de padrão vitalício, um pouco de poupança, investimentos. Ela será certa. Isto é um dos negócios, realmente. Ela será fixada bonita bem, entrando no tamanho dele quando ela bater vinte e um. Eles duas tido vontades. Confiança-capital negócio para as crianças, supervisionados por guardiães legais e uma firma financeira. Não é massa de mega-, mas as pessoas matam para créditos de metrô.”

“Eles fizeram contingências para beneficiários alternados deviam algo acontecer para as crianças também?”

“Sim.” Ela se importa de foi lá, também. Elimine a família, acumule dinheiro algum dinheiro fácil. “Caridades. Abrigos, centros pediátricos. Estenda isto, também. Ninguém consiga uma demais grande fatia da torta. E nenhum individual tem muito acima de içar.”

“A firma de lei?”

“Rangle, o companheiro, consegue o atirado lá. Seu álibi é sólido. E se ele tem as conexões, ou o estômago, ordenar um golpe como isto, eu brindarei meu distintivo para o café da manhã. Esta família não era apagada para dinheiro. Não que eu posso ver.”

Ele insistiu na calçada, estudando a casa à medida que ela fez. A árvore velha na frente, busily derramando suas folhas sobre o pátio de selo de tamanho, as linhas urbanas atraentes, o abastecimento de panela robusta com que ele pensou estava gerânios ao lado da porta.

Pareceu quieto, povoou, e confortável. Até que você viu os olhos vermelhos pequenos da polícia lacra, a tira amarela severo de arruinando as portas da frente.

“Se ele fosse dinheiro,” ele adicionou, “se pensaria que levaria uma tina gorda dele empurrar alguém para fazer o que era feito aqui. O apagar, como você põe isto, de uma família inteira.”

Ele caminhou com ela para a entrada principal. “Ponha minha orelha para o chão, tão solicitado. Não existe nenhum zumbido sobre um contrato nestas pessoas.”

A Eve agitou sua cabeça. “Não. Eles não eram conectados. Mas é bom para cruz aquela fora da lista, pelo menos a probabilidade disto. Eles não tiveram amarra qualquer a nivelar do mundo dos criminosos. Ou agências do governo. Eu toquei ao redor com a idéia aquela deles tiveram uma vida dupla indo, pensando do que Reva lidou com uns meses do par atrás.” Reva Ewing, um de empregados do Roarke, teve o infortúnio de ser casada com um agente duplo que a emoldurou para um assassinato duplo. “Só não desliza. Nenhuma viagem excessiva; Não muita viagem em todas sem as crianças. Nada que envia em cima uma bandeira em seus 'vínculos ou comps. Estas pessoas vividos de horários. Trabalhe, casa, família, amigos. Eles não tiveram tempo para bagunça ao redor. Mais ...”

Ela parou, agitou sua cabeça. “Não. Eu deixarei você fazer suas próprias impressões.”

“Certo. A propósito, eu organizei ter meu passeio levantado. Aquele modo que eu posso ter minha esposa adorável me dirige casa.”

“Nós fazemos dez minutos de nosso próprio portão.”

“Todo minuto com você, Querida Eve, é um minuto para entesourar.”

Ela deslizou um olhar em direção a ele como ela uncoded o selo. “Você realmente quer sexo.”

“Eu estou ainda respirando, de forma que seria sim.”

Ele andou dentro de com ela, esquadrinhando quando ela pediu luzes. “Homey,” ele decidiu. “Tastefully muito. Pensativamente. Cores boas, espaço bom. Estilo de família urbano.”

“Eles entraram esta porta.”

Ele movimentou a cabeça. “É uma maldição bom sistema. Tomou alguma habilidade para ultrapassar sem tropeçar os auxílios e alarmes de auto.”

“É um seu?”

“É, sim. Quanto tempo ele levou eles para entrar?”

“Minutos. Feeney figura mais ou menos quatro.”

“Eles souberam o sistema, possivelmente os códigos, mas certamente o sistema. E o que eles eram sobre,” ele adicionou, estudando o painel de alarme. “É um enganador, e tomaria bom, mãos frescas, e apenas do equipamento certo. Você vê, os auxílios são projetados para se empenhar quase imediatamente se existe qualquer tipo de mexer. Eles tiveram que saber que eles estavam lá, e lidem com eles simultaneamente, até antes deles ler ou introduzir os códigos.”

“Pros então.”

“Bem, certamente não era seu primeiro dia no trabalho. Provável eles tiveram um sistema idêntico para trabalhar. Isso levaria tempo, dinheiro, planejando.” Ele andou de volta do painel, tentando ignorar a afronta que ele sentiu aqueles de seus projetos falharam em servir. “Mas você nunca supôs isto era fortuito.”

“Não. O que eu ponho junto da cena e o relatório de testemunha é aquele foi de cima--ou pelo menos ficou de volta--enquanto o outro foi por aqui.”

Ela foi à frente, movendo diretamente para a cozinha. “Era escuro--algum brilho de segurança e iluminações de rua pelas janelas--mas eles tiveram vista da noite. Teve que. Mais a testemunha descreveu olhos em branco, brilhante.”

“Que podia ser imaginação da criança. Olhos de monstro. Mas,” ele disse com outro aceno com a cabeça, “mais provável vista da noite. Onde estava ela?”

“Ali, estando no banco.” A Eve gesticulou. “Se ele parecesse, tomado suficiente tempo para fazer um precipitar-se a cozinha, ele teria a visto. O modo que ela diz isto, ele acabou de caminhar diretamente para o doméstico é porta.”

“Então ele soube onde ele estava indo. Soube o plano, ou tinha estado aqui em algum momento.”

“Verificando em consertos domésticos, entregas, mas isso não sente como isto. Como você consegue o plano da casa inteira se você, o que, instale um novo autochef ou conserte um banheiro? Como você sabe o plano do doméstico é quartos?”

“Alguém envolvido com o doméstico?”

“Ela não estava vendo ninguém, não tinha sido para vários meses. Alguns amigos fora da família, mas eles resultar. Até agora.”

“Você não pensa que ela era o objetivo primário.”

“Não pode eliminar isto, mas não. Ele moveu diretamente em,” ela repetiu, e então. “Lacrou a distância toda. Tido que ser. Os varredores não acharam um fricking pele cela que não era responder por. A testemunha disse que ele não fez qualquer barulho, então eu estou pensando sapatos de cautela. Foi diretamente para a cama, desistiu a cabeça um puxão rápido pelo cabelo, fatiado abaixo, destro.”

Roarke assistiu ela mimicar os movimentos, rápidos e certos, apartamento de olhos do policial.

“Faca de combate de relatório do Morris--lab devia ser capaz de reconstruir. Então ele deixa sua gota, viradas, sai. A testemunha está lá, só fora da entrada, abaixo no chão, atrás para a parede. Se ele parecer, ele vê. Mas ele não faz.”

“Confiante ou descuidado?” Roarke perguntou.

“Eu iria com o primeiro. Adicionado a isto, ele não está olhando porque ele não espera ver qualquer coisa.” Ela pausou um momento. “Por que ele não espera ver qualquer coisa?”

“Por que iria ele?”

“As pessoas sempre não ficam dobrado em pela noite. Eles levantam zumbir, ou porque eles estão preocupados sobre seu trabalho e não podem dormir. Ou porque eles querem uma maldição Laranja Efervescente. Como vem para você isto é completo, este muito um profissional, mas você não varre uma área quando você entra?”

Frowning, Roarke considerou, estudou o plano novamente. Sim, ele pensou como ele pictured ele mesmo movendo pela casa na escuridão. Ele teria. Sim, e ele esteve usando aquelas ocasiões quando ele ergueu fechaduras e ajudou ele mesmo a qual era atrás deles.

“Boa pergunta, agora que você posa isto. Ele--eles--espere tudo, todo mundo em seu lugar adequado porque aquele como é trabalhos em seu mundo?”

“É uma teoria. Saia,” ela continuou, “volta para os degraus principais e em cima. Por que? Por que, quando lá voltam direito de degraus ali.”

Ela gesticulou para uma porta. “Isto é como a testemunha levantou para o segundo andar. Atrás degraus. Peabody é tomar era que os passos dianteiros eram mais íntimos para o quarto dos adultos, e não é improvável. Mas você sabe o que, é um desperdício de tempo, passos, e esforço.”

“E eles não desperdiçaram nada. Eles não souberam que existiu um segundo conjunto de passos.”

“Sim. Mas como eles faltaram aquele detalhe quando eles souberam tudo outro?”

Roarke subjugou para a porta, correu um dar o jamb, examinou os passos. “Bem, eles não são originais.”

“Como você sabe?”

“A casa está atrasada décimo nono século, com considerável rehab trabalha. Mas estes são mais novos. Esta ferrovia aqui, é manmade material. Vinte-primeiro material de século.” Ele abaixou abaixo. “Então são os passos. E o um pouco inferior do artesanato. Eu não ficaria surpreendido se isto era um trabalho de casa--algo que eles adicionaram eles mesmos sem todas as licenças e o que têm você. Sem arquivar o trabalho, então não mostraria em qualquer registro, qualquer fotocópia azul seus assassinos poderiam ter estudado.”

“O quão esperto são você? Você é certo. Eles não estão nas em-fotocópias azuis de arquivo. Eu verifiquei. Ainda, isso não significa um ou ambos dos assassinos não estavam na casa, não era nem um amigo ou vizinho. Isto é o doméstico é quarto, e seus degraus.”

“Isso iria, porém, vá adicional a eliminar a empregada como objetivo primário. E seria menos provável os assassinos foram fechar conhecidos suas, ou particulares para seus quartos.”

“Ela era excesso. Era a família que importou.”

“Não um deles,” ele põe em, “mas todo.”

“Se isso tudo não fosse, por que mate todo?”

Ela aceitou o em devolução por, seguindo o caminho assumido do assassino conhecido. “A trilha de sangue de doméstico é, por aqui, em cima o lado certo dos passos. Padrão de sangue mais concentrado aqui, veja?”

“E nenhum voltando degraus abaixo. Removendo equipamento protetor aqui, antes de afundar.”

“Outro ponto para o civil.”

“Eu penso que você devia ter outro termo para mim. Tão ordinário do civil, e só um pouco snarky quando você disser isto. Algo como 'não especialista de polícia em todas as coisas '.”

“Sim, certo, meu NPS pessoal. Enfoque em, ás. Eles fizeram os adultos antes da testemunha levantar para este nível. Ela viu eles indo embora deste quarto, então divida fora de. Um em cada dos outros quartos. Mais dois quartos em cima aqui--um um escritório de casa, o outro um playroom negócio. Banheiro das crianças, fim de corredor. Mas eles foram diretamente para os quartos. Você não podia ser cem por cento de uma fotocópia azul que quarto era que em cima aqui.”

“Não.” Para satisfazer seu curiosity, ele subjugou, glanced em um dos quartos. Escritório de casa--posto de trabalho, minifriggie, prateleiras segurando equipamento, espane apanhadores, fotografias de família. Um pequeno daybed, todo coberto agora com o resíduo dos varredores.

“Isto é certamente grande suficiente para ser usado como um quarto.”

Ela deixa ele vagar, assistiu ele passo para a entrada do quarto do menino e viu seu rosto endurecer. Borrifadela de sangue em cartazes de esporte, ela pensou, sangue manchando o colchão.

“O quão velho era o menino?” Ele perguntou.

“Doze.”

“Onde nós estávamos naquela idade, Eve? Não em um quarto bom, cercados por nossos pequenos tesouros, isto é para sangrento certo. Mas Cristo Jesus, o que ele leva para caminhar em um quarto como isto e fim algum menino dormente?”

“Eu vou descobrir.”

“Você irá, sim. Querida.” Ele andou de volta. Ele viu sangue antes, derramou isto. Ele permaneceu e estudou o assassinato quando era gelado. Mas isto, de pé nesta casa onde uma família viveu suas vidas ordinárias, vendo quarto do menino jovem onde uma vida tão tenra tinha sido tomada, deixou ele adoeceu e agitado.

Então ele foi embora isto. “O escritório tem tanto espaço como este quarto. O menino podia facilmente ter sido através do corredor.”

“Então eles tiveram que surveil a casa--ou saiba isto do do lado de dentro, suficiente para saber que dormiu onde. Se eles cased ele de fora de, eles têm precisam assistir os padrões. Que luzes continuaram, que hora. Vista da noite e equipamento de vigilância, e eles podiam ver pelas cortinas fáceis suficiente.”

Ela moveu para o quarto de mestre. “Morris diz a mim a mesma mão que fez o doméstico fez ambos os machos. O outro tomou as fêmeas. Então eles tiveram seus objetivos individuais descobertos com antecedência. Nenhuma conversação, não tagarela, nenhum movimentos de excesso. Pensou sobre droids, assassino droids.”

“Muito caro,” Roarke disse a ela. “E incerta em uma situação como isto. E por que tenham dois--dobre o custo e detalhe de programação, quando podia se fazer isso tudo? Isto é se você tivesse a possibilidade e a habilidade para acessar um ilegal droid, e programa ele para ultrapassar segurança e termina assuntos múltiplos.”

“Eu não penso que era droids.” Ela saiu, no quarto da pequena menina. “Eu penso que mãos humanas fizeram isto. E não importem como assiste a superfície, não importa o quão frio e eficiente, era pessoal. Era fucking pessoal. Você não fatia garganta da criança sem que sendo pessoal.”

“Muito pessoal.” Ele põe uma mão nela atrás, esfregou isto suavemente de cima abaixo. “As crianças dormentes não era nenhuma ameaça para eles.” Existiam demônios nesta casa agora, ele pensou. Os fantasmas brutais deles com sangue das crianças manchando suas mãos. Espreitando uns nele, e nela, aquele murmurou, constantemente murmurou, dos horrores eles sobreviveram.

“Talvez as crianças eram os objetivos. Ou existe a possibilidade uma ou mais da casa tiveram algumas informações que era uma ameaça, então eles todos tiveram que entrar caso que informações tinha sido compartilhada.”

“Não.”

“Não.” Ela suspirou, agitou sua cabeça. “Se os assassinos tinham medo de informações ou conhecimento, eles precisariam averiguar, por intimidação, ameaça, ou tortura, que as informações não tinha sido passada fora da casa. Eles precisariam verificar os centros de dados, o inteira fricking casa, estar certos tais informações não era anotada em algum lugar. A contagem de tempo apertada--entrada, assassinatos, saída, não deixa quarto para eles ter procurado por qualquer coisa. É feito para parecer com negócios. Mas é pessoal.”

“Não tão espertos quanto eles pensam,” Roarke comentou.

“Porque?”

“Mais esperto ter tomado o valuables, ter rasgado a casa em cima um pouco. O horror inteiro apontaria mais para roubo. Ou ter cortado longe nas vítimas, fazer parecer como um psicopata, ou um roubo ido muito errado.”

Ela alarga um metade risada. “Sabe, você é certo. Você é condenar direito. E por que não fez eles? Orgulho. Se orgule no trabalho. Isto é bom, isto é bom, porque ele é algo, e eu não tenho nada. Fucking bupkus. Eu soube que existia uma razão que eu gostei de ter você ao redor.”

“Qualquer pequena coisa eu posso fazer.” Ele tomou sua mão como eles começaram no andar de baixo. “E ele não é verdade que você não tem nada. Você tem seus instintos, sua habilidade, sua determinação. E uma testemunha.”

“Sim, sim.” Ela não quis pensar sobre sua testemunha bastante ainda. “Por que você eliminaria uma família inteira? Não você você, mas hipoteticamente.”

“Eu aprecio a qualificação. Porque eles têm messed com meu, tinha sido ou eram uma ameaça para o que é minha.”

“Swisher era um advogado. Lei de família.”

Roarke balançou sua cabeça como eles saíram a porta da frente. “Isto está interessando, não é?”

“E ela era um nutritionist, fez muitas famílias, ou tiveram clientes com famílias. Então talvez Swisher perdeu um caso--ou ganhou um--isso urinou um de seus clientes ou fora de. Ou ela empurrou os botões errados em criança de gordura de alguém, ou teve um cliente morrer. E as crianças foram para as escolas particulares. Talvez uma das crianças atarraxadas com criança de outra pessoa.”

“Muitas avenidas.”

“Só tenha que achar o direito um.”

“Um dos adultos poderiam ter tido uns afazeres com cônjuge de outra pessoa. Tem sido conhecido para incomodar.”

“Olhando lá.” Ela deslizou atrás da roda de seu veículo. “Mas ele não está solidificando. Estes dois, eles tiveram o que parecem com um bonito casamento sólido, e muito enfoque em família. Tomou viagens juntas, saiu junto. Como um grupo. O retrato eu estou conseguindo não deixar muito tempo para extraconjugal. E sexo leva tempo.”

“Feito bem, certamente.”

“Eu não achei nadas em seus dados, suas possessões, seus horários que aponta para uns afazeres. Não ainda, de qualquer maneira. O bairro investiga não agitou fora qualquer coisa,” ela adicionou como ela puxou longe do meio-fio. “Ninguém viu qualquer coisa. Eu figuro um deles vive na área, ou eles tiveram uma licença falsa, ou--Jesus--eles tomaram o goddamn metrô, aclamou um táxi uns quarteirões longe. Eu não posso alfinetar algum dele abaixo.”

“Eve, tem sido menos que vinte e quatro horas.”

Ela glanced no rearview, pensamento da casa quieta na rua quieta. “Sinta mais longo.”

Era sempre misterioso, em opinião da Eve, ter Summerset materializar no foyer gosta de pesadelo de um ocorrer periodicamente o minuto ela entrou a porta, mas era mais misterioso ainda para o ver lá, com um pequeno blonde menina em seu lado.

O cabelo da criança era brilhante, ondulado blonde, como se ele tivesse estado recentemente lavado e escovado. Quem fez isto? A Eve perguntou-se. A criança lida com sua próprio cabelo, ou Summerset fez isto? E o pensamento de que deu seu o heebies.

Mas a criança pareceu confortável suficiente com ele, até tido ela entregar seu, e o gato em seus pés.

“Isto não é um bom bem-vindo?” Roarke encolheu os ombros fora de seu casaco. “Como você está, Nixie?”

Ela olhou para ele--todos os olhos azuis--e quase sorriu. “Certo. Nós fizemos torta de maçã.”

“Você fez agora?” Roarke curvou levantar o gato quando Galahad escorregou acima de esfregar contra suas pernas. “Isto é um favorito meu.”

“Você pode fazer um pequeno com o leftovers. É disso que eu fiz.” Então aqueles olhos, grandes e azuis, lasered em da Eve. “Você pegou eles já?”

“Não.” A Eve lançou sua jaqueta acima do newel posta, e por uma vez Summerset não fez snark ou zombou no hábito. “As investigações como isto tomar algum tempo.”

“Por que? A tela mostra com Polis não toma muito longo.”

“Isto não é um vid.” Ela quis ir de cima, clara sua mente por cinco minutos, então comece de volta acima do caso, aponte por ponto. Mas aqueles olhos ficados em seu rosto, ambos acusar e pleitear.

“Eu disse a você que eu conseguiria eles, e eu irei.”

“Quando?”

Ela começou a jurar, poderia não ter sufocado ele de volta a tempo, mas Roarke tocou uma mão suavemente abaixo seu braço e falou primeiro. “Sabe, Nixie, aquele Tenente Dallas é o melhor policial na cidade?”

Algo, talvez ele era especulação, rosto do Nixie ignorado. “Por que?”

“Porque ela não parará. Porque ele importa tanto para sua que ela cuida das pessoas que foram machucadas, ela não pode parar. Se alguém de meu tinha sido machucado, eu quereria que ela fosse a em carga.”

“Baxter diz que ela é um importante alvo-kicker.”

“Bem, então.” Agora Roarke completamente sorriu. “Ele seria certo.”

“Onde estão eles?” Eve perguntada. “Baxter e Trueheart?”

“Em seu escritório,” Summerset disse a ela. “O jantar será servido em quinze minutos. Nixie, nós precisamos fixar a mesa.”

“Eu estou só indo --”

Este tempo Roarke tomou mão da Eve, apertou. “Nós desceremos.”

“Eu tenho trabalhar,” Eve começou como eles subiram os degraus. “Eu não tenho tempo --”

“Eu penso que nós precisamos fazer tempo. Uma hora não machucará, Eve, e eu diria aquela criança precisa de tanta normalidade como nós podemos administrar. Jantar, à mesa, é normal.”

“Eu não vejo o que sou mais normal sobre empurrar em comida fora de uma grande superfície plana que empurrando isto em sua escrivaninha. É multitarefa. É eficiente.”

“Ela assusta você.”

Ela parou morto, e seus olhos foram para rachas letais. “Só onde o inferno você ocorre para declaração isto?”

"Porque ela me assusta, também."

Temperamento chamejado acima de seu rosto para um momento, então tudo relaxado. "Realmente? Realmente? Você só não está dizendo isto?"

"Aqueles grandes olhos, cheia de coragem e terror e pesar. O que podia estar mais assustando? Lá ela permanece, uma coisa tão pequena, tudo aquele bonito cabelo, calça jeans e saltador limpo--suéter," ele corrigiu. "E aquela necessidade só radiando fora sua. Nós deveríamos ter as respostas, e nós não fazemos."

A Eve alarga uma respiração como ela olhou de volta em direção aos degraus. "Eu até não compreendi todas as perguntas."

"Então nós jantaremos com ela, e faça o que nós podemos a mostrar que existe normalidade e decência partiram no mundo."

"Certo, certo, mas eu preciso interrogar meus homens."

"Eu encontrarei você no andar de baixo. Quinze minutos."

Ela achou normal em seu escritório, onde um Polis--que obviamente invadiria seu autochef--era chowing abaixo enquanto eles estudaram o assassinato. Em suas telas de parede, cada quarto de Swisher, cada vítima, era exibida enquanto Baxter e Trueheart chomped em carne de vaca.

"Bife." Baxter bifurcado em cima outra mordida. "Você sabe a última vez que eu tive vaca real? Eu beijaria você, Dallas, mas cheia da minha boca."

"Summerset disse que era certo." Trueheart, jovem e fresco em seu uniforme, oferecida ela um sorriso esperançado.

Ela encolheu meramente os ombros, então girado de forma que ela, também, tido visão cheia das telas. “O que seu é tomar?”

“Cheque vermelho grande para tudo em seu relatório.” Baxter continuou a comer, mas sua expressão era sóbria agora. “Trabalho liso. E um médio um. Até sem o eyewit, eu teria dito dois ou mais para tirar isto, e até então afundou condenou rápido. O tox entrou do ME. Nenhum illegals, nenhuma droga de qualquer tipo em algum deles. Nenhum illegals nas premissas. Até os remédios de dor eram herbários e holistic.”

“Monte com a escolha de carreira da fêmea de adulto,” Eve murmurada. “Nenhuma defensiva, nenhuma luta, nenhum valuables perdido.”

“Nenhum rastro,” ela adicionou. “Fecho de varredores conseguidos. Você esvazia suas correntes?”

“Com prazer.” Baxter apunhalou seu garfo em outra mordida de bife. “Carmichael agora odeia que eu goste de um caso de verrugas genitais. Feito meu dia.”

“O dois de você é aliviado aqui. Reporte de volta em oh oitocentos. Trabalho duplo. Você babysit, e comece a correr os nomes que eu retirei-me da listas de clientes do Swishers. Qualquer um com tanta como uma violação de estacionamento consegue um olhar mais fundo. Nós olhamos para eles, sua família, seus amigos e associa, seus próximos-vizinhos de porta, e sua pequena acaricia. Nós olhamos até que nós achemos.”

“A empregada?” Baxter perguntou.

“Eu a farei hoje à noite. Nós olhamos para eles todos, crianças incluídas. Escola, atividades, vizinhos, onde eles fizeram compras, onde eles comeram, onde eles trabalharam, onde eles tocaram. Antes de nós ser feitos, nós conheceremos estas pessoas melhores que eles conheceram eles mesmos.”

“Muitos nomes,” Baxter comentou.

“Só vai levar um.”

Entretanto ela agora teve bife e assassinato em sua mente, Eve comeu galinha assada e tentou manter sua conversação longe da investigação. Mas que diabo você deveria conversar para uma criança sobre acima de jantar?

Eles não usaram o jantar freqüentemente--bem, ela não fez, ela admitiu. Tanto mais fácil agarrar algo de cima. Mas ela não podia chamar isto um sofrimento para se sentar no grande, cintilando mesa, com um fogo que chia na grelha, o odor de comida e velas no ar.

“Como vem para que você come tão fantasia?” Nixie quis conhecer.

“Não pergunte a mim.” A Eve picou um garfo em direção a Roarke. “É sua casa.”

“Eu tenho que ir para a escola amanhã?”

A Eve piscou duas vezes, então percebeu a pergunta era dirigida nela, e Roarke não estava entrando para campo a bola.

“Não.”

“Quando eu volto para a escola?”

A Eve sentiu o de volta de seu pescoço começa a doer. “Eu não sei.”

“Mas se eu não fizer meu trabalho, eu chegarei para trás. Se você chegar para trás, você não pode estar na faixa ou os jogos.” As lágrimas começaram a vislumbrar.

“Oh. Bem.” Cague.

“Nós podemos organizar para você fazer sua escola trabalhar aqui, no momento.”

Roarke falou assunto-de-factly. Como se, Pensou Eve, ele foi nascido respondendo perguntas espinhosas. “Você aprecia a escola?”

“Principalmente. Quem me ajudará com meu trabalho? O papai sempre fez.”

Não, Pensou Eve. Absolutamente não. Ela não estava movendo naquela área se alguém plantasse um boomer debaixo de seu asno.

“O tenente e eu não éramos os melhores de alunos. Mas Summerset podia ajudar você, por enquanto.”

“Eu nunca chegarei a ir para casa novamente. Ou veja meus mamãe e papai, ou Coyle ou Linnie. Eu não quero que eles estejam morto.”

Certa, Eve decidida. Talvez ela era uma criança, mas ela estava ainda a genialidade de olho. O caso voltava na mesa junto com a galinha.

Agradeça Deus.

“Diga a mim o que todo mundo estava fazendo. A véspera inteira aconteceu.” Quando Roarke começou a objeto, Eve só agitou sua cabeça. “Tudo que você lembra.”

“O papai teve que gritar em Coyle porque ele levantou tarde. Ele está sempre levantando tarde, então todo mundo tem que apressar. A mãe fica louca se você apressar seu café da manhã porque é importante que você come direito.”

“O que você comeu?”

“Nós tivemos fruta e cereal na cozinha.” Nixie corta uma lança de aspargo nitidamente, e comeu sem reclamação. “Inga conserta isto. E suco. O papai teve café, 'porque ele chega a ter uma xícara. E Coyle quis novo airskids, e Mãe disse não, e ele disse tão chupado, e ela deu a ele o olhar porque você não deveria dizer 'chupar,' especialmente à mesa. Então nós conseguimos nossas coisas e fomos para a escola.”

“Alguém usou o vínculo?”

“Não.”

“Alguém veio para a porta?”

Ela comeu uma mordida de galinha no modo limpo mesmo. Mastigado e tragou antes dela responder. “Não.”

“Como você chegou à escola?”

“O papai nos caminhou, porque não estava muito frio. Se ele estiver muito frio, nós podemos tomar um táxi. Então ele vai trabalhar. A mãe vai no andar de baixo para trabalhar. E Inga estava fazendo compras porque Linnie estava vindo depois da escola e Mãe quis fruta mais fresca.”

“Ou sua mãe ou pai pareceram chateados por qualquer coisa?”

“Coyle disse que 'chupa ' e não terminou seu suco, então Mãe estava o descontente com. Eu posso ver eles embora eles estão mortos?” Seu lips tremido. “Não é?”

Era uma necessidade humana, Eve soube. Por que devia ser diferente para uma criança? “Eu organizarei isto. Pode tomar um pouco enquanto. Você faz certo hoje com Baxter e Trueheart?”

“Engraçado do Baxter, bom do e Trueheart. Ele sabe como tocar muitos jogos. Quando você pega os sujeitos ruins, eu posso ver eles, também?”

“Sim.”

“Certo.” Nixie olhou de volta abaixo em seu prato, movimentou a cabeça devagar. “Certo.”

Eu sinto como eu tenho estado na caixa de Entrevista, sendo suado por um profissional. A Eve rolou seus ombros quando ela caminhou em seu escritório.

“Você lidou com isto, e muito bem. Eu pensei que você ultrapassou quando você a pediu para examinar cuidadosamente a Eve os assassinatos, mas você era certo. Ela precisará conversar sobre este. Todos este.”

“Ela pensará sobre isto de qualquer maneira. Ela conversa, talvez ela lembrará de algo.” Ela se sentou em sua escrivaninha, chocou um minuto. “Agora aqui é algo eu nunca pensamento terminaria de minha boca--e se você já repetir isto, eu torcerei sua língua em uma nó cego, mas agradeça Deus Summerset está ao redor.”

Ele grinned como ele aliviou um quadril sobre o canto de sua escrivaninha. “Desculpe, eu não acho que eu ouvi bastante isto.”

Ela olha, ela verbaliza, foi escura. “Eu quis dizer isto sobre a nó cego. Eu estou só dizendo o fácil da criança com ele, e ele parece saber o que fazer com ela.”

“Bem, ele levantou um de seu próprio, então competiu com eu além disso. Ele tem um lugar suave para crianças problemáticas.”

“Ele não tem nenhum lugar suave qualquer, mas ele é bom com a criança. Então yay.” Ela arrastou uma mão por seu cabelo. “Eu estarei conversando com o Dysons novamente amanhã. Dependendo de como coisas vão, nós podíamos estar a movendo em uma casa segura com eles em um dia ou dois. Hoje à noite, eu vou enfocar na empregada, veja onde isso me leva. Precise enviar um memorando para Peabody,” ela lembrou. “Ela já está batida a escola, então ela pode balançar por lá de manhã, consiga o trabalho da criança e qualquer. Escute, deixe-me perguntar a você, por que você quereria, eu quero dizer, realmente queira fazer a coisa da escola se você tivesse uma fuga planejar?”

“Nisto, eu tenho absolutamente nenhuma idéia. Talvez é como seu trabalho está para você, meu está para mim. De alguma maneira essencial.”

“É a escola. É como prisão.”

“Então eu sempre pensei, também. Talvez nós estamos errados.” Ele se debruçou acima de, localizado seu entalhe abaixo de dedo em seu queixo. “Queira alguma ajuda com este?”

“Você não tem trabalha?”

“Um pouco deste, um pouco disto, mas nada que eu não posso fazer enquanto ajudando melhor policial de Nova York.”

“Sim, isso era um bom. Você sabe a segurança na cena. Talvez você podia etiqueta Feeney em casa, troque dados. Veja se você pode compreender o que tipo de equipamento estes bastards precisado ultrapassar. E onde eles poderiam ter vindo por isto.”

“Certo.” Este tempo ele escovou sua bochecha. “Você pôs em um dia longo já.”

“Eu tenho outras horas do par em mim.”

“Salve algum para mim,” ele disse, e caminhado em seu próprio escritório.

Só, ela instalar uma segunda tábua de assassinato, programada uma panela pequena de café, então dados onscreen da Inga ordenado.

Ela estudou a ID fotografia. Atraente, mas em uma não ameaçadora, homey maneira. Ela perguntou-se se Swisher especificou não ameaçador, nada muito jovem e bonito para tentar seu marido.

Qualquer que seja os requisitos, a partida pareceu ter trabalhado. Inga pôs bastante anos em com o Swishers. Suficiente, Eve notada, ver as crianças crescerem.

Nenhum de sua próprio, Serra de Eve. Um casamento, um divórcio, de tempo integral doméstico desde que ela estava em seus anos vinte. Entretanto Eve não podia entender por que alguém iria voluntário limpar para outra pessoa, ela supôs levou todos os tipos.

Seu financials era fixo, razoável considerando sua ocupação, e suas quantias iniciais dentro do alcance normal.

Normal, normal, normal, Pensou Eve. Bem, Inga, vamos ir mais fundo.

Uma hora mais tarde ela estava circulando sua tábua.

Nada, ela pensou. Se existiam bolsos escondidos, eles eram habilmente escondidos. A vida da Inga tinha sido muito totalmente normal estava limitando em chato. Ela trabalhou, ela fez compras, ela levou duas férias por ano--uma com a família ela trabalhou, e o outro, pelo menos pelos últimos cinco anos, com um par de outras mulheres para a mesma estância termal de relaxamento em upstate Nova York.

Ela conferiria com, e em, as outras mulheres, mas nada estalou fora neles quando ela correu seus dados.

O ex morado em Chicago, recasou, e teve uma descendência, macho. Ele era um zangão para um restaurante fornece companhia, e não fez não em-viagens de registro para Nova York em por sete anos.

A idéia que a empregada ouviu ou visto algo medonho enquanto comprando ameixas ou limpando material acabou de parecer absurdo.

Mas vida estava cheia da absurda que terminou no assassinato sangrento.

Ela reconheceu Roarke quando ele entrou. “Nada tinidos meu sino em este aqui.” Ela movimentou a cabeça em direção à tela. “Ainda muito legwork para fazer para cobrir o fundar, mas eu penso que ela está afundando como espectador inocente.”

“Feeney e eu somos da mesma opinião relativo ao equipamento de estrada de contorno. Podia ter sido caseiro por alguém perito no campo, com acesso a materiais principais. Se ele fosse comprado, teve que vir de exército, polícia, ou fontes de segurança. Ou mercado negro. Não é algo que você acharia em sua loja de eletrônica local.”

“Não estreita o campo muito, mas ele concorda.”

“Deixe seja fechado ele pela noite.”

“Nada muito mais eu posso fazer.” Ela ordenou sua máquina para salvar, arquivo, feche. “Eu vou começar aqui amanhã, então deixe Baxter e Trueheart em trabalho de genialidade.”

“Eu tomarei isto para um pouco de minhas pessoas de Pesquisa e Desenvolvimento amanhã, veja se qualquer um em minha confiança de cérebro apresenta algo mais específico no sistema de segurança.”

“Nenhum do o competir teve qualquer exército ou segurança treinando--ou até onde eu achei, qualquer conexões thereto.” Ela empurrou isto ao redor em sua cabeça como eles caminharam em direção a seu quarto. “Eu não posso achar qualquer vínculo com crime organizado, com paramilitar. Até onde meus dados mostra, eles não jogaram, divirta-se, não eram demais políticos. A mais íntima para uma obsessão eu posso conseguir ser a devoção da mulher para nutrição.”

“Talvez algo entrou em sua possessão, até por acaso, isso teve que ser reformado.”

“Então se você for muito condenar bom em B&E, você entra quando a casa estiver vazia e você tomar isto. Você não entra, mate todo mundo. A única coisa tirada da casa era vivia. O Swishers estão mortos porque alguém quis eles mortos.”

“Concordou. O que você diz que nós temos uma taça de vinho e relaxamos para um pouco?”

Ela quase recusou. Ela podia só pensar, deixa isso tudo vento ao redor em sua cabeça por algum tempo. O passo e deixa isto jogo até que algo jiggled solto, ou ela era muito condenava frito para fazer qualquer coisa mas desmaia por algumas horas.

Suas vidas nunca seriam como o Swishers '. Ela não quis que eles fossem, não pensou que ela podia lidar tentando navegar algo bastante tão direto. Mas eles tiveram uma vida. E vidas mereceram atenção.

“Eu diria que você tem uma idéia satisfatória. Eu preciso deixar chiar.” Ela bateu a de volta de sua cabeça. “Desde ferver isto em cima frente não está fazendo o trabalho.”

“Que tal esta para uma idéia melhor?” Ele trocou assim eles enfrentaram um ao outro e um mergulho de sua cabeça teve seus dentes fechando ligeiramente acima de sua mandíbula.

“Conseguindo-me desnudo é sua idéia habitual.”

“Mas com variação, e isto é a chave.”

Fez seu risada. “Mais cedo ou mais tarde até você tem que ficar sem variações.”

“Agora existe um desafio. Por que nós não tiramos aquele vinho para o charco, tenha um pouco esporte da água?”

“Eu diria que suas idéias melhorarem e--” Ela cessou bruscamente, e correu quando ela ouviu Nixie gritar.

 

ELA NÃO SOUBE QUE QUARTO, ENTÃO PODIA SÓ fazer correr em direção aos sons de uma criança gritando. Em uma virada no corredor, Roarke a passou. Ela contribuiu tão junto que eles atiraram em uma porta aberta.

O quarto era lavado por luz suave. A cama era uma de quatro cartazes com uma montanha de travesseiros e uma expansão branca rendilhada. Alguém-- Summerset, ela imaginou--colocou flores amarelas, alegres e brilhantes, em uma mesa pela janela. Como ela arremessou em, Eve quase tropeçado acima do gato, que era ou em retirada ou em guarda.

No meio da cama suntuosa, a pequena menina se sentou, seus braços erguidos e cruzados acima de seu rosto como ela gritou como se alguém era baleação nela com um martelo.

Roarke alcançou Nixie primeiro. A Eve mais velha pensaria que era porque ele estava acostumado a lidar com um fêmea no aperto de pesadelos, enquanto ela estava simplesmente acostumada a ter eles.

Ele arrancou Nixie diretamente para cima e em seus braços, segurando ela, stroking ela, e dizendo seu nome até quando ela lutou e slapped nele.

A Eve teve ainda para falar ou decidir o que melhor para fazer, quando o elevador na parede longe zumbiu aberto, e Summerset andou a passos largos fora.

“Natural,” ele disse. “Esperou.”

“Mamãe.” Exausto da briga, Nixie deixa sua gota de cabeça em ombro do Roarke. “Eu quero minha mamãe.”

“Eu sei, sim, eu sei. Eu sinto muito.”

A Eve o viu virada sua cabeça para escovar seu lips acima de cabelo do Nixie. Isto, também, parecido natural. Esperou.

“Eles estão vindo para me conseguir. Eles estão vindo para me matar.”

“Eles não são. Era um sonho.” Roarke se sentou, Nixie enrolou em seu colo. “Um sonho muito ruim. Mas você é seguro aqui, como você pode ver. Comigo, e o tenente e Summerset.”

Ele bateu levemente a cama, e o gato juntou seu porky auto e saltado em cima nimbly. “E aqui, aqui Galahad também.”

“Eu vi o sangue. Está em mim?”

“Não.”

“Nós conseguiremos um soother nela.” Abrindo um painel de parede, Summerset apertou botões em um mini autochef. “Ela será a melhor para isto. Aqui agora, Nixie, você beberá este para mim, não é?”

Ela tornou seu rosto em ombro do Roarke. “Eu tenho medo na escuridão.”

“Não é muito escuro, e nós teremos mais luzes se você gostar.” Roarke ordenou eles em cima outro dez por cento. “Isto é melhor, então?”

“Eu penso que eles estão no armário,” ela sussurrou, e seus dedos cavados em sua camisa. “Eu penso que eles são no armário.”

Isto, Pensou Eve, era algo que ela podia fazer. Ela foi diretamente para o armário, abriu isto, fez uma procura completa enquanto Nixie assistiu ela.

“Ninguém pode entrar neste lugar,” ela falou de modo plano. “Ninguém pode ficar passado nós. Isto é o modo que é. É meu trabalho para proteger você. É disso que eu farei.”

“E se eles matam você?”

“Muitas pessoas tentaram. Eu não deixo eles.”

“Porque você é um importante alvo-kicker.”

“Você aposta seu asno. Beba o soother.”

Ela esperou, assistiu, enquanto Nixie bebeu, enquanto Summerset assumiu o comando de. Ele se sentou na cama, conversando com a criança em uma voz quieta até que seus olhos começaram a inclinar.

E esperando, assistindo, Eve pareceu crua e desprezada do lado de dentro. Ela soube o que era para ser encadeado em pesadelos onde algo indizível veio por você. A dor e o sangue, o medo e a agonia.

Até depois que estava terminado, os sedimentos de mancharam as extremidades de sua mente.

Summerset subiu, andou longe da cama. “Isso devia a ajudar. Eu tenho seu quarto em monitor, devia ela despertar novamente. Para o momento, sono é a melhor coisa para ela.”

“A melhor coisa é-me achando que fiz isto,” Eve declarada. “Sim, seus pais ainda estarão mortos, mas ela saberá por que, e ela conhecerá as pessoas que fizeram estar em uma gaiola. Isso acontece, será melhor que um soother.”

Ela saiu, diretamente para sua próprio quarto. Amaldiçoando, ela se sentou no braço do sofá no sentar área para arrastar fora de suas botas. Aliviou um pouco tensão para levantar eles através do quarto.

Ainda, ela era brilhante neles quando Roarke entrou.

“Ela terá eles toda a sua vida?” A Eve partiu o sofá. “Ela reviverá aquele nela sonha toda sua vida? Você já pode livrar-se das imagens? Você pode cortar eles fora de sua cabeça gosta de um fucking tumor?”

“Eu não sei.”

“Eu não quis a tocar. O que isso diz sobre mim? Para causa do Cristo, Roarke, um pouco criança, gritando, e eu não quis a tocar, então eu hesitei. Só por um minuto, mas eu hesitei, porque eu soube o que estava em sua cabeça, e sabendo isto, ponha ele em meu.” Ela arrancou fora de seu equipamento de arma, lançou isto de lado. “Então eu estou de pé lá, olhando para ela e vendo meu pai, e o sangue. Por toda parte me.”

“Eu a toquei, e você mostrou a ela não existia nenhum monstro no armário. Nós cada fazemos o que nós fazemos, Eve. Por que pergunte você mesmo por mais que você pode fazer?”

“Goddamn isto, Roarke.” Ela girou ao redor, girados por suas próprios demônios. “Eu posso permanecer acima de um corpo e não piscar. Eu posso grelhar testemunhas, suspeitos, e não quebrem passo largo. Eu posso vadear por sangue para chegar onde eu preciso ir. Mas eu não podia cruzar o quarto para lidar com aquela criança.” Se sentou em sua barriga como principal. “Eu estou frio? Deus, eu sou tão frio?”

“Frio? Jesus doce, Eve, você é nada disso.” Ele foi para ela, deitando suas mãos em seus ombros. Firmando seu aperto quando ela começou a encolher os ombros longe. “Você se sente demais, tanto eu pergunto-me como você permanece isto. E se você tiver que fechar fora de certas coisas em certos tempos, não é frieza. Não é uma falha. É sobrevivência.”

 

“Mira disse que . . . Ela disse para mim não há muito tempo que uma vez--antes de eu encontrar você--ela figurou que eu tive talvez remanescer de três anos antes de eu queimar. Antes de eu não poder fazer o trabalho mais.”

“Por que?”

“Porque o trabalho era isto. Isto...” Ela ergueu suas mãos, soltou eles. “Era tudo que eu tive no centro disto. Eu não fiz--talvez não podia--deixe qualquer outra coisa. E talvez, não importe quanto eu senti, existia demais frio com isto. Se coisas continuaram aquele modo--eu penso que eu teria sido mais que frio .. . Eu teria sido frágil até agora. Eu preciso fazer o que eu faço, Roarke, ou eu não podia sobreviver. Eu preciso ter você, ou eu não quereria sobreviver.”

“Não é nenhum diferente para mim.” Ele apertou seu lips para sua sobrancelha. “Premiada era meu deus, antes de você. Premiado, qualquer que ele levou. E não importem quanto ganha que você enche em seu bolso, existem espaços ainda vazios. Você encheu eles para mim. Dois perdeu almas. Agora nós somos achados.”

“Eu não quero o vinho.” Almejando a conexão, ela bloqueada seus braços ao redor ele. “Ou o charco.” Esmagada sua boca para sua. “Só você. Só você.”

“Você me tem.” Ele a varreu em cima. “Agora e sempre.”

“Rápida,” ela disse, já arrastando nos botões de sua camisa como ele a levou para a cama. “Rápido e áspero e real.”

Ele subiu a plataforma, e não a mentiu abaixo tanto como caiu com ela, alfinetando seus braços como eles batem o mar da cama. “Tome o que eu dou a você, então.”

Sua boca coberta seu peito acima de sua camisa, dentes beliscando de forma que as picadas de calor apunhalado por ela. Cheio todo o frio, cantos escuros.

Ela empinou-se, moeu se para ele, deixe se ser dominado. Para um momento, para momento de um estremecer, aquele desespero vigoroso a inundou, lavando longe todas as dúvidas, os medos, as sujeiras do dia. Agora só seu corpo e seu, duro e ávido, forte e quente.

Quando ele livrou suas mãos para tomar mais sua, ela tangled seus dedos em seu cabelo, arrastada sua cabeça em cima de forma que sua boca fixa urgentemente para sua.

Existia seu gosto, aquela firma, lips cheio, aquela língua rápida e inteligente. A raspadura de seus dentes, pequenos, erótico morde aquele parada só com falta de dor.

Sinta-me, saboreie-me. Eu sou com você.

Suas mãos eram mais impacientes agora, mais avaras agora, como eles puxaram em sua camisa. Como ele puxou em sua.

Sua pele era como uma febre e sua tempestade de um trovejar de coração debaixo de suas mãos, seu lips. Os demônios que assombrada ela, aqueles monstros eles dois souberam para sempre espreitado em armários, eram elenco fora por paixão. No momento, para desde que eles tivessem um ao outro.

A violência de sua necessidade chicoteada em sua própria, queimando como arame de um faiscar no sangue.

Ele a arrastou em cima, consertando seus dentes em seu ombro, rasgando o que era remanescente de sua camisa longe. Ela vestiu seu diamante, a lágrima cintilante em uma cadeia ao redor sua garganta. Até no escuro ele podia ver seu fogo. Da mesma maneira que ele podia ver o cintilar de seus olhos.

O pensamento passou por seu se importa que ele daria a qualquer coisa que ele teve--vida e alma--manter ela olhando para ele com tudo que ela estava naqueles olhos fortes, marrom.

Ela o puxou de volta com ela, de forma que eles rolaram agora, um enredo suado ao longo do oceano de meia-noite da cama.

Ela bloqueada suas pernas ao redor ele, bloqueados aqueles olhos em seus. “Agora,” ela disse. “Agora. Duro e rápido e ... Sim. Oh Deus.”

Ele dirigiu nela, sentida sua braçadeira ao redor ele, um vício molhado, aveludado, como ela veio. Sentido tão longo, tremor de corpo e tremor magros que ele mergulhou. Ainda seus quadris pistoned, levando ele em mais fundo, dirigindo ele brutalmente em.

“Não feche seus olhos. Não faça.” Sua voz era espessa. “Eve.”

Ela ergueu suas mãos, e entretanto eles tremeram, eles emolduraram seu rosto. “Eu vejo você. Eu vejo você. Roarke.”

E seus olhos estavam abertos, em seus, quando eles caíram.

De manhã ela era aliviada que não apareceu na “lista normal para ter café da manhã com Nixie. Poderia ter sido pequeno, até covardemente, mas Eve não pensou que ela podia enfrentar as perguntas, ou aqueles fixos, buscando olhos, sem uns quartos de café primeiro.

Ela fez o que era normal para sua ao invés e tomou um chuveiro devastador, e um giro rápido no tubo secante enquanto Roarke fez seu habitual esquadrinhou da linhagem reporta na tela no quarto.

Com a primeira xícara de café abaixo, ela abriu seu armário e retirou-se um par de calças.

“Tenha alguns ovos,” Roarke ordenou.

“Eu vou examinar cuidadosamente alguns dados em meu escritório antes do resto do time chega aqui.”

“Tenha alguns ovos primeiros,” ele repetiu, e fez seu pãozinho seus olhos como ela encolheu os ombros em uma camisa.

Ela marchou acima de, levantado seu prato, e empurrado em dois forkfuls de seu omelette.

“Eu não quis dizer meu.”

“Seja mais específico, então,” ela disse com seu total de boca. “Onde está o gato?”

“Com a menina, eu apostaria. Astuto do Galahad suficiente para saber que ela será mais provável compartilhar seu café da manhã com ele que nós somos.” Para provar isto, Roarke aceitou em devolução o prato. “Consiga seus próprios ovos.”

“Eu não quero mais.” Mas ela beliscou um pedaço de seu toucinho do prato. “Eu espero estar no campo a maior parte do dia. Eu poderia precisar aliviar Baxter e Trueheart, prenda uns uniformes. Que um problema para você ?”

“Um total da casa que tem de Polis? Por que seria um problema para mim?”

O tom seco fez seu sorriso. “Eu vou ver o Dysons. Podia ser nós a moveremos por hoje à noite, ou amanhã de qualquer maneira.”

“A criança é bem-vinda desde que precisa ser, de forma que vai para quem você precisa tomar cuidado com. Eu quero dizer isto.”

“Eu sei. Você é melhor que eu.” Ela se debruçou abaixo, beijou ele. “Eu quero dizer isto.”

Ela alcançou acima de seu equipamento de arma, amarrou com correia isto. “Com o Dysons como guardiães legais, eu posso ultrapassar Proteção de Criança e consigo eles movidos em uma casa segura sem qualquer tipo de trilha de dados.”

“Você está preocupado quem fizeram esta para sua família quererá limpar o fim solto.”

“É uma aposta de bem. Então seu local será precisará-conhecer, sem papelada.”

“Você disse a ela que você organizaria para ela ver sua família. Isto é sábio?”

A Eve levantou as botas que ela associou-se temperamento a noite antes. “Ela precisará para. Os sobreviventes de crimes violentos precisam ver os mortos. Ela terá que esperar até que seja seguro, e até Mira passe sem tocar isto, então ela terá que negociar. É sua realidade agora.”

“Você é certo, eu sei. Ela pareceu tão pequena naquela cama ontem à noite. É o primeiro que eu lidei com este, especificamente. Uma criança que é perdida tanta. Não seria o primeiro para você.”

Depois de prolongar as botas, ela permaneceu sentando no braço do sofá. “Não muitos primeiros partiram em minha linha. Você viu este em Dochas,” ela disse, pensando sobre o abrigo Roarke construiu. “E pior que isto. É por isso que você fez o lugar.”

“Não isso mesmo pessoalmente. Você quereria que Louise ajudasse neste?”

Louise Dimatto, cruzado e doutor, cabeça de Dochas--ela seria um, Pensou Eve, mas ela agitou sua cabeça. “Eu não quero prender qualquer outro, não neste momento de qualquer maneira. Especialmente um civil. Eu preciso ser instalado antes do resto chegar aqui. Se você conseguir qualquer coisa no sistema de segurança, deixe-me conhecer.”

“Eu irei.”

Ela se debruçou abaixo, escovado seu lips com sua. “Veja você, ás.”

Ela era acelerada para trabalho, pronto fazer o que ela soube como fazer. Enquanto Baxter e Trueheart plowed por um pouco de zangão trabalham, Feeney, seu time de EDD--junto com seu perito de civil--foi em frente o ângulo de segurança, ela e Peabody continuariam o processo de entrevista.

Era provável, ela pensou, que os assassinos tinham sido contratados, e estavam até agora fora da cidade. Até fora de planeta. Mas uma vez que ela achou a raiz, ela trabalharia seu modo em cima o talo, então cesse bruscamente aqueles galhos.

E aquela raiz era enterrada em algum lugar nas vidas de uma família ordinária.

“Família ordinária,” ela disse quando Peabody entrou. “Mãe, pai, irmã, irmão. Você sabe sobre isto.”

“E bom dia para você, também.” Peabody tudo menos cantou isto. “É um dia de queda adorável. Só um pouco viva, com as árvores em seu parque bonito, pessoal somente--o que é isto--polida com aquela última tribuna de cor. E você estava dizendo?”

“Jesus, que percevejo feliz saltado em cima seu asno?”

“Eu comecei meu dia com que você podia chamar um estrondo.” Ela mostrou a seus dentes. “Se você souber o que eu quero dizer.”

“Eu realmente não quero conhecer. Realmente não faça.” A Eve apertou o salto de sapato de sua mão contra seu olho deixado como ele twitched. “Por que você faz isto? Por que você insiste em fazer-me ver você e mcnab fazendo sexo?”

Peabody só relampejou um sorriso mais largo. “Dê meu dia um salto extra. De qualquer maneira, eu vi Nixie por um minuto no andar de baixo. Como ela faria ontem à noite?”

“Teve um pesadelo, tomou um soother. Você também gostaria de discutir moda, ou alguns eventos atuais enquanto nós estamos conversando?”

“Nenhum percevejo feliz em cima seu asno,” Peabody murmurou. “Então,” ela disse quando Eve meramente a estudou com olhos de aços, “você disse algo sobre famílias.”

“Oh, eu vejo que nós estamos prontos para trabalho agora.” Eve gesticulada para a diretoria onde, além dos em-retratos da cena, ela alfinetou fotografias da família, viva e sorridente para a câmeras. “Rotinas, famílias têm rotinas. Eu tive Nixie me leva pela manhã antes do assassinato, então eu tenho uma sensação seus: Tomar café da manhã junto, discutindo as crianças, pai caminha para eles para a escola a caminho de trabalhar, e assim por diante.”

“Certo.”

“Então, alguém surveilling eles conseguiriam uma boa sensação de sua rotina, também. Fácil suficiente para pegar e agarrar um deles, se um deles é o problema. Um pouco persuasão e você sabe se você conseguisse um problema. Diga a mim a família inteira era o problema. Isto é um.”

Ela andou de volta da diretoria. “Duas, eles têm contactam com várias pessoas durante o curso desta rotina: Clientes, colegas de trabalho, vizinhos, comerciantes, amigos, professores. Onde uma ou mais delas cruz com alguém que não só quer eles mortos, mas tem o querer dizer?”

“Certos, de que nós sabemos, ninguém na família se sentiu ameaçada ou preocupada. De que nós podemos deduzir, nenhum tipo perigoso surgiu para um deles e disse: 'Eu vou matar você e sua família inteira isto.' Ou palavras para aquele efeito. Do perfil nesta família, se eles tiverem sido assustados, eles teriam feito um relatório. Eles eram lei abiders. A lei abiders geralmente acredita no sistema, e que o sistema achará o caminho para proteger você de dano.”

“Bom. Então enquanto lá pode ter sido um argumento ou uma discordância, nenhum dos adultos na casa tomou isto seriamente suficiente para tomar aqueles passos. Ou ele aconteceu longo suficiente atrás que eles não mais se sentiram ameaçados.”

“Oh. Lá poderia ter sido uma ameaça prévia, um relatório prévio,” Peabody respondeu.

“Comece a olhar.” Ela girou como Baxter e Trueheart entraram.

Dentro da hora, ela teve seu time em suas tarefas respectivas e estava expulsando do Gates. “Dysons primeiro,” ela disse a Peabody. “Eu quero lidar com aquele, então nós faremos entrevistas formais com os vizinhos.”

“Eu não estou achando quaisquer reclamações oficiais arquivadas por qualquer do Swishers ou o doméstico. Não nos últimos dois anos.”

“Mantenha ida. Alguém que podia fazer este teria muita paciência.”

O Dysons teve um apartamento de dois níveis em uma segurança-consciente fundamentando o Lado do Oeste Superior. Até antes de Eve balançada em direção ao meio-fio, ela manchada um par de furgões de mídia.

“Goddamn vaza,” ela murmurou, e slammed fora, deixando Peabody sacudir a trabalho luz.

O porteiro gritou reservas--um movimento esperto, Pensou Eve-- e teve dois tipos fortes ajudando ele tarda os repórteres.

Ela relampejou seu distintivo, viu o alívio no rosto do porteiro. Não a reação habitual. “Oficial.”

O minuto ele disse isto, a horda faminta balançada nela. As perguntas disparadas como explosões de laser e eram ignoradas.

“Uma conferência de mídia será marcada mais tarde hoje, em Central. A ligação dará a você os detalhes nisto. Enquanto isso, você removerá vocês mesmos desta entrada ou eu terei o lote de que você prendeu para criar um incômodo público.”

“É verdade que Linnie Dyson foi morto por engano?”

Eve reined em seu temperamento. “Em minha opinião, o assassinato de uma criança de nove anos de idade é sempre um engano. Minha só declaração neste momento é que todos os recursos do NYPSD serão utilizados para identificar aqueles responsável pela morte daquela criança. Este caso está aberto e ativo e nós estamos procurando qualquer e todo possíveis levar. O próximo que pergunta a mim uma pergunta,” ela continuou como eles eram lançados nela, “serão proibido da conferência de mídia oficial. Além disso, você será citado para obstrução de justiça e lançada no tanque se você não conseguir o inferno vivo fora de meu modo assim eu posso fazer meu trabalho.”

Ela andou a passos largos adiante; Eles subiram de volta. Como o porteiro abriu a porta para ela, ele murmurou, “Trabalho bom.”

Ele entrou atrás dela, deixando os dois largos-ombros para lidar com qualquer vadiando imprensa.

“Você quererá ver o Dysons,” ele começou. “Eles pediram para não ser transtornados.”

“Eu sinto muito. Eles terão que ser.”

“Eu entendo. Eu apreciaria isto se você deixasse-me telefonar primeiro, deixe eles saber que você descer aqui. Dê a eles uns minutos para ... Mãe de Deus.” Seu abastecimento de olhos com lágrimas. “Aquela pequena menina. Eu a vi todo dia. Ela era um amado. Eu não posso acreditar . . . Desculpe.”

A Eve esperou enquanto ele retirou-se um pano, esfregado em seu rosto.

“Você a soube, e a menina de Swisher. Nixie.”

“Nixie Pixie.” Ele balled o pano em sua mão. “Eu chamaria sua que às vezes quando ela veio depois de visitar. Aquelas crianças eram como irmãs. Os relatórios esta manhã estão dizendo que ela é certa. Que Nixie, ela é viva.”

Ela julgou ele para ser seis pés, e em lutar aparem. “O que é seu nome ?”

“Springer. Kirk Springer.”

“Eu não posso dar a você quaisquer informações agora mesmo, Springer. É contra procedimento. Você vê muitas pessoas entrarem e fora daqui, muitas pessoas legam pela rua. Você notou alguém rondar, talvez um veículo que era estacionado na redondeza que não estava familiarizado?”

“Não.” Ele passou sem tocar sua garganta. “O edifício pegou câmeras de segurança na entrada. Eu posso conseguir liberação, consigo que você copia dos discos.”

“Eu apreciaria isto.”

“Qualquer coisa que eu posso fazer. Aquela criança, ela era um amado. Com licença, eu chamarei de cima.” Ele pausou. “Oficial?”

“Tenente.”

“Tenente. O Dysons, eles são bons pessoas. Sempre conseguiu uma palavra para você, sabe? Não esqueça você em seu aniversário ou Natal. Então qualquer coisa que eu posso fazer.”

“Obrigado, Springer.” Quando ele foi embora fazer o telefonema, Eve disse, “Corra ele.”

“Senhor, você não pensa--”

“Não, mas o corra de qualquer maneira. Consiga os nomes dos outros porteiros, e o pessoal de segurança, o gerente de edifício, o pessoal de manutenção. Corra os trabalhos.”

“É 6-B, Tenente.” Os olhos do Springer estavam ainda teary quando ele voltou. “À esquerda do elevador. Sra. Dyson está esperando por você. Novamente, aprecie você dispersando os cães de caça lá fora. Estas pessoas merecem seu isolamento.”

“Nenhum problema. Springer, você pensa sobre qualquer coisa, dê-me umas cabeças-em Centrais.”

Quando eles andaram no elevador, Peabody lê de sua unidade de bolso. “Ele é casado, duas crianças, Oeste Superior Mais lateral. Nenhum criminoso. Empregou aqui os últimos nove anos.”

“O exército ou polícia treinando?”

“Não. Mas ele teria que ter orientação de segurança--pessoal e construindo--taxar um gig em um edifício como isto.”

Com um aceno com a cabeça, Eve andada fora de, virada sobrada. A porta para 6-B abriu antes dela tocar o sino.

Jenny Dyson pareceu mais velho que ela teve a Eve. Mais velha, pálido, com aquela serra de Eve de olhar distante em vítimas de acidente que lutam entre choque e dor.

“Sra. Dyson, obrigado por nos ver.”

“Você o achou. Você achou o homem que matou meu Linnie.”

“Não, Madame. Nós podemos vir do lado de dentro?”

“Eu pensei que você veio para dizer a nós. Eu pensei... Sim, entre.” Ela andou de volta, glanced ao redor sua próprio espaço de vida como se ela não reconhecesse quase isto. “Meu marido, ele está adormecido. Sedado. Ele não pode... Eles foram muito fecharam, você vê. Linnie, ela é Menina do papai.” Ela apertou uma mão para sua boca, agitou sua cabeça.

“Sra. Dyson, por que nós não nos sentamos?” Peabody a levou pelo braço, levada ela a um sofá longo feito em um notável, em-seu-rosto vermelho.

O quarto era corajoso, splashy cores, grandes formas. Uma pintura enorme que contou com Eve representar um pouco de tipo de pôr-do-sol inchado em sombras de chamuscar vermelho e ouro e laranja vívida dominaram a parede atrás do sofá.

Existia uma tela de parede e uma tela de humor, ambos desligados, mesas em branco empinado e brilhante, e uma janela tripla alta, com suas cortinas vermelhas firmemente fechadas.

Na alegria excitada do quarto, Jenny Dyson pareceu só mais pálido. Mais um esboço de enfraquecido de uma mulher que carne e sangue.

“Eu não tomei nada. O doutor disse que eu podia, provavelmente devia, mas eu não tenho.” Seus dedos trabalhados à medida que ela conversou, ligando junto, puxando separadamente. “Se eu fiz eu não sentiria, não é? O que eu preciso sentir. Nós fomos a ver.”

“Sim, eu sei.” A Eve se sentou em frente a ela, em uma cadeira de púrpura alegre.

“O doutor disse que ela não teria sofrido.”

“Não. Eu entendo que isto é um tempo muito difícil--”

“Você tem crianças?”

“Não.”

“Eu não penso que você pode entender, eu realmente não faço.” Existia uma sugestão de raiva no tom--o como-ouse que-você-presume-entender. Então ele fracassou em pesar enfadonho novamente. “Ela veio de mim, de nós. E ela era tão bonita. Doce e engraçada. Feliz. Nós levantamos uma criança tão feliz. Mas nós falhamos. Eu falhei, você vê. Eu não a protegi. Eu não mantive seu seguro. Eu sou sua mãe, e eu não mantive seu seguro.”

“Sra. Dyson.” Sentindo uma fundição, Eve nitidamente falou. Cabeça arrebatada do Jenny. “Você é certo, eu não posso entender, para falar a verdade não, o que você sente, o que você está indo, o que você tem que enfrentar. Mas eu sei isto. Você está escutando?”

“Sim.”

“Isto não é sobre que você fez ou não fez para proteger Linnie. Isto não é seu fracasso, não em qualquer sensação. Isto era além de seu controle, além de do seu marido, além de alguém é mas os homens que fizeram esta coisa. Eles são responsáveis, e ninguém mais. E este eu entendo, o modo que você não pode, pelo menos não agora. Linnie é nosso agora, também. Nós não podemos a proteger agora, mas nós a serviremos. Nós a suportaremos. Você tem que fazer o mesmo.”

“O que eu posso fazer?” Sua mudança de dedos mantidos. Juntos, separadamente. Juntos, separadamente.

“Você era amigos com o Swishers.”

“Sim. Bons amigos. Sim.”

“Fez qualquer um deles diz qualquer coisa para você sobre estarem preocupados, até intranqüilo, como consideraram sua segurança.”

“Não. Bem, às vezes Keelie e eu conversamos sobre que madhouse a cidade pode ser. Todas as precauções você tem que tomar viver aqui. Mas não existia nada específico.”

“Que tal seu casamento?”

“Eu sinto muito?”

“Você era amigos. Ela teria dito a você se ela tivesse uma relação fora do casamento, de se ela suspeitasse seu marido fez?”

“Eles--eles amaram um ao outro. Keelie iria nunca.” Jenny tocou uma mão para seu rosto--templo, bochecha, mandíbula--como se se assegurando que ela estava ainda lá. “Não, Keelie não estava interessado em qualquer outro, e ela confiou Grant. Eles eram muito fixos, orientadas a pessoas de família. Como nós. Nós éramos amigos porque nós tivemos muito em comum.”

“Eles dois tido clientes. Algum aborrece lá?”

“Existiam irritações, claro. Algumas dificuldades. Algumas pessoas viriam para Keelie procurando por milagres, ou satisfação imediata. Ou eles assinariam em cima com ela quando eles teriam sido em melhor situação só indo para um escultor de corpo, porque eles não estavam dispostos a alterar seu estilo de vida. A filosofia do e Keelie era sobre saúde e estilo de vida. Grant lidou com vários casos de custódia que não eram sempre agradáveis.”

“Algumas ameaças?”

“Não, nada sério.” Ela olhou fixamente além de Eve para a parede vermelha de cortinas. “Um cliente exigindo seu dinheiro de volta de Keelie, ou terno de limadura porque eles não conseguiram os resultados que eles quiseram quando eles estavam enchendo seus rostos com chips de soja. E Grant conseguiria o tipo de afronta ou advogados de raiva lidam com porque eles são advogados. Mas para a maior parte, seus clientes eram satisfeitos. Eles dois construíram um sólido fundar por causa de indicações e palavra de boca. As pessoas gostaram deles.”

“Eles eram sempre envolvidos em qualquer coisa ou com qualquer um ilegais? Isto não é sobre proteger eles,” Eve adicionada.

“Eles acreditaram em fazer a coisa certa, em fixar um exemplo para suas crianças. Grant costumava brincar sobre seus dias de academia selvagem, e como ele uma vez seria preso para possessão de um pouco de Zoner. Como ele assustado ele suficiente para o endireitar fora.”

Ela enrolou suas pernas em cima de um modo que disseram Eve o gesto era habitual, irrefletido. “Eles não tiveram uma família forte básica, qualquer um deles. Era importante eles fazer um, e levantar suas próprias crianças ntão básicas. Os mais íntimos ou deles teriam vindo para fazer algo contra a lei estavam atravessando a rua distraidamente ou aplauso muito ruidosamente à um de jogos do Coyle.”

“Como você organizou ter Linnie ficar a noite em sua casa?”

Jenny estremeceu uma vez. Ela uncurled suas pernas, sentados muito diretamente com seus dedos ocupados trançados apertado em seu colo. “Eu ... Eu pedi a Keelie se ela fosse capaz de ter Linnie acima de depois da escola, mantenha ela pela noite. Uma noite da escola. Normalmente, ela não permitiu sleepovers nas noites da escola. Mas ela tinha muito prazer em fazer isto, contente que Matt e eu podíamos conseguir o apartamento, tenha a celebração de aniversário.”

“Quanto tempo atrás você organizou isto?”

“Oh, seis, sete semanas. Nós não somos espora-das-pessoas de momento. Mas nós não dissemos as meninas até a noite antes, no caso de algo surgiu. Eles estavam tão excitados. Oh Deus.” Ela embreou sua barriga e começou a balançar. “Linnie disse, ela disse, era como um presente para ela, também.”

“Nixie veio aqui muito, também.”

“Sim, sim.” Ela manteve oscilante. “Toque datas, estude datas, sleepovers.”

“Como ela chegaria aqui?”

“Como?” Ela piscou. “Um deles a trariam, ou um de nós a escolheríamos em cima.”

“Ela e Linnie já saem sozinho?”

“Não.” Seus olhos estavam molhados agora, e Jenny enxugou neles no modo ausente mesmo que ela enrolou suas pernas em cima na almofada. “Linnie reclamaria às vezes porque muitos seus condiscípulos tinham permissão para ir para o parque sozinho, ou para o vids ou arcadas. Mas Matt e eu sentimos que ela eram muito jovens para ser sozinha.”

“O Swishers, com Nixie?”

“Os mesmos. Nós tivemos muito em comum.”

“Com Coyle?”

“Ele era mais velho, e um menino. Eu sei isto é machista, mas ele é o modo que é. Eles mantiveram uma rédea apertada nele, mas ele podia sair com seus amigos, sozinho, desde que eles soubessem onde. E ele teve que levar um vínculo de bolso assim eles podiam verificar nele.”

“Ele já entrou alguma dificuldade?”

“Ele era uma boa criança.” Seu lips tremido. “Uma criança muito boa. Sua maior rebelião, que eu sei de, estava movendo furtivamente jogo fora comida, e Keelie soube sobre isto de qualquer maneira. Ele era esportes loucos, e se ele atarraxasse em cima, eles limitariam suas atividades. Coyle não arriscaria não poder tocar bola.”

Quando Eve se sentou de volta, Peabody tocou em Jenny no braço. “Existe alguém que nós podemos pedir você? Alguém que você quer estar aqui com você?”

“Minha mãe está vindo. Eu disse seu não , entretanto eu a chamei de volta. Minha mãe está vindo.”

“Sra. Dyson, nós vamos precisar conversar sobre acordos para Nixie.”

“Nixie?”

“Você e seu marido são seus guardiães legais.”

“Sim.” Ela empurrou uma mão por seu cabelo. “Nós--eles quiseram ter certeza Nixie e Coyle tiveram que ... Eu não posso, eu não posso pensar--” Ela atirou fora do sofá quando seu marido desceu para a curva dos degraus gostar de um fantasma.

Seu corpo balançado; Seu rosto era frouxo com drogas. Ele vestiu só um par de pugilistas brancos. “Jenny?”

“Sim, bebê, aqui mesmo.” Ela dashed em direção aos degraus para o envolver.

“Eu tive um sonho, um sonho terrível. Linnie.”

“Shh. Shh.” Ela stroked seu cabelo, suas costas, olhando fixamente acima de seu ombro em Eve como ele curvou seu corpo para sua. “Eu não posso. Eu não posso. Por favor, você não pode ir agora? Você pode ir?”

 

CASAMENTO, PARA MENTE da EVE, ERA Uma espécie de curso de obstáculo. Você teve que aprender quando saltar acima de, quando para barriga debaixo de, e quando parar seu adiante movimento e mudar direção.

Ela teve trabalhou, e no momento teria preferido que adiante movimento. Mas figurou quando você esvaziou uma criança estranha em um cônjuge, você devia pelo menos desistir a ele umas cabeças- quando pareceu que a permanência poderia ser estendida.

Ela levou cinco minutos pessoais--tão pessoal quanto ela podia administrar em um vínculo de bolso enquanto insistir na calçada.

Ela ficava surpreendida que ele respondeu ele mesmo, e culpado quando ela pegou o chamejar de aborrecimento em seus olhos na interrupção.

“Desculpe, eu posso voltar para seu mais tarde.”

“Não, eu estou entre--mas somente. Existe um problema?”

“Talvez. Eu não sei. Só uma coisa de intestino, e eu pensei que eu devia informar a criança poderia estar ao redor um pouco mais longa que eu esperei.”

“Eu disse a você que ela é bem-vinda desde que . . .” Ele glanced longe da tela, e ela viu ele levantar uma mão. “Dê-me um minuto aqui, Caro.”

“Olhe, isto pode esperar.”

“Termine isto. Por que você pensa que ela não será com o Dysons no dia seguinte ou então?”

“Eles estão em forma ruim, e minha contagem de tempo não ajudou. Principalmente, é um intestino sentindo. Eu estou pensando sobre contactar o--o que ela é--a avó?--Quando eu achar um minuto. E existe um stepsister, seu lado, em algum lugar. Só um auxílio. Talvez um negócio temporário até o Dysons sejam ... Melhores equipados ou qualquer.”

“Isto é bom, mas enquanto isso ela está certo onde ela está.” Ele carranca. “Você está pensando que poderia ser tempo considerável antes deles poder a levar. Semanas?”

“Talvez. O membro de família devia tomar o ínterim. Eu podia trazer para dentro GPS, mas eu não quero. Não se eu posso evitar isto. Talvez eu não li o direito de Dysons, mas eu figurei que você devia conhecer a criança poderia estar ao redor mais longa que nós pensamos.”

“Nós lidaremos com isto.”

“Certo. Desculpe segurar você.”

“Nenhum problema. Eu verei você em casa.”

Mas quando ele clicou fora de, ele continuou a carranca. Ele pensou sobre a criança em sua casa, e a morta. Ele teve meias dúzia pessoas que esperam por uma reunião, e decidiu que eles podiam esperar alguns momentos. Que bons era poder se você não dobrasse seus músculos de vez em quando?

Ele telefonou arquivo da Eve no Swishers de sua unidade de casa, e esquadrinhou os nomes das conexões de família.

Eles começaram a baterem em portas, trabalhando seu leste de modo então oeste do Swisher casa. Muitas portas permanecidas sem abrires, pessoas na mão-de-obra. Mas aqueles que abriram abrigo nenhuma luz.

Não viu nada. Coisa terrível. Tragédia. Ouvida nada. Aquela família pobre. Não saiba nada.

“O que você está vendo, Peabody?”

“Muito choque, desânimo--o alívio subjacente não era eles. E uma boa dose de medo.”

“Tudo aquilo. E o que estas pessoas estão dizendo a nós sobre as vítimas?”

“Família agradável, amigável. Crianças bem-educadas.”

“Não nossa corrida habitual, é? É como andando em outra dimensão onde as pessoas assam biscoitos e desmaiam por eles para estranhos na rua.”

“Eu podia usar um biscoito.”

Eve subido para o próximo edifício, listadas em suas notas como um multifamily. “Então existe o bairro. Famílias, rendas duplas principalmente. As pessoas assim vão ser beddy-adeus às dois de manhã, dia de semana.”

Ela tomou outro momento para olhar de cima abaixo a rua. Até no meio do dia, o tráfico era bonito luz. Às duas de manhã, ela imaginou a rua estava quieta como um sepulcro.

“Talvez você pega uma fratura e alguém pegou insônia e olha a janela em apenas do tempo certo. Ou decidiu tomar um pouco passeio. Mas eles vão dizer o Polis, se eles manchados qualquer coisa. Uma família é eliminada em seu quarteirão, você é assustado. Você quer parecer seguro, você diz o Polis se você visse qualquer coisa.”

Ela tocou o sino. Existia som de um arranhar do intercomunicador como alguém dentro de passou sem tocar sua garganta.

“Quem você é?”

“NYPSD.” A Eve segurou seu distintivo para a segurança espia. “Tenente Dallas e Detetive Peabody.”

“Como eu sei isto com certeza?”

“Madame, você está olhando para meu distintivo.”

“Eu podia ter um distintivo, também, e eu não sou a polícia.”

“Levou-me lá. Você pode ver o número de distintivo?”

“Eu não sou cego, não é?”

“Como eu sou distinguir-se aqui, isto é impossível verificar. Mas você pode verificar meu ID se você contactar Central de Polícia e dar a eles meu número de distintivo.”

“Talvez você roubou o distintivo da polícia real. As pessoas são assassinadas em suas próprias camas.”

“Sim, Madame, é por isso que nós estamos aqui. Nós gostaríamos de falar com você sobre o Swishers.”

“Como eu sei que você não seja as pessoas que mataram eles?”

“Com licença?”

Eve, seu rosto um estudo em frustração, girada olhar para a mulher na calçada. Ela estava levando um saco de mercado e vestindo muito cabelo de ouro vermelho listrado, um terno de pele verde, e uma jaqueta folgada.

“Você está tentando conversar com Sra. Grentz?”

“Tentar ser a operação. Polícia.”

“Sim, conseguido isto.” Ela saltou em cima os degraus. “Eh, Sra. Grentz, é Hildy. Eu consegui seu bagels.”

“Por que você não disse isso?”

Existia muito clicar e snicking, então a porta aberta. Eve olhada abaixo, consideravelmente. A mulher era apenas cinco pés, fracos como uma vara, e velha que o tempo. Em sua cabeça era perched uma peruca preta mal-adaptado só sombras mais escuras que sua pele enrugada.

“Eu trouxe o Polis, também,” Hildy disse a ela, alegremente.

“Você é preso?”

“Não, eles só querem conversar. Sobre que aconteceu com o Swishers.”

“Certo então.” Ela acenou uma mão como ela estava rebatendo em moscas e começou a ir embora.

“Minha proprietária,” Hildy disse a eles. “Eu vivo abaixo. Ela é certa, com exceção de ser--como meu homem velho diria--louco como um shithouse rato. Você devia continuar em e se sentar enquanto ela está no humor. Eu vou pegar seu bagels longe.”

“Obrigado.”

O lugar era emperrado com coisas. Coisas caras, Eve notou como ela fez seu modo entre mesas, cadeiras, luminárias, pinturas que eram balançadas e empilhadas contra as paredes.

O ar teve aquela senhora velha cheirar, o que pareceu ser uma combinação de pó, idade, e flores indo espanar.

Sra. Grentz era agora perched em uma cadeira, seus pés minúsculo em um minúsculo hassock e seus braços cruzados acima de seus peitos inexistentes. “Família inteira, assassinado em seu sono.”

“Você soube o Swishers?”

“Claro que eu soube o Swishers. Viveu aqui os últimos oitenta e oito anos, não é? Visto isso tudo, ouvido isso tudo.”

“O que você viu?”

“O mundo indo para inferno em um handbasket.” Ela imergiu seu queixo, desdobrados um de seus braços ósseos para bofetão uma mão nodosa no braço da cadeira. “Sexo e violência, sexo e violência. Não será qualquer pilar de sal este intervalo. Lugar inteiro, e tudo nisto, vai queimar. Consiga o que você pede. Recolha o que você semeia.”

“Certo. Você pode dizer a mim se você ouvisse ou viu qualquer coisa que incomum na noite o Swishers foi morto?”

“Conseguidas minhas orelhas fixas, conseguiram meus olhos afinados. Eu vejo e ouço multa.” Ela se debruçou adiante, os afinados-em cima olhos ávidos. “Eu conheço que matei aquelas pessoas.”

“Quem mataram eles?”

“Os franceses.”

“Como você sabe isto, Sra. Grentz?”

“Porque eles são franceses.” Para enfatizar seu ponto, ela slapped uma mão em sua perna. “Conseguiu seu der-re-ares chutaram a última vez que eles fizeram dificuldade, não é? E acredite me em, eles têm planejado um retorno desde então. Se alguém for assassinado em sua própria cama, era os franceses que fizeram isto. Você pode tomar aquele para o banco.”

A Eve não estava certa o pequeno som que Peabody fez era um riso silencioso ou um suspiro, mas ela ignorou isto. “Eu aprecio as informações,” Eve começou, e começou a subir.

“Você ouviu alguém falando francês na noite dos assassinatos?”

Em pergunta do Peabody, Eve mandou a ela um olhar compassivo.

“Você não ouve eles, menina. Quietas como serpentes, isto é os franceses para você.”

“Obrigado, Sra. Grentz, você tem sido muito útil.” A Eve chegou a seus pés.

“Não pode confiar pessoas que comem caracóis.”

“Não, Madame. Nós deixaremos nós mesmos.”

Hildy esteve só fora da entrada, grinning. “Carro de duas rodas, mas de alguma maneira fascinante, certo? Sra. Grentz?” Ela ergueu ela verbalizar, movida na entrada. “Eu estou continuando abaixo.”

“Você consegue meu bagels?”

“Todo coloca no lugar. Veja você. Mantenha caminhada,” ela instruiu Eve, “e não olhe de volta. Você nunca sabe o que mais vai estalar em sua cabeça.”

“Você conseguiu alguns minutos para conversar conosco, Hildy?”

“Certo.” Ainda levando a bolsa de mercado, Hildy foi à frente fora, degraus abaixo, e ao redor para sua próprios entrada. “Ela é realmente minha grande grande tia--por casamento--mas ela gosta de ser chamada Sra. Grentz. O senhor tem estado mortos trinta anos. Nunca fez o conhecido eu mesmo.”

Entretanto abaixo de nível de rua, o apartamento era brilhante e alegre com muito unframed cartazes tacked para as paredes e uns arco-íris difundem de tapetes no chão. “Eu aluguei dela--bem, seu filho paga o aluguel. Eu sou um um tanto quanto vigia não oficial--ela e o lugar. Você viu de cima? Isto não é nada. Ela é carregada. Queira se sentar?”

“Obrigado.”

“Seriamente carregados, como milhões, então eu estou aqui ter certeza a segurança está sempre em diante, e que ela não estar abandonado impotente se ela tropeçar acima de alguma daquela mobília e quebrar sua perna. Ela pegou este negócio de alarme em.” Hildy puxou um receptor pequeno fora de seu bolso. “Ela cai, ou se seu vitals consegue wonky, isto buzina. Eu faço algum do marketing para ela, escute seu caranguejo às vezes. É um negócio satisfatório para as escavações. E ela é certa, principalmente, tipo de engraçado.”

“Quanto tempo você teve o lugar?”

“Seis meses, quase sete agora. Eu sou um escritor--bem, trabalhando nisto--então isto é uma boa instalação para mim. Você sujeitos querem algo para beber ou qualquer coisa?”

“Não, mas obrigado. Você soube o Swishers?”

“Tipo de, o modo que você faz quando você vir as mesmas pessoas o tempo todo. Eu soube os pais para movimentar a cabeça para, assim. Nós não estávamos realmente na mesma onda.”

“Querendo dizer?”

“Eles eram totalmente lineares, sabe. Ponha o trapaceiro em conservador. Bom. Realmente bom. Se eles me veriam fora, eles sempre perguntariam sobre Sra. Grentz, e se eu estivesse fazendo certo. Não todo mundo aborrece com isto. Eu conheci as crianças um pouco mais.”

Ela levantou uma mão, feche seus olhos um minuto. “Eu estou tentando pôr isto em seu lugar, chegar a 'eles são onde seu destino levou eles,' aquele lugar. Mas Jesus!” Seus olhos abertos novamente, nadaram um momento. “Eles eram crianças justa. E Coyle? Eu penso que ele teve um pouco esmagamento em mim. Era realmente doce.”

“Então você viu eles em torno do bairro.”

“Certo. Coyle principalmente. Eles não deixaram a pequena menina correr ao redor tanto. Ele iria voluntário para correr para o mercado, ou caminhe comigo lá. Ou eu o veria fora tábuas com alguns amigos, e onda, ou saia para conversar.”

“Você já o viu com alguém que você não reconheceu de em torno do bairro?”

“Para falar a verdade não. Ele era uma boa criança. Antiquada, pelo menos do modo que eu era levantado. Realmente cortês, um pouco tímido, pelo menos comigo. Modo em esportes.”

“Que tal as vindas e idas? Os escritores notam coisas, não é?”

“É importante observar material, arquiva ele longe. Você nunca conhece.” Hildy girou um naco de seu cabelo colorido ao redor seu dedo. “E eu pensei sobre algo que eu não lembrei antes, quando o outro Polis veio por perguntar material. Somente é--eu não podia manter qualquer coisa em minha cabeça quando eu ouvi sobre isto. Sabe?”

“Certo. O que você lembra agora?”

“Eu não sei se for qualquer coisa, mas eu comecei a pensar sobre ele esta manhã. Aquela noite. . .” Ela trocou, deu Eve um sorriso fraco. “Escute, se eu disser a você algo que eu isto não sou cem por cento fez legal, eu vou entrar dificuldade?”

“Nós não estamos aqui discutir você, Hildy. Nós estamos aqui mais ou menos cinco pessoas que eram assassinadas em suas camas.”

“Certa.” Ela desenhou uma respiração longa. “Certa. Às vezes, se eu estiver em cima escrever tarde, ou se Sra. Grentz tem sido uma dor particular--eu quero dizer, você conseguiu um direito de carga? Ela é engraçada, mas às vezes ela veste.”

“Certo.”

“Às vezes, eu subo no telhado.” Ela apontou um dedo no teto. “Existe um bom pequeno lugar lá em cima, e ele é um lugar para rondar, procure, se sente e pense. Às vezes eu subo lá para, sabe, fume um pouco Zoner. Eu não posso fazer aquele aqui. Se Sra. Grentz era para descer-- e ela faz às vezes--e cheire isto--ela pegou um nariz gostar de um sabujo--ela iria peruca. Então se eu for disposto a um toke, não goste de toda noite ou qualquer coisa . . .”

“Nós não somos Illegals, e nós não estamos preocupados se você tivesse Zoner um pouco recreativo.”

“Certo. Então eu estava lá em cima. Estava atrasado porque o livro tinha sido chugging. Eu era acabava de suspender lá, sobre pronto afundar, porque a noite longa mais o Zoner me fez sonolenta. Eu justo tipo de procurado, como você faz, e eu vejo estes dois sujeitos. Construções boas-- é disso que eu pensei, sabe. Carne principal. Eu não pensei nada muito disto, até quando o Polis veio por e eu ouvi sobre o Swishers, mas eu estava pensando de volta, e eu lembrei.”

“Você viu o que eles pareceram com?”

“Não tantos. Exceto eles eram sujeitos brancos, eles dois. Eu podia ver suas mãos, e um pouco de seus rostos, e eles eram brancos. Eu realmente não vi rostos, não podia do ângulo lá em cima. Mas eu lembrei como eu pensei, 'Olhe para o carne de boi,' e como eles caminharam, lado a lado, quase como eles estavam marchando. Não conversando ou qualquer coisa, como você faz se você estiver fora caminhar com um camarada tarde de noite. Só um, dois, três, quatro, a distância toda para o canto.”

“Qual encurralar?”

“Um, oeste, em direção a Ribeira.”

“O que eles estavam vestindo?”

“Certo, eu pensei sobre este, realmente duro. Preto, topo para dedão do pé, com-- o que eles chamam aqueles wooly chapéus que você demole em sua cabeça?”

“Assista boné ?”

“Sim, sim! Assim. E eles cada tiveram uma bolsa, correia longa, corpo transversal. Eu gosto de assistir pessoas, especialmente se eles não souberem. E eles realmente eram construídos.”

“O quão velho era eles?”

“Eu não sei. Honrado. Eu não vi seus rostos. Eles tiveram aqueles caps demolido, e inferno, eu estava verificando o bods. Mas a outra coisa eu pensei mais tarde? Eu nunca ouvi eles. Eu quero dizer, eles não acabaram de não conversar, eu não ouvi seus passos. Se eu não examinasse cuidadosamente para a ferrovia da mesma maneira que eles estavam passando abaixo, eu nunca conhecidos eles desciam lá.”

“Vamos subir para o telhado, Hildy.” A Eve chegou a seus pés. “Leve nós por isto novamente.”

“É uma fratura,” Peabody disse quando eles estavam fora na calçada novamente. A Eve estava olhando fixamente no telhado. “Não muito de um, mas uma fratura.”

“É detalhes. E conta de detalhes.” Ela caminhou de volta até o Swisher aloja, olhado em cima em direção ao telhado onde eles recentemente permaneceriam com Hildy. “Provavelmente teria a visto, se eles parecessem. Vista ela levantar-se lá, ou a silhueta sua, quando eles ficaram mais íntimo. Mas eles eram feitos, confiantes. Talvez esquadrinhou a rua, ainda cuidadosa para ficar fora das vigas mais brilhantes das luzes de segurança. Caminhou--marchou. Nenhuma pressa, mas disciplinada--para o canto de Ribeira. Teve um passeio em algum lugar, você aposta que eles fizeram. Legalmente estacionou, rua ou lote. Melhor de rua, nenhuma papelada de qualquer tipo se você impedir uma rua localizar, mas você não pode contar com achar um espaço, então talvez muito.”

“Passeio roubado?” Peabody sugeriu.

“Seja estúpido. Estúpido porque deixa uma trilha. Você rouba algo, o dono consegue pissy e reporta isto. Talvez tire um veículo da longo prazo em algum lugar, põe isto atrás. Mas por que? Você tem tudo isso equipamento, equipamento caro. Você tem dinheiro ou apoio. Você tem um passeio de seu próprio. Não será nada chamativo.” Ela balançou de um lado para outro em seus saltos de sapatos. “Nada que pega o olho, e o motorista obedece todo tráfico regs.”

Ela caminhou para oeste como ela visualizou isto. “Faça o trabalho, saia, vá embora. Nenhuma pressa, nenhum barulho. Remanescer de acompanhamento de olhos e direito--isto está treinando. Não pense olhar em cima, entretanto, e isto é malfeito. Só um pouco malfeito, ou convencido. Ou debaixo disto, eles eram acelerados da matança. A favor de ou não, você precisa conseguir um pouco acelerou. Caminhe diretamente abaixo, nenhuma conversação. Vá diretamente para o passeio, nenhum desvio. Aloje as bolsas para limpeza ou destruição mais velha. Atrás para HQ.”

“Sede?”

“Aposte isto é como eles se referiram a isto. Em algum lugar para ser interrogado, ou permutar suas histórias de guerra, praticar, limpar. E eu apostarei você que é quadrado longe.”

Ela teve seu odor. Ela soube que não era um termo lógico, mas ele era o termo certo. Ela teve seu odor, e ela o localizaria até que ela teve eles.

Ela insistiu no canto de Oitenta-primeiro e Ribeira, olhando norte, e oeste sul, e adicional. A que distância eles caminharam? Ela perguntou-se. Quantas pessoas viram eles indo embora daquela casa da morte, sangue fresco em suas bolsas?

Só uns sujeitos cabeçalho para a para casa depois do trabalho da noite rápida.

“Etiqueta Baxter,” Eve ordenada. “Eu quero alguns nomes.”

Seu nome era Meredith Newman, e ela era overworked e mal pago. Ela teria muito prazer em dizer a você muito, dada a oportunidade. Entretanto ela gostou de pensar sobre ela mesma como um mártir contemporâneo, sofrimento longo e suando sangue para a causa.

Uma vez, em seus dias mais jovens, ela se visualizou como um cruzado, e trabalhou e estudou com o fervor do convertido. Entretanto um ano no trabalho se tornou dois, e dois se tornaram cinco, e o caseloads, a miséria e inutilidade delas, tomaram seu pedágio.

Em suas fantasias privadas, ela encontraria um homem bonito, sensual, nadando em dinheiro. Ela deixou. Nunca tenha que se arrastar pela papelada infinita, o desanimar casa cheques. Nunca tenha que ver outra mulher de massa ou criança.

Mas até que aquele dia bom, era negócios como sempre.

Agora ela estava encabeçando em direção a uma rotineira casa cheque, onde ela completamente esperou achar as duas crianças imundas, a mãe bêbeda ou a caminho em direção a oblivion. Ela perdeu esperança aquela já seria qualquer diferente. Ela perdeu o legar para se importar. O número das pessoas que eventualmente girou eles mesmos ao redor e ficou decente, contribuindo membros de sociedade era mais ou menos uma em cinqüenta, em sua estimação.

E ela sempre pareceu puxar o outro quarenta e nove.

Seus pés machucam porque ela tem sido estúpida suficiente para comprar um par de novos sapatos, que ela não podia dispor. Não em seu salário. Ela era deprimida porque o homem ela tem visto de tempo em tempo por cinco semanas disseram a ela que ela o deprimiu, e cessou bruscamente coisas.

Ela tinha trinta e três anos de idade, únicos, nenhum namorado, uma piada de uma vida social, e tão doente e cansada de seu trabalho ela quis se matar.

Ela caminhou com sua cabeça abaixo, como era seu hábito, porque ela não quis ver a sujeira, a porcaria, as pessoas.

Ela odiou Cidade de Alfabeto, odiou os homens que vadiaram em entradas e esfregaram suas forquilhas quando ela passou por. Ela odiou o cheiro de lixo--perfume urbano--e o barulho. Motores, chifres, vozes, maquinaria todos pulsando contra sua bateria de orelha.

Suas férias não estava marcado para oito semanas, três dias, doze horas. Ela não soube se ela pudesse fazer isto. Inferno, seu próximo dia fora de estava três dias longe, e ela não soube se ela pudesse fazer isto.

Ela não iria.

Ela não pagou a qualquer atenção para o grito de freios, só mais da cacofonia da cidade ela veio para abominar gosta de doença de um desperdiçar.

A pequena pancada de ombro era só outro aborrecimento, só mais da rudeza inata que infetada todo mundo que viveu neste caga buraco.

Então sua cabeça girada, e sua vista foi cinza. Ela sentiu, como se em um sonho, a sensação de ser erguida fora de seus pés e lançados. Até quando ela aterrissou atrás do furgão, com a fita slapped acima de seu rosto e seus olhos, não pareceu real. Seu corpo apenas registrou a necessidade para gritar quando o lânguido cutucar de uma seringa de pressão teve ela descendo.

Pela tarde meio, Eve e Peabody falou com três de clientes e dois do Keelie Swisher de do seu marido. Eles estavam trabalhando geograficamente e tomaram outro de próximo do Keelie.

Janeiro Uger era uma mulher robusta que fumou três herbals durante sua entrevista de vinte minutos. Quando ela não era puffing, ela estava chupando em uma das gotas de doce brilhantemente coloridas em um prato ao lado de sua cadeira.

Seu cabelo estava amarrar em uma bola brilhante enorme, como se alguém alisou isto, ao redor, então pulverizou isto com silicone. Ela teve queixadas longas, um trio de queixos, pele pálida. E um pisser de uma atitude.

“Um curandeiro.” Ela soprada, picada com ela fumando herbário. “É disso que ela era. Disse que ela não podia me ajudar se eu não continuasse o regimen. O que sou eu, em Christing inicializa acampamento?”

“Você era, uma vez,” Eve iniciada.

“Fez três anos, exército Regular. Onde eu encontrei meu Stu. Ele põe em quinze, servindo nosso país. Eu gastei aqueles anos sendo uma boa esposa do Exército e levantando duas crianças. Era as crianças põem o peso me,” ela reivindicou e escolheu outro doce. “Eu tentei dietas, mas eu tenho uma condição.”

Que era, Eve decidida, a inabilidade para parar de pôr coisas em sua boca.

“Nosso seguro não cobre corpo esculpindo.” Ela trabalhou o doce ao redor em sua boca, deu isto um par de bons ruídos. “Cheapskates. Exceto na provisão você vê um licenciado nutritionist por seis meses, e eles terminar para você. Então, é disso que eu fiz, fui para aquele curandeiro, escutado seu bullshit. E o que aconteceu?”

Ela chupou tão duro no doce em sua fúria, Eve perguntou-se isto não hospedou em sua garganta e a sufocou para a morte.

“Eu direi a você o que aconteceu. Eu ganhei quatro libras em dois meses. Não que Stu se importa. Mais para amar, é o que ele diz. Mas eu fiz a broca, e ela terminar? Não, ela não iria!”

“Você teve um problema com isto.”

“Condene direito. Ela disse que eu não qualifiquei. Quem ela era para dizer? Que pele fora de seu nariz é para assinar o jornal de maldição muito meu seguro lega pagar a conta? As pessoas assim me fazer doentes.”

Ela iluminou outro cigarro, scowled por fumou que cheirou gosta de hortelã em chamas.

“Você discutiu com Sra. Swisher?”

“Dito seu só o que eu pensei sobre ela e seu Christing regimen, e disseram que eu iria processar. Teria, mas seu marido é um advogado de maldição, então o que é o ponto? Todo mundo sabe que eles juntar-se gostam de uma pilha de cagar. Desculpe eles estão mortos, entretanto,” ela adicionou como uma reflexão tardia.

“Exército aposentado do seu marido agora, e empregou com . . .” Eve fingida verificar suas notas.

“Ele é segurança no Céu Mall. Duro de viver de aposentadoria, mais meu Stu, ele gosta de sair e fazer um trabalho. Seguro melhor lá, também. Ele trabalha lá outros dezoito meses, e eu posso conseguir o esculpir, neles.”

Continue comendo, irmã, e vai levar mais que esculpindo. Vai levar um airjack para cortar você. “Enquanto isso, você era ambos muito insatisfeito com Sra. Swisher.”

“Claro que nós éramos. Ela tomou nosso ganho com muito trabalho dinheiro e não fez nada para isto.”

“Isto é triste, e parecendo incapaz de processar com sucesso, você deve ter querido ser recompensado em algum outro modo.”

“Dito todo mundo que eu soube que ela era um curandeiro de Christing.” Seus queixos triplos sacudido com satisfação. “Eu consegui bastante amigos, e então façam Stu.”

“Se ele tiver sido eu, eu teria querido algo mais pessoal, mais tangível. Talvez você e seu marido foram para Sr. Ou Sra. Swisher reclamar, exigir seu dinheiro atrás.”

“Nenhum ponto.”

“Seu marido casa estava ontem à noite? Entre um e três da manhã?”

“Onde outro que ele estaria à uma horas de manhã?” Ela ardentemente perguntou. “O que é isto?”

“Uma investigação de homicídio. Os registros militares do seu marido indicam que ele era um Sr”

“Oito anos. Então o que?”

“Eu pergunto-me, quando ele reclamou para seus amigos sobre tratamento do Sra. Swisher de você, eles devem ter conseguido aquecer--em sua conta.”

“Você pensaria, não é? Você pensaria. Mas as pessoas não têm muita condolência para uma mulher com minha condição.”

“Isto é uma vergonha. Você não tem alguns amigos, ou parentes, quem podiam frente você o dinheiro para o corpo trabalha?”

“Cague.” Ela estourou fuma, agarrado outro doce. “Quem nós vamos saber com aquele tipo de dinheiro? Eu era um pirralho do Exército, e meu pai morto serviço seu país quando eu tinha dezesseis anos. Família do principalmente trabalhadores de fábrica do Stu fora em Ohio. Você sabe o que esculpir custos?” Ela exigiu. Então ela varreu ela olhar acima de Eve, enrolado seu lábio. “Quanto ele custou você?”

Eve pausada fora do edifício. “Você pensa que eu devia ter sido insultado?” Ela perguntou-se. “O 'quanto custou você ' rachadura?”

“Ela provavelmente significou isto como uma espécie de elogio. Mas quieto, eu tenho uma grande-tia que é metade francesa e eu era tipo de insultadas com rachaduras francesas do Sra. Grentz.” Ela deslizou no veículo. “Este aqui é contado.”

“Sim. Nenhum modo ela é esperto suficiente, nenhum modo eles têm os recursos. Registro de exército do limpo do marido, e até o MP restringe não daria a ele o tipo de treinar que nós somos depois. E ele é muito velho, muito pesado ele mesmo de acordo com seus ID dados.”

“Podia só estar puxando as cordas, mas--”

“Certo. Duro de acreditar em ninguém casado com ela, vivendo em um total de lugar de fumaça e doce, é disciplinado e inteligente suficiente para esboçar uma operação gostar de este aqui.”

“Ou trabalhando como um zangão de segurança no centro comercial, perseguindo fora de crianças, principalmente. Ruim-mouthing e reclamando, é disso que estas pessoas fazem.”

“E eles não aniquilam uma família inteira porque eles são urinados fora em alguém. Não,” Eve concordou. “Ela era irritante, e ele é provável o mesmo, mas eles não são inteligências dominantes ou assassinos de criança de sangue frio.”

“Você sabe o que mais? Eu não penso que quem fizeram isto, ou é atrás disto, feito qualquer barulho. Eu quero dizer, nenhum deste, eu lego-processo-seu-charlatões-asno negócios. Eu sei que nós tenhamos que verificar aqueles, mas isso não vão ser o golpe.” A Eve manteve sua atenção na estrada à medida que ela dirigiu. “Por que?” “Porque ele para pensar que ter adiante, certo? Tem que ser controlado e organizado. Sempre que isto aconteceu--eu quero dizer qualquer que era que o fiz objetivo estas pessoas--ele teve que puxar isto. Porque ele teria pensado retorno. Em algum dia, de alguma maneira. Mas você não deixa uma trilha.” Agora Eve girou sua cabeça. “Meu orgulho em você borbulha em meu coração. A menos que ele seja aquele cachorro de soja que você me conversou em mais cedo.”

“Nossa, Dallas, um rubor sobe para minhas bochechas. A menos que isto, também, é o cachorro de soja.” Ela thumped um punho em seu tórax, deu um arroto pequeno, de alguma maneira refinado. “Ache que isto era o cachorro.”

“Agora que nós estabelecemos isto, vamos ter o próximo na lista.” Peabody telefonou a lista, o próximo nome, o local, e as direções do menu de colisão. Então se debruçou adiante, stroking a colisão e sussurrando. “Veículo bom, bonito veículo. Veículo esperto.” Ela deslizou ela olha em direção a Eve. “E quem conseguiu o veículo agradável, bonito, espertos para nós?” “Você já ordenhou aquele, Peabody.” “Sim mas-- Aww, e veja, olhe para seu pequeno 'vínculo buzinando.” Agitando sua cabeça, Eve respondeu o buzinar. “Dallas.” “Um pouco tit para tat vindo para seu modo,” Nadine disse, “então não esqueça isto. O scanner levantou um agarramento-e-agarrou relatório. Fêmea em Avenida B, lançado atrás de um furgão rápido como uma piscada.” “A menos que ela esteja morta, ela não é minha mesa. Desculpe.” “Fria, cruel, verdade. A coisa é, uma das testemunhas a reconheceram, e realmente aborreceram dizer muito para os uniformes respondendo. Disse que ela era um assistente social chamado Meredith Newman. Eu venho a saber daquele e eu pensar, eh, não é que o nome de--”

“O GPS falar sem parar o caso de Swisher.”

“Eu estou encabeçando abaixo lá, fazer algumas entrevistas. Pensou que você quereria conhecer.”

“Nós estamos a caminho. Não converse com qualquer um na cena, Nadine. Eu preciso de um atirado primeiro. Você vai dar a mim tit,” ela adicionou quando boca aberta do Nadine. “Não seja parcimonioso com isto.”

Ela cessou bruscamente, chicoteou ao redor um canto, e foi para o sul.

 

A EVE MANCHADA O CANAL 75 Van ESTACIONADO EM zona de um carregar em Avenida B. Ela chicoteou por isto, então estacionado em fila dupla ao lado do branco e preto já no meio-fio.

Ela Nadine manchado também--era duro não quando o perfeitamente cabelo listrado e o vívido real azul do repórter está em-terno de ar pulou fora gostou de um exótico florescer contra a floresta de enfraquecido de camisas sujas e concreto borrado.

Ela era cozied em cima com um trio da diariamente entrada lurkers mas descascada em direção a Eve.

“Eu nunca disse que eu não faria perguntas,” Nadine imediatamente disse. “Mas eu mantive isto fora de registro. No momento. Seu uniforme é dentro de com a mulher que reivindica ter visto o agarrar e reconheceu o grabee. Oi, Peabody. Como você está sentindo?”

“Melhor e melhor, obrigado.”

A Eve enviou um olhar fixo duro no furgão. “Repila as câmeras.”

“Rua pública,” Nadine começou. “Público--”

“Nadine, você sabe por que eu freqüentemente dou a você um dentro de caminho? Porque não é apenas da história com você. Você realmente dá mais que um transcurso pensou para as pessoas na história. E você não iria, nem mesmo para avaliações, sacrifiquem aquelas pessoas para conseguir seu bonito rosto em ar.”

Nadine estourou uma respiração longa. “Cague.”

“Repila as câmeras,” Eve repetiu e andou a passos largos em direção ao prolongado lurkers. “O que você viu?” Ela começou. “O que você sabe?”

O mais fraco do lote, uma misturada-corrida vara com um pitted aparência, grinned--ilustrando que seu cuidado dental era ligeiramente abaixo do padrão de sua pele se importar--e esfregou seu dedo polegar e dedo indicador junto.

“Detetive Peabody.” A Eve falou em aprazível afina, seu frio de olhos como do tubarão. “Em sua opinião profissional, este fez individual, quem possivelmente testemunhou um crime, só solicite um membro do NYPSD para um suborno em troca de informações relativo a aquele crime?”

“Isso parece ser o caso, Tenente.”

“Mim e meu 'sociates necessidade alguns içam. Você dá, você consegue.”

“E, Detetive, o que seria minha resposta mais habitual para tal requerimento?”

“Sua resposta, Tenente, seria para arrastar dito individual, e possivelmente seus associados, em Centrais, possivelmente carregada com obstrução de justiça e impedindo uma investigação de polícia. Você também determinaria se assunto e/ou seus associados tiveram folhas. Nesse caso, você então gastaria tempo considerável arruinando seu dia e potencialmente fazendo suas vidas, para as a curto prazo pelo menos, inferno de um feder.”

“Isto é exatamente correto, Detetive. Obrigado. Você pega algum disto, asshole?”

Ele realmente olhou machucou. “Não iça?”

“Isto também é exatamente correto. Agora eu repetirei: O que você viu, o que você sabe?”

“Você vai me levar em que eu não digo?”

“Duas respostas corretas em uma fila. Queira tentar para três?”

“Bem, cague. Eu visto o grande nariz embaralhando junto, vindo junto parecendo com que ela cheira algo que ela não gosta de. Não vale a pena dois olhares, mas nós enforcamento justo, então eu começo a dar seu um sopro. Então a coisa de furgão, voa em cima. Rápido! E o dois dudes, eles estalam fora a parte de trás. Conseguido em cada sida ela. Erga ela, lance ela, estrondo, bam, ido. Nós e meu 'sociates, nós 'da competiu com eles mas eles eram rato rápido, homem. Você consegue?”

“Sim, eu consigo. O que eles pareceram com? Os homens quem estalaram fora a parte de trás?”

“Como ninjas, homem.” Ele olhou para cada de seus camaradas para acenos com a cabeça de acordo. “Como um coupla pontapé-rosto ninja dudes em linhas pretas com a coisa de máscara.”

“Que tal o furgão?”

“Preto, também.”

“Faça, modelo, prato?”

“Inferno, o que eu sei? Eu não não dirijo nenhum furgão. Grande e preto, e moveu liso como ganso caga. Musta sido um dude na frente, mas eu não não vi nada. Não estava olhando. E o grande nariz? Ela até não grita. Conseguido seu agarrado e escondeu tão rápido, ela até não grita. Nós gelamos agora?”

“Sim, nós somos gelar agora. Nome?”

“Homem.” Ele embaralhou seus pés. “Ramon. Ramon Pasquell. Eu fui legitimado libertar sob palavras, homem. Eu estou procurando por um trabalho agora, mas eu estou de pé aqui jawing você.”

“Certo. Ramon, se você ou seus associados lembrarem de qualquer outra coisa, você pode contactar-me em Central.” Ela o deu um cartão e uns vinte.

“Eh!” Nenhuma quantia de joy iluminando seu rosto podia fazer isto qualquer menos feio. “Você refrigerador para um grande nariz.”

“Falador doce,” ela disse e caminhou no edifício.

“Você não tem um grande nariz,” Peabody assinalou. “De fato, podia ser chamado estreito e elegante.”

“Grande nariz--curioso--Polis, GPS, oficiais de provação, e assim por diante. Nós somos todos os grandes narizes para lastima gostam de Ramon.”

“Ah, eu consigo. O relatório tem a testemunha no terceiro andar. Cabo, Minnie.”

Só levou um olhar no encardido, dented porta do elevador fraco único para ter Eve tomando os degraus encardidos ao invés. Ela teve um momento para perguntar-se por que o fedor de urina e vomita sempre pareceu penetrar as paredes em tais lugares quando um uniforme saído de uma porta no terceiro andar.

Ela notou que ele fez eles como Polis até antes dele de olhos o distintivo ela enganchar em seu cinto. “Tenente, você é rápido. Eu acabei de pedir detetives.”

“Belay isto, Oficial. Este incidente pode ser relacionado a um de nossos casos. Ela indo me dar qualquer coisa que vale a pena?”

“Viu a coisa inteira. Ela é excitável, mas ela viu o agarrar, reconheceu a vítima. Meredith Newman. Proteção de criança. Eu contactei GPS, e ele cheques. Newman era esperado aqui por uma casa cheque.”

“Certo. Rescinda o pedido para um detetive. Eu contactarei Central depois que eu conversei com a genialidade. Eu gostaria de você para esperar no andar de baixo. Eu tenho sua unidade encaixotada em de qualquer maneira. Eu quererei seu relatório quando eu estiver amarrar aqui.”

“Sim, senhor.”

Como ele afundou, Eve glanced em Peabody, notou as contas de suor em rosto do seu companheiro. Devia ter arriscado o elevador, ela pensou. “Você segurando, Peabody?”

“Sim, eu sou bom.” Ela cavou fora um tecido, enxuto seu rosto. “Ainda consegue um pouco sem fôlego, mas o exercício serve me para. Eu sou bom.”

“Você é caso contrário, eu quero conhecer. Não faça pussy ao redor.” Eve aumentada para a porta, bateu. Ela podia já ouvir os gritos, o chorar, as vozes. Um trio de vozes, se ela não fosse. E dois deles crianças.

Pareceu ser sua semana para crianças.

“Polícia, Sra. Ligar por cabo.”

“Eu acabei de conversar com a polícia.” Uma mulher, olhando hostilizada--e quem com uma criança não iria no quadril e o outro puxando em sua perna?-- Abriu a porta. Seu cabelo era um pequeno, pontiagudo blonde, ela constrói ida em direção a parte inferior pesada. E seus olhos tiveram o matiz de coelho rosa de um bom junkie.

“Tenente Dallas, Detetive Peabody. Nós gostaríamos de entrar.”

“Eu disse o outro sujeito os trabalhos. Jeez, Lo-Lo iria ya parar por dois segundos. Desculpe, as crianças são aborrecidas.”

“Este Lo-Lo?” Peabody sorriu. “Oi, Lo-Lo, por que você não aparece aqui comigo.”

Crianças respondidas para Peabody, Eve notada. E este aqui, um tamanho de quartilho com cabelo como blonde e pontiagudo que da sua mãe, perna descascada da sua mãe, ponha ela entregar do Peabody, e foi embora para murmúrio.

Não existia longes para ir. O quarto estava um pouco L, com uma cozinha formando o entalhe. Mas existiam alguns brinquedos dispersos ao redor, e o criança arrowed em direção à pilha para compartilhar eles com seu novo camarada.

“Eu vi da janela, lá.” Minnie apontou, trocando a criança pequena em seu quadril. Este aqui teve olhos como grandes e unblinking que da coruja, e uma colheita de smokey cachos marrons. “Eu estava assistindo para ela, para Sra. Newman. Ela não faz--não pensou que eu limparia, ela não pensou que eu chutaria o medo. Mas eu fiz. Sido fora dele seis meses agora.”

“Boa.” E se ela não tivesse estado nele demais mais longa que ela tem sido fora de, seus olhos poderiam um dia perder as beiras vermelhas e brancos rosados.

“Eles iriam tomar minhas crianças. Eu tive que limpar para minhas crianças, então eu fiz. Não sua culpa eu fui atarraxado em cima. Eu sou fora do medo, e eu vou para reuniões. Eu chego lugar verificado, e eu sou limpo. Eu preciso de Sra. Newman dizer que eu posso manter minha condição de mãe de temporário profissional. Eu preciso ter o dinheiro, precise pagar o aluguel e a comida, e--”

“Eu contactarei GPS e direi a eles que eu estava aqui, viu que você era limpo, e suas crianças gostadas de. Seu lugar é limpo,” ela adicionou.

“Eu tive certeza. Fica sujo, com as crianças, mas eu não deixo ficar sujo. Eu consigo um pouco mais de dinheiro junto, eu vou nos mover para um bairro melhor. Mas isto é o melhor que eu posso fazer agora. Eu não quero atarraxar em cima minhas crianças.”

“Eu posso ver isto. GPS enviará outro rep. Você não perderá sua condição devido a estas circunstâncias.”

“Certa.” Ela tornou seu rosto no pequeno é pescoço. “Desculpe. Eu conheço que eu não devia ser muito em que estou continuando comigo quando aquela senhora se conseguiu agarrado assim. Mas eu não quero perder minhas crianças.”

“Diga a mim o que você viu.”

“Eu estava de pé lá, na janela. Eu estava nervoso, porque ela não gostou de eu. Está certo,” ela corrigiu. “Ela não se importou. Não deu um molenga secado completamente.” Ela estremeceu, examinada em sua menina mais velha. “Eu tento para não usar idioma ruim na frente das crianças, mas eu esqueço.”

“Não se preocupe sobre isto.” Eve andada para a janela. Existia uma visão clara da rua. Ela podia ver o branco e preto, e sua próprio veículo. E o agitar punhos de motoristas que estavam lutando o logjam o estacionar em fila dupla causado. “Aqui?”

“Sim. Eu estou de pé lá, com Pedaços em meu quadril, como agora. Eu estou dizendo a ela e Lo-Lo eles têm que ser bons. Meus olhos.” Ela tocou um dedo só abaixo de sua esquerda. “Você tem estado no medo, até quando você for fora de por algum tempo, eles ficam piores quando você estiver nervoso ou chateado, ou só cansado. Ache que eu era todo. Eu vi ela vindo, caminhando daquele modo.”

Andando mais íntimo, Minnie apontou. “Tido sua cabeça abaixo, então eu não vi seu rosto a princípio. Mas eu soube que era ela. Eu ir voltar--então no caso dela olhar em cima ela não veria-me assistindo--mas eu vi o furgão. Acabou de voar em cima, sabe? Real rápido. Guinchando quando parou. Estes dois sujeitos saltados fora a parte de trás, e eles estavam em seu tão rápido. Pow! Agarrada ela em cima, imediatamente seus pés. Eu vi seu rosto então, só para um segundo. Ela dificilmente pareceu surpreendida, mas era--” Ela estalou um dedo. “Lançada ela pelas portas abertas, saltada em depois dela, e era ido.

“Eu chamei. Poderia ter me levado só um minuto, porque eu ficava tão surpreendido. Eu quero dizer era tão rápido, então era como nunca aconteceu. Mas ele fez. Eu chamei nove e um-um e eu disse o que eu vi. Eles não pensarão que eu tive qualquer coisa para fazer com isto, não é? Porque ela estava vindo aqui, e eu sou um junkie?”

“Você não soa como um junkie para mim, Minnie.”

Um sorriso iluminado em seus olhos que tem bordos vermelhos.

“Crianças atraentes,” Peabody comentou a caminho abaixo. “Olhe assim mulher está empurrando contra as chances. Boa chance ela fará isto.”

Eve movimentada a cabeça. O jogar fora ela soube--inclusive memórias vago de sua própria mãe--importada mais sobre a próxima dificuldade que qualquer criança. Minnie teve um tiro.

Ela andou de volta sobre a rua, sinalizado para Nadine. “Faça suas entrevistas. Mas mantenha nossos nomes. Eu não quero que quem fizeram este para saber que nós suspeitarmos uma conexão para o Swisher assassina.”

“E você faz.”

A Eve começou a dizer “fora de-registro,” mas decidiu seria um insulto dadas as circunstâncias. “Não. Eu sei que existe. Mas nós fazemos aquele conhecido, Newman está morto. Provavelmente é de qualquer maneira, mas isso lacraria o negócio. E não machucaria para bomba em cima o interesse humano relativo a Minnie Ligar por cabo--recuperando aterrorize viciado, trabalhando ficar limpa e faz direito por suas crianças, então em. Ela levantou-se, chamado este em. Mas faça isto claro, Nadine, como cristal, que ela era incapaz de dar a qualquer descrição do perpetrators.”

“Não é?”

“Não. Par de sujeitos, vestidos de pretos. Mascarou, movido rápido. Ela não podia fazer altura, idade, peso, corrida, nada. Só faz isto claro em-ar.”

“Conseguido isto. Eh!” Ela andou a passos largos, recorte de saltos de sapatos altos, como Eve foi embora. “Isto é tudo que eu consigo?”

“Todo existe, neste momento. Nadine?” Ela pausou longo suficiente para olhar ao redor. “Suas cabeças-em cima é notada, e apreciado. Oficial,” ela continuou, aumentando para o uniforme. “Dê-me seu relatório.”

A Eve sentada no cubo de dobro largo em Proteção de Criança e lutou não torcer. Ela odiou lugares como isto. Um atavistic que abomina com um desarrazoado atual de medo apressado por ela. Ela soube que era desarrazoado, conheceu que sua raiz estava em uma lista de jurados de horror de tecedura de monstro para fazer ela acredita em que ele era o menos de maus.

Mentiras, mentiras claro, malignas a manter em controle.

Quanto tempo ele levou para derramar a pele de medo de infância?

Nós fizemos sempre?

A mulher que se senta na estação de trabalho no cubo não pareceu com um monstro. Eles lançarão você em uma cova, pequena menina. Pretas e fundas e cheias de aranhas. Ela pareceu com vovó rechonchuda e confortável de alguém. Pelo menos o modo como Eve pressentiu vovós rechonchudas e confortáveis. Seu cabelo estava em um círculo limpo ao redor um redondo, rosado-cheeked rosto, e ela vestiu um vestido de impressão longa, informe. Ela cheirou gosta de bagas. Framboesas, Pensou Eve.

Mas quando você olhou em seus olhos, a vovó confortável não estava nenhum lugar para ser vista. Eles eram escuros e astutos, cansados e preocupados.

“Ela não fez o registro de entrada, e não responde seu 'vínculo.” Renny Townston, Supervisor do Newman, carranca em Eve. “Todo nosso reps-- masculino e fêmea--são alarmes de pânico emitidos. Eles freqüentemente visitam bairros ásperos, e assuntos mais ásperos. Eles recebem defesa normal treinando e são exigidas para atualizar que treinando, junto com suas outras qualificações de trabalho, anualmente. Meredith soube como cuidar de se de. Ela não é nenhum neófito. De fato. . .”

“De fato,” Eve iniciada.

“Ela está no limite da diretoria, em minha opinião. Um ano, talvez dois partiu nela para este trabalho. Ela faz o trabalho, Tenente, mas ela é perdida o coração. A maioria de faça depois de alguns anos. Em seis meses, se ele revira volta, tudo que ela estará fazer está pondo a tempo. O fato é ...”

“O fato é ?.”

“Ela nunca devia permitir que você a anulasse no Swisher importa. Nunca permitiu que você tirasse aquela criança de seu cuidado ou supervisão. Ela até não exigiu o local, e apenas seguido em cima no assunto a manhã seguinte.”

“Eu empurrei bonito duro.”

“E ela não levantou-se para isto, para você. No muito menos, ela devia ter ido com você e a criança, reportada em. Ao invés, ela foi para casa, e não arquivou o relatório até manhã.”

Aborrecimento, então preocupação, lips do pursed Townston. “Agora, eu tenho medo um de seus clientes a agarrado em cima. Eles nos culpam, sabe, mesmos como você Polis é culpado, para seu próprio screwups e failings.”

“Que tal sua vida pessoal?”

“Eu não sei muito sobre isto. Ela não é uma conversa-no-breakroom tipo. Eu conheço que ela estava datando alguém durante algum tempo recentemente, mas isto está terminado. Ela é uma mais solitária, que é parte do problema. Sem uma vida fora de, você não faz isto para idade aposentadoria.”

Entretanto ela conheceu que era um esbanjador de tempo, era uma rotina uma, então Eve tomou os dados em arquivos de caso do Newman. Ela tomou os nomes, os endereços. E com Peabody, foi apartamento do próximo a Newman.

O living/kitchen área era maior que Minnie Ligar por cabo é, mas lacked a cor e vida de desordem. Era limpo para o ponto de estéreis com suas telas de isolamento de paredes em branco, brancas, comprometidas, sua cadeira de sofá diretamente-forrado e único.

Existia uma unidade de dados em uma estação de trabalho no quarto--cama tidily feito--e duas caixas de discos, claramente etiquetou.

“Kinda triste, não é?” Peabody glanced ao redor. “Pensando sobre os lugares diferentes nós temos estado em hoje. Diga, Casa de tesouro louca do Sra. Grentz, o espaço selvagem onde o Hildy vive abaixo. Até Minnie Ligar por cabo é lamentável pequenos quartos. Pessoas vividas lá, você podia ver. O material aconteceu lá. Isto é como um vid fixar. Fêmea profissional único sem vida.”

“Por que eles não a levaram aqui, Peabody? Por que arrisque uma rua agarrar quando eles podem deslizar em uma habitação de família assegurada e matar cinco pessoas em menos tempo que leva para conseguir pizza entregua?”

“Um. Eles estariam com pressa. Eles quereriam conseguir seu rápido, veja o que ela sabe.”

“Parte disto. Sim, parte disto. Talvez este lugar parece morto, sente morto, mas ela era esperto suficiente, cuidadosa suficiente para alugar em um edifício com boa segurança. Ainda, nenhum problema real para nossos meninos. Mas eles não esperaram até que ela chegou em casa, não levou ela aqui. Eles a querem por algum tempo. É disso que eu quereria. Queira ter certeza que eles conseguirem isso tudo fora sua, e isso poderia tomar algum tempo. Tome isolamento. E existe mais.”

Ela girou um círculo, pensando. “Porque eles podem. Eles sabem como mover rápido, fazer um trabalho como este rápido, então quaisquer testemunhas potenciais vêem principalmente um obscurecer. Par de sujeitos em pretos, grande furgão preto. Pow, pow. Poderia não ter figurado que alguém faria mais que arranhão e cuspe acima dele naquele bairro, também. Ninguém relatórios, leva mais tempo para alguém perceber Newman está entre o perdido. Mais longo ainda para fazer qualquer conexão para o Swisher assassina.”

A Eve olhou para as paredes em branco, as sós, nitidamente feita cama. “Eles a têm em algum lugar, agora mesmo. Quando eles são feitos com ela, ela será tão morto quanto este quarto.”

A Eve retirou-se seu Communicator. Quando Baxter apareceu, ela estalou: “Comunicação privada. Chegue a um local seguro ou vá para texto somente.”

“Só mim e Trueheart aqui, Dallas. Brinque seja no andar de baixo. Nós a temos em monitor.”

“O assistente social em seu caso foi agarrado. Unsubs combina descrição de nossos suspeitos. Eu não quero a genialidade fora de sua visão.”

“Ela não é e não será. Você espera que eles virão depois dela?”

“Se eles podem descobrir onde ela está, eles tentarão. Eu a quero do lado de dentro, a toda hora. Fique neste até o da próxima vez você ouve sobre mim.”

Ela clicou fora de, chamado Roarke. “Eles têm o assistente social,” ela disse quando ele foi para privado. “Ela não sabe o local, e ele é um grande pulo. Mas eu alertei Baxter.”

“Compreendido. Eu legarei por este para Summerset,” ele adicionou em um tom que disse a ela que ele estava em uma reunião. “Eu posso estar lá eu mesmo em trinta minutos.”

“Eu não penso que eles podem mover mais rápido--e Newman acabou de saber que eu a levei, não que eu tomei sua casa, mas assista suas costas. Eles põem a criança comigo, eles põem você comigo. Outro agarra não está fora de cogitação.”

“Eu oferecerei a você o mesmo conselho, e diga aqueles em ambos os casos que é desnecessário.”

Este tempo era Roarke que concluiu transmissão.

“Concha em cima seus discos, trate livros, livros de memorando. Contato EDD para um pickup em seu equipamento. Vamos fazer isto pelo livro.”

“Quanto tempo você pensa que ela pegou?”

A Eve procurou o quarto totalmente, cruel. “Não longo suficiente.”

Quando Meredith surfaced, ela pensou que existia um gelo escolher centro morto de sua fronte, radiando fragmentos afiados de dor. A enxaqueca era tão ofuscante, ela assumiu a princípio que era a razão que ela não podia ver.

Seu estômago rolado um pouco, como se ela comesse algo passada sua data limite, mas quando ela tentou apertar sua mão para isto, seu braço não moveria.

De em algum lugar, ao longe, ela ouviu vozes. Um eco aguado de vozes.

Então ela lembrou. Ela tem caminhado em Avenida B, a caminho de uma casa cheque, e algo . . . Alguém . . .

O medo veio para rápido, lanceando pela dor. Quando ela tentou gritar, o único som ela podia fazer era uma selvagem, choramingando gemido.

Ela estava na escuridão, incapaz de mover seus braços, suas pernas, sua cabeça. Incapaz de ver ou falar, e quando algo escovou sua bochecha, seu coração esmurrado contra suas costelas gostam de um punho.

“Consciente do assunto. Meredith Newman, você está em um local assegurado. Você será perguntas feitas. Se você responder estas perguntas, você não será prejudicado. Eu vou remover a fita de sua boca neste momento. Uma vez que eu faço, diga a mim se você entender.”

Tendo a fita arrancou no sólido escuro causou um grito que era mais de terror absoluto que dor. Ela era slapped, palma aberta, em uma bochecha, seguida por uma rápida respondendo desajeitado no outro.

“Eu disse que digo a mim se você entender.”

“Não. Eu não faço. Eu não entendo. O que é o assunto? Quem você é? O que--” Ela gritou novamente, seu corpo que puxa contra as restrições como dor explodida. Como mil agulhas quentes picadas em seus ossos.

“Machucará toda vez que você recusa responder, qualquer hora você mente, qualquer hora você não faz como você é informado.” A voz estava quieta, apartamento. “Você entende?”

“Sim. Sim. Por favor, não machuque-me.”

“Nós não teremos nenhuma razão para machucar você se você responder nossas perguntas. Você tem medo, Meredith?”

“Sim. Sim, eu tenho medo.”

“Bom. Você disse a verdade.”

Ela não podia ver, mas ela podia ouvir. Ela ouviu pequeno buzina e pings, sua respiração--fixa. Não, outra pessoa, também. Ela podia ouvir, ela pensou, movimento--mas não onde a respiração estava. Dois deles. Existe dois deles.

“O que você quer? Por favor diga a mim o que você quer.”

Existia outro sacudir, chocando, mais rápido, isso deixou ela ofegando. Ela pensou que ela cheirou algo em chamas, como carne crua. E pensada, pela dor chocante, ela ouviu uma mulher rir.

“Você não faz perguntas.”

Uma segunda voz. Um pouco mais funda, um pouco mais Severo que a primeira. Não uma mulher. Deve ter imaginado. O que ele importa?

Deus, oh Deus, ajude-me.

Seus olhos que tem rodas, e ela viu existia luz de lânguido, só uma racha de leve para sua esquerda. Não na escuridão. Agradeça Deus, não na escuridão. Seus olhos eram batidos como sua boca tinha sido.

Eles não quiseram que ela visse eles. Não quis que ela pudesse identificar eles. Agradeça Deus, agradeça Deus. Eles não a iriam matar.

Mas eles a machucariam.

“Eu não irei. Eu responderei. Eu responderei.”

“Onde está Nixie Swisher?”

“Quem?”

A dor atingiu gosta de um machado ígneo, fatiando ela em cima o centro. Seus gritos entram repentinamente no ar, e lágrimas de choque derramado abaixo suas bochechas. Seus intestinos foram regar.

“Por favor, por favor.”

“Por favor, por favor.” Era voz da mulher, uma irônica imite de sua próprio. “Jesus, ela se caga. Pussy.”

Meredith gritou novamente quando a água glacial a atingiu. Ela começou a lamentar soluços agora, espessos, molhados, como ela percebeu que ela era desnuda, molhada, suja.

“Onde está Nixie Swisher?”

“Eu não sei que isto seja.”

E soluçando, ela braceou para a agonia que não veio. Sua respiração entrou calças agora, seu acompanhamento de olhos de um lado para outro, da escuridão, para a lasca de luz, para a escuridão, para a luz.

“Seu nome é Meredith Newman.”

“Sim. Sim. Sim.” Sua pele estava queimando, seus ossos eram como gelar. “Deus. Deus.”

“Nixie Swisher é um de seus casos, como um empregado de Serviços de Proteção de Criança?”

“Eu--eu--eu tenho tantos. Existem tantos. Eu não posso lembrar. Por favor não me machuque, por favor, eu não posso lembrar.”

“Registre azul,” um deles disseram por detrás ela.

“Overworked, Meredith?”

“Sim.”

“Eu entendo isto. O sistema absorve você, chupa você seco. A roda de atropela e esmaga o que é remanescente de você. A revolução vem por causa de tudo ele esmagamentos. Você está cansado da roda, não é?”

“Sim. Sim.”

“Mas ele não fez com você ainda. Diga a mim, Meredith, quantas famílias você destruiu?”

“Eu--” Lágrimas derramadas em sua boca. Ela tragou o sal deles. “Eu tento ajudar.”

Dor impossível, indizível seca nela. Seus gritos eram apelos descuidados para clemência.

“Você é um dente de engrenagem naquela roda. Um dente de engrenagem na roda que esmaga fora a alma. Mas agora está girando ao redor esmagar você, não é? Você quer escapar, Meredith?”

Ela saboreou vômito em sua língua, em sua garganta. “Sim. Não mais, por favor, não mais.”

“Nixie Swisher. Deixe-me refrescar você. Uma menina, uma menina jovem que não estava em sua cama como ela era informada para ser. Criança desobediente. As crianças desobedientes deviam ser castigadas. Aquilo não é direito?”

Ela abriu sua boca, insegura. “Sim,” ela disse, rezando isto era a resposta ele procurada.

“Você a lembra agora? Você lembra da pequena menina que não estava em sua cama? Grant e Keelie Swisher, falecidos. Executados para atos odiosos. Suas gargantas eram racha, Meredith. Você lembra agora?”

Sua voz mudou, só um pouco. Existia um fervor que não tinha estado lá antes de. A parte de seu cérebro registrou o fato enquanto o resto algaraviado em medo. “Sim. Sim, eu lembro.”

“Onde está ela?”

“Eu não sei. Eu juro que eu não sei.”

“Na azul,” a outra voz reportou.

“Sacuda.”

Ela gritou e gritou e gritou como a dor criticou a severamente.

“Você reportou para a residência de Swisher na noite que eles eram executados.”

Seu corpo continuado a estremecer. Saliva pingada abaixo seu queixo.

“Você falou com Nixie Swisher?”

“Entrevista, exame. Exame, entrevista. Padrão. Nenhum dano, nenhum molestamento. Shocky.”

“O que ela viu?”

“Eu não posso ver.”

“Que Nixie Swisher viu?”

“Homens. Dois homens. Facas, gargantas. Sangue. Nós esconderemos agora. Esconda e ser seguro.”

“Perdendo ela.”

“Estimulante.”

Ela lamentou novamente, lamentado porque ela voltava, ciente, acordados, e os sedimentos de dor ainda viveram nela. “Não mais, por favor. Não mais.”

“Existia um sobrevivente da execução de Swisher. O que ela disse a você?”

“Ela disse que . . .” Meredith disse a eles tudo que ela soube.

“Isto é muito bom, Meredith. Muito conciso. Agora onde está Nixie Swisher?”

“Eles não disseram a mim. O policial a levou. Contra procedimento, mas ela teve peso.”

“Como seu caseworker, você deve ser informado de seu local. Você deve a supervisionar.”

“Acima de minha cabeça. Debaixo da mesa. Eu não sei. O policial a levou. Policie proteção.”

Ela perdeu caminho da dor agora, dos tempos rasgou por ela gosta de setas em chamas. Perdeu caminho dos tempos que eles a trouxeram de volta da extremidade de oblivion, batida ela com perguntas.

“Muito bem, Meredith. Eu precisarei do endereço de toda casa segura que você sabe. Todo hidey-fura as escavações de sistema.”

“Eu não posso-- eu tentarei,” ela gritou contra a próxima onda de agonia. “Eu tentarei lembrar.” Ela soltou endereços entre soluços e choradeiras. “Eu não sei todos eles, eu não sei todo. Só o que eles dizem a mim. Eu não estou em carga.”

“Só um dente de engrenagem na roda. Quem tomou Nixie Swisher?”

“O policial. Policial de homicídio. Dallas. Tenente Dallas.”

“Sim, claro. Tenente Dallas. Isto é muito bom, Meredith.”

“Eu disse a você tudo. Tudo que eu sei. Você vai deixar-me ir?”

“Sim, nós somos. Muito logo.”

“Água, por favor. Eu podia ter alguma água?”

“O tenente Dallas Indicou onde ela podia tomar Nixie Swisher?”

“Não, não. Eu juro, eu juro. Em sua custódia. Não regs, mas ela empurrou isto. Eu quis chegar em casa. Era um lugar ruim para ser. Eu quis sair. Suposto verificar na casa segura com o assunto, mas Dallas me anulou. Eu a deixo.”

“Você tem estado em contato com Tenente Dallas desde aquela noite?”

“Não. Os chefes assumiram o comando disto. Eles não dizem a mim. É perfil alto. É sensível. Eu somente sou--”

“Um dente de engrenagem na roda.”

“Eu não sei nada. Você me deixará ir agora?”

“Sim. Você pode ir agora.”

A faca cortou tão rápido, então completamente através de sua garganta, ela nunca sentiu isto.

 

A EVE CAMINHADA EM SUA PRÓPRIA CASA COMO SE ELA estivesse caminhando em um op. “Ninguém entra, ninguém sai,” ela estalou para Summerset, “sem minha liberação. Compreensão?”

“Certamente.”

“Onde está a criança?”

“No quarto de jogo com Oficial Trueheart.” Summerset engatou de volta o punho de manga de sua jaqueta preta para revelar uma unidade de pulso. Não um pedaço de tempo, Eve notada, mas um monitor. Nisto, ela viu Trueheart e Nixie batalhando isto fora em uma de clássicas pinball máquinas do Roarke.

“Eu tomei a precaução de alfinetar um de mais casa em seu suéter,” ele adicionou. “Se ela mover de um local até outro, ele sinais.”

Apesar dela mesma, Eve era impressionada. “Doce.”

“Eles não deitarão uma mão naquela criança.”

Ela olhou para ele. Ele perdeu uma criança, uma filha, não tanto mais velha, realmente, que este aqui. Qualquer outra que ela pensou sobre ele, ela entendeu que ele permaneceria como proteção do Nixie.

“Não, eles não irão. Roarke?”

“Ele está aqui. Em seu escritório privado.”

“Certo.” O escritório onde ele manteve seu não registrado--e então ilegal--equipamento. Porém muita que ela confiou Peabody, existiam linhas. “Encabece em cima, lega você,” ela disse para Peabody. “Dê a Baxter o atual. Eu vou atualizar Roarke, então nós legamos conferência. Meu escritório.”

Como seu companheiro recomeçou atividades os passos, Eve saída do foyer e para o elevador. Lá ela pausou. “Eu preciso deles vivos,” ela disse para Summerset. “Melhor-argumento de caso.”

“Um deles vivos fariam.”

Ela voltou. “Ela será protegida. Medidas de extremo, inclusive término, serão empregadas se necessárias. Mas considere isto antes de você conseguir seus sucos. Dois homens Meredith Newman agarrados fora da rua--e se dirigir, de forma que faz três. Podendo haver mais. Eu não consigo um saudável, que eu posso suar, ela pode nunca ser segura. O mais deles eu fico saudável, a chance melhor eu ter que conseguir eles todos. Para conseguir o por que. Sem o por que, ela pode nunca ser segura. E ela nunca conhecerá. Você não sabe o por que, você sempre não cura.”

Entretanto seu rosto permaneceu ilegível, Summerset movimentou a cabeça. “Você é com razão, Tenente.”

Ela andou no elevador, escritório privado do Roarke ordenado.

Ele soube quando ela foi bem sucedida para o Gates, e que ela surgiu na frente de muito mais longo. Então ele fechou o arquivo, voltou a avaliar sua segurança.

Ele não pensou que era direito apropriado no momento para dizer suas uma das tarefas que ele escolheu para o unregisters era indepth--e tecnicamente ilegal--cheques de fundo em todas conexões de família do Nixie.

A avó estava fora. Ela teve alguns misdemeaner illegals carrega, qualquer número de cohabs, e teve um companheiro licenciado de meio período permanecendo.

Talvez o julgamento moral era irônico como ele era atualmente um guardião oficial para a criança e fazia pior. Consideravelmente pior.

Mas ele estava fazendo isto todavia. Ele não veria uma criança virada para uma mulher daquele tipo. Ela mereceu melhor.

Ele achou pai biológico do Grant Swisher. Levou um pouco de tempo, mas o julgamento moral lá rapidamente veio.

O homem estava raramente empregado, fez um pequeno restringir para roubo insignificante, e outro para içar veículos.

A irmã de passo pareceu mais promissora. Ela era casada, um advogado corporativo fora de Filadélfia. Sem filhos. Nenhum criminoso em registro, e financeiramente solvente. Ela foi casada, para outro advogado, por sete anos.

A criança podia ter uma casa com ela, temporariamente, até permanentemente devia ficar necessário. Uma boa casa, ele pensou, com alguém quem soube seus pais, que sentiram um pouco de conexão.

Ele se sentou de volta, tipped atrás na cadeira. Era nenhum de seus negócios. Não um pouco disto.

O inferno não era. Ele era responsável por aquela criança agora, se ele escolheu ser ou não. Se ele quis ser ou não.

Ele esteve do lado de fora seu quarto, viu o que quase tinha sido feito para ela.

Ele esteve do lado de fora quarto do seu irmão, viu o que tinha sido feito. O sangue do menino jovem secando enferrujar nas folhas, as paredes.

Por que era que vendo fez ele ver seu próprio? Ele não pensou sobre aqueles dias, ou então raramente não contou. Ele não era--não seria-- assombrados por pesadelos como Eve era. Ele era feito com aqueles dias, e o que tinha sido.

Mas ele pensou deles agora, pensou deles muitos tempos desde que ele tem sido dentro do Swisher casa.

Ele lembrou de ver seu próprio sangue. Vindo, apenas. A natação de dor obscena por ele como ele olhou fixamente para seu próprio sangue no chão imundo da ruela depois que seu pai o bateu metade para a morte.

Mais de metade, venha para aquele.

Ele quis dizer o matar? Por que ele já não perguntou-se isto antes? Ele matou antes.

Roarke olhou para a fotografia de sua mãe, dele mesmo como um bebê. Tal jovem, bonito rosto ela teve, ele pensou. Até contundido pelo bastardo é punhos, ela teve um bonito rosto.

Até Patrick Roarke quebrou isto, até que ele a assassinou com suas próprias mãos e a lançou no rio como esgoto. E agora seu filho não podia a lembrar. Ele nunca lembraria dela verbalizar, ou seu odor. E não existia nada para ser feito sobre isto.

Ela o quis, esta bonita menina com o rosto contundido. Ela morreu porque ela quis dar a sua família de filho.

Aqueles poucos anos mais tarde, tido Patrick Roarke, Deus o apodrece, querido deixar seu próprio filho para morto, ou ele simplesmente usou seus punhos e pés como sempre?

Uma lição para você, menino-o. Cheia da vida de lições duras.

Roarke arrastou suas mãos por seu cabelo, apertou eles para seus templos. Cristo, ele podia ouvir a voz do cocksucker, e que nunca faria. Ele quis um bebida, e quase rosa para despejar ele mesmo um uísque, só para tomar fora da extremidade.

Mas isso era uma debilidade--bebendo porque você quis cega a extremidade. Ele não provou todo dia, todo dia sangrento da vida ele foi dado que ele não seria fraco?

Ele não morreu naquela ruela, como Coyle pobre jovem morreu em sua cama. Ele viveu, porque Summerset o achou, se importou suficiente para tomar um menino quebrado --um sórdido pequeno filho de uma cadela, também.

Ele o levou em, e o tendeu. E dado ele uma casa.

Em um mundo humano, até um de assassinato e sangue, uma menina inocente não gostou de Nixie Swisher merecer tanto? Mereça mais que ele foi dado ?

Ele ajudaria ela pegar isto, por ela--e para seu próprio. Antes de voz conseguida muito alto do seu pai em sua cabeça.

Ele não conseguiu o uísque. Ao invés ele empurrou de lado as memórias, as perguntas, e tanta da náusea de coração como ele podia administrar, e esperado por sua esposa andar no quarto.

O quarto estava cheio de luz, as janelas largas descobertas. Ela não soube nenhum dispositivo de vigilância podia penetrar as telas de isolamento neles. A menos que ele construa eles ele mesmo, ela pensou. Então ele teria construído telas melhores.

No largo preto U do controle consola, ele se sentou, jaqueta descartada, mangas fechadas, a seda de seu cabelo amarrado atrás com uma corda.

Trabalhe modo.

O consolar sempre parecido um pouco futurístico para ela, da mesma maneira que o homem que pilotou isto podia lembrar a ela de um pirata no capacete de uma astronave.

As luzes relampejadas naquele brilhante preto como jóias que ele trabalhou os controles, manualmente, e por verbalizem.

Nas telas de parede eram áreas diferentes de seu domínio, e as vários respostas de computador deram relatórios vivos.

“Tenente.”

“Eu sinto muito sobre este. Eu sinto muito sobre que eu posso estar trazendo aqui.”

Ele parou o que ele estava fazendo. “Pause operações. Você está chateado,” ele disse, tão friamente quanto ele falou com o equipamento. “Então eu perdoarei aquela observação insultante.”

“Roarke--”

“Eve.” Ele rosa, cruzou o chão preto largo em direção a ela. “Nós somos uma unidade, você e eu?”

“Não parece ser qualquer modo ao redor isto.”

“Ou por isto.” Ele tomou suas mãos e o contato o afiançaram. “Ou debaixo disto, acima disto. Não se desculpe comigo para fazer o que você sentiu era direito para aquela criança.”

“Eu podia ter a levado para uma casa segura. Eu segundo-achado eu mesmo naquelas meias dúzia vezes hoje. Se eu tivesse, Newman saberia alguns dos locais. Se eles conseguirem eles fora de seu . . . Inferno, não se, quando. Existem Polis subindo agora mesmo de mover pessoas fora das que deviam ser locais seguros. Por via das dúvidas.”

Algo chamejado em seus olhos. “Um minuto.” Ele recuou, rápido, para o consolar, ligou um 'vínculo. “Dochas,” ele estalou nisto. “Codifique Vermelho, imediato e até notificação adicional.”

“Oh Cristo.”

“É lidado,” ele disse, girando do 'vínculo. “Eu tenho procedimentos embutidos para só este tipo de coisa. É improvável que eles acreditarão em que você a levaria lá--com tantos outros. Menos provável ainda eles podem achar isto. Mas é lidado. Da mesma maneira que isto é.”

Ele andou de volta para ela, movimentadas a cabeça em direção às telas. “Eu tenho toda polegada da parede e portão assegurado.”

“Um adolescente uma vez recuperado-se usando um caseiro jammer.”

O fato que ele momentaneamente olhou perturbou pela memória iluminou ela carregar. “Jamie não é nenhum adolescente ordinário. Nem era ele capaz de conseguir pelo secondaries. E eu melhorei desde então. Acredite em-me, Eve, eles não entrarão.”

“Eu acredito em você.” Ainda ela compassou para a janela, olhar, ver as paredes para ela mesma. “Newman não conhece que eu trouxe a criança aqui. Examinou cuidadosamente ela nisto, e não disse a ela, principalmente porque ela me irritou. Só um pouco bofetão. Minhas bolas são grandes que seu tipo de bolas de coisa. Insignificante.”

“Ser insignificante--e eu amamos aquele sobre você--adicionou outra camada de proteção acima de Nixie.”

“Sorte muda. Mas por que discuta com sorte muda? Eu tive seu supervisor levantado, tomado em protetor. Teve toda a papelada enterrada.” Ela xingou fora uma respiração. “Eu tenho Mira bloqueada, também, por via das dúvidas seus vazamentos de envolvimento. Ela não tem muito prazer em comigo.”

“Mais importante da sua segurança que sua felicidade.”

“Ponha vigilância em lugar do Peabody. Ela é minha, então eles podem ir para ela.”

“Ela e mcnab podem ficar aqui.”

“Uma família grande, feliz. Não. Nós divergimos de rotina demais, eles saberão que nós estejamos esperando por eles fazer um movimento.”

“Eve. Você e eu ambos sabem que eles sejam improváveis para partir esta casa hoje à noite, ainda que eles acreditam que a criança está aqui. Eles são cuidadosos, eles são organizados. Eles são controlados. Eles teriam que obter ou simular meu sistema. Acredite em-me quando eu disser que só levaria eles semanas. Então eles teriam que achar as rachas--do qual existem nenhum--eles teriam que praticar. Se você não corresse uma probabilidade nisto, como eu tenho, eu ficaria muito surpreendido.”

“Um pouco mais de doze por cento.” Ela girou para ele, emoldurado agora pelo vidro largo, largo. “Mas nós não tomamos chances.”

“E a probabilidade eles tentarão para você?” Ele ergueu suas sobrancelhas quando ela não disse nada, quando ele viu a irritação de lânguido em seu rosto. “Noventa e seis.”

“Você está logo atrás me, camarada, às noventa e um.”

“Sangrento aborrecedor para ter você deslizar por mim por cinco por cento. Você era de trabalho a perguntar a mim--e eu uso aquela língua de verbo em bochecha--fechar eu mesmo abaixo aqui. Nós vamos discutir sobre aquele de forma que eu tenho que lançar que cinco por cento probabilidade em seu rosto?”

Pensativamente, ela balançou de um lado para outro em seus saltos de sapatos. “Eu tive um argumento satisfatório descoberto.”

“Por que você não salva isto para outro tempo?”

“Eu posso fazer isto.”

O vínculo interno sinalizado. “Isto é Roarke,” ele disse de onde ele permaneceu, sua atenção quieta em Eve.

“Como por suas instruções, eu estou informando o tenente que Capitão Feeney e Detetive mcnab estão solicitando entrada no portão.”

“Você verifica ID visualmente e por verbaliza impressão?” Ela pediu a Summerset.

“Claro.”

“Eles são passado sem tocars para ser bem sucedido. Eu quero ir conversa para meu time,” ela disse para Roarke. “Certo se isso inclui você?”

“Eu não teria isto qualquer outro modo. Dê-me uns minutos para terminar aqui. Eu serei junto.”

Ela caminhou para o elevador, permanecido olhando para a porta quando abriu em seu comando. “Roarke? A coisa é sobre probabilidades, eles sempre não fatoram em todo elemento. Eles não podem completamente e com sucesso analisam toda emoção de humano. O computador não fatora em que se alguém chegasse para você, me tiraria. Se eles usassem você, pechinchada sua vida, não existe muito que eu não faria para conseguir você de volta. Então você fatorar que em, e eu figuro que você cortou à frente de mim na balança de probabilidade.”

Ela entrou no elevador depressa, fechou a porta antes dele poder responder.

A Eve deixa eles adaptar-se primeiro, vá pelo tagarelar, a cobiça para comida. Ela até ignorou o arrulhar flerte entre seu ás de companheiro e EDD Ian mcnab, o recente cohabs.

O fato era, Cor do Peabody tinha sido fora de desde que eles arrastaram em cima os passos para entrevistar Minnie. O arrulhar, porém impróprio, tido seu preso com alfinete novamente.

E enquanto eles povoaram, Eve organizou a conferência em sua cabeça.

“Certos, meninos e meninas.” Ela permaneceu permanecendo. Ela lidou com tais reuniões melhores em seus pés. “Se todo mundo for tido seu lanche da tarde, talvez nós podemos iniciar.”

“O bairro residencial cava.” Mcnab scooped em cima o última de leftover maçã torta.

Sua armação fraca era festooned--Eve figurou que era a palavra para isto--em um tanque de pele de neon laranja com chiar calças azuis que tiveram um pouco de tipo de braçadeiras prateadas hasteando a fora de cada perna. A acima de camisa era uma enxaqueca de pontos, excedidos só pelo arder cheques cobrindo seu airboots.

Seu brilhando cabelo loiro era puxado de volta de seu magro, bonito rosto. O melhor para exibir-se o trio de rolos laranjas e azuis adornando cada orelha.

“Eu estou contente que você aprova, Detetive. Agora talvez você pode dar seu relatório. A menos que, claro, você gostaria de segundos.”

Sarcasmo, até entregue em aprazível afina, podia bater gosta de um martelo. Ele tragou o último da torta depressa. “Não, senhor. Nosso time revisou e completou procura-e-esquadrinhou em todos os 'vínculos, todo d possuídos ou usados do e c por qualquer e todo o o competir, e o sobrevivente. Nós não achamos nenhuma transmissão nos 'vínculos diferente de comunicações ordinárias de e para o Swishers e seu doméstico. Enquanto existiam transmissões numeroso ao longo dos últimos trinta dias, eles verificam. Amigos, clientes, um ao outro, pessoal e transmissões de negócios. Uma lista de todo, com transcrição, está agora em diante disco para seu arquivo.”

“Trinta dias?”

“O Swishers passou sem tocar seus 'vínculos todo trinta. Isto é comum. Nós estamos entrincheirando-se, e recuperaremos as transmissões apagadas antes das trinta. Sobre os centros de dados, os arquivos são quase o que você esperaria.”

“O que eu esperaria, Detetive?”

Ele era aquecimento, ela podia ver, perdendo a dureza sua reprimenda causou. Ele se acorcundou mais confortavelmente em sua cadeira e começou a gesticular como ele falou. “Sabe, Dallas, jogos, fazer listas, comida planejando, compromissos, lembranças do aniversário. Material de família, material da escola, dados de férias a chegar. Arquivos de caso conseguidos de cada das unidades de negócios do adulto, comentários, relatórios, financials. Nada estala fora. Se eles tivessem dificuldade, ou suspeitou que eles poderiam ter dificuldade, eles não fizeram um registro disto. Eles não discutiram isto com ninguém via 'vínculo.”

Ele glanced em direção à tábua de assassinato, as fotografias da morte, e seus olhos--uns nublados verdes--endureceu. “Eu tenho gasto muito tempo com aquela família os últimos dias. Minha opinião--de seus registros e transmissões eletrônicas--eles não tiveram uma pista.”

Ela movimentou a cabeça, trocado para Feeney. Ao lado do mcnab elegante, ele olhou blessedly enfadonho. “Segurança.”

“Ultrapassado e fechou. Distante e em local. O diagnóstico esquadrinha não podia localizar a fonte, mas quando nós tomamos o sistema separadamente que nós achamos partículas microscópicas--rastros de fibra ótica. Eles enganchados em--britador de código portátil, mais provável. Tido que ser equipamento principal para ler o código, conseguir pelo failsafes sem tropeçar qualquer alarme. O equipamento e operador teve que ser principal para fazer isto na período de tempo que com que nós estamos trabalhando. Nós estamos procurando por pelo menos um suspeito que tem um conhecimento superior de e habilidade com eletrônica, e o equipamento para combinar.”

Desde que Feeney contou o com para confirmação, Roarke movimentou a cabeça. “Seu equipamento teria tido que ter sido pequeno, possivelmente palma-de tamanha. De sua descrição, Tenente, dos homens vistos ir embora do local dos assassinatos.”

“Eles cada tiveram uma bolsa, mas não,” ela confirmou, “nada grande.”

“Seu ordinário, muito melhor-que-médio, B e E homem não é provável ter acesso a um britador da palma de tamanha no alcance capaz de ler aquele sistema, certamente não naquela velocidade. Como o sistema não mostrou a nenhum sinal de mexer, os homens você está procurando por provavelmente não teve as habilidades de roubo para ir manual.”

“O significado eles tiveram que contar com equipamento, não...” Ela ergueu suas mãos, meneados seus dedos. E o fez sorriso.

“Exatamente. O equipamento também teria que ser sob medida especificamente para aquele sistema. A período de tempo significa era sob medida antes de sua chegada.”

“Confirmando que eles souberam o sistema, soube o que eles achariam, e estudaram isto ou duplicando ou comprando o mesmo sistema, ou o tempo de gastos em diante local.”

“O único modo que eles podiam ter estudado ele em local completamente suficiente para ter tirado este significa que eles tiveram tempo considerável--horas-- ambas dentro da casa e fora de, com ninguém interrogatório eles.”

Eve pursed seu lips em Roarke. “Horas?”

“É um sistema sólido, Dallas,” Feeney comentou. “Eles não conseguiram por por exame visual isto.”

“Então é improvável que eles correram sóis com o sistema real do Swisher. Peabody, você fez uma procura de compras daquele sistema de segurança?”

“Sim, senhor, e ele é uma baleia de uma lista. Eu comecei nisto, dividindo isto na cidade, fora da cidade, fora do estado, fora de país, e fora de planeta. Eu então eliminei compras feitas antes do Swishers obter seu sistema. Eu comecei corridas em compras na cidade, e eliminou aproximadamente outro seis por cento.”

“Por que processo?”

“Bem, separando fora compradoras únicas e casadas com família, então verificando aqueles para determinar se eles tivessem qualquer manutenção e conserto no sistema desde a data de compra. O perfil indica os assassinos não são homens de família, e a corrida de probabilidade deu a mim no noventa que este processo era o mais eficiente. Neste momento.”

“Você correu aqueles sistemas comprados que não estavam instalados pela companhia?”

Peabody abriu sua boca, então fechou isto longo suficiente para passar sem tocar sua garganta. “Não, senhor. Eu farei isso.”

“Divida a lista entre todos os membros deste time. Probabilidade ou não, não faça--neste momento--elimine famílias ou fêmeas únicas. Talvez um deles tem uma namorada, ou uma cúmplice. Talvez ele está um instalador licenciado. Talvez ele é apenas do vizinho à mão que diz, 'Eh, eu cuidarei daquele para você e salvarei você alguma massa.' Estes estão em casa sistemas de segurança, mas não existe nenhuma lei dizendo que uns negócios não podiam comprar um. Vamos embarcar nisto.”

Ela se debruçou de volta contra sua escrivaninha, lembrou do café que ela despejou antes dela começar. Ela levantou isto, bebeu isto tépido. “Baxter. Listas de clientes.”

“Ambos o Swishers teve uma boa coisa indo. Bem sucedidas em suas profissões. A firma de lei de família estava ocupada, e Swisher teve um bem ganhar taxa. Seu caseload pesa pesado em proteção de direitos das crianças, ternos de custódia, divórcio, enquanto seu companheiro toma mais do abuso direto, pensão, cohab dissoluções, e material de habilidade. Mas eles dois têm uma mistura, e ambos têm uma boa porcentagem da favor de bono trabalha.”

Ele armou seu tornozelo sobre seu joelho, escovou a linha das calças de seu terno bem cortado liso. “Ela não era não se acorcundava qualquer um. Muita indicações. Gostadas de fazer famílias ou pares, mas não se viraram o individual. Ela também trabalharia em uma escala corrediça, relação de taxa para renda. Gordurosos não justo,” ele adicionou. “Cavadas em várias desordens de comer, condições de saúde. Consultada com saúde do seu cliente se importa provedor, e fez telefonemas da casa.”

“Aloje telefonemas?”

“Ela visitaria a casa e local de trabalho do cliente. Faça um estudo em seu estilo de vida, recomende mudanças, não só em comer hábitos, mas em exercício, entretenimento, destaque níveis, os trabalhos. Aquele tipo de tratamento não veio para barato, mas como eu disse, ela teve muitas indicações. Clientes satisfeitos. Você conseguiu seu insatisfeito, também, ambos os lados.”

“Faça um cruzar. Veja quantas vezes seus clientes cruzados. Faça outro, veja que firma trabalhada do casos Swisher em onde o Meredith Newman era listado como GPS rep. Podia estar interessando dados. Trueheart.”

“Senhor.” Longo e desengonçado, e quase ternamente jovem em seu uniforme, ele veio para a atenção.

“Você tem gasto tempo com a testemunha.”

“Ela é uma criança agradável, Tenente.”

“Alguns dados adicionais dela?”

“Senhor, ela não conversa muito sobre isto. Ela está quebrar uns tempos. Não histérico, só se sente e chore. Eu estou tentando manter seu ocupado. Ela parece confortável comigo, e com Summerset, entretanto ela pergunta sobre você.”

“Pergunte o que?”

“Quando você estiver voltando, o que você está fazendo. Quando você for a levar para ver seus pais e seu irmão. Se você pegasse os sujeitos ruins ainda. Eu não sei muito, bem, eu acho que você diria psicologia de criança, mas eu diria que ela está esperando por ela mesma até que você faça. Pegue eles. Para datar, ela não disse nada que adicionaria a suas declarações prévias.”

“Certo. Partindo para Meredith Newman. GPS reps em casos como isto são mantidos confidenciais. Porém, não é aquele complicado para acessar os dados. Ninguém com interesse sério e razoável cortando capacidades podiam escorregar no GPS arquiva gosta de uma serpente pela grama. Feeney, eu quererei seu departamento para verificar o d e c é para qualquer evidência de cortar. Talvez nós conseguiremos um salto. O assunto era seqüestrado fora da calçada em Avenida B, luz do dia agarra, com testemunhas. A velocidade e sucesso do agarrar indica os suspeitos terem alguma experiência em raptos de luz do dia. Também indica existiam três. É improvável estes dois confiariam seu veículo para auto dadas as circunstâncias. Nós devemos assumir conexão do Newman para Nixie Swisher era o motivo para o agarrar. Nós devemos assumir que o perpetrators teve experiência em fazer agarrar desta natureza, em eletrônica e segurança, em assassinatos de cautela.”

“Exército ou para,” Feeney disse. “Espionagem ou forças especiais. Cidadãos médios, eles não são.”

“Se eles fossem militares, é provável que nós acharemos que eles lavaram--ou era promovido para fucking General por causa de suas habilidades particulares. De uma forma ou de outra, estes homens têm estado no campo, e eles ficaram molhados. Eles não são mofosos, qualquer um, então eles mantiveram no jogo.”

“Paramilitar pareça mais provável,” Roarke comentou. “Existe prova em exército normal que questionaria o tipo de personalidade ou predileção de mortal para ganho ou satisfação pessoal--particularmente crianças.”

“Os mercenários matam para ganho pessoal, e estão freqüentemente presos a militar ops.”

“Verdadeiro suficiente.” Mas ele agitou sua cabeça em Eve. “Isto é mais normalmente monetário. Onde está o ganho monetário aqui?”

“Nós poderíamos não ter achado isto ainda, mas vamos dizer eu concordar. E eu concordo que leva um certo tipo de personalidade para garganta de racha da criança enquanto ela dorme. Isto é tática terroristas, e franja nisto. Eu penso que isto é onde esta seta vai apontar.”

“Mais cruzando então,” Baxter põe em. “Terroristas ou membros conhecidos de organizações de franja.”

“Procure por times. Dois ou mais que são sabidos trabalhar junto, ou sabido ter treinado junto. Então nós precisamos pôr um deles, pelo menos, em Nova York durante os últimos anos.”

“Podia ser hirelings,” Baxter assinalou. “Trouxe em Nova York fazer o trabalho.”

“Chances baixas. Hirelings teria sido fumar uma hora depois do Swisher bater. Mas eles estão ainda em Nova York, ainda aqui para agarrar em cima Newman. Um ou eles dois almejados o Swishers, e por uma razão. Isto quer dizer, em um certo ponto, um ou mais deles cruzou caminhos com um ou mais do Swishers. Segurança e trabalho molhados, e eles estão em forma. Nenhum jóqueis de escrivaninha ou dados crunchers. Estas são operações de campo. Machos, entre trinta e sessenta para começar. Branca ou luz-esfolados machos. Ou eles ou sua organização tem bolsos fundos. Procure pelo dinheiro.”

Ela esfregou o de volta de seu pescoço, terminado fora do café frio. “Eles têm um lugar, em ou próxima à cidade. Sede. Eles têm necessidade algo local, e eles têm necessidade algo privado. O único motivo lógico para agarrarem Newman seria para informações sobre Nixie Swisher. Eles têm precisam em algum lugar que eles podiam a levar, trabalha isto fora sua.”

“Nós estaremos cruzando até o sangue fique sem nossas orelhas. Não reclamando, Tenente,” mcnab disse depressa. “Você não pode olhar para aquela tábua e reclamar. Só sente como o tempo está gotejando longe.”

“Então seria melhor você ficar ocupado.” Ela verificou sua unidade de pulso. “Baxter, vocês todos são certos onde nós instalar você?”

“É principal.”

“Trueheart, talvez você podia soletrar Summerset com a testemunha para quinze. Mira é esperada aqui brevemente, então ela a levará. Trabalhe com Baxter quando você for fora de babysitting trabalho. Feeney, você e mcnab podem trabalhar aqui no computador lab?”

“Nenhum problema.”

“Eu juntarei-me você,” Roarke disse a eles. “Mas primeiros, Tenente, um minuto de seu tempo.”

“Isto é sobre tudo que eu tenho sobressalente. Peabody?”

“Eu encabeçarei abaixo com Trueheart, diga oi para Nixie.”

Então, para Roarke, ela disse, “eu tenho que contactar o chefe, dê a ele um relatório, então isto tem que ser rápido.”

Ele foi meramente para a porta, fechou isto atrás de Peabody.

“O que?” As mãos da Eve foram automaticamente para seus bolsos. “Você urinou sobre algo?”

“Não.” Mantendo seus olhos, fundos e azuis, em sua, ele caminhou para ela. “Não,” ele repetiu, e tomando seu rosto em sua mão, beijada ela. Longa, funda, suave.

“Jesus.” Levou mais longo que devia ter para ela puxar suas mãos fora de seus bolsos e o cutucar de volta. “Eu não posso tocar fecho o lips com você agora.”

“Quieto.” Ele tomou seus braços, e o assistir seu rosto, tão fortes, tão sérios, tido ela indo quieto. “Eu estimo minha pele--um muito grande negócio. Eu farei o que leva para proteger isto. Eu farei mais ainda, eu prometo você, proteger isto de forma que você não é distraído desta com preocupação para mim. Eu amo você, Eve. Eu manterei seguro porque eu amo você.”

“Eu não devia ter pendurado aquele em você. Eu--”

“Quieto,” ele repetiu. “Eu não estou acabado. Você manterá você mesmo tão seguro quanto você pode. Você é corajoso, mas não despreocupado. Eu sei. Da mesma maneira que eu sei Existem riscos que você tomará, riscos você sentirá trabalho-com rumo a tomar. Não afaste eles de mim. Quando você achar um caminho para usar você mesmo como isca neste, eu quero saber sobre isto.”

Ele a soube, ela pensou. Soube ela, entendida ela, aceita e amou de qualquer maneira. Você não podia pedir mais. “Eu não faria nada assim sem dizer a você.” Quando seu olhar ficou fixo, ela encolheu os ombros. “Eu pensaria sobre fazer isto sem dizer a você, entretanto eu escavaria. Eu não estou fazendo qualquer coisa naquele ângulo até que eu esteja morto certo que eles não me conseguirão. Porque se eles me conseguirem, eles têm uma chance melhor de a conseguirem. E porque eu amo você, também: Eu fico certo, decida tentar algo, eu direi a você primeiro.”

“Bom o suficiente, então. Eu não perguntei antes, e eu sei que você seja apertado agora, mas você podia falar com o Dysons sobre Nixie?”

“Para ela. Ele estava fora disto. Ela não está em muito melhor formar. Eu vou dar a eles outros dias do par. Eu sei que é inconveniente, mas--”

“Não é. Eu só assumo que ela se sentiria mais fixa se ela tivesse aqueles rostos familiares, se ela fosse capaz de ter pais do seu amigo com ela.” Ele considerou dizer a ela o que ele descobriu relativo a família restante do Nixie, então deixa ir. Ela teve suficiente em seu prato. E por razões ele não podia explicar, até para ele mesmo, ele quis lidar com aquela parte disto. “Summerset disse a mim basicamente que Trueheart disse a você. Ela levanta, ela quebra, e levanta novamente. Ela está lamentando, e existe ninguém aqui que pode lamentar com ela, quem conheceu sua família.”

“Eu conversarei com Mira sobre isto. Talvez ela pode falar com o Dysons. Poderia ser melhor vir dela que eu.”

“Talvez. Eu irei juntar-se os meninos de EDD e deixo você para seu chefe. Agarre um nutribar pelo menos com o próximo galão de café que você bebe.”

“Cavalo, cavalo, cavalo,” ela disse como ele saiu para a porta. Mas ela conseguiu o nutribar fora de sua gaveta de escrivaninha.

 

DEPOIS DE MIRA E SUA ESCOLTA de SEGURANÇA ERAM passado sem tocars pelo Gates, Eve a encontrou na porta. Desde que ela teve os homens extras, ela ordenou segurança para fazer uma patrulha em torno dos chãos, com eletrônicos varra.

“Você está sendo muito cauteloso,” Mira comentou. “Você realmente espera que eles experimentar uma invasão esta casa?”

“Newman não sabe onde eu tomei a criança, então tentando um golpe aqui não é o passo lógico próximo.” Ela varreu um corredor abaixo de olhar. Trueheart teve Nixie no quarto de jogo, mas isso não significou a criança não podia vir para errante. “Por que nós não andamos do lado de fora por um minuto?”

Eve ido à frente pela sala de estar e o portas ao lado terraço. Ela teve uma pausa momentânea quando ela viu um pouco prata droid, uma caixa baixa, brilhante, busily absorvendo caídas folhas. “Huh, que tal isto.” Nela verbaliza, deslizou fora do terraço e deslizou abaixo um dos caminhos no jardim. “Wonder o que faz com eles uma vez que absorve eles.”

“Eu penso que corta eles em uma espécie de mulch, ou composto. Dennis conversa sobre conseguir algo como isto, então não faça. Eu acho que ele secretamente aprecia ajuntar o deixar à mão.”

Pensou Eve de tipo-de olhos da Mira, marido distraído. “Por que?”

“O trabalho descuidado que o consegue ao ar livre. Claro, se nós tivéssemos chãos este extenso para lidar, seria uma história diferente. É adorável fora aqui, não é isto, mesmo assim tarde no ano com tanto do desvanecimento de jardins longe em direção ao inverno.”

A Eve examinou os jardins, pelos ornamentais e árvores de sombra, árvores e mananciais passados para as paredes de pedra espessa. “Lote de modos em, lote de modos fora, mas como assegure como consegue.”

“E ainda sua casa. Isso faz isto difícil.”

“Eu fiz o telefonema. Olhe, é refrigerador fora aqui que eu pensei. Você certo por um minuto?”

“Eu sou bom.” Mira vestiu uma jaqueta, e Eve estavam atualmente em shirtsleeves. “Deve ser inconveniente, tendo tantas pessoas em sua casa.”

“O lugar está começando a cheirar gosta de Central. De qualquer maneira, se eles clicarem na idéia que Nixie está aqui, eles poderiam ver isto como um desafio, seja acelerado na idéia. A maior a missão, o maior o payoff.”

“Mas você não pensa que eles sabem que Nixie está aqui.”

“Eu reflito seu GPS médio rep derramaria dados gostarem de tubo de um esguichar debaixo de tortura. E eu não seguraria isto contra ela. Melhor eu posso especular, ela não sabe a testemunha está aqui, mas sabe que eu a levei e ultrapassei regs. Eles podiam pôr isto junto. Eu iria.”

“A tomada um civil testemunha em sua residência pessoal não é habitual, ou até procedimento normal. Mas sim, eles poderiam pôr isto junto. E você também assume aquela debaixo de compulsão de extremo, eu também esguicharia gosto de um tubo quebrado.”

“Não é uma reflexão sobre seus padrões ou sua integridade.”

“Não.” Mira escovou de volta uma onda de cabelo a brisa soprou através de sua bochecha. “E eu não tomo isto como tal. Eu imagino que você é certo. Enquanto eu gostaria de pensar que eu sofreria tortura e morte dolorosa para proteger outro, sou muito mais provável que eu sucumbiria. Então você me tem e minha casa debaixo de vigilância e segurança. Sensata de você, e eu me desculpo por objecting.”

“Eu tive você debaixo de segurança antes, e Palmer chegou a você.”

Mira como psicólogo e profiler e Eve que primários ajudou colocar no lugar Palmer. Seu divertimento de vingança depois de sua prisão escapar o inverno prévio quase custou Mira sua vida. Podia ter custo eles dois, Eve lembrada, quando ele seqüestrou Mira e enjaulada ela em um porão para atrair Eve para celebração de Eve de seu Ano novo doente.

“Ele não serviu para você uma festa de chá, qualquer um, e você levantou-se.”

“Ele acabou de querer que eu sofresse e morrer. Neste caso ... Onde está Nixie?”

“Eu tenho Trueheart a montando. Eu não soube onde você quis instalar com ela.”

“Onde você pensa que ela é mais confortável?”

A Eve olhou fixamente, em branco. “Ah, eu não sei. Ela fez certo na sala de estar última vez.”

“Um quarto atordoante, e certamente confortável. Mas talvez um pouco intimidando para uma criança acostumado a menos opulência. Onde ela gasta a maior parte de seu tempo?”

“Eu não sei que qualquer um, exatamente. Ela pendura com Summerset muito, mas ele está por toda parte a casa de maldição. Como térmitas. Ela e Trueheart eram rondar no quarto de jogo antes.”

“Quarto de jogo?”

“Roarke pegou um quarto de maldição para tudo. Imagine brinquedos, sabe, material de arcada.” Ela deu um encolher os ombros, entretanto ela teve que admitir, reservadamente, ela conseguiu uma carga fora do negócio. “Muito material de jogo clássico.”

“Criança amigável, então. Aqueles sons muito bons.”

“Certo.”

Quando Eve não voltou para a porta, Mira perguntou, “Como faz que você sente que ela está contendendo?”

“Teve um pesadelo ontem à noite. Um gritador real. Pensou que eles estavam vindo a por, no armário, debaixo da cama.”

“Natural suficiente. Eu estaria mais preocupado se ela não tivesse medo. Se ela estivesse reprimindo.”

“Como eu fiz.”

“Você contendeu em seu próprio modo.” E porque eles vieram bastante uma distância nos últimos dois anos, Mira tocou uma mão para braço da Eve. “E ainda façam. Esta criança tem uma fundação firme, que apareceu inesperadamente de debaixo dela. Mas aquela fundação significará que ela mais provável terá um tempo mais fácil recuperando seu fundamento. Com aconselhar, com cuidado, e um retorno a normalidade.”

A Eve se juntou. “Existe uma coisa. A situação ela está em, o que eu estava em, eles não são nada semelhantes. Nem mesmo feche. Mas--”

“Um jovem traumatized criança.”

“Ela teve o assassinato feito ao redor ela. Eu assassinei.”

“Por que você chama isto assassinato?” Voz afiada da Mira. “Você sabe muito bem era nada disso. Você era uma criança que luta por sua vida. Se um daqueles homens acharam Nixie, e por um pouco de milagre ela pode o matar, salve se, você chamaria isto assassinato? Tenente.”

“Não.” A Eve fechou seus olhos, chateie abaixo antes da imagem poder formar. “Não. Eu sei que eu fiz o que eu tive que, como ela fez o que ela teve que. Eu matei, ela escondeu.”

“Eve.” Seu tom gentil agora, Mira deitou uma mão em bochecha da Eve. “Eve. Você não teve nenhum lugar para esconder.”

“Não, eu não tive nenhum lugar.” Ela teve que andar longe de que toca, daquela compreensão quieta, ou dissolva. “É bom que ela fez. Boa ela era esperto suficiente para fazer o que ela fez, forte suficiente para rastejar por sangue para sobreviver.”

“E então fez você, então era você esperto suficiente e forte suficiente. E apavorou suficiente. Você não pode evitar vendo você mesmo, como você era, quando você lidar com ela.”

“Eu vi eu mesmo. Quando eu a achei, amontoado naquele banheiro, sangue por toda parte ela. Por um minuto, eu vi eu mesmo naquele fucking quarto gelado em Dallas. E eu quase fui embora dela. Inferno, eu quase fui embora dela.”

“Mas você não fez. E o que você sentiu é normal. Que semelhanças você vê--”

“Eu sou projecting. Eu sei o termo.” Ela sentiu temperamento rebelar-se nela, empurrou isto atrás. “Eu sou manipulação isto. Eu estou dizendo a você porque eu figuro que você devia saber que existe uma coisa. De vez em quando.”

“E eu espero que você dizer a mim se ficar demais para lidar. Por você como também sua. Neste momento, eu acredito em que sua empatia com que ela é útil--para ela. Ela sente isto, e ele adiciona a sua sensação de segurança. Você não é só uma figura de autoridade. Você é seu salvador.”

Eve girada para a porta, abriu isto. “Ela se salvou.”

Depois de voltar do lado de dentro, Eve teve que suportar um momento, oriente se e traz o local do quarto de jogo em sua cabeça.

“Se você precisar conversar sobre este adicional--”

“Eu informarei.” Ela fechou a porta nisto. “Deste modo. Nós a mantemos em monitor. Conseguiu um de mais casa nela.”

“Nenhuma precaução é excedida, em minha opinião.”

“Nas figuras de autoridade, eu conversei com seus guardiães legais. Pais do Linnie Dyson. Eles estão ainda bonitos despedaçados. Eu pensei se você conversasse para eles que poderiam vir para mais fácil que tendo um policial em seu doorstep novamente.”

“Eu farei o que eu posso. Serviria para Nixie, certamente, ver eles, conversar com eles. E ajudaria eles também.”

A Eve pausou. Ela podia ouvir o buzinar e sinos de máquinas. Eles deixaram a porta para o quarto de jogo aberto. “Escute, antes de você entrar. Agarrando em cima Newman assim. Era coberta de asno, e um passo lógico. Mas ele estava escorando, também. Luz do dia, na frente de testemunhas. Tirando algo que arriscado, esteja indo para suco você em cima. Coolheaded, planejadores de sangue frio, organizados, certo, mas você vai sentir o suco.”

“Aqueles que, até habitualmente, apresentem em profissões ou situações arriscadas conseguem o pontapé de adrenalina. É parte da razão que eles fazem o que eles fazem.”

“E quanto mais eles saem de Newman, a maior a pressa.”

“Sim.”

A Eve alarga um suspiro fundo. “Ela está morta, não é? Assim que eles determinam que eles conseguiram todas as informações fora suas, não existe nenhuma razão para manter seu vivo.”

“Infelizmente, eu concordo. Você não podia ter economizado ela.”

“Eu podia ter pensado adiante. Eu podia ter ordenado este proteção lockdown mais cedo em todos conectaram festas. Mas eu não fiz.” Inquieto, ela moveu seus ombros. “A compreensão tardia não muda nada, então eu pensarei adiante agora.”

Ela gesticulou em direção ao quarto. “Eles estão lá. Você pode dizer pela loucura de barulho.”

“Você devia entrar comigo. Ela precisa ver você habitualmente,” Mira continuou quando Eve instintivamente andada atrás. “Para lembrar de-me em conexão para você, de forma que ela é confortável comigo. Uma vez que ela viu você, você pode ir.”

“Certo. Jeez.”

Nixie era insistir em um tamborete e empurrando os botões para o flippers em um pinball máquina. Aquele, Eve notada, com Polis e ladrões--Favorito particular do Roarke.

Trueheart era aplauso ela, e olhado mais ou menos dois anos mais velhos que sua carga.

“Você conseguiu isto agora, você conseguiu isto! Explosão eles bons, Nada. Em perseguição, suspeitos armados! Você balança.”

O sorriso mais minúsculo arrastado em suas bochechas, mas seus olhos eram enfocados, sua sobrancelha tricotada em concentração feroz.

A Eve cheirou pipoca, e viu uma tigela dele em uma das mesas. A tela de parede estava ligada, volume até gritar, com um de vídeos do Mavis vociferando. Mavis Freestone se, em pequeno mais que um clarão de pintura, saltada naquela tela com que olhou estar vários piratas principalmente desnudos. Os remendos de negro não estavam só vestidos acima do olho no mundo do Mavis, Eve observada.

Ela reconheceu a canção--por assim dizer. Algo sobre ter seu coração afundado e seu amor náufrago.

“Eu não estou certo aquele vídeo, porém divertido, é apropriado para idade do menina Nixie.”

“Huh?” Eve olhada atrás em Mira. “Oh, bem, cague. Eu deveria desligar isto?”

“Não importa.” Mira bateu levemente mão da Eve, e esperou até Nixie perdeu a bola.

“Eu ainda não fiquei pontuação alta.”

“Repila as calças de mim,” Trueheart lembrou a ela.

“Mas eu não posso bater Roarke. Talvez ele engana.”

“Não poria isto passado ele,” Eve disse. “Mas eu assisti ele naquela coisa. Você só não pode o bater.”

Ela esperou o tom casual, um pouco alegre manteria Nixie no humor de jogo. Mas assim que a criança descida do tamborete, ela olhou fixamente para Eve, a pergunta nela olha claro.

“Não.” A Eve falou tersely agora. “Não ainda. Quando eu conseguir eles, você será o primeiro a conhecer.”

“Oi, Nixie.” Mira aumentou para a máquina. “Você pode não ter ficado pontuação alta, mas isso parece muito impressionante para mim.”

“Não é bom o suficiente.”

“Quando ele é o melhor que você pode fazer, é bom o suficiente. Mas talvez Roarke tocará isto com você algum dia. Talvez ele mostrará a você um pouco de seus truques.”

Uma faísca de interesse iluminou seu rosto. “Você pensa?”

“Você pode perguntar a ele e ver. Oi, Oficial Trueheart.”

“Dr. Mira. Boa ver você.”

“Você conhece toda a polícia?” Nixie quis conhecer.

“Não, não todo. Mas vários. Eu gostaria de conversar com você novamente, Nixie, mas primeiro eu pergunto-me se você pudesse me mostrar como tocar aquela máquina. Parece que diversão.”

“Eu acho. Se você quiser.”

“Eu faço. Eu precisarei desligar a tela primeira.”

“Mas ele é Mavis. Ela é o ult.”

“Oh, eu acho, também.” Mira sorriu na suspeita fresca em olhos do Nixie. “Eu tenho vários de seus discos eu mesmo. Você conheceu Tenente Dallas e Mavis são amigos? Amigos muito bons.”

“Volte!” Então ela mordeu seu lábio. “Com licença, eu não sou suposto para sass adultos.”

“Isso está certo. Você ficava só surpreendido. Eve?”

“Huh?” Ela tem perguntado-se por que ver um Mavis principalmente desnudo, e companhia, na tela era imprópria para uma criança que viu o assassinato em cima fechou e pessoal. “Oh, sim. Sim, Mavis e eu somos camaradas.”

“Você conversa com ela, pessoalmente?”

“Bem, certo.”

“Ela já vem aqui, direito da casa?”

“O tempo todo.” A Eve era oferecida a tão longa, unblinking olha fixamente novamente. Trocada sua posição. Pensou sobre segurança e procedimento. Sentidos seus ossos começam a queimar debaixo daquele olhar fixo. “Escute, se eu posso balançar isto, e ela não está ocupada, eu verei se ela pode vir por algum dia. Você pode a encontrar e . . . Qualquer.”

“Para real?”

“Não, para falso. Jesus, criança.”

“Você não deveria afugentar de mim.” Nixie informado ela desta, bastante primly.

“Então revira volta assim eu posso jurar atrás de você. Você diretamente aqui agora?” Eve perguntada, só um pouco desesperadamente, de Mira. “Eu tenho trabalhar.”

“Nós somos bons.”

“Trueheart, comigo.”

“Sim, senhor. Até mais, Nixie.”

Mas antes dela chegar a porta, Nixie trotou em cima atrás dela. “Dallas. Eles todos chamam você Dallas,” ela disse quando Eve olhou de volta. “Com exceção de seu. Para o doutor.”

“Yeah,so?”

“Você está indo embora trabalhar?”

“Não, eu vou trabalhar aqui durante algum tempo.”

“Certa.” Ela caminhou de volta para Mira. “Eu mostrarei a você como tocar agora.”

Por algum tempo” era horas. Mcnab poderia ter exagerado sobre sua hemorragia de orelhas, mas Eve pensou que seus olhos poderiam. Ela correu procura depois de procura, esperando por nomes para cruzar. Quando o sol afundou e a luz em seu escritório escurecido, ela programado mais café, e manteve ida.

“Comida.” Roarke entrou. “Você enviou seu time casa para comida, recarregar, descansar. Faça o mesmo por você mesmo.”

“Vai exista uma partida. Tem que ser.”

“E o computador pode continuar as corridas enquanto você come. Nós estamos indo no andar de baixo.”

“Por que abaixo--oh.” Ela esfregou ela dá seu rosto. “Certo. O que nós deveríamos conversar para ela por volta de agora?”

“Eu estou certo que nós pensaremos sobre algo.”

“Você sabe o que? Ela está um pouco assustadora. Eu penso todas aquela raça é. As crianças eu quero dizer. É como eles sabe que material que você esqueceu, mas eles martelo quieto você com perguntas. Ela balançou em cima, entretanto, quando Mira disse a ela que eu era amigos com Mavis.”

“Ah.” Ele se sentou no canto da escrivaninha. “Um Mavis abana. A conversação considerável para ser minada lá.”

“E ela quer que você toque pinball com ela. Ela pegou uma raia competitiva, parece como. Ela está um pouco curvou que ela não pode encontrar suas pontuações.”

“Realmente?” Seu sorriso floresceu. “Eu apreciaria isto. Eu a levarei abaixo para um pouco depois de jantar. Boa prática para quando nós tivermos uma ninhada de nossa própria.”

Ela não empalideceu, mas seus olhos foram vítreo. “Você está tentando peruca me?”

“É bastante irresistível. Vamos.” Ele resistiu uma mão. “Ser uma boa menina e vem para jantar.”

Antes dela poder subir, seu 'vínculo buzinado. “Minuto,” ela disse, e notou os dados de casas do chefe no ID. “É Whitney.” Sem pensar sobre ele ela endireitou em cima na cadeira, quadrados seus ombros. “Dallas.”

“Tenente. A casa segura em De noventa segundos foi batida.”

“De noventa segundos.” Não confiante seu arquivo mental, ela sacudiu seus dedos acima do teclado para educar os dados. “Preston e Cavaleiro.”

“Eles são ambos.”

Agora ela empalideceu. “Abaixo, senhor?”

“DOS.” Seu rosto era horrendo, sua voz era plana. “A segurança era comprometido. Ambos os oficiais eram terminados. Reporte para a cena imediatamente.”

“Sim, senhor. Chefe, os outros locais--”

“As unidades adicionais foram despachadas. Os relatórios estão entrando. Eu encontrarei você na cena.”

Quando a tela foi em branco, ela se sentou da mesma maneira que ela era. Sábado da mesma maneira que ela era quando Roarke veio a si para a escrivaninha para deitar sua mão em seu ombro.

“Eu escolhido à mão eles. Preston e Cavaleiro. Porque eles eram bons, sólido Polis. Bons instintos. Se iria existir um golpe em um dos locais, eu quis sólido Polis com bons instintos cobrindo eles.”

“Eu sinto muito, Eve.”

“Não teve que mover uma genialidade daquele local. Não teve qualquer um lá, mas era um dos endereços que Newman devia ter conhecido, então ele teve que ser coberto. Ela está morta, também, até agora. Apedreje morto. A contraparte é até oito.”

Ela rosa então, verificado seu equipamento de arma. “Dois bom Polis. Eu vou caçar eles abaixo gosto de cachorros.”

Ela não discutiu quando ele disse que ele estava indo com ela. Ela o quis atrás da roda até que ela estava mais certa de seu controle.

Como ela jogged degraus abaixo, puxada sua jaqueta em, Nixie terminou no foyer. “Você deveria vir para jantar agora.”

“Nós temos que sair.” Existia um firestorm furioso em cabeça da Eve que ela iria ainda para poder fechar para frio.

“Fora para jantar?”

“Não.” Roarke andou para Nixie, escovou uma mão ligeiramente acima de seu cabelo. “O tenente tem trabalhar. Eu vou ajudar, mas nós voltaremos assim que nós podemos.”

Ela olhou para ele, então enfocada em Eve. “Outra pessoa está morta?”

Ela começou a posto a bordo ele fora de, até para mentir, mas decidiu-se por verdade. “Sim.”

“E se eles vêm enquanto você foi? E se os sujeitos ruins vêm quando você não está aqui? O que--”

“Eles não podem entrar.” Roarke disse que isto muito simplesmente podia ser tomado como nada menos que fato. “E olhe aqui.” Ele tirou um vínculo pequeno de seu bolso como ele abaixou até seu nível. “Você mantém isto. Se você tiver medo, você devia dizer a Summerset ou uma da polícia nós temos na casa. Mas se você não pode dizer a eles, você empurra isto. Você vê?”

Ela moveu mais íntimo, seu blonde escovando sua preta. “O que ele faz?”

“Me sinalizará. Você pode empurrar isto, e meu 'vínculo buzinará duas vezes, e eu saberei que é você, e você tem medo. Mas não use isto a menos que você realmente tem que. Certo?”

“Eu posso empurrar isto agora, ver se ele trabalhos?”

Ele girou sua cabeça para sorrir nela. “Uma idéia muito boa. Vá em frente.”

Ela apertou seu dedo no botão que ele a mostrou, e o 'vínculo quieto em seu bolso buzinado duas vezes. “Ele trabalhos.”

“Faz, sim. Ajustará direito em seu bolso. Lá.” Ele deslizou isto para ela, então endireitou. “Nós voltaremos assim que nós podemos.”

Summerset estava lá, claro, pairando alguns pés de volta no corredor. Roarke mandou a ele seu próprio sinal como ele coloca seu casaco. “Tenente,” ele disse, girando. “Eu sou com você.”

Quando Summerset avançou tomar mão do Nixie, ela esperou até a porta fechada. “Por que ele chama seu 'Tenente '? Por que ele não chama seu 'Dallas ' gosta de mais todo mundo outro?”

“É uma espécie de estima entre eles.” Ele deu mão do Nixie um pouco aperta. “Por que nós não comemos na cozinha hoje à noite?”

Não era ira. A Eve não estava certa existia uma palavra para que agarrou a garganta, a barriga, a cabeça, os intestinos quando você olhou abaixo na matança de homens que você enviou na batalha. Os homens você enviou para sua morte. Afundando na linha era um risco que eles todos tomaram. Mas sabendo que não soltou o aperto, não quando ela tiver sido o para dar a eles suas últimas ordens.

O outro Polis estava quieto, uma parede muda. A cena tinha sido assegurada. Agora era até ela.

A casa segura era um posto--Construção de guerras Urbanas. Baratas, nunca queridas para durar. Mas ele permaneceu, uma caixa estreita de duas histórias, batidas contra algumas caixas mais estreitas que eram todo dwarfed e excediam pela força dos edifícios que sobreviveram às guerras, e o sleekness daqueles construiu desde o resultado apressado, saqueado.

Ela soube que a cidade comprou isto, e outros, no barato. Manteve eles quase sem capital. Mas a segurança era melhor que decente, com cheia-garimpando excêntricos, alarmes voltados em cima por alarmes.

Ainda, eles entraram. Não só entrou, mas tirou dois temperaram Polis.

A arma do cavaleiro estava ainda holstered, mas Preston é era desenhado, deitando inútil nos básicos dos degraus enquanto ele era espreguiçado e sangrentos neles.

O corpo do cavaleiro era facedown, um total anda a passos largos fora da cozinha. Um prato quebrado, café derramado, um veggie presunto em centeio era disperso na frente dele.

A tela de entretenimento avarento estava mostrando um jogo de Bola de Arena. A tela de segurança era preta como morte.

“Tomou Cavaleiro primeiro.” Sua voz era ligeiramente rouca, mas ela continuou a registrar a cena e suas impressões. “Levou ele terminando da cozinha. Surpreendeu ele. Se eles tomassem Preston, Cavaleiro terminaria com sua arma desenhada. Preston encabeça abaixo, pronto, mas eles o levam.”

Ela abaixou, levantou a arma. “Conseguiu uma explosão, pelo menos uma, antes dele afundar. Oficial, comece um investigar. Eu quero saber se alguém ouvisse fogo das armas. Se eles ouvissem gritos. Se eles vissem um fucking barata passar deste modo.”

“Tenente--”

Ela meramente girou sua cabeça, e a expressão em seu rosto teve o uniforme movimentando a cabeça. “Sim, senhor.”

“Corte suas gargantas--seu jogo favorito. Mas eles não cortaram duas gargantas do Polis sem uma briga. Tido que incapacitar primeiro. De longo alcance stunners,” ela disse, estudando o lânguido chamusca em camisa do Preston. “É disso que eles tiveram. Nenhum chance este tempo. Matança não justa pequenas crianças. Então eles entram a frente. Deus condena como eles conseguiram por? Como fez eles comprometer este sistema tão rápido que dois Polis são pegos com suas calças abaixo ?”

“É um sistema de polícia normal,” Roarke disse quietamente porque ele ouviu mais que ira em sua voz. Ele ouviu dor. “Um bom sistema, mas assunto normal para policial alojar. Se eles tivessem o tipo de conhecimento que nós acreditamos, eles podiam ter fixado para este, tirado isto, conseguiu pela porta em abaixo de dois minutos. Muito provável consideravelmente abaixo de dois minutos com o equipamento eles devem ter em sua disposição.”

“Estes eram bons Polis,” ela lembrou a ele. “Muito bom para se sentar ainda para uma brecha como isto. O cavaleiro está na cozinha de maldição fazendo um sanduíche. Existe um monitor de segurança lá. Existem monitores de segurança de cima. A tela sai, você vai direto codificar Vermelho. Então ele não saiu. Não a princípio. Por que é Cavaleiro de cima?”

Ela andou acima do corpo, acima do sangue, e subiu para o segundo andar.

Existiam dois quartos, um banho. Todas as janelas eram isolamento screened, trancou, e telegrafado. Ela olhou para o 'vínculo no primeiro quarto, cruzado para ele e jogou de novo o último entrante.

Era áudio somente, e ele era ela verbaliza.

“Dallas, Tenente Eve. Os suspeitos são contidos. Repita, os suspeitos são contidos e sendo transportados. Permaneça abaixo e relatório para Central.”

“Eve de Fucking A. Murmurou.

“Tenente?” Existia puzzlement, mas nenhum alarme em voz do Preston. “Você está no vínculo da casa.”

“Eu estou ciente disto. Você copiou suas ordens?”

“Sim, senhor, mas--”

“Dallas fora.”

“Bem, cague.” A voz do Preston era perturbada agora, e ele não imediatamente concluiu a transmissão em seu fim. “Yo, Cavaleiro! De colarinho de Dallas o bastards. . . . Como o inferno faz que eu sei, ela era seu habitual falador auto. Faça-me uma areia de maldição--”

Existia um som arranhado, um grito, então o som de pés correntes.

“Verbalize simulador,” Roarke disse por detrás ela. “Existia uma qualidade de estanha para isto, e a falta de inflexão em seu tom. Eu suspeito, se ele tivesse outro momento ou dois, ele teria considerado isto, e verificados em com você.”

“Se trabalhando o simulador, dois entrando. Puxe um deles em cima aqui com o 'telefonema de vínculo, mantenha ele ocupado só longo suficiente. Bom equipamento de vigilância, talvez sensores de calor de corpo. Soube onde eles estavam. Um em cima, um abaixo. Tomou Cavaleiro antes dele poder piscar, mas Preston conseguiu um fluxo. Eles têm homed em ele, entretanto, então ele desce antes dele poder sinal existe dificuldade.”

“Se eles tivessem sensores, eles teriam conhecido existiam só duas pessoas aqui. Ambos os adultos.”

Ela tagged o 'vínculo para EDD. “Algumas das casas seguras têm quartos frios, justo atarraxar com aquele tipo de vigilância. Sujeite debaixo de proteção pode estar no quarto frio. Nenhum ponto em não verificando que fora, uma vez que você tem os locais.”

Ela encabeçou fora, e abaixo. Whitney entrou a frente como ela alcançou a parte inferior dos degraus.

“Chefe.”

“Tenente.” Ele movimentou a cabeça em Roarke, então cruzado para o primeiro corpo. Ele não disse nada. Então, continuando a olhar para seus homens caídos, falou em uma voz perigosamente suave. “Eles ainda não sabem a ira. Mas eles irão. Relatório.”

Ela foi pelos passos, reportando, registrando, colecionando, e reprimiram a tempestade do lado de dentro. Ela permaneceu acima de Morris como ele conduziu seu em-exame da cena. “Atordoada primeira. Midbody bate em ambos.”

“Preston teria sido quatro ou cinco desceria. Ele saiu de de um fluxo,” Eve adicionada. “Poderia ter pego deles. Não existe nenhum sinal de um golpe nas paredes, em qualquer lugar no quarto. A cena de crime atropelou isto. Nenhum resíduo. Nenhum tiro perdido aqui,” ela notou. “Todo mundo que despediu golpe algo que eles estavam apontando para.”

“Minha suposição seria que ele desintegrou mais que caiu. Eu saberei mais quando eu o conseguir em, mas o contundir, a posição do corpo indica que ele era punhalada de volta pelo fluxo, então dobrou, deslizou. Sua racha de garganta onde ele deita.”

“Eles tiveram que erguer cabeça do Cavaleiro para o cortar. Blasted atrás, prato e xícara voando. Bata o chão e pãozinhos facedown.”

Ela caminhou de volta para a porta da frente. “Entrou junto, um alto, um baixo. É sujeito baixo que toma Cavaleiro, do ângulo do golpe. Alto bata Preston. Movendo rápido, movendo liso.”

Ela simulou, arma desenhada, encabeçando adiante. “Se toma Cavaleiro.” Frio de sangue, ela moveu diretamente para o corpo, ergueu a cabeça pelo cabelo, desenho mimicado uma faca acima da garganta. “Canhoto este tempo. Versátil bastards. Teve o stunners no direito, facas na esquerda.”

Morris não disse nada, só assistiu.

“Segundos movimentos diretamente para Preston, curvas abaixo, fatias. Combata aperto, um golpe rápido. Então ele encabeça em cima, seu companheiro toma o andar térreo. Coloque este tamanho, eles podem confirmar está vazio em abaixo de noventa segundos.”

“Você caminhou para isto fora de já?”

“Sim, eu fui aprovado. Eles estão em, eles estão fora. Três minutos. O sangue no chão abaixo aqui, entrando na cozinha e no banheiro vão ser de Cavaleiro. De cima ele vai ser do Preston. Ocorrendo as facas, ocorrendo o equipamento. A trilha disto, o padrão, shows eles estavam movendo rápidos. Veja, olhe.”

Ela andou a passos largos para a entrada da cozinha, balançado seu direito de arma, esquerda. “Veja o sangue lá? Pausa, varra o quarto, se mude.”

Ela olhou de volta em cima os degraus. “Preston não devia ter descido assim, exposto. Dois segundos onde ele age antes dele pensar--ele está pensando sobre seu companheiro em vez de com instinto de policial--e ele está morto.”

Ela abaixou sua arma, holstered isto. “Fuck.”

“Palavras mais verdadeiras. Eu cuidarei deles agora, Dallas.” Ele não a tocou--suas mãos eram smeared com sangue--mas o olhar em seus olhos era como afiançavam como o gancho de uma mão.

“Nós vamos enterrar eles para este, Morris.”

“Sim. Sim, nós somos.”

Ela foi do lado de fora. A maior parte dos repórteres que juntaram tiveram disperso depois que Whitney deu a eles uma declaração breve. As histórias arquivar, ela pensou.

Mas ela viu Nadine acima de com Roarke por seu veículo. Alguma da raiva, as pontas duras frias disto, arranhado por. Ela andou a passos largos em direção a eles, prontos ajuntar o repórter sangrento--e tenha alguns bate partiram acima de seu marido--quando Nadine girou.

Seu rosto era listrado com lágrimas.

“Eu soube eles,” ela disse na frente de Eve poder falar. “Eu soube eles.”

“Certa.” A raiva retratada, desprezando aquelas pontas agudo acima de sua próprio intestino a caminho. “Certo.”

“Cavaleiro. . . Nós costumávamos paquerar. Nada sério, nada que qualquer um de nós queridos para ir em qualquer lugar, mas nós fizemos a dança.” Sua voz sem dinheiro. “Preston costumava exibir-se retratos de sua criança. Ele pegou um pouco menino.”

“Eu sei. Você devia tomar algum tempo, Nadine. Uns dias.”

“Depois de você conseguir eles.” Ela bateu seus dedos acima de suas bochechas. “Eu não sei por que é me batido deste modo. Não é a primeira vez que alguém que eu sei . . .”

“Preston pode ter batido deles. Eu estou dizendo a você aquele amigo para amigo, não policial para repórter. Porque você soube eles. Porque eu soube eles, e pensando que ele poderia ter batido deles me ajuda.”

“Obrigado.”

“Eu preciso ir acabo por aqui, lacre a cena, então entre,” Eve disse para Roarke. “Eu não sei quando eu estarei em casa.”

“Telefonema, não é, quando você faz?”

“Certo.” Ela pensou do que ele disse mais cedo sobre os riscos que ela teve que tomar. E o que poderia ser como para ele ver outro Polis, sangrento e morto.

Então apesar de Nadine, apesar do outro Polis, o techs, o poucos gawkers que iria ainda para ser cutucado a caminho, ela andou para ele, andado nele. Deitadas suas mãos em seu rosto, deitado seu lips em seu.

“Eu posso conseguir você um passeio em um do negro-e-brancos.”

Ele sorriu nela. “Não existe nada que eu gostaria de menos. Eu cuidarei de meu próprio transpo. Nadine, eu darei a você um elevador.”

“Se eu pudesse ter um beijo assim, eu seria erguido em órbita. Mas eu conformar-me um passeio para a estação. Dallas, se você precisar de um pouco de pesquisa no lado, outro par das mãos ou olhos, meu são seu. Nenhuma cordas em este aqui.”

“Eu manterei isto em mente. Mais tarde.” Ela andou a passos largos de volta em cima a calçada, e atrás na caixa estreita que cheirada da morte.

 

A PALAVRA ESPALHA DEPRESSA QUANDO POLIS AFUNDOU. Quando Eve alcançou Central, aquela palavra fluiu pelo labirinto, deslizou em cubos e escritórios, e tiveram o ar espesso com fúria.

Ela andou na caneta de touro, pausou. Ela não era muitas para falas. Ela preferiu instruções específicas ou ordens. Mas ela era grau aqui, e os homens merecidos para ouvir sobre ela.

Eles estavam em escrivaninhas, em cubos, respondendo 'vínculos, escrevendo relatórios. Um par esteve tomando declarações de civis que ou seriam vitimados ou vitimaram outra pessoa.

Existia o cheiro de café de fraude ruim, substituto de açúcar doentio, suor, e jantar gorduroso de alguém. E debaixo de era aquela fúria, uma madura, rica, perigoso odor.

A maior parte do barulho parou quando ela entrou, mas um dos civis continuados a lamentar em soluços suaves, líquidos. 'Vínculos buzinados, e para o momento era ignorado.

Ela soube que ela teve sangue nela, e ela conheceu todo policial no quarto viu isto e pensamento de onde veio de.

“Os detetives Owen Nomeia cavaleiro e James Preston afundou na linha em aproximadamente vinte e quinze hoje à noite. Eles eram assassinados enquanto fazendo o trabalho. O cavaleiro de detetive deixa uma mãe, pai, e irmã. O detetive Preston deixa uma esposa, uma três-filho de ano de idade, seus pais, avós. As doações para o Capital dos Sobreviventes podem ser feitas em seus nomes. Detetive Jannson,” Eve disse, “você coordenará?”

A mulher movimentada a cabeça. “Sim, senhor. Você pode dar a nós a condição, Tenente?”

“Nós acreditamos hoje à noite eventos são conectados aos homicídios de Swisher. Cinco civis, dois deles minors, eram assassinados. Preston e Cavaleiro, e todos de nós, é carregado com proteger e servir as pessoas de Nova York, de ver para sua segurança. Aqueles de nós aqui, em Homicídio, somos igualmente carregados para servir aqueles cujas vidas foram tomadas, de procurarem fora e temendo aqueles que tomam vidas. Nós fechamos casos aqui, e nós fecharemos este aqui. Para aqueles cinco civis, dois deles minors, e as pessoas eles deixaram para trás. Agora eles levaram dois de nosso próprio, e nós procuraremos eles fora e temeremos.”

Ela esperou uma batida, e existia só silencia. “Até que tal tempo qualquer e todos os pedidos para tempo pessoal, tempo de férias, licença médica deve ser passada sem tocar por mim ou o classificar oficial em turno. Você estará trabalhando este caso além de suas correntes, relatórios ser diariamente arquivados. Nenhuma exceção. Em mudança de turno, reporte para o pronto quarto para uma instrução específica e tarefas cheias. Nós vamos caçar eles, e nós vamos tirar eles. Isto é isto.”

Ela não ouviu nenhuma reclamação na carga adicional como ela caminhou em seu escritório, feche a porta.

Ela conseguiu café, então se acabou de sentar

Um representante de polícia e conselheiro de departamento teriam entregue as notícias até agora para as famílias dos mortos. Então ela era lutada isto. Ela teria que falar com eles nos resumos do juiz, ofereça a algumas palavras.

Ela quis as palavras para incluir: Nós conseguimos os filhos de cadelas que fizeram isto. Que deixou você uma viúva, que matou seu filho, seu irmão. Que deixou você sem um pai.

Ela beliscou a ponte de seu nariz, então rosa para alfinetar os silêncios da cena sobre sua tábua.

Então ela se sentou escrever seu relatório.

Nenhuma das outras casas seguras tinham sido batidas. Não bateu eles, ela pensou, porque você soube que o objetivo não estava lá. Soube aquele quando você achou dois armado Polis guardando uma casa vazia.

Matando eles eram um floreado, ela decidiu. Uma mensagem. Nenhuma necessidade para terminar eles fora de quando eles desciam. Já decidiu fazer isto, entretanto. Parte da missão. Tire todo mundo do lado de dentro, outro limpa varre.

E o que é a mensagem? Por que adicione matança de policial para a mistura quando diminui a força cheia do NYPSD? Porque você pensa que você é melhor--mais esperto, mais liso, melhor equipado. E você sabe que nós fizemos a conexão. Você conhece que nós temos a criança e você a querem.

Newman teria dito a você a criança não pode ID você. Mas ela é um detalhe, ela é um sentir falta, e você não pode arriscar isto.

Eu não iria, Pensou Eve. Não, eu não iria chance deixando aquela linha oscilando quando eu tiver sido tão cuidadoso. Não é quadrado longe, e é um pouco insultante. Um pouco de ranho-nosed criança escapa de debaixo de você?

Se orgule no trabalho. Ela tipped atrás só um pouco, rolados seus ombros. Precisa ter orgulho no trabalho para ser que condena bom nisto. E a missão não era realizada, não é completa até Nixie Swisher esteja morto.

“Então o que você fará próximo?” Eve perguntada em voz alta. “O que você fará?”

Existia um golpe afiado em sua porta, então Peabody empurrou isto aberto. “Você não me chamou em. Eu ouvi isto no goddamn tela.”

“Eu preciso de você amanhã. Eu preciso de seu fresco.”

“Bullshit.”

A Eve se sentou onde ela estava, entretanto uma vibração baixa começou a zumbir em seu sangue. “Cruzando uma linha, Detetive.”

“Eu sou seu companheiro. Este caso é meu, também. Eu conheci aqueles sujeitos.”

“Eu também sou seu tenente, e você vai querer ser cuidadoso antes de você acabar com um insubordinado em seu arquivo.”

“Fuck meu arquivo. E fuck você, também, se você pensar que eu dou asno do rato sobre isto.”

Lentamente, Rosa de Eve fora de sua cadeira. Queixo sobressaído do Peabody fora, sua mandíbula clenched--e então fez seus punhos. “Indo tomar um disparar contra mim, Detetive? Você estará em seu asno e sangrento antes de você terminar o balanço.”

“Talvez.”

No tempo todos que eles trabalharam junto, Eve viu Peabody urinou, machuque, triste, e pronto para estrondo. Mas ela nunca veria ela fervendo com todo. Uma escolha teve que ser feita, e depressa. Arado em, ande de volta.

E da mesma maneira que depressa, Eve decidiu fazer nenhum. Seus olhos ficados fixos, sua posição na pronta. “Você é bonito quando você estiver bravo.”

Existia uma piscadela, então duas. “Dallas--”

“Todo quente e vaporoso. Se eu fosse para meninas, eu saltaria você agora mesmo.”

Existia um tremer ao longo da mandíbula que ondulado em um sorriso relutante. E só assim, a crise passada.

“Eu não chamei você pelas razões que eu acabei de dizer a você. Mais este aqui.” Sua mão estalada fora, jejum como um chicote sacudido e conectado com costelas do Peabody.

Respiração chupada do Peabody em, e seu rosto perdeu toda cor--até que ele voltou com uma cor de lânguido de verde. “Isso era acabava de querer dizer. Até para você.”

“Sim, e dizendo. Você não é cem por cento ainda. Você não consegue seu tempo de manutenção, você é inútil para mim.” Eve cruzada para o autochef, ordenada em cima uma garrafa da água como Peabody se debruçou contra a escrivaninha e conseguiu sua respiração atrás. “Eu não tenho condições de mim preocupar sobre você, e eu sou. Eu não gosto de ver você machucando.”

“Que quase componha para o soco nas costelas.”

“O fato que você chamou aquela torneira um soco devia dizer a você algo.” Ela deu Peabody a água. “Você quase morreu.”

“Bem, Jesus, Dallas.”

“Você quase morreu,” Eve repetida, e ele era que companheiro fosse parceiro agora, uma unidade mais apertada que a maior parte de casamentos. “Eu tinha medo que você iria. Doente e com medo.”

“Eu sei,” Peabody respondeu. “Eu consigo isto.”

“Eu passei sem tocar você para voltar porque médico disse que você podia lidar com trabalho de luz. Isto não está acendendo fora para estar leve. Eu não estou tomando você fora deste caso porque eu sei se eu estivesse em seus sapatos--que nunca aconteceria, como eu teria que ser batido inconsciente antes de você conseguir aqueles rosa airboots em meus pés--”

Lips twitched do Peabody. “Salmão.”

“O que, você está com fome?”

“Não.” Peabody tomou outro gole da água e riu, então estremecido e esfregou suas costelas. “Os sapatos. O salmão da cor.”

“Mais a razão. Eu realmente vou vestir sapatos de peixe. Então--Deus, o que eu estava dizendo?”

“Você não está me levando fora de porque ...”

“Porque se fosse eu, o trabalho vai tomar minha mente fora do fato que eu quase fui tirado.”

“Faz. Eu acordei suados alguns tempos as últimas semanas, que não tem nada a ver com colchão que dança com mcnab. Mas ele está melhorando. Eu estou melhorando. Eu preciso trabalhar.”

“Concordou. Além das razões acimas, eu não chamei você em hoje à noite porque ...”

Ela alcançou Peabody passado para fechar a porta. “... Eu mandei a eles. Cavaleiro e Preston. Eu soube eles, também, e eu mandei a eles, e agora eles estão mortos. Eu tive que lidar com que primeiro, sozinho. Agora eu tenho, então vamos chegar a trabalhar.”

Peabody se sentou que “eu não estava louco em você. Bem, sim, eu era, mas era mais fácil estar louco em você, deixar isto centro lá, que ...”

“Eu sei isto, também. Tenha algum café.”

“Eh, você realmente ofereceu a mim café.”

“Eu quis dizer tenho algum café para mim, mas você pode ter algum, também.”

Peabody empurrou em cima, foi para o autochef. Enquanto ela programada, ela estudou a diretoria. “O que nós temos?”

Não levou sumário longo ela.

“Você tem uma cópia da 'transmissão de vínculo? Eu gostaria de ouvir isto.”

A Eve tirou um disco, tampou isto, telefonou a gravação.

Enquanto ele tocou, Peabody sipped café. “É fora de--só um pouco, mas ele é fechar. O modo que diz, 'eu estou ciente disto,' quando ele questionar você contactando ele no vínculo da casa. Eu teria sabido que não era você, mas ele não conversa com você todo dia, então sim, ele teria comprado isto. Inicialmente. Então, dê a ele outros dez segundos, e ele vai pensar: Vídeo bloqueado, você nunca o tratou por nome ou grau, e você não faz zangão trabalhar. Você não seria o para contactar todas as plantas e informar. Você estaria muito ocupado com os suspeitos.”

“Ele não teve os adicionais dez segundos. Ele sobe responder o 'vínculo. Só aloje 'vínculo no lugar, e naquele quarto porque aquele assegurado de quarto, para policie só quando existir uma testemunha nas premissas. Bom equipamento de espião, eles podem localizar isto, e ele serve para eles. Separe o dois deles. De cima abaixo, mantendo um no 'vínculo só longo suficiente para terminar de ultrapassar. Ele até não concluiu a transmissão quando eles estiverem em.”

“Quem chamou isto em? Quem chamou no oficial abaixo?”

“Eles não fizeram sua exigida de hora em hora entrada. O time substituto enviou em, achou eles. Investigue aumentou zilch, até agora.”

“Aqueles locais são soundproofed. Ninguém teria ouvido o fogo das armas.”

“É nível de rua, eles tiveram que fechar a porta atrás deles. Não falte um truque. Em, um deles dá isto uma bota. O cavaleiro termina, gritos a advertência, e ele desce antes dele poder desenhar sua arma. Preston responde, sai de de um fluxo, e ele desce. Termine eles, faça uma procura rápida--não indo faltar qualquer coisa este tempo. Então eles estão fora.”

“Tido que ter um veículo em algum lugar, correndo a vigilância, a eletrônica.”

“O terceiro homem, pelo menos mais um. Possivelmente dois agora. Para se dirigir, se lidar com o equipamento. Dentro de sujeitos reportam o objetivo não está lá, o veículo dirige-se a um pickup localizar, ou só atrás para HQ. Estes sujeitos vão embora. Vá embora da cena porque alguém poderia notar e lembrar de ver dois sujeitos entrarem em um furgão fora de um lugar onde dois Polis conseguiu suas gargantas cortarem. Muitas pessoas ao redor lá, caminhando, correndo faz compras, aclamando táxis. Não é uma cova gosta onde eles pegaram Newman.”

“Alguém poderia ter notado dois sujeitos entrando e deixando a cena.”

“Sim, e nós esperaremos, mas é menos de um risco. Uns pedestres, ao invés de dois homens saltando atrás de um furgão--especialmente desde os relatórios de como Newman era seqüestrado estão por toda parte da tela. Melhor se misturar coisas que formam muito reconhecível um padrão.”

“E nós ainda não sabemos por que.”

“Nós trabalhamos com que nós sabemos. Conhecimento de extremo de eletrônica e vigilância, do estilo de comando bate. Participantes múltiplos. Isto é um time, e bem-lubed. Este time, ou um membro disto, ordenado ou solicitou o golpe no Swishers. E existe uma boa chance eles-- O que?” Ela gritou, irritado no golpe em sua porta.

“Desculpe, Tenente.” Jannson permaneceu na entrada.

“O que é isto, Detetive?”

“Eu comecei a fazer os círculos, para o Capital dos Sobreviventes.”

“Nós teremos que discutir tão mais tarde.”

“Não, senhor. Eu descia em Registro, e quando um dos uniformes estavam cavando fora uma doação, ele disse que eles tiveram um LC no tanque que era mouthing fora sobre saber algo sobre que afundou. Ele era urinado sobre isto, o uniforme, porque ela é uma visita regular--nível de rua. Sempre procurando por um ângulo, principalmente cheio disto. Ele figurou que ela ouviu alguns dos homens que conversa sobre Cavaleiro e Preston e querer alguma atenção, um pouco glória. É um longo atirado caso contrário, mas eu não quis que omitiu. Tenente, ela era levantada no Oeste Oitenta Nove. Quarteirões justo da cena.”

“Traga ela, em Entrevista. Nós a levaremos para um giro. Verifique que disponível de quarto.”

“Eu já fiz. Entreviste Um ser claro.”

“Traga ela. Em você quer?”

Jannson hesitou, e Eve podia ver a luta em seu rosto. “Três de nós lá, dá seu dedo polegar demais. Eu tomarei o Quarto de Observação.”

“Tenha Registro crescer rapidamente em sua folha. Captura boa, Jannson.”

Ophelia Washburn era mais que vestidas em torno das extremidades. Ela era rumo a esfarrapada. Ela era uma larga-tornada mania mulher preta com peitos de tal enormidade e estatura nenhum anjo de Deus deram eles. Seu topo era reluzido e emplumado e cansado poderosamente para segurar aquelas montanhas em lugar.

Seu cabelo era um choque de branco. A Eve sempre perguntou-se por que níveis de rua parecido cabelo enorme era tão grande um cartão de desenho quanto peitos enormes. E por que qualquer um era precisado, quando a maioria dos clientes ou quis um estrondo rápido ou um trabalho de sopro rápido.

Seu lips estava cheio, grande, e tingiu combinar o topo. Um dente canino de ouro refletido entre eles, enquanto o resto de seu rosto era pintado e slathered até certo ponto aquele gritado fora, “Prostituta aqui! Inquira relativo a taxas.”

Mas toda a pintura e betume não disfarçaram o fato que Ophelia era passada principal. Mancando em direção a cinqüenta, uma década além da idade a maioria de níveis de rua queimada e tomaram trabalhos como garçonetes ou cavaleiros irritáveis em clubes de sexo. Talvez atores de pedaço em porn vids.

“Ophelia.” A Eve manteve ela verbalizar luz, até amigável. “Eu vejo que você está operando em uma licença suspensa e ter três outras violações dentro dos últimos dezoito meses.”

“Não, veja, isto seja a coisa. Aquele policial, ele disse que eu estava levando illegals e eu disse a ele o John musta pôr eles me. Você não pode confiar um John, toma isto de mim. Mas eles não pagam a qualquer mente, e eu consigo minha licença suspensa. Agora como eu deveria fazer um vivo que eu não posso enganar? Quem eu estou machucando lá fora? Eu consigo minha saúde verifica regular. Você pode ver aquele em meu arquivo. Eu sou limpo.”

“Também diz que você testou positivo para Exotica e Foi.”

“Bem, musta sido um engano, ou um pouco de John, ele me deslizou algum. Alguns esfregam Continuam seu dicks. Dê um bj, e você está aí.”

A Eve armou sua cabeça como se ela achasse esta informações fascinantes. “Você sabe com este último busto, eles vão erguer sua licença permanentemente.”

“Você pode consertar isto. Você pode consertar aquele para mim, 'porque eu consegui algo para você.”

“O que você tem para mim, Ophelia?”

“Primeiro você conserta isto.”

“Peabody, eu olho como se a maior parte de meu cérebro recentemente tem estado cirurgicamente removido?”

“Não. Você certamente não olha quase escurece suficiente para consertar uma folha deste comprimento sem o primeiro recebendo informações salientes.”

Ophelia enviou Peabody uma carranca. “O que ela quer dizer saliente?”

“Ophelia, dois Polis estão mortos.” A luz, tom amigável virou frio como Plutão. “Você ouviu sobre isto. Se você estiver usando isto, se você estiver me tocando com aquele assim você pode conseguir sua licença clara, eu pessoalmente verei que não está só erguido, mas que você é perseguido pelo Polis para a extensão que você não poderá doar trabalhos de sopro para causa de tempos velha.”

“Nenhuma necessidade para conseguir pissy.” O lips grande da Ophelia pareceu ganhar peso com um fazer beicinho. “Só tentando nos ajudar ambos os outtava emperrar.”

“Então você diz a mim o que você sabe, e se ele ajudas, você sai.”

“Com uma licença?”

“Com uma licença.”

“Phat. Então, aqui seja o que. Eu estou fazendo o passeio em Noventa e dois. Minha área habitual de negócios é o centro da cidade, mas com minha situação atual, eu mudei. E você melhora Oeste de truques Superiores. Aquele tempo de dia, muitos nove-a-cinco cabeçalho para a para casa depois de um bebida rápido. Eu dou a eles um bj para ir com isto, talvez um estrondo rápido.”

“Na rua.”

“Bem... Veja, eu consegui um acordo com um sujeito tem um deli com um quarto de parte de trás. Ele toma um corte, e eu consegui um pouco de isolamento para meus negócios.”

“Certo. Mantenha ida.”

Obviamente alegrada pelo fato que ela não iria conseguir slapped para outra violação, Ophelia irradiou. “Então eu estou começando o passeio. Conseguido um quickie em, então eu estou me parecendo satisfatório. Noite boa fora, pessoas caminhando ao redor. Muitos potentials, sabe? E eu vejo estes dois. Mmmmmmm. Sujeitos grandes, bonitos. Olhe áspero, olhe duro. Pense talvez que eu posso me conseguir um twofer. Eu balanço em até eles, levando com os campeões aqui.” Ela deitou suas mãos em seus peitos, deu a eles um apertar. “E eu digo, que tal você cavalheiros e mim temos nós mesmos uma festa. Ofereça a eles uma taxa especial. Eu estou estando na frente deles. Você precisa diminuir a velocidade um John, exiba-se a mercadoria, você vai ter um tiro. E este aqui olha para mim, duro. Mas não gosta de que ele está pensando sobre me fazer, mas como ele está pensando sobre chutar meu asno doce abaixo e dando isto um pisar. Você estado na vida longa à medida que eu tenho, você sabe que olha. Eles não não dizem nada, modos de parte justa e caminham por em um ou outro lado de mim. Isto é quando eu cheirei isto.”

“Cheirado o que.”

“Sangue. Fresco. Então você melhor acredita enquanto eles estão caminhando para aquele modo, eu estou caminhando rápido, rápida, e em uma pressa no outro. É causa que eu sou mexer algum que eu acabar oferecimento para festa com um policial em roupas suaves, e ele pede para ver minha licença. E eu acabar no tanque onde eu ouço conversa mais ou menos dois Polis ficando morto em De noventa segundos. E eu estou dizendo como eu tenho informações, mas--”

“Vamos voltar um minuto. Você viu sangue nestes homens?”

“Não, cheirou isto.”

“Como você soube que era sangue?”

“Bem, cague, você já cheirou isto? Especialmente quando for fresco. Você pode quase saborear isto, como você chupou em um crédito velho. Meu granddaddy pegou um pouco fazenda abaixo em Kentucky. Porcos de aumentos. Eu fiz algum tempo lá como uma criança--porco sacrificando tempo. Eu sei o que cheiros de sangue gostam. E aqueles sujeitos tinham sido sangrentos, você pode tomar aquele para o banco.”

A Eve sentiu aquele assobio em sua próprio sangue, mas manteve seu tom até. “O que eles pareceram com?”

“Grande, construiu. Meninos brancos. Tido que olhar neles, mas eu não tenho muita altura, até em meus sapatos de trabalho. Mas eles pareceram grandes 'causa que eles eram sólidos, sabe?”

“Bonito, você disse.”

“Sim, bom lookers, o que eu podia ver. Sombras de sol e caps cansativos. Eu não vi os olhos, mas quando eles enviarem que olho para você, você não tem que. Sorta pareceu semelhante, eu acho, mas eles eram meninos brancos e às vezes eles só fazem.”

“O que eles estavam vestindo?”

“Escura.” Ela ergueu um ombro. “Não pagou a muita atenção, mas eles pareceram com bom material--qualidade--então eu figurei que eles tiveram taxa e ponta neles. Tido bolsas, também, em correias longas.” Ela segurou suas mãos sobre um pé separadamente. '“Turno tão grande. Agora eu estou pensando, uma das bolsas me bateram quando eles caminharam por. Sentido sólido, e isto é quando eu cheirei o sangue.”

“Qual modo que eles estavam caminhando, oeste ou leste?”

“Oeste, encabeçando em acima de em direção a Broadway. Um deles tiveram um puxão em seu passo largo.”

“Querendo dizer?”

“Gimpy. Mancando algum. Como sua perna estava o doendo ou seus sapatos não ajustaram direito.”

Conseguidos deles, Preston, Pensou Eve. Deu a eles um pouco dor. “Cor de cabelo, distinguindo marcas, qualquer outra coisa?”

“Eu não sei.”

A Eve se desenhou de volta. Se ela empurrasse muito duro, a mulher podia começar a compor coisas, só para preencher o branquear. “Você pensa que você reconheceria eles se você visse eles novamente?”

“Poderia.”

“Eu gostaria de você para trabalhar com um artista de polícia.”

“Não caga. Nunca fez isto antes. Eu devo ter dado você bom material.”

“Talvez. Bom o suficiente eu consertarei sua licença.”

“Você é levantar-se. Eu não faço meninas como uma regra, mas você quer um estrondo algum dia, eu darei a você um freebie.”

“Eu manterei aquela em mente. Enquanto isso, eu preciso de você para ficar aqui enquanto eu organizo para um artista.”

“Eu não preciso voltar para o tanque?”

“Não.” Como ela rosa, Eve decidiu que ela podia fazer um melhor. “Ainda não existiu uma recompensa postada, mas existirá pela manhã. Existe uma recompensa normal em casos de matança de policial. Se esta informações você deu a nós leva a uma prisão, eu verei que você pega isto.”

Esta mandíbula solta da tempo Ophelia. “Você está me cagando.”

“Nós apreciamos sua cooperação.”

O minuto eles saíram, Peabody embreou uma mão em braços da Eve. “Isto é o negócio real, Dallas. Ela viu eles.”

“Sim, ela fez. Rua de Goddamn hooker. Você só nunca conhece.” A Eve movimentou a cabeça como Jannson terminou de Observação. “Trabalho bom, Detetive.”

“Atrás em você, senhor. Você tirou aquele dela como era doce amarrado a uma série. Eu posso organizar para o artista.”

“Etiqueta Yancy, ele é o melhor. Chame ele. Eu não quero que este vazando para a mídia ainda. E o nome do LC é agora Corça de Jane em qualquer e todos os registros.”

“Nisto.”

Eve girada para Peabody. “Eu quero que ela fique em Central. Eu não quero suas costas para a rua. Eles conseguem vento, eles a acharão. Ela sai, ela dirá a qualquer um que escutará. Nenhuma casa segura. Nós a pomos em cima em um dos berços aqui. Consiga ela qualquer que ela quer, dentro do razoável. Vamos manter seu feliz.”

“Nisto,” Peabody disse e retornou ao quarto de entrevista.

Como ela encabeçou para seu escritório, Eve arrancada fora seu vínculo de bolso. O rosto do Roarke encheu a tela muito depressa, ela soube que ele tem esperado.

“Eu não posso fazer isto casa durante algum tempo. Eu consegui algo.”

“O que você pode dizer a mim?”

“Rua LC, tentada solicitar eles uns quarteirões da cena. Eu encherei você em mais tarde, mas eu a tenho aqui, trazendo para dentro Yancy trabalhar com ela. Eu vou pegar, veja se nós podemos conseguir um bom retrato.”

“O que eu posso fazer?”

“Engraçado você devia perguntar.” Este tempo ela caminhou para direta a caneta de touro, ignorando o interrogatório olha, em seu escritório, e feche a porta.

“Você em cima para um pouco de zangão trabalha?”

“Eu prefiro chamar isto computador de perito tasking. Você tem um olhar em seu olho, Tenente, que eu estou muito contente para ver.”

“Eu estou neles.” Ophelia cheirou o sangue, ela pensou. E agora, então fez ela. “Eu tenho pensado, e estava para procurar a teoria que o Swishers poderia não ter sido primeiro. Que um tipo é de crescendo--aquilo não é a coisa você chama isto quando você me arrasta para sinfonias e defeca?”

“É, meu querida, Eve Inculta.”

“Crescendos, o grande barulho. Mas principalmente, você preparar o caminho para isto, construa para isto. Então talvez eles não eram os únicos. E talvez não o primeiro.”

“Ambos você e Feeney correram IRCCA para gostaram de crimes.”

“Não goste--invasão não de casa, necessariamente, com uma matança. Mas conectada. Então, aqui seja uma teoria. Se alguém fosse urinado suficiente ou preocupados suficiente mais ou menos um ou mais membros da casa de Swisher eliminar eles, podia ser existir um ou mais indivíduos este dick é urinado fora em ou preocupado sobre. Então nós precisamos voltar, nós precisamos fazer uma procura de conexões lógicas--pelo menos nós pegaremos com lógico começar. Pessoal da escola--alguém conectou com a escola que morreu ou desapareceu dentro, vamos dizer, os últimos três anos. Estes sujeitos são pacientes, mas eles são convencidos, também, orgulhosos. Eles não estenderiam isto muito mais longo que isto.”

“Então existe saúde se importar trabalhadores e médicos Keelie ou Grant Swisher trabalharam.”

“Você conecta os pontos. Os advogados que subiram contra Swisher no tribunal, presidindo juízes, assistentes sociais. Clientes em ambos--morto ou perdido.”

“Mesmo período de tempo?”

“Sim--cague, vamos fazer isto seis anos. Melhores ter um pára-choque. Se eu for certo e o Swishers era para ser o grande fim, nós acharemos algo. O que é acontecido desde é cleanup, por causa de um engano pequeno. Nós conectamos algo, isso vai conectar a qualquer outra coisa. Então eu embrulharei eles e sufocarei eles com isto.”

“Conversa sensual.”

“Ache-me algo, ficará mais sensual. Você é mais liso que eu neste material.”

“Bem, você é uma Amazona na cama.”

“O zangão trabalha, ás.” Ela podia sentir os sucos borbulhantes dentro de agora. “Eu tomarei o ângulo da escola, porque ele é o menos provável. Qualquer coisa estala, qualquer coisa, etiqueta me.”

Ela subjugou para o autochef, então voltado fora de. Ela era muito condenava acelerado para mais café. Para rubor melhor algum dele fora. Ela agarrou água ao invés antes de organizar o que ela precisou para o pronto quarto.

Ela abriu sua porta, e parou pequeno antes dela caminhar em Whitney.

“Senhor. Eu não percebi que você estava na casa.”

“Eu acabei de vir de pagar condolência solicitar a famílias do Cavaleiro e Preston.” Ele glanced abaixo no reprimir sua mão. “O café agora vem para claro e em garrafas?”

“É água, senhor.”

“E inferno congelou acima de sem mim conseguindo um relatório?”

“Eu sinto muito, eu não faço. . . Oh.” Ela deu a garrafa um pouco carranca. “Eu pensei que eu devia compensar a cafeína.”

“Eu, por outro lado, podia usar o sacudir.”

“Sim, senhor.” Ela anotar suas coisas, foi para o autochef.

“Eu estou ciente que você tem uma instrução específica em um momento. Manterá. Eu também estou ciente que você tem um artista entrando trabalhar uma testemunha potencial.”

“Eu penso que ela é sólida, Chefe. Eu solicitei Detetive Yancy. Eu ainda não escrevi meu relatório na entrevista.”

Ele aceitou o café. “Eu vi corpo de Ervilha de Detetive, então eu tenho os pontos principais. Eu freqüentarei sua instrução específica e esperarei ser preenchida mais completamente naquele tempo. Mas nós precisamos discutir qualquer outra coisa primeira.”

Quando ele fechou a porta, seus ombros quadrados. Quando ela percebeu isto, ela lembrou a se de Trueheart.

“Sente-se, Tenente.”

Ela tomou a cadeira da visita, deixando ele o marginalmente mais robusto na escrivaninha. Mas ele não se sentou, simplesmente permanecido com o café em sua mão.

“É difícil de perder homens. É difícil de aceitar que suas ordens põem eles em modo do dano.” Ele olhou em direção a sua tábua, em direção aos retratos de dois Polis. “Estes não são os primeiros homens qualquer um de que nós perdeu.”

“Não, senhor.”

“Mas cada é como o primeiro. Cada é difícil. As ordens de tomada é menos de um fardo que dando a eles. Você precisa levar aquele peso, e pare você mesmo de perguntar se você devia ter feito algo diferente. Você fez o que você teve que fazer, da mesma maneira que seus homens fizeram o que eles tiveram que fazer. Nós podemos perder mais em nossa perseguição da escória que fez isto, e você não tem permissão para hesitar em dar as ordens, você não tem permissão para segunda suposição o que você sabe que tem que ser feito.”

“Eu lidei com isto, Chefe.”

“Você começou. Voltará em você quando você parar, quando você está longe daqui e o trabalho. Voltará em você, e você terá que terminar de lidar com isto. E coloque no lugar isto. Se você tiver dificuldade fazendo isto, fale com Mira ou um dos conselheiros de departamento.”

“Eu colocarei no lugar isto. Não existe um oficial em minha divisão ou neste departamento que devia me confiar se eu não posso. Ou não faça. Eu entendi que eu enfrentaria este quando eu aceitei a promoção para tenente. Eu entendo que eu estarei aqui novamente, com os rostos de homens eu sei em minha tábua.”

“Você devia ser capitanear,” ele disse, e ela não disse nada. “Você sabe que existem razões, principalmente políticas, por que você ainda não foi oferecido o para teste de oportunidade para uma capitania.”

“Eu sei as razões, senhor, e aceite eles.”

“Você não sabe eles todos. Eu podia empurrar isto, empurre o chefe, chame em alguns marcadores.”

“Eu não quero marcadores chamados em minha conta.”

Ele sorriu um pouco. “Os marcadores são feitos para ser chamados. Mas eu não faço-- não ainda--porque, francamente, Dallas, eu não estou pronto para ter um de minha melhor rua Polis montando uma escrivaninha. E você não está confortavelmente pronto para montar um.”

“Não, senhor. Eu não sou.”

“Nós dois saberemos quando você for. Bom café,” ele disse e tomou outra andorinha. “Eu verei você no pronto quarto.”

 

EM SEU ESCRITÓRIO, ROARKE INSTALAR PARA SUA TAREFA. Continuou a o surpreender quanto ele apreciou fazer policial trabalhar. A maior parte de sua vida tinha sido gasta evitando, evadindo, ou fora-pensar Polis.

Agora ele não estava só casado com um, ridiculamente apaixonado por um, mas ele gastou muito seu tempo em uma capacidade de consultor para o NYPSD.

A vida era um jogo estranho sangrento.

Então novamente, talvez ele era o jogo dele que respondeu por parte do entretenimento. O quebra-cabeça que precisado ser resolvido, com fatos, com evidência, e com instinto.

Eles fizeram um bom time, ele e seu policial, ele pensou, como ele despejou ele mesmo um conhaque antes de descer para isto. Ela com seu policial inveterado sente, ele com seu inveterado criminoso.

Só porque ele era aposentado dos aspectos mais sombrios da lei não significou os instintos não estavam ainda zumbindo.

Ele matou. Brutalmente, coldly, bloodily. Ele soube o que foi para tomar uma vida, e o que podia dirigir um humano para terminar a existência de outro.

Ela aceitou aquele nele, sua justiça-buscando Eve. Talvez não perdoou, mas aceito. Até compreendido, e isso era um de seus milagres.

Mas até em seu pior, ele nunca mataria um inocente. Nunca concluiu a vida de uma criança. Ainda, ele podia compreender isto, até como Eve podia. Eles dois souberam do mal não só existiu, floresceu e cresceu gordura, e ele se divertiu em sua perseguição da fraca e o inocente.

Ele teve uma imagem abrupta e cristalino dele mesmo--camisa imunda, nariz sangrento, olhos duros e desafiantes--de pé no topo do entrar o feder esvazia onde ele uma vez viveria em Dublin.

E existia seu pai--grande, Patrick Roarke Robusto--tecendo um pouco de bebida demais.

Você finamente você pode desaparecer por um par de carteiras magras como um dia é tomar? Eu terei o resto disto, você buggering pequeno bastardo.

Ele lembrou da bota surgindo--ele lembrou tão quieto-- e sua evasiva rápida. Não rápida suficiente, entretanto, não aquele tempo. Ele sentiu agora como ele sentiu então, o estômago-soltando sensação de cadente, de saber que seria ruim. Ele clamou? Estranho que ele não podia lembrar. Ele gritou em choque, amaldiçoada em fúria, ou só afundar aqueles entra um osso-batendo pãozinho?

O que ele podia lembrar, e não era que uma cadela, era o som de seu pai rindo como o menino ele foi caído degraus abaixo. Qual era sua idade então? Cinco? Seis? Não importa.

E, bem, inferno, ele conteve-se, não é? E considerou os cortes e contundiu no valor das dez libras que ele escondeu longe.

Nixie nunca tinha sido inicializado degraus abaixo por uns bêbedos bastardos que aconteceram compartilhar seu sangue.

E ainda a criança entenderia sobre do mal e crueldade, também. Pobre pequeno pedaço.

Ele glanced em seu monitor, onde ele podia ver seu enroladas debaixo das coberturas da cama que eles deram a ela, em um quarto fornecido por estranhos, com o remanescer de luz escurece.

Ela viria a entender para isto. Agora existia só dói e confusão e pesar. Mas ela viria para, e faça suas escolhas para reconstruir sua vida naquele chão quebrado.

Ele fez seu, e não lamentou eles. Ele podia não lamentar nada que o trouxe onde ele estava, isso o trouxe para Eve. Mas ele não desejou o mesmo para este sobrevivente pequeno, frágil.

O melhor que podia ser feito era para ganhar seu um pouco de tipo de justiça.

Ele começou uma série de procuras simultâneas. Um em cada dos adultos de Swisher, outro cruzando para duplicar nomes. Então mais um no Dysons. Ele duvidou que Eve aprovaria, mas estas eram as pessoas que entrar levantar a criança. E a criança estava dormindo em sua casa, confiando ele para manter seu seguro. Ele quis estar certo eles eram limpos.

Ao mesmo tempo, ele continuou a procura por nomes de terroristas conhecidos, membros de paramilitares ou grupos de exércitos de franja.

Ele com intenção de fazer mais um, mas precisaria do não registrado isto. Até com isto, seria enganador--que apelou para ele. Ele quis nomes de operadores de forças cobertas e especiais--exército e agências do governo que especializado em trabalho e eletrônica molhados. Quando ele teve aqueles, ele correu outra referência no Swishers.

Ele com intenção de deixar seu mais padrão trabalha correndo enquanto ele tomou ele mesmo e seu plano em seu escritório privado. Mas ele glanced no monitor novamente, e viu Nixie ativo em sua cama.

Ele assistiu, pulando seu subconsciente não era afinação ela em cima para outro pesadelo. E perguntou-se se ele não cometesse um engano, insistindo que ele tome o serão de Summerset. Os pesadelos podem ter tornado sua província, mas quando veio para crianças, ele era um noviço patético.

Mas em outro momento, ela se sentou em cima na cama. Ela tomou o 'vínculo que ele deu a ela fora de debaixo de seu travesseiro, estudou isto, lidos rapidamente seus dedos acima disto. Então ela olhou fixamente em torno do quarto, olhando tão pequena, tão perdida e triste quebrou seu coração.

Ele pensou que ele devia entrar para ela, tente pelo menos para acalmar suas costas para dormir, mas ela subiu fora da cama. Necessidades justa o loo ou um bebida da água, ele decidiu. O tipo de coisas uma menina sua idade podia lidar sozinha. Ele esperou.

Mas em vez de caminhar para o banheiro, ela foi para o scanner da casa.

“É Dallas aqui?”

Existia uma qualidade melancólica em que ela verbaliza que o tocou, até como ele pensou, “Menina inteligente.”

Dallas, Tenente Eve, não está em premissas neste momento.

Nixie se submeteu seus olhos, cheirou, e novamente ele pensou que ele devia ir para ela.

“É Roarke aqui?”

Roarke está em seu escritório primário.

“Eu não sei onde isto está. Você tem que dizer a mim.” Roarke subiu, então sentado atrás abaixo como o computador relayed local e direções. Deixe seu vindo para ele, ele decidiu. Pareceu mais normal de alguma maneira que tendo ele a intercepta, deixando ela conhecer-- entretanto ela era esperto suficiente para saber isto de qualquer maneira--que ela estava sendo monitorada até enquanto ela dormiu.

Ele olhou para o trabalho ainda para ser feito, esfregou o de volta de seu pescoço. “Computador, continue procuras, modo de texto somente, interno salve. Nenhuma exibição neste momento.”

Reconheceu.

Ele abriu outro trabalho, seu próprio, e começou a refinar construção contar com outro setor do Olympus Recorre enquanto Nixie fez seu caminho para ele.

Ele glanced em cima, armou uma sobrancelha, ofereceu um sorriso quando Nixie andou em sua entrada. “Oi, Nixie. Tarde para você, não é?”

“Eu acordei. Onde está Dallas?”

“Ela está ainda trabalhando. Você gostaria de entrar?”

“Eu não deveria estar em cima na noite.” Ela verbaliza tremido, e ele imaginou que ela estava pensando do que aconteceu a última vez que ela vagou na noite.

“Eu não me importaria a companhia, desde que você está em cima. Ou eu posso caminhar para você de volta para seu quarto se você prefere.”

Ela subjugou para sua escrivaninha em seu pijama de pálido rosa. “Ela com está as pessoas mortas?”

“Não. Ela está trabalhando para eles.”

“Mas meus mamãe e papai, e Coyle e Linnie, e Inga, eles estiveram morto primeiro. Ela disse que ela descobriria que. Ela disse ela--”

“Ela é.” Fora de minha esfera, ele pensou. Fora de meu sistema solar sangrento. “Descobrindo que é sua prioridade. É a coisa mais importante que ela está fazendo. E ela continuará fazendo isto até que ela saiba.”

“E se ele leva anos e anos?”

“Ela nunca parará.”

“Eu tive um sonho aqueles eles não estavam mortos.” As lágrimas derramadas acima de, deslizaram abaixo suas bochechas. “Eles não estavam mortos, e nós estávamos todos lá como nós deveríamos ser, e Mãe e Inga estavam na cozinha conversando, e Papai estava tentando se mover furtivamente um lanche e fazendo seu risada. Mim e Linnie estava salientando, e Coyle estava nos arreliando. E eles não estavam mortos até que eu acordei. Eu não quero que eles estejam morto. Eles me deixaram só, e não é justo.”

“Não é, não. Não está em toda feira.” Ele veio a si, escolhido ela em cima assim ela podia deitar sua cabeça em seu ombro enquanto ela chorou. Este, ele pensou, era algo um homem podia fazer. Ele podia segurar uma criança enquanto ela lamentou, enquanto ela lamentou. E mais tarde ele podia fazer o que ele podia ajudar pedaço sua vida quebrada atrás junta.

“Eles me deixaram só.”

“Eles não quiseram. Ainda, eu imagino todos eles estão tão contente que você não era machucado.”

“Como eles podem estar contentes quando eles estão mortos?”

Apavorando lógica, ele pensou, e a carregou em torno da escrivaninha, sentada com ela em seu colo. “Você não pensa que aquele quando você morre que você poderia ir outro lugar?”

“Como céu.”

“Aye, assim.”

“Eu não sei. Talvez.” Ela girou sua cabeça, suspirou. “Mas eu não quero que eles estejam lá. Eu quero que eles voltem, como em meu sonho.”

“Eu sei. Eu nunca tive um irmão. Como ele é?”

“Eles podem ser maus às vezes, especialmente se eles forem grandes que você. Mas você pode ser mau de volta. Mas às vezes eles são divertidos e eles tocam com você e dizem brincar. Coyle tocou beisebol, e eu gosto de ir para os jogos e relógio. Existe beisebol em céu?”

“Eu penso que dever haver. Dificilmente Podia ser céu se não fosse divertido.”

“Se eu tiver estado na cama, eu estaria em céu com eles. Eu desejo--”

“Você não deve.” Ele desenhou suas costas assim ela podia ver seu rosto. “Você não deve desejar isto, e eles não quereriam que você desejasse isto. Existia uma razão que você não foi com eles. Duro como isto é, você tem que viver sua vida e descobrir o que é. Machuca estar só, eu sei.”

Seu rosto junto em maço em cima gosta de um punho. “Você não faz. Você não é.”

“Existia um tempo que eu era. Alguém tomou minha mãe de mim antes de eu ser velho suficiente para a conhecer.”

“Ela está em céu?”

“Eu estou certo que ela é.”

“Isto não é justo qualquer um.” Ela deitou sua cabeça em seu tórax novamente, bateu levemente ele com que ela entregar um gesto de conforto que o moveu, incrivelmente. Ela podia oferecer a ele conforto, Roarke pensou. Até agora ela teve o coração nela dar consolo. Como ela veio por isto? Nasceu nela ou tinha sido instilado por seus pais?

“Eu não direi a você que eu sei como você está sentindo, mas eu direi a você que eu sei o que é para ser só e bravo e com medo. E eu direi a você que melhorará, porém muito que você não acha, melhorará.”

“Quando?”

“Mordeu por pequeno pedaço.” Ele tocou em seu lips para sua cabeça.

Ela suspirou novamente, então girada sua cabeça para estudar a pintura na parede. Ele a trocou, estudou isto ele mesmo. Ele e Eve, debaixo do florescer árvore em seu dia do casamento.

“Ela não parece com policiar lá.”

“Não no lado de fora de qualquer maneira. Ela deu aquele para mim em nosso aniversário. Está fora no jardim aqui, em nosso dia do casamento. Eu pendurei isto lá, entretanto sou um pouco egoísta de mim, então eu podia olhar para isto sempre que eu estou trabalhando aqui. Eu posso a ver quando eu estiver a faltando.”

“Nós temos retratos em minha casa.”

“Você gostaria que alguém trouxesse alguns retratos para você?”

“Eu podia olhar para eles.”

“Eu verei para isto, então.”

“Eu posso ficar aqui durante algum tempo, com você?”

“Você pode. Você quer ver o que eu estou fazendo aqui?” Ele rodou assim eles podiam ambos olhar para a tela de parede. “Aqueles são planos para alguns desenvolvimentos em um fora de-recurso de planeta e colônia de moradia eu tenho um interesse.”

“Diz que Olympus Recorrer. Eu ouvi falar disto. Pegou grandes hotéis e parques de diversão, e uma praia e arcadas. Nós talvez iríamos ir lá um dia. Talvez.”

“Estes são para um setor diferente que o que tem sido feito até agora. Veja a primeira tela? Aqueles são planos para vilas, vilas de férias. Nós vamos pôr um rio.”

“Você constrói rios?”

Ele sorriu. “Eu vou construir este aqui.”

“Como faz você?”

“Bem, por que eu não mostro a você o que eu tenho em mente?”

Enquanto Roarke mostrou a Nixie como um rio era fundamentado um fora de-planeta

Colônia, Eve encontrada com Yancy. “Dê-me boas notícias.”

“Que tal cautelosamente boas?” Ele era jovem, e que Peabody teria chamado um cutie. E ele era o melhor artista de Ident na cidade. A Eve o perseguir em seu domínio, um abastecimento de cubo generoso com comp telas, portables, jornal sketchpads, e lápis.

“Como cautelosamente?”

“Entusiástico da sua genialidade, e ela pegou um bom olho. Nosso favor. Ela também é propensa para o que eu chamo dramination. Ela está balançando no drama, e usando sua imaginação para suco isso tudo em cima. Eu posso trabalhar com isto, e nós estamos fazendo progresso.”

“Onde está ela?”

“No berço. Eh, Peabody.”

“Só a povoado em,” Peabody disse como ela juntou-se eles. “Conseguida sua uma tela de entretenimento, travesseiros extras, uma refeição, uma bebida fermentada.”

“Uma bebida fermentada?” Eve exigida.

“Você disse dentro do razoável,” Peabody lembrou a ela. “Não dentro de regs. Ela tem muito prazer em, entretanto ela gritou algum sobre ter que desistir de seu vínculo de bolso, e não tendo acesso a outro. De qualquer maneira, ela desce, e eu tenho Invansky babysitting.”

“Eu pergunto-me--só um pensado que passe por minha mente--por que nossa genialidade está assistindo tela e bebendo bebida fermentada em vez de dar a nós um retrato de uma pedra assassinos.”

“Meu telefonema, Tenente.” Yancy levantou uma mão. “Ela era batida pela noite. Ela recebe nós um bem começar, mas ela estava começando em direção a hipérbole. Ela volta para o que nós temos fresco, é uma chance melhor outros detalhes pularão para ela.”

“Certa, certa.” A Eve ajuntou ambas as mãos por seu cabelo, em guerra com sua própria impaciência. “Mostre a mim o que você tem.”

“Tela de divisão,” ele ordenou, fugindo acima de. “Imagens atuais.”

A Eve olhou para esboços ásperos--mais ásperos, ela notou, que habitual quando trabalhando com Yancy. Ambos eram de praça-enfrentadas, praça-jawed homens ela julgaria estar em seu cedo quarenta para cedo cinqüenta. As sobrancelhas eram diretamente e pálido, as bocas horrendas mas sensuously total. O caps de relógio escuro era puxado baixo acima de ambas as frontes, e a maior parte de seus rostos superiores eram escondidos por eles e a escuridão, wraparound sombras.

“Você tem a fosso as sombras. Eu preciso de melhor probabilidade nos olhos.”

“Eu irei. Eu vou trabalhar algum destes, mas eu tenho uma chance melhor de bater isto mais íntimo depois de eu ter outra sessão com Ophelia.”

“Eu não posso sair com este, Yancy.”

“Dê-me até amanhã. Ela pegou um bom olho, como eu disse, mas é mais impressionista, mais grande-retrato. Levará um pouco mais trabalha para mim trapacear os detalhes fora sua.”

“Só quanta ela vai esquecer enquanto ela está sorvendo abaixo uma bebida fermentada e assistindo vids? Eu tenho dois Polis no fucking morgue.”

“Eu sei o que eu estou fazendo.” Pela primeira vez que em sua memória, Yancy empurrou em cima e em seu rosto. “Só porque eu nunca trabalhei com Cavaleiro ou Preston não quer dizer que eu estou enfileirando isto. Você quer resultados, saia de de meu asno.”

Ela podia ter slapped ele abaixo para isto. Quase fez. Deus conheceu que ela quis tomar um balanço em alguém. Graus de fim, ela pensou, e às vezes você acabar tomada uma mordida fora de uma de sua própria.

“Ande de volta, Detetive.”

Ele vibrou, os músculos em sua mandíbula trabalhada, mas ele andou de volta.

“Você é certo,” Eve disse. “Você sabe o que você está fazendo e eu estou em seu asno. Nós somos todos no limite sobre este. Eu solicitei você porque eu considero você o melhor que nós temos. Eu também sei que você estava de folga, e entrou por conta própria tempo.”

“Nenhum de nós somos sozinho tempo agora.” Seus ombros relaxados. “Desculpe pelo vomitar, Dallas. Está frustrando para mim não poder pôr isto junto mais rápido. Eu empurrei seu um pouco mais longo que eu devia ter primeira sessão. Agora eu preciso puxar de volta.”

“O quão certo você sobre é a estrutura facial nestes?”

“Certo como eu consigo. Ela pegou aquele grande-estilo de retrato. Eu diria que a forma dos rostos está em objetivo--pelo menos para um. Se ela for direito em ambos, estes sujeitos poderiam ser irmãos ou primos. Pai e filho.”

“Atire em-me cópias, não é? Eu começarei com que você tem--e tente ficar fora de seu asno até que você tenha mais.”

Ele sorriu um pouco. “Aprecie isto.”

A casa estava quieta quando ela entrou. Ela iria quase bunked em Central, teria se não existia uma testemunha de nove anos de idade em sua casa. Ela teve três Polis patrulhando os chãos, outro três do lado de dentro--uma situação ela imaginou Roarke detestou mais que ele iria um impacto de mercado de valores.

Ele poderia ter construído ele mesmo uma fortaleza, mas ele não se importaria estar debaixo de assédio.

Ela verificou em com todos os expedientes noturnos e conseguiu o sinal de fim de alarma antes dela ir de cima.

Ela pensou que ele estaria na cama--esteve aproximando-se de em três de manhã--mas sua casa esquadrinha o mostrou em seu escritório ainda. Ela entrou em sua próprio, esvaziados alguns arquivos, então abriram o conectar porta para seu.

Ela não estava bastante certa o que pensar quando ela viu a criança enrolada-se na cama sobressalente que Roarke deve ter destacado de seu painel--e o homem ele mesmo sentando ao lado dela, fim de olhos.

Era raro para ela ver ele dormir--ele era muito freqüentemente em cima antes de seu-- mas ela não viu como aquela posição, com suas costas contra a parede, podia ser confortável.

Até como ela debateu, ele falou. Fim de olhos quietos. “Ela era inquieta. Eu tomei o serão, e deixe seu vindo me buscar fora quando ela despertou.”

“Pesadelo?”

“Pior, realmente. Ela disse que ela sonhou que eles estavam todos quietos vivos. Acordou, e eles não eram.” Ele abriu seus olhos agora, pesados e azuis. “Ela se sentou comigo por algum tempo, mas estava tão preocupado sobre voltar para seu quarto, eu a ponho aqui. Ela perguntou se eu me sentaria com ela. Aparentemente nós dois tirados uma soneca. Eu tive as procuras continuando mudo, não tenha sido capaz de verificar eles.”

“Bom da manhã o suficiente, desde que é só umas horas do par longe. O que nós fazemos com ela? Não pode a deixar aqui.”

“Bem . . .” Ele examinou, Nixie Estudado. “Eu podia tentar a levar de volta. Se ela acordar, é sua virada.”

“Cague. Tenha certeza que ela não acorde.”

Ele deslizou fora da cama. “Isto normalmente trabalha com você.” Ele dobrou suas mãos debaixo dela, ergueu. Nixie deu um gemido, mexeu, e teve eles olhando para um ao outro em pânico aprazível. Então sua cabeça solta em seu ombro.

“Não respire,” Eve disse em um sussurro. “Não converse. E talvez você podia classificar de deslizamento em vez de passeio.”

Ele meramente armou sua cabeça, então propenso ele em direção ao elevador.

Ela usou manual em vez de voz, segura sua própria respiração até que eles completaram a viagem e ele estava aliviando Nixie na cama. Eles voltaram fora do quarto junto como se a cama conteve um caseiro boomer.

“Quando Summerset assume o comando de?”

“Seis.”

“Três horas. Nós devíamos ser certos então.”

“Eu sinceramente espero. Eu preciso dormir e então faço você.” Ele esfregou um dedo polegar nas manchas debaixo de seus olhos. “Qualquer coisa novo?”

“Yancy está trabalhando em um esboço, mas ele quer voltar para isto de manhã.” Em seu quarto, ela derrama sua jaqueta, então seu equipamento. “Eu preciso de algumas horas abaixo eu mesmo. Sentimental do cérebro. Eu quero voltar em Centrais ao redor oh-setecentos. Você consegue quaisquer nomes que parecem bons, você pode atirar neles para mim lá.”

Ela descascou fora de suas botas, suas roupas. “Você suficiente não cansou discutir se eu perguntar a você para trabalhar daqui amanhã?”

“No momento. Mas eu posso reavivar por levantar do sol.”

 

“Nós discutiremos então.”

Eles rastejaram na cama, seu braço veio a a si, aconchegadas suas costas contra ele. “Isto é uma data.”

Ele não despertou antes de seu--outra surpresa. A baixa buzine do monitor através do quarto a despertou, e um cheque de sua unidade de pulso confirmada fazia seiscentas horas.

O quarto estava ainda escuro, mas ela podia o ver, a forma dele. A linha de bochecha e mandíbula, o varrer de cabelo. Ela girou o enfrentar algum dia durante aquele resto pequeno. Buscando ... O que, ela perguntou-se. Conexão, consolo, calor.

Para um momento ela desejou que ela pudesse simplesmente fechar seus olhos novamente, enrole mais íntimo, escape tudo mas ele no silêncio de sono. Seu corpo, seu cérebro, sentida tão pesada com fadiga. Ela teria que entrincheirar-se, cave funda para achar a energia e propósito ela ter precisar enfrentar o dia.

Como seus olhos ajustados para a escuridão, ela podia ver mais dele. O avião de seu nariz, sua bochecha, a curva de sua boca. Bonita. E todo avião, toda linha, toda polegada era sua.

Fez ela parecer mais leve, corpo e mente, só para olhar para ele.

“Eu posso sentir você olhando fixamente.” Sua voz era um murmúrio sonolento, mas o dedo polegar e dedo da mão que descansa em seu alvo deu seu um beliscão afiado.

“Como vem para você em cima fazer outro milhão e não geralmente estão assolando para o mundo de negócios?”

“Porque eu estou dormindo. Eu farei outro milhão de mais tarde, e deixe outra pessoa começar o dia assolando.”

Sim, ela pensou, acendedor e acendedor.

“Por que você está cansado?”

“Porque alguém não fechará e me deixará dormir.”

“As baterias param, huh ? Talvez você precisa de uma recarga.” Ela embrulhou seus dedos ao redor dele, apertou, e grinned quando ele endureceu. “Aparentemente, não correndo muito baixo.”

“Reservas. Você sabe o que acontece para predadores sexuais?”

“Você aposta. Eu sou um policial.” Ela veio logo topo dele. “Meus morcegos estão em baixos, também. Precise de um sacudir. Você sabe como sexo pode acelerar você em cima?”

“Eu ouvi rumores.” Sua mão stroked acima de seu cabelo como ela trabalhou seu modo --e seu corpo relampejou completamente acordado quando sua boca substituiu seus dedos. “Eu não penso que isto está tocando bastante feira, mas mantém isto.”

Ela riu, mordeu sua coxa. “Mantendo isto em cima nunca esteja sido seu problema.”

“Você tem uma boca esperto.” Sua respiração pegou quando ela usou isto novamente. “Faça tão brilhante.”

Ela trabalhou seu modo, trocado o escarranchar. E de através da voz de quarto exigido da criança, “Onde está Dallas?”

“Cague! Cague um tijolo!” A Eve pulou ao redor, agarrando instintivamente sua arma e slapping sua próprio lado desnudo. No monitor ela viu Nixie de pé no quarto de convidado pelo scanner da casa. “Jesus, ela já dorme?”

“Summerset irá a povoar abaixo.” Mas ele se sentou na cama morna com sua esposa desnuda e assistiu a criança.

“Nós não podemos ter sexo suculento com uma criança aí mesmo. É.. . Perverteu.”

“Eu não me importo pervertido. O que é, está intimidando. Não é como ela pode ver ou ouvir ou ... É só aquele ela está aí. E agora existe Summerset.” Ele suspirou, empurrado atrás seu cabelo como ele assistiu seu majordomo entrar em quarto do Nixie. “Bugger isto. Vamos tentar o chuveiro. Podia trabalhar no chuveiro, sabe, com o fim de porta, a água correndo.”

“É weirded mim fora agora, ele tanto como seu. Eu tenho a bofetão junto e cheguei a trabalhar. Volte dormir.”

Ele ficou para trás nos travesseiros quando ela saltou fora da cama e dashed em direção ao banho. “Certo. Isso acontecerá.”

Ela era esperto suficiente para entrar e fora do chuveiro em uma piscadela, sabendo que ele poderia tentar conversar eles ambos em um jogo da água rápida. Ela estava fechando a porta no tubo secante quando ele entrou.

“Ela quer retratos,” ele disse. “Retratos de sua família. Você pode ter algum para ela?”

“Eu cuidarei disto. Precise verificar algumas coisas em meu escritório,” ela adicionou. “Veja se qualquer coisa entrasse enquanto nós dormimos. Então eu preciso voltar o centro da cidade.”

“Eu verificarei a procura resulta para você antes de você ir--na condição você tem um pouco de café da manhã.”

Ela assistiu ele--o homem teve o melhor asno no planeta--ande no chuveiro. “Consiga algo no escritório.” Ela saiu do tubo, penteados seus dedos por seu cabelo como ela agarrou uma bata. “A atualização você lá se você quiser.”

“Eu surgirei assim que eu sou vestido. Nós teremos um pouco de café da manhã enquanto você faz.”

“Negócio.” Ela entrou no quarto, retirada-se um pouco de roupa íntima, agarrada um pouco de calça comprida, agarrou uma camisa. Ela estava puxando isto em quando o vínculo interno buzinado.

“Vídeo fora de. O que?”

“Como você está em cima, Nixie gostaria de uma palavra com você,” Summerset disse.

“Eu estou encabeçando para meu escritório em um minuto.”

“Como nenhum de vocês teve café da manhã, talvez ela podia juntar-se você.”

Ponha-me direito naquele canto, Eve pensou com um grunhido para o 'vínculo. “Eu estou quieto--”

“Eu posso café de programa.” Voz piped do Nixie por. “Eu sei como.”

“Certa, multa, certo. Faça isto. Eu estarei lá em um minuto.”

Ela abotoou a camisa, puxadas em suas botas, e murmurou para ela mesma sobre ter que ter conversações com testemunhas antes dela ter seu café. O sexo poderia ter dado ela uma carga, passou sem tocar as teias de aranha, mas não. A criança é precisa começar resmungão nela antes dela estar fora da cama de maldição.

Ela amarrou com correia em seu equipamento de arma, andou a passos largos para o armário para uma jaqueta. Ela teve trabalhou fazer, condena isto. Trabalho sério, concentrado, e o que iria acontecer? A criança ir começar o dia com um daqueles longos, soulful olha. E ela teria que dizer a ela para o umpteenth tempo que não, ela não pegou o assassinar bastards que sacrificou sua família.

“Oh fucking caga!”

A tábua de assassinato, Pensou Eve, de pé em visão clara em seu escritório. Ela listrou fora do quarto, balançado no um Nixie esteve usando. Quando ela achou isto vazio, ela carregou em direção a seu escritório.

Ainda em seu pijama rosa, a criança permanecida, olhando fixamente para as imagens totalmentes de assassinato e morte. Amaldiçoando se, amaldiçoando Summerset, Eve andou a passos largos através do quarto, ponha se diretamente entre Nixie e a diretoria.

“Isto não é para você.”

“Eu vi eles antes. Eu vi eles para reais. Meus mamãe e papai. Eu vi eles antes. Você disse que eu podia ver eles novamente.”

“Não goste disto.” Seus olhos eram enormes, Pensou Eve. Tão grande em sua enfrenta pareceu que eles tragariam isto inteiro.

“É meus mamãe e papai. Eles não são seu.” Ela tentou empurrar passa por Eve.

Ida com instinto, Eve arrastou Nixie, girou ao redor. “Não ajuda a ver eles assim. Não ajuda eles ou você.”

“Por que você então?” Nixie empurrou, empurrou. Chutou. “Por que você tem retratos deles? Por que você chega a olhar para eles?”

“Porque é meu trabalho. Isto é isto. Você tem que lidar com isto. Pare isto. Eu disse parada! Olhe para mim.” Quando Nixie foi mancar, Eve apertou seu aperto. Ela desejou desesperadamente para Roarke, para Peabody, até--Deus-- para Summerset. Então ela retirou-se em treinar. Ela conheceu como lidar com o sobrevivente da morte violenta.

“Olhe para mim, Nixie.” Ela esperou até a criança ergueu sua cabeça, até que aqueles encharcaram olhos encontrados sua. “Você quer estar louco, está louco. Eles roubaram sua família de você. Ser urinado. Ser triste e arrependido e outraged. Eles não tiveram nenhum direito. O bastards não teve nenhum direito para fazer isto.”

Nixie tremeu um pouco. “Mas eles fizeram.”

“Mas eles fizeram. E ontem à noite, eles mataram dois homens que eu soube, homens que trabalharam para mim. Então eu sou urinado, também.”

“Você matará eles agora? Quando você acha eles, você matará o bastards porque eles mataram seus amigos?”

“Eu quererei. A parte de mim quererá, mas isto não é o trabalho. A menos que minha vida ou vida de outra pessoa está em perigo, se eu matar eles porque eu estou só urinado fora de e triste e desculpe, me põe no mesmo lugar que eles. Você tem que deixar este para mim.”

“Se eles tentarem me matar, você matará eles primeiros?”

“Sim.”

Nixie examinou olhos da Eve, movimentou a cabeça gravemente. “Eu posso fazer o café. Eu sei como.”

“Isso seria bom. Eu tomo meu preto.”

Quando Nixie entrou na cozinha, Eve agarrou o cobertor fora de que ela dorme cadeira, lançou isto acima da diretoria. Então ela apertou suas mãos para seu rosto.

O dia, ela pensou, já estava chupando grande.

 

“Isso era só misterioso.” A Eve foi diretamente para sua escrivaninha para verificar qualquer incomings o minuto

Summerset levou Nixie fora do escritório.

Roarke despejou o último do café da panela em sua xícara antes dele rosa. “Os gastos vinte minutos acima do café da manhã é considerado bastante normal em algumas primitivo sociedades.”

“E agora eu estou para trás.” Ela esquadrinhou os MIM relatórios em Cavaleiro e Preston, os preliminares na segurança e eletrônica na casa segura. “Eu preciso sair daqui.”

“Vejamos eu tenho para você primeiro.”

“Roarke? Ela viu a diretoria.”

“Inferno sangrento. Quando--”

“Eu disse que Summerset mandasse a ela, então eu não posso nem o culpo. Eu não estava pensando--era só um pouco aborrecido que eu iria ter que lidar com ela antes de eu precisar trabalhar. E então--” Ela agitou sua cabeça. “Quando eu pensei sobre isto, asno arrastado em cima aqui, era muito tarde.”

Ele anotar o café, esqueceu isto. “Como ela lidou com isto?”

“Ela pegou mais espinha que você esperaria de uma criança. Mas ela não vai esquecer isto--sempre. Eu precisarei dizer a Mira.” Sem outro objetivo à mão, ela chutou sua escrivaninha. “Cague, shit,shit! Como eu podia ser tão estúpido?”

Nenhuma necessidade para perguntar como Eve era manipulação isto, ele pensou. “Não é sua culpa, ou não exclusivamente. Está em todos nós. Nós não estamos acostumados a ter uma criança na casa. Eu não pensei sobre ele qualquer um. Ela poderia ter vagado aqui ontem à noite quando ela estava surgindo me ver. Eu nunca dei isto um pensamento.”

“Nós deveríamos ser mais espertos que isto, nós é? Sabe, responsável?”

“Eu suponho que nós somos.” E ele perguntou-se só o quão duro ele estaria chutando ele mesmo se Nixie foi bem sucedido para escritório da Eve para vir para ele a noite antes. “Ainda é um pouco gosta de mergulhar diretamente no charco sem saber primeiro como nadar um golpe sangrento.”

“Nós precisamos a conseguir com o Dysons, com as pessoas quem conhecem o que eles estão fazendo com uma menina de nove anos de idade. Ela já conseguiu um navio de carga de assuntos que ela terá que trabalhar por. Eu não quero adicionar a eles.”

“Você quererá eles aqui e isto é bom,” ele disse antes dela poder falar. “Quanto mais cedo melhor, eu diria, por ela.”

“Eu porei um telefonema por para eles, peça a eles para me encontrar em Central.”

“Deixe-me conseguir você a procura resulta de ontem à noite.”

Ele moveu em seu escritório, pediu os resultados em tela e em disco. “Dezenove nomes,” ele meditou. “Mais que você poderia esperar, eu pensaria. As causas naturais cortariam que atrás consideravelmente, mas...”

“Muitos nomes.” Ela girou estudar a tela de parede. “Cinco aquela cruz com eles dois. O Swishers não era o primeiro,” ela disse novamente. “Nenhum modo eu compro isto. Eu tomarei estes, dê a eles uma corrida.”

“Eu posso ajudar você em ... Mais tarde,” ele decidiu quando ele verificou o tempo. “Eu sou atrás de eu mesmo. Eu tenho trabalho que eu tenho que chegar a aqui, então eu tenho algumas reuniões em midtown que começo às nove.”

“Você disse que você trabalharia daqui.”

“Não, eu disse que nós discutiríamos sobre ele esta manhã.” Ele alcançou, leu rapidamente um dedo abaixo seu queixo. “Meu trabalho não pode parar mais que seu, Tenente--e se alguém estiver prestando atenção, eles poderiam perguntar-se por que eu sou hunkered abaixo aqui quando eu devia estar fora e sobre. Eu prometerei você para ser cuidadoso, muito. Nenhuma chance desnecessária.”

“Nós poderíamos ter definições diferentes de chances desnecessárias.”

“Não muito muito. Venha aqui.”

“Eu estou aqui.”

“Um pouco mais íntimo que isto.” Com um risada ele a arrancou adiante, em seus braços. “Eu me preocuparei sobre você, você se preocupa sobre mim.” Ele esfregou sua bochecha para sua. “E nós somos até.”

“Você deixa algo acontecer para você mesmo, eu chutarei seu asno.”

“Identicamente.”

Desde que ela teve que ser satisfeita com isto, Eve lutou o centro da cidade de tráfico. Até o céu pareceu mais lotado esta manhã, emperrados com bondes de céu e airbuses e o tráfico copters que lutado para manter mudança de coisas.

Porém mais rápidos eles reivindicaram foram para usar as rotas de céu, ela pegaria com o rastejar e federia das ruas.

Ela lutou seu modo abaixo Columbus e diretamente em um fresco logjam causou por um carro de deslizamento que destruiu na rua. Vários pedestres estavam ajudando eles mesmos aos tubos e material de comida que era vir logo o asfalto enquanto o operador saltou de cima abaixo gosta de um homem em fontes.

Para um momento ela lamentou que ela não teve o tempo para vadear em para a revolta potencial. Teria sido um caminho de divertido para começar o dia. Ao invés, ela chamou o incidente, e resolveu sua próprio comutar dilema por arranhadas suas sirenas--uau! Olhe para aqueles assholes passeio --e bata modo vertical.

Certa, ela admitiu, ela amou seu novo passeio.

Ela breezed acima do aperto--pegou um vislumbre do operador de carro de deslizamento agitando um punho no ar--então povoados atrás abaixo três quarteirões Sul em tráfico relativamente razoável. Ela decidiu confiar auto longo suficiente para fazer o solicitar sua lista. Ela deixou mensagens para o Dysons, para Mira, reservado um quarto de conferência para dez, e saiu mais verbaliza correios para cada membro do time que ela quis em assistência.

E pensou quanto deste zangão trabalha que ela pode evitar quando Peabody tinha sido seu ajudante em lugar de seu companheiro.

Quando ela chegou a Central, existia direito de Peabody fora da caneta de touro, mobílie contra mcnab como eles eram dois pedaços em alguns estranhos e pervertiam quebra-cabeças.

“Eu realmente tive tomar café da manhã esta manhã.” Eve parada ao lado deles. “Isto é o tipo de coisa que podia me fazer bota.”

“Só beijando minha doçura adeus,” Peabody disse, e fez exagerado kissy barulhos contra lips do mcnab.

“Definitivamente inicializando material. Isto é uma loja de policial, não um clube de sexo. Salve isto para depois de turno.”

“Ainda dois minutos na frente de turno.” Mcnab deu um apertar de alvo do Peabody. “Até mais, Ela-Corpo.”

“Adeus, Cravo de Detetive.”

“Oh, por favor.” A Eve apertou uma mão para sua barriga intranqüila. “Eu quero manter os waffles.”

“Waffles?” Peabody girado nos saltos de sapatos de seu verificado airskids. “Você teve fofocou. O que é a ocasião?”

“Só outro dia em Paraíso. Meu escritório.”

“Diga a mim sobre os waffles,” Peabody implorou como ela correu depois de Eve. “Eles eram o tipo com morangos e chicoteavam nata por toda parte eles, ou o tipo você só afoga em xarope? Eu estou morrendo, tipo de. Eu tive um cal baixo nutridrink para o café da manhã. Está repugnando, mas não expandirá meu asno.”

“Peabody, eu observei--de má vontade e com remorso considerável--que a pessoa você escolheu cohabitate com parece ter um carinho quase antinatural para seu asno.”

“Sim.” Ela sorriu, dreamily. “Ele não é?”

“Então por que--eu pergunto de má vontade e com algum remorso--são que você muito obcecou com o tamanho e forma daquela parte particular de sua anatomia?”

“Eu tenho o tipo de corpo e metabolismo que significa que eu tenho que assistir isto ou você poderá servir uma comida de cinco cursos fora da estante daquela parte particular de minha anatomia. É um assunto de orgulho. Não todos nós são preordained para ir por vida fraca como uma serpente.”

“Agora que nós passamos sem tocar aquele, eu quero café.”

Ela planejou esperar umas batidas, então dê a Peabody o Olhar de Destruição. Mas seu companheiro movido diretamente para o autochef e programado. “Eu acho o que aconteceu ontem à noite com Cavaleiro e Preston me conseguiu e mcnab ambos pensar, e só apreciando o que nós temos. Sabendo o que pode acontecer tipo de faça o momento mais intenso. Ele normalmente não me caminha para Divisão.”

Ela deu café para Eve, levou um para ela mesma. “Nós acabamos de querer alguns minutos mais.”

“Compreendido.” E porque era, Eve gesticulada para a cadeira antes dela se debruçar de volta contra sua escrivaninha. “Eu deixei você uma mensagem, como também partindo um para o resto do time. C de Quarto de conferência, dez cem. Nós informaremos, e esperemos que Yancy pegou um retrato melhor de nossos suspeitos. Enquanto isso, eu tenho alguns nomes para ser corrido. Potentials. Morris trabalhou em Cavaleiro e Preston ontem à noite. Nada novo ou inesperado lá. Aturda tirou eles, faca tirou eles. Tox era claro. Eu estou esperando pelo lab confirmar que arma do Preston era despedida antes dele afundar.”

“A esperança ele saiu de de um bom fluxo.”

“Ophelia disse um deles estavam mancando. Eu diria que Preston conseguiu um pouco de seu próprio em antes do fim. EDD não dá a nós qualquer coisa novos, mas ele estabelece padrão. Vamos ver se nós podemos achar isto novamente com quaisquer dos nomes na lista das pessoas o Swishers soube que são agora perdido ou morto.”

“Eu iniciarei.”

“Sua porção da lista é presa ao correio de voz que eu mandei a você. Você consegue qualquer tipo de um anel, eu preciso conhecer.”

“Eu estou lá.” Ela começou, pausou. “Os waffles. Vamos, Dallas, sufocada em nata ou natação chicoteadas em xarope?”

“Xarope, afogando.”

“Mmmmm.”

Peabody deu um pouco suspiro e saiu. Para satisfazer seu curiosity, Eve perscrutada pela porta e assistiu ela ir. Ela não pensou overmuch sobre asnos, mas parecido bom do Peabody para ela.

Ela se sentou, telefonada sua própria lista.

Brenegan, Jaynene, idade 35 em TOD, 10 de fevereiro de 2055. A emergência se importa médico. Mortos por ferimentos de punhalada múltipla em tentativa de roubo em estacionamento do Hospital do Lado do Oeste Comemorativo. Suspeite identificado, temeu, testado positivo para Zeus. Atualmente servindo vinte e cinco para vida, Rikers.

Brenegan tratou Coyle Swisher para um braço fraturado--dano de esporte-- e testemunhado em caso de custódia do Swisher Vemere V. Trent, maio de 2055, e Kirkendall V. Kirkendall, setembro de 2053.

A adição era do Roarke, ela notou. O sujeito não era nada se não completo.

Ela tomaria um olhar para Vemere e Trent e Kirkendall, e mantenham Brenegan na lista ativa no momento. Ela era completa, também.

Cruz, Pedro, envelheça 72. Corteje repórter. Morta de condição de coração, 22 de outubro de 2058. Os arquivos médicos confirmam.

Cruz serviu como repórter em vários de testes do Swisher em tribunal de família, e consultou Swisher relativo a nutrição.

Improvável, Eve decidida, e o bateu lista abaixo.

Hill, Lindi e Hester, idades 32 e 29 respectivamente. Cônjuges de Mesmos sexo. Morto em um acidente veicular, 2 de agosto de 2057. Motorista em culpa, Fein, Kirk, carregado com DWI, velocidade, duas contas de homicídio culposo veicular. Servindo termo em Complexo de Reabilitação de Weizt.

Sim, ela pensou, mate umas mulheres porque você é bebido e estúpido e serve isto fora em um clube rural por dez anos.

Os Hills retiveram Swisher e Rangle ajudar eles em seus planos para adotar uma criança. Isto estava no processo quando eles foram mortos. Ambas as mulheres também eram clientes de Keelie Swisher.

Nenhum motivo, Pensou Eve, e riscou eles.

Mooreland, Amizade, idade 28 em TOD, 17 de maio de 2059. Dançarino. Morto por ex-companheiro de coabitação em rape/homicide. Lawrence, Jez, condenou. Servindo sentença de prisão perpétua, Attica.

Mooreland reteve Swisher terminar sua coabitação e processar Lawrence para salário perdido devido a danos. Ela consultou com Keelie Swisher em nutrição e saúde durante sua reabilitação de danos, e continuaram a consultar até que sua morte.

Lawrence, Jez, agüentaria outro olhar. Mooreland ficou na lista.

Musgo, Thomas. Idade 52 em TOD, 6 de setembro de 2057. Juiz de tribunal de família. Matou, junto com filho, Musgo, Evan, envelheça 14, em explosão de bomba de carro.

“Anel,” Eve murmurada.

O musgo serviu como juiz em vários de testes do Swisher. Sua esposa, Suzanna, Keelie Swisher Consultado. Os casos de homicídio permanecem aberto.

“Computador, procura e lista todos casos de tribunal em que Swisher, Grant, servido como advogado com Musgo de Juiz Thomas presidindo.

Período de tempo para procura?

“Todos os casos.”

Reconheceu. Trabalhando ...

Ela empurrou em cima, compassou. Bomba de carro. Não o mesmo padrão, não em cima feche e pessoal como uma faca para a garganta. Mas uma técnica de assassinato militar. Uma tática terrorista. Então dentro dos parâmetros de perfil.

Tirou uma criança que o tempo, também. Por plano ou circunstância?

Ela balançou de volta para o computador, considerando outra saúde e tipos médicos que poderiam estar na lista. Então puxou de volta. Sua unidade estava indo wonky, embora júri de mcnab-se equipou isto. Ela não confiou ele para correr complexo multitasks.

“Dallas.” Peabody veio para a porta. “Eu consegui um estalar. Eu penso. Socialworker, presos a alguns dos casos do Swisher. Estrangulada em sua cama no ano passado. Investigadores parecidos duro no namorado, eles estavam tendo alguma dificuldade, mas não podia o alfinetar. O caso está ainda aberto. Seu apartamento não mostrou a nenhum sinal de entrada forçada. Nenhum sexual assalta, nenhuma evidência de roubo. Estrangulação manual. Nenhuma evidência de rastro de ninguém exceto o competir, o namorado, e um coworker, que era ambos os alibied.”

“Quem trabalhou isto?”

“Ah .. .” Ela ergueu seu livro de memorando. “Detetives Howard e Pequenos fora dos seis e dois.”

“Etiqueta eles, consigam tudo que eles têm. E verifique os dados do vic. Veja se ela estivesse em um de casos do Swisher com um Musgo de Juiz, Thomas, no banco.”

“Você conseguiu um estalar, também.”

“Está olhando aquele modo.”

A procura é completa.

Eve balançada em direção a sua tela. “Exibição. Certa, Musgo e Swisher teve muitos negócios juntos. Nós cruzaremos estes com seus competem. O que é o nome?”

“Karin Duberry, idade 35 em TOD, único, nenhuma criança.”

“Tenente? Desculpe.” Um de seus detetives movidos na entrada. “Você tem umas visitas. Uma Sra. Dyson e um advogado.”

Eve scooped em cima seu cabelo. Ela estava correndo quente, ela pensou, mas não podia adiar isto. “Ponha eles no vadiar. Eu estarei lá. Peabody, faça a cruz. Trabalhe aquela lista para nomes que têm o tipo de treinamento ou conexões nós estamos procurando por. Eu voltarei assim que eu lidei com este.”

Ela chamou escritório da Mira, deixou uma mensagem com seu admin quando disse o doutor estava em sessão. Moendo seus dentes, Eve decidiu que ela teria que lidar com este aqui só.

Ela achou Dyson em que o Central Polis amorosamente--ou sarcastically--chamou o vadiar. Era um aumentar do Eatery até onde o fator de barulho, e um descer nas escolhas de comida. Que, dado o Eatery, não estava dizendo muito.

Dyson se sentou à um dos redondos mesas, sua cabeça curvada perto de do Dave Rangle. Eles dois olharam como se eles vissem dias muito melhores.

“Sra. Dyson, Sr. Rangle. Eu aprecio você fazendo o tempo para entrar.”

Jenny Dyson se sentou em cima, se sentou diretamente. “Eu planejei vir hoje, antes de eu conseguir sua mensagem. Eu gostaria de perguntar a você primeiro se existe qualquer progresso na investigação.”

“Nós temos o que nós acreditamos que podemos ser um par de bom leva. Nós estamos procurando eles. De fato, Sr. Rangle--”

“Dave,” ele disse a ela.

“Dave, se eu pudesse falar com você por alguns momentos quando nós formos feitos aqui, eu apreciaria isto.”

“Claro.”

A Eve sentou-se. “Você está aqui como representante legal do Sra. Dyson ou como companheiro do Sr. Swisher?”

“Ambos. Eu estou ciente, como você é, que Jenny e Matt eram chamados como guardiães legais do Coyle e Nixie deviam algo acontecer conceder e Keelie. I...” Ele agitou sua cabeça. “Como ela está fazendo? Como Nixie está fazendo? Sabe?”

“Ela está negociando. Ela está sendo aconselhada. Ela é segura.”

“Se você pudesse de alguma maneira comunicar para sua que ela está em meus pensamentos. Meu e todo mundo no escritório. Nós--” Ele cessou bruscamente quando Jenny deitou um dar seu. “Eu chegarei a tão mais tarde. Nós estamos aqui neste momento para discutir o tutela.”

“Nós não podemos a levar,” Jenny soltou.

“Para sua própria segurança e segurança, como também a segurança desta investigação, eu seria incapaz de girar ela acima de você neste momento. Porém--”

“Sempre.”

“Eu sinto muito. O que?”

“Jenny.” Dave falou com ela suavemente, e quando seu olhar voltou para

Da Eve, estava cheio de duelo e remorso. “Jenny me pediu para a representar em dissolver o tutela. Ela e Matt se parecem incapazes de cumprir as condições. Eu concordei em começar o processo, e arquivará em Tribunal De família hoje.”

“Ela tem ninguém.”

“Minha criança está morta.” Respiração apressada do Jenny fora, apressado em. “Meu bebê está morto. Meu marido é devastado além de quaisquer palavras que eu posso costumar dizer a você. Nós estamos a enterrando hoje, nosso Linnie, e eu não estou certo que ele durará pelo serviço.”

“Sra. Dyson.”

“Não. Não! Você escuta.”

Ela verbaliza emaciado em cima de um modo que teve outro Polis no quarto glancing, pesando a situação.

“Nós não podemos a levar. Não deveria acontecer. Se existe um acidente, nós entrar, nós teríamos tomado Nixie e Coyle.”

“Mas ele era o assassinato, então você não irá?”

“Tenente,” Dave começou, e era silenciado novamente.

“Não pode. Nós não somos capazes deste. Meu bebê está morto.” Ela apertou ambas as mãos para sua boca. “Nós amamos Keelie e Grant, aquelas crianças. Nós éramos quase gostávamos de família.”

“Os pedaços pequenos de Nixie Swisher de família partiram não mostram a nenhum interesse em fornecer para seu bem-estar,” Eve põe em. “Existia uma razão que você era chamado guardiães.”

“Você pensa que eu não sei isto?” As palavras arrancadas. “Que eu não sinto nada para aquela criança, até por meu próprio pesar? A parte de mim quer ir para ela, leve ela em meus braços, e alça sobre ela. Naquela parte de mim, minha dor de braços para a segurar. Mas a outra parte pode apenas dizer seu nome. Não pode agüentar o pensamento de a ver, de comovedora ela.”

As lágrimas deslizaram abaixo suas bochechas. “A parte de mim não pode parar de pensar que devia ter a sido, e não minha criança. Devia ter sido seu nós estamos enterrando hoje e não meu Linnie. Eu posso odiar aquela parte de eu mesmo, Tenente, mas está lá.” Ela alarga respiração de um estremecer. “Sempre vai estar lá. Eu nunca poderei olhar para ela sem perguntar-se por que, sem desejar. E meu marido ... Eu penso que o dirigiria louco.”

“Nada que aconteceu aquela noite é sua culpa.”

“Oh, eu sei isto. Eu sei isto. Mas eu pergunto-me quanto tempo, se eu fiz o que Keelie e Grant perguntaram, levaria para mim ter ela se culpando. Eu tenho que ir.” Ela empurrou para seus pés. “Meu marido me precisa.”

“Jenny, se você pudesse dar a mim alguns minutos com o tenente.”

“Tome o tempo todo que você precisa. Eu conseguirei eu mesmo casa. Eu quero estar só agora mesmo. Eu só quero ser por mim mesmo.”

“Eu não sei se ela devia ser.” Dave fez para subir como ela se apressou fora.

“Espere.” Ela tirou seu Communicator, deu nome do Dyson, a descrição, seu local atual, e solicitou um plainclothes time seguir ela para ter certeza que ela chegou em casa seguramente.

“Ela é uma boa pessoa, Tenente. Eu sei como isto deve parecer você, mas ele está custando ela para ir embora deste.”

“Devia. Você não faz ternos de Tribunal De família suportam o direitos da criança?”

“Para a família--e para que está nos melhores interesses. Depois de conversar com Jenny, depois de ver Matt, eu não posso estado que tentando segurar eles para seu acordo está em melhores interesses do Nixie.”

“Você podia tardar alguns dias, veja se eles mudarem de idéia.”

“Eu tenho que arquivar os documentos, em seu pedido. Mas eu posso coisas lentas abaixo um pouco. E eu irei. Mas eu posso dizer a você, eles não mudarão suas mentes. Eles estão deixando a cidade depois do enterro. Eles já fizeram acordos mover upstate, com sua família. Matt tem sido dada uma licença, e ela é fechada sua prática. É . . .”

Ele ergueu suas mãos, deixe eles cair novamente como ele se sentou de volta. “As vidas eles tiveram são destruídos. Eles podem construir outro--eu espero que eles façam. Mas ele já não será o mesmo. A parte do Nixie dos que eles perderam. Eles não podem-- não queira--tenha aquela lembrança. Eu farei qualquer que eu posso para Nixie. Eu posso provavelmente balançar custódia temporária. Eu falarei com o sangue que parente ela partiu, veja se isto é a direção certa.”

“Eu precisarei de você para me manter notificado de qualquer movimento ou progresso na resolução de seu tutela.”

“Eu irei. Meu Deus, eu sinto muito. Doente e arrependido por todo mundo. Olhe, eu posso conseguir para você algo? Eu preciso de alguma água. Precise estalar um bloqueador. Eu tenho uma enxaqueca aparecendo.”

Nós não todos, ela pensou. “Não, eu sou bom. Vá em frente.”

Ele rosa, foi a Vender para uma garrafa da água. Quando ele retornou, ele estalou uma pílula pequena, lavou isto.

“Tenente, o Dysons são bons pessoas. Está custando Jenny ir embora de Nixie, da promessa ela deu às pessoas que ela amou. Ela nunca vai se perdoar por isto, mas ela só não tem nada partido. E Matt, ele está quebrado para pedaços. Eu não estou tendo um tempo fácil segurando isto junto eu mesmo.”

“Eu preciso de você para fazer só isto. Eu preciso perguntar a você sobre alguns dos casos do Grant Swisher.”

“Qualquer coisa que eu posso dizer a você.” Ele bebeu mais água, capped a garrafa fora de. “Se eu não posso, Sade pode. Ela pegou um cérebro gostar de um placa mãe.”

“Os casos onde o Musgo de Juiz T. Presidiu.”

“Julgue Musgo? Ele foi morto alguma tragédia de anos atrás. Horríveis. Seu menino, também. Bomba de carro. Eles nunca pegaram que fizeram isto.”

“Eu estou ciente disto. Você pode lembrar de alguns casos, qualquer coisa que distingue-se onde o Swisher estava advogado de registro, Musgo no banco, e um caseworker chamado Karin Duberry era envolvido?”

“Duberry.” Ele esfregou o de volta de seu pescoço à medida que ele se concentrou. “Algo vagamente familiar, mas eu não sei qualquer um por aquele nome. Espere.”

Ele agarrou seu vínculo de bolso. Dentro de segundos, Sade era onscreen. “Grant trabalhou com um GPS rep, Karin Duberry?”

“A pessoa que era estrangulada no ano passado?”

“Eu não faço--” Ele olhou em direção a Eve, conseguiu um aceno com a cabeça. “Sim.”

“Certo. Eles estavam em casos--mesmos laterais e adversários. Por que?”

“Que tal eles dois indo na frente de Musgo de Juiz?”

“Teve que, eu pensaria. Chances em favor. O que é o negócio, Dave?”

“Eu não sei.”

“Mente?” Eve perguntada, e antes dele poder responder tomou o 'vínculo se. “Tenente Dallas. Você lembra de algumas ameaças por algum participante em um caso onde o Musgo, Duberry, e Swisher era todo envolvido?”

“Nada pula. Você tem cópias dos arquivos de caso. Existiria notas. Jesus, estes são conectados? Você pensa que as pessoas que mataram Grant explodiu Musgo de Juiz, matou o caseworker?”

“Eu estou examinando isto. Eu precisarei de você disponível se eu precisar conversar com você novamente.”

“Você pode contar com isto.”

A Eve deu o 'vínculo de volta.

“Obrigado, Sade. Eu levantarei você dois e trinta.” Ele corta o 'vínculo. “Nós estamos indo para o enterro junto. Olhe, Tenente, eu posso examinar cuidadosamente o caso arquiva eu mesmo. Veja se algum deles devolve qualquer café-fratura tagarelar. Grant e eu bitched para um ao outro bastante. Sabe, companheiros.”

“Sim, eu conheço companheiros. Se você pensar de qualquer coisa, entre toque.”

“Eu irei. Eu perguntei-me, antes de eu ir que ... Eu pergunto-me se você pudesse dar a mim uma idéia quando eu podia segurar o comemorativo? Eu pensei como companheiro do Grant, como seu amigo, eu faria os acordos. Eu quereria conversar com Nixie, tenha certeza que nós façamos isto de um modo que faço isto como fácil para ela tão possível.”

“Você precisa tardar por algum tempo. Eu não posso permitir que ela freqüente um comemorativo até que nós sejamos satisfeito que ela não é mais em qualquer jeopardy.”

“Certo, mas podia você somente. . .” Ele ergueu sua pasta, abriu isto. “Isto é o retrato que Grant continuou sua escrivaninha. Eu penso que ela quereria isto.”

Eve olhada abaixo nos quatro rostos sorridentes, a família agrupou junto em que pareceu ser uma fotografia casual na praia. O braço atirado do pai em torno do ombro do filho--a mão alcançando deitar na da esposa, seu outro desenhando sua filha atrás para ele. A mãe com seu braço em torno da cintura do filho--gancho de dedos nos laços de cinto de calça jeans do seu marido. Sua outra mão que segura da sua filha.

Feliz, ela pensou, dia do verão despreocupado.

“Eu tomei isto, realmente. Era um daqueles fins de semana em seu lugar de praia. Eu lembro de que eu disse, 'Eh, deixe-me experimentar minha nova câmeras. Você sujeitos reúnem-se.' Eles moveram junto só assim. Grandes sorrisos.” Ele passou sem tocar sua garganta. “Era um bom fim de semana, e Grant realmente amou aquele retrato. Cristo, eu o falto.”

Ele cessou bruscamente, agitou sua cabeça. “Nixie, eu penso que Nixie gostaria de ter isto.”

“Eu terei certeza que ela pegue isto.”

Quando ele deixou que ela se sentou lá, olhando para o momento do verão, aquela fatia congelada de diversão de família descuidada. Eles não souberam que não existiriam outro verão.

O que era como ter aquele tipo de laço? Aquele tipo de facilidade de raio de sol, como uma família? Para crescer conhecendo existiam pessoas lá para deitar um braço acima de seu ombro, agarre sua mão. Mantenha você seguro?

Ela nunca saberia isto. Ao invés ela cresceu conhecendo existiam pessoas que machucariam você, só para o esporte disto. Bata você, estupra você, fratura você porque você era mais fraco.

Até que você ficou mais forte, até existia aquele momento louco quando a faca estava em sua mão. E você usou isto até que sua pele, seu rosto, suas mãos eram lisas com sangue.

“Eve.”

Ela sacudiu, soltou a fotografia, e olhada fixamente em Mira. Mira se sentou, girou a fotografia ao redor na mesa para estudar isto. “Uma família adorável. Olhe para o idioma de corpo. Uma família amorosa e adorável.”

“Não mais.”

“Não, você está errado. Eles sempre serão uma família, e momentos gostam de este aqui são o que faz tão última. Este confortará Nixie.”

“O companheiro do pai trouxe para dentro isto, junto com Jenny Dyson. Ela e ela marido estão dissolvendo o tutela. Eles não a levarão.”

“Ah.” O som terminou como um suspiro quanto Mira se sentou de volta. “Eu tinha medo disto.”

“Você figurou algo como este?”

“Tinha medo,” ela repetiu, “que eles poderiam se parecer incapazes, pouco dispostos a tomar Nixie em sua casa. Ela é muito forte uma lembrança de sua perda.”

“Que diabo ela deveria fazer agora? Acabe no sistema porque um pouco de filho de uma cadela decidiu massacrar sua família?”

Mira fechou um dar a Eve de punho junto em maço na mesa. “Pode muito bem estar em melhor interesse do Nixie entrar em nutra cuidado, ou com um parente, se possível. Enquanto ela é uma lembrança de perda para o Dysons, eles também seriam uma lembrança para ela. Ela está ainda lidando com culpabilidade do sobrevivente, junto com seu choque, seu pesar, seus medos.”

“Arremesse ela abaixo com estranhos, então girem a roda,” Eve amargamente disse. “Veja se ela ficar sortuda e consegue alguém que realmente dá um voador fuck, ou não é tão sortudo e consegue um que está só nele para a taxa.”

“Ela não é você, Eve.”

“Não, ela por Deus não é. Não é nem fechar. Talvez ela o pegou pior que eu fiz.”

“Como?”

“Porque ela teve isto.” A Eve deitou sua mão na fotografia. “E agora ela não faz. Você vem da parte inferior da cova, não existe nenhum lugar mas em cima. Ela pegou um modo longo que ela pode afundar.”

“Eu ajudarei. Até onde o processo de a colocar, achando a situação de direito de família para ela, eu porei meu peso. Seu não machucaria qualquer um.”

“Sim.” Ela se debruçou ela voltar, e para um momento, só um momento, fechados seus olhos. “Eu não posso pensar sobre este agora. Nós temos alguns leva que podem resultar.”

“Existia qualquer outra coisa que você precisou falar comigo sobre?”

“Precise caminhar e conversar.” Ela rosa, e disse a Mira sobre o incidente com Nixie e a tábua de assassinato.

“Nós conversaremos sobre ele em nossa próxima sessão.”

“Multa, boa. Eu preciso ir hostilizo Yancy sobre a combinação.”

“Boa sorte.”

Ela podia usar algum, Eve pensou como ela pegou um deslizamento. Estava na hora de um pouco sorte encabeçar seu modo.

 

ELA ACHOU YANCY EM UM POUCO quarto de CONFERÊNCIA de CAIXA de VIDRO em seu setor, bebendo estação-casa café com Ophelia. O LC vestiu as mesmas penas e pintou como a noite antes. Nas luzes severas ela olhou o modo como Eve sempre pensou carnies olhado em luz do dia--um pouco vestida, um pouco espalhafatosa, e não particularmente convidativo.

Mas Yancy estava a conversando em cima, paquerando.

“Então, asshole diz a mim que ele quer que eu cante. Diga que isto é o único modo que ele pode conseguir a madeira. Queira que eu cantar 'Deus Abençoar a América.' Você pode dígito?”

“O que você fez?”

“O que você pensa? Eu canto. Eu consegui a melodia certa, mas eu preciso compor as palavras principalmente. Dando a ele um trabalho da mão, e ele está cantando comigo, consertando as palavras. Nós estamos aí, apertada em uma entrada, tendo nós mesmos um dueto.”

“O que aconteceu?”

“Ele levantou, entrou, e redondo sobre a terceira vez em torno da melodia, saiu de. Precisa ser um regular depois disto. Toda terça-feira à noite, nós tivemos nós mesmos uma apresentação. Eu me consegui um equipamento vermelho, branco, e azul, também. Dê a ele um pouco mais de estrondo para seu corço.”

“Você vê muitos personagens em sua linha do trabalho.”

“Mel, você estado no passeio longo como eu, não existe nada que você não viu. Por que só na semana passada--”

“Com licença.” A voz da Eve era dura como assou Terra. “Desculpe interromper sua conversa, mas eu preciso ver Detetive Yancy para um momento. Detetive?”

“Seja direito de volta, Ophelia.”

“Oooh, ela olha significa suficiente para mastigar pedra e cuspir pebbles em seu olho.” Verbalize baixo, Ophelia piscou em Yancy. “Você assiste aquele asno bom seu.”

O minuto eles estavam do lado de fora, a porta fechada atrás deles, Eve rasgou em. “Que diabo você está fazendo? Bebendo café, conversando sobre suas façanhas no passeio.”

“Eu sou aquecimento ela.”

“Ela teve uma cama, suas comidas, seu entretenimento, cortesia do NYPSD. Se você perguntar a mim, ela é morna suficiente agora para suar. Eu preciso de resultados, Detetive, anedotas não divertidas para seu arquivo de caso.”

“Eu sei o que eu estou fazendo, você não faz. E se você vai rasgar mim um novo, espere até que eu esteja acabado.”

“Eu programarei isto--assim que você diz a mim quando o inferno você for estar acabado.”

“Se eu não tiver algo que você pode usar em uma hora, eu não vou ter isto mesmo.”

“Faça isto. Pegue isto. Traz isto para Quarto de Conferência C.”

Eles giraram suas costas para um ao outro. A Eve foi embora, ignorando as festas interessadas em escrivaninhas e cubos.

Quando ela chegou no quarto de conferência se, Peabody já estava lá, instalando. Pelo menos ela não esqueceu os tabalhos de um ajudante.

“Conseguidos três nomes para você, Dallas, aquele ajuste os parâmetros de nosso perfil.”

“Pelo menos alguém está fazendo o que eles deveriam fazer hoje.”

Peabody se enfeitou um pouco como ela organizou discos etiquetados. “Se viva ainda na cidade, se está ainda em diante ativo e baseado em Tambor de Forte em Brooklyn. O último, é parceria de um estúdio de artes marciais em Rainhas e tem isto listado como negócios e pessoais.”

“Toda quieta em Nova York. À mão. Qual era seu lidava com Swisher?”

“Primeiro, sargento aposentado, era um cliente--divorciadas com crianças. Swisher o conseguiu um decente suficiente negócio, pelo menos quando você estiver olhando em do fora de. Divisão razoável de propriedade e recursos matrimoniais, visitação liberal com crianças secundárias.”

“E onde está o missus?”

“Westchester. Recasou. O cônjuge era o cliente com o segundo. Negócio de custódia. Ela reivindicou abuso sentimental e físico, e Swisher o pregou com isto. O cônjuge ficou custódia cheia e uma stinging porcentagem do mensal do sujeito como criança sustenta. Ela mudou para Filadélfia, condição de pai única.”

“Perdeu a esposa e kiddies, e tiveram que pagar por isto. Isso urinará você. O último?”

“Negócio semelhante como o segundo, com a esposa--Cliente do Swisher-- testemunhando debaixo de mantas. Abuso regular e consistente reivindicado acima de um período de doze anos. Duas crianças secundárias. Sua documentação era trêmula, mas Swisher puxou isto. E ela entrou no vento.”

“Ela está faltando?”

“Nenhum registro dela ou as crianças o dia depois do tribunal decidido em seu favor. Eu não tenho todos os detalhes ainda, mas ele parece que ela correu. Ou--”

“Ele chegou a ela. Alguns documentos nela?”

“A irmã arquivou umas pessoas desaparecidas. Ativamente procurou. Irmã e família mudadas para Nebraska.”

“Nebraska? Quem vive em Nebraska?”

“Aparentemente eles fazem.”

“Sim, com as vacas e ovelha.”

“Os pais vivem lá, também. A mulher desaparecida e pais da sua irmã. Não as vacas ' e da ovelha--entretanto eu estou certo existimos muitos animais de fazenda parentais em Nebraska.”

O pensado realmente causou um tremor. “Eu não gosto de pensar sobre aquelas coisas. As vacas batendo um ao outro no campo. Estranho.”

“Bem, se eles não fizerem, tudo que nós temos ser manmade--”

“Não vá lá. É quase pior. Algum sujeito de ciência criando eles no lab.” Ela verbaliza escurecido. “Um dia eles vão cometer um engano--um grandes--e vacas de clone de mutante vai revoltar e começa às pessoas de comer. Você espera e vê.”

“Eu vi este vid uma vez onde esta inteligência de porcos de clone desenvolvido e começou a atacar pessoas.”

“Veja?” Ela picou um dedo no ar. “De vid até realidade é um passo pequeno, escorregadio. Eu espero Cristo que eu não tenho que ir para Nebraska.”

“Eu tenho estado lá. É realmente muito bom. Algumas boas cidades, e a zona rural está interessando. Todo aqueles campos de milho.”

“Campos de milho? Campos de milho? Você sabe o que pode esconder em campos de milho-- o que poderia estar espreitando no milho? Você pensou sobre isto?”

“Não, mas eu lego agora.”

“Dê-me uma ruela escura boa. Certa.” Ela escapou disto, olhou para a tábua de assassinato que Peabody instalar para a instrução específica. “Nós conversamos com todos três dos sujeitos que você estalou. Nós visitamos os investigadores no Duberry e os casos de Musgo de Juiz, e nós revisamos as pessoas desaparecidas reportarem e aquele arquivo de caso. Eu quero conversar com o primário em um homicídio de roubo. ER doc, tirado no estacionamento de seu hospital. Eles conseguiram um sujeito para isto, mas ela estalou neste negócio de custódia de Kirkendall, também. Nós reinterview quaisquer testemunhas para aqueles casos, recanvass. E se nós já conseguirmos um goddamn combinação de Yancy, nós achamos uma partida.”

“Os esboços do Yancy são ouro,” Peabody lembrou a ela. “Se ele puxar uma descrição decente fora do LC, nós devíamos ser capazes de correr isto pelo sistema, estale um nome.”

“Passo de cada vez.” Ela glanced acima de como Feeney entrou com mcnab. Ela pegou o olhar sugestivo que mcnab enviou Peabody, e tentou ignorar isto. Eles estavam em fase de um abraçar de sua relação--novo cohabs. Ela não estava certa o que disse sobre ela saber que ela seria aliviada quando eles voltaram a atirar de lugar escondido em um ao outro.

“Ponha suas mãos, ou suas grandes, goofy boca em meu companheiro neste quarto, mcnab, eu rasgarei aqueles aros estúpidos fora de suas tiras de orelhas tão sangrentas de lóbulo voa em torno do quarto.”

Em reflexo, ele ergueu uma mão para sua orelha e o quarteto de aros azuis claro.

Feeney agitou sua cabeça, falou debaixo de sua respiração para Eve. “Mais córnea agora, você pergunta a mim, que antes deles mover em junto. Desejem que eles começassem a baterem em um ao outro gosta de antes. Isto caga está ficando arrepiado.”

Era bom, Pensou Eve, ter alguém no time que mostrou a boa sensação. Para mostrar a solidariedade, ela deu a ele um bofetão em um de seus ombros acorcundados.

Quando Baxter e Trueheart chegaram, eles conseguiram café, os arquivos atualizados.

“O detetive Yancy devia estar juntando-se nós brevemente,” Eve começou. “Se a genialidade é bem sucedida, nós teremos rostos. Enquanto isso, nós achamos conexões.”

Usando ambas a diretoria e a tela, Eve informou o time nos vínculos potenciais entre o Swishers e as duas outras vítimas.

“Se esta mesma pessoa ou pessoas mortas ou organizaram ter Musgo morto, Duberry, e a família de Swisher, nós podemos ver pela período de tempo que estes assassinatos não são só cuidadosamente planejados, mas que a pessoa ou pessoas atrás deles são controlados, pacientes, cuidadosos. Isto não é nenhum psicopata em um divertimento, mas um homem propositado em uma missão. Uma com conexões de suas próprias, com habilidade e/ou o dinheiro ou recursos para contratar aquela com habilidade. Ele não trabalha só, mas como parte de um time bem afiado.”

“Assassinos de policial,” Baxter disse sem algum de seu humor habitual.

“Assassinos de policial,” Eve confirmada. “Mas o fato que eles eram Polis eram irrelevantes. Eles eram obstáculos, nada mais.”

“Mas dano não colateral.” Trueheart pareceu surpreendido, até ligeiramente envergonhado para perceber ele falou em voz alta. “O que eu quero dizer, Tenente, é aqueles Detetives Nomeiam cavaleiro e Preston não era espectadores ou vítimas inocentes dos pontos de vista dos assassinos. Eles eram o que eu acho que nós podíamos chamar guardas de inimigo?”

“Concordou. Isto é uma guerra pequena, muito pessoal. Com objetivos muito específicos. Um daqueles objetivos não foi encontrados. Nixie Swisher.” Ela trouxe a criança é ID imagem onscreen.

“Dados o que nós sabemos, nós podemos especular que o sobrevivente não é nenhuma ameaça para eles. Ela é uma criança, uma que não viu nada que pode levar a identificação dos indivíduos que mataram a família. Em todo caso, o que ela viu, o que ela soube, já tinha sido reportada. Seus ganhos da morte nada. É provável que eles seqüestraram Meredith Newman, provável eles a interrogaram, debaixo de compulsão, e ganhou o conhecimento que o sobrevivente não soube nada que nos levaria a sua identidade.”

“Mas eles não dão isto uma lavagem.” Baxter estudou a criança. “Eles não partem, consideram isto feitos. Eles põem junta outra operação para tentar achar e a eliminar, e ao invés tire dois Polis.”

“A missão não é completa, então a missão não tem sido bem sucedida. O que eles quiseram do Swishers?”

“Suas vidas,” Baxter respondeu.

“Sua família. A destruição de sua família. Você toma meu, eu tomarei seu. Então eles continuam a caçar o membro restante último, ilustrando uma necessidade para conclusão, para perfeição, para uma realização do trabalho. Com o assassinato de Cavaleiro e Preston, uma mensagem era enviada. Eles se empenharão o inimigo, eles eliminarão obstáculos. Eles completarão sua missão.”

“O inferno eles irão,” Feeney sonoro.

“O inferno eles irão. Detetive Peabody?”

Peabody sacudiu, piscada em Eve. “Senhor?”

“Informe o resto do time nos resultados de sua procura recente.”

“Ahhh.” Ela passou sem tocar sua garganta e rosa. “Em ordens de Tenente Dallas, eu conduzi uma procura por quaisquer indivíduos que ajustam nosso perfil atual que era envolvido em uma tentativa ou caso que incluiu Swisher, Musgo, e Duberry. A procura resultou em três indivíduos. Os primeiros, Donaldson, John Jay, Sargento USMC, se aposentou.”

Ela ordenou imagem e dados na tela e relayed os detalhes do caso de divórcio.

 

“Pareça com um jarhead.” Baxter encolheu os ombros quando carranca de Eve nele. “É disso que meu avô chamou marines. Ele era exército regular durante o Urbans.”

“Você e Trueheart tomarão o jarhead. É possível que ele não era satisfeito com a decisão de tribunal. Peabody, próximo em cima.”

“Próximo é Glick, Viktor, Coronel de Tenente, EXÉRCITO dos Estados Unidos, ativos e baseados em Forte Hamilton, Brooklyn.”

Quando Peabody terminou os dados, Eve gesticulada para Feeney. “Você e mcnab em cima para um pouco de campo trabalham em Brooklyn?”

“Pode fazer. Eu vou apreciar ver o que o exército faz de nosso E-prato de moda de Divisão.”

“Peabody e eu tomaremos o último. Peabody?”

“Kirkendall, Roger, Sargento, EXÉRCITO dos Estados Unidos, se aposentou.”

Quando os dados eram completos, ela se sentou com alívio óbvio.

“Kirkendall,” Eve continuou, “também tem um conectar para um Brenegan, Jaynene, que era apunhalado para a morte em um estacionamento fora do centro médico onde ela serviu como um ER doc. Eles conseguiram um sujeito isto, mas ele agüenta olhando para. Baxter, alcance para os investigadores nisto. Vamos ver se qualquer coisa anéis.”

“Você pensando que eles contrataram alguém para bater o doutor?”

“Não. Eles são muito espertos para contratar um pouco de junkie e o deixar vivo. Coberta justa todo o chão. Nós precisaremos de liberação a fim de adquirir os registros militares cheios destes três indivíduos,” Eve adicionada. “Que, vamos enfrentar isto, não vai ser um estalo. Eu começarei a lutar pela fita vermelha lá. A menos que eu fique claro para lidar com isto eu mesmo, eu quero que você converse com o primário no caso de Duberry.”

Ela parou quando Yancy entrou.

“Tenente.” Ele subjugou, dada ela um disco. “Tão ordenado.”

“Sente-se, Detetive. Dê a nós os informes.”

Ela ligou o disco se, telefonou as imagens em duas telas.

Em cada tela um rosto quase idêntica apareceu. Quadrou, sobrancelhas duras, pálidas, cabelo de fim cortado. O lips era firma, narizes nitidamente planejados.

Orelhas perto da cabeça, ela notou. Frio de olhos e pálido. Ela julgou eles ambos para estar cedo cinqüenta.

“A testemunha era cooperativa, e conseguiu um bem, close-up olha para ambos os homens. Porém, ela, pelo menos inicialmente,” Yancy adicionou com um estalido de um olhar em Eve, “tido dificuldade com detalhes. Ambos os homens vestiram caps de relógio e sombras de sol que podem ser vistos no próximo esboço. Mas trabalhando com a testemunha, e adicionando probabilidade de certos detalhes, isto é, cor de olho natural, dada a ligeireza das sobrancelhas, olho forma dada a estrutura facial, nós podemos assumir.”

“Como feche uma suposição?”

“O fim como eu posso conseguir. Eu corri probabilidades nestes, com os dados recebidos da genialidade. Vem para noventa e seis e mudança. Eu também era capaz de conseguir composições de comprimento total. A testemunha recordou os tipos de corpo em detalhe. Próximo esboço.”

Agora Eve estudou dois homens musculares, bem construído, largos nos ombros, estreito no quadril. Ambos vestiram preto--camisa do estilo de turtleneck; Calças soltas, diretas; Salte botas--e levou bolsas transversais-corpo. Yancy adicionou alturas e pesos projetados.

Seis pé um, e um e noventa a duzentos em suspeito um, cinco pé onze, mesmo alcance de peso em suspeito dois.

“Você confiante nestes, Detetive?”

“Eu sou, sim, senhor.”

“Nenhum deles combina os homens que Peabody descobriu,” mcnab disse. “O tipo de corpo é fechar suficiente em seu primeiro sujeito e seu último, mas os rostos não são.”

“Não, eles não são.” E isso era uma decepção severo. “Mas isso não impede a possibilidade que estes eram soldados--hirelings ou debaixo de ordens--e aqueles dos homens nós achamos está em uma posição de comando. Nós poremos estas imagens e os dados pelo sistema, veja o que nós achamos.”

Ela brevemente hesitou. “Você pode tomar isto, Yancy. Você teria o melhor olho para isto.”

O rigor aliviado fora de seus ombros. “Certo.”

“Então vamos iniciar. Você faz bom trabalho, Yancy, até quando você estiver lidando com uma dor em seu asno.”

“Isso seria minha testemunha, senhor, ou você?”

“Tome sua escolha.”

Ela caminhou para isto por Whitney primeiro, compilando cópias de todos os dados junto com seus orais. “Eu fiz o primeiro passar em ambos galhos militares para revelação cheia de registros, e como esperados nos primeiros passam, pedido era negado. Eu sou de trabalho meu modo com o segundo.”

“Deixe aquele para mim,” Whitney disse a ela. Ele estudou os esboços. “Você teria que dizer irmãos. A semelhança é muito forte caso contrário. Ou sua testemunha projetada a semelhança.”

“Yancy era completo. Ele é aguardar as composições. Os irmãos não é longe fora de alcançar, senhor, considerando a suavidade do trabalho de equipe. Gêmeos, como eles parecem ser, freqüentemente tenha um fechar, quase preternatural laço.”

“Nós daremos a eles juntando gaiolas quando você trouxer para dentro eles.”

Os irmãos eles eram, uma unidade de convicções, desejos, e treinando. Máquinas. Entretanto eles eram humanos, entretanto eles correram em sangue, humanidade era perdida neles.

A obsessão de se era a obsessão do outro.

Eles rosa na mesma hora todo dia, aposentada na mesma hora em seus quartos idênticos. Eles comeram a mesma comida, adorou os mesmos deuses, em um sychronicity de disciplina e objetivo.

Eles compartilhados o mesmo frio, amor severo para um ao outro que cada teria chamado lealdade.

Agora, como um trabalhado, suor que flui abaixo seu rosto enquanto ele executou castigando se agacha e estocadas em sua perna ferida, o outro sentado em um comando consola, telas de acompanhamento de olhos pálidos. O quarto onde eles trabalharam tido nenhuma janela e uma porta única. Conteve uma saída de emergência subterrânea, e a capacidade para se auto-destrói devia sua segurança ser comprometido.

Era equipado com suficiente material para durar dois homens um ano cheio. Uma vez, eles planejaram usar isto como ambos os abrigo e comando postam quando a vista primária da organização eles dois serviram tinham estado encontrados, e a cidade acima de estava em suas mãos.

Agora, era abrigo e comando postam para uma vista mais pessoal.

Eles trabalharam junto para a causa maior por quase uma década, e esta mais pessoal por seis anos. Eles viram o maior fraturado, disperso. Mas o menor, o pessoal, eles completariam. Qualquer que seja o custo.

Se parou, sue ainda gotejando como ele agarrou um jarro contendo filtrou água e eletrólitos.

“Como é a perna?” Seu irmão perguntado.

“Oitenta por cento. Cem por amanhã. O policial bastardo era rápido.”

“Agora ele está morto. Nós terminaremos mais, atinja os outros locais, mas isso pode esperar até que nós batemos o objetivo primário.”

Em uma das telas, Rosto jovem sorrido do Nixie fora no spartan quarto e os dois homens que quiseram sua vida.

“Eles poderiam ter a movido fora da cidade.”

Seu irmão agitou sua cabeça. “Dallas quereria que ela fechar. Todas as probabilidades indicam que ela está ainda na cidade. Vaivém de Polis fora de casa local de Dallas, mas as probabilidades são baixas que ela tomaria o objetivo lá. Mas ela será fechará.”

“Nós trazemos para dentro Dallas, averigúe o local do objetivo.”

“Ela estará pronta para isto, esperando por isto. Nós não podemos apressar isto. A segurança e inteligência do Roarke podem ser tão bom quanto nosso. Pode ser melhor. Seus bolsos são mais fundos, até com nossos capitais de contingência.”

“Eles não têm nada que leva a nós. Isso dá a nós tempo. Seria um golpe súbito, o tipo que impulsionaria morale e devolve a missão primária em lugar, se Roarke estivesse para casa local era quebrado, se ele fosse terminado em sua própria cama, e o policial tomado. Nós teríamos a mensagem precisada reagrupar nossos membros, e as informações precisadas completar nossa missão aqui.”

O homem no consolar girado. “Nós começaremos em tática.”

O estúdio de artes marciais em Rainhas eram mais de um palácio, em opinião da Eve. Ou um templo.

A entrada era decorada em um estilo sobressalente ainda de alguma maneira lustroso-- um sabor asiático com os jardins de areia de Japonês ela nunca entenderia, gongos, a brisa de incenso, um teto vermelho brilhante contra paredes frescas, brancas e chão.

As mesas eram baixas, e as cadeiras estavam almofadas vermelhas decoraram em linha de ouro que formou símbolos.

As entradas eram o papery telas que ela viu em restaurantes asiáticos.

A mulher que se sentou cruz-provida de pernas em uma almofada por uma estação de trabalho limpa e minúscula movimentada a cabeça, colocou as palmas de suas mãos juntas, e curvadas.

“Como eu posso servir para você?”

Ela vestiu uma bata vermelha com um dragão preto voando através da parte inferior. Sua cabeça era barbeada limpa, a forma de seu crânio de alguma maneira tão limpo e lustroso quanto o quarto.

“Roger Kirkendall.” A Eve mostrou a seu distintivo.

Ela sorriu, mostrando branco, até dentes. “Eu sinto muito, Sr. Kirkendall não é conosco. Eu posso inquirir sobre a natureza de seus negócios?”

“Não. Onde está ele?”

“Eu acredito que Sr. Kirkendall está viajando.” Apesar da resposta cortada, o tom nunca alterado da mulher. “Talvez você gostaria de falar com Sr. Lu, seu companheiro. Eu devia informar Sr. Lu que você gostaria de falar com ele?”

“Faça isto.” Ela girou, rescanned o quarto. “Bonito chutado para um dojo. Deve fazer um inferno de uns negócios. Não ruim para antigo Exército.”

“Sr. Lu terminará e escoltará você. Eu posso servir para você alguns refrescos? Chá verde, pule água?”

“Não, nós somos bons. Quanto tempo você trabalhou aqui?”

“Eu fui empregado nesta capacidade por três anos.”

“Então você sabe Kirkendall.”

“Eu não tive o prazer de o encontrar.”

Uma das telas deslizaram aberto. O homem que terminou para vestiu um preto gi, com o faixa preta ao redor marcou de um modo que disse Eve que ele era um mestre.

Ele era não mais do que cinco e oito em seus pés nus. Como a mulher, sua cabeça era calva. E como seu, ele põe suas palmas juntas e curvadas.

“Você é bem-vindo aqui. Você inquire sobre Sr. Kirkendall. Você exige isolamento?”

“Nunca machuca.”

“Por favor, então.” Ele gesticulou para a abertura. “Nós falaremos em meu escritório. Eu sou Lu,” ele disse a eles como ele escoltou eles abaixo um corredor branco estreito.

“Dallas, Tenente. Peabody, Detetive. NYPSD. O que são estes quartos?”

“Nós oferecemos quartos de isolamento para meditação.” Ele curvou para um homem roubado branco que levou uma panela branca de chá e duas handleless xícaras em uma bandeja.

A Eve assistiu o homem deslizar por um dos corrediços telas e fechar isto atrás dele.

Ela pegou os sons da mão para-dar adiante. O bofetão de carne, a pancada de corpos, o silvar de respiração. Não dizendo nada, ela moveu Lu passado e caminhou para outro para abrir.

O estúdio estende, em seções. Em uma ela viu uma classe de seis executando os movimentos afiados, mudo de um elaborar e gracioso kata. Em outro, vários alunos de vários graus lutados debaixo da supervisão de outro faixa preta.

“Nós instruímos em tai chi, caratê, tai kwon faz, aikido,” Lu começou. “Outras formas e métodos também. Nós oferecemos instrução para noviços e instrução e prática contínua para o experimentado.”

“Você oferece a qualquer coisa exceto chá e meditação naqueles quarto de isolamento?”

“Sim. Nós oferecemos água de fonte.” Ele nem sorriu nem pareceu insultado pela pergunta. “Se você gostaria de examinar um de nossos quartos de meditação, não atualmente em uso, eu só solicitaria que você remove suas botas antes de entrar.”

“Nós deixaremos aquele no momento.”

Ele a levou por outra entrada, em uma pequena, eficiente, e escritório atraente. Mesas mais baixas e almofadas. Telas pintadas nas paredes, uma orquídea branca única retirando-se calmamente de uma panela vermelha.

Seu espaço de escrivaninha era stringently ordenado com seu compacto d e unidade de c e um vínculo de miniatura.

“Você se importaria se sentar?”

“Permanecer seja bom. Eu preciso falar com Kirkendall.”

“Ele está viajando.”

“Onde?”

“Eu não posso dizer a você. Ele é, para meu conhecimento, viajando extensivamente.”

“Você não conhece como alcançar seu companheiro?”

“Eu tenho medo que eu não faça. Existe um problema que envolve meus negócios?”

“Ele lista isto como seu endereço em seus dados oficiais.”

“Ele não vive neste endereço.” Voz permanecida lisa e calma do Lu. “Não existe nenhuma residência aqui. Eu temo que existir um pouco de engano.”

“Quando seja a última vez que você falou com ele?”

“Seis anos atrás.”

“Seis anos? Você não falou com seu companheiro em seis anos.”

“Isto é correto. Sr. Kirkendall me abordou com uma oportunidade de negócios que eu achei interessante. Naquele tempo eu possuí um pequeno dojo em Okinawa. Eu era disposto este por algum sucesso em torneios e discos instrutivos.”

“Lu. O Dragão. Eu reconheci você.”

Existia o faintest de sorrisos, os mais leves de arcos. “Eu sou honrado.”

“Você chutou algum asno sério. Ouro Olímpico de três tempos medalist, possuidor de registro mundial. Eles usam um pouco de seu vids na Academia.”

“Você está interessado na arte?”

“Sim, especialmente quando for executado por um mestre. Você era undefeated, Domine Lu.”

“O favorecido de deuses me.”

“Seu pontapé de assinatura voador não machucou qualquer um.”

Um cintilar de humor clareou seus olhos. “Ocasionalmente machuca meu oponente.”

“Aposta. Que oportunidade de negócios Kirkendall trouxe para você?”

“Sociedade, com capitais consideráveis, este local, e a liberdade para operar esta escola pessoalmente. Seu dinheiro, minha perícia e reputação. Eu aceitei.”

“Você não considera isto estranho que ele não veio para averiguar você em seis anos?”

“Ele desejou viajou e não ser embaraçado por negócios. Ele é, eu acredito, excêntrico.”

“Como ele consegue seu cortado?”

“Os relatórios de negócios e figuras são enviados para ele eletronicamente, como é sua parte dos lucros, que vai para uma conta em Zurich. Eu sou confirmação enviada do recibo destes. Existe alguma dificuldade com os capitais e sua transferência?”

“Não que eu estou ciente. Que é?” Eve perguntada. “Você não fala com ele mesmo, não negocie por um intermediário, um representante?”

“Ele era específico em seus requisitos para este acordo. Como ele me se beneficia, e danos ninguém, eu concordei nisto.”

“Eu vou precisar da papelada, as informações sobre todas e-transferências e comunicações.”

“Eu devo pedir a razão antes de eu concordar ou recusar.”

“Seu nome surgiu durante uma investigação de vários homicídios.”

“Mas ele está viajando.”

“Talvez, ou talvez ele é muito mais íntimo para casa. Peabody, mostre a Lu as composições.”

Peabody tirou eles de sua bolsa de arquivo, ofereceu a eles. “Sr. Lu, você reconhece qualquer um destes homens?”

“Eles parecem ser gêmeos. E não, eles não estão familiarizados para mim.” O primeiro sinal de angústia adicionada por sua considerável tranqüila. “Quem eles são? O que eles fizeram?”

“Eles são queridos para interrogatório em sete assassinatos, inclusive duas crianças.”

Lu retraiu uma respiração. “A tragédia, a família, alguns dias atrás. Eu ouvi falar disto. Crianças. Eu tenho uma criança, Tenente. Minha esposa, que saudou você, nós temos uma criança. Ele tem quatro anos.” Seus olhos não eram tranqüilos agora, nem fez eles mostrar a angústia. Eles estavam simplesmente frios. “Os relatórios de mídia que esta família estava em sua casa, em suas camas, dormindo. Eles eram desarmados, eles eram indefesos. E as gargantas destas crianças indefesas eram cortadas. É esta verdade?”

“Sim, é verdade.”

“Não existe nenhum castigo que equilibrará esta balança. Nem mesmo morte.”

“A justiça sempre não equilibra a balança, Domine Lu, mas ele é o melhor que nós temos.”

“Sim.” Ele esteve muito quieto para um momento. “Você acredita que o homem que eu chamo companheiro pode estar em um pouco de modo envolvido com estas mortes?”

“É uma possibilidade.”

“Eu darei a você qualquer que você exige. Qualquer possa ser feito. Um momento.” Ele moveu para sua escrivaninha, deu sua unidade vários comandos em que Eve tomou ser Japonês.

“Quando Kirkendall esperaria ouvir sobre você novamente, receber um relatório ou um pagamento?”

“Não até dezembro, e o últimos quarto deste ano.”

“Você já contacta ele caso contrário? Com uma pergunta, um problema?”

“Não é habitual, mas existe a ocasião.”

“Talvez nós podemos trabalhar com isto. Eu gostaria de enviar alguém de nossa E-Divisão em fazer um esquadrinhar em sua unidade, em qualquer unidade você poderia ter costumava enviar comunicação para Kirkendall.”

“Só este aqui, e você pode enviar um oficial. Ou você pode tomar isto com você. Eu me desculpo que isto tomará alguns momentos. Eu ordenei todas as comunicações e transmissões desde o início da sociedade.”

“Nenhum problema.” Ele estava chateado, Pensou Eve. Holding ele em, mas lutando com a emoção de perceber que ele pode ter feito negócios, anos de negócios, com um assassino. Sua cooperação podia muito bem principal eles para fechar o caso.

“Domine Lu.” Ela falou com respeito e seus olhos erguidos em direção a ela. “Leva mais que habilidade--até o nível seu--leve mais que treinamento e disciplina para ir undefeated, realizar o que você tem sem uma vez caindo para um oponente. Como você fez isto?”

“Treinamento, sim, habilidade desenvolvida por que treinando e por disciplina--ambos físicos e mentais. Espirituais, se você irá. E com isto, instinto. A antecipação do oponente e uma convicção que você pode, realmente deve, prevaleça.”

Agora ele sorriu, depressa, encantadoramente. “E eu gosto de ganhar.”

“Sim.” Eve grinned atrás nele. “Me, também.”

 

A VIAGEM de LANÇADEIRA PARA Filadélfia TOCOU inferno com horário do Roarke. Ele só teria que pôr em algumas horas longas, talvez faça algumas em viagem viagens, compor para isto. Não podia ser ajudado.

Ele não podia--não iria--discuta situação do Nixie, sua custódia, sua vida, via 'vínculo ou holo. Em todo caso, ele quis uma cara a cara com Leesa Corday, uma reunião pessoal que daria a ele uma sensação dela em lugar de dados de fundo só diretos.

Seu nome passou sem tocar o modo, conseguido ele um compromisso imediato com ela. Ele imaginou que ela pensou que ele estava considerando a pôr e sua firma em retentor. Isso podia ser organizado.

Seria simples suficiente para ele lançar um pouco de seus negócios seu modo como suporte para Nixie. O dinheiro teve seus usos, afinal.

A firma teve uma reputação forte--ele verificou nisto, também. E enquanto a natureza de seus negócios eram desconhecidas, ele recebia o que ele reconheceu tão o tratamento de VIP quanto ele estava encontrado no negro e salão de entrada de prata por assistente do Corday, whisked através do chão de mármore, e em um elevador privado.

O assistente--jovem, macho, em um terno cinza conservador--ofereceu a ele café, chá, bebidas de qualquer natureza. Roarke imaginou que ele foi inquirido organizar ter um trio de lcs entrega isto--e qualquer outra coisa-- devia isto ser solicitado.

Era o tipo de marrom-nosing que irritado ele.

O nível de escritório do Corday era feito em forte reds e natas espumosas. Muita portas automáticas translúcidas e uma estação de trabalho volumosa únicas tripuladas por mais cinco assistentes.

Ele era mostrado por um conjunto de portas em que ele reconheceu como um dos centros do poder. Corday ainda não subiu para o escritório de canto, mas ela foi próxima na linha.

E esperando por ele, permanecendo--posição estratégica--atrás dela L-formada escrivaninha preta, o skyline da cidade atrás dela.

Ela ID fotografia tinha sido uma boa, refletiva da mulher. Ele soube ela para ser trinta e oito. Ele soube onde ela teve seu cabelo styled e onde ela comprou o preto pinstriped terno que ela estava vestindo.

Ele conheceu que ela seria financeiramente capaz de contratar boa criança se importar provedores, dispor boas escolas. E se ela precisasse um pouco de incentivo, ele ofereceria instalar um capital de confiança para cuidado e educação do Nixie.

Ele estava disposto a negociar.

Ela teve um atraente, suave-apresentado rosto, que ela afiou com encarecimentos--discretos. Seu cabelo estava um quieto marrom vestido pequeno, com uma espécie de triângulo na nuca.

O terno exibiu-se um bom corpo como ela veio a si para a escrivaninha para oferecer a sua mão e um sorriso de boas-vindas. “Sr. Roarke. Eu espero que sua viagem em era calmo.”

“Era.”

“O que nós podemos oferecer a você? Café?”

“Obrigado, se você estiver tendo algum.”

“David?” Ela foi embora o assistente, esperando obviamente que ele saltar em ação.

Um ponto em seu favor, em opinião do Roarke.

Ela gesticulou para uma área de assento, esperado até que ele escolheu um dos largos, cadeiras pretas.

“Eu aprecio você me vendo em tal anúncio pequeno,” ele começou.

“O prazer é todo meu. Você tem outros negócios em Filadélfia?”

“Não hoje.”

O assistente apressado acima de com uma bandeja, a cafeteira, xícaras e pires, um pouco tigela de cubos de açúcar, e um lançador pequeno do que poderia ter sido nata real.

“Obrigado, David. Segure meus telefonemas. Agora, como você gostaria de seu café?”

“Só preto, obrigado. Sra. Corday, eu estou ciente seu tempo é valioso.”

Seu sorriso era fácil como ela cruzou suas pernas. “Eu tenho muito prazer em investir tanto dele à medida que você precisa.”

“Apreciou.” Ele aceitou o café, e corte pelas gentilezas. “Eu sou realmente aqui em um assunto pessoal. Eu estou aqui em nome de sua sobrinha.”

Seus olhos, tão quietos uns marrons quanto seu cabelo, encontrado seu. As sobrancelhas acima deles erguidos em puzzlement. “Minha sobrinha? Eu não tenho uma sobrinha.”

“Nixie, filha do seu meio-irmão.”

“Meu meio-irmão? Eu assumo que você está falando de. . .” Ele podia quase ver ela sacudir por seus arquivos para um nome. “Grant. Meu pai era casado com sua mãe por pouco tempo. Eu tenho medo que eu não o considere meu meio-irmão.”

“Você está ciente que ele e sua esposa, e seu filho, recentemente era assassinado?”

“Não.” Ela anotar seu café. “Não. Deus, isto é horrível. Como?”

“Em uma invasão de casa. Eles foram mortos, junto com uma menina jovem que estava gastando a noite com sua filha, com Nixie. Nixie não estava em seu quarto, mas em outra parte da casa, e sobreviveu.”

“Eu sou muito, muito arrependido para ouvir isto. Tremendamente desculpe. Eu ouvi algo na mídia sobre estes assassinatos. Eu tenho medo que eu não pus isto junto. Eu não vi ou tive contactei com Grant em anos. Isto está chocando.”

“Eu sinto muito dizer a você deste modo, mas minha preocupação agora é para Nixie.”

“Eu estou um pouco confuso.” Ela agitou sua cabeça, tocados seus dedos para a colocação peroliza em sua garganta. “Você conheceu Grant?”

“Eu não fiz, não. Meu envolvimento em tudo isso aconteceu depois dos assassinatos.”

“Entendo.” Aqueles olhos quietos afiados. “Sua esposa é com o NYPSD, não é?”

“Ela é, sim. Isto é seu caso.” Ele esperou uma batida, mas ela falhou em perguntar o que a condição daquele caso poderia ser. “No momento, Nixie está em um undisclosed local, em custódia protetora. Ela não pode ficar lá indefinidamente.”

“Seguramente Proteção de Criança--”

“Seu meio-irmão e seus guardiães de esposa legal chamado, mas circunstâncias previnem aqueles guardiães de cumprir o acordo. Como resultado, esta criança tem ninguém quem conheceu sua família, ninguém que teve uma conexão com eles, com ela, gostar dela. Eu estou aqui perguntar você para considerar fazer isso.”

“Me?” Sua cabeça estalou de volta como se ele tem slapped ela. “Isto é impossível. Fora de cogitação.”

“Sra. Corday, você é a coisa mais íntima que ela tem que família em planeta.”

“Dificilmente família.”

“Certo, então. Uma conexão para família. E sua família era assassinada, tudo menos na frente de seus olhos. Ela é uma criança, lamentando e assustada, e inocente.”

“E eu sinto muito, verdadeiramente arrependido por que aconteceu. Mas não é minha responsabilidade. Ela não é minha responsabilidade.”

“Então de quem?”

“Existe um sistema em lugar para circunstâncias como isto por uma razão. Francamente, eu não entendo seu envolvimento, ou por que você veio aqui esperando que eu empreender uma criança eu nem sequer encontrei.”

Ele soube quando um negócio foi para sul, e quando era melhor para deixar ir. Mas ele não podia fazer bastante ele mesmo. “Seu meio-irmão--”

“Por que você insiste em o chamar isto?” Irritação estalada em sua voz. “Meu pai era enganchado em cima com sua mãe para menos que dois anos. Eu apenas conheci o homem. Eu não estava interessado em o conhecer, ou sua família.”

“Ela tem ninguém.”

“Isto não é minha culpa.”

“Não. É a falha dos homens que caminharam em sua casa, racha as gargantas de seus pais, seu irmão, seu amigo jovem. Então agora ela não tem nenhuma casa.”

“O qual é uma tragédia,” Corday concordou, sem emoção. “Porém, eu não estou interessado em entrar salvar o dia--até para a possibilidade de Indústrias de Roarke como um cliente, e eu me ressinto de você vindo aqui, empurrando este em mim.”

“Então eu vejo. Você até não perguntou se ela fosse machucada.”

“Eu não me importo.” Raiva, ou talvez só uma sugestão de embaraço colorido suas bochechas. “Eu tenho minha vida, eu tenho minha carreira. Se eu quisesse crianças, eu teria meu próprio. Eu não tenho nenhuma intenção de nutrir outra pessoa.”

“Então eu cometi um engano.” Ele chegou a seus pés. “Eu comecei a estudar demais de seu tempo, e perdido meu próprio.”

“A mãe do Grant inicializou meu pai fora quando eu tinha dez anos, e ela era só um de muitos. Que razão possível eu ter que tomar responsabilidade para sua filha?”

“Aparentemente nenhum mesmo.”

Ele saiu, mais bravo com ele mesmo que com ela.

 

Eve saída do dojo, inspecionou a rua, acompanhamento de olhos acima de veículos estacionados, pedestres, tráfico de rua.

“As chances são baixo que eles poderiam nos arrastar aqui,” Peabody disse por detrás ela. “Ainda que eles tivessem o equipamento, e o homem dá poder, manter ao redor-da-vigilância de relógio em Central, eles teriam que ser realmente bons ou realmente sortudos para fazer nossa unidade.”

“Até agora eles têm sido realmente bons e realmente sortudos. Nós não tocamos as chances em este aqui.” Ela tirou o scanner de seu bolso. “Isto não é assunto de padrão.”

“Não, é Roarke emite. O assunto de policial seria o que eles esperariam, e eles podiam ter plantado qualquer número dos dispositivos com isso em mente.”

“Dallas, você faz-me sentir todo seguro e se aconcheguei. E faminto. Existe um deli direito da casa ao lado.”

“Eu sou fora de delis durante algum tempo. Eu sempre perguntarei-me se alguém estiver conseguindo um trabalho de sopro atrás quarto, com o extra veggie guisado.”

“Oh, bem, obrigado. Agora eu sou fora de delis, e eu não tive fofoquei esta manhã. Lugar chinês do outro lado da rua. Que tal um pãozinho de ovo?”

“Multa, só faz isto rápida.”

Ela correu o esquadrinhar para explosivos, homing dispositivos, enquanto Peabody hotfooted isto. Ela deu um pãozinho de ombro--a armadura de corpo leve irritado ela--então deslizou no carro como Peabody dashed atrás por.

“Não teve Pepsi.”

“O que?” Eve olhada fixamente para o tirar- bolsa. “É esta a América? Eu cruzei acima de em algum continente escuro, algum universo alternado?”

“Desculpe. Conseguiu você um assobio de limão.”

“Só não é direito.” A Eve puxou longe do meio-fio. “Devia ser ilegal para correr uma operação de serviço de comida e não oferecer a Pepsi.”

“Falando de operações de serviço de comida, você sabe o que Ophelia disse a mim que ela vai fazer com a recompensa?”

“Se ela pegar isto.”

“Se. De qualquer maneira, ela e o deli sujeito conversado sobre entrar junto se ela já conseguisse suficiente arranhão. Então, com a recompensa, ela seria sólida. Eles querem abrir um clube de sexo.”

“Oh, como Nova York não tem suficiente daqueles.”

“Sim, mas um clube de sexo deli. É bonito inovador. Consiga seu salame duro, consiga seu salame duro, toda em uma jurisdição.”

“Cristo, eu nunca estou comendo em um deli novamente.”

“Eu penso que poderia estar interessando. De qualquer maneira.” Peabody estalou um mini eggroll. “Você me quer etiqueta Feeney, ele tem começa a tentar localizar as transmissões?”

“Não. Eu tomarei isto. Etiqueta Baxter, diga a ele para priorizar o caso de Brenegan. E contacte o chefe, veja se ele for tido qualquer sorte que corta pela fita vermelha. Deixe ele saber que Kirkendall é agora principal, e nós temos Baxter examinando um caso fechado que pode conectar. Não, não o 'vínculo,” ela adicionou. “Vamos misturar os dispositivos de comunicação. Use seu pessoal para este. Então faça um conferir com o resto do time, usando seu Communicator.”

“Você pensa que eles poderiam tentar triangular nosso local por comunicação?”

“Eu penso que nós seremos cuidadosos.” A Eve usou a unidade de colisão para casa endereço do Sade Tully. Sua próxima parada.

Era um edifício modesto, distância de caminhada fácil para a firma de lei. Nenhum porteiro, Eve notada. Segurança média. Um esquadrinhar de seu distintivo conseguiu eles --e ela imaginou um par de zumbidos em vários intercomunicadores de apartamento teriam feito o mesmo. No salão de entrada estreito, ela empurrou o botão para chão do Sade e estudou a instalação.

Excêntricos de segurança dual--isso pode ou pode não ter estado trabalhando. A porta de fogo que leva a acesso de degrau. Existia outro excêntrico no elevador único, e o conjunto normal deles nos lados opostos de chão do Sade.

A porta de apartamento era ajustada com uma eletrônica espia e uma polícia robusta fecha. A Eve zumbiu, viu o espiar se empenhar alguns momentos mais tarde. Fechaduras snicked, e Sade abriu a porta.

“Algo aconteceu? Oh, Jesus, algo aconteceu para Dave?”

“Não. Desculpe alarmar você. Nós podemos entrar?”

“Sim, sim.” Ela empurrou uma mão por seu cabelo. “Eu acho que eu seja no limite. Conseguindo eu mesmo junto para enterro do Linnie. Eu nunca estive em uma para uma criança. Você nunca devia ter que ir para uma para uma criança. Nós fechamos o escritório pelo dia. Dave vai me levantar logo.”

O apartamento era bonito e brilhante, o sofá de gel da moda feito em vislumbrar sombras de azuis e verdes com uma área pequeno de comer aparecer de um par de janelas emolduraram com tecido. Os cartazes baratos de alguma da cidade é destacar decoraram as paredes.

“Dave diz que você tem uma boa memória para nomes, para detalhes.”

“É por isso que eles pagam a mim os grandes corços. Você quer se sentar? Faça que você quer. . . Deus, eu não sei o que eu tenho. Eu não estive no mercado . . .”

“Está tudo bem, nós somos bons.” Peabody entrou em confortou modo. “Isto é um lugar bom. Grande sofá.”

“Eu gosto disto. Eu quero dizer o tiro inteiro. Está um edifício quieto, perto de trabalhar. E quando eu quiser tocar, eu posso fugir metade de um quarteirão para o metrô e cabeça em direção à ação.”

“O apartamento cheio neste bairro não vem para barato,” Eve comentada.

“Não. Eu tenho um companheiro de quarto. Teve,” ela corrigiu. “Jilly é um assistente de vôo--lide com a Nova York para Vegas II rota, principalmente. Ela foi tanto que nós não entramos um ao outro é modo, ou em um ao outro é nervos.”

Teve“Eve iniciada.

“Ela entrou tocou uns dias atrás. Que Ela vai fundar em Vegas II agora, então . . .” Sade encolheu os ombros. “Nenhum grande para mim. Eu posso lidar com o alugado agora em diante meu salário. Grant e Dave--inferno. Parcimonioso do Dave. Eu consegui aumentos no caminho.”

Ela olhou abaixo nela mesma. “Você pensa que isto é a coisa certa para vestir? Talvez é muito mórbido. Terno preto. Eu quero dizer, mórbido do enterro, mas talvez--”

“Eu penso que é muito apropriado,” Peabody disse a ela. “Respeitoso.”

“Certo. Certo. Eu sei que é uma coisa estúpida para se preocupar sobre. Por que o inferno devia eles se importar o que eu estou vestindo quando . .. Eu for ter alguma água. Você quer alguma água?”

“Não, vá em frente.” Mas rosa de Eve, vagada em direção à cozinha de galera elegante. “Em Sade, você lembra de um caso que Grant trabalhou? Kirkendall. Seu cliente era Dian.”

“Dê-me um segundo.” Ela conseguiu uma garrafa da água de um minifriggie, debruçado atrás no contador de batom vermelho. “Divórcio e negócio de custódia. O sujeito costumava a bater ao redor. Sujeito do exército--bem, ele era exército aposentado até lá. Mas um filho médio de uma cadela. Eles tiveram umas crianças--menino e menina. Dian finalmente conseguiu seu alvo em equipamento quando ele começou nas crianças. Bem, não imediatamente.”

Ela abriu a garrafa, sipped pensativamente. “Pareça que ele correu o show como ele era o General. Mais o tirano. Horários, ordens, disciplina. Teve o três deles bonitos bem cowed. Ela entrou em um abrigo, finalmente, e uma das pessoas que correram recomendou nossa firma. A mulher era apavorada, seriamente apavorou. Nós vemos isto às vezes. Muitos tempos.”

“O tribunal governado em seu favor.”

“A distância toda. Grant trabalhou duro naquele caso.” Seus olhos foram brilhantes, e ela pausou tomar um bebida longo, lute de volta as lágrimas. “Ela se atarraxou satisfatório no caminho, muitos eles fazem. Não chamando o Polis, ou dizendo a eles que não existia nenhuma dificuldade se outra pessoa chamasse eles. Indo para várias clínicas de saúde assim ela não enviaria em cima uma bandeira vermelha. Mas Grant, ele põe muitas horas --a favor de bono, também--achando doutores, saúde techs, conseguindo intimidar psicologicamente evals. O sujeito teve alguns advogados lisos. Tentados fazer gostar de Dian era instável, que seus danos eram ambos auto-induzidos e um resultado de negócios com homens abusivos. Não lavou, especialmente quando Grant puser Jaynene na tribuna.”

“Jaynene Brenegan?”

“Sim.” Carranca de Sade. “Você a soube?”

“Por que seu testemunho era importante?”

“Perito de trauma--e ela acabou de soprar o bastardo é advogados fora da água. Fez isto claro que seu exame de Dian mostrou a abuso de termo consistente e longo físico, impossível auto-infligir. Eles não podiam a agitar, e era uma das coisas que realmente giraram a maré. Ela foi mortos dois, não, deve ser três anos atrás agora. Um pouco de goddamn junkie a esfaqueou atrás de seu turno. Bastardo reivindicou que ele achou seu morto, acabou de ajudar ele mesmo a seu dinheiro, mas eles slapped seu asno longe.”

“Dian Kirkendall ficou custódia cheia.”

“Certo, com ele ficando visitas supervisionadas mensais. Ele nunca conseguiu a chance de fazer um. Ela whiffed um dia ou dois mais tarde. Grant estava doente sobre isto, todos nós éramos. Se preocupou que ele poderia ter chegado a a de alguma maneira.”

“Você acreditou em que ele poderia ter feito sua violência.”

“Grant fez. Polis nunca achou um rastro sua, ou as crianças.”

“Kirkendall fez algumas ameaças para ela, ou conceder?”

“Ele era muito esfriava isto. Como ártico. Nunca quebrou um suor, nunca disse uma palavra que você podia interpretar tão ameaçador. Mas acredite me em, você podia ver ele teve isto nele.”

A Eve movimentada a cabeça para Peabody que tirou os esboços de sua bolsa. “Você reconhece estes homens?”

Sade anotar a garrafa, tomou um bom olhar longo. “Não. E eu lembraria se eu visse eles. Assustadores. São estes os homens que--” Ela cessou bruscamente. “Kirkendall? Você acha que ele algo para fazer teve com que aconteceu conceder e sua família? Aquele filho bastardo de uma cadela!”

“Nós temos perguntas que nós gostaríamos de perguntar a ele.”

“Ele podia ter feito isto,” ela suavemente disse. “Ele é capaz. Você conhece como você vê alguém, ou retocar eles na rua, e tudo em você congela? Isto é a coisa com ele. Faça seu sangue correr frio. Mas, Jesus, era tão longo atrás. Era anos atrás. Que eu só começaria com a firma, estava vivendo nesta caixa de um quarto em cima em Cem e Sétimo.”

“Nós estamos verificando vários leva,” Eve disse. “Obrigado pelos detalhes neste. Oh, só curioso. Como você acharia este lugar, o companheiro de quarto?”

“Eles me acharam, basicamente. Eu encontrei Jilly neste clube que eu costumava pendurar em. Amigo de um amigo de um amigo tipo de coisa. Nós batemos isto. Então ela disse a mim que ela teve este lugar, estava procurando por um companheiro de quarto desde que ela estava fora tanta. Só querida alguém lá, sabe, então não estava vazio metade do tempo. Eu estalei isto.”

“E isto era depois da tentativa?”

“Logo depois de, agora que você menciona isto. Só umas semanas.” A mão do Sade tremeu um pouco como ela agarrou sua água. “Por que?”

“Você já conversou com Jilly sobre o trabalho? Sobre casos? Detalhes.”

“Nada confidencial, mas sim. Oh cague, sim. Apenas dos golpes largos de algo quente ou engraçado. Eu conversei sobre o caso de Kirkendall--nenhum nome. Quase o quão Grant duro trabalhou nisto, quanto ele quis conseguir o que era direito para esta mulher pobre e suas crianças. Oh Deus, oh Deus. Mas nós vivemos aqui junto, por seis anos. Quase seis anos.”

“Eu gostaria de seu nome cheio.”

“Jilly Isenberry,” Sade estupidamente disse. “Ela foi comigo conceder sou lugar. Eu não sei quantas vezes. Ela foi para festas lá, para churrascos. Ela jantou em sua mesa. Eu consegui em contato com ela quando isto aconteceu, e ela chorou. Ela chorou, mas ela não está voltando. Eu a levei em sua casa.”

“Você não é responsável. Isto pode não ser nada, mas se não for, você ainda não está responsável. O que você acabou de dizer a nós podemos ajudar nós achar as pessoas que são.”

Eve andada atrás, tirou Sade da cozinha. “Sente-se. Diga a nós mais sobre ela.”

Sharp-olhando mulher,” Peabody comentou. Ela trouxe dados e imagem do Jilly Isenberry em cima na tela de colisão então Eve podia ver. “Trinta e oito, corrida misturada, única. Nenhum casamento ou cohab em registro. Empregado como assistente de vôo, Transporte Orbital, desde 2053. O emprego prévio listou como--hoohaw--”

Eve, lutando tráfico, só enrugada sua sobrancelha. “Hoohaw?”

“Eu penso que é uma exclamação militar. Talvez. Que ajusta, como antes de seu emprego em Orbital, ela era Isenberry Corporal, EXÉRCITO dos Estados Unidos. Ponha em doze anos. Você pensaria que ela faria mais que corporal em uma dúzia.”

“E você pensaria anos de uma dúzia de como um soldado a apontaria em direção a algo diferente de servir bebidas e desmaiando vids para yeehaws cabeçalho para o jogar mundo.”

“Yeehaws?”

“Outro termo de exército. Nós conseguimos os registros militares, você pode apostar ela serviu com Kirkendall em algum lugar, algum dia.”

“E aquele tipo de coincidência--”

“Não é. Ela não mudou seus dados, mude seu nome, nada. Eles pensaram que eles se seriam quando nós conseguimos isto longe, se nós já conseguíssemos isto longe. Nós temos nosso que, nós temos nosso por que. Agora nós achamos o filho de uma cadela. Dallas,” ela disse em seu Communicator quando sinalizou.

“Um ajudante legal para serviços militares solicita uma reunião,” Whitney informado ela. “Meu escritório. O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL.”

“Cabeçalho em direção a Central agora, senhor.”

A Eve julgou o tráfico, a distância, então bata as sirenas e entrou quente.

Peabody estava ainda pegador sua respiração quando eles pegaram o deslizamento para chão do Whitney. “Meus olhos atrás descem onde eles pertencem? Eu não gosto de entrar em uma reunião quando eles forem fechados branco. Olhares ruins.”

Para o inferno disto, Eve deu seu um baque atrás firma suficiente para ter Peabody quase wheeling fora do deslizamento. “Lá. Eles voltam.”

“Eu não penso que era engraçado. Eu não penso que era especialmente engraçado depois de você quase nos matou três vezes voando de volta aqui.”

“Era duas vezes, e realmente, estava só mutilado. As pessoas não respeitam sirenas nesta cidade, isto é o problema. Eles só mantêm La, La, La, quando um veículo de emergência precisar conseguir o inferno onde está indo.”

“O CAB Rápido você quase creamed não estava indo La, La, La. Era mais um grito de terror miserável.”

“Sim.” Fez sorriso de Eve para lembrar disto. “Então ele devia ter conseguido o inferno fora de meu modo.” Ela saltou seus ombros uns tempos. “Sabe, aquele pequeno passeio me zumbiu em cima. Quase tão bom quanto café.”

Eles eram diretamente passados em escritório do Whitney, onde seu chefe e o resto do time já estavam em lugar. Junto com um holo-projeção de uma mulher em brancos de vestido.

Spruced em cima para isto, Pensou Eve, mas não podia aborrecer estar aqui pessoalmente.

“Tenente Dallas, Detetive Peabody, Foyer Importante, Forças armadas dos Estados Unidos, filial legal. O foyer importante exige incentivo adicional para lançar os registros militares cheio dos indivíduos que nós solicitamos.”

“Aqueles registros são a propriedade do governo dos Estados Unidos,” Foyer disse em cortado afina. “Nós temos um trabalho para proteger os homens e mulheres que servem.”

“E nós temos um trabalho para proteger os cidadãos desta cidade,” Eve põe em. “As informações entraram em minhas mãos durante o curso de uma investigação de homicídio múltiplo que me leva a acreditar Kirkendall, Roger, antigo sargento, EXÉRCITO dos Estados Unidos, é envolvido.”

“A revelação desta natureza exige mais que a convicção de um oficial no setor de civil, Tenente. O Patriota Revisado Age, seção 3 implementou 2040, especificamente--”

“Dê o cardápio do governo blanche para exigir e receber dados pessoais em qualquer cidadão, enquanto secretando dados sozinho. Eu sei como ele trabalhos. Porém, quando um membro das forças armadas está debaixo de suspeita para age contra o governo ou seus cidadãos, aqueles registros podem ser virados para ambos os exército e citações de civil.”

“Suas suspeitas, Tenente, não são suficiente. Evidência--”

“Chefe, com sua permissão?”

Ele levantou sua sobrancelha quando Eve andada em direção a seu computador, então movimentou a cabeça.

A Eve ordenou o arquivo no Swishers. “Imagens de vítimas, cena de crime, onscreen.”

Eles relampejaram em, totalmentes e sangrentos. “Ele fez isto.”

“Você acredita--”

“Eu sei,” Eve corrigida. Ela ordenou as imagens de Cavaleiro e Preston em tela. “Ele fez isto. Você o treinou, mas isto não está em você. Ele torceu seu treinamento. Mas está em você se você não cooperar, se você não ajudar este departamento, esta investigação. Se você embaraçar de qualquer forma nossa perseguição de Roger Kirkendall, então o próximo ele mata está em você.”

“Sua evidência é longe de conclusiva nesta fase de sua investigação.”

“Deixe-me dar a você um pouco mais. E desde que você parece com uma mulher que faz seu trabalho, não muito o que eu vou dar que você é notícia. Ele possui parte de uns negócios bem sucedidos em Rainhas, mas não foi vistas por seu companheiro em seis anos. Grant Swisher representou sua esposa em um terno de custódia-- e ganhou. Julgue Musgo, presidindo, era assassinado, junto com seu filho de quatorze anos de idade, em uma bomba de carro dois anos atrás. Karin Duberry, o trabalhador de caso de Serviços de Proteção de Criança, era estrangulado em seu apartamento no ano passado. Eu acredito quando eu completar a investigação no apunhalar da autoridade médica que testemunhou para Sra. Kirkendall, nós acharemos que Kirkendall também era responsável por esta morte.”

“Circunstancial.”

“Bullshit, Importante. Jilly Isenberry, antigo corporal no Exército dos Estados Unidos, era até recentemente o companheiro de quarto de Sade Tully, o paralegal em escritório do Swisher. Isenberry gastou tempo no Swisher casa, era considerado um amigo. Isenberry organizou encontrar Tully logo depois do Kirkendal) tentativa, com a coincidência feliz de um apartamento bom a pouca distância de escritório do Swisher. Ela, como Kirkendall, parece viajar um bom negócio. E eu apostarei meu no próximo mês salário contra seu que Kirkendall e Isenberry não só conheceram um ao outro, mas serviu junto.”

“Um momento, Tenente.” O holo desapareceu.

“Verificando isto agora, não é? Apertada-assed cadela.” A Eve se pegou, girado para Whitney. “Eu imploro seu perdão, Chefe.”

“Nenhuma necessidade.”

“Você tem estado ocupado,” Feeney disse. “Boa ida, criança.”

“Nós estamos rolando. Nós realmente não precisamos dos detalhes militares neste momento, mas eu não vou deixar seu stonewall nós. Eu quero eles.”

“Buracos no caso do ER doc,” Baxter põe em. “Se você estiver olhando para eles. O sujeito que afundou para reivindicou que ele achou seu aquele modo, acabou de decidir roubar o corpo--e conseguiu ele mesmo busted com sua carteira e persona] efeitos antes dele sair de do lote. Seu sangue por toda parte ele. Mas eles nunca acharam a arma de assassinato.”

“Qualquer coisa em sua declaração? Ele reivindica ver qualquer coisa?”

“Ele era juiced. Teve um caseiro stunner em seu bolso. Nenhuma evidência compete era atordoada. Já teve uma folha. Ele afundou para illegals, e para assalte, e por roubo. Polis o acha cem pés de um corpo morto, possessões e sangue do corpo morto nele, eles não olharam em outro lugar.”

“Eu quero cópias do arquivo de caso, o MIM sou relatório, o tiro inteiro.”

“Já feito.”

O holo vislumbrado atrás em. “Os registros solicitaram serão feitos disponíveis para você.”

“Adicione do Isenberry.”

“Junto com do antigo Isenberry Corporal. Estes oficiais não são mais debaixo de jurisdição militar. Se ou ou ambos são responsáveis por estas mortes, eu espero que você consiga eles.”

“Obrigado, Importante.” Whitney deu o holo um aceno com a cabeça de reconhecimento. “Meu departamento e a cidade de Nova York apreciam sua ajuda neste assunto.”

“Chefe. Tenente.” O holo enfraquecido longe.

Whitney povoou em sua escrivaninha novamente. “Eu gostaria de uma atualização enquanto nós esperamos pelos dados.”

A Eve examinou isto para ele, para o time.

“Paciente não é a palavra.” Baxter xingou fora uma respiração. “Paciente seja um gato em um buraco de rato. Este do sujeito como uma aranha que trabalhará por anos para girar uma web do Bronx até o Bowery. Nosso USMC aposentado pareceu limpo. Ele estava em viagem a noite do Swisher assassina. O golfe tourney na Palma Pula. Transpo verificou, hotel, e ele pegou bastante testemunhas.”

“Nosso estava correndo manobra da noite perfura a noite.” Mcnab espalha suas mãos. “Ele pegou um pelotão inteiro para o cobrir em cima. Talvez eles tiveram sólidos porque eles precisaram cobrir, mas eles diretamente pareceram.”

“Isto é nosso homem.” Novamente, Eve solicitou computador do Whitney, e trouxe imagem do Kirkendall na tela. “Swisher ajudou o custar sua esposa e crianças. E aquela esposa, aquelas crianças, foi diretamente perdida depois da tentativa.”

“Ele conseguiu eles.”

“Talvez. Talvez. Entretanto por que gaste anos planejando e executando os assassinatos daqueles ele culpou pela perda? Retorno talvez, pelo tempo e dificuldade, mas se você conseguisse eles de volta, ou castigaram eles, por que plantem uma coorte com paralegal do Swisher? Por seis anos.”

“Porque eles caíram fora dele,” Peabody põe em. “Whiffed. Desapareceu.”

“Eu estou pensando que eles fizeram só isto. Ela provavelmente planejou ir, não importa como a tentativa terminou. De forma que seja um pisser. Ela não só consegue custódia, ela cai fora, com suas crianças. Ele perde seu controle acima deles. Então, planta alguém com Tully, e talvez ela conversa sobre onde eles foram. Exceto ela não soube, ela figura que eles estão mortos. Só coisa sobrada para fazer é tirar o inimigo. As pessoas que subiram contra ele, e ganhou.”

“Dados entrantes.” Whitney verificou sua unidade. Ele removeu as imagens atualmente na tela, substituiu eles com os novos dados.

“Dezoito anos em,” Eve lê. “Entrou uma criança jovem fresca. Por que ele não fez seu vinte? Sim, sim, ele está aí. Forças especiais, coberto ops. Grau-cinco avaliação.”

“Isso seria término avaliar.” Baxter ergueu um ombro. “Meu avô faz muito latir sobre este material. Nível de término de não tempo de guerra. Signifique que você pode fora de alguém fora de uma situação declarada. Você pode ser ordenado para assassinar objetivos.”

“Continue, Tenente. Tela de divisão, Dados de Isenberry.”

“Eles serviram junto. Baseada na mesma unidade em Bagdá. Ele é listado como seu sargento durante seu treinamento coberto. Apostem que eles eram bons camaradas. Guerreie amigos. Jilly e o Sarge bom velho. Eles dois saído de uniforme sobre o mesmo tempo, também.”

“Eles dois têm um par de não conduzir tornando,” Feeney assinalou.

“Dallas,” Peabody interrompeu. “Não existe nenhum irmãos listados debaixo de dados do Kirkendall. Nenhuma primo.”

“Nós precisaremos estudar isto adicional. Eu tenho que ver o que pego do Yancy para nós, e eu tenho um encontrar.” A Eve verificou sua unidade de pulso. “Feeney, eu tenho o ir-em frente de Tully para EDD verificar todo seu equipamento de comunicação em casa. Fora de chance Isenberry poderia ter usado ele para contactar alguém envolvido neste. Também, eu solicitei um consultor de perito, civil, trabalhar em outros rastros eletrônicos.”

“Se for seu ECC habitual, nenhuma objeção.”

“Baxter, Trueheart, Enterro do Linnie Dyson está brevemente começando. Freqüente como reps do departamento e mantém seus olhos descascados.”

“Brinque seja enterro.” Baxter agitou sua cabeça. “Nós conseguimos as tarefas de escolha.”

Nada,” Yancy disse a ela. “Nada acima de um setenta e dois por cento partida, até agora. Eu tenho outra hora ou duas para correr, mas eu fui por IRCCA--então nenhum matchups criminoso.”

“Nós temos cooperação do exército. O pedido Whitney contacta eles ré fazendo uma procura por uma partida com membros de quaisquer das unidades do Kirkendall durante seu restringem. Sujeitos com o mesmo treinamento que seu. Ah, comece com o inativo e se aposentou. Estes dois não têm tempo para responder toque de alvorada.”

“Certo. Mas eu tenho pensado. Fazendo este tipo de procura dá a você bastante tempo para pensar, especular. Olhe para estes sujeitos novamente.”

Ele educou eles em uma tela secundária. “Estes rostos são fechar. O gêmeo fecha.”

“Nós concordamos nisto. Mais provável irmãos, mas pego do Kirkendall nenhum bro. Hirelings talvez.” Mas ela não gostou disto. Onde estava a pressa se você pagasse a alguém para fazer o trabalho?

“Bem, pensando gêmeos, rostos idênticos--mas alturas não idênticas. Que da extensão, mas o que você não vê quando você olha para eles?”

“Humanidade.”

“Além disso. Eu gasto a maior parte de meu tempo com rostos. O que você não vê, Dallas, são linhas ou cicatrizes, pancadas, falhas. Você disse que eles tiveram treinamento físico fortes, mais provavelmente exército. Ação vista. Mas você não vê ação em seus rostos. Você não vê veste. Ela teria dado isto para mim,” ele disse quase para ele mesmo. “Ophelia iria, porque você cutuca eles junto lá instintivamente. Você quer identificando marcas quando você puder conseguir eles. Mas diferente do favorecendo sua perna, eles eram perfeitos.”

“Eu considerei droids, mas a baixa da probabilidade. Dois daquele calibre custaria, e é difícil de programa um para trabalho molhado, para coberto e assassinatos. É por isso que o exército não usa eles para trabalho complicado.”

“Eu não estou pensando droids. Eu estou pensando que esculpir, cirurgia. Eles podiam parecer tantos semelhantes, tão sem marcas e idênticos, se eles pagassem a isto.”

“Cague. Cague, A altura, o peso do primeiro corre com dados do Kirkendall. A coloração é fechar.”

“O rosto não é,” Yancy continuou. “Mas se ele tivesse isto construído aqui que ...” Ele retirou-se uma cópia de Kirkendall é ID fotografia e começou a mudar isto. “Alargue, coloque-se em posição de ataque a mandíbula, nariz abaixo de avião. Construa o lábio mais baixo. Levaria um sujeito importante, mucho dinero, mas você podia fazer isto. Eu sei os olhos não combinarem, mas--”

“Eles estavam vestindo sombras, você estava indo com probables.”

“Você pode ter a forma mudou, também, e a cor.”

“Eu consegui um amigo muda sua cor de olho tão freqüentemente quanto ela faz sua roupa íntima.” Ela compassou longe, compassou de volta. “Faz mais sensação para mim. Por que vá por todos os anos de planejar, o aperfeiçoar, a antecipação, então não está em a matança?”

“Se nós formos certos, quem é o outro um?”

A Eve estudou as imagens gêmeas. “Boa pergunta.”

 

FOLHAS, IR ENCARACOLADO, SKITTERED ATRAVÉS DO VARRER do passeio como Eve dirigiu pelo Gates.

Novos conjuntos de possibilidades, probabilidades, e a ação exigida para ambas circulada em sua mente.

“O vento está surgindo,” Peabody observou. “A chuva está entrando.”

“Obrigado pela previsão.”

“Vai desnudar-se as árvores. Eu sempre odeio ver que aconteço. Então eles são todos desnudos lá fora, pelo menos até que nós consigamos a primeira neve.”

“Você é tão preocupado, talvez você e um pouco de suas Livres-relações de Ager podem tricotar eles alguns suéteres.”

“Eu sou melhor em tecelagem.” Voz permanecida plácido do Peabody enquanto Eve estacionada na frente da casa. “Não bateu o assomar em um bom longo enquanto, mas eu aposto que eu podia levantar isto novamente. Eu devia pensar sobre isto, com direito do Natal em torno do canto.”

“Oh, pare. É fricking outubro.”

“Quase novembro. Eu não vou deixar cair fora de mim este ano. Eu já comecei a levantar presentes. Mais fáceis dispor isto agora porque--eh, eu fiz detetive.”

“O fato do qual você nunca esquece de lembrar a mim, e qualquer outra dentro de audição.”

“Eu adicionei tempo em devido a ser ferido na linha. Ainda, eu cortei isto atrás para algumas vezes uma semana.” Ela subiu fora, retraiu uma respiração funda. “Você não ama o modo que ele cheiros?”

“Que cheiros?”

“O ar, Dallas. O é-quase-novembro-e-o-rollingin da chuva-no-ar da cidade. Todo vivo e úmido. E você conseguiu aqueles mums e ásteres examinando cuidadosamente lá--só um pouco picante. Faça-me querer relembrar uma grande pilha de folhas e salto neles.”

Isso põe um puxão em passo largo da Eve, suficiente para ela parar e olhar fixamente. “Cristo” era tudo que ela podia pensar sobre, e ela andou a passos largos para a porta e em.

Summerset estava lá, o espectro do foyer, com seu terno preto totalmente e magro, desaprovando rosto.

“Eu vejo que você decidiu fazer um aparecimento.”

“Sim. E para meu próximo ato eu inicializarei seu asno feio fora de meu modo.”

“Você trouxe uma criança nesta casa, que precisa e espera um pouco de seu tempo e atenção.”

“Eu trouxe uma testemunha, secundária, nesta casa, que precisa e espera que eu descobrir que matei sua família. Se você não pode lidar com ela enquanto eu estou fazendo isto, eu trarei para dentro uma criança me importar droid para lidar com isto.”

“Isto é tudo que ela está para você?” Sua voz era uma lâmina, irritado e fatiando. “Testemunha, secundária. Um droid tem mais sentir. Ela é uma criança, uma que não é por sua primeira década e que suportou horror indizível e sofreu perda indizível. E você tem que ser manipulado em gastos alguns momentos sobressalentes com ela acima da comida matutina.”

“Eu sei só o que ela é suportada e sofrida.” Ela o combinou tom para tom, até como seus dedos cavados duro no newel postam. “Eu sou a pessoa que caminhou pelo sangue eles deixaram para trás. Então você não entra meu rosto neste. Você filho de uma cadela.” Ela recomeçou atividades os degraus, parou, olhado abaixo nele. “Ela não é seu. Você melhor lembrar disto.”

Peabody ficou onde ela estava um momento, respirando em ar que não era mais vivo e úmido mas espesso e fervendo. “Você era fora de.” Ela disse isto quietamente, desenhando Summerset é olhar para ela. “Eu faço isto uma política para ficar fora entre o dois de você. Mas você era fora de. Ela se importa de está naquela criança, de uma forma ou de outra, todo minuto, todo dia.”

Ela cruzou para os passos, Eve Seguida em cima.

Passos largos longos, bravos levaram Eve para seu escritório e a levado em um revira volta ele quando Peabody entrou.

“Dallas--”

“Não converse comigo.”

“Ele estava errado. Eu vou dizer isto.”

“Só não converse comigo por um minuto.”

Ela teve que queimar isto --a ira, o insulto, e a suspeita maldita rastejando debaixo dele que ele era certo.

Ela aceitou em devolução aquele passo, o passo longe necessário para manter objetividade profissional. Ela não se desculparia por isto. Mas ela aceitou em devolução outro passo, um pessoal. A que ela precisou se manter de projecting, de ver demais dela mesma na menina ela precisou proteger. Perdeu, só, apavorou, danificou.

Era diferente, diferente, diferente, Eve repetida para ela mesma à medida que ela compassou. Como ela arrancou fora de sua jaqueta, levantou isto em direção a uma cadeira. Mas os resultados, eles não eram horrivelmente os mesmos?

Eles a lançariam no sistema, como ela foi lançada. Talvez ela ficaria sortuda. Talvez ela não iria. E talvez ela gastaria o resto de sua vida revivendo o que Summerset chamou o indizível em pesadelos.

Ela andou para a janela e, olhando, não viu as folhas que dançam naquele vento nascente, ou a cor de queda polida que já era desvanecimento em direção a novembro enfadonho. Ela viu o rosto do policial que permaneceu acima de sua cama do hospital quando ela tem oito anos.

Quem machuca você? O que é seu nome? Onde é seus mamãe e papai?

Dê-me os fatos, ela pensou agora. Dê-me alguns dados assim eu posso ajudar você. Eu não me vou sentir demais, de pé aqui acima desta criança quebrada, porque eu preciso fazer o trabalho.

Ela fechou seus olhos um momento e prendeu isto atrás. Então fez ela ter que fazer o trabalho.

“Comece a rodando Kirkendall para associados conhecidos, para outros membros de família,” ela disse sem girar. “Faça o mesmo em Isenberry. Você consegue qualquer que cruz, nós empurramos isto.”

“Sim, senhor. Queira café?”

“Sim eu quero café, como eu estou ainda entre o vivo. Obrigado.”

Ela girou da mesma maneira que Roarke entrou no quarto. Algo deve ter mostrado em seu rosto quieto, como ele parou, carranca. “O que está errado?”

“Uma pilha de corpos mortos no morgue. Mesmo velho mesmo velho.”

“Eve.”

“Deixe isto, não é?”

Ele começou a falar novamente, ela podia ver a luta. Então ele deu um aceno com a cabeça rápido. “Certo. Onde eu assino em cima para minha tarefa?”

“Gotcha coberta aqui mesmo. Suspeito, Kirkendall, Roger, antigo exército, grau de sargento. Swisher repped o cônjuge em um terno de custódia, ganhou. Presidindo juiz era batido uns anos do par de volta. Dispositivo de explosão veicular. GPS rep era estrangulado em sua cama. Genialidade de perito médico apunhalado, e ele parece que o asshole que eles comprimidos para poderiam ter só estado lugar errado, tempo errado.”

“Pareça com que você tem seu homem.”

“Ele não está em uma gaiola ainda. Ele co-possui um dojo em Rainhas. Lugar de flash com Mestre Lu, seu companheiro.”

“Lu o Dragão?”

“Sim.” Ela podia sorrir agora, entretanto ele não subiu quase em seus olhos. “Quem diz que nós não temos nada em comum? Você pega ele enxugando o chão com os coreanos para tomar seu terceiro ouro Olímpico?”