Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

  

 

Planeta Criança



Poesia & Contos Infantis

 

 

 


INOCENCIA MORTAL / Nora Roberts
INOCENCIA MORTAL / Nora Roberts

                                                                                                                                                   

                                                                                                                                                  

 

 

Biblio VT

 

 

 

 

Gassassins eles produziram medo e abominando na presa, e um poder arrojado certo no caçador.

Como Craig Foster se preparou para tomar seu almoço quebrar e terminar de refinar o problema, ele soube como sua quinta-classe de história dos Estados Unidos de período responderia. Gemidos e boqueadas, estremecimentos de miséria ou pânico. Ele entendeu completamente. Às vinte e seis, ele não estava até agora removido da seção de aluno da sala de aula para ter esquecido a dor ou a ansiedade.

Ele saiu seu saco de almoço separado. Sendo uma criatura de hábito, ele soube que sua esposa—e não era isto justo mag sendo casado—teria o lotado um bolso de avícula, uma maçã, um pouco de chips de soja, e seu chocolate de favorito quente.

Ele nunca a pediu para lotar seu almoço, ou ter certeza que suas meias eram lavadas e misturavam com cuidado pares e empilhados no lado à direita de sua gaveta superior. Mas ela disse que ela gostou de fazer coisas para ele. Os sete meses eles foram casados tinham sido os melhores de sua vida. E não chupou antes disto, qualquer um, ele decidiu.

Ele teve um trabalho que ele amou, e era condenar bom, ele pensou com uma explosão rápida de orgulho. Ele e Lissette tiveram um apartamento muito decente dentro distância de caminhada razoável da escola. Seus alunos eram brilhantes e interessantes—e, tempo de gratificação, eles gostaram dele.

Eles murmurariam e suariam um pouco acima do estalar problema, mas eles fariam multa.

Antes dele descer trabalhar, ele atirou em sua noiva um e-mail.

 

 

 

 

Eh, Lissy! Que tal eu levanto aquela sopa que você gosta, e a grandes salada a caminho de casa do trabalho hoje à noite?

 

Falte você. Ame toda polegada doce de você!

 

Você sabe que.

 

O fez sorriso que pensa sobre como faria seu sorriso. Então ele trocou de volta para o problema. Ele estudou seu comp tela como ele despejou fora a primeira xícara de chocolate quente e ergueu o abastecimento de pão de bolso com produtos de soja mascarando como finamente fatiou peru.

 

Existia tanto para ensinar; Tanto aprender. A história do país era rica e diversificada e dramática, cheia de tragédia, comédia, romanceie, heroísmo, covardia. Ele quis legar por todos para seus alunos, fazer eles verem como o país, e o mundo eles viveram em, evoluiu em que eles estavam no início de meses de 2060.

 

Ele comeu, perguntas adicionadas, apagadas outros. E ele bebeu fundo de seu chocolate favorito como uma neve suave caiu do lado de fora da janela de sala de aula.

 

Como os dias de sua própria história pequena conferiram minuto por minuto mais íntimo para seu fim.

 

 

 

As escolas deram suas as vontades. Estava coisa de um humilhar para um duro-importado, pontapé-asno policial para admitir, até para ela mesma. Mas ele estava aí. Tenente Dallas, policial de assassinato de topo da discutivelmente Cidade de Nova York, prefere ter sido stalking por uma moradia abandonada à procura de um psicopata chemi-cabeça juiced em Zeus então andando a passos largos abaixo os corredores prístinos de classe média Sarah fielmente Academia de Criança superior.

 

Apesar das cores brilhantes, primárias ao longo paredes e chãos, o vidro cintilante das janelas, era, para , só outra câmara de tortura.

 

A maior parte das portas ao longo do labirinto estavam abertas, e os quartos além de vazios mas para as escrivaninhas, mesas, contadores, telas, tábuas.

 

Glanced acima de em Arnette Diretora Mosebly, um robusto, encabeçando-em direção a-mulher como estátua de cerca de cinqüenta. Sua misturada-corrida herança deu sua pele a cor de nata de caramelo e olhos de nublados azuis. Seu cabelo era um brilhante preto vestido em uma bola de cachos espiralados. Ela vestiu uma saia preta longo com uma jaqueta vermelha pequena. Os saltos de sapatos de seus sapatos sensatos clicados e clacked no chão como eles caminharam ao longo do segundo-andar corredor.

 

“Onde estão as crianças?” Perguntado.

 

“Eu tive eles levados para o auditório até que seus pais ou guardiães podem levantar eles. A maior parte do pessoal está lá também. Eu achei isto melhor, e mais respeitoso, cancelar classes da tarde.”

 

Ela pausou alguns pés longe de onde um uniformed policial esteve na frente de uma porta fechada.

 

“Tenente, isto está além de trágico para nós, e as crianças. Craig…” Ela apertou seu lábios junto, olhou. “Ele era jovem e brilhante e entusiástico. Sua vida inteira à frente dele, e—” Ela cessou bruscamente, levantou uma mão como ela lutou para compostura. “Eu entendo este tipo de coisa, eu quero dizer dizer, tendo a polícia envolvida é rotina em assuntos como isto. Mas eu espero que você será como discreto e eficiente que é possível ser. E que será possível para nós esperar para—transportar o corpo até afinal os alunos deixaram o edifício.”

 

Agora ela endireitou seus ombros. “Eu não conheço como aquele homem jovem podia ter tornado tão mal. Por que ele entraria hoje se ele estivesse se parecendo indisposto? Sua esposa—ele só sido casado alguns meses—que eu não contactei ela ainda. Eu não estava certo—”

 

“Você vai querer deixar aquele para nós. Se você dará a nós alguns momentos.”

 

“Sim. Sim, claro.”

 

“Registre em, Peabody,” Disse para seu companheiro. Ela movimentou a cabeça para o guarda que andou ao lado.

 

Eve abriu a porta, permanecido no limite. Ela era uma mulher alta, desengonçado com um boné agitado de cabelo marrom, com olhos marrons que eram planos e imparciais agora como ela esquadrinhou a cena. Seus movimentos eram fáceis como ela tomou uma lata de Selant de seu kit de campo, cobertas suas mãos, suas botas.

 

Em quase anos de uma dúzia de na força, ela viu muito pior que o professor de história condenada espreguiçada no chão em charcos de seu próprio vômito e caga.

 

Eve notou o tempo e lugar para o registro. “MTs respondeu para o nove e um-um, chegando às quatorze e dezesseis. Vítima pronunciada, identificada como Foster, Craig, às quatorze e dezenove.”

 

“Sortudos nós desenhamos um par MTs no telefonema quem soube melhor que mover o corpo,” Peabody comentou. “Pobre bastardo.”

 

“Almoçando em sua escrivaninha? O lugar como isto provavelmente corre para um pessoal vadia, lanchonete, qualquer.” Restante no limite, Armou sua cabeça. “Atropelou uma garrafa separada gigantesca, a cadeira.”

 

“Olhares mais como um ataque apopléctico que uma luta.” Peabody rodeou a extremidade do quarto, seu airboots squishing ligeiramente. Ela verificou as janelas. “Bloqueadas.” Ela angulada assim ela podia estudar a escrivaninha, o corpo daquele lado do quarto.

 

Enquanto seu corpo era tão robusto quanto do Arnette Mosebly, Construção do Peabody nunca seria como estátua. Seu cabelo escuro cresceu passada a nuca de seu pescoço e curved no terminar em um flirty pequeno sacode Teve ainda para se renunciar para.

 

“Almoço de trabalho,” Peabody notou. “A lição planeja ou avaliando documentos. A reação alérgica para algo que ele comeu, talvez.”

 

“Oh, sim, eu diria.” Cruzado para o corpo, hunkered abaixo. Ela correu impressões, faça a medida normal para TOD, todo o resto, mas para um momento ela simplesmente estudou os mortos.

 

As pernas de aranha de vasilhas quebradas examinaram os brancos de seus olhos. Existiam rastros de espuma como também vômito agarrando para seu lábios. “Tentado rastejar depois de o bater,” ela murmurou. “Tentado rastejar para a porta. Consiga o formal ID, Peabody, verifique TOD.”

 

Subindo, Movido cuidadosamente em torno das poças do que corpo do Craig anulou, e levantou a xícara separada que ela viu, que teve seu nome gravado em prata acima de preta. Cheirou.

 

“Você pensa alguém envenenou este sujeito?” Peabody perguntou.

 

“Chocolate quente. E qualquer outra coisa.” ensacou a xícara em evidência. “Cor do vômito, sinais indicando ataque apopléctico, angústia de extremo. Sim, eu estou pensando veneno. MIM verificarei. Nós precisaremos conseguir liberação acessar seu medicals da próxima de família. Trabalhe a cena. Eu vou conversar com Mosebly novamente, e prenda as testemunhas.”

 

Saído novamente. Arnette Mosebly compassou o corredor com um PPC em sua mão. “Diretora Mosebly? Eu vou ter que perguntar a você não contactar ninguém, fale com ninguém só ainda.”

 

“Oh…eu—realmente, eu era só que—” Ela girou o PPC ao redor tão Podia ver o miniscreen. “Jogo de palavra. Algo para ocupar minha mente para um pouco. Tenente, eu estou preocupado sobre Lissette. Esposa do Craig. Ela precisa ser informada.”

 

“Ela será. Agora mesmo eu gostaria de falar com você, em particular. E eu preciso entrevistar os alunos que acharam o corpo.”

 

“Rayleen Straffo e Melodie Ramificam. O oficial que respondeu dito que eles não podiam deixar o edifício, e teve que ser separado.” Seu lábios thinned agora em desaprovação óbvia. “Aquelas meninas eram traumatized, Tenente. Eles eram histéricos, como se esperaria debaixo destes tipos de circunstâncias. Eu tenho Rayleen com o conselheiro de pesar, e Melodie com nosso médico de enfermeira. Seus pais deviam ser com eles até agora.”

 

“Você notificou seus pais.”

 

“Você tem seu procedimento, Tenente. Eu tenho meu.” Ela deu um daqueles De acenos com a cabeça real imaginou era exigidos principalmente Treinando 101. “Minha primeira prioridade é a saúde e segurança de meus alunos. Estes meninas têm dez anos de idade, e eles caminham para intothat .” que Ela movimentou a cabeça em direção à porta. “Deus sabe o que danifica é feito para eles, emocionalmente.”

 

“Craig Foster não está se parecendo tão bem ele mesmo.”

 

“Eu tenho que fazer o que precisa ser feito para proteger meus alunos. Minha escola—”

 

“Agora mesmo, não é sua escola. É minha cena de crime.”

 

“Cena de crime?” Cor drenada de rosto do Arnette. “O que você quer dizer? Que crime?”

 

“É disso que eu vou descobrir. Eu quero as testemunhas trazidas para dentro, uma de cada vez. Seu escritório é provavelmente o melhor lugar para as entrevistas. Um pai ou guardião por criança durante a entrevista.”

 

“Muito bem, então. Venha comigo.”

 

“Oficial?” examinou seu ombro. “Diga a Detetive Peabody que eu estou indo para a diretora é escritório.”

 

Sua boca twitched, muito ligeiramente. “Sim, senhor.”

 

 Era uma chaleira diferente completamente, Descoberto, quando você era o honcho em vez da na cadeira quente. Não que ela particularmente seria um problema de disciplina em seu dia, ela lembrou. Principalmente, ela tentou ser invisível, só consiga por, só consiga por e saia da prisão educacional inteira o dia que era legal fazer isso.

 

Mas ela sempre não administrou isto. Uma boca esperto e uma atitude ruim tiveram surfaced freqüentemente suficiente para ganhar suas algumas viagens até aquela cadeira quente.

 

Ela deveria ser agradecida o estado estava a fornecendo, uma guarda thereof, com uma educação, com uma casa, com suficiente comida para sustentar vida. Ela deveria ser agradecida para ter roupas nela atrás, ainda que outra pessoa vestiu eles primeiros. Ela deveria querer para melhor se, que tinha sido duro quando ela não lembrou, não claramente, onde ela veio de no primeiro lugar.

 

O que ela lembrou a maioria de era as satisfeitas consigo mesmo-afinadas conferências, as carrancas desapontadas que não escondeu quase a superioridade.

 

E o infinito, o término, o todo-enfado penetrante.

 

Claro, não tinha sido esperto e spiffy escolas particulares para ela, com equipamento de última geração educacional, salas de aula limpas cintilantes, uniformes elegantes, e um um-professor-por-relação de seis alunos.

 

Ela estaria disposta a apostar seu próximo paycheck que a Academia de Sarah Childand não correu para punho luta nos corredores, ou caseiro boomers no lockers.

 

Mas hoje, pelo menos, correu para assassinar.

 

Enquanto ela esperou em escritório do Mosebly com seu homey toques de plantas ao vivo e bules elegantes, ela fez uma corrida rápida na vítima.

 

Foster, Craig, envelheça vinte e seis. Nenhum criminoso. Ambos os pais ainda vivendo, ela notou, e ainda casado com um ao outro. Eles viveram em Nova Jersey, onde Craig ele mesmo nasceu sido e levantou. Ele freqüentou Columbia em uma bolsa de estudos parcial, ganho seu certificado de ensino, e estava trabalhando em grau do mestre em história.

 

Ele casou Bolviar, Lissette, em julho do ano prévio.

 

Ele pareceu fresco e ávido em sua ID fotografia, Meditado. Um homem jovem bonito com uma aparência clara a cor de castanheiros assados. Cabelo de olhos fundos, escuros, e escuros vestidos em que Pensou que eles estavam chamando um alto-topo. Barbeou perto dos lados e atrás, escovados alto na coroa.

 

Seus sapatos tinham sido da moda, também, ela recordou. Pretos e géis de prata, com mantas de tornozelo. Caro. Mas sua jaqueta de esporte tinha sido sujeira marrom, vestidos nos punhos de manga. Unidade de pulso decente, que teve a atingiu como um knockoff. E uma faixa de ouro brilhante no terceiro dedo de sua mão esquerda.

Ela imaginou, quando Peabody completou a cena, existiria abaixo de cinqüenta créditos em bolsos do Craig.

Ela fez algumas notas rápidas.

De onde o chocolate quente veio?

Quem teve acesso a xícara separada?

Sala de aula compartilhada?

Linha de tempo. Para ver pela última vez vic vivo, primeiro a achar corpo.

Apólices de seguros, benefícios da morte? Beneficiários?

Ela glanced em cima como a porta aberta.

 

“Tenente?” Mosebly entrou, uma mão no ombro de uma menina jovem com pele láctea pontilhada com sardas que foram com seu cabelo de cenoura vermelha. O cabelo era longo e escovado atrás em um rabo macio e lustroso.

Ela pareceu leve e trêmula em seu jaqueta esporte de marinha e imaculado khakis.

“Melodie, isto é Tenente Dallas, com a polícia. Ela precisa falar com você. Tenente Dallas, isto é mãe do Melodie, Milhas de Angela-Filial.”

A criança conseguiu o cabelo e pele de Mãe, Notado. E Mãe olhou da mesma maneira que trêmulo.

“Tenente, eu pergunto-me se isto possivelmente podia esperar até amanhã. Eu preferiria levar para casa Melodie agora.” Angela teve Melodie é entregar um aperto da morte. “Minha filha não está se parecendo bem. Compreensivelmente.”

“Será mais fácil ao redor de se nós fizermos isto agora. Não devia tomar muito tempo. Diretora Mosebly, se você nos desculpará.”

“Eu sinto que eu devia ficar, como um representante da escola e como advogado do Melodie.”

“Um representante não é exigido neste momento, e a mãe da criança secundária está presente como seu advogado. Você precisará sair.”

Existia um argumento em olhos do Mosebly, mas ela apertou sua mandíbula, saído do quarto.

“Por que você não senta-se, Melodie?”

Duas lágrimas gordas, um para cada olho azul grande, derramado fora. “Sim, Madame. Mãe?”

“Eu vou estar aqui mesmo.” Mantendo mãos juntaram-se, Angela tomou a cadeira ao lado de sua filha. “Isto tem sido terrível para ela.”

“Compreendido. Melodie, eu vou registrar este.”

Com o aceno com a cabeça veio mais duas lágrimas mudas. No momento, Perguntou-se por que o inferno ela não tomou a cena e sicced Peabody nas crianças. “Por que você só não diz a mim o que aconteceu?”

“Nós entramos em classe—um do Sr. Foster, Rayleen e eu. Nós batemos primeiro, porque a porta foi fechada. Mas Sr. Foster não se importa se você precisar conversar com ele.”

“E você precisou conversar com Sr. Foster.”

“Sobre o projeto. Ray e eu somos companheiros de projeto. Nós estamos fazendo um relatório de multimídia no Bill de Direitos. É esperado em três semanas, e é nosso grande segundo-termo projeto. Ele contas para vinte e cinco por cento de nosso grau. Nós quisemos que ele visse o esboço. Ele não se importa se você perguntar a ele perguntas na frente de classe, ou depois.”

“Certo. Onde você estava antes de você ir para sala de aula do Sr. Foster?”

“Eu almocei período, e meu grupo de estudo. Ray e eu consegui permissão de Sra. Hallywell partir estuda grupo alguns minutos cedo para falar com Sr. Foster. Eu tenho o passar.”

Ela começou a alcançar em seu bolso.

“Isto é certo. Você foi dentro da sala de aula.”

“Nós começamos. Nós estávamos conversando, e nós abrimos a porta. Cheirou terrível. É disso que eu disse, eu disse: ‘Santo jeez, realmente fede em here.’” Lágrimas chovidas novamente. “Eu sinto muito que eu disse isto, mas—”

“É certo. O que aconteceu então?”

“Eu o vi. Eu o vi no chão, e existia gosta, oh, nossa, existia tudo isso vômito e tudo. E Ray gritado. Ou eu fiz. Eu acho que nós dois fizemos. E nós corremos fora e Sr. Dawson veio para parando o corredor e perguntou a nós qual era o assunto. Ele disse que nós ficasse lá e ele voltou. Ele foi do lado de dentro. Eu assisti ele ir do lado de dentro. E ele terminou realmente rápido, com sua mão como isto.”

 

Ela clamped seu livre dar sua boca. “Ele usou seu talkie, eu penso, chamar Diretora Mosebly. E então Sra. Mosebly veio e chamou a enfermeira. E então a enfermeira, Enfermeira Brennan, veio e nos levou para a enfermaria. Ela ficou conosco, até Sr. Kolfax veio e ele tomou Ray com ele. Eu fiquei com Enfermeira Brennan até que minha mãe veio.”

“Você viu qualquer outro entrar em quarto do Sr. Foster, ou deixa isto?”

“Não, Madame.”

“Quando você estava caminhando de seu grupo de estudo até a sala de aula, você viu qualquer um?”

“Um. Eu sinto muito. Um. Sr. Bixley estava terminando do sanitário público dos meninos, e nós legamos por Sr. Dawson. Nós o mostramos a nosso passar. Eu penso que era todo, mas eu não estava prestando atenção.”

“Como você conheceu Sr. Foster estaria em sua sala de aula?”

“Oh, ele está sempre em sua sala de aula antes de quinto período nas segundas-feiras. Ele sempre tem seu almoço lá nas segundas-feiras. E os últimos quinze minutos é quando ele permitir a alunos entrar e conversar, se eles realmente necessidade para. Até antes de que ele não se importa se for importante. Ele é tão bom. Mãe.”

“Eu sei, bebê. Tenente, por favor.”

“Quase feito. Melodie, ou você ou Rayleen tocaram em Sr. Foster, ou qualquer coisa na sala de aula?”

“Oh, não, não, Madame. Nós acabamos de ir embora. Era terrível, e nós fomos embora.”

“Certo. Melodie, se você lembrar de qualquer outra coisa, qualquer pequena coisa mesmo, eu preciso de você para dizer a mim.”

A rosa de criança. “Tenente Dallas? Madame '

“Sim?”

“Rayleen disse, quando nós estávamos na enfermaria, Rayleen disse que eles teriam que tomar Sr. Foster longe em uma grande bolsa. Não é? Você tem que?”

“Oh, Melodie.” Angela tornou a criança nela, seguro apertada.

“Nós vamos cuidar de Sr. Foster agora,” Disse. “É meu trabalho para cuidar o de, e eu irei. Conversando comigo ajudo que eu faça meu trabalho, ajuda que eu cuide de o de.”

 

“Realmente?” Melodie cheirou, suspirou. “Obrigado. Eu quero ir para casa agora. Eu posso ir para casa agora?”

Eve encontrou os olhos encharcados da menina, movimentou a cabeça, então trocada ela olha para a mãe. “Nós estaremos em toque. Eu aprecio sua cooperação.”

“Isto tem sido muito duro nas meninas. Muito duras. Vamos, amado. Nós estamos indo para casa.”

Angela drapejou ombros do seu braço ao redor Melodie e a caminhou do quarto. afastou a escrivaninha, seguidos eles para a entrada. Mosebly já era rumo ao par.

“Diretora Mosebly? Pergunta.”

“Eu só vou escoltar Sra. Milhas-Filial e Melodie fora.”

“Eu estou certo que eles sabem o modo. Em seu escritório.”

Eve não aborreceu se sentar este tempo, mas simplesmente debruçada atrás na escrivaninha. Mosebly emitiu fumaça em, laço de punhos em seus lados.

“Tenente Dallas, enquanto eu perfeitamente entendo que você tenha um trabalho para fazer, eu sou intimidado por seu dismissive e atitude arrogante.”

“Sim, eu consigo isto. Era hábito do Sr. Foster trazer seu próprio almoço e bebida para trabalhar?”

“Eu…eu acredito em que era. Pelo menos vários dias uma semana. Nós temos um nutritionist-lanchonete certificada, claro. E estado-aprovado vendendo. Mas muitos membros do pessoal preferem trazer seu próprio, pelo menos ocasionalmente.”

“Ele geralmente come só? Em sua escrivaninha?”

Mosebly esfregou seu dedo polegar e dedo indicador acima de sua fronte. “Até onde eu sei que ele tomou seu almoço em sua sala de aula duas ou três dias por semana. O trabalho do professor cerca mais que pode ser feito durante a horas da escola. Existem planos de lição, avaliando, lendo, conferência e lab preparações. Craig, como a maior parte do pessoal, também estava procurando sua própria educação adicional, que exige estudo e escrevendo, e assim por diante. Ele almoçaria em sua escrivaninha de forma que ele podia trabalhar enquanto ele comeu. Ele era dedicado.”

 

A raiva pareceu drenar fora sua. “Ele era jovem e idealista. Ele amou ensino, Tenente Dallas, e ele mostrou.”

“Ele teve alguns problemas com qualquer um em pessoal?”

“Eu realmente não sou ciente de algum. Ele era um amigável, homem de calmo jovem. Eu senti, ambos pessoalmente e profissionalmente, que nós éramos afortunados para o ter em nossa faculdade.”

“Despeça qualquer um ultimamente?”

“Não. Nós temos muito pequeno movimento aqui em Sarah Childand. Craig estava em seu segundo ano conosco. Ele encheu um remanescer de buraco por um de nossos professores que se aposentaram depois de cinqüenta anos de serviço. Vinte e oito daqueles anos recebiam aqui mesmo, em Sarah Childand.”

“Que tal você? Quanto tempo você tem estado aqui?”

“Três, tãa diretora. Eu tenho vinte e cinco anos em educação, e em administração.”

“Quando você viu pela última vez Sr. Foster?”

“Eu o vi brevemente esta manhã.” Como ela falou, Mosebly foi para uma caixa fria pequena, tirou uma garrafa da água. “Ele entrou cedo para usar as instalações de boa forma física, como ele habitualmente fez. Todo pessoal são permitidos para usar as máquinas, programas, o charco, e assim por diante. Craig fez uso do privilégio quase toda manhã.”

Ela suspirou como ela despejou água em um vidro pequeno. “Você gostaria de algum, Tenente?”

“Eu sou bom.”

“Eu tive uma natação eu mesmo esta manhã, e estava só deixando a área de charco quando ele entrou. Nós dissemos bom dia. Eu reclamei sobre o tráfico, e manteve ida. Eu estava com pressa. Eu ouvi ele mergulhar em,” ela murmurou, então tomou um gole lento da água. “Eu ouvi o salpico como eu abri o locker quarto porta. Oh, Deus.”

“Que hora era isto?”

“Mais ou menos sete e trinta. Eu tive umas oito horas telefonarem para conferência, e eu estava correndo atrás de porque eu gastei muito tempo na piscina. Eu era aborrecido comigo mesmo, e apenas falei com Craig.”

“Onde ele manteria seu almoço?”

 

“Por que, em sua sala de aula, eu suponho. Possivelmente o vadiar, mas eu não recordo que eu já vi ele pôr qualquer coisa em ou tomar qualquer coisa fora do friggie ou armário lá.”

“A sala de aula seria bloqueada?”

“Não. A escola é, naturalmente, assegurou, mas salas de aula individuais não são bloqueadas. Não existe nenhum propósito, e o programa de Sarah Childand é baseado em confiança e responsabilidade.”

“Certo. Você pode mandar buscar a segunda testemunha. Rayleen Straffo.”

Mosebly movimentou a cabeça, mas não existia nada real sobre ele este tempo. “Que tal os outros alunos? Meu pessoal?”

“Nós vamos precisar entrevistar o pessoal antes de qualquer deixar o edifício. Você pode despedir os alunos, mas eu precisarei de sua lista de inscrição.”

“Muito bem.”

Só, Retirou-se seu Communicator para etiqueta Peabody. “Condição.”

“O corpo está só sendo transportado. O MIM no vagão concorda com sua avaliação de envenenamento, entretanto ele não cometerá até o vic esteja na placa. Os varredores estão na cena. Parece o vic estava trabalhando em seu comp em TOD. Pondo problema de um estalar junto para sua próxima classe.”

“Existe um motivo,” Secamente disse.

“Eu odiei o estalar problema, e pergunta sua constitucionalidade. Eu fiz um cheque rápido do comp, e achou o vic enviou fora um e-mail daquela unidade para um LFoster@Blackburnpub.com às doze-oh-seis hoje. Nenhuma comunicação dentro ou fora antes de.”

“O nome da esposa é Lissette. Conteúdo?”

“Só um amado nota, oferecendo levantar jantar a caminho de casa do trabalho. Recipiente respondido no mesmo tom, no afirmativo, às quatorze e quarenta-oito. O posto de retorno não era lido.”

“Certo. Eu estou esperando pela segunda testemunha. Eu enviarei a diretora de volta para você, tenha seu instalado você em algum lugar. Inicie em entrevistar o pessoal e deixar a linha de tempo em cada caso. Eu tomarei minha parte delas aqui uma vez que eu termino com a criança. Enquanto isso, verifique a residência e lugar da esposa de emprego. Nós notificaremos depois de nós deixar aqui.”

“E as diversão nunca pontas.”

Clicado fora de como a porta reaberta, e novamente Mosebly entrou com sua mão no ombro de uma menina jovem.

Este aqui era blonde, com uma cascata de cachos contidos-se de seu rosto com uma faixa violeta. A faixa combinou seus olhos. Eles eram inchados no momento, vermelho-que tem bordos, dominando um rosto de pele orvalhosa com um ligeiramente tipped-em cima nariz. A boca, rosada e parte inferior pesadas, quivered.

Ela vestiu o mesmo tipo de uniforme como Melodie, com a adição de uma estrela de ouro pequeno alfinetada para a lapela do jaqueta esporte.

“Rayleen, isto é Tenente Dallas. Tenente, Rayleen está aqui com seu pai, Oliver Straffo. Eu serei só fora de se eu for precisado.”

“Sente-se, Rayleen.”

“Tenente.” Oliver manteve sua filha é entregar seu. Sua voz ressonada no quarto, como um bom ator está em um teatro. Ele era alto, dourada como sua filha. Mas seus olhos estavam um aço frio-cinza. Ela encontrou eles antes. No tribunal.

Alimentado alto, dólar alto, advogado de defesa de perfil alto, ela pensou.

Defeque.

 

“Eu estou PERMITIR ESTA ENTREVISTA,” ELE COMEÇOU,“neste lugar, neste momento, porque eu sinto está no melhor interesse de bem-estar sentimental da minha filha. Porém, se eu não gostar do tom ou a textura desta entrevista, eu pararei isto e levarei minha filha. Isto é claro?”

“Certo. Eu iria cavar fora os parafusos, mas eu não lembro onde eu deixei eles. Sente-se. Rayleen, eu necessidade justa você para dizer a mim o que aconteceu.”

Rayleen olhou para seu pai primeiro, conseguido seu aceno com a cabeça. Então ela se sentou, como ele fez, com postura admirável. “Eu achei Sr. Foster. Melodie era comigo. Era terrível.”

“Explique para mim como você o achou. Como você chegou a sua sala de aula naquele tempo de dia.”

“Sim, Madame.” Ela respirou fundo como se se preparar para um relatório oral. “Eu estava em meu grupo de estudo, mas eu procurado, especialmente, conversar com Sr. Foster sobre o projeto que eu estou trabalhando em com Melodie. Vale a pena um quarto cheio de nosso segundo-termo avalia em história dos Estados Unidos, e eu quis fazer o melhor eu podia. Eu sou ocupado a primeira posição em meu grau, e isto é um dos projetos mais importantes deste termo.”

“Certo, então você partiu estuda grupo para sala de aula do Sr. Foster.”

“Sim, Madame. Sra. Hallywell deu a nós um passar assim nós podíamos ir para classe do Sr. Foster cedo. Ele sempre tem seu almoço lá nas segundas-feiras, e ele deixa alunos entrarem durante os últimos quinze minutos para conversar com ele, se eles precisarem para.”

“Que hora você partiu estuda grupo?”

“Eu tenho o passar. É hora-estampada.” Novamente ela olhou para seu pai para permissão, então desenhou o desmaiar. “Melodie e eu cada tem um. Isto é a regra da escola. Diz doze M. de quarenta sevenp.s ”

Eve fez uma nota mental para caminhar para a rota de indicador do tempo que levaria. “Você foi diretamente de estudou grupo para a sala de aula.”

“Oh, sim, Madame. Vadiando nos corredores entre classes é uma infração, e três infrações dentro de um período de trinta dias resulta em uma perda de privilégios.” Sua voz foi prissy, lembrando Que Rayleen era apenas do tipo de criança que ela fez seu melhor para evitar no quarteirão de cela da escola. “Eu não tenho quaisquer infrações em meu registro.”

“Bom para você. Quanto tempo ele levou você para conseguir de estudar grupo para sala de aula do Sr. Foster?”

“Oh, não podia ter sido mais que uns minutos. Talvez três? Eu não estou absolutamente certo, mas nós fomos aí mesmo. Nós estávamos só conversando, sobre o projeto, e algumas idéias para isto. A porta foi fechada, então nós batemos primeiro, então nós abrimos isto. E ele cheirou ruim. Cheirou doente, eu acho. Melodie disse algo sobre o cheiro, e…” Ela apertou seu lábios junto. “Eu ri. Eu sinto tanto. Eu não soube, Papai, eu não soube.”

“Está tudo bem, Ray. Claro que você não soube.”

“Então nós o vimos. Ele estava deitando lá, e ele era que…” Ela soluçou duas vezes, então simplesmente rastejada fora de sua cadeira e em colo do seu pai.

“Está tudo bem, bebê. Está tudo bem, Ray.” Seus olhos lasered em É como ele cabelo do stroked Rayleen. “Tenente.”

 

“Você sabe que eu precise terminar isto. Você sabe que é vital para conseguir os detalhes tão depressa quanto possível.”

“Eu não sei o que mais.” Sua voz era amortizada como ela apertou seu rosto para tórax do seu pai. “Nós corremos, nós fomos embora. E Sr. Dawson estava lá, e ele disse ficar onde nós estávamos. Eu me sentei, eu penso. Eu me sentei no chão, e nós estávamos chorando, e Sr. Dawson voltou. Suas mãos estavam agitando quando ele tirou seu talkie e chamou Diretora Mosebly.”

“Você viu qualquer outra pessoa entrar ou fora da sala de aula?”

“Diretora Mosebly foi para a porta, então ela pediu a enfermeira e eles nos levaram—Melodie e mim—para a enfermaria.”

“A caminho da sala de aula, você viu qualquer um?”

“Eu penso, sim, eu penso que Sr. Bixley terminou do quarto dos meninos, o sanitário público. Ele teve seu caixa de ferramentas porque uma das pias era obstruída. Isso era antes, antes de nós passar por Sr. Dawson e mostrou a nosso passa. Eu entrei primeiro, na sala de aula primeira. Eu fui o primeiro a o ver.”

Ela ergueu seu rosto de lágrima listrada. “Eu não vejo como Sr. Foster podia estar morto. Eu não vejo como. Ele era meu professor muito favorito.”

Seus ombros agitaram como ela agarrou para seu pai.

“Você não pode precisar de mais dela,” Oliver quietamente disse. “Eu estou tomando sua casa.”

“Se ela lembrar de qualquer outra coisa—”

“Se ela fizer, eu contactarei você.”

Ele rosa, e levando sua filha, andou a passos largos do quarto.

 

Eve começou com Eric Dawson. Ele era um professor de ciência, em seu meio cinqüenta, e tinha instruído na academia por quinze anos. Ele levou um pouco pança, e desde seus botões de camisa cansados acima disto, Assumiu que ele estava em negação acima disto. Seu cabelo arenoso mostrou um pouco reflete de cinzas nos templos. Bolsos de fadiga obstinada seus olhos marrom claro.

“Eu não entrei,” ele disse . “Não mais do que um passo ou dois. Eu podia ver…Alguém podia ver Craig se foi. Eu fui incomodado com as meninas, tudo que gritando. Eu pensei que eles viram uma aranha ou algo igualmente tolo.” Ele pausou, passou por um dar seu rosto. “Mas assim que eu vi eles…Até que meninas tolas não alcançam aquele nível de histeria acima de uma aranha.”

 

“Você viu qualquer outro, diferente das duas meninas?”

“Eu só deixaria Dave Kolfax e Reed Williams no pessoal vadia. Nós almoçamos junto, como nós às vezes fazemos. E eu passei por Leanne Howard entrando. Eu estava indo para o chem lab para instalar pela próxima classe.”

“Quando você viu pela última vez Sr. Foster vivo?”

“Oh, Deus. Deus. No vadiar, antes de classifique esta manhã. Eu estava tendo um café, e ele teve um tubo de Pepsi de Vender. Ele não bebeu café. Eu costumava o arreliar sobre isto. Nós conversamos um pouco sobre um aluno mútuo, Bradley Curtis. Seus pais são divorcing, graus do e Brad têm sido corrediços. Nós concordamos estava na hora de para uma reunião com os pais e um conselheiro. Então, ah, Reed entrou. Sim, agarrar um café. Quando eu deixei que eles estavam conversando sobre um pouco de ação vid eles dois veriam recentemente. Eu não o vi novamente até…”

“Como você se deu bem?”

“Com Craig? Eu gostei dele bastante muito. Bastante muito,” ele quietamente repetiu. “Eu era, bem, não convencido quando ele primeiro apareceu pessoal no ano passado. Ele era tão jovem—o membro mais jovem do pessoal de ensino. Mas ele compôs para uma certa falta de experiência com entusiasmo e dedicação. Ele se importou um grande negócio, um grande negócio sobre os alunos. Ele deve ter estado doente e não conhecido isto. Ele deve ter tido um pouco de tipo de condição. Para morrer aquele modo. É inconcebível.”

O sentimento era ecoado por todo pessoal que De membro falou. Ela acabou pela sessão com Reed Williams, Departamento inglês.

Nenhuma bolsa em este aqui, Notado. Ele teve uma construção forte, magra que disse a ela que ele aproveitou-se das instalações de centro de boa forma física. Seu cabelo era um fundo, rico marrom tipped com ouro para simular raias de sol. Sua mandíbula de praça era profundamente clefted debaixo de uma boca firme. Seus olhos de afiados, garrafa verde era fortemente e darkly chicoteado.

Ele tinha trinta e oito anos, único, e vestindo um terno que ela estimada o custou um stinging fatia de seu pagamento mensal.

“Eu o vi esta manhã, no centro de boa forma física. Ele estava fazendo reps quando eu entrei. Eu não gosto de conversar quando eu for descobrir, então era só um…bem, um aceno com a cabeça de reconhecimento. Eu diria que nós estávamos lá juntos para mais ou menos vinte minutos. Ele encabeçou fora, ondulado. Ele geralmente tomou uma natação depois de um treinamento. Eu estava lá outros dez minutos, eu acharia. Agarrou um chuveiro, vestiu. Então eu vi Craig novamente no vadiar, com Eric. Eric Dawson.”

“Sr. nutriu tem qualquer coisa com ele?”

“Com ele? Não, só um tubo de Pepsi. Nós conversamos vids por alguns minutos, então ido classificar. Eu choquei-me com ele novamente no sanitário público de pessoal.” Williams sorriu ligeiramente e mostrou a uma covinha única em sua bochecha deixada para ir com a racha. “Só uma espécie de ‘Como ser isto going?’ como nós usamos as instalações. Eu acho que era direito mais ou menos onze. Logo antes. As classes começam na hora, e eu não estava atrasado.”

“Como você entendeu-se com ele?”

“Multa. Nós nos demos bem multa.”

“Você dois gostado de ação vids. Você socialmente rondou?”

“De vez em quando, certo. Eu fui para seu casamento no ano passado—a maior parte do pessoal fez. Nós tivemos uma cerveja junta uns tempos.” Ele encolheu os ombros. “Nós não éramos melhores camaradas, mas nós nos demos bem. Mirri o saberia melhor, socialmente.”

“Mirri.”

“Hallywell. Departamento inglês, Drama. Eles viram um ao outro fora da escola.”

“Em um nível social.”

“Certo.” Ele sorriu um pouco novamente, e existia um sorriso atrás disto. “Eles têm umas noites de data quarta-feira de pé. Para estudar.”

 

Com as entrevistas iniciais feitas, Tagged Peabody novamente. “Bixley.”

“Hernando M., Manutenção. Ele estava lidando com um problema de encanamento nos meninos ' corredor abaixo de John da cena. Ele passou pela duas testemunha e Dawson a caminho fora.”

“Zumba?”

“Não. Ele está anos sessenta atrasados, trabalhados aqui por doze anos. Seu dois grandsons freqüenta em sua taxa de instrução de empregado. Pareça como um tipo sólido.”

“Hallywell.”

 

“Mirri C. A terminou mais ou menos departamento de quinze minutos atrás. ingleses, corre o Clube de Drama e dirige a escola toca. Eu estou para entrevistar a última em diante minha lista. Existe algo sobre Hallywell? Eu não consegui um zumbido de seu qualquer um.”

“Eu quero um rápido followup. Se ela estiver ainda aqui, eu a localizarei abaixo. Ache-me quando você for feito.”

“Ela era bonita Hallywell quebrado. Poderia verificar um dos banheiros. Eu diria que ela tem precisa se compor antes dela partir.”

Conselho do Peabody seguinte, Tentou o sanitário público de pessoal mais íntimo para o vadiar onde o Peabody estava conduzindo entrevistas. A porta exigiu um cartão chave; usou seu mestre.

E achou uma mulher sentando no chão na frente do banco de pias, lamentando.

“Mirri Hallywell.”

“Sim. Sim.” Ela sufocou de volta um soluço, cheirou, esfregado em seu rosto com um tecido. O rosto era splotchy do chorar entalhe, os olhos de pálido azul inchados disto. Ela teve cabelo escuro vestido em um Caesar brutalmente estilo pequeno e aros de prata minúsculos em suas orelhas.

“Eu sinto muito. Você é com a polícia? Eu já conversei com um detetive.”

“Meu companheiro. Eu sou Tenente Dallas. Eu preciso perguntar a você algumas mais perguntas.”

“Oh, Deus, oh, Deus. Eu não sei o que fazer. Eu não sei o que dizer.”

Eve abaixou. “É áspero quando morto do colega, então de repente.”

“É horrível. Nós não éramos colegas justo. Nós éramos amigos. Nós éramos bons amigos. Nenhum deste parece possível.”

“O quão bons amigos?”

Mirri deixa sua cabeça retirar-se. “Isto é uma coisa terrível para implicar, uma coisa terrível para pensar sobre alguém gosta de Craig. Alguém que não pode falar por ele mesmo mais.”

“Eu falo para ele agora. É disso que eu faço.”

“Então se você vai falar para ele que você devia conhecer ele amou sua esposa. Eles amaram um ao outro. Eu invejo isto, o que eles têm junto. Eu sou seu amigo, também. Eu sou seu amigo, e eu não sei como começar a a ajudar por este.”

 

“Você e Craig viram um ao outro toda semana, fora de trabalha.”

“Nós tivemos uma data de estudo nas quartas-feiras.” O fogo entrou nos olhos saqueados. “Pelo amor de Deus, é disso que tudo corta até para as pessoas como você?”

“Se ele fosse inocente, por que seja urinado fora de?” Countered.

“Porque ele está morto. Ele está morto.”

Ela retraiu uma respiração trêmula. “Nós estávamos ambos de trabalho em graus do nosso Mestre. Nós iríamos para a biblioteca ou uma loja de café, estude junto para umas horas do par. Talvez tenha uma cerveja posteriormente. Nós estamos saindo que—eu quero dizer, oh, Deus, eu quero dizer que nós deveria sair amanhã, para o vids. Craig e Lissy e este sujeito eles me consertar com. Eu odeio ser consertar, mas eles me conversaram em este aqui no último mês, e é descoberto bonito bem até agora. Então nós estamos fazendo uma data dupla.”

“Mirri, se você e Craig tivessem qualquer coisa ida, agora é o tempo para dizer a mim.”

“Não existe nada para dizer. Eu não sou tão desesperado que eu furtaria um amigo.” Ela esfregou ela dá seu rosto. “Eu iria chamar Lissy, entre aqui e a chame, embora eles disseram que nós éramos não contactar ninguém. Eu pensei, eu preciso fazer aquele para ela, ela precisa ouvir sobre este de um amigo. Mas eu não podia.”

Mirri parou seus joelhos, apertado seu rosto para eles. “Eu não acabava de não poder. Eu não soube o que dizer, como dizer isto, e eu não tive os intestinos para tentar.”

“Isto é para nós fazer.”

“O que você pode dizer?” Mirri exigiu. “O que você pode dizer alguém para gostar disto? Ela está esperando que ele estará lá quando ela voltar para casa. E ele não estará lá. Não hoje à noite, não sempre. O que você pode dizer?”

Então ela suspirou, empurrou se para seus pés. “Não é sua culpa. Eu desejo que fosse. Eu desejo que pudesse ser sua culpa e eu podia gritar e delirar em você para isto. Iria você dizer a Lissy…iria você só diz a ela o quão arrependido eu sou, e que se eu posso ajudar, se eu posso fazer qualquer coisa que…eu estarei lá.”

 

Lissette Foster era um editorial assistente para uma casa de publicação pequena com escritórios em midtown. O fundo Peabody acessou a listado como vinte e quatro, uma nativa da Martinica que moveu para Nova York freqüentar Columbia. A única ferrugem em seu registro era uma de menor idade bebendo batida quando ela tem dezenove anos. Ela foi dada provação, e serviço de comunidade.

Sua mãe permaneceu na Martinica. O paradeiro do seu pai era desconhecido.

“Então,” Peabody continuou, “falando das ilhas, como era suas férias?”

“Era bom.” Uma semana de sol, areia, e sexo. O que podia ser melhor? “Esta neve está começando a pegar.”

“Sim, nós deveríamos conseguir talvez quatro polegadas. Você está olhando seriamente na esposa?”

“Ela é primeira na lista. Os cônjuges tendem a ser.”

“Sim, mas recém casado? Eu sei como deveria ser duro o primeiro ano, ajustando e qualquer, mas veneno? É furtivo e distante. Um cônjuge é urinado, é normalmente mais sangrento, e mais pessoal.”

“Normalmente. De se seu almoço era envenenado, onde o almoço veio? O consenso é, de casa. A esposa teve o acesso mais fácil. Embora consenso também é o vic deixou o almoço ensacado em sua sala de aula. Quarto destrancado. Ele entra cedo, esvazie seu material na sala de aula, cabeças para o centro de boa forma física. Acesso novamente, bastante fácil para ninguém.”

“Motivo?”

“Diferente do estalar problema? Não claro ainda. A testemunha? Rayleen Straffo é a fruta de região lombar do Oliver Straffo.”

“Oh, cague! Seriamente? Ela tem chifres e um rabo?”

“Nesse caso, bem escondido.” bateu seus dedos na roda como ela pensou sobre Straffo. “Ele podia ter muito tempo de tela com este, tocando o cartão de Papai. Afronta, preocupação, blah, blah.”

“Seria só gostaria dele. Você está indo em novo show do Nadine esta semana. Você pode equilibrar seu bullshit.”

“Não lembre a mim. Amizades de maldição estúpida. Eles sempre custam você.”

“Você é tão suave e sentimental, Dallas.”

“Sim, eu amo aquele sobre mim.” Julgando a neve, a loucura de motoristas de Nova York em mesma, Balançado em um estacionamento dois quarteirões do endereço. “Eu não estou tentando para estacionamento de rua neste nevando defeca.”

“Eu posso usar o exercício. Eu, goste, comeu minha passagem os feriados, e está esperando que McNab pular para algo assemelhando a chocolate por Dia dos namorados, então eu preciso perder com antecedência. O que você está conseguindo para Roarke?”

“Para que?”

“Por Dia dos namorados?”

“Eu acabei de conseguir seu Natal encher cinco minutos atrás.” que Ela saiu do carro, lembrou do cachecol cheio em seu bolso de casaco. Puxando isto, Balançou isto ao redor seu pescoço.

“Dois meses atrás. E ele 'Dia do sValentine. Para amado. Você precisa o conseguir um cartão gosmento e uma ficha sentimental. Eu já consegui do McNab. Está armação de retrato de um conversar com nossos nomes inscritos nisto. Eu ponho isto atirado dos dois de nós que seu pai tomou no Natal? Ele pode manter isto em seu cubo em EDD. Roarke gostaria de algo assim.”

“Roarke já sabe o que nós parecemos com.” Um minicoupe deslizado no farol, coleado no faixa para pedestres, e ganhou as maldições e grunhidos de pedestres.

Ela amou Nova York.

“Oh, falando de retratos, eu tenho uma nova colheita de Belle. Você a viu desde que você voltou?”

“Não. Ela está pedindo tats e barriga toca já?”

“Vamos. Ela é muito seriamente adorável. Ela pegou olhos do boca do Leonardo e Mavis, e—”

“Deus nos ajuda se ela herdar sua moda sentir junto com isto.”

“Ela sorri em mim, toda vez eu a escolho em cima.” Acima de seu cachecol, debaixo dela assiste boné, Olhos do Peabody foram para marrom goo. “As pessoas dizem isto é gás, mas ela sorri em mim. Ela está conseguindo tão grande, e ela é…”

Enquanto Peabody falou com entusiasmo sobre filha de criança do Mavis, Escutado a música de Nova York. Os chifres arranhados, os argumentos, o rumbling anúncio zepelins de despesa. Por eles eram as vozes, um rato-tat A de conversações, um litany de reclamações.

“Então, o que você vai a levar?”

 

“O que? Tomando o que? Onde?”

“Para Belle, Dallas, quando você vai a ver. O presente?”

“Que presente?” Seriamente stymied, Parado no meio da calçada. “Por que eu tenho que tomar um presente?”

“Porque.”

“Why?Did não eu faço a coisa de chuveiro, com presentes, então a coisa do hospital?”

“Sim, mas quando você ir visitar o bebê em casa pela primeira vez, é tradicional —”

“Quem compõe isto?” Seriamente entristecido, Picou um dedo no marshmallow inchação de casaco do inverno do Peabody. “Eu exijo saber que faço estas regras. É loucura. Diga a mim quem que é, e eu terei eles cometidos para avaliação psiquiátrica.”

“Aw, Dallas, você só precisa a trazer um pouco ursinho ou um bonito chocalho. É compras divertidas para bebê encher.”

“Meu asno. Você sabe o que é divertido?” arrastou abre a porta do edifício comercial. “Descobrindo que envenenou alguma pessoa desajeitada pobre de um professor de história. Isto é minha idéia de diversão. Mais conversa sobre compras, presentes, bebês, cartões gosmentos, ou Dia dos namorados, minha bota está indo até agora em cima seu asno você pensará que o dedão do pé é sua língua.”

“Uma semana na praia certa adocicada seu humor. Senhor,” Peabody murmurou quando For parecer frito fora das camadas superiores de sua pele.

Eve ligou seu salto de sapato em direção à estação de segurança, e badged o guarda. “Lissette Foster.”

“Só um minuto, por favor.” Ele correu o número de distintivo, o ID ploddingly, completamente. “Sim, senhor, você é passado sem tocar. Lissette Foster…Foster, Foster. Aqui nós vamos. Ela é com Blackburn Publicando. Editorial. Uh…que está no nono andar. Banco de elevadores para seu direito. Tenha um dia produtivo.”

“Sim, você aposta. Nativa da Martinica,” Começou como eles andaram em um elevador para ser assaltados com quietos, se importe de-derreter música. “O aluno visa, a maioria de goste, trabalho visa talvez. Ela conseguiria seu cartão verde casando com um cidadão dos Estados Unidos. E mantenha sua condição aqui como sua viúva.”

 

“Os caminhos mais fáceis conseguir um cartão verde.”

“Certo. Mas talvez coisas não estavam trabalhando, e divórcio dentro dois anos cancela fora o verde. Talvez existia mais continuando naquelas quarta-feira à noite sessões com Hallywell que estudando. Você conseguiu um trabalho aqui, você quer uma vida aqui. Matando manter não é uma extensão.”

Eles andaram fora em uma área da recepção pequena onde uma mulher sentada atrás de um contador branco. Ela vestiu um headset e um grande, dando boas-vindas sorriso.

“Boa tarde!” Ela disse, então entusiasticamente aquele De olhos . “Bem-vindo a Blackburn Publicando. Como eu posso ajudar você hoje?”

“Lissette Foster.”

“Claro. Eu posso certamente descobrir se livre do Sra. Foster. Eu posso dizer quem aqui para ver a sou, e a natureza de seus negócios?”

Eve simplesmente tirou seu distintivo novamente. “Nós explicaremos tudo aquele para Sra. Foster.”

“Oh.” O olhos bugged da mulher como ela olhou fixamente para o distintivo. “Oh, meu. Com licença.” Ela rodou ao redor, falou no bocal de seu headset em sussurro de um silvar. “Lissette Foster.” Passando sem tocar sua garganta, ela arremessou um olhar de volta em . “Lissette, existe alguém aqui na Recepção para ver você. É apolice oficial. Eu não sei. Eu realmente não faço. Certo.”

Com seu sorriso cansado nas extremidades, a mulher voltada para . “Ela estará aqui mesmo. Se você gostaria de se sentar—”

“Nós somos bons.”

Quando Desembrulhou seu cachecol, uma mulher estava andando a passos largos fora em gelo-escolher saltos de sapatos. Aqueles só indicaram um pouco de nível de loucura para . Os saltos de sapatos eram cereja vermelha, os lápis-esbeltos pedra de terno cinza. Dentro dele era um corpo excelente.

Lissette Foster tido pele luminosa, pesado-lidded, e atualmente aborrecido, olhos de noz marrom. Seu cabelo era quase a mesma sombra e vestido regente-direto para escovar seus ombros.

Ela moveu com propósito, Pensou . Como uma mulher com um fogo em sua barriga. Poderia ter faiscado de raiva, de ambição, ou paixão, mas era quente.

 

“Você é polícia?” Lissette exigiu em um tom vivo fez exótico pelo acento francês.

“Tenente Dallas, Detetive Peabody. Nós—”

“Oh, para causa do Cristo! Eu disse a ele que nós oprimiríamos a música. Prenda-me então.” Drama quivering, ela resistiu seus braços, pulsos juntos. “Prenda-me para tocar música depois da hora descrente de nine P.M. Em um sábado à noite. Eu devia ser arrastado longe em cadeias! Só porque algum policial aposentado hasissues não é nenhuma razão para ter polícia que vem para onde eu trabalho. Ele quer que eu seja despedido?”

“Sra. Foster, nós não estamos aqui sobre sua música. Nós gostaríamos de falar com seu reservadamente. Seu escritório seria melhor.”

“Escritório?” Lissette alarga um risada muito vigoroso. “Eu sou um editorial assistente. Eu sou sortudo que eu tenho um cubo. Sobre o que isto é?”

Girada agora para a mulher na recepção. “Eu preciso de um quarto privado. Escritório, quarto de conferência, vadie, qualquer. Eu quero isto agora.”

“Certamente, certamente. O quarto de conferência não é reservado agora mesmo. Você pode—”

“Multa.” Olhado atrás em Lissette. “Vamos.”

“Sobre o que isto é? Eu tenho uma reunião com o chefe em…oh, Deus, dez minutos. Ela odeia que alguém fique atrasado. Se você pensar que você pode lançar uma idéia de história para alguém a meu nível, eu posso prometer você, você está desperdiçando seu tempo.”

Ela feriu sua passagem um labirinto de cubos e corredores estreitos, escritórios passados com janelas minúsculas, escritórios de canto com visões para matar.

“Olhe, eu não devia ter conversado aquele modo sobre Sargento Kowoski. Talvez a música era muito alta. Meu marido e eu estávamos namorando, fingindo que nós estávamos em algum clube quente. Nós éramos provavelmente um pouco bêbado, e um pouco alto. Eu não quero qualquer dificuldade.”

Ela andou em um quarto com uma dúzia de presidiu ao redor uma mesa larga, contadores longos junto cada parede e frente de telas laterais e atrás.

“Nós podemos fazer isto depressa? Eu realmente não quero ficar atrasado para minha reunião.”

“Nós gostaríamos de você para se sentar.”

 

“Isto é ridiculous.” Estourando uma respiração, ela arrancou fora uma cadeira, sentada Então veio para trás para seus pés novamente, com alarme em seus olhos. “Oh, Deus. Algo aconteceu para minha mãe? Existia um accident?Maman? ”

“Não.”

Como você disse a alguém a pessoa que ela esperou estar esperando por ela em casa não estaria lá hoje à noite? Ou alguma outra noite? Lembrado. Você disse a eles rápidos, sem florescer.

“É relativo a seu marido, Sra. Foster.”

“Craig? Ele está ainda na escola.”

“Eu sinto muito dizer a você, morto do seu marido.”

“Isto é uma coisa terrível para dizer para alguém. Isto é uma coisa maligna, terrível dizer. Eu quero que você parta, agora mesmo. Eu vou chamar a polícia—thereal polícia—e tenho que você prendeu.”

“Sra. Foster, meu companheiro e eu somos a polícia real, e nós somos os investigadores na morte do seu marido. Ele morreu hoje em aproximadamente doze e trinta.”

“Claro que ele não fez. Ele não fez. Ele estava na escola. Isto é sua fratura de almoço, e ele mandou a mim um e-mail logo após meio-dia. Eu lotei seu almoço esta manhã. Ele está na escola, na faculdade da segunda-feira encontrando agora mesmo. E ele é bom.”

Sua respiração começou a vir para rápido, agitada. Sua cor era desvanecimento até como ela apalpou uma mão atrás de cinta a mesa como suas pernas saíram.

“Você devia se sentar, Sra. Foster,” Peabody suavemente disse. “Nós muito sentimos muito para sua perda.”

“Não. Não. Existia uma bomba? Existia uma bomba na escola? Oh, meu Deus. Ele é machucado? Craig é machucado?”

“Ele morreu,” Disse de modo plano. “Eu muito sinto muito.”

“Mas ele…Mas ele…Você podia cometer um engano. Você deve ter. Eu devia o chamar. Você verá. Eu devia o chamar. Mas ele está em sua segunda-feira encontrando. Ele não tem permissão para ter o 'vínculo em quando ele estiver em sua segunda-feira encontrando. Nós iremos lá.” Ela afastou a cinta da mesa, balançou. “Nós iremos para a escola e para Craig. Eu preciso de meu casaco. Eu só conseguirei meu casaco.”

 

Ela procurou, ofuscada. “Tola, tão tola. Eu não podia lembrar onde eu estava por um minuto. Eu preciso…o que é?”

“Sente-se, Sra. Foster.”

“Não, nós temos que ir. Para a escola. Nós temos que—” Ela saltou no som de um golpe. Um blonde no poder vermelho entrado.

“Eu gostaria de saber o que estou continuando aqui. Lissette?”

“Elizabeth.” Lissette vestiu o olhar enfadonho de sonâmbulos, e sobreviventes. “Eu estou atrasado para a reunião?”

“Peabody.” Movimentado a cabeça em direção a Lissette, então movido para o blonde. “Quem você é?”

“Eu sou Elizabeth Blackburn, e quem o inferno você é?”

“Dallas, Tenente, NYPSD. Eu acabei de informar Sra. Foster que morto do seu marido.”

“Ele é…o que? Craig. Oh, Jesus Doce. Lissy.”

Talvez ele era o acariciar nome, ou o tom de pesar nisto, mas como Elizabeth começou através do quarto, Lissette simplesmente deslizou para o chão. Elizabeth afundou em seus joelhos, Lissette Juntado.

“Craig. Meu Craig.”

“Eu sinto muito. Lissy, Lissy, eu sinto tanto. Existia um acidente?” Ela exigiu de .

“Nós precisaremos falar com Sra. Foster sobre as circunstâncias.”

“Certo, certo. Meu escritório é à direita, fim do corredor. Eu trarei seu lá para você assim que ela pode. Ela precisa de alguns minutos, pelo amor de Deus. Só espere em meu escritório.”

Eles deixaram Lissette nos braços de seu chefe. Existiam vários olhares curiosos de cargos e cubos, mas nenhum comentário até que eles alcançaram o escritório de canto no fim do corredor. Naquele ponto um pouco morena estalado fora gosta de um içar-na-caixa.

“Com licença! Isto é Escritório do Sra. Blackburn.”

“Onde ela acabou nos de pedir para esperar.” Arrancado fora seu distintivo. “Volte trabalhar.”

Dentro de era uma estação de trabalho brilhante, um cushy sofá, e duas bonitas cadeiras. Um acordo de flor bastante atordoante insistiu na mesa debaixo do sul-revestimento janela.

 

“Se ela falsificasse aquela reação,” Peabody começou, “ela pegou talento importante.”

“Não tão duro de falsificar se você praticar. Mas sim, pareceu genuíno. Continue fora antes deles chegar aqui, tenha alguém mostrar a você seu cubo. Eu quero saber o que ela tem lá.”

“Naquele.”

Vagado para as janelas, pausando longo suficiente para notar que chefe do Lissette continuou sua escrivaninha. Uma fotografia emoldurada de uma menina em algum lugar nela florescendo adolescência, um arquivo de disco carregado, uma pilha de cubos de memorando organizados em uma pirâmide, e um arquivo que revelou que arte para que era provável uma cobertura de disco quando Sacudiu isto aberto.

Fora das janelas, neve continuada a atacar a cidade em flocos magros, lisos. Um airtram chugged por segurando uma embreagem de passageiros miseráveis.

Pessoalmente, ela pensou, ela pegaria com o tráfico maligno nas ruas lisas abaixo.

Ela girou como Peabody andou de volta em.

“Nada muito, e não muito quarto para isto. Arquivos, memorandos, nota em trabalho atual. Ela pegou um retrato do casamento dela e o vic em uma armação realmente boa. Eu estou apostando presente do casamento. Alguns estalos dele, ou eles, alfinetadas para as paredes de cubo. Oh, e um pouco arquivo de anúncios e retratos de decorar revistas. Isto é sobre isto.”

“Certo. Nós daremos seu outro minuto, então nós aceitaremos em devolução este no quarto de conferência. Nós balançaremos pelo morgue próximo. Eu quero conhecer exatamente o que matei Craig Foster.”

Não levou um minuto. Segundos Lissette mais velhos entrou, debruçando fortemente em Elizabeth Blackburn.

“Você só se vai sentar,” Elizabeth disse a ela. “E eu me vou sentar com você. Eu dei seu um soother,” ela disse para , então sobressaído seu queixo pugnaciously na frente de Poder falar. “E até não pense sobre começar em mim sobre isto. Ela precisou de algo. É aprazível, e não a manterá de conversar com você.”

“Você seu chefe ou seu legal rep?”

“Eu sou qualquer que ela precisa de mim para ser agora mesmo.”

 

“Você está certo?” A voz do Lissette era rachada e crua, e levou a dor terrível de desvanecimento espera. “Você está absolutamente certamente não existe nenhum engano? Que ele é Craig?”

Sabendo suas forças, Peabody tomou ponto. Ela moveu para o sofá onde o Lissette se sentou com Elizabeth. “Eu muito sinto muito. Não existe nenhum engano.”

“Mas…Ele não estava doente. Nós tivemos cheio medicals antes de nós nos casar. Ele era saudável. As pessoas só…não fazem alguém o machucar? Existia um acidente na escola?”

“Nós precisamos descobrir por que e como isto aconteceu. Nós temos que perguntar a você questiona. Você pode ajudar que nós descubra.”

“Eu quero ajudar. Eu quero conhecer. Eu o amo.”

“Vamos começar com esta manhã. Você disse que você lotou seu almoço.”

“Eu fiz. Eu sempre faço.” Seus olhos tremulados, alargados como ela disparou uma mão para agarrar braço do Peabody. “Algo estava errado com o sanduíche? Ele gostou daquele substituto de avícula processada terrível. O fez doente? Oh, meu Deus.”

“Nós não sabemos isto, Sra. Foster. Alguém veio para seu apartamento hoje, antes de seu marido deixar para trabalhou?”

“Não. Ele sai tão cedo. Ele gosta de usar o centro de boa forma física na escola. Ele toma bom ao cuidado dele mesmo. Ele faz. Nós fazemos. Elizabeth.”

“Você está fazendo multa. Quanta mais desta?” Elizabeth exigiu.

“Seu marido estava tendo problemas com qualquer um na escola?” Perguntado Eve.

“Craig? Não. Ele amou isto lá.”

“Que tal antes relações? Qualquer um dos dois de vocês tiveram dificuldade com uma antiga relação?”

“Nós éramos juntos dois anos antes de nós nos casar. Você conhece como você encontra alguém, e é só isto? Sua vida inteira está lá, aquele minuto. É disso que era como para nós.”

Eve Avançado, então sentados muito seus olhos eram nível com do Lissette. “Se você quiser ajudar, você precisa ser diretamente comigo. Absolutamente diretamente. Ele jogou?”

 

“Ele até não compraria um ingresso de loteria. Ele foi cuidadoso com dinheiro.”

“Ele usou illegals?”

Ela mordeu seu lábio. “Um, nós fizemos um pouco zoner em academia.” Ela olha deslizou em direção a da Elizabeth.

“Quem não fez?” Elizabeth bateu levemente seu braço.

“Recentemente?”

“Não.” Lissette agitou sua cabeça em De pergunta. “Absolutamente não. Ele podia ser despedido para qualquer illegals usa. Mais, ele realmente sente fortemente sobre exemplos de colocação para seus alunos.”

“Você estava tendo problemas financeiros?”

“Nada sério. Eu quero dizer, nós tivemos que prestidigitar um pouco às vezes, especialmente desde que Craig quer salvar. Às vezes eu gasto mais que eu devia, mas ele é tão cuidadoso ele equilíbrios fora. Ele salva para coisas. Coisas importantes. Ele…ele tomou aula particular trabalhar no ano passado para dinheiro extra. Então ele usou ele para trazer minha mãe para Nova York pelo Natal. Ele soube quanto que significaria para mim, então ele trabalhou extra e ele comprou minha mãe um ingresso de lançadeira, e pagou por seu hotel porque nós não temos quarto. Ele fez aquele para mim. Ninguém já vá me amar assim novamente. Ninguém podia. Não sempre em minha vida.”

Porque as lágrimas começadas novamente, Eve levantou . “Eu sinto muito para sua perda, e aprecie sua cooperação neste tempo difícil.” Palavras de Crappy, ela pensou. E as únicas palavras. “Existe qualquer um que você gostaria nós de contactar para você?”

“Não. Não. Oh, Deus, Pais do Craig. Eu tenho que dizer a eles. Como eu digo a eles?”

“Nós podemos cuidar daquele para você.”

“Não, eu tenho que. Eu sou esposa do Craig. Eu tenho que fazer isto.” Ela conseguiu shakily para seus pés. “Eu tenho que o ver. Eu não sei onde ele está.”

“Ele é com o examinador médico agora. Eu contactarei você assim que você é passado sem tocar isto. Você tem alguém que pode ir com você?”

“Eu irei com ela. Não, Lissy, eu irei com você,” Elizabeth insistiu quando Lissette despedaçou novamente e agitei sua cabeça. “Você só se senta por um minuto enquanto eu caminho para Tenente Dallas e Detetive Peabody fora. Se sente aqui mesmo, eu só serei um minuto.”

 

Ela moveu depressa, e purposefully, não parando até que eles alcançaram uma interseção no labirinto. “Como Craig era assassinado?”

“Eu não disse que ele era.”

Elizabeth girou, olhado morto em De olhos. “Eu sei quem você é. Eu acompanho que sou que em Nova York. Tenente Dallas, Homicídio.”

“Eu não tenho quaisquer informações para dar a você neste momento. A morte do Sr. Foster está debaixo da investigação.”

“Isto é bullshit. Justo bullshit. Aquela menina acabou de perder o amor de sua vida. Assim!” Elizabeth estalou seus dedos. “Ela precisa de respostas.”

“Ela terá eles, assim que eu faço. O quão bem você o soube?”

“Eu o encontrei vários tempos. Ele entrou de vez em quando, e Lissy o traria para festas da companhia e eventos. Menino doce. Estúpido apaixonado. Brilhante. Ele me atingiu tão brilhante, como Lissy é. Duas pessoas jovens brilhantes começando com sua vida, suas carreiras. Você é brilhante, também, de tudo que eu li, ouviu, ou vistos de você. Você consegue aquelas respostas para Lissy. Você consegue seu tanto para esperar por.”

“Isto é a idéia.”

 

OLHADO para ACHAR O PRIMEIRO DAQUELES ANSWERSat o morgue. O ar sempre cheirou só um pouco muito doce lá, como uma prostituta descuidada que usou perfume em vez de sabão disfarçar algum desagradável pessoal odor. O chão de azulejos e paredes—eram um branco não aliviado, prístino e estéril.

Existia alcova de um vender onde o pessoal ou visitas podiam ordenar sua escolha de refresco, entretanto Imaginou muitos que passaram por preferiram algo mais forte que o café de soja barrenta ou refrigerantes cintilantes.

Ela andou a passos largos abaixo o branco-ladrilhado corredor onde, atrás de portas espessas, morte provê gavetas fechados hermeticamente ou em placas que esperam pelas perguntas certas ser perguntada.

Ela forçou as portas de um quarto de autópsia para ver Examinador de Chefe Médico Morris já no trabalho para o ritmo mau do que ela pensou que poderia ser Dixieland anima. Suas mãos fechados hermeticamente eram sangrentas para os pulsos como ele ergueu fígado do Craig Foster de seu corpo até a balança.

“Ah, por que eu não vou marcar você um Pepsi.” Peabody já esteve aceitando em devolução um passo. “Trabalho sedento. Ser direito de volta.”

Ignorando ela, Eve Continuado no quarto. Morris glanced em cima, seus olhos atrás de seu microgoggles sagaz e um pouco divertido. “Ela quieto queezes quando eu estiver cortando.”

“Algum nunca fica passado isto.” Quando teve ela? perguntou-se. Muito tempo atrás para lembrar. “Você está chegando o a depressa. Aprecie isto.”

“Eu sempre aprecio trabalhar em seu morto, e sinto que você aprecia-me tendo meu entrega eles. O que está errado conosco?”

“Está um mundo velho doente. Que tal o tox?”

“Música fora de,” ele ordenou. “Eu assumi que você quereria isto imediatamente, e ponha uma bandeira vermelha isto. Ainda nevando?”

“Sim, é defecar lá fora.”

“Pessoalmente, eu aprecio a neve.” Ele suavemente trabalhou, pesando o fígado, tomando uma amostra pequena disto. Ele vestiu um terno preto macio e lustroso debaixo de seu avental protetor, com uma camisa de prata que vislumbrou como ele moveu. Seu cabelo escuro estava em uma trança firmemente encaracolada, laçado no pescoço e enroscado com corda de prata.

Eve freqüentemente perguntou-se como ele administrou isto.

“Queira um olhar?” Ele põe a amostra em um deslizamento debaixo de seu âmbito, gesticulada para a tela. “O tox confirma envenenamento. Ricin, muito se concentrou, muito letal. Muito rápido neste caso.”

“Ricin? Isto é de feijões ou algo, certo?”

“E você ganha a viagem para duas para Puerto Vallarta. Feijões de castor, ser precisos. Feito do Ricin do triturar depois de processo. Foi usado como um laxante era uma vez.”

Ela pensou sobre o estado do corpo, a cena de crime. “Ele certo como inferno trabalhado.”

“Soberbamente. Seu fígado e rins falhados, e existia hemorragia interna. Ele teria tido severo enchendo, batida do coração rápida, basca, muito provável ataques apoplécticos.” Morris estudou a tela como Fez. “Ricin espana foi usado—e é ainda usado em ocasião—em bioterrorism. A injeção de ricin era um método de assassinato favorecido antes de nós descobrir modos mais à mão.”

“Seu todo-veneno de propósito.”

“Muito versátil. O lab lega processo, mas eu posso dizer a você que parece que ele bebeu isto—em seu chocolate quente.”

“Sua esposa fez o chocolate.”

“Ah. Eu amo fêmeas familiarmente propensas.”

“Eu não a vejo para isto. Casou-se com um punhado de meses, nenhum motivo óbvio. E ela copped a fazer isto sem uma piscadela.”

“Casamentos, até novos, podem ser um acampamento terrorista.”

“Condene direito, mas ela não está estalando para mim. Ainda de qualquer maneira.”

“Homem jovem bonito,” Morris comentou. “Construção atlética e, eu diria, um harmônico homogeny de corridas.”

“Harmônico homogeny.” agitou sua cabeça. “Você me mata. Ele era uma história de professor, escola particular, Lado do Oeste Superior. Deixado seu almoço em sua sala de aula, habitualmente. Comeu em sua escrivaninha segundas-feiras, habitualmente. Nenhuma máquinas fotográficas de segurança nas salas de aula ou corredores. As escolas particulares não são exigidas para ter eles. Não teria sido duro para alguém medicar seu bebida. O que nós estamos faltando neste momento é por que alguém iria. O sujeito está ocorrendo como um bom, inocente mensch.”

“Alguém, eu diria, não gostou de seu mensch. Este tipo de envenenamento não é só letal, é extremamente doloroso.” Mãos espertas como do violinista, Morris removeu o coração. “Ele não viveu muito depois que ele ingeriu isto, mas enquanto ele fez, ele sofreu um grande negócio.”

Ela olhou de volta no corpo. O que você fez, Craig, urinar alguém fora deste muito? “Sua esposa quer o ver. Ela está notificando seus pais, e eu assumo que eles irão, também.”

“Depois de nove hoje à noite. Eu o terei preparado para visualizar.”

“Eu deixarei eles conhecer.” Ela carranca atrás em Morris. “Onde o inferno você consegue feijões de castor?”

Ele só sorriu. “Eu estou certo que você descobrirá.”

 

  Peabody, ligeiramente envergonhado, vadiado vendendo. “Antes de você dizer qualquer coisa, aqui é um tubo frio bom de Pepsi. E eu ponho meu tempo para bom uso. Eu comecei corridas nos membros de pessoal em Sarah Childand verificou políticas de seguro de vida em ambos o vic e sua esposa. Vic consegue seu por trabalha bennies. Cinqüenta mil, com a esposa como beneficiário.”

“Bonito piddly motivo.” tomou o tubo, contente que era, realmente, bom e frio. “Nós bateremos seu financials, veja se ela tivesse quaisquer dívidas importantes. Talvez ela é o jogador, ou o com um illegals hábito.”

“Mas você não acha.”

“Não, eu não acho.” rachou o tubo, swigged como eles caminharam. “A menos que existe mais dinheiro em algum lugar, o cinqüenta não faz isto para mim. E se existia discórdia matrimonial, vamos dizer, um cônjuge geralmente vai para contacta, para o pessoal. Isto era sórdido, mas distante. Ele urinou alguém.”

Peabody rewound seu cachecol, substituídas suas luvas como eles batem as portas e as frias explodidas como um gelo boomer. “Amante rejeitado, colegas em competição.”

“Nós quereremos parecer mais íntimos a Mirri Hallywell.”

“Os pais de um aluno que ele disciplinou, ou que não estava fazendo bem em sua classe.”

“Jesus.” emperrou ela entrega seus bolsos, e descobriram que ela perdeu ainda outro par de luvas. “Quem mata porque sua criança consegue uma grande rosquinha em uma classe de história?”

“Os pais são criaturas misteriosas e perigosas. E eu trabalhei outra teoria. Talvez era um engano.”

“Era ricin envenenamento, e Morris é tomar é que a dose era intensa e depressa letal.”

“Veja, o que eu quero dizer é, talvez um de seus alunos estavam chateados com ele.” Peabody mimicou um rosto mal-humorado. “Eu consertarei aquele meanie Sr. Foster. Medique seu bebida achando que ele talvez ficará doente. Oops.”

“Não completamente estúpidos.” Eles subiram no veículo, onde ambos silvaram fora a respiração a tempestuosa fria teve eles segurando.

“Jesus, Jesus, por que existe fevereiro?” Exigido Eve. “Fevereiro devia ser completamente eliminado para o bem da humanidade.”

 

“É o menor mês, de forma que é algo.” Peabody realmente gemeu como o calor apareceu. “Eu penso que minhas córneas são congeladas. Isso pode acontecer?”

“Eles podem em fucking fevereiro. Deixe seja vara com mais próximo e mais querido primeiro do Foster. Nós iremos por seu edifício, converse com alguns vizinhos. Mais particularmente o policial aposentado.”

“Uma vez que um policial,” Peabody movimentou a cabeça, e começou a piscar cautelosamente para ajudar suas córneas potencialmente congeladas descongelar fora. “Se existia qualquer coisa fora de continuar, ele provavelmente teria notado.”

 

  Henry Kowoski viveu do segundo nível de um de quatro histórias walkup. Ele abriu a porta só depois de esquadrinhar distintivo De Eve por sua segurança espia, então permaneceu, levando sua medida.

Ele era um stocky cinco e oito, um homem que deixou seu cabelo magro e cinza. Ele vestiu calça comprida folgada com uma camisa de flanela e chinelos marrons, desgastados. No fundo, a tela de entretenimento era afinada para a Lei e Ordenava canal.

“Visto seu retrato em tela alguns tempos. Em meu dia, Polis não angulou para tempo de rosto.”

“Em meu dia,” Countered, “o piolhento do mundo com repórteres. Em ir vamos, Sargento?”

Poderia ter sido o uso de seu grau que teve ele andando de volta com um encolher os ombros. “Matraqueie,” ele ordenou a tela. “O que é o carne de boi?”

O lugar cheirou como tinha sido só um pouco muito tempo desde dia de roupa para lavar, e não longo suficiente desde takeout noite chinesa. O espaço era o que agentes imobiliários gostados de chamar “eficiente urbano,” que significou era um quarto, com uma pancada parcimoniosa para uma cozinha, uma cela pequena, estreito para um banho.

“Quanto tempo você estava no trabalho?”

“Trinta anos. Última dúzia delas fora da Duas e oito.”

Eve procurou sua mente, retirou-se um nome único. “Peterson o L.T. Quando você existiam?”

“Últimos anos do par, sim. Ele era um bom chefe. Ouviu que ele transferiu fora um enquanto atrás, movido limpar para Detroit ou algum tal onde.”

“Aquele muito? Eu perdi caminho. Você teve algumas reclamações sobre os inquilinos sobre aqui? Fosteres.”

“Isto é direito de maldição.” Ele dobrou seus braços. “Tocando música—se você pode chamar isto que—todas as horas do dia e noite. Pisando ao redor lá em cima. Eu pago a meu alugado, e eu espero meus vizinhos para mostrar a algum respeito.”

“Qualquer outra coisa continuando lá em cima mas música alta e pisando?”

“Recém casado.” Sua boca trançada. “Deduza. Que diabo você se importa?”

“Eu me importo desde que Craig Foster está no morgue.”

“Aquela morta da criança?” Kowoski aceitou em devolução um passo, sentada em uma cadeira de braço roto. “Fucked-em cima mundo. Era fucked em cima quando eu levantei minha proteção, e ele era fucked em cima quando eu entreguei isto. Como ele compraria isto?”

“Isto está debaixo da investigação. Alguma dificuldade entre eles? De cima?”

“Com pomba e arrulha?” Ele bufou. “Não provável. Mais cedo feche lábios que come, de que eu vi. Se existia gritando, não era uma briga—se você me conseguir. A menina é uma canção ruidosa.” Então ele inchado suas bochechas, estouraram ar. “Eu sinto muito sobre este. Eles me urinaram fora de, eu não direi diferente, com o barulho lá em cima. Mas eu odeio ouvir ele está morto. Sujeito jovem. Professor. Teve um sorriso em seu rosto toda vez que eu o vi. O curso se você conseguisse você mesmo sobre o que uma mulher parece com seu que está pronta para bater você a cada cinco minutos, você tem muito para sorrir.”

“Que tal visitas?”

“Sua mãe estava aqui uns dias do par 'Natal redondo. Conseguidas algumas outras pessoas jovens que entraram e fora de vez em quando. E um par de festas altas. Eles dois voltaram para casa para tropeçando De bebidos Ano novo, dando uma risadinha como umas crianças, shushing um ao outro.”

Ele agitou sua cabeça lentamente. “Fucked-em cima mundo. Você está perguntando-se sobre atividade criminoso? Você conseguiu você mesmo um par de setas diretas com estes dois, você quer que meu tomar. Em cima toda manhã, fora de trabalhar, atrás toda noite. Socializando de vez em quando, certo, mas estes eram homebodies. Shoulda ficou para casa mais, eu acho, e fora daquele fucked-em cima mundo.”

 

Eles falaram com o punhado de vizinhos que estavam em casa, e o ritmo permaneceu estável. Os Fosteres eram uns felizes e recentemente casavam par, profissionais urbanos jovens que se divertiram.

“Nós trabalhamos três ângulos,” Decidiu como eles voltaram o centro da cidade. “O vic, a escola, o veneno. Eles vão cruzar em algum lugar.”

“Talvez pelo departamento de ciência. Nós podemos descobrir se eles estivessem estudando venenos, ou ricin em particular.”

“Dawson é um professor de ciência,” Considerado Eve. “Vamos fazer uma corrida mais funda nele. Você etiqueta ele enquanto isso, pergunte sobre que fica misturado em seu lab.”

“Conseguiu isto. E se nós estivermos debruçando em direção a alguém na escola, ou afiliada com isto, nós devíamos verificar os registros dos alunos. Veja se Foster teve qualquer ir-redondo com um deles, ou os pais de mesmos.”

Eve Movimentado a cabeça. “Bom. Vamos olhar para o pessoal que membros nós verificamos estávamos no edifício na frente de classes começadas. Se eu iria deslizar algo em alguém é ir-xícara, eu quereria pegar isto em antes do lugar ficar lotado. Nós escreveremos este, então comece a cavar.”

“Odeie cavar em um estômago vazio. Não ser um chorão, mas nós não tivemos uma fratura de jantar, e é quase oito. Talvez nós podíamos—”

“Oito? Jantar?”

“Jeez, Dallas, só um hoagie.”

“Cague, shit.Shit! Jantar. Oito. Lugar francês. Fuck, fuck. Por que é quase oito?”

“Bem, porque a Terra gira em seu eixo enquanto ele órbitas em torno do sol. Você deveria estar em algum lugar.”

“Roarke. Trabalho de esposa corporativa.” quis puxar em seu cabelo. “Eu faltei os últimos dois, e eu não posso fazer o nenhum-show novamente. Le Printemps. Isto é isto.”

“Le Printemps? Ooh-La-La! Isto é megachic. Totalmente. E é Lado do Leste Superior. Odeie assinalar isto, mas nós somos baixos no Lado do Oeste Mais baixo.”

 

“Eu sei onde o inferno nós estamos.” Ela rebateu seu punho na roda como ela girada na garagem em Central de Polícia. “Eu tenho que ir. Eu tenho que fazer isto. Eu já estou atrasado. Goddamn isto.”

“O caso vai segurar pela noite,” Peabody assinalou. “Nós temos nada além de papelada agora de qualquer maneira. Eu posso escrever o relatório, e nós faremos as corridas e o entrincheirar-se a manhã.”

“Copie o relatório, minha casa e unidades de escritório. Qualquer outra coisa em suas notas que atinge você. Saia, saia! Eu preciso chegar a isto lugar francês estúpido.”

“Você não vai ir para casa e muda primeiro?”

“Em que? Eu não tenho tempo.” Então ela agarrou Peabody por um fistful de casaco inchado. “Faça esta aqui coisa para mim. Etiqueta Roarke, diga a ele que eu estou a caminho. Pegou um caso, correndo tarde, mas eu estou indo para lá agora.”

“Certo.”

“Eu não posso fazer isto. Ele verá que eu estou em roupas regulares, e ele disse a mim que eu devia tomar uma mudança em trabalhava, mas eu nixed isto. Como eu quero ir cabriolando fora de Centrais em alguns imaginam vestido.” Agravação tudo menos fluído fora de De poros. “Você sabe o pesar que me causa?”

“Honestamente? Eu não sei como você sofre por isto. Eu racharia gosto de um ovo em seu lugar.”

“Oh, morda-me e etiqueta Roarke.”

Ela tudo menos empurrou Peabody do veículo, e estava chicoteando a roda e velocidade fora.

Ela não podia lembrar o que ela lançou naquela manhã, e desde que ela estava dirigindo como um maníaco, não podia dispor o tempo para se verificar fora. O tráfico, thestupid neve, a necessidade para tecer e evasiva fez comutação para autopilot uma impossibilidade.

Ela provavelmente cheirou da morte.

Bem, era sua própria culpa, ela decidiu. Ele casou-se com ela, não é? Não era como se ela não fizesse revelação cheia em que crappy esposa ela favoreceria um homem gostar dele.

Ela teve que ir e apaixonar-se por um homem que possuiu a maior parte do universo conhecido, e teve que—em ocasião—mostrou sua esposa para aquela mistura estranha e desajeitada de negócios sociais.

 

Ele não reclamaria que ela estava atrasada. De fato, ele até não seria aborrecido com ela. Se um policial teve que se casar—e Deus conheceram que eles eram solo melhor—que ela não podia fazer melhor que enganchando em cima com um homem que entendeu que o trabalho messed com planos pessoais. Constantemente.

E porque ele não reclamaria ou é aborrecido, ela sentiu até mais culpada para esquecer o jantar, e mais determinado para bater o hellacious tráfico.

Ela quebrou uma de suas próprias regras, bata as sirenas, e usaram o policial para ganho pessoal.

Depois de apenas evitar pára-choques de recorte com um CAB Rápido, ela foi vertical, então pendurou direito de um gritar em Qüinquagésimo, zigging, zagging seu modo acima de Terceiro na frente de cabeçalho para o bairro residencial novamente.

Ela devia ter Peabody dito para dizer a Roarke ter todo mundo ordenar sem ela. Não esperar. Por que ela não pensou sobre isto? Agora eles provavelmente estariam sentando lá, sofrendo fome, enquanto ela se matou e muitos espectadores inocentes tentando chegar a um restaurante onde ela até não poderia ler o menu de maldição.

“Sistema de direção em!” Ela ordenou. “Onde o inferno é este lugar. Restaurante, Cidade de Nova York, Le Printemps.”

Um momento, por favor, enquanto seu pedido é programado. Le Printemps é localizado às 212 Leste Noventa-terço, entre Segundo e Terceiras Avenidas. Você se importaria fazer uma reserva?

“Eu tenho uma reserva de maldição. Direção fora de.”

Até com o kamikaze tática de direção, ela estava trinta minutos atrasados. E quando ela conseguiu parque para duplo, que traria a ira de milhares e possivelmente causaria uma revolta interurbana, ela era mais atrasada quieta.

Ela sacudiu em sua A trabalho luz, então correu o último metade-quarteirão.

Ela pausou do lado de fora para concha seus dedos por seu cabelo uns tempos, então olhada abaixo em sua calça comprida marrom escura. Ela não viu nenhum sinal público de sangue ou outro completamente fluido manchando eles ou o marinha V-pescoço, e consideraram a falta uma grande mais em seu favor.

 

Os chifres já eram arranhados em protesto de seu acordo de estacionamento como ela saiu do soprar neve, e na fragrante e muted música de francês de cinco estrelas.

O maître d ' abatido abaixo nela gosta de um abutre em roadkill. “Mademoiselle. Eu lamento, nós não podemos acomodar passeio-ins.”

“Como você acomoda qualquer um se eles não entrarem?” Ela encolheu os ombros fora de seu casaco. Peabody teve o megachic direito, Notado. Toda mulher no lugar faiscou e cintilou. “Verifique o casaco, Pierre. E é seu asno se não está aqui quando eu partir.”

“Mademoiselle, eu devo perguntar a você quietamente para sair.”

“Eu não deixe de fazer isto, depois de eu comer.” Ela alisou abaixo a jaqueta marrom, estar certa sua arma era escondida. Entretanto ela era tentada para relampejar isto, só para assistir o apertada-assed maître d ' rachadura sua cabeça no chão à medida que ele desmaiou.

“Agora nós podemos ir um redondo aqui mesmo,” ela sugeriu, “e dê seu diners um show junto com jantar, ou você pode dizer a mim onde minha festa está. Reserva Roarke.”

Ele perdeu cor, sombra por sombra, até que ele foi de corado até pastoso. Aparentemente o nome de Roarke levou tanto poder e ameaça como uma polícia emite. “Eu imploro seu perdão, Madame Roarke.”

“Dallas, Tenente. Onde está a mesa?”

“Se você por favor seguiria-me.”

“Meu casaco. Eu assim casaco.”

“Claro. É um artigo de vestuário bonito.” Ele estalou seus dedos. “Veja para Madame…para o casaco do tenente. Se você irá Sua festa já está acomodada. O prazer seria todo meu trazer você um coquetel.”

“Qualquer que eles têm ser bons.” Ela esquadrinhou o quarto com todo seu dourado e glória, então seguido o castigado maître d '.

Ele viu ela vindo. Sabendo que ela estaria atrasada, ele escolheu a mesa com isso em mente. Ele amou assistir ela caminhar em um quarto, passos largos negligentemente longos, aqueles olhos do policial vendo todo detalhe.

E na jaqueta e calças simples ela, em seus olhos, excedida em brilho toda mulher no quarto. Quando seus olhos encontrados, ele chegou a seus pés.

 

“Boa noite, Tenente.”

“Desculpe eu estou atrasado.”

“Champanha para minha esposa,” ele disse sem tomar seus olhos fora dela. Ele desenhou sua cadeira atrás ele mesmo. “Deixe-me apresentar você para Natalie e Sam Derrick.”

“Então isto é !Eu sou só emocionado para encontrar você.” Natalie relampejou uma milha-largo sorriso, até como seu olha rasto acima de De roupas.

“Contente você podia juntar-se a nós.” Sam resistiu uma mão o tamanho de um assado de anca, pumped É duas vezes. “Dito do Roarke nós sou duro para você cair fora do trabalho.”

“Eu só não posso pensar como você investigatemurders .”

Glanced atrás em Natalie. “Primeiro eu preciso de um corpo.” Ela sentiu mão do Roarke bate levemente sua coxa duas vezes. “É muitos detalhes,” ela continuou. “E longe de tão interessante quanto topa com em um vid ou em tela.”

“Eu estou certo isto não é verdade. Mas eu não suponho que nós queremos conversar de coisas desagradáveis.” Natalie irradiou novamente. “Sam era quase dizer a história de como ele pegou o maior grave em Município de Jasper.”

“Uau.” Era todo Podia pensar dizer, e ela era agradecida para o vidro de champanha agora em sua mão. E o fato que Roarke deu seu um apertar livre debaixo da mesa.

Só olhe para ele, ela pensou, sentando lá como se ele não podia estar mais interessado ou escravizou ouvir sobre algum peixe estúpido. E claro, ele saberia que todo olho no lugar seria ligado ele em um certo ponto durante a noite.

Ela não podia culpar eles. Ele se sentou, à vontade, o metade-sorriso em seu rosto magnífico, a luz de interesse naqueles olhos de laser azul. Vela-e lamplight cintilados em seu cabelo, aquela juba espessa de negro.

Quando seu lábios curved mais completamente, seu coração realmente bateu suas costelas. Ele podia ainda fazer aquele para ela, persiga seu coração para um galope, pare sua respiração, derreta seus ossos. E faça todos que só com um olhar.

Em um certo ponto ela recebia um menu, e em um rápido esquadrinhe serra que era, realmente, o tipo de tarifa que causou medo aprazível nela em lugar de fome.

Sam e Natalie não eram tão terminally chato quanto ela imaginou que eles seriam. Entretanto existia muita conversa sobre o tipo de outdoorsy atividades que causaram mais desconforto nela que comida de fantasia francesa.

Caça, pescando, caminhando, montando em barcos em rios, dormindo em barracas.

Talvez ele era uma espécie de culto que Roarke quis infiltrar.

Mas existia algum humor neles, e um prazer óbvio do momento.

“Isto é só maravilhoso. Sam, esta lagosta põe seu grande grave para envergonhar. Você tem que ter um gosto. Nós não amarramos abeto vermelho muito freqüentemente,” ela continuou como ela segurou seu garfo em cima para seu marido. “Nós somos pessoas rurais, e isto é como nós gostamos disto. Mas ele certamente está diversão para fazer a grande cidade em um grande modo. Eu acho que você esteja acostumado a isto,” ela disse para .

“Eu não amarro abeto vermelho muito freqüentemente qualquer um. Obviamente.”

Este tempo quando Natalie sorriu, existia mais calor para isto. “Mel, se eu parecesse com você em calças e um suéter, eu não vestiria qualquer outra coisa. Da próxima vez, você terá que terminar e nos ver, e nós lançaremos você uma Montana real alimentar. Roarke, você só vai ter que destacar Nos ver.”

“Eu terei que fazer isto.” Ele ergueu seu vidro, sorrida acima da beira em . E quando alguém disse seu nome, e ele glanced em direção a eles, Viu algo entrar em seus olhos, só um flash disto. Uma algo ela só veria quando ele olhou para ela.

Era ido, shuttered abaixo em prazer cortês. Mas ele tinha estado lá. Muito lentamente, Localizou ela olhar acima de, e a viu.

 

Ela era atordoante, em um vestido vermelho corajoso que conseguido para ser ambos os elegante e sensual. As pernas longas terminaram no resplendor de saltos de sapatos de prata de jornal magro. Seu cabelo era um longo, acenando série de delicada loira, cortado no apoiar algo pequeno e cintilante. Seus olhos eram brilhantemente verdes, cheia de vida e excitação que traduzido para o poder sexual. Seu lábios estava cheio, muito vermelho e luxuriante contra pele luminosa.

“Roarke.”

Ela disse isto novamente em um um tanto quanto gutural ronrona que educou o cortar em Volta. E ela deslizou como tal mulheres fazem, para a mesa, resistindo suas mãos para seu.

“‘De todas as articulações de gim em todas as cidades em todo o world, '” ela murmurou como ele rosa, e ergueu seu rosto para um beijo.

“Magdelana,” ele disse com os irlandeses em sua voz que cruza pelo nome, e ele escovou seu lábios muito ligeiramente com seu. “Que surpresa.”

“Eu não posso acreditar em que isto é você!” Magdelana deitou suas mãos em suas bochechas, stroked. “E como bonito como sempre. Mais. Os anos concordados com você, amante.”

“E com você. Eve, isto é um amigo velho meu, Magdelana Percell. Magdelana, minha esposa, Dallas, e nossos amigos, Sam e Natalie Derrick.”

“Esposa? Oh, claro, claro. Eu ouvi. Se faça. Eu tenho muito prazer em encontrar você. E você,” ela disse para o Derricks. “Você terá que com licença para quebrar em sua comida. Tudo que eu vi era Roarke.” Ela sorriu abaixo em , aquele resplendor em seus olhos. “Você entende.”

“Oh, sim.”

Com outro cheio-sorriso de vatagem, Magdelana despediu , então tudo menos derretido em Roarke. “Eu só tenho sido na cidade alguns dias. Eu iria contactar você, veja se nós pudéssemos fazer uma data para pegar em cima. Tem sido, meu Deus, dez anos?”

“Mais próximo para doze, eu pensaria.”

“Doze!” Ela rolou seus olhos de primoroso. “Oh, Franklin, perdoe-me! Minha escolta, Franklin James. Isto é Roarke, sua esposa, e o Derricks.”

“Nós sabemos um ao outro.” Roarke resistiu uma mão. “Oi, Frank.”

Ele fazia trinta anos seus sêniores, por De medida, olhada próspera e sã. E, ela pensou, ligeiramente besotted.

“Nós deixaremos você voltar para seu jantar.” Magdelana correu braço do um passar para baixo Roarke—uma luz, gesto de alguma maneira íntimo. “Eu sou só emocionado para ver você novamente.” E este tempo ela escovou seu lábios contra bochecha do Roarke. “Nós almoçaremos, não legue nós, e tomemos um passeio abaixo Pista de Memória. Você não se importará, não é, ?”

“O almoço ou o passeio?”

Magdelana riu, um gargarejo espumoso. “Nós teremos que almoçar nós mesmos, nós meninas. E diga segredos sobre Roarke. Eu estarei em toque. Tão bom para encontrar você.”

Conversação levantada novamente, acima de comida, e pesca. O rosto do entretanto Roarke traiu nada além de interessar em seus companheiros, Eve soube. Então ela soube enquanto ele comeu, ele bebeu, ele falou, seu se importa de era através do quarto de elegante onde a Magdelana atordoante sipped vinho em seu vestido vermelho corajoso.

 

Quando a noite era feita, eles põem o Derricks em uma de limusines do Roarke para o repelir seu hotel, então veículo do entrado em .

“Provavelmente existiu os assassinatos de uma dúzia de cometeu devido ao modo que você estacionou esta coisa.”

“Quem ela é?”

“Eu disse a você, ela e Sam não possuem só uma porção muito grande de Montana, mas um dos recursos mais bem sucedidos no estado.”

“Não toque-me aquele modo. Amante.”

“Um amigo velho.” Ele trocou, seus olhos que encontram . “E sim, nós éramos amantes. Era muito tempo atrás.”

“Tanto eu já conheço.”

Ele suspirou. “Ela estava no jogo. Nós…competimos durante algum tempo, então nós trabalhamos junto em uns trabalhos. Então nós separamos modos.”

“Ela é um ladrão.”

“Ela era.” Ele disse que isto com um encolher os ombros. “Eu não saberia se ela continuar naquela profissão.” Ele alcançou, e desde Chegou atrás da roda, sacudido em seu cabelo à medida que ela dirigiu. “O que ele importa para você?”

Eu vi algo em seu eyes,she quis dizer. “Curiosity,” ela disse ao invés. “Ela é um looker.”

“Ela certamente é. Você sabe o que eu pensei quando você caminhou no restaurante?”

“Agradeça Deus que ela não tem sangue por toda parte seus sapatos?”

“Não, mas bom ponto. Eu pensei, existe a mulher mais constrangedora no quarto. E ela pertence a mim.” Ele deitou uma mão brevemente acima de sua. “Obrigado por hoje à noite.”

“Eu estava atrasado.”

“Eu notei. Novo caso?”

“Sim. Pegou isto esta tarde.”

“Diga a mim sobre isto.”

Ela ordenou se para apagar amantes velhos de sua cabeça, e deu a ele o fundamento.

 

ELA AGARROU Um CHUVEIRO para LAVAR LONGE O LONGday, e tentou para não obcecar quando Roarke não fez seu jogo habitual para juntar-se ela debaixo dos jatos quentes. Uma mulher que se conseguiu trançado em cima porque seu homem—que levou uma vida muito cheia e…aventureira antes deles se encontrar—chocaram-se com um antigo amante estava só pedindo espasmos de estômago.

E ela não se conseguiu trançada, Lembrou a se como ela saiu do chuveiro e no tubo secante. Ou ela nunca teve antes disto.

Ela estava fazendo demais de um…de um refletir, ela decidiu. De uma fração de uma segunda. Quem Roarke saltou em mais que um freaking década antes de não ter nada a ver com agora.

Nada.

Ele não estava no quarto quando ela voltou em. Mas isso não significou nada qualquer um. Ela prolongou alguns suores, caçou em cima algumas meias que giradas fora para estar casimira, então encabeçado em direção a seu escritório de casa.

Juntado do Roarke sua. A porta estava aberta, as luzes em. Nenhuma razão para não andar acima de e ver o que estava continuando.

Ele estava em sua escrivaninha, a jaqueta de terno e camisa substituída por um suéter preto. O peludo pudge que era seu gato era enrolado no canto da estação de trabalho. Galahad piscou seus olhos coloridos duais, então abaixaram eles para rachas preguiçosas.

“Trabalhando?” disse, e pareceu estúpido, desajeitado.

“Um pouco. Você?”

 

“Sim.” Ela não podia compreender bastante o que fazer com suas mãos, então ela enganchada seus dedos polegares em seus bolsos dianteiros. “Eu figurei que eu pus algum tempo.”

Ele deu sua sua atenção. Ele teve um modo de fazer isto até quando ele teve um zillion coisas continuando. “Queira alguma ajuda?”

“Não. Não, eu consegui isto. É material rotineiro justo.”

E sua atenção trocou longe dela, atrás para seu comp tela. “Certo, então. Deixe-me saber se você mudar de idéia.”

“Sim, certo.”

“Tenente,” ele disse como ela se virou. “Tente não beber mais que um galão de café.”

Por um pouco de razão fez ela sentir melhor que ele cutucou nela. Ela moveu na cozinha de que ela trabalha espaço, e programados seu AutoChef para uma metade panela em vez da cheia ela teria ordenado em cima caso contrário.

Era bom que ele teve algum trabalho para fazer, ela pensou. Eles iria ambos só fazem o que eles fizeram por algumas horas. Ela levou seu café para sua escrivaninha, e começou a telefonar relatório do Peabody em Craig Foster.

Eve Amaldiçoou.

“Poderia também só faria isto,” ela murmurou. “Pegue isto fora de meu cérebro.” Ela começou a corrida em Percell, Magdelana, manualmente, ordenando texto só em seu comp tela. Levou algum tempo para achar sua pedreira particular, mas ela estreitou a procura por idade aproximada, descrição física—e a menos que ela tenha sido modo fora na nacionalidade de acento. E marcado.

 

Percell, Magdelana. DOB: 12 de março de 2029. Nascido: St. Paul, Minnesota. Pais: Percell, James e Karen. Cabelo: Loiro. Olhos: Verdes. Peso: 115 libras. Altura: Cinco pés, cinco polegadas.

Lido rapidamente acima de sua educação, mas notou que Magdelana se formou do segundo grau cedo—às quinze. Freqüentou Princeton e graduada em só abaixo de três anos em um programa acelerado. Cum laude.

“Então ela é esperto.”

Casou: Dupont, Andre, 22 de junho de 2048. Nenhuma descendência. Divorciada: Março de 2051. Casou: Fayette, Georges, 5 de abril de 2055. Nenhuma descendência. Divorciada: Outubro de 2059.

 

Aproximados líquidos no valor de: Treze ponto cinco milhões de dólares dos Estados Unidos.

Residências: Paris, França; Pode, França.

Nenhum criminoso.

Eve se sentou de volta.

Os dados oficiais eram esbeltos, e o nenhum criminoso duvidoso como Roarke disse que eles trabalharam junto. Ainda que ela não tivesse sido condenada, ainda que ela não tivesse sido presa, lá devia ter sido um pouco de nota em seu arquivo sobre ser questionado em um certo ponto ou outro.

Ele passou sem tocar isto para ela, Pensou Eve, e sentiu algo apertar em sua barriga. Ele cortou em e arrumou seus dados, o mesmo modo que ele cuidou de seu próprio era uma vez.

Ele a protegeu.

Porque era mais duro de aceitar que ela imaginou, Terminou a procura. Ela já soube mais que ela quis conhecer.

Ela pomba em trabalha, lendo relatório do Peabody, as notas de caso. Ela começou corridas em membros de pessoal como ela instalar uma tábua de assassinato. E estava tolamente contente quando Galahad acolchoou em saltar em cima e esticar nela dorme cadeira.

“O que nós temos aqui,” ela disse a ele, e levantou seu café, “é seu Joe Médio. Nenhum grande highs, nenhum fundo muge. Cruzando junto com sua vida média sem, aparentemente, entrando modo de ninguém. Então um dia ele beber com um gole seu chocolate quente caseiro durante seu almoço de trabalho e morrer uma morte muito sórdida.

“Então quem que era urinado fora em Joe Médio? O que existir ganhar por sua morte? Olhe para seu financials. Vivendo dentro de seu queira dizer, como eles eram. Seguro da morte, certo, mas não importante. Não , nenhum bens imóveis, nenhuma arte de fantasia. O ganho financeiro é modo abaixo em nossa lista aqui.”

 

Ela aliviou um quadril na extremidade de sua escrivaninha, estudou os dados em sua tela de parede como ela bebeu seu café. “E aqui Mirri Hallywell. Você podia chamar seu um Jane Médio. Trabalhado com o vic, rondado com ele, tido pequenas sessões de estudo com ele, e assim por diante. Amigos justo, entretanto. Agora, em sua opinião: Duas pessoas atraentes podem do sexo oposto, no mesmo grupo de idade, com os mesmos interesses quem se divertem é companhia, gaste tempo junto e permaneça só amigos? Ou legue sexo, como sexo é propenso para fazer, crie sua cabeça feia?”

Ela glanced em direção ao juntar escritório, aborrecido que sua linha de pensar que circulou de volta ao redor para Roarke e seu antigo playmate.

“É possível, certo é possível. Nenhuma faísca sexual, talvez. Ou a coisa platônica é apenas do nível a relação alcança. Hallywell, porém, teve oportunidade. Como fez, naturalmente, a esposa do vic. Podia ser o fim feio de um triângulo feio. Só tão simples.”

Mas ele didn 'tfeel assim.

“Queira o sujeito, mate a esposa. É disso que eu faria. Existe o velho ‘Se eu não posso ter você ninguém legar ' gambito, mas por que agora?”

Ela voltou para suas notas, para as entrevistas. Ninguém que ela falou com mencionou qualquer tipo de chateado, argumento, controvérsia, ou escândalo envolvendo a vítima.

“Joe médio,” ela repetiu, olhando de volta no agora roncando gato. “Sr. Limpa Máquina.”

“Se você estiver conversando com Galahad, você está desperdiçando seu tempo,” Roarke assinalou.

“Ele está tomando isto em seu subconsciente.”

“A única coisa em sua subconsciente é salmão de um ansiar por. Como ele está indo para você?”

“Os círculos e morre em mim. Nenhum motivo, nenhum suspeito. Ele só não é o tipo para comprar isto deste modo. Em um assalto, certo. Algum ato fortuito, absolutamente. Todo mundo é o tipo isto. Mas alguém que ele soube planejado este, instale isto, executou isto. E ninguém quem soube que ele tem uma razão, que eu posso achar, querer ele morto.”

Roarke vagou em tomar um olhar para o ID retrato da vítima que ela esteve usando sua tela de parede. “Ele não seria o primeiro a ter alguma vida secreta dobrada debaixo da média.”

“Não, e eu vou continuar cavando na superfície. Podia ter estado batendo aquele.” ergueu seu queixo em direção à tela de parede como ela educou Mirri Hallywell.

 

“Bonito.”

“Sim, a mais bonita da esposa. E de acordo com o policial aposentado que vive abaixo de seu apartamento, o recém casado estava pregando um ao outro a cada cinco minutos, então afazeres parece supérfluo. Ainda, sujeitos nunca ficam cansados de sexo.”

Roarke bateu levemente seu asno. “Realmente nós não fazemos.”

Ela divisão-screened Mirri e Lissette. Tipos opostos, fisicamente, ela pensou. “Para algum, sexo é sorvete, e eles querem uma variedade boa.”

Roarke só sorriu. “Eu concordei com meu sabor único.”

“Sim, mas você trabalhou sua passagem o menu alguns tempos primeiros. Foster era jovem,” ela continuou quando Roarke riu. “Não teve muito tempo para experimentar. Não toca todas as notas para mim,” ela murmurou. “Mas ele é a única melodia que eu tenho no momento.”

Ele girou agora para estudar sua tábua de assassinato. “O dinheiro é, eu assumo, não na equação.”

“Não suficiente disto.”

“Ira?”

“Tenha que estar frio frio, morto. Isto não era um crime de paixão. Indiferente do veneno. Especialmente se você não for ao redor para ver fazer seu trabalho. Não descontando ira,” ela adicionou. “Eu só não posso achar algum. Todo mundo gostou dele.”

“É disso que eles disseram sobre o Icoves,” ele lembrou a ela.

Ela agitou sua cabeça. “Este sujeito não é nada como eles. O Icoves era alto, satisfeito consigo mesmo, louco, certo, mas rico e privilegiado e no refletor. Este sujeito tinha muito prazer nas asas. Indo tomar um olhar para seu apartamento amanhã,” ela disse. “Vá por seus arquivos na escola. Talvez ele não era o com um segredo. Se ele soubesse algo, suspeitado algo no valor de sendo envenenado para…” Ela encolher os ombros. “Eu acharei isto.”

“Nenhuma dúvida.” Roarke andou acima de, tocado seu lábios para sua sobrancelha. “E você pode começar a caça de manhã. Você teve um dia longo de policial trabalha e wifely trabalhos.”

“Ache que eu tenha.” Ela deixa ele tomar sua mão para principal ela fora. “O Derricks era certo. Mas eu ainda não quero ir para Montana.”

“Isto é seu medo de vaca conversando. Nós podíamos sair para uns dias e ficava no recurso. Talvez faça um pouco a cavalo montando.”

“Oh, existe um sonho vitalício. Levantando em um pouco de animal que pesa dez vezes o que eu faço e dizendo, ‘Giddyup.’”

“Surpreendentemente está divertindo.”

“Eu pegarei com perseguir abaixo psicopatas para minhas excitações, obrigado.”

Ela perguntou-se se ele fosse a cavalo montando com Magdelana. Ela perguntou-se quantos timeshe montou Magdelana.

Goddamn isto.

Ela girou na entrada do quarto, empurrou ele de volta contra o jamb e apertou seu lábios para seu em um beijo ávido, enérgico. “Ou isto é bom,” ela disse, e tomou uma mordida rápida de seu lábio mais baixo, “como segundo lugar na excitação-e-metro.”

“Segundo lugar, é?”

“Bem, psicósicos são bonitos maldição excitando.”

“Eu só terei que tentar mais duro, não é?” Ele inverteu suas posições depressa, tido sua boca em sua, suas mãos debaixo de sua camisa de moletom. “Não quereria que minha esposa que busca fora maníacos homicidas só para um pouco de uma pressa, não é?”

“Todo no trabalho de dia. Mas…” Ela se impulsionou em cima, embrulhada suas pernas ao redor sua cintura. “Eu tenho com bagueta.”

Suas bocas encontradas novamente, quentes e buscando. Então ela tomou sua em uma jornada louca de seu rosto, sua garganta. O taste,his saboreia—isto era tudo que ela almejou. Ele era tudo.

Ela manteve suas pernas bloqueadas ao redor ele quando ele a abaixou para a cama, ferimento seus braços ao redor seu pescoço. “Diga a mim que você me quer.”

“Sempre. Eternamente.”

“Mostre a mim.”

Desejo. Ela podia sentir isto nele. Em suas mãos, no modo que eles moveram acima dela, em que eles tomaram, em que eles deram. Ela podia saborear isto em seu lábios, aquele calor.

 

E ainda não era suficiente. Ela soube só que ela precisou mais.

Pela primeira vez que desde que eles reuniram-se, ela não estava certa o que mais era. Ela só soube que existia um lugar pequeno, frio dentro de sua que não tinha estado lá antes de. Ela precisou disto guerreou, ela precisou disto encheu.

Desesperada, ela rolou com ele, arrastando em seu suéter, cavando seus dedos em carne e músculo. “Toque em-me,” ela exigiu. “Toque em-me. Toque em-me.”

Sua urgência o surpreendeu. Despertou ele. Então ele feasted em sua pele, usadas suas mãos para a levar. Ela gemeu seu nome, um som de ambos os prazer e apelo. E ainda ela tremeu, quivered com não precisou ainda conhecido.

“Eve.” Ele deita uma mão em sua bochecha, querendo ver seus olhos, ver neles. “Olhe para mim.”

Ela fez o que ele perguntou, lutando deixar se cair longe. Só caia longe. “Dentro de mim. Eu quero você dentro de mim.”

Ela rebelar-se, não em oferta mas exija, e guia ele para ela.

Ligou, como só eles podiam ser, ela disse a se. Seu ritmo, seu calor, seu odor. Ela assistiu ele assistir ela até que sua vista borrada. Até existia só acelera e movimento, o edifício—frenético e selvagem—em direção a tão final, afiado-afiado lança.

Quando ela deitar enrolado contra ele, sua pele dewed de paixão, existia quieto tão pequeno, lugar frio dentro dela onde o calor não alcançou quase.

De manhã, ele estava em cima e fora da cama antes dela ser. Mas ele não estava no sentar área, bebendo café enquanto ele assistiu os relatórios financeiros em tela.

Ela leu pelo dia, sutilmente faltando a rotina—a conversação, compartilhando café da manhã. Por que ele não estava lá, dizendo a ela que ela estava vestindo a jaqueta errada com as calças erradas?

E a noite antes? Por que ele não empurrou ele mesmo em que ela trabalha? Por que ele não estava aqui, agora mesmo, resmungão ela para comer algo?

Ela amarrou com correia em seu equipamento de arma com um puxão irritado. Era multa justa. Ele estava ocupado, então era ela. Ela não precisou ou quis o homem em seu bolso toda hora do dia.

Ela andou a passos largos para seu escritório para recuperar arquivos, entretanto ela já copiaria eles para sua unidade em Central. Ela girou casualmente em direção a sua porta de escritório, levou só um passo quando ela ouviu sua voz.

“Não, eu estava em cima. Sim, hábitos velhos duros de matar.”

No 'vínculo, Percebido, e desde existia só sua voz, ele teve isto em modo de isolamento.

“Era, sim, bastante uma surpresa. Eu iria, claro. Eu estou certo que nós fazemos. Por que nós não dizemos uma horas então, em Irmãs Três. Eu penso que você gostará disto. Eu devo enviar um carro para você? Não, Maggie, não é nenhuma dificuldade. Eu verei você então.”

Maggie,Eve pensou como seu estômago afundou. Não Magdelana, que era fascinadora e só um pouco distante. Mas Maggie, que era morno e afetuoso.

Ela andou na entrada e viu que ela fez o quase impossível e o pegou fora de guarda. Ainda, ela não podia o ler naquele momento quando ele olhou fixamente fora em um pouco de pensou ou memória que não era sua para compartilhar. Então sua atenção, junto com um sorriso distraído, estava nela.

“Você está aí.”

“Sim, aqui eu sou. Em sua escrivaninha cedo.”

“Eu tive uma 'conferência de vínculo com Londres às seis nosso tempo.” Atrás dele o fac-símile de laser sinalizou um entrante que ele ignorou. “Eu era sobre voltava e conversava você no café da manhã.”

“Cheio de comida planeja hoje. Almoço?”

“Desculpe? Oh, sim. Aparentemente Magdelana lembrou de que eu sou um madrugador.” Ele deslizou o livro de data que ele esteve usando sua escrivaninha em seu bolso como ele chegou a seus pés. “Nós almoçaremos.”

“Então eu ouvi. Você vai querer ser cuidadoso lá, camarada.”

“Do que?”

“Não seria o primeiro amigo velho que você teve vindo a si pulando que você imergiria de volta no jogo para causa de tempos velhos. Você poderia querer lembrar a ela que você está dormindo com um policial estes dias.”

Irritação, lânguido como um sussurro, ignorado seu rosto. “Eu não tenho nenhuma intenção de borrifar em hábitos velhos.”

“Hábitos velhos duros de matar, você não disse?”

Agora uma sugestão de gelo entrou em seus olhos, em sua voz. “Espiando agora, Tenente?”

“Eu estava de pé em meu escritório. Sua porta estava aberta. Eu tenho orelhas.”

“Então use eles para ouvir isto. Eu estou almoçando, nada mais ou menos.” Sua cabeça angulada ligeiramente enquanto aqueles olhos azuis selvagens estreitado speculatively em seu rosto. “Ou você não me confia?”

“Eu confiaria você um inferno de muito mais se você não se referisse para ela como um oldfriend quando nós dois soubermos que ela eram um inferno de muito mais.”

“O que ela era ser quase anos de uma dúzia de no passado. Anos antes de eu já fixo olhos em você.” A confusão agora simples juntou-se a irritação e o gelo. “Cristo Jesus, você tem ciúmes de uma mulher que eu não falei com, visto, ou pensou de em anos?”

Eve só olhou para ele para um momento longo. “Você está pensando sobre ela agora,” ela disse, e foi embora.

Ela jogged passos abaixo, e existia Summerset, Majordomo do Roarke, seu guardião, seu homem de todo trabalha. E a dor crônica em seu asno. Ele permaneceu, alto e magro em negro não aliviado, seu pewter cabelo varrido atrás em asas, e desdém fresco em seus olhos escuros.

Ela só agarrou o casaco, que era drapejado acima do newel posta. “Se você disser uma palavra para mim, só uma fucking palavra, eu arrancarei que esticar de seu asno e bater você sangrar com isto.”

Ela andou a passos largos em direção à porta, então girada ao redor. “E diga yourkeeper se eu fosse o tipo ciumento que eu teria beatenhim sangrento dois anos atrás. Goddamn isto.”

Summerset curvado suas sobrancelhas, especularam, então glanced em cima como Roarke veio para o topo dos degraus.

“O tenente parece mais abrasivo que habitual esta manhã,” Summerset comentou.

“Ela está tendo um humor.” Entrega seus bolsos, Carranca de Roarke na porta da frente. Um humor não característico maldito, ele pensou. “Magdelana na cidade. Nós estamos almoçando hoje. Aparentemente, Não gosta disto.”

 

Ele encontrou olhos do Summerset e a expressão neles tiveram o temperamento que ele apenas voltaria sob controle puxando novamente. “Não comece em mim. Eu tive suficiente drama por um dia, e não é nem oito na manhã sangrenta.”

“Por que você complicaria sua vida?”

“Eu não sou. Eu estou tendo fucking almoço. Deixe isto ser,” Roarke advertiu antes de ir embora.

A neve nos meios-fio foi sujar remendos cinzas, e lisos de gelo era booby armadilhas nas calçadas e as pessoas desliza. Os comutadores meios congelado estado empacotado para os olhos que esperam em maxibus estações. Nos cantos, vendedores de carro de deslizamento tido seu grelha fumando tanto para calor pessoal como negócios.

Seu veículo de indicador de listou a temperatura ambiente como uns horrorosos quatro graus.

Ela esperou que Roarke congelou seu asno irlandês.

Sentando em snarled tráfico, ela desaponta sua gota de cabeça para a roda. Ela lidou com isto o modo errado. Ela não soube como o inferno ela devia ter lidado isto, mas ela soube que ela estragou isto. Agora ele iria ser urinado nela quando ele encontrou aquela…mulher relaxada. Isso não podia ser bom estratégia.

E por que o inferno ela devia precisar de alguma estratégia de qualquer maneira?

“Esqueça isto, esquece isto,” ela disse a se. “Apenas uma pancada na estrada.”

Ainda ela emitiu fumaça sobre isso tudo o modo como o centro da cidade, chocado acima dele como ela se encheu no elevador lotado até Homicídio.

Ela foi diretamente para seu escritório com apenas um grunhido para a caneta de touro. Fechou a porta, café programado.

Trabalhe espaço, ela lembrou a se. Nenhum negócios pessoal permitido. Isso era isto, isso era todo. Ela decidiu beber seu café e desviar a vista de sua janela minúscula até que seu se importe de era clara suficiente para trabalhar.

Ela estava ainda bebendo, ainda olhando fixamente, quando, depois de um golpe rápido, Peabody entrou.

“Manhã. Como era a coisa de jantar?”

“Eu comi. Consiga seu casaco. Nós estamos indo para o apartamento do vic.”

 

“Agora? Devia eu contactar Lissette Foster ter certeza que ela é—”

“Eu disse que consigo seu casaco.”

“Sim, senhor.”

Peabody não falou novamente até que eles estavam no carro. “Eu faltei algo? Nós estamos olhando para Lissette coma diretora suspeito?”

“Quando você pensou que nós passamos a sem tocar?”

“Eu não fiz, mas eu pensei que nós sentimos que ela eram umas improváveis para este.”

“Ela teve a oportunidade. Como para motivo, cônjuges podem sempre achar um. Às vezes é só porque você casou-se com um asshole. Isto é onde nós começamos.” Ela dirigiu por um tempo em silêncio. “Eu quero ver onde ele viveu,” ela disse mais calmamente. “Como ele viveu. Como eles viveram. Seu corpo diz a nós que ele era um homem saudável em seus anos vinte medianos que morreram de ingerir uma dose letal de ricin. Isto é sobre tudo diz a nós. Isso não significa isto é todo o vic tem que dizer.”

“Certo, eu consigo isto. Tudo está certo?”

“Não, realmente não é. Mas eu não vou conversar sobre isto. Vamos fazer o trabalho.” Mas o silêncio que ficou para trás era pior. arrastou uma mão por seu cabelo. “Converse sobre qualquer outra coisa. Você nunca fecha o inferno em cima a maior parte do tempo. Converse sobre qualquer outra coisa, para causa do Cristo.”

“Ummmm. Eu não posso pensar sobre qualquer coisa. É pressão demais. Oh, oh! Eu sei. Você é todo conjunto para amanhã à noite?”

“Conjunto para que?”

“Agora.”

“Se ele for agora, não é amanhã à noite. O que você fumou para o café da manhã?”

“Tudo que eu tive era rehydrated toronja. O peso de feriado só não conseguirá o inferno fora de mim. É todos os biscoitos.” Peabody deu um suspiro triste. “Meu asno é completamente composto de biscoitos.”

“Que tipo? Eu gosto de biscoitos.”

“Todo tipo,” Peabody disse. “Eu não tenho nenhuma força contra a lata de variedade poderosa de biscoitos do Natal. Minha avó ainda faz eles do nada.”

“Eu pensei que biscoitos eram feitos de açúcar.”

“Scratchis de açúcar—e farinha e ovos e carob chips e manteiga. Mmmm, manteiga.” Peabody fechou seus olhos e sonhados com isto. “Como de vacas.”

“As vacas são uma coisa de leite.” esperou enquanto um rebanho de pedestres tromped através do faixa para pedestres. “E eu não entendo por que alguém quer beber algo que termina de uma vaca gostar, bem, urinar.”

“Você faz manteiga de leite. Se você estiver conversando negócio real. Condene isto, agora eu estou com fome. Eu não posso conversar sobre biscoitos, meu asno está expandindo só da conversação. Eu estava conversando sobre algo. Oh,Now .”

“Era agora, se tornou então. Agora é agora tudo de novo.”

A sobrancelha tricota, Peabody girou sua cabeça para olhar para . “Você está tentando me confundir, e eh—trabalho bom. Você sabe que eu queira dizer novo show do Nadine. Você está primeira em cima amanhã para a estréia.”

“E eu estou tentando para não pensar sobre isto.”

“Vai ser mag. O que você está vestindo?”

“Eu pensei, só para um pontapé, eu tentaria roupas.”

“Vamos, Dallas, o nacional e satélite do show e está conseguindo megahype. Deixe Roarke escolher seu equipamento.”

Olhos estreitado em rachas afiadas; Ela sentiu um grunhido que sobe em sua garganta. “Eu sei como vestir. Eu tenho vestido roupas por anos agora.” Ela pensou sobre Magdelana novamente, e o vestido vermelho corajosos com sapatos de prata. “Eu sou um policial, não alguma prostituta de moda. Se ele quisesse alguém que escora ao redor em vestidos de fantasia de andas cansativas, ele não devia ter casado comigo.”

“Eu não penso que seu guarda-roupa era um grande fator.” Cautelosamente, Peabody imergiu um dedão do pé nas águas perigosas. “Você fez sujeitos têm uma briga?”

“Não exatamente. Mas eu penso que nós somos esperados.” esmurrou ele para balançar ao redor um sedan, então fechada com fecho sobre uma segunda-rua de nível localiza. “Isto é fechar suficiente.”

“Eu direi.” Peabody conseguiu seu vento atrás, então jogged até a calçada atrás de .

 

O amargo frio perfurado diretamente para o osso, e vento de um chicotear feito correr abaixo os canhões urbanos. empurrou seu ungloved mãos em seus bolsos, e empurraram ela se importar de volta para o trabalho.

“Ela não pegou nada para esconder, ela não terá um problema com que nós procurando seu lugar. Caso contrário, nós podemos conseguir uma autorização rápida suficiente. Nós procuramos por qualquer sinal do veneno, isso inclui os feijões eles mesmos, ou qualquer subproduto. Eu quero ir por seus dados e comunicações, quaisquer discos, e papelada. Eu quero saber o que ele manteve em sua gaveta de cômoda superior, escondidos em seus bolsos de casaco. Os trabalhos.”

Peabody suspirou com alívio quando eles entraram no edifício e não fecharam explosão de fevereiro. “Se seu lugar é como do Kowoski, não levará muito tempo.”

Depois da caminhada em cima os degraus, Batido na porta. Era aberto por uma mulher com olhos cansados e brilhante dreadlocks. “Eu posso ajudar você?”

“O tenente Dallas e Detetive Peabody ver Lissette Foster.”

“Você é a polícia investigando morte do Craig. Eu sou Cicely Bolviar, Mãe do Lissy. Por favor entre. Ela está no banheiro.” Cicely enviou um olhar preocupado em direção à porta de banheiro fechado. “Ela está tomando banho. Ela não dormiu ontem à noite. Eu vou fazer café da manhã. Ela precisa comer algo. Eu sinto muito.” Ela voltou para E Peabody. “Por favor se sente. Você gostaria de café?”

“Não aborreça.”

“Não é nenhuma dificuldade. Eu quero fazer seu algo. Nós estamos encontrando família do Craig esta tarde para conversar sobre…” Seu lábios quivered. “Para conversar sobre acordos. Eu quero fazer seu algo para comer.”

“Quando você chegou a Nova York, Sra. Bolviar?”

“Tarde ontem à noite. Eu vim assim que…quando Lissy chamou dizer a mim, eu vim. Ela precisa de hermaman agora. Ele me chamou isto, too.Maman .” Ela moveu na pancada da cozinha, então permanecida como se ela não soubesse o que fazer próximo.

“Estava aqui que ela quis viver, meu Lissy, e porque ela teve Craig, eu não me preocupei. Em alguns anos, ele disse a mim—que eles eram tão jovens—em alguns anos, eles começariam uma família, e eu iria beGrandmaman . é disso que ele disse. Você conhece o que esta pessoa morta? Eles mataram aquele menino doce, e aquela família ele e Lissy teriam feito. Eles mataram aquele joy. Você sabe como isto aconteceu?”

“Nós precisaremos falar com sua filha.”

“Bien sûr. Por favor se sente. Eu farei café. Eles têm substituto de ovo. Em casa, eu tenho ovos das galinhas que meu vizinho mantém, mas aqui…Ele era um menino doce.” Seus olhos cansados cintilado com lágrimas. “Um menino tão doce. Este nunca devia acontecer. Por favor se sente.”

Existia um sofá azul claro com travesseiros verdes claro e duas cadeiras cobertas nas cores vívidas mesmas feitas em faixas largas. Uma estação de trabalho aerodinâmica começou a estudar um canto do quarto enquanto uma mesa pequena com duas cadeiras permanecidas no outro. O acordo, a ordem, o relampejar cores deram o estilo e função espacial parcimoniosa.

Cicely caminhou para a porta de banheiro, rapped ligeiramente. “Mignon, a polícia estão aqui. O tenente e detetive. Ela só será um momento,” ela disse . “Eu farei o café agora.”

Lissette terminou em calças soltas e uma camisa de moletom com meias espessas em seus pés. Ela pareceu com uma mulher que estava sofrendo de uma enfermidade longa. Sua cor foi pastosa, seus olhos eram enfadonhos e inchados. Ela moveu como se seus ossos machucam.

“Você sabe algo mais?” Sua voz era como enferrujou metal. “Algo sobre Craig?”

Eve chegou a seus pés. “Sente-se, Sra. Foster.”

“Eu fui o ver. Nós fomos o ver. Seus pais e eu fui para aquele lugar. Não era um engano. Você disse que não era. Quebrou eles para pedaços. Seus mamãe e papai, quebrou eles para pedaços. O que eu farei agora?” Como se de repente ciente de seu ambiente, ela procurou o pequeno apartamento. “Quais legam eu do?Maman .”

“Lá, meu bebê. Se sente agora.” Cicely voltou, Lissette Aliviado em uma cadeira. “Por favor, você não pode dizer a nós algo? Qualquer coisa? É tão duro não sabendo por que, ou como.”

Eve examinou olhos do Lissette. “Seu marido foi morto quando ele ingeriu uma quantia letal de ricin.”

“Ingeriu? Comeu? Ricin? O que é isto?”

“É veneno,” Cicely murmurou e seus olhos eram enormes agora, horrorizou agora. “Eu sei isto. Isto é veneno.”

 

“Veneno? Mas por que iria ele…como fez ele…”

“Estava no chocolate quente,” Disse a Lissette e assistiu a mulher ir cinza.

“Não. Não. Não. Está certo. Eu fiz isto para ele. Eu fiz isto eu mesmo. Toda manhã uma vez que o tempo fica frio. E quando ele warms novamente, eu o faço chá frio doce. Todo dia. Você pensa que eu machuco Craig? Você acha eu—”

“Não, eu não faço.” Depois de mais de onze anos no trabalho, Soube quando confiar seu intestino. “Mas a fim de passar sem tocar você de forma que nós podemos procurar outras avenidas, nós gostaríamos de procurar o apartamento. Nós gostaríamos de sua permissão para procurar isto, ir por computador do seu marido, seu trabalho, seus artigos pessoais.”

“Espere. Por favor.” Lissette agarrou mão da sua mãe. “Você disse veneno. Você disse que Craig era envenenado. Como ele podia ter veneno tomado por engano?”

“Eles não pensam que era um engano,” Cicely disse. “Não é?”

“Não.”

“Entretanto…” Cor voltou em rosto do Lissette, enfadonho e vermelho que ela lentamente rosa para seus pés. “Deliberadamente? Alguém este fez para ele? Para que? Ele machuca ninguém, sempre. Não sempre.”

“Sra. Foster, nós acreditamos que ricin eram adicionados a bebida do seu marido em um certo ponto na manhã que ele morreu.”

“ButI fez o bebida. Eu fiz isto.” Ela apressou acima da pequena área da cozinha. “Aqui, aqui mesmo. Toda manhã eu faço seu almoço porque o agrada tanto. Leva só alguns minutos, e ele o agrada tanto, eu…”

Cicely murmurou em francês como ela foi para sua filha.

“Não, não, não. Eu fiz só gosta de toda manhã. O sanduíche, a fruta, os chips ele gosta. E eu fiz o chocolate como você ensinou me,Maman . que Ele ama isto. Aqui mesmo, aqui mesmo.” Ela espalha suas mãos. “Eu fiz o chocolate.”

“Lissy.” Cicely deitou suas mãos em bochechas úmidas da sua filha. “Não faça isto.”

“Lissette, você fez o bebida em um preto separado thermos?”

“Sim, sim.” Lissette se debruçou contra sua mãe. “A gigantesca-de tamanha vá-xícara. Com seu nome nisto. Eu dei isto para ele quando ele começou na escola, um pouco presente, e a bolsa de almoço preto.”

“Isto é o que ele normalmente levaria para a escola?”

“Todo dia, sim. Todo dia. Que diferença faz?”

“É detalhes justo,” Disse facilmente. “Nós estamos investigando ambos como e por que isto era feito, então detalhes importam. Nós gostaríamos de examinar seu apartamento.”

“Por que?” Lissette olhou fixamente abaixo em suas mãos. “Por que alguém machucaria Craig?”

“Eu não tenho respostas para você neste momento.”

“Você quer examinar nossas coisas porque ajudará que você acha as respostas?”

“Sim.”

“Olhe para qualquer coisa, em tudo. Ele tem mais na escola. Em seu computador lá, em sua escrivaninha lá. Faça qualquer que você precisa fazer. Eu não quero assistir. Eu não quero assistir enquanto você vai por nossas coisas. Nós podemos sair?”

“Sim, claro.”

“Maman,we sairá, e deixe eles…que Maman,someone matou Craig.Maman. ”

Eve esteve de volta como a mãe confortou a filha, como ela ajudou o lamentar viúva em botas, casaco, cachecol.

“Eu a levarei para tomar café da manhã,” Cicely disse . “Existe uma rua abaixo de lugar. Nós estaremos lá se você nos precisar.”

“Obrigado.” esperou até a porta feche atrás deles. “Tomou a mesma xícara todo dia.”

“Ajuste seu MO,” Peabody disse. “Rotina.”

“Sim, então ele não só habitualmente bebeu a mesma coisa todo dia, mas fora do mesmo thermos. Usado aquele mesmo thermos por mais de um ano. Talvez, para causa da eficiência, o assassino comprou um crédulo, acabou de trocar as xícaras.”

“Nós podemos correr o fazer e modelo, saídas de varejo.”

“Sim, nós podemos. Vamos fazer o quarto primeiro. Vamos ir trabalhar, Peabody.”

 

Não EXISTIA NADA NO APARTAMENTO THATspoke de assassinato. Nenhum veneno escondidos longe em compartimentos secretos, nenhuma correspondência ameaçadora ou incriminando fotografias.

Existia, até onde Podia ver—até onde ela couldfeel —só as vidas de duas pessoas diárias cujo casamento ainda tinham estado brilhantes e novos.

A área de trabalho compartilhado segurou seus escombros profissionais, e sua, como também e-mails tolos, sensuais eles enviaram para um ao outro. Sinais, Pensou Eve, de que primeira pressa de amor e pertencendo onde nada era mais importante ou imediato que o dois de você. Existiam 'transmissões de vínculo para lá e para cá Lissy e sua mãe, um de Mirri Hallywell que conversou com ambos os Fosteres—confirmando uma data de estudo com Craig e conversando com Lissy sobre uma data com alguém chamou Ben.

A noite antes dele morrer, Craig Foster esboçou o estalar problema que ele nunca pularia em seus alunos, e puseram quase uma hora em um jornal nos desenvolvimentos econômicos e sociais postaram–Guerras Urbanas.

O poupador de tela no comp unidade era um retrato do casamento—Lissette em branco corrente, Craig em negro formal, compartilhando o que Assumiu foi seu primeiro beijo como marido e esposa.

“É um duro,” Peabody comentou quando eles voltavam em seu veículo. “Procurando aquele lugar, tudo novo. Tudo estava só começando. Agora ele fez. Os bons taças de vinho—tido que ser um presente do casamento—apenas usado. Toalhas de comparação e cortina de chuveiro, flores secadas de seu buquê do casamento, o disco da formalidade e festa. É duro.”

“É mais duro porque nada lá apontado para motivo. Eles não têm dinheiro, eles não usam illegals, a probabilidade de qualquer um deles tendo uns afazeres nesta fase é próximo a fechar com fecho. Então o que seu era secreto?”

“Seu secreto?”

“As pessoas têm eles. Pequenos bolsos eles mantêm para eles mesmos. As coisas um homem não compartilharia com sua esposa.”

Frowning, Peabody agitou sua cabeça. “Em sua fase, e do vibe, eu não vejo eles mantendo segredos.”

“É disso que faça eles secretos,” Murmurou, e caçado em cima estacionamento próximo à escola.

Do lado de dentro, eles passaram por segurança, esperada ser passados sem tocar. Ela viu um pessoal membros cruzando o corredor principal. Cada vestiu um preto armband. “Vamos examinar cuidadosamente a contagem de tempo e movimentos. Se o ricin não veio de casa, veio daqui.”

Peabody retirou-se seu livro de memorando. “Vic registrou às seis e quarenta-dois. A declaração da sua esposa tem ele deixar o apartamento mais ou menos seis e trinta.”

“Ele caminhou. Ache um apartamento perto de trabalhar assim você pode caminhar e salvar transpo custos. Levaria sete, oito minutos para caminhar para isto, então é improvável que ele fez qualquer pára a caminho. Nada abre naquela hora na rota. Mais íntima de vinte four/sevens é três oeste de quarteirões.”

Peabody movimentou a cabeça. “Existe um deli um quarteirão, mas não abre até sete.”

“Certo. Então ele coloca seu casaco, consegue sua pasta, seu almoço empacotado, beija sua esposa adeus, e caminha para trabalhar. Entre a diretora, como nós fizemos. Vá por segurança, consiga registre. Ele vai descobrir, então ele iria para sua sala de aula, armazene seu material pelo dia. Casaco, luvas, chapéu, cachecol. Pasta, que contém sua última comida.”

Ela encabeçou aquele modo agora, tomando a rota mais lógica. “Ninguém entrevistou mencionado vendo ou falando com ele antes dele fazer isto para a área de boa forma física. Ele vai de cima primeiro.”

Ela parou na porta de sala de aula, uncoded a polícia lacra, entrou. “Ponha a pasta na escrivaninha, aloja o almoço na gaveta, suspende seu casaco. Sujeito de eficiente, sujeito em ordem,” ela murmurou. “Vista o equipamento de treinamento em. Tome seu duffle com suas roupas da escola com ele até a área de boa forma física.”

“Afirmativo.” Peabody lê suas notas. “Nós temos o duffle com seu equipamento de treinamento nisto.”

“Afunde para o nível principal,” Continuou como eles regressaram. “Afunde descobrir, deixando sua sala de aula—inclusive sua vai-xícara—desacompanhada.”

“Sim.”

Eles caminharam de volta fora, em direção à área de boa forma física. “De acordo com a declarações de testemunha, ele já está no ginásio, nas máquinas, quando ele é primeiro visto.”

“Reed Williams, aproximadamente sete e dez.”

“Que hora Williams registrar?”

“Seis e quarenta-cinco.”

“Então que Williams estava fazendo entre seis e quarenta-cinco e sete e dez? Nós teremos outra conversa com ele. Mosebly declarou que ela viu o vic na área de charco quando ela estava deixando isto em aproximadamente sete e trinta.”

“Registrou às seis e cinqüenta.”

“Grupo de primeiros pássaros. Nós seguiremos com ela, também. E mais cedo que mais tarde,” Adicionou quando Mosebly andou a passos largos em direção a eles.

“Tenente, Detetive. Eu era alertado por Segurança que você estava aqui.” Ela vestiu não aliviada preta hoje—saia, jaqueta, botas. “Eu apreciaria isto se você verificaria em com meu escritório quando você vier para a academia.”

“Pensou que você poderia ter fechado pelo dia,” Countered. “Considerando.”

“Depois de encontrar com nossos conselheiros de saúde mental, eu decidi contra isto. É sentido os alunos se beneficiarão mais de rotina, e sendo um com o outro, capazes de conversar abertamente sobre seus medos e . Nós tivemos um momento de silêncio esta manhã, e estão planejando umas comemorativas para mais tarde esta semana. Existe progresso?”

“A investigação é contínua. O que você fez antes de você tomar uma natação ontem?”

“Eu sinto muito?”

“Você registrou às seis e cinqüenta. O que você fez?”

“Deixe-me pensar. Tanto aconteceu desde que…eu fui para meu escritório para verificar meu planejador de dia, e organize pelo dia. Eu tive umas oito horas. Por que?”

“Está nos detalhes. Você viu qualquer um? Converse com qualquer um antes da natação?”

“Sim, realmente. Eu falei brevemente com Bixley à medida que eu entrei. Ele estava passando sem tocar os passos—a neve? Eu o pedi para não deixe de verificar eles periodicamente durante o dia. E eu vi Laina Sanchez, nossa diretora nutritionist, como ela entrou logo atrás me. Eu fiz um pouco de comentário sobre o tempo, eu acredito. Então eu fui para meu escritório, gasto algum tempo revisando meu dia. Tomou meu nadar.”

“Você foi pela área de boa forma física?”

“Não, eu usei o pessoal locker quarto para mudar em meu terno, então foi diretamente na piscina. O que aconteceu para Craig, Tenente? Os rumores estão voando, e é só mais triste para todos nós não conhecer.”

“Ele era envenenado. Pode alguém acessar a área de boa forma física?”

“Envenenou?”Ela aceitou em devolução um passo. “Deus querido. Ele comeu qualquer coisa fora de Vender? Fora do vadiar, a lanchonete? Eu preciso falar com Laina imediatamente.”

“Ele não pegou isto do material da escola.”

Alívio, imediato e cheio, relampejado em rosto do Mosebly. “Agradeça Deus. É terrível,” ela disse depressa. “Claro, é terrível que algo que ele trouxe de casa estava responsável. Mas eu tenho que pensar sobre os alunos, o resto do pessoal.”

“Certo.”

“Então, era um acidente, então. Uma reação alérgica de algum tipo.”

“É homicídio,” Disse de modo plano, e viu o alívio drenar longe. “Diretora Mosebly, eu preciso conhecer o paradeiro de todo mundo que estava aqui aquela manhã na frente de classe. E até o tempo Foster teve seu almoço. Pode qualquer um—pessoal, alunos—acessam esta área?”

Movimentado a cabeça em direção às portas para o centro de boa forma física de pessoal.

Mão tremulada do Mosebly em seu coração. “Eu tenho que saber o que aconteceu. Se isto era um ato deliberado, os alunos podiam estar em risco—”

“Eu não tenho nenhuma razão para pensar que eles são. Era específico. Responda as perguntas.”

Mosebly apertou seus dedos para seus templos. “É pessoal só deste lado. Os cartões chave são exigidos. Os alunos têm sua área, que é acessada do outro lado da piscina. O pessoal pode usar a área aquática na frente de e depois de classes quando não existir nenhuma prática marcada para encontrar. Nade se encontre. Oh, meu Deus. Veneno.”

“Cartão chave,” Disse, e gesticulado para a porta.

Mosebly desenhou um de seu bolso, bateu isto.

Entrado. Era um pequeno, área de eficiente não atualmente em uso. Transversais-treinadores, pesos, tapetes. Seu ginásio em casa estava maior e tinha equipamento mais suculento, mas ela pensou que estava um espaço bem projetado. E uma vantagen boa para o pessoal.

“Foster feito uso regular das máquinas?”

“Quase todo dia. O pessoal é encorajado para usar a instalação. A maioria de faça, algumas vezes uma semana. Algum, como Craig, feito uso melhor disto.”

Movimentado a cabeça, ferimento sua passagem o quarto, fora um segundo conjunto de portas. O locker quarto era limpo e, novamente, eficiente. Contadores, banheiro protela, três chuveiros em cada lado, separado por vidro opaco. Dos homens, das mulheres.

“Qual destes lockers eram seus?”

“Nós não somos atribuídos específico lockers,” Mosebly explicou, no apressado afina de alguém que, obviamente, quis estar em outro lugar. “Se a luz no keypad está vermelha, é em uso. Quando verde, se use simplesmente isto, fecha isto com qualquer código de seis números.”

“Eu vejo três aqui em vermelhos.”

“Um pouco de usa um locker habitualmente, mantenha seu equipamento lá para conveniência.”

“Eu vou querer ver o conteúdo.”

“Você não pode só abrir um locker que alguém está usando.”

“Sim, eu posso. Peabody?”

“Locker e instalações de armazenamento em complexos educacionais, escritórios, e edifícios públicos não são protegidos debaixo das Leis de Isolamento,” Peabody declarou como Tirou seu mestre. “No curso de uma investigação de polícia, um membro propriamente autorizado do NYPSD pode acessar tal armazenamento.”

“Isto é invasive e desnecessário. É óbvio para mim que qualquer substância causou sua morte estava em algo que ele trouxe de casa.”

Eve apoiou-se no lockers. “Veja, não é óbvio para mim. E em assuntos como isto, você pode sayI é a diretora.”

“Você não pode acreditar em qualquer membro deste pessoal desejaria ou causa Craig prejudicasse.”

“Certo eu posso.”

O primeiro locker segurou um par de ar das mulheres se move furtivamente, um kit cosmético inclusive tintura de lábio, desodorizante, gel de cabelo, chicoteie enhancer, vários tubos de amostra de tamanha de pele-se importa natas, alguma fragrância.

“Eu posso ser um layperson nesta arena,” Mosebly firmemente disse, “mas é Craig Muito claro sofreu alguma reação alérgica trágica para algo que ele comeu ou bebeu. E, novamente, para algo que ele trouxe de casa.”

“Sim, eu diria isto é claro para você porque qualquer outra coisa seria realmente crappy publicidade para a escola.”

O próximo locker teve a versão dos homens dos primeiros. Sapatos, um caso de artigos de toalete que incluiu um pente, um pouco de produto de cabelo, esfole nata. Existia um par de nadar óculos de proteção e um sob a água headset.

“É minha responsabilidade para proteger a reputação desta academia. Eu vou contactar nossos advogados imediatamente.”

“Você faz isto.” movido para o próximo locker como Mosebly andou a passos largos fora. “Candidato improvável para este.”

“Eu não sei.” Incapaz de resistir, Peabody fez um rosto rude e infantil em Mosebly volta. “Ela pegou um pissy atitude se você perguntar a mim.”

“Certo. Mas se ela iria fazer Foster, grandes chances ela teria feito isto fora de propriedade da escola. Nós tomaremos um olhar mais íntimo, no caso da lealdade da escola é uma fachada, mas eu não posso ver ela querendo trazer escândalo para seus corredores sagrados ou uma sujeira para sua permanecendo como a diretora. Bem, bem, lookie aqui.”

O próximo locker teve os sapatos requeridos, e um muito liso faux-caso dos artigos de toalete de couro. Os produtos dentro de eram mais altos-fim que os outros tinha sido. Entre eles eram uma provisão generosa de preservativos.

“O lugar engraçado para manter aqueles impermeáveis,” Peabody comentou. “A menos que você esteja contando com conseguir ação na escola locker quarto.”

“Que eu estou só apostar é contra as regras.” tirou um pouco caso de pílula. “Pareça com Ficar acordado- para mim. Menino malcriado. RW,” ela adicionou, lendo o initials cauterizado no caso. “Reed Williams é minha suposição.”

Enquanto Peabody foi puxar Williams fora de classe para interrogatório, Continuado a seguir o curso de matutino e caminhado do Craig para o pessoal vadia.

Ela passou por um par de meninos jovens que deram seus olhares fixos longos. Caladamente, eles levantaram passa.

 

“Ilook gosta de um monitor de corredor?” Ela exigiu.

“Nós somos exigidos para mostrar a nosso passa para adultos. Pessoal e pais,” se disseram a ela.

“Eu pareço com um pai?”

“Eu dunno.”

“Você vai errante ao redor aqui muito?”

“Nós temos passa.”

“Sim, sim. Responda a pergunta.”

“Nós estamos indo para a biblioteca para material de pesquisa para nosso projeto de ciência.”

“Uh-huh. Você estava fora de classe qualquer hora ontem antes de meio-dia?”

Eles deslizaram olhares de lados em direção a um ao outro antes do primeiro menino falar. “Talvez nós estávamos indo para a biblioteca para material de pesquisa ontem, também.”

“Nós mostramos a Sra. Hallywell nosso passa.”

“Quando?”

O segundo deu um descuidado encolher os ombros. “Algum dia. Nós estamos em apuros?”

“Você vai ser se você não responder a pergunta. No caso de você estar perguntando-se, eu não dou asno do rato se você fosse escapar sorrateiramente beber cerveja e jogar.” Ela ignorou o encantado bufar do primeiro menino. “Eu quero saber que hora você viu Sra. Hallywell, e onde você a viu.”

“Foi segundo período, o último metade. Um. Dez e trinta ou assim. Ela estava descendo Escadaria B. ali. Como vem para que você quer conhecer?”

“Porque eu sou curioso. Onde ela estava indo?”

“Eu dunno. Os professores não têm que dizer a você. Os professores não têm que dizer a você, mas você tem que dizer a eles.”

“Sim, está sempre sido assim.”

“Se você não for um professor ou pessoal, e você não é um pai, você deveria ter um passar.” O primeiro menino deu seu um olhar fixo estreito.

“Reporte-me. Agora se perca.”

 

Eles decolaram em corrida de um arremessar, atirando olhares de volta acima de seus ombros. “Provavelmente construindo um caseiro boomer para seu projeto de ciência,” ela murmurou, e tirou suas notas. De dez até onze, Foster ensinou sua classe avançada, utilizando o terceiro-quarto de mídia de andar. “Interessante.”

Ela usou seu mestre no vadiar porta. Com classes em sessão era desocupado. Em sua mente, Viu Craig que fecha com fecho em, agarrando seu refrigerante de recompensa, poste treinamento, preclass. Conversando vids.

Mais, se não todo o pessoal teria estado no edifício até lá, e certamente a maioria dos alunos. Thermos do e Foster se sentou facilmente acessado por ninguém em seu segunda-andar sala de aula.

Da mesma maneira que teve enquanto ele descobriu, enquanto ele ensinou sua classe avançada.

O que teria levado? Ela perguntou-se. Um minuto? Dois? Entre, abra a gaveta, despeje no veneno. Ou interruptor justo vai-xícaras. Feche isto, saia novamente.

Um assassino esperto teria tido um plano substituto no caso de que alguém entrou. Só deixando uma nota para Craig. Só precisado verificar um jornal. Facilmente feito se você mantivesse sua cabeça.

Ela girou como Peabody entrou com Williams. “Isto não pode esperar?” Ele exigiu. “É um difícil suficiente dia sem mim tendo que deixar minha classe com um supervisor droid.”

“Então deixe não é desperdiçar tempo. Você deixou sua sala de aula em qualquer hora entre dez e onze ontem?”

“Segundo período, segunda-feira. Isto é um grupo estuda sessão. Sim, eu saí por alguns minutos.”

“Para o que?”

“Eu usei o sanitário público. Eu bebo muito café.” Para provar isto, ele moveu para o AutoChef, programada uma xícara. “Eu sempre sair por pouco tempo durante aquela classe.”

“Aquela sala de aula está no mesmo nível, a mesma seção que do Foster. Você vê qualquer um? Alguém vê você?”

“Não que eu recordo.”

“Você mantém um locker no centro de boa forma física.”

“Alguns de nós fazemos. É mais fácil que trazendo uma mudança de sapatos todo dia.”

“Você só não tem sapatos em seu locker, Reed. Em minha experiência, quando um homem mantiver que muitas proteções perto da mão, ele tem planejar para eles.”

Existia uma vacilação breve, então Williams tomou um gole lento de café. “O último eu verifiquei, preservativos não eram ilegais.”

“Mas eu pergunto eu mesmo, que Diretora Mosebly poderia ter que dizer sobre uma provisão tão generosa deles em seu locker? Ou a diretoria, a diretoria do que é?—Educação.”

“Novamente. Os preservativos não são ilegais.”

“Ainda. O que eles poderiam pensar mais ou menos um do pessoal aqui marcando saque no locker quarto, então perto de todas aquelas mentes de inocente e corpos jovens?”

“Levando proteção é só que—levando proteção.” Em um movimento desinteressado, ele se debruçou de volta como ele bebeu seu café. “Você tem uma arma amarrada com correia, mas até onde eu sei, você não tem atordoado ninguém no edifício.”

“Início de dias ainda,” Ligeiramente disse. “O que mais eu estava pensar estava que tal aquelas mentes de inocente. Aqueles corpos inocentes. Bonitas pequenas meninas, então facilmente atraíram.”

“Bem, para causa do Cristo.” Neste, ele anotar seu café depressa, empurrado fora de seu se acorcunda contra o contador. “Isto é desprezível e está repugnando. Eu não sou um pedophile. Eu tenho sido um professor por quatorze anos, e nunca tocaram em um aluno de qualquer forma que podiam ser considerados impróprios.”

“Por cuja balança?” perguntou-se.

“Escute. Eu não gosto de meninas. Eu gosto de mulheres. Eu gosto de mulheres um grande negócio.”

Eve era mais que disposto a comprar aquela reivindicação. “Suficiente para bater eles em propriedade da escola?”

“Eu não tenho que responder perguntas como isto. Não sem um advogado.”

“Multa, você pode chamar um quando nós chegarmos o centro da cidade.”

O choque substituiu temperamento. “Você 'rearresting me?”

“Você me quer ?”

 

“Escute, escute. Jesus.” Ele ajuntou seus dedos por seu cabelo. “Então eu tive alguns encontros. Não é um crime, mas é comportamento questionável até onde meu trabalho está preocupado. Mas aqueles encontros eram com consentir adultos.”

“Nomes.”

Ele tentou um pouco charme com um sorriso que pediu compreensão. “Tenente, este possivelmente não pode ter qualquer porte em por que você está aqui. E um par deles são casados.”

“Um par deles.”

“Eu gosto de mulheres.” Aquele sorriso alargado. “Eu gosto de sexo. Não machuca ninguém.”

“Craig já nota você gostando de sexo no locker quarto?”

“Não.”

Ele disse isto muito depressa, e Viu a mentira. “Ele era uma seta direta, não é? Ele topa com você tendo um encontro, ele vai estar chocado. Talvez urinou. Ele ameaça ir para a diretora?”

“Eu não tive nenhum problema com Craig; Ele não teve nenhum problema comigo. Pergunte a ninguém.”

“Eu irei. Nós conversaremos novamente.”

“Um tanto quanto enlodado,” Peabody comentou quando ele partiu.

“Tipo de um motivo. Ele estava dando pancadas Craig que sabe sobre seu locker-quarto jogos.”

Ela vagou como ela falou e trouxe o plano do locker quarto atrás em sua cabeça. Muitos e muitos lugares para nooky, ela decidiu, se você quisesse isto aquele modo.

“Talvez ele não pode conversar Craig fora de reportar isto, ou medos justo ele lega em um certo ponto. Proteja ele mesmo, seu trabalho, seu estilo de vida. Ele estava fora de sua sala de aula enquanto Craig estava fora seu. Oportunidade. Ponha ele, no momento, topo de minha lista. Vamos tomar Hallywell.”

“Você quer que eu a traga aqui?”

“Não, vamos tentar este aqui em seu elemento.”

Os sinos chimed como eles saíram do vadiar. Imediatamente crianças despejadas fora de salas de aula para fervilhar os corredores, enviar o nível de barulho subindo rapidamente. Eles olharam e soaram, para mente De Eve, o modo que ela imaginou gafanhotos fizeram quando eles fervilharam acima de…qualquer gafanhotos fervilhados acima de.

Ou goste de formigas, Pensou Eve, subindo fora de sua colina. Fora de preservação própria, Teria ducked de volta no vadiar até o dilúvio passado, mas uma das crianças apontadas diretamente para ela.

“Tenente Dallas. Com licença, por favor.”

Pequeno blonde, Pensou Eve , olhos afiados. “Rayleen.”

“Sim, Madame. Sr. era Foster assassinado?”

“Por que você diz isto?”

“Porque eu olhei você em cima no computador, e é disso que você faz. Você investiga os assassinatos. Você fez muito eles. Meu pai disse que você teria estado aqui ontem porque era uma morte suspeita. Mas isso pode significar acidente, causas naturais, ou término próprio, também. Isto é certo?”

“Sim, isso seria certo.”

“Mas você está aqui novamente hoje, e fazendo perguntas novamente hoje, e todo mundo está conversando sobre que talvez aconteceu.”

Rayleen empurrou em seus cachos longos, contido-se hoje com um par de grampos de cabelo brancos na forma de unicórnios. “Muitas pessoas estão perguntando a mim porque eu era a pessoa que o achou. Eu não quero dizer a eles o que não é verdade. Então Sr. era Foster assassinado?”

“Nós estamos examinando isto.”

“Eu não vejo como ele podia ter sido porque ele era muito bom, e porque isto é uma escola muito segura. Você soube que é considerado um dos superiores escolas não só na cidade, mas no estado de Nova York?”

“Imagine isto.”

“Eu sou o topo de minha classe aqui.” Com outros daqueles prissy sorrisos que fizeram Querer torcer o atrevido pequeno descobrir, Rayleen bateu um dedo na estrela de ouro que ela passou lentamente sua lapela.

“Whoopee.” começou a rodear ao redor Rayleen, mas a menina dançada para trás.

“Mas se Sr. Fosterwas assassinou, minha mãe vai ser até mais chateada. Eu sou sua só criança, você vê, e ela se preocupa sobre mim. Ela não quis que eu viesse para a escola hoje.”

“Mas você está aqui.”

“Nós tivemos uma discussão. Meus pais e eu. eu tenho assistência perfeita, e isto é fatorado em minha avaliação global. Eu não quis faltar classe. Melodie não veio, entretanto. Minha mãe conversada com sua, e Melodie teve sonhos ruins ontem à noite. Eu não fiz, ou eu não lembro. Eu gostei de Sr. Foster, e eu escrevi quanto eu vou o faltar em meu diário. Eu desejo que ele não tivesse que morrer.”

“É áspero.”

Rayleen deu um modo e soulful movimentarem a cabeça. “Talvez eu podia ajudar. Talvez eu lembrarei de algo que ajudará. Ou eu ouvirei algo ou verei algo. Eu sou muito esperto, e muito observante.”

“Eu aposto. Você deixa isto para nós.”

“Eu não sei o que vou acontecer agora.” Seus olhos violeta glimmered com lágrimas. “Ninguém diz a nós. Eu trabalhei duro no projeto para Sr. Foster, e agora eu não sei se eu devia terminar isto. Eu tenho que ir classificar agora.”

“Ser duro uma criança,” Peabody observou como Rayleen foi embora com sua cabeça abaixo. “Duro quando você tiver algo como este espólio a inocência que você só tem para um punhado de anos de qualquer maneira. Ela nunca vai esquecer de caminhar naquela sala de aula e o achando.”

“O assassinato não deixa ninguém inocente. Não devia. Vamos perseguir Hallywell. Bata Dawson, também.”

 

Eles aprenderam Sra. Hallywell não recebeu como herança classes, mas acharam Dawson no chem lab, instruindo os alunos em um projeto. Quando ele Manchado na entrada, ele disse seus alunos para começar, então saíram.

“Você me precisa? Eu posso só tomar alguns minutos.” Ele angulado ele mesmo assim ele podia ver pela entrada meia aberto, para o que seus alunos eram até. “Eles estão fazendo um teste simples para identificar uma substância desconhecida, mas eu precisarei manter meu olho neles.”

“Desconhecidos como o que?”

“Oh, açúcar, sal, maisena, assando pó.”

“Por que não só saboreie isto?”

“Bem. Ha-ha. Isso estaria enganando.” Ele sobered, aliviou a porta fechou um pouco mais distante. “É verdade sobre Craig? Ele era envenenado?”

“A palavra viaja.”

“Em velocidade de luz. Admin do Arnette escutou ela conversando no 'vínculo para o conselho legal da escola. Então viu Dave, disse a ele, que chocou-se com, e assim por diante. Eu não posso acreditar nisto.”

“Você sabe o que ricin é?”

“Ricin?” Seus olhos alargados. “Sim, sim, claro. Mas…mas Craig, como ele podia ter sido envenenado por ricin?”

“É disso que nós vamos descobrir. Você sabe como fazer isto? Ricin?”

“Eu…não justamente,” ele disse depois de um momento. “Mas eu posso olhar em cima se você gostaria de eu. Devia só me levar um minuto.”

“Isto é certo.” Ela perscrutou ao redor ele, estudou o equipamento. “Você podia fazer isto lá?”

“Ah…” Ele pursed seu lábios. “Eu podia provavelmente administrar isto, entre o equipamento aqui e o que eu podia requisitar ou fraude de júri. Você quer que eu faça ricin, Tenente? Eu teria que conseguir permissão,” ele disse com desculpa. “Nenhum toxics são permitidos nos laboratórios, ou em qualquer lugar em propriedade da escola no que diz respeito a esse assunto. Mas se ajudaria, eu estou certo—”

“Não, mas obrigado. Então…com que freqüência uma das crianças introduzem-se e conseguem construir um feder ou fumar bomba?”

Ele sorriu, e ele lembrou Eve De um monge divertido. “Oh, pelo menos uma vez que um termo. Eu estaria um pouco desapontei se eles não fizeram. Se crianças não empurram as extremidades de vez em quando, o que é o ponto de ser uma criança?”

 

No momento, Verificou Dawson fora da lista e dirigiu para apartamento do Mirri Hallywell. Era alguns quarteirões dos Fosteres ', e ela não respondeu a porta.

“Nós tentaremos seus 'números de vínculo,” Disse como eles começaram de volta abaixo novamente. “Eu penso que nós tiraremos esta da escola, pelo menos no momento. Entrevistas adicionais nas residências dos assuntos. Nós levaremos para casa isto para eles. Nós vamos ir pelos dados da pessoal, selecione fora o mais atraente. As chances são que nós acharemos um ou mais que admitirá a dançar no ginásio com Williams.”

Até como ela alcançou a fora de porta, abriu, admitindo uma explosão de ar frio, Mirri Hallywell, e uma cana magra de um homem.

“Com licença. Oh. Oh. Tenente Dallas. Você estava procurando me por?”

“Está certo.”

“Eu era que…nós éramos que…Nós fomos ver Lissy. Isto é Ben. Ben Vinnemere. Nós fomos ver Lissy, e ela disse a nós que você disse que Craig tinha sido assassinado.”

“Mirri, por que nós não vamos de cima? Nós podemos conversar de cima. Você devia se sentar.” Ben girou seus olhos marrons em Eve. “Nós somos todo um pouco trêmulos. Está tudo bem se você conversar para nós de cima?”

“Isto é bom.”

“Nós não podíamos ficar.” Inclinado contra Ben, Mirri recomeçou atividades o primeiro vôo de degraus. “Pareceu intruso. Ela tem sua mãe lá, e isto é melhor. Eu não sei o que fazer para ela. Você pensa que nós devíamos voltar?”

“Não hoje,” Ben respondeu. “Nós faremos qualquer que nós podemos a ajudar amanhã. Ela precisa hoje. Então faça você.”

Quando eles alcançaram sua porta, ele tomou chave do Mirri, abriu isto ele mesmo. “Eu vou fazer algum chá. Você se senta, e eu farei algum chá. Tenente?”

“Eu passarei.”

Quando ele deu olhar de um inquirir de Peabody ela movimentou a cabeça. “O chá seria grande. É Peabody. Detetive Peabody.”

“Eu sinto entorpeço,” Mirri declarou. “Em meu tórax, e a parte de trás de meu crânio. Ela disse que ele foi envenenado. Ricin. Ben soube o que isso era.”

“Eu sou um editor de cópia para theTimes ,” ele explicou como ele conseguiu xícaras fora de um armário na alcova da cozinha. “Eu sei todos os tipos de coisas.”

“Ele explicou, mas eu não vejo como…eu não posso ver por que.”

“Onde você estava ontem de manhã entre dez e onze?”

“Me?” Ainda vestindo seu casaco, Mirri soltou em uma cadeira. “Dez? O clube de drama encontrando. Nós estamos trabalhando na fonte toca.”

“A hora inteira.”

“Sim. Bem, eu tive que afundar, confira com Ciência De casa. Eles estão projetando algumas das fantasias como parte de seu grau este termo. Eu esqueci de tomar o disco de projetos quando eu tiver estado lá a véspera.”

“Você registrou logo após oito ontem. Sua primeira classe não é até nove.”

“Eu tutorar alguns alunos nas segundas-feiras e quintas-feiras. Oito a oito quarenta e cinco. Eu estava atrasado, realmente. Eu não entendo por que…” De repente realização e choca ondulado acima de seu rosto. “Oh, sim, eu faço. Ben.”

“Eles têm que perguntar, Mirri.” Sua voz estava acalmando como ele voltou com seu chá, apertou a xícara em suas mãos. “Eles têm que fazer perguntas, junte informações. Você quer ajudar, não é?”

“Sim. Claro. Sim. Eu nunca fui questionado pela polícia antes. Agora duas vezes em dois dias, e sabendo o que aconteceram para Craig…”

“Você viu qualquer um fora da sala de aula durante aquele período?”

“Deixe-me pensar que um minuto, o transformado em de dia inteiro uma confusão suja em minha cabeça.” Ela fechou seus olhos, tomou um gole lento do chá. “Sim. Eu lembro de ver dois dos meninos indo para a biblioteca. Preston Jupe andT. J. Trompa. Eles usam o ‘ploy da pesquisa alguma tempos toda semana se eles podem administrar isto.”

Ela abriu seus olhos novamente. “Se existia qualquer outro, não acabou de não registrar. Eu estava pensando sobre o jogo, e aborrecido comigo mesmo para esquecer o disco.”

Depois de dar a Peabody seu chá, Ben se sentou no braço de cadeira do Mirri, deitou uma mão suavemente em seu ombro.

“Você está ciente de alguma fricção entre Craig e algum membro do pessoal?”

“Eu não sou. Eu não era. Honestamente, eu não penso que existia qualquer para estar ciente.”

“Você teve relações sexuais com Reed Williams?”

“Não! Oh, Deus. Absolutamente não.” Ela blushed carmesim, direito até seu hairline. “Ben, eu nunca—”

“Está tudo bem. Isto é o um Craig chamou Casanova?”

Mirri estremeceu. “Sim. Ele perguntou a mim fora uns tempos, mas eu não estava interessado. Ele é muito liso e estudado. E além disso, é complicado quando você trabalhar com alguém, então eu não quis iniciar abaixo aquela estrada.”

“Você descobre, use as instalações da escola?”

“Não tão freqüentemente quanto eu devia.” Ela blushed novamente, só um pouco este tempo. “Quase nunca, realmente.”

“Craig já discutiu atividades sexuais do Reed William com você?”

“Isto é muito desconfortável. Eu acho que eu mencionei para Lissy, alguns meses atrás, que eu estava pensando sobre sair com Reed. Eu estava tendo um feitiço realmente longo seco. Ela disse algo para Craig sobre isto, porque ele disse a mim que Reed era envolvido com alguém que ele não devia ser envolvido, e ele pensou que eu devia guiar claro. Eu fiz.”

“Você sempre fez o que Craig aconselhou?”

“Não era assim. Eu confiei seus instintos, e eles combinaram meu próprio neste caso. Para ser embaraçosamente honrado, eu estava só parecendo só. Eu não sou o tipo homens perseguição.”

“Com licença?” Ben disse, e ela administrou um sorriso.

“Você não teve que correr muito rápido.”

“Quem era Williams envolvido com?” Perguntado Eve.

“Eu não sei. Eu não podia inquirir isto fora de Craig e eu demos isto um tiro de bem de maldição. Quem não gosta de um pouco de fofoca? Mas ele era apertado-labiado sobre isto. Eu não acho que ele até disse a Lissy, porque eu perguntei a ela. Ou se ele fez, ele a jurou para segredo. Reed tem uma reputação. Eu penso que ele aprecia ter um. Homem das senhoras. Não era o que eu estava procurando por.”

“Com licença?” Ben disse novamente, e este tempo conseguiu um risada aguado fora sua.

“Ben.” Ela suspirou isto, debruçada sua cabeça nele. “Reed é um bom professor, e ele é muito insightful com os alunos. Mas ele não é o tipo de homem que eu confiaria meu coração.”

 

 Eve quis pensando tempo, então se fechou em seu escritório quando ela voltou para Central. Ela gerou um diagrama da escola, dos movimentos de vários membros da faculdade.

Ela entreteve a noção que talvez Williams não limitou seus jogos para colegas de trabalho. Enquanto ela acreditou em que ele evitou o kiddie charco, talvez ele examinou superficialmente na área parental.

Verificando o tronco de segurança, ela notou sete pais registrarem a manhã em questão. Ela começou correr em todos eles, e lutaram para não pensar sobre que Roarke estava fazendo como ela trabalhou.

Tentado muito duro para não pensar sobre ele sentando almoçar com um ex-amante.

 

ELA ESTARIA ATRASADA. EM NEGÓCIOS, ROARKE LEMBROU, Maggie tinha sido tão oportuno quanto um trem alemão. Quando era pessoal, quando ele era prazer, ela apreciou manter um homem esperando.

Tinha sido um ploy que ele achou divertido uma vez, até tolamente encantador. Ela iria, sempre, venha para arrojado em um restaurante, um clube, uma festa, um meia hora depois do tempo designado, seu rosto desce com riso e desculpa. E seu total de olhos do conhecimento que eles dois souberam o que ela era até.

Então ele disse seu meio-dia, e fez a reserva para doze e trinta.

Ele chegou alguns minutos cedo, deslizou na barraca de canto que espera por ele. Água mineral ordenada. Ele acenou longe a lista de vinho. Ele não teve nenhuma intenção a beber brindes para tempos passados por.

Ele esquadrinhou o restaurante, pensando que isto era o tipo de lugar que Magdelana amou—e Eve Tolerado. De pelúcia, polido, lotadas com as pessoas que estavam dispostas a pagar a aba para ver e ser vistas mordiscar em overpriced saladas.

Seu temperamento estava ainda cru-afiado do argumento—se é o disso tinha sido—com Que manhã. E da desaprovação fresca em rosto do Summerset. Ele repugnou, intensamente, sendo questionado e duvidou pelas duas pessoas que ele acreditou que soube e o entendeu melhor.

De onde aquela falta de confiança veio? Aquele flash não característico de ciúme em Eve?Ser cuidadoso, ela o advertiu, ele pensou—e achou que ele mesmo insultou tudo de novo.

Então ele não podia ser confiado para compartilhar uma refeição em um lugar público com uma mulher que ele não viu em anos? Itwas sangrento insultante, e a insinuação era intolerável.

E ele era condenava bem algo que eles vieram para condições com em ordem muito pequena.

Melhor apagar isto, ele disse a ele mesmo. Ele almoçaria com a mulher que teve, ele suposto, influenciou uma porção de sua vida uma vez. E mais tarde, ele lidaria com a mulher que mudou sua vida.

 

Magdelana entrou como ele lembrou—em um cabelo de pressa e quadris e balanço de pernas. E com um risada, ela deslizou na barraca e comeu sua bochecha. “Eu estou criminalmente atrasado.”

“Eu só acabei de chegar eu mesmo.”

“Oh.” Existia um fazer beicinho, só para um momento, então outro risada. “Você me sabe muito bem.” Ela escovou seu cabelo atrás de seus ombros antes de mandar a ele seu sorriso rápido e mau. “Bem suficiente para lembrar o que eu gosto de beber?”

“Martini de Stoli, diretamente para cima,” ele disse para o garçom. “Muito seco. Torção de limão.”

“Eu sou lisonjeado.”

“Eu tenho uma boa memória.”

“E para você, senhor?” O garçom perguntado.

“Eu sou bom.”

“Eu serei direito de volta com seu bebida, senhora.”

Quando ele partiu, Magdelana ergueu vidro do Roarke, tomou um gole pequeno. “Água?”

“Eu tenho reuniões da tarde.”

Depois de anotar seu vidro novamente, ela esfregou ela dar o de volta seu. “Você sempre tomou trabalho muito seriamente. Entretanto, parece bom em você. De fato, pareça surpreendente em você. Você estava subindo rápido de volta em nosso dia, mas agora?”

Ela se sentou de volta, jeweled olhos cintilantes. “Como ele sente, amante, ser Roarke—um homem de riqueza louca, poder, e posição?”

“Eu tenho o que eu quero, e tendo isto está sempre satisfazendo. E você?”

“Entre, e inquieto e inseguro. Só fora de meu segundo casamento, que está humilhando, como eu dei isto um inferno de um bem tenta.” Ela deu a ele um rápido, debaixo-do-olhar de pestanas. “Eu Andre divorciado, ou ele divorciados me, anos atrás. Nós, no fim, divorciado um ao outro. Era revoltingly civilizado.”

Casualmente, Roarke sipped água. “Ele estava um homem civilizado, como eu recordo, quando nós o escolhemos para uma marca.”

“Você está bravo comigo? Ainda?”

“Por que eu seria?”

“Oh, bem, eu esperei conseguir um pouco de álcool em meu sistema antes de eu fazer isto. Mas nós faremos isto seco.”

Ela trocou assim eles eram cara a cara, e seus olhos de esmeralda eram diretos e fixos. “Eu sou muito muito arrependido por como eu concluí coisas, o modo que eu acabei de deixar você sem uma palavra.”

“Com a marca.”

“Com a marca,” ela concordou com um suspiro longo. “Pareceu mais entretendo, e mais lucrativo no momento, casar-se com ele em lugar de roubar dele.”

Assistindo ela, Roarke propenso sua cabeça. “Tocando-me em vez dele.”

“Eu não quis dizer isto aquele modo, mas sim, isto é o modo que estava na parte inferior disto. E eu sinto muito.”

“Era muito tempo atrás.”

“Todo o mesmo.” Novamente, ela deitou ela dar seu. “Eu podia usar mocidade e tolice que desculpas, mas eu não irei. Era uma coisa terrível para fazer. Egoísta e cabeçudo.” Ela pausou quando o garçom trouxe seu bebida, despejou isto da batedeira de prata com um pouco de formalidade.

“Você gostaria de ouvir os especiais do dia?”

Outra formalidade, Roarke pensou. Uma espécie de teatro onde o diálogo era apimentado com molhos e reduções e odores.

Ela vestiu o mesmo odor que ela usou anos antes. Uma assinatura, talvez, ou uma escolha deliberada para arreliar sua memória.

Ela tinha sido jovem, ele não pensou— ainda vinte. Quantos atos egoístas e cabeçudo ele cometeu antes da idade de vinte? Muitos, ele podia admitir, contar.

Eles se divertiram uma vez, e ele se importou uma vez. Então, ele tomaria a desculpa, e deixa ir.

Quando eles ordenaram, Magdelana sipped seu martini, olhos que sorriem em Roarke acima da beira. “Eu ser ser perdoado?”

“Vamos chamar isto bygones, Maggie. Nós pusemos muito tempo e distância entre então e agora.”

“Quase doze anos,” ela concordou. “Agora aqui nós nos sentamos, e você está o casado.”

“Eu sou.”

 

“E para um policial!” Seu risada borbulhado fora. “Você sempre estava cheio de surpresas. Ela sabe sobre seus…passatempos?”

“Ela sabe o que eu era, o que eu fiz.” Lembrando disto, ele sentiu a extremidade principal de sua irritação com Enfadonho. Um pouco. “Eu não mais favoreço em hábitos velhos, e não tenham por algum tempo.”

“Realmente?” Ela começou a rir novamente, então piscou. “Você é sério? Você fora está do jogo? Completamente?”

“Está certo.”

“Eu sempre pensei que estava em seu sangue. Eu desisti porque era diversão para ter dinheiro do Andre gastar como eu gostei, sem ter que fazer qualquer coisa para ele diferente de parecer bom e estou encantando e engenhoso. Eu nunca esperei que você se aposentar por qualquer razão, em qualquer hora. Mas eu suponho sua esposa insistida.”

“Eu estava quase a distância toda fora antes de eu a encontrar. Era um assunto simples, e uma escolha simples para fechar a porta no resto depois que nós ficamos envolvidos. Ela nunca perguntou.”

“Não?” Assistindo ele, Magdelana localizou uma unha escarlate em torno da beira de seu vidro. “Ela deve ser bastante uma mulher.”

“Ela é, sim. Uma mulher notável.”

“Ela teria que ser. Eu gostaria dela?”

Pela primeira vez que ele riu. “Não. Não um pouco.”

“Que coisa para dizer.” Ela slapped playfully em seu braço. “Eu estou certo que eu iria. Nós temos você em comum para começar.”

“Você não faz.” Seu olha era fresco e claro. “Eu não sou quem eu era.”

Sipping novamente, ela se sentou de volta para o estudar. “Eu suponho nenhum de nós somos quem nós éramos. Eu gostei de quem você era então. Eu…Bem.” Ela agitou sua cabeça, anote seu bebida. “Isso era então.”

“E agora? O que ele é que você quer?”

“Para almoçar com um amigo velho, e faça indenização. Que começo do bem, não é?” Ela perguntou como suas saladas eram servidas.

“Para o que, exatamente?”

“Bem, isso não mudou de qualquer modo.” Erguendo seu garfo, ela agitou isto nele. “Sua natureza suspeita.” Quando ele não disse nada, ela toyed com sua salada. “Eu faltei você, e eu admito com as mudanças em minha vida recentemente, eu me tenho sentido um pouco nostálgico. Eu tive um bem correr com Georges—meu segundo marido—e eu gostávamos dele—gosta o de, realmente. Nossa relação me dispôs bastante do estilo e liberdade eu me acostumei a ter com Andre. Mais, realmente. Durante algum tempo.”

“O estilo você sempre teve.”

Seu lábios curved. “Sim, mas eu não gostei de ter que trabalhar para isto. Eu nunca apreciei aquele fim tanto como você.”

“O divórcio não deixou você destituído.”

“Dificilmente. Eu sobrevivi as condições do prenup ambas as vezes e eu sou sólido.” Ela encolheu os ombros. “E em pontas soltas. Eu planejei contactar você, quando eu trabalhei a coragem. Chocando-se com você ontem à noite aquele modo que…eu quase girei ao redor e saí novamente. Mas você me viu, então eu braved ele fora. Como eu faria?”

Ele deu seu um sorriso fácil. “Liso como sempre.”

“Eu estava pulando surpreender você, mas quis se preparar para isto, conjunto a fase. Diga a mim, sua relação com sua esposa dispõe você alguma liberdade?”

Ele entendeu a pergunta e o convite muito aberto debaixo disto. Nem podia ele entender mal a mão que ela deitou ligeiramente em sua coxa.

“Eu não comparo casamento com a prisão, mas vê isto como uma promessa. Um labirinto deles. Eu tomo promessas muito seriamente.”

“Ainda…” Ela tocou a ponta de sua língua para seu lábio superior. “Se promessas não são flexíveis, eles são mais fáceis quebrar.”

Existia um desafio em seus olhos, e o aparecer-vamos tocar riso junto com isto. Ele achou a combinação tudo menos irresistível uma vez. “Curvando eles só muda eles em algo que eles não eram queridos para estar no primeiro lugar. Você devia conhecer, Maggie, antes de você dizer ou fazer qualquer coisa que envergonharia você, que eu sou completamente apaixonado por minha esposa.”

Ela olhou fixamente para ele para um momento, intensamente, como se tentando ver o trapaceiro. Lentamente, deliberadamente, ela ergueu sua mão de sua coxa, custa isto na mesa. “Eu assumi que você teve um pouco de ângulo para alinhar você mesmo com um policial.”

“Se você a soubesse, você entenderia que Eve É marca de ninguém. Indiferentemente, eu não a trairia para qualquer coisa. Ou ninguém.”

 

“Bem…” Então ela deu aquele bonito encolher os ombros novamente, aquele sorriso rápido e mau. “Nenhum dano em tentar.”

Era melhor, ele decidiu, para mesa que área de conversação. “Quanto tempo você planeja estar em Nova York?”

“Depende. Você poderia me ajudar com isto.” Quando ele levantou uma sobrancelha, ela riu. “Isto não é uma proposição, amante. Eu esperei pedir seu conselho. Conselho de investimento.”

“Eu pensaria que você teria suas próprias pessoas isto.”

“As pessoas do Georges—e porém civis nós somos, é delicado. Eu tenho uma almofada muito boa de renda disponível. Recursos não relatados. Eu iria como logo não envolvo muito eficiente do Georges e pelos-conselheiros de livro em meus investimentos. Mas um amigo velho, confiado que é consideravelmente qualificado neste tipo de coisa. Você é a pessoa que me ensinou, há muito tempo, o valor de…almofadas. Eu estava pensando bens imóveis, dobrando isto debaixo de algumas camadas para evitar os cachorros de imposto.”

“Você está procurando por renda adicional, girando um lucro, ou abrigando sua almofada?”

“Todo, se eu posso administrar isto.”

“O quão suave isto é almofada?”

Ela pegou seu lábio de parte inferior entre seus dentes como seus olhos dançados. “Mais ou menos quinze isto é dobrado—profundamente—longe. Eu gostava de Andre e de Georges, como eu disse, e apreciei os estilos de vida nós compartilhados. Mas eu nunca esperei que ele durar para sempre em um ou outro caso. Eu prestidigitei um pouco aqui e lá no caminho. E eu tenho um pouco de jewelry que realmente não me adapta. Eu gostaria de girar tão líquido. Discretamente.”

“Você quereria propriedade em Nova York?”

“Isso seria minha primeira escolha, a menos que você tenha uma sugestão melhor.”

“Eu pensarei sobre isto. Eu poderei dar a você algumas opções, Maggie, mas você terá que criar aquelas camadas você mesmo. Eu posso apontar você na direção certa, e à direita pessoas. Isto é tudo que eu posso fazer.”

 

“Isso seria mais que suficiente.” Sua mão tocou em seu braço novamente, esfregou de cima abaixo. “Eu aprecio isto. Eu estou ficando em pied do Franklin-À-terre por enquanto. Eu darei a você o endereço, e meus números de contato.”

“Apreciando os benefícios de companhia com um homem rico, mais velho?”

Ela bifurcada em cima salada, relampejou um sorriso. “Não seria a primeira vez.”

 

Eve localizou uma planta única em Nova Jersey que óleo de rícino processada. Valia a pena a viagem, ela decidiu, particularmente desde que ela se sentiu arrulhada em cima em seu escritório.

No caminho, Peabody a pegou em cima com suas próprios resultados investigativos. “Eu corri os nomes de pais ou criança-me importa provedores que registrarem ontem. A lista abaixo embaralhada aqueles que confirmaram compromissos com membros de faculdade, e aqueles que registraram e fora durante os tempos o vic era sabido estar em sua sala de aula. Deixe nós quatro potentials.”

“Faça alguns deles conectarem a Foster?’

“Dois teve crianças em suas classes este termo. Eu quis verificar, veja se uma ou outra criança ter aborreceu lá, academicamente, ou problemas de disciplina. Mas Diretora Mosebly está sendo pissy sobre compartilhar os registros.”

“Ela é realmente?” A idéia deu Algo como um brilho morno. “Será um prazer para a levar abaixo nisto. Eu conseguirei uma autorização.”

“É disso que eu gosto de ouvir.”

“Do outro dois, se conseguiu um golpe para assaltou uns anos do par atrás. Ela seguiu um pouco de sujeito com um taco de beisebol em Um pouco jogo de Liga. Quebrou seu ombro.”

“Existe espírito de time.”

“Ela saiu de com serviço de comunidade e gerenciamento de raiva, pagando a suas contas médicas. O sujeito a processou,” Peabody adicionou, “povoando fora de tribunal para um undisclosed quantia. Queira que eu conseguir mais detalhes nisto?”

“Nós perguntaremos a ela pessoalmente.”

“Hallie Wentz, único, uma criança, envelheça oito, Emily. Hallie é um planejador de festa.”

“Eles pagam a pessoas para planejar festas. Eu não pego isto. Se você for e determinado para fazer uma festa, quanto de um negócio é ele para ter um?”

“Três palavras: O bebê do Mavis chove.”

Eve tentado para não torcer. “Isso foi certo.”

“Isso foi bairro residencial porque você teve alguém, isso me seria, manipulação os detalhes.”

“E eu paguei a você?”

Carranca de Peabody, arranhada sua mandíbula. “Eu sou forçado a say:Touché. ”

“Ninguém devia ser forçado a say touché. ”

“Sentindo melhor?”

“Que o que?” countered como ela foi embora o posto.

“Que você era esta manhã.”

“Eu estava só tendo uma coisa, principalmente em minha cabeça.” É disso que ela decidiu. “Terminado com isto agora.”

Tinha sido estúpido, e embarrassinglyfemale, ser trabalhado acima de um pouco de blonde em um vestido vermelho. Eles almoçariam até agora, ela calculou, e ele voltaria em seu escritório tomando sua próxima reunião para planejar dominação financeira global.

Atrás para normal. E isso era isto.

Apenas tomou qualquer esforço para apagar isto, novamente, como eles badged planta segurança e esperada por liberação. E o gerente.

Ela era um peppy pequena coisa, todos quatro pés dez nela trabalha botas. Ela teve um sorriso largo e olhos cintilantes que fizeram maravilha O que ela consumiu durante sua última fratura.

“Stella Burgess, bom para meetcha. Algo que eu posso ajudar você com?”

Nova Jersey era tão fundo quanto o Hudson nela verbaliza como ela irradiou bem-vindo e cooperação.

“Você feijões de castor do processo nesta instalação.”

“Certo faça. Nós processo uma variedade de produtos agrícolas para nonconsumptive usa. Usado do seu óleo de rícino em algumas indústrias como um lubrificante. Não tantos nos Estados Unidos de A., mas nós exportamos. Também é usado na preparação de bens de couro. Nós exportamos isto, também, e diretamente transporte para certificar clientes nacionalmente. Você quer ver a operação de processo?”

“Provavelmente não. Você tem responde por o óleo em Nova York?”

“Eu certamente posso verificar naquele para você, Tenente. Que provável seria para artesãos, artesão, e assim lá, uns que gostam de usar produtos naturais somente. Você quer que eu devia conseguir você uma lista?”

“Sim, eu quero que você devia. Assim que você diz a mim por que você está dando tudo aquele acima de com um sorriso.”

“'Scuze?”

“Você não faz perguntas, Stella. Você não faz qualquer dança sobre isolamento de contas. Só certas, aqui estão os nomes.”

Stella relampejou seus dentes novamente. “Sim, certo. Eu consegui o memorando.”

“Que memorando que seria?”

“Do cachorro superior. Foi enviado fora primeiro do ano. Cooperação cheia de todos os gerentes, cabeças de departamento, supervisores, e yadda-yadda é esperado receber para Tenente Dallas se e quando ela tiver ocasionar solicitar informações ou serviços. Certo?”

“Certo. Eu precisarei de uma lista de empregado, também. Atual, e atrás os últimos seis meses.”

“Você conseguiu isto.” Stella apontou seu dedo de índice, dedo polegar armado. “Dê-me cinco, certo?”

“Certo.”

Como eles esperaram, Peabody lança seus olhos para o teto e assobiou uma melodia.

“Feche, Peabody.”

“Eu estou só perguntando-se o que é como ser casado com um sujeito que possui tantas coisas que você não sabe o metade deles.” Então ela deu Um cotovelo cutucar. “Ele enviou fora um memorando.”

“Tira a diversão disto. Ele corta minha vantagen de intimidação.”

“Salve tempo, entretanto. E é realmente considerado. Ele está sempre pensando sobre você.”

“Misterioso.”

Mas era bom para ouvir isto, embora ele fez ela sentir só mais estúpida sobre como ela se comportou aquela manhã.

 

Ela correria referências e procuras nas listas fornecidas. Que ela podia fazer de volta em Central, ou em casa. Para o momento, eles bateriam em algumas portas. Começando com Hallie Wentz.

Hallie viveu em um de duas histórias townhouse, correndo seus negócios no nível de rua. Eve teria tagged ela como a exato oposto de Stella Burgess. Hallie era alto, esbelto, vestindo tornozelo elegantes-britadores. Seus olhos eram frescos e suspeitos que ela estudou distintivo De Eve.

Obviamente, ela não conseguiu o memorando.

“Sobre o que isto é? Eu tenho um cliente que vem por em dez minutos. Polis não serve para negócios.”

“Craig Foster.”

“Oh.” Hallie estourou uma respiração, glanced em direção a uma entrada. “Escute, minha criança está no próximo quarto. Ela é bonita chateada sobre que aconteceu. Eu realmente não quero que ela tenha que conversar com o Polis sobre este. Não até que ela se sinta melhor.”

“Realmente, nós estamos aqui conversar com você.”

“Me? Sobre Sr. Foster? Por que?”

“Nós estamos conversando com todo mundo que estava em chãos da escola ontem.”

“Certo. Certo. Espere um minuto.” Ela caminhou para a entrada, espiada em, então aliviou a porta quase fechada. “Estudando,” ela disse para Eve E Peabody. “A criança é um pedra precioso. O que você precisa conhecer?”

“Nós começaremos com por que você estava lá.”

“Show e Dia de Parte. Em quis tomar Butch em para isto. Nosso africano Cinza. Papagaio?” Ela explicou. “Ele é um grande sujeito. Ela não podia lidar com sua gaiola se, então eu levei ele para classificar para ela.”

“Você registrou às oito e vinte, não assinou fora até dez e quarenta-dois. A que distância você teve que levar Butch?”

“É uma grande escola,” Hallie disse, friamente novamente. “Você está interrogando todos os pais?”

“Não é tão grande levou você melhor que duas horas para entregar um papagaio. Você viu ou falou com Sr. Foster ontem?”

“Não, eu não fiz.”

“Mas você teve ocasião para ver e falar com ele no passado.”

“Certo. Em o teve último termo. Ele pareceu como um bom. Ela fez realmente bem em sua classe, e ele mostrou a muito interesse nela.”

“Você teve algum interesse nele?”

Hallie desenhou uma respiração. “Eu não bato em professores do Em, e se eu fiz, eu iria mais para o pequeno blonde que corre o departamento de Drama. Eu sou alegre, pelo amor de Deus.”

“Você tem um assaltar em seu registro, Sra. Wentz.”

“Fuck isto.” O temperamento faiscou gosta de brasas voadoras. “Aquele filho de idiota de uma cadela mereceu o ombro quebrado, e um inferno de muito mais. Você sabe o que ele chamou meu Em? Lesbo desova.”

Ela chupou em outra respiração, levantou uma mão até que ela se conseguiu sob controle. “Ele disse aquele para mim, então tudo que eu fui adverti que ele batesse isto. Mas ele manteve isto, e começou a gritar coisas durante o jogo. Ele chamou seu um dyke. Como em, ‘Você não pode bater para defecar, você pequeno dyke.’ Não era a primeira vez que ele lançou fora ignorantes homophobe comentários em um jogo, mas eles eram lançados em mim, não gritados fora assim ela podia ouvir. Ninguéma conversas para minha criança que modo. Eu tive suficiente.”

Se o informe era verdade, Ficava surpreendido a mulher não apontou para o crânio do asshole em lugar de seu ombro. “Sr. nutriu tem qualquer coisa impróprio para dizer para sua filha?”

“Inferno não. Ele era um sujeito decente, até onde eu sei. Um bom professor, feita sua diversão de classe para as crianças. Emily gostou dele, muito. Ela está chateada e confusa acima deste. Eu não quero que ela esteja mais chateado e confuso que ela tem que ser.”

“Então diga a nós por que você estava em chãos da escola por duas horas e vinte e dois minutos.”

“Jesus. Eu rondei na classe por algum tempo, conversando com algumas das crianças e Janine—Sra. Linkletter—sobre Butch. Conseguindo ele para conversar para eles. Então…Escute, este tem que fazer o registro?”

“Depende de que ‘este ' é,” Disse a ela.

“Não se aplica ao que aconteceu, então eu só quero que você diga—se você concordar isto não faz—não tem que tornar-se conhecido.”

“Certo.”

“Eu deslizei abaixo na cozinha. Laina Sanchez, a cabeça nutritionist, luares para mim. Ela não deveria tomar do lado de fora trabalhos. Eu não quero que ela entre qualquer dificuldade.”

“Ela não irá, não acima disto.”

“Nós acabamos de conversar sobre um evento que nós temos surgindo semana que vem. Uma mudança em menu o cliente querido. Eu tive uma xícara de café enquanto eu estava lá. Eu não tive uma reunião até onze, e era só uns quarteirões do par longe, então eu pendurei. Isto é isto.”

“Certa. Ela verificará isto?”

“Ela irá mas escute, não pergunte a ela sobre ele na escola, certa? Mosebly consegue vento, ela descerá em Laina.”

“Você e Laina são envolvidos?”

Hallie relaxado suficiente para sorriso. “Assim. Eu costumava datar sua irmã, uns meio milhão de anos atrás. Eu ajudei ela conseguir a posição em Sarah Childand quando eles precisaram de um novo nutritionist. Ela pegou uma criança de dois anos de idade para alimentar, e outro bem a caminho. Ela e ela marido precisa do dinheiro que eu posso a lançar.”

“Nós não estamos olhando a geléia em cima.” Algo mais aqui, só um pouco mais, Pensou Eve . “Você viu qualquer coisa ou qualquer um fora do ordinário?”

“Eu não fiz. As classes estavam só começando quando eu afundei para a cozinha. Segundo período continuaria quando eu parti. Eu ajudaria se eu pudesse. Algo ruim como isto acontece ao redor minha criança, eu quero saber que, o que, e por que. Eu não posso a proteger caso contrário.”

Talvez proteção era um ângulo, Meditado Eve, como eles viajaram o quarteirão e um metade para o próximo nome na lista.

“Ela segue um sujeito com um morcego porque ele chama sua criança nomeia.”

“Você teria feito o mesmo,” Peabody assinalou.

“Duro de dizer como eu não sou uma lésbica e não tenho uma criança, mas, sim, o sujeito soa como ele ganhou seus golpes. Que pai poderia fazer para proteger? Talvez ele não era um pai ou um professor Foster teve algo, se realmente ele teve algo em ninguém. Talvez ele era uma criança.”

“O que você pode estar usando uns seis-de doze anos de idade?”

“Ingênuo Livre-Ager. As crianças todos classifica de coisas pegajosas. Talvez ele pegou um deles roubando, enganando em um exame, acabando bj está no banheiro, negociando illegals.”

“Jeez.”

Eve trabalhou isto. “Chame o pai em para um pouco conversa, adverte que isto terá que ser reportado. A criança exigirá ação disciplinara, aconselhando, talvez expulsão. Um dos superiores escolas no estado, de acordo com o criança aborrecedor do Straffo. Você não quer que sua criança excluiu ou algo dicey fazendo o registro. Não pode ser reportado se Foster estivesse morto.”

“Converse sobre educação de filhos envolvida. Eu tenho verificado em quaisquer conferências de pai o vic esteve usando seu horário pela semana antes do assassinato.”

“Vamos procurar por repetir conferências. E quando nós conseguirmos a autorização, nós veremos se qualquer nome de aluno ocorrer periodicamente com outros instrutores.”

Nenhuma da outros na lista estava atualmente em casa. Eles conseguiram um calado teenage menina à uma residência que reportou que seus pais e os pequenos rastejam—que Assumiu era seu irmão mais jovem—estava em um jogo de basquetebol. Em outra o droid empregada informada eles que a mãe teve takenyoung faltar para prática de caratê, e que o pai era preso uma final de reunião.

Atrás em Central, Feito campanha para ela autoriza, e fez uma dança de vitória mental quando ela copped ele sem quebrar um suor. Sua só decepção era que estava muito tarde no dia para pegar ninguém na escola para acessar os registros ela procurada.

Ela começou a correr suas referências, parou. Ela já era no fim de turno. Ela podia trabalhar em casa e isca Roarke nisto. Seria uma espécie de oferecimento de paz para aquela manhã, ela suposta.

Eles teriam um pouco de jantar, e ela o educaria. Desde que eles eram seu empregado e listas de clientes ela estaria correndo, pareceu só feira que ele teve uma parte disto.

E ela o faltou, ela admitiu como ela fecha pelo dia. Ela missedthem.

Da mesma maneira que ela empurrou de volta de sua escrivaninha, Peabody cutucou sua cabeça. “Existe uma Magdelana Percell fora aqui, quer ver você.”

O centro de De barriga afundou, então apertado como um punho. “Ela deu a você a natureza de seus negócios?”

“Ela disse que era pessoal. Eu não a lembro de quaisquer das listas que nós estamos trabalhando em, mas—”

“Não, ela não está em algum. Mande a ela de volta, então vá para casa.”

“Casa? Mas é só vinte fim de minutos passado de turno. Qualquer que eu farei com este inesperado largess?”

“Reporte para meu escritório de casa, oh-oitocentos. Nós pegaremos alguns daqueles nomes antes deles ir onde quer que o inferno eles vão o dia todo. Então nós estamos na escola. A autorização foi bem sucedido.”

“Marque para nosso time. Dallas? Eu posso pendurar se você prefere.”

“Não, eu não faço bastante. Mande a ela de volta.”

Não era nenhum grande, não era nenhum negócio, Lembrou a se. Ela só veria o que Percell procurado, então vá para casa. Esqueça sobre ela.

Não seria a primeira vez que ela teve um pouco de ridiculous conversação com um de formers do Roarke. Era improvável para ser o último.

Ela ouviu o tagarela clicar de menina calça no chão de envelhecimento, e fez se sentir ridiculous fingindo sacudir por uma cópia dura de um relatório.

Quando ela glanced em cima, Magdelana era todos os sorrisos abafadores em um terno preto macio e lustroso com um silky pele colarinho.

“Obrigado por me ver,” ela começou. “Eu não estou certo que você lembra, mas nós nos encontramos brevemente ontem à noite. Eu sou—”

Eve não estava indo para o sorriso, e ela certa como inferno não estava indo para abafador. Seu tom era plano. “Eu sei quem você é.”

“Oh, bem então,” Magdelana disse depois de uma batida. “Que labirinto este lugar é! O centro, eu suponho, de execução de lei de Nova York. E isto é seu escritório?” Ela glanced ao redor, esquadrinhando o dented arquivo gabinete, a janela fraca, a escrivaninha danificada. Suas sobrancelhas perfeitas aladas em cima. “Não o que eu esperei, realmente. É Tenente, não é?”

“Está certo.”

“Hmmm. Eu espero que eu não esteja interrompendo algum vital tipo de polícia trabalha.”

“De fato…”

Magdelana piscou aqueles olhos de esmeralda uma vez. “Isto é desajeitado. Eu estava pulando não seria. Eu quis vir aqui, ver você, perguntar se eu pudesse comprar você um bebida quando você estiver acabado seu trabalho.”

“Por que?”

“Eu suponho que eu quis fazer isto claro eu não quis causar qualquer dificuldade.”

Debruçado atrás em sua cadeira, rodou à toa. “Você matou qualquer um desde entrar em minha jurisdição?”

“Não.” Existia um sorriso rápido, afiado. “Não desde então.”

“Naquele caso, nós somos claros.”

“Eve.” Sua voz era lisa, como era ela mover como ela aliviou um quadril sobre De escrivaninha. “Eu só quis reassegurar você que qual estava entre mim e Roarke era acima de longo atrás. Nós éramos praticamente crianças quando nós éramos envolvidos. Você não tem uma coisa para se preocupar sobre.”

Eve armou sua cabeça. “Eu pareço preocupado?”

 

“Eu não sei você, então como poder eu dizer? Roarke mencionou que eu não gostaria de você, e eu suponho que eu sou só contrário suficiente que eu quis o provar errado. Então eu esperei que nós podíamos ter um bebida, e difunda quaisquer problemas potenciais. Especialmente desde que ele vai estar me ajudando com um pouco de meus negócios.”

“Engraçado.” E o punho em sua barriga foi escorregadio e doente. “Você parece com o tipo que pode lidar com sua própria multa de negócios justo.”

“Negócios de negócios. Nós dois saberíamos que Roarke não tem nenhum igual quando vier para negócios financeiros. Ou, vamos ser honest,any tipo de afazeres.” Ela deu um risada leve. “Mas isto é estritamente negócios, eu prometo. Depois que nós almoçamos hoje e ele concordou em trabalhar comigo, de repente aconteceu que você poderia pensar que era algo diferente de negócios. Afinal, ele é um homem magnífico e atraente, e ele e eu éramos…”

“Werewould é o verbo de operação.”

“Sim. Absolutamente. Você vê, eu causei ele doer muito tempo atrás, eu não quero ser responsável por que novamente. Se coisas descobrem como eu espero, eu terei negócios em Nova York por algum tempo. Eu estou pulando que nós enlatamos todos ser amigos.”

Ela soube bullshit quando estava sendo lançado nela pelo shovelful. “Sabe, Sra. Purcell, eu estou em capacidade absoluta no departamento de amigo. Você terá que se aplicar em outro lugar. Como para Roarke e seus negócios, isto é seu negócio. Quanto a você, vamos conseguir isto diretamente: Você não parece estúpido, então eu não acredito em que você pense que você é as primeiras de saias descartadas do Roarke balançar de volta deste modo. Você não mese preocupa. De fato, você não faz muito interesse me. Então se que todo ?”

 

Lentamente, Magdelana deslizou fora da escrivaninha. “O homem só nunca errado é ser ele? Eu não gosto de você.”

“Aw.”

Ela moveu para a porta, então parou, apoiou-se no jamb como ela examinou em Novamente. “Só uma coisa? Ele não me descartou. Eu o descartei. E desde que você não parece estúpido qualquer um, você sabe que faz toda a diferença.”

Escutado o clicar daqueles saltos de sapatos. Quando eles retrocederam, ela se debruçou de volta em sua cadeira, fechados seus olhos como seu estômago batido.

Porque não, nem ela nem Percell eram estúpidos.

 

FADIGA ARRASTADA NELA QUANDO ELA TURNEDthrough o Gates. Fora do barulho inflexível, as multidões, o temperamento rápido, e passo malignos da cidade, ela pensou, e no mundo do Roarke.

Exclusivo, privado, perfeito. O varrido longo dirige, que curved pelos chãos cobertos de neve onde nenhum pés de tromping, nenhum tráfico impaciente arruinou aquele tapete branco prístino, ido à frente para a grande casa de pedra com suas muitas janelas.

Eles cintilaram com luz, morna e ouro.

Ela cresceu acostumado a isto, ela pensou, para corrediço por aqueles ferro Gates, a ver a atordoante casa espalhar e sobressair com suas torres e torres, como uma fantasia na escuridão.

Quarto depois de quarto atrás daquele vidro e pedra, algum prático, um pouco de elegante, alguma diversão. Todo bonito, todo refletindo sua vista. O que ele precisou construir, ter, segurar.

Não só para a condição, a elegância, o privilégio—entretanto com Roarke aqueles tocariam uma parte—mas porque ele precisou, muito precisou, fazer uma casa.

O que ela adicionou a aquele? Ela perguntou-se. Alguma desordem, um gato órfão, um escritório que era indubitavelmente claro e carente em estilo por seus padrões.

Inferno, pela maioria de ninguém .

Mas ela aprendeu a ajustar lá, fez uma casa lá com ele. Não é? Apesar das chances, eles tiveram uma vida lá aquela importada para eles dois.

Ela não deixaria um pouco de fantasma do passado põe uma ferrugem isto.

Ela deixou o carro na frente, subiu os passos para as portas da frente principais. Roarke pode ter construído isto, mas isto era seu território agora, também, sua relva. Ninguém iria invadir isto sem ficar sangrento.

Ela entrou, e Summerset deslizou fora no foyer, o gato uma sombra gorda em seus saltos de sapatos.

“Deixe-me só digo beijo meu asno e evito o resto da conversação,” ela começou. “Eu tenho trabalhar.”

“Ele não está em casa ainda.”

Seu estômago apertado, só um pouco como ela encolheu os ombros fora de seu casaco. “Obrigado pelo relatório.”

“Ele teve que replanejar algumas reuniões a fim de tomar um almoço pessoal.”

Eve lançou seu casaco acima do newel posto e girado. Pelo menos agora ela teve um objetivo à mão para a ira que batida com a náusea em sua barriga. “Não podia esperar enfatizar meu rosto aquele. Eu aposto que você está só dançando um jig que Maggie na cidade. Bem, você pode—”

“Pelo contrário,” ele interrompeu com absoluto tranqüilo. “Eu não podia estar menos contente. Eu gostaria de um momento de seu tempo.”

“Para que?”

Sua mandíbula apertada, e ela viu que ela tem estado errada. Existiam ondulações debaixo das tranqüilas.

 

“Eu repugno discutir Roarke deste modo, e você está só fazendo isto mais difícil. Porém, minhas preocupações me deixam, eu sinto, pequena escolha no assunto.”

Sua boca era seca agora. “Que tipo de preocupações?”

“Entre na sala de estar para um momento. Existe um fogo.”

“Multa, multa.” Ela stalked em. O fogo chiado, vermelho e ouro. Todos os tecidos ricos cintilados enquanto a madeira antiga, então amorosamente tendeu, ardeu. E de pé no quarto, ela se sentiu gelada para o osso.

“Você se sentará?”

Ela só agitou sua cabeça, caminhada para a janela para desviar a vista de. “O que você precisa dizer para mim?”

“Eu despejarei você algum vinho.”

“Não.” Ela não podia lidar com vinho com sua cabeça começando a pulsar. “Só derrama isto.”

“Ela é uma mulher perigosa, Tenente.”

“Em que modo?”

“Ela manipula, ela manobra. Ela aprecia a aventura de conflito. E ela tem dar poder, como mulheres verdadeiramente bonitas normalmente fazem. Em seu caso, estava bem afiados até anos de uma dúzia de atrás, e eu não imagino é perdido sua extremidade.”

“Não,” Murmurado. “Ela pegou um soco.”

“E adicionado a isto, ela tem um intelecto forte.”

“Quanto tempo eles eram juntos?” Quando ele não disse nada, ela olhou de volta nele. “Sapateado ao redor este. Quanto tempo?”

“Vários meses. Quase um ano.”

Ela teve que voltar para a janela porque existia uma dor agora, só debaixo de seu coração. “Tempo longo. Por que ele concluiu?”

“Eles planejaram umas semanas de trabalho de planejar.” Ela pode não ter vinho procurado, mas ele fez. Ele quis algo para o conseguir por este. “A marca era um homem rico com uma coleção soberba de arte.”

Summerset moveu para um gabinete pintado e, tomando uma garrafa, despejou ele mesmo um uísque pequeno. “A parte da Magdelana era para o intrigar, desenvolver uma relação. Ele era muito mais velho que ela, e teve uma propensão para mulheres jovens, vibrantes. Ela acessaria informações das do lado de dentro, a segurança, as rotinas, a colocação da arte. Eles decidiram-se por um par de Renoirs. Apenas do dois. Roarke era, até então, não o tipo para imergir muito profundamente em um bem. O dia eles eram completo o trabalho—com ela e a marca em seu iate—ela escapou com a marca.”

“Pássaro na mão.”

“Justamente. Ele teve que desprezar o trabalho, claro, não estando certo as informações que ele teve era válido, ou que ele não estava sendo instalado. O custa bastante, em vários níveis.”

“Mas ele não a seguiu, faça ela pagar?” Ela voltou novamente. “Ele não fez aquele porque ele estava mais machucado que ele estava bravo. Ele a amou?”

“Ele era apaixonado.”

Algo trançada nela. “Pior. Isto é pior.”

“Concordou.” Ele sipped. “Ele tolerou um grande negócio dela durante o tempo que eles eram juntos. Ela apreciou riscos, ambos pessoais e profissional. Você a viu, ela tem uma luz. Ele era atraído para isto.”

“Ela é esperto,” Administrado. “Educado e esperto. Eu fiz uma corrida nela.”

“Naturalmente. Sim, ela era uma mulher muito inteligente jovem.”

“Ele admiraria isto. Ele assim, até acima do físico, isso contaria.”

Ele hesitou um momento. Summerset viu ela tomar um golpe, em cheio, direito neste muito quarto. Mas as palavras ele teve que dizer que faria mais dano. “Ela soube arte e música, e literatura. Ele sempre estaria com sede conhecer, experimentar as coisas que tinha sido negada para ele como um menino jovem. Ela teve figuras de um dirigir-se a, e um apetite, bem, deslumbramento, você podia dizer.”

“E ela gostou de roubar. Isso teria apelado para ele.”

“Ela apreciou tomar. Se ele a comprasse um presente, ela borbulharia acima dele por um tempo, mas muito preferiu se ele erguesse isto. E sempre, ela quis mais, e conseguiu mais sem diretamente perguntando. Ela tem um modo. Ela quererá mais agora.”

“Ela veio por meu escritório antes de eu partir.”

“Ah.” Ele olhou abaixo em seu vidro novamente, bebeu mais. “Ela iria, borrife algumas colocações escuras debaixo do disfarce de alisar a água.”

“Algo assim. Ela quis me torcer em cima, e eu soube isto. Mas ela conseguiu o entrincheirar-se, ela conseguiu isto feito. Ela disse que ele concordou em trabalhar com ela em algum material de negócios. Se ela o conversasse em fazer outro trabalho, ou até só instalar a base para seu—Cristo.”

“Você não pode permitir isto.”

“Eu sebo de dom Roarke. Ninguém faz.”

“Você tem influência, usa isto. Ela é uma cortina localiza para ele, e sempre era.”

“Tudo que eu posso ser perguntar a ele diretamente fora. Eu não posso lutar com insinuações e wiles.” A enxaqueca estava moendo em seu crânio, e dor estavam torcendo seu intestino. “O primeiro estão insultando para ambas as festas, e eu não tenho qualquer do segundo. Não em seu nível, isto é para fucking certo. No fim, é sua escolha. Sempre era. Eu tenho trabalhar.”

Ela começou, andou, e se fez revira volta, encontre olhos do Summerset. “Ela é um manipulador. Eu consigo isto. Ela também é bonita, polida, sofisticada, esperto. Esperto suficiente, eu apostei seu asno fraco, povoar felizmente com que pego do Roarke em suas pontas do dedo agora. Basicamente, ela é apenas do tipo que eu pensaria que você faria uma dança feliz se ele me sacudisse.”

Ela teve que tomar uma respiração muito que sua voz ficaria fixo. “Ela não localizaria sangue na casa, ela saberia só que vestido para vestir para a próxima festa de jantar. E ela não esqueceria therewas um goddamn jantar festa porque ela estava de pé acima de um corpo morto. Então, por que diga a mim tudo isso?”

“Ela seria um acento cintilante em seu braço. Ela fala sem defeito francês e Italiano, e tem uma provisão ilimitada de charme quando ela desejar dispensar isto. E ela o usará. Ela tomará, tome mais. Se ele fosse necessário, ou se ela simplesmente tivesse o capricho, ela o lançaria para os lobos para ver que ganhariam.”

Ele terminou o uísque. “Você, Tenente, são freqüentemente crus, você é certamente rude, e tenha muito pequena sensação de como ser a esposa—em público—de um homem em posição do Roarke. E você faria qualquer coisa, não importa o que o risco pessoal, manter ele de dano. Ela nunca o amará. Você nunca fará qualquer coisa mas.”

Não, ela pensou como ela foi embora, ela nunca faria qualquer coisa mas. E não era estranho que ela esqueceu só quanto medo e o amor de miséria podiam levar com isto?

 

Ela nunca sentiria qualquer deste antes dela o encontrar. Nunca sentido este torcendo, isto dolorido, o medo trêmulo de perdedor.

E nunca sentiu a excitação ou o conforto, a felicidade atordoante que deitado muito densamente acima de tudo outro.

Ela foi diretamente para seu escritório, programada uma panela cheia de café. Antes de Roarke, ela freqüentemente—mais freqüentemente—se enterraria no trabalho. Nenhuma razão ela não podia fazer o mesmo agora.

Mais, ela teve um trabalho para honrar.

Um homem estava morto. Um homem, por toda evidência atual, que tem sido um sujeito agradável, um ordinário tipo de sujeito que realmente teve algo para dar a sociedade.

Ela não teve nenhuma evidência, nenhuma razão para acreditar em que ele machucou ninguém, desejou dano em ninguém. Não apresentou atos salazes, usados ou traficados em substâncias ilegais.

Não roubou nada, extorquido ninguém. Não enganou em sua esposa.

Almoçar não estava enganando, ela pensou como ela carted seu café para sua escrivaninha. Batendo outra mulher gosta de uns anos de uma dúzia de tambor de aço na frente de casamento não estar enganando.

Roarke não enganaria nela. Ela podia descansar fácil naquele ponto.

Mas ele quereria ?Isso era o adesivo.

E isso não teve nada a ver com Craig Foster.

Ela se sentou, braceados seus cotovelos na mesa, e descansou sua cabeça em suas mãos. Ela acabou de ter que passar sem tocar sua mente, isso era todo. Limpa isto. Devia provavelmente tomar um bloqueador para o goddamn que enxaqueca estúpida batendo dentro de seu crânio.

Aborrecida, ela arrancou abre a gaveta superior, sabendo que Roarke deixou um caso lá com as pílulas azuis pequenas do lado de dentro. Ela odiou tomar pílulas, mas ela nunca poderia pensar a menos que ela estale um.

Ela tragou o bloqueador, perseguiu isto com café como Galahad jogged em conseguir um começo corrente para o pulo para sua escrivaninha. Ele se estatelou seu asno abaixo e olhada fixamente para ela.

“Eu preciso trabalhar.” Mas ele era um conforto estranho para correr ela dar sua cabeça e o ter extensão debaixo do golpe. “Eu preciso poder trabalho ou eu irei louco.”

Inconstante, ela inseriu os discos de dados que ela quis correr primeiro.

“Computador, referência ambos os empregado e lista de clientes, disco Uns com guardiães de aluno, administração, faculdade, e sustente listas de pessoal, disco B. Reporta quaisquer partidas.”

Reconheceu. Trabalhando…

“Tarefa secundária, dados normais correm em todos os nomes em C de disco, inclua criminoso, financeiro, emprego, matrimonial, educação.”

Reconheceu. Trabalhando…

Talvez algo estalaria em um dos pais ou criança se importa provedores que tem estado no edifício aquela manhã.

“Tarefa subseqüente, dados de exibição em faculdade, administração, e sustente pessoal de Academia de Sarah Childand, em ordem de alfa, em tela de parede uma.”

Reconheceu. Dados exibidos em tela de parede uma…tarefa Primária completa. Nenhuma partida…

“Sim, isso teria sido muito fácil. Usando as mesmas listas, procura de referência por relações de família, antigos cônjuges ou cohabs.”

Reconheceu. Trabalhando…tarefa Secundária é agora completa. Escolha de exibição?

“Exiba em comp tela.” Sentando de volta com seu café, ela estudou os dados.

Não existia nada quente. Uma mão bofetões aqui e lá—a sempre-popular illegals possessão para uso pessoal, um de quatro anos de idade roubando em loja carga. Nenhum crime violento, nenhum tempo de gaiola para algum.

Antes dela começar nos dados em sua tela de parede, ela fechou seus olhos e deixou ela se importar vento de volta por que ela soube, o que ela quis conhecer.

Envenene no chocolate quente. Thermos desacompanhado e acessível em vários pontos durante a manhã. Habitual.

“Espere.”

Ela se sentou em cima, olhos estreitados, então tentado outro ângulo. Ela contactou Lissette Foster. “Tenente Dallas,” ela disse. “Eu sinto muito perturbar você. Eu tenho umas perguntas. Você fez o chocolate quente você mesmo, toda manhã.”

“Sim, eu disse a você. Eu fiz isto para ele.”

“Você já bebe isto?”

“Não. Muitas calorias,” ela disse wearily. “Eu usei algum chocolate real junto com o leite de soja e o pó me mistura. Ele não soube.”

“Desculpe?”

“Tão caro do chocolate. Ele não soube que eu comprei isto, adicionou isto em como minha mãe sempre fez. Ele gostou disto tanto, disse ninguém fez isto como eu fiz. Era a metade onça de chocolate real que eu me misturei em toda manhã.”

“Qualquer outro sabe sobre aquela adição?”

“Minha mãe. Ela me ensinou como fazer isto. Eu mencionei isto no trabalho, eu estou certo. O tipo de alardear sobre isto. Eu penso que eu poderia ter Mirri dito. Era só um pouco secreto de Craig. Ele não teria querido que eu gastasse o dinheiro nele.”

“Eu notei a mistura em sua cozinha, e o esconder de chocolate líquido dentro de uma caixa de Fem Vital.”

Agora Lissette sorriu, só um pouco. “Ele nunca cutucaria ao redor em minhas vitaminas, então eu mantive o chocolate lá.”

“Nós enviamos a mistura e a líquido para o lab. Qualquer outro sabe onde você manteve eles?”

“A mistura, talvez. Não o chocolate. Você pensa…”

“O lab determinará se quaisquer dos ingredientes eram mexidos. Qualquer um em seu apartamento era o fim de semana antes de morte do seu marido?”

“Não.” Ela esfregou seus olhos wearily. “Eu não acho. Eu estava fora durante algum tempo em diante sábado, compras. Mas Craig estava em casa. Ele não mencionou isto.”

“Alguém tem uma chave, uma sobressalente? Seu código.”

“Mirri faz, para emergências. Mas—”

“Certo. Seu edifício não tem máquinas fotográficas de segurança ou um porteiro.”

“Nós não podíamos dispor um que correu para aqueles. É um bairro bom. Nós nunca tivemos qualquer dificuldade.”

“Certo, Sra. Foster. Eu aprecio o tempo.”

Então aqui seja um e se, Meditado. E se pessoa ou desconhecido de pessoas acessaram o apartamento de Foster, sabendo os hábitos. Envenenou o pó. Talvez Craig teve uma visita que ele não disse sua esposa.

Ou…Talvez não teve que ser a véspera, ela pensou. Talvez ele tem lucked fora alguns tempos, não conseguiu qualquer de—ou não suficiente do veneno.

Ela parou seu lab relatório, leia o conteúdo do ir-xícara. Não existia nenhum chocolate real listado.

Então o assassino não soube sobre receita secreta do Lissette.

Considerando, Ela levantou e caminhada para sua tábua de assassinato. Ela estudou sua vítima, os tiros da cena. Batidos seus dedos em sua coxa como ela estudou o thermos.

Nada especial sobre isto, ela decidiu. Só seu médio vá-xícara, tamanho gigantesco. Mais ou menos cinqüenta corços. Negro sólido, com o primeiro nome scripted do vic em prata através do corpo. Olhado novo.

Usou isto todo dia, todo dia de trabalho por mais de um ano. Por que ele pareceu novíssimo?

Talvez era novo. Ela já especularia naquele, e agora ela estava andando acima de suas próprios pés. Condene isto.

“Mais rápida,” ela murmurou. “Mais simples. Para cinqüenta corços, você podia trocar o bom material com os ruins em três segundos. Você não tem que despejar fora o chocolate original, despeje no bebida mortal. Você só toma o todo condenar coisa, empurre o bom em sua pasta ou lote, deixe o ruim.”

Mais esperto, ela pensou. Não tão sujo.

Ela retirou-se o relatório do varredor, já sabendo que ela não teria faltado uma listagem tão vital se uma segunda gravou thermos tinha sido achado no edifício.

“Computador, probabilidades de corrida nas opções seguintes como pertence para número de caso HP-33091-D. O veneno era adicionado a vic é ir-xícara na manhã de sua morte. Opção próxima, vic é ir-xícara era trocada com uma idêntica contendo o veneno, novamente na manhã de sua morte. Qual opção tem a probabilidade mais alta?”

 

Eve adicionou mais café para que ela assalta, compassada em torno da diretoria. Sábado atrás em sua escrivaninha.

As probabilidades em ambas as opções não têm nenhuma diferença viável com dados atuais…

“Grande ajuda.” E importaria, ela decidiu. Importaria só como.

Com a ausência do chocolate real no bebida envenenado, a teoria da mistura sendo mexida com dentro do apartamento de Foster estava fora do corrente.

Adicionando naquele mesmo lugar era mais fácil, mais eficiente. Ainda um fator de risco envolvido.

Mas só substituindo o tiro inteiro, agora que era esperto, a maioria de eficiente, mais simples.

Eles fariam uma procura mais completa da escola no dia seguinte. Mas se ela fosse apostar, ela deitaria seu dinheiro no assassino tomando xícara do Craig como uma recordação. Ou certamente dando fim a isto muito bem chãos da escola.

Ela telefonou a descrição física da xícara, começou uma procura por varejistas na cidade e on-line que vendeu aquela marca e modelo específico, com personalization opção.

Existiam mais de vinte lojas de varejo em oferecimento de Manhattan só que artigo específico, e três vezes que por vendedores on-line.

Mas ele era uma fratura, ela pensou. Se ou não a xícara propriamente tocou, ela conheceu que o bebida tinha sido feito pelo assassino. Alguém quem não conheceu ingrediente secreto do Lissette.

Ela estava agarrando seu café novamente quando ela viu Roarke na entrada.

“Tenente.”

“Eh.”

Eles assistiram um ao outro, cautelosamente, como ele entrou no quarto. “Eu não esperei ser isto tarde.”

“Aconteça.”

A cruz-provendo referência tarefa completa. Nenhuma partida achada.

“Às vezes o do mundo tão pequeno quanto você quer que ele seja,” ela comentou, e levantou seu café.

“Dia longo para você.”

“Atrás em você.”

Ele se sentou no canto de sua escrivaninha, seu olhe nível com sua. “Nós estamos em conflito aqui, Eve?”

Ela hated,hated, que ela acabou de querer deitar sua cabeça abaixo na escrivaninha e lamentar. “Eu não sei o que nós somos.”

Ele alcançou, lidas rapidamente suas pontas do dedo acima de seu cabelo. “Você empurrou um pouco de botão em mim esta manhã. Irritado o inferno diretamente de mim. Você não me confia, então?”

“Você pensa que eu estaria sentando aqui se eu não fiz?”

“Aquele ser o caso, não deveria existir nenhum problema entre nós.”

“Tão simples de nada.”

“Eu amo você, absolutamente. Nada simples sobre isto, mas seja completo. Você nunca me beijou adeus esta manhã.” Ele se debruçou abaixo, escovado seu lábios acima de sua.

Ela não podia ajudar isto, o amor simplesmente welled em cima. “Adeus,” ela murmurou, e o fez sorriso.

Ele escovou seu lábios novamente, morno e doce. “Oi. Eu apostarei que você não teve qualquer jantar.”

“Eu sou tecedura minhas rodas nesta investigação. Não pensou muita sobre comida.”

“Pense sobre isto agora.” Ele tomou sua mão, ligados seus dedos, e usaram o outro para arranhar o gato quando Galahad bateu sua cabeça contra braço do Roarke. “Você está parecendo cansado, Tenente, e ocos-de olhos o modo que você faz quando você não comeu ou conseguido suficiente dorme. Eu esmurrarei em hambúrgueres, que normalmente tenta você. E você pode dizer a mim sobre o caso.”

Ele não quis discutir a manhã, ela pensou, ou sua reunião com Magdelana. Ele estava cutucando isso tudo de lado, muito suavemente. Mas ele teve que ser discutido. Tido que ser dianteiro e centro.

“Ela veio para meu escritório.”

Nada mudado em seu rosto, não pelo mais pequeno chameje. Era dificilmente uma maravilha que ele era letal em negociações de negócios.

“Magdelana?”

“Não, a Rainha do maio.”

“Um pouco cedo para ela. Ela trabalha qualquer coisa como o fevereiro groundhog?”

“Nossa, isto é engraçado. Mas voltar para o tópico. Ela veio para me ver no fim de turno. Pensou que nós podíamos ter um bebida bom, falador, é camaradas. Ache o que minha resposta era “

Ele partiu a escrivaninha. “Eu sinto muito se chatear você,” ele disse como ele moveu para um painel de parede, abriu ele para tirar uma garrafa de conhaque. “Ela está ultrapassando, impulsiva. Eu imagino que ela era curiosa sobre você.”

“É disso que você imagina?” Ela sentiu a raiva oposta com algo dentro dela, algo que ela reconheceu como angústia aguda. “Até depois que você disse a ela que ela não gostaria de eu.”

Ele glanced em , despejou o conhaque, substituiu a garrafa. “Não mais do que você a iria. Muito provável ela com intenção de fazer o gesto e me prove errado.”

A cortina localiza, Summerset disse a ela. “Eu penso que era bonito baixo em sua lista de intenções. Você vai trabalhar com ela?”

Esta irritação de tempo escapou controla só longo suficiente para mostrar. “Eu não sou, não.”

“Então ela é um mentiroso?”

“Se ela dissesse que eu era, ela misspoke, ou você interpretou mal.”

“Imisconstrued?”

“Cristo Jesus.” Ele bateu de volta um pouco de conhaque. “Você está tentando me encaixotar em um canto aqui, e existe nenhum para ser tido. Nós tivemos um perfeitamente almoço inocente, em que tempo ela pediu minha ajuda com alguns investimentos que ela quer fazer. Eu concordei em dar sua um pouco de direção, e alguns nomes das pessoas com que ela poderia trabalhar. Não é nada que eu não fiz para outros tempos das pessoas incontáveis antes.”

“Ela não é outras pessoas.”

“Bollocks para este.” E existia o temperamento, rico e maduro. “Fez você esperar que eu diria, ‘Desculpe, não pode dar a você os nomes de algumas pessoas de dinheiro como minha esposa não gosta do fato que nós shagged uma dúzia de anos sangrento ago?’ que Isto não é como você, .”

“Eu não posso dizer, como eu não tenho estado nesta posição antes.”

“Que posição, exatamente?”

“Tendo uma mulher que você tem para associou-se meu rosto. Sabendo que ela quis dizer para mim sentir exatamente isto.”

“Como eu não sou uma hemorragia droid que eu tive para outras mulheres antes de eu encontrar você, e você chocou-se com alguns deles. Como para Magdelana, por que ela quereria antagonizar você?” Ele exigiu. “Ela não teria nada para ganhar. Você é overreacting, e fazendo uma situação fora de algo que aconteceu anos antes de eu saber que você existiu. Você precisa de certeza de mim? Promessas, garantias? Afinal nós viemos para estar para um ao outro?”

“Como ele ela é ser feita todos os movimentos, e eu estou no errado aqui? Você não a vê.”

“Eu vejo você. Eu vejo minha esposa que se torce em um laço ciumento acima de algo longo passado.”

Ele economizar o conhaque novamente, ordenou ele mesmo para ser tranqüilo. “Eve, eu não posso voltar e mudar o que eu era, qual era feito todos aqueles anos atrás. que eu não iria se eu pudesse. Por que iria eu? Se eu tomasse um passo então, de alguma maneira me trouxe aqui. Para você.”

Isso não era o ponto, ela pensou. Ou era? Mas tudo que quis terminar de sua boca soada, até em sua cabeça, como a lamentosa de uma mulher necessitada. “Você pode dizer a mim que ela não quer levantar onde você parou?”

“Se ela fez, ou faça no que diz respeito a esse assunto, ela será desapontada. Eve , você e eu não viemos para um ao outro como crianças, ou como inocentes. Se qualquer um de nós acabar nós mesmos acima de relações que vieram e foram antes de nosso próprio, nós para sempre estaremos em laços.”

“Com licença?” Ela empurrou para seus pés. “Você bate o inferno fora de direito de Webster neste quarto.”

“Ele teve suas mãos em você, em ourhome. Isto é sangrento diferente.” As palavras dadas coices, quente-tipped e navalha afiados. “E nunca eu pensar que você convidou isto, encorajou isto, ou teria tolerado isto. Você e eu fomos redondos, Tenente, porque você ameaçou me aturdir. O que em fucking inferno você quer?”

“Eu acho saber o que em fucking inferno ela quer. Ela está planejando um trabalho? Faça que ela quer você—”

“Se ela for, não era mencionado para mim. De fato, bastante o oposto. E se ela for, não seria nenhum negócios meu. Isto é como você me vê? Tão invertebrado que eu deslizaria de volta só acima da linha, mas em outra cama da mulher?”

“Não.”

“Qualquer que ela poderia querer, Eve , ela não conseguirá não mais de mim que o que eu concordei em dar. Algumas opções de investimento básico. Eu devia ter meu admin escrever aquele em cima na forma de um contrato para você?”

Sua garganta queimada, a enxaqueca voltava, e ela realizou nada além de o urinar fora de enquanto pondo Magdelana justamente entre eles. “Eu odeio isto. Eu odeio sentir deste modo, agindo deste modo. Eu odeio que nós estamos de pé aqui discutindo sobre ela. Pondo ela no centro disto.”

“Então pare.” Ele moveu para sua então. Ele deitou suas mãos em seus ombros, correu eles de cima abaixo seus braços antes de a desenhar contra ele. “Se nós formos discutir, pelo menos vamos discutir sobre algo real. Não este. Você não é apenas do centro de meu mundo, Eve .” Ele beijou sua sobrancelha, seus templos, seu lábios. “Você é o todo disto.”

Ela Lançou seus braços ao redor ele, seguro duro. Ele respondeu, ela disse a se. Ponha em longe, põe de lado isto. “É sua culpa que eu amo que você gosta disto.” Para um momento, ela apertou seu rosto para seu ombro. “Que eu sou estúpido com isto.”

“Claro que é.” Ele escovou um dar seu cabelo, deitada sua bochecha contra isto. E sentiu seus próprios interiores relaxarem novamente. “Nós nos sentiremos estúpidos juntos. Melhor agora?”

Melhor, ela pensou. Mas não estava terminado. Ela tinha medo suficiente do que poderia acontecer a seguir que ela disse a se, novamente, deixar isto ir. Só deixa ir. “Bom o suficiente.”

Dizendo a se para mudar o tom, ela aliviou de volta. “Burgess em Nova Jersey era muito cooperativo.”

“Eu tenho muito prazer em ouvir isto.” Ele localizou uma ponta do dedo abaixo o entalhe leve em seu queixo. “Quem é Burgess, e por que ele está sendo cooperativo em Nova Jersey?”

“Ela. Ela administra sua planta lá, e conseguiu seu memorando.”

“Meu…ah. Eu enviei um fora para vários logo depois do primeiro do ano. Entrou à mão hoje, fez isto?”

“Corte pelo defecar. Só PARA SUA INFORMAÇÃO, eu realmente não me importo de cortar pelo defecar eu mesmo, mas obrigado. Você feijões de castor do processo.”

“Eu estou certo que eu faço.”

“Ricin, o veneno que matou Foster, vem do triturar depois dos feijões estar processadas em óleo.”

Seus olhos estreitados. “A planta é conectada?”

 

“Até agora, eu não posso achar uma conexão entre ninguém em meu suspeito lista e a planta. Teria sido bom e limpo. Eu não tenho um motivo qualquer um, ou nem um claro. Seja Foster Possível viu, em algum momento, um dos outros professores vacilando alguém impróprias durante a horas da escola. O assassinato é uma reação severo bonita a ser pego com suas calças abaixo.”

“Talvez Foster estava chantageando o diddler, ou o diddlee.”

“Nenhuma evidência disto, e ele muda de direção fora de sua órbita característica. Eu não achei uma pessoa única que ele não estava de boas relações com, inclusive o infame diddler. Esperando por lab relatórios, e eu estou tomando um olhar para todo membro da faculdade, sustente pessoal, e administração. Junto com pais de alunos. Eu não consegui nenhum zumbido em este aqui, nada que parece quente.”

“Por que eu não tomo um olhar para algum disto. Olhos frescos, nova visão.”

“Não podia machucar.”

Ele esqueceu de importunar ela comer um pouco de jantar, ela pensou como ele se sentou examinar seus dados. Deslizada sua mente, ela decidiu. Provavelmente para o melhor. Ela não teve muito de um apetite.

 

  Quando ela dormiu, ela dormiu em remendos, e os remendos estavam cheios de sonhos. Os sonhos eram conversações, misturadas e confundidas de seus argumentos com Roarke, suas entrevistas, seu interlúdio com Percell. Com as vozes tangling dentro de sua cabeça, ela despertou exausto.

Mas ele estava lá onde ele estava nas manhãs, bebendo café no sentar área do quarto, financials que rola na tela, o som muted.

Eve se arrastou para o chuveiro e tentou inundar fora a fadiga com os jatos em cheios e quentes.

Quando ela voltou no quarto, ele trocou para as notícias matutinas. Ela encabeçou diretamente para o café.

“Você não descansou bem,” ele disse com um longo olha para seu rosto.

“O caso é bugging me.”

“Deseje que eu pudesse ter sido mais ajuda.”

Ela encolheu os ombros, levou o café para o armário. “Talvez algo soltará em cima hoje.”

“Existe uma mudança de roupas na bolsa lá, para seu lugar hoje à noite com Nadine.”

Ela carranca na bolsa de enforcamento. “Por que eu preciso mudar?”

“Considere isto uma precaução no evento que você tem um dia normal e acaba com sangue em você, ou lágrima suas calças enquanto agarrando um suspeito depois de uma perseguição de pé louco.”

“O modo como coisas estão indo, eu gastarei a maior parte de hoje enterrado em papelada e não chegando nenhum lugar.”

“Naquele evento infeliz—não, não aquela jaqueta.”

“O que está errado com isto?” Entretanto ela scowled em irritação, uma parte dela era tão feliz com seu comentário—a normalidade de que ele—ela quis sorriso gosta de um idiota.

“Não é particularmente amigável com tela.”

“Nem seja eu.”

“Verdadeira suficiente. Porém…” Ele rosa, vagado para seu armário.

“Eu não preciso de você para escolher minhas roupas.”

“Oh, querida Eve, você muito absolutamente faz.” Ele retirou-se uma jaqueta em bronze afina que ela jurou que ela nunca veria antes, formou par isto com calça comprida marrom funda, uma nata-colorido turtleneck.

“Seja selvagem e louco,” ele adicionou como ele drapejou os pedaços acima da parte de trás do sofá. “Vista alguns brincos. Aros de ouro pequeno, talvez.”

Quando ela começou a grunhido, ele pegou seu rosto em suas mãos e beijou seu—longo, lento, e fundo. “Eu amo aquela boca,” ele murmurou, “especialmente quando estiver para ser sarcástico. Como você sente sobre toucinho e ovos?”

“Mais entusiástico que eu sinto sobre enforcamento de aros de ouro pequeno de meus lóbulos da orelha.”

Mas ela achou um par, vestiu, contente que ele cutucou nela sobre suas roupas.

E da mesma maneira que ela estava para se sentar com ele, como o gato saltado no braço do sofá para olho o toucinho, Vínculo de bolso buzinado do Roarke.

Ela soube que o minuto que ele puxou isto fora para verificar a exibição. “Tome isto,” Disse, até como ele começou a deslizar o 'vínculo de volta em seu bolso. “Eu acho que ela seja um madrugador.”

“Eu troquei ela para verbalizar correio. Vamos comer antes disto ficar frio.”

“Tome isto,” Repetido. “Peabody estará aqui qualquer minuto de qualquer maneira. Eu até mais.”

“Condene isto, .”

“Mais tarde,” ela disse novamente, e manteve caminhada.

 

“LINHAS BOAS,” PEABODY COMENTOU, COMINGin como Estava descendo. “Roarke, certo?”

“Quem outro? Desde obviamente se deixou partiu decidir sozinho para que eu cometeria tais felonias de moda como assustaria crianças pequenas e envergonharia multidões.”

“Contravenções, de qualquer maneira. Nós não estamos subindo para seu escritório? Seu AutoChef?”

“Não.” arrancado em seu casaco como Summerset esteve caladamente por. “Todo mundo está conseguindo um goddamn cedo começa hoje. Meu veículo melhor ser onde eu deixei isto,” ela estalou nele. “Ou eu estou pegando isto eu mesmo, prolongando você, e recapitulando você com isto.”

“O que você chama um veículo está do lado de fora, atualmente envergonhando a casa.”

“Peabody.” Gesticulado para a porta. esperou até Peabody foi do lado de fora. “Eu quero saber se ela vier aqui. Eu quero saber se ela entrar nesta casa. Você conseguiu isto?”

“Sim.”

Ela marchou fora no frio, hatless, gloveless, então deslizou atrás da roda. “Primeiro endereço.”

Peabody deu isto para ela, então passada sem tocar sua garganta. “Noite áspera?”

“Cheio da vida das noites ásperas.”

“Olhe, se você quiser conversar sobre ele ou só vomitar, é disso que companheiros são.”

“Existe uma mulher.”

 

“Nenhum modo possível.”

Diziam muito depressa, e com tal confiança fácil, Teria sido confortado debaixo de quaisquer outras circunstâncias. “Existe uma mulher,” ela repetiu. “Um ele costumava ser envolvido com muito tempo atrás. Seriamente envolvido. Ela volta, e ela está fazendo movimentos. Ele não vê eles como movimentos. Ele não vê o que ela está debaixo do lustro. Nós temos um problema.”

“Você está certo que—” Só levou um olhar de Para Peabody estourar uma respiração. “Certa, você está certo. Primeiro eu vou dizer que ele não torceria em você, não com ninguém. Mas tendo um pouco de cadela põe parte ele é um navio a vapor. Você quer ir tem uma conversa com ela, ponha um pouco músculo nisto. Nós podemos a afinar em cima, ponha seu asno em uma lançadeira para o Sibéria.”

“Bem de sons.” Ela parou em uma luz, esfregada ela dá seu rosto. “Não pode fazer isto, não pode a tocar, não pode a bater para a morte com um martelo e a enterrar em Planícies Brancas.”

“Bloomfield seria melhor que Planícies Brancas de qualquer maneira.”

Conseguiu um risada fraco. “Eu não sei como fazer isto, o quão duro de o empurrar, a que distância estar de volta. Eu não sei os passos e estratégia. Eu acho que eu já atarraxei em cima.”

“Dallas? Eu penso que você devia dizer a ele este machuca você.”

“Eu nunca tive que dizer a ele algo assim antes. Ele vê material em mim antes de eu ter que.” Ela agitou sua cabeça. “É fucking mim. É fucking nós. E eu preciso colocar no lugar isto e fazer meu trabalho.”

Ela parou sua conversação com Lissette Foster, e o apagamento do ingrediente chave no conteúdo do ir-xícara.

“Então indica que o veneno era adicionado ao bebida antes de entrar na escola, e mais provável em uma vasilha de crédulo.”

“Peabody bem prestidigitou isto em sua cabeça. “O veneno é umas fêmeas de método optam para mais freqüentemente que machos.”

“Por meio de estatística, sim.”

“De acordo com o Lissette, Mirri Hallywell soube sobre o ingrediente chave. E se, conhecendo que nós iria policial para a receita, ela deliberadamente deixou isto. Lissette acabar sendo seu álibi.”

“Enrolado,” Meditado Eve. “Mas não impossível.”

 

“Ou Lissette podia ter deixado ele fora deliberadamente, mesma razão. E sim,” Peabody disse na frente de Eve Poder comentar, “não salta muito bem.”

“Se você não lançar a bola, ele nunca saltos. Nós manteremos as possibilidades na mistura.”

Angulado em direção ao meio-fio, e quando ela saiu isto fez seu bem de álcool para ver o desdém nos olhos de águia do porteiro.

“Não pode deixar aquele montão lá, senhora.”

“Eh, você conhece quantos favores sexuais meu companheiro aqui teve que prometer marcar aquele passeio?”

“Você deveria apresentar eles,” Peabody lembrou a ela.

“Talvez eu chegarei ao redor para aquele. Enquanto isso…” Ela retirou-se seu distintivo. “Você vai vigiar aquele montão como era um XR-5000, fresco fora do chão de sala de exposição. E você vai zumbir em cima e diz—Quem nós estamos vendo aqui, Peabody?”

“O Fergusons.”

“Você vai dizer o Fergusons que nós viemos para conversar.”

“Sr. Ferguson já está deixado o edifício esta manhã. O café da manhã encontrando. Sra. Ferguson está ainda do lado de dentro.”

“Então consiga pulando.”

Ele olhou nenhum muito contente, mas tocou o apartamento e passou sem tocar eles do lado de dentro.

Eve Em caos.

Eileen Ferguson teve uma criança de idade indeterminada em seu quadril. Ele teve um pouco de tipo de rosa goo circulando sua boca e estava vestindo footed pijama decorado com grinning dinossauros.

Eve figurou se dinossauros grinned era porque jantar estava para ser servido. Então por que adultos decoraram sua descendência com carnívoros? Ela nunca pegaria isto.

No fundo veio para gritos e latidos e gritos que podem ter sido glee ou terror. Eileen se vestiu um suéter de ferrugem colorida, solte calças pretas, e chinelos penugentos a cor de algodão-doce. Seu cabelo marrom era alisado de volta em um rabo longo e seus olhos, uns quietos castanhos, parecido eerily tranqüilo dado o nível de barulho.

Eve perguntou-se se ela tiver toked antes de responder a porta.

 

“Isto deve ser sobre Craig Foster. Entre em seu próprio risco.” Ela andou de volta. “Martin Edward Ferguson, Dillon Wyatt Hadley.” Ela não gritou, mas sua voz, perfeitamente agradável, levou. “Acomode-se agora mesmo, ou eu desmantelarei aquele cachorro e empurrarei as partes no recycler. Desculpe, café?” Ela disse para E Peabody.

“Ah, não.”

“O cachorro é um droid-terrier se mistura. Eu tive um momento de loucura completa e comprei isto para Martin para seu aniversário. E agora, nós pagamos o preço.”

Mas Notou que o nível de barulho soltou. Talvez, uma vez ou outro, outros artigos acharam seu modo em recycler do Eileen.

“Sente-se. Eu só porei Annie em sua cadeira.”

A cadeira era uma redonda e colorida lidava com dúzias de botões brilhantes e coisas rodantes para entreter dedos curiosos. Buzinou e zumbiu e alargou o que pensou Estava uma risada bastante arrepiada. Mas Annie estava imediatamente comprometido.

“A palavra é que Sr. Foster era envenenado.” Eileen soltou em uma cadeira de concha preta. “Isto é verdade?”

“Nós determinamos Sr. Foster ingeriu uma substância venenosa, sim.”

“Só diga a mim, é seguro para mim tomar estas crianças para a escola?”

“Nós não temos nenhuma razão para acreditar que os alunos estão em qualquer perigo.”

“Agradeça Deus—em tantos níveis. Eu não quero nada acontecer para Martin—ou algum deles. Mas, Jesus Doces, eu não quero ser assumido a responsabilidade de quatro crianças o dia todo.”

“Quatro?” Repetido, e sentiu uma inundação imediata de medo e condolência. “Só Martin Ferguson é listado como sua criança em registros da escola.”

“Eu tenho trabalho de criança esta semana.”

“Qual é ?”

“Eu tomo o grupo—que é Martin, e Dillon de cima, Callie Yost, ela estará aqui em um minuto, e Cor-de-rosa de Macy. Nós a escolhemos em cima a caminho; Ela vive um quarteirão. Arraste eles para a escola, escolha eles no fim do dia. No caso da escola cancellation ou o número enorme de feriados da escola, eu lido com eles. Nós ciclo—toda semana um dos pais tem brincar trabalho.”

“Você registrou o dia Sr. Foster morto em logo depois de oito e estava lá por quarenta minutos.”

“Sim, conseguiu eles em cedo, esvaziou eles em Cedo Se importou, então eu tive que tomar a dúzia cupcakes para o centro de nutrição para liberação.”

“Os pais ou alunos trazem habitualmente para dentro do lado de fora comida?”

“Não sem muito fazer. Era aniversário do Martin, conseqüentemente o cupcakes. Eu tive preclearance para eles. Você não pode assistir do lado de fora comida para grupos de alunos sem preclearance. Você tem que preencher uma forma,” Eileen explicou, “note tipo abaixo de comida e todos os ingredientes no caso de quaisquer das crianças têm alergias ou condições, ou restrições culturais—restrições parentais.”

Eileen pausou e começou a tirar roupas minúsculas de uma cesta e dobrar eles em formas mais minúsculas. “Doa no alvo de minha visão, mas as regras são bastante rígidas. A diretora e o nutritionist tem que terminar nisto. É como segurança nacional. Eu consegui eles passados sem tocar, pagou a taxa para o suco que eu esqueci de trazer ir com o cupcakes. Então eu percebi que eu levantei bolsa da escola do Callie em vez de bolsa de fralda do Annie, e teve que voltar cedo para Se importar, faça o interruptor. Em que tempo eu percebi, clued em byeau de Annie, que ela desesperadamente precisou da bolsa de fralda. Eu lidei com isto. Eu acho que isto podia ter levado quarenta minutos.”

“Durante aquele tempo, quem você viu ou falou com?”

“Bem, Laina—o nutritionist—Lida Krump, cedo se importa provedor, e seu assistente, Mitchell. Eu vi Diretora Mosebly brevemente. Nós passamos no corredor quando eu estava partindo e falei por um minuto. Como você está, feliz aniversário para Martin, e assim por diante. Eu realmente vi Craig Foster entrando no pessoal vadia. Eu até não parei de conversar com ele, acabou de mandar a ele uma onda e mantive ida. Eu desejo que eu tomasse um minuto, mas você sempre pensa que você vai ter um minuto mais, algum outro tempo.”

“Você o soube bem?”

“Como também qualquer do pessoal, eu suponho. Eu choquei-me com ele de vez em quando no bairro, e nós tivemos as conferências habituais. Duas vezes cada termo existem reuniões de professor de pai, mais se precisado. Eles estão habitualmente precisados para Martin,” ela adicionou com um sorriso torto.

“Martin teve dificuldade com Sr. Foster?” Perguntado.

“Realmente, Martin respondeu realmente bem para Craig. Craig amou o que ele fez, você podia dizer.”

“Mas você era chamado em para reuniões.”

“Oh, sim.” Ela riu agora. “Eles chamam Martin ‘exuberant, ' que é professor-fala para uma criança selvagem. Nós estamos indo a rota da escola particular porque existe mais uma-em-uma vez, mais disciplina. Está trabalhando.”

Existia um impacto, riso histérico, e louco latindo. Eileen sorriu esquisitamente. “Principalmente.”

“Que tal outro pessoal? Reed Williams, por exemplo.”

“Certo eu o sei.” Entretanto ela disse isto casualmente, ela olha trocado longe, para só um momento.

“Você o viu fora da escola, Sra. Ferguson?”

“Não. Não me.”

“O significado outros fizeram.”

“Talvez. Eu não vejo o que isso tem que fazer com Craig.”

“Os detalhes são importantes. Nós entendemos que Sr. Williams teve ou procurou várias relações sexuais.”

“Oh, menino.” Ela estourou uma respiração. “Ele fez o que você podia chamar um jogo—muito sutil, muito liso. Nada que eu podia o solicitar se eu fosse inclinado para. Mas você sabe quando um homem estiver sondando você. E a maioria de homens sabem quando uma mulher não estiver interessada. Ele voltou imediatamente. Eu nunca tive qualquer dificuldade com ele, ou dele.”

“Mas outros fizeram ?”

“Olhe, eu sei que ele bata em Jude Hadley. Ela disse a mim, e ela disse a mim que ela o encontrou para bebidas. Ela é divorciada, e ela era tentada. Então ela decidiu não, não era algo que ela quis conseguir tangled em cima com. Especialmente desde que eu vi Williams e Allika Straffo.”

 

“Na festa de feriado na escola? Era só um que…” Ela trocou, obviamente desconfortável. “Eu vi como eles olharam para um ao outro. E à um ponto, ele a tocou, só escovado seu passar para baixo seu braço. Mas ela prendeu com alfinete. Ele vagou fora, e alguns segundos mais tarde, então fizeram ela. Eles separadamente voltaram, dez, quinze minutos mais tarde. Ela teve que olha que—você sabe, suave e solto. Se eles não tivessem um quickie que eu comerei que condena droid filhote de cachorro.”

 

“Interessante,” Disse como eles andaram de volta no frio do inverno. “Allika Straffo, mãe de uma das crianças que acha o vic, supostamente está tendo quickies com Williams, que teve a oportunidade para matar Foster.”

 

“E Foster ameaçado para reportar Williams, qual envolveria Allika Straffo? Certo, mas eu digo a você, eu não posso ver Williams sendo trabalhado suficiente para envenenar Foster acima da ameaça de ser reportado para ter uns afazeres com mãe do aluno.”

 

“Straffo, por outro lado, é casado, e casado com um homem poderoso. Ela poderia ter sido trabalhada suficiente.”

 

“Nenhum registro dela no fundamentar o dia de.”

 

“Sua criança era.”

 

“Seu…Comeon, Dallas. Você inventa que ela deixa sua criança como um homem de golpe. Bata menina. Bata criança.”

 

“Talvez a criança estava protegendo Mamãe.”

 

“Certo, espere.” Peabody subiu no carro. “Primeiro, vamos lembrar nós estamos conversando sobre uma menina de dez anos de idade.”

 

“As crianças foram sabidas matar.” Ela só seria oito quando ela matou seu pai. Quando ela o apunhalou repetidas vezes e acima de.

 

“Sim, geralmente fora de pânico, medo, ira, impulso. Mas geralmente um bom, não espiga de menina de classe alta de dez anos de idade o professor é ir-xícara com ricin. Está um pouco extremo.”

 

“Sim, é. Talvez ela não soube que ela estava o envenenando. A mãe diz, ‘Eh, vamos tocar um jogo. Deixe seja truque Sr. Foster today.’”

 

“É bonito duro para mim tragar que uma mãe consegue sua criança para fora de um professor porque ela tem estado tendo lições privadas de outro.”

 

Não, Decidido Eve, não saltou muito bem. Ainda. “Vale a pena visitar e conversar com ela.”

 

A cobertura topped do Straffos uma bala de prata macia e lustroso de um edifício que dispôs visões de rio de seu vislumbrando janelas de vidro e terraços largos.

 

Ambos o porteiro e construindo segurança era apropriadamente esnobe, mas também eficiente suficiente para verificar a identificação de polícia e claros eles dentro de momentos.

 

A porta da cobertura era aberta por uma mulher jovem com sardas espanando um rosto saudável que era topped por cabelo de cenoura vermelha. Seu sotaque era tão espesso quanto uma fatia de pão escuro.

 

Deu Um puxão rápido na barriga para ouvir isto, pensar sobre Roarke.

 

“O missus será direito com você. Ela e Rayleen estão só terminando café da manhã. O que você gostaria eu de trazer você então? Café, chá?”

 

“Nós somos bons, obrigado. De que parte da Irlanda você é?”

 

“Eu sou de Mayo. Você sabe isto?”

 

“Para falar a verdade não.”

 

“É adorável, então você verá se você tiver a chance de visitar. Eu tomarei seus casacos, devo eu?”

 

“Isso está certo.” Seguido ela abaixo o um varrer de foyer largo de arcadas de passos à direita, abertos levando a quartos aberto com janelas altas, altas. “Quanto tempo você trabalhou para o Straffos?”

 

“Isso seria seis meses agora. Por favor fique à vontade.” Ela gesticulou em direção aos sofás gêmeos macio e lustroso plumped com travesseiros de gel. Existia uma lareira, rubor e branco contra a parede, as chamas ligaram em um tímido azul que combinaram os tecidos. As mesas eram cubos claros com flores luxuriantes cortando e arrastando dentro deles.

 

“Você está certo que eu não posso trazer você algo para bebida quente? Está um frio lá fora hoje. Ah, aqui vem para o missus agora. E existe nossa princesa.”

 

Allika era blonde como sua filha, mas com destaca habilmente listrado pelo balanço pequeno de cabelo. Ela teve olhos a cor de espécies de mirtilo e pele madura tão branca e suave quanto leite. Ela vestiu um conjunto de suéter elegante para combinar seus olhos, e pedra-calças cinzas que exibiram-se pernas longas.

 

Ela segurou mão da sua filha.

 

O rosto do Rayleen era brilhante e ávido. “Mãe, esta são a polícia que veio para a escola. Isto é Tenente Dallas e Detetive Peabody. Você veio para dizer a nós que você descobriu o que acontecemos para Sr. Foster?”

 

“Nós estamos ainda trabalhando nisto.”

 

“Rayleen, você precisa ir com Cora agora e consegue seu casaco. Você não quer ficar atrasado para a escola.”

 

“Eu não podia ficar e conversar, também? Estaria uma ausência desculpada, como compromisso do doutor, e não contaria contra minha assistência.”

“Não hoje.”

“Mas eu sou a pessoa que o achou. Eu sou uma testemunha.” Até como Rayleen fez beicinho, Allika tomou rosto da sua filha em suas mãos, beijadas ambas suas bochechas.

“Seja minha boa menina agora e vai com Cora. Eu verei você quando você chegar em casa da escola.”

Rayleen alarga um suspiro pesado. “Eu desejo que eu pudesse ficar e conversar,” ela disse para Eve, mas foi obedientemente com Cora.

“Ela é manipulação esta coisa horrível tão bem, realmente. Ainda, ela teve pesadelos ontem à noite. É terrível de mim, eu suponho, mas tudo que eu continuo desejar ser que tinha sido outra criança para o achar com Melodie. Existe qualquer coisa mais? Algo que você não quis dizer na frente de Rayleen?”

“Pode você dizer a nós se você, sua filha, ou seu marido teve qualquer dificuldade com Sr. Foster?’

“Dificuldade? Não. Ele era professor de favorito do Rayleen, realmente. Marcas superiores através da diretoria em sua classe. Rayleen é um aluno excepcional. Craig fez seu líder de classe. Ela também é classifica líder em sua classe de Literatura e em Ciências de Computador. Ela ama a escola.”

 

“Quando era a última vez que você viu Sr. Foster?”

 

“Na última conferência de professor de pai em, hmmm, novembro. Não, não, eu sinto muito, isto está errado. Teria estado na festa de feriado em dezembro. A escola suspende as últimas duas classes do dia, e os pais ou guardiães são convidados. A orquestra da escola e grupo corais tocam, e isso pode estar interessando,” ela adicionou com um risada rápido. “Existem refrescos depois do programa. Eu o vi lá, falou com ele. Rayleen deu a ele um pouco presente. Um café assalta que ela fez em classe de cerâmica. Isto é todo tão trágico. Eu desejo que eu pudesse manter sua casa.”

 

Ela amassou seus dedos em suas coxas. “Determinado dRay não faltar a escola, e muito firma do meu marido sobre suas classes contínuas, a normalidade. Eu sou ultrapassado em votação,” ela disse com um sorriso rápido. “Eu suponho que eles são ambos os direito, mas é duro de enviar seu lá depois deste.”

“Sr. nutriu já fala com você sobre Sr. Williams?”

“Sr. Williams?” Lá era—que chameja acima do rosto que era choque e culpabilidade e um pouco de medo. “Não que eu posso recordar. Por que iria ele?”

“Você e Sr. Williams são amigáveis.”

“Eu tento ser amigável com todo o pessoal em Sarah Childand.”

“Mais amigável com algum que outros.”

“Eu não gosto de sua implicação, e eu não entendo isto.” Ela chegou a seus pés, mas o gesto era um de pânico em lugar de autoridade. “Eu penso que você devia ir agora.”

“Certo, nós podemos fazer isto. Nós só iremos por escritório do seu marido, discuta este com ele.”

“Espere.” Allika levantou uma mão como Começou a subir. “Espere. Eu não sei o que você ouviu ou o que você acredita, mas…” Ela glanced em direção ao foyer, tomou uma respiração quieta como ela ouviu Rayleen que tagarela com Cora como eles partiram para a escola. “Não é sua preocupação, não é seus negócios.”

“Qualquer coisa que toca em Craig Foster é nossos negócios.”

“Minha vida pessoal…Você não tem nenhuma razão para conversar com Oliver sobre…sobre fofoca.”

“Foster sabe sobre você e Reed Williams? Ele disse a você, diga a Williams que ele reportaria seus afazeres?”

“Não era uns afazeres! Era…isto era um lapso, um lapso momentâneo. Eu quebrei isto fora de semanas atrás.”

“Por que?”

“Porque eu vim para meus sentidos.” Ela empurrou em seu cabelo. “Eu tenho…com os feriados vindo, eu tenho dificuldade com depressão. Nosso filho, nosso Trev, mortos três anos atrás, Natal de manhã.”

“Eu sinto tanto, Sra. Straffo,” Peabody põe em. “Como ele morreu?”

“Ele…” Allika afundou abaixo novamente. “Nós estávamos gastando o feriado em nossa casa…Nós tivemos uma casa em Connecticut. Ele, ele não era bastante dois. Trev. E ele estava tão excitado sobre Santa. Ele saiu da cama cedo. Era ainda escuro quando…Ele caiu, ele caiu os degraus. Um modo tão longo, um menino tão pequeno. Ele deve ter estado correndo, eles disseram, parando de ver o que Santa trouxe, e ele caiu e seu pescoço…”

“Eu muito sinto muito,” Peabody repetiu. “Eu não penso nada pode ser mais difícil para um pai.”

“Eu quebrei para pedaços. Levou meses de tratamento para me pôr de volta junto. Eu não acho que eu já serei completamente atrás, ou que eu devia voltar. Mas nós tivemos Rayleen. Nós tivemos outra criança, e ela nos precisou. Nós não temos a casa em Connecticut, mas nós temos Ray, e ela merece uma vida normal.”

“Você ficou envolvido com Reed Williams,” Iniciado Eve, “porque você era deprimido.”

“Eu sei que não é uma desculpa; Eu soube isto quando estava acontecendo. Como Natal consegue fechar, eu machuco, e quando eu machucar, eu fecho um pouco de parte de mim. Reed—ele ajudou bloqueia isto, isto é todo. Estava excitando, e era tolo. Meu marido e eu, nós não somos as mesmas pessoas que nós éramos na frente de Trevor morrer. Mas nós estamos tentando, nós continuamos tentando. Eu era estúpido e egoísta, e se ele descobrir, o machucará. Eu não quero isto.”

“E se Foster reportou isto?”

“Ele não soube.” Ela deitou uma mão em sua garganta, roçadura, roçadura como se em uma dor. “Eu não vejo como ele podia ter. Ele nunca disse qualquer coisa para mim, e nós conversamos que—eu disse a você—na festa de feriado. Era um engano, sim, mas era sexo justo. Só duas vezes. Só duas vezes. Não quis dizer nada mais que aquele para mim ou para Reed.”

“Williams disse qualquer coisa para você sobre Foster?”

“Nós não fizemos muito conversar. Era físico, era raso, então estava terminado.”

“Ele estava chateado que você concluiu isto?”

“Não por isso, que—eu admito—só fiz-me sentir mais estúpido.” Ela fechou seus olhos, endireitados seus ombros, abriu eles novamente. “Se por um pouco de razão você precisa dizer a Oliver sobre este, eu gostaria de falar com ele primeiro. Eu gostaria de tentar explicar antes dele ouvir isto da polícia.”

“Eu não faço, neste momento, veja qualquer razão para discutir isto com ele. Se aquelas mudanças, eu informarei.”

“Obrigado.”

 

Eles administraram para pigeonhole os outros que registraram no dia da morte do Foster, mas não teve nada sólidas depois das entrevistas. Eve voltou o centro da cidade.

“Quantas vezes você pensa que Allika Straffo tem sido estúpido durante seu casamento?”

“Eu penso que isto é o primeiro. Ela pareceu muito nervosa, muito culpada, muito arrependido para ele ser um hábito. Você pergunta a mim? Vulnerabilidade de Williams cheiroso e movido em. E eu não penso que Foster conheceu.”

Eve Glanced acima de. “Por que?”

“Porque de tudo que nós sabemos sobre ele, ele vem depois de como um atirador realmente direto. Eu não posso ver ele tendo uma conversação de festa casual, normal com Allika se ele visse ela fazendo a ação com Williams. E ela teria sentido seu conhecimento. Instinto de aumento de níveis sexuais altos, eu penso. Ela teria estado excitada, e culpada, e ela teria sabido se ele soubesse. Eu acho que ela acabou de cometer um engano.”

“É disso que adultério é?” Perguntado Eve.

Peabody torceu um pouco. “Certo, é uma traição, e ele é um insulto. Ela traiu e insultou seu marido com Williams. Agora ela tem que viver com isto. E Roarke não está para trair ou insultar você naquele modo.”

“Isto não é sobre mim.”

“Não, mas existe alguns sobreporem em sua mente. Não deveria existir.”

Devia ou não devia, estava lá, e ela não gostou disto. Mas ela fez seu trabalho. O lab não achou nenhum rastro de ricin na mistura ou Líquido tirou do apartamento de Foster. Aquele confirmado o veneno foi introduzido na cena.

Ela voltou para sua linha de tempo, adicionando detalhes das entrevistas matutinas. Dentro e fora, ela pensou. Pessoas dentro e fora, demorando, vagando, passando por um ao outro.

Ela precisou de um vínculo para o veneno.

Ela vagou ao redor sua tábua, sentada atrás em sua escrivaninha. Fechados seus olhos. Debruçado em cima novamente e reread suas próprias notas e relatórios. Levantou, compassou.

 

Mas sua mente só não pegaria. Pensando dar isto um impulso, ela abriu o de volta de seu computador, alcançado em para onde ela bateu um bar de doce para o dentro do caso.

E era ido.

“Isto é fucked.” Ela podia ver um rastro da fita onde pegou quando o doce tinha sido arrancado. O ladrão de doce insidioso teve atingiu novamente.

Não pela primeira vez que ela considerou pôr olhos e orelhas em seu escritório. Um pouco vigilância, um pouco chocolate, e ela iria busto o roubo bastardo.

Mas isso não era o modo que ela quis ganhar. Este, ela pensou, era uma batalha de legava e intelecto, não tecnologia.

Seu desgosto com ter sua dificuldade de chocolate beliscou fora de debaixo de seu nariz manteve seu ocupados para os próximos minutos. Então ela desistiu, contactado escritório da Dr.Mira, admin do e browbeat Mira em um compromisso.

Ela abateu cópias dos arquivos, atirados outro fixa para seu chefe, com um memorando para Whitney que ela estava consultando o profiler.

Ela fechou seus olhos novamente, pensou sobre café. E adormeceu.

Ela estava no quarto em Dallas. Frio glacial, com a luz vermelha suja do sexo bate do outro lado da rua maldito. A faca estava em suas mãos, e suas mãos eram encharcadas em sangue. Ele deita lá, o homem que deu sua vida. O homem que a estuprou, bata ela, atormentada ela.

Feita agora, ela pensou, uma mulher crescida segurando a faca em vez de uma criança. Feita agora, o que teve que ser feito. Uma mulher crescida cujo braço gritado com dor do osso quebrado da criança.

Ela podia cheirar o sangue, cheire a morte.

Embalando seu braço quebrado, ela andou de volta da cena, girada escapar.

A porta do quarto estava aberta, e dentro de duas figuras movido fluidly, de alguma maneira graciosamente na cama. A luz relampejada acima deles, fora deles, acima de. Seu cabelo era escuro e cintilando, seus olhos brilhantes. Ela soube a curva de seu rosto, seus ombros, a linha de suas costas, a ondulação de músculo nisto.

A mulher ele era dentro de gemido fora seu prazer, e seu cabelo dourado brilhado na luz feia.

A dor era pior que o osso quebrado, pior que o estupro. Vibrou por sua toda cela, todo músculo, todo poro.

Atrás dela, De pai morto riu. “Você realmente não esperou que ele ficar com você? Olhe para ele, olhe para ela. Você até não vem para fechar. Todo mundo fraudes, pequena menina.”

E ela estava um pouco menina novamente, tremendo com náusea, com dor, com helplessness.

“Vá em frente, pague a eles de volta. Você sabe como.”

Quando ela olhou abaixo, a faca estava em sua mão, sua lâmina molhada e vermelha.

 

SE OLHARES PODIAM MATAR, O OLHAR FIXO MIRA OVERPROTECTIVEadmin apontou teria solto Naquele mesmo lugar. Ela conseguiu sobreviver a isto, e entrou achar Mira em sua escrivaninha.

Como sempre, Mira pareceu calma. Seu cabelo de zibelina cresceu mais longo, e era sassily acenou hoje em um De estilo Eve não viu nela antes. Sempre deu um sacudir Quando as pessoas mudadas aquele tipo de coisa. Apague eles de contexto, ela decidiu.

Era um estilo mais jovem, mais alegre e ondulou de volta de rosto adorável da Mira. Ela vestiu um de seus bonitos ternos em um De cor Eve supôs era cinza mas contou com ela gostar de vislumbrar névoa, e de alguma maneira fez olhos da Mira, uma suave azul, olhe mais fundo.

Ela vestiu isto com prata; Espirais em suas orelhas, uma cadeia trancada com um pendente que teve uma pedra clara centrou em uma colocação cauterizada ao redor seu pescoço.

Eve perguntou-se se Roarke teria considerado isto amigável com tela, e decidiu aquele o que era era de alguma maneira perfeito.

“Eve.” Mira sorriu. “Eu sinto muito, eu não tive uma chance de ler o arquivo.”

“Apertado em seu horário.”

“Existe sempre um pouco meneia quarto. Você dará a mim a essência,” ela continuou como Ela levantou para ir para seu escritório AutoChef. “Caso duro?”

“Principalmente eles são.”

“Você parece especialmente cansado.”

“Não chegando nenhum lugar. O vic era um professor. História. Escola particular,” ela começou e preencheu o branquear enquanto Mira programada o chá de flor ela gostou.

Mira gesticulou para uma cadeira como Falou, então levou um se como ela deu Uma das xícaras de chá.

“O envenenamento é distante,” Mira comentou como ela sipped. “Mantenha as mãos limpas. Nenhum contato físico necessário. Desapaixonado, mais normalmente. Freqüentemente uma modo. Não exclusivamente, claro, mas freqüentemente uma escolha.”

“Eu não posso obrigar a um motivo. Mais alta na lista é o assassinato para o silenciar. Ele era, supostamente, cientes aqueles de seus professores das mesmas categoria gostados de prateleira em cima negócios com membros de faculdade, mães de alunos.”

“Que, potencialmente, seria chãos para ação disciplinara, até demissão. Ricin envenenando,” Mira meditou. “Um pouco antiquado, até exótico. E não que eficiente quanto outras opções, mas mais fáceis vir por se você tiver qualquer conhecimento da ciência.”

“Trabalhada bonita maldição bem.”

“Sim, certamente pode. Então o assassinato era planejado, timed, executou. Não impulso, não no calor do momento. Calculou.”

Equilibrando o pires em seu joelho de um modo Achou ambos confundir e admirável, Mira continuou. “É possível, claro, que o veneno já estava no ambiente do assassino, e aquele acesso fácil fez isto o método escolhido. De que você disse a mim, a vítima era desavisado que ele estava em qualquer perigo, estava debaixo de qualquer ameaça, incorreu raiva de ninguém.”

“Ele estava indo sobre sua rotina,” Confirmado. “Ninguém perto dele relatórios qualquer puxão em seu passo largo.”

“Eu diria que o assassino abrigou este ressentimento, esta raiva, ou este motivo enquanto continuando a ir sobre seus negócios. Planejou os detalhes, acessou o método. A matança era simplesmente algo que precisada ser feito. Ele não precisou assistir a vítima morrer, ou o toque, fale com ele. Ele não estava preocupado isto, em toda probabilidade, seria uma criança ou crianças que descobriram o corpo.”

Mira considerou isto outro minuto. “Se ele fosse um pai, eu teria que dizer que é um que põe suas próprias necessidades e deseja acima daquela de sua criança. Um professor? Um que vê as crianças como um trabalho, como unidades em lugar de crianças. Isto era significar para um fim. Eficazmente feito, com um mínimo nu de envolvimento.”

“Ele não está procurando pela atenção ou para glória. Ele não é louco.”

“Eu não diria. Mas alguém que pode seguir um horário, e trabalhos em uma moda ema ordem.”

“Eu vou olhar para a faculdade novamente, o pessoal de suporte. Os horários são o bedrock de sistemas da escola, o modo que eu lembro disto. E alguém dentro do sistema teria um melhor, e limpador, conhecimento do horário do vic.”

Ela empurrou em cima e compassou um pouco. “Além disso, eles deveriam estar lá. Exigido. Nada suspeito sobre aparecer para trabalhar, fazendo seu trabalho. Alguns dos pais, os guardiães entram com uma criança aqui e lá, entregue algo, segure uma reunião, mas o assassino teve que saber aquele se seu nome estava no registrar lista quando não geralmente era, nós tomaríamos um bem olhar.”

“Seria possível para alguém ter acessado o edifício sem registrar?”

“Existe sempre um modo, e ele vai ser verificado. Mas eu não gosto disto.” se sentou novamente, empurrou em cima novamente em um modo inquieto que teve Mira assistindo ela. “Mantém o nome fora do laço—potencialmente—mas não é tão eficiente quanto só registrando como sempre. Mais arriscado que precisado. O assassinato era arriscado, mas como você disse, calculou. Tempos. Eu aposto o filho de uma cadela praticada.”

Ela encheu ela entrega seus bolsos, absently toyed com créditos soltos. “De qualquer maneira, obrigado pelo tempo.”

“Eu lerei o arquivo, dá a você um perfil mais formal e opinião.”

“Aprecie isto.”

“Agora, diga a mim o que estou errado.”

“Eu acabei de fazer. Sujeito morto. Nenhum sólido leva.”

“Você não me confia, Eve?”

Era o que Roarke perguntou a ela a noite antes, em quase o mesmo tom paciente. E ele a quebrou. Sua respiração engatou dentro e fora uma vez antes dela controlar isto. “Existe uma mulher,” ela administrou.

 

Mira soube que De coração e se importou bem suficiente para entender que era muito pessoal, e nada a ver com assassinato. “Sente-se.”

“Eu não posso. Eu não posso. Existe uma mulher que ele costumava conhecer, costumava ser. Ele poderia ter a amado. Eu penso que ele fez. Deus. Ela volta, e ele é que…eu não sei o que fazer. Eu sou messing ele. Eu não posso obstruir messing isto.”

“Você pensa que ele tem sido infiel?”

“Não.” Desfeita, ela apertou seus dedos para seus olhos. “Veja, parte de mim quero dizer, ‘Não yet.’ E o resto de mim digo, ‘Isto é bullshit.’ que Não é seu modo. Mas ela está aqui, e ela é que—ela não é como os outros.”

“Deixe-me dizer primeiro aquele em meu pessoal, e minha opinião profissionais, Roarke ama você para o ponto onde há lugar para qualquer outro. E eu concordo, sendo infiel para você não é seu modo. Não só por causa daquele amor, mas porque ele respeita você—e ele mesmo—extremamente muito. Agora. Diga a mim sobre a mulher.”

“Ela é bonita. Seriamente bonita. Ela é mais jovem, mais bonita, e de mais primeira que eu. Ela tem maior tits. Eu sei aquele sons ridiculous.”

“Certamente não faz. Eu intensamente a repugno.”

Eve riu até como uma lágrima escapou e era dashed longe. “Sim. Obrigado. Seu nome é Magdelana. Ele chama seu Maggie às vezes.” Ela apertou uma mão para sua barriga. “Eu tenho náuseas. Eu não posso realmente comer, não pode realmente dormir.”

“Eve, você precisa conversar com ele sobre este.”

“Eu fiz. Nós fizemos, e tudo que nós fomos círculo e urinar um ao outro. Eu não sei como trabalhar deste modo.” Rasgada entre frustração e medo, Arrastou suas mãos por seu cabelo. “Eu só não sei as cordas. Summerset disse a mim que ela é perigosa.”

“Summerset?”

“Sim.” Existia—quase—diversão na surpresa em tom da Mira. “Contribua a cabeça, certa? Ele realmente me prefere acima dela, para Roarke. Agora mesmo, de qualquer maneira.”

“Isso não me surpreende no menos. Por que ele diz que ela é perigosa?”

“Ela é um usuário, ele diz. Apartamento de Roarke deixado sobre anos de uma dúzia de atrás.”

“Muito tempo. Ele teria sido muito jovem.”

“Sim.” Ela movimentou a cabeça, vendo Mira compreendida. “Corta mais fundo quando você for jovem, antes de você realmente constrói a pele por ser machucado aquele modo. Veja, ela o deixou. Isto é pior. É pior porque é negócios inacabados para ele, porque ele não acabou de não vir para sua conclusão natural ou qualquer. Ela saiu nele. E então, ela caminhou de volta em.”

Ela se sentou agora, na extremidade da cadeira. “Nós estávamos neste restaurante de fantasia. Jantar de negócios, e eu estava atrasado. Pego este caso, e eu não mudei, então eu era, sabe. E então ela disse seu nome. Ele examinou, e ela era um eyeful. Vestido vermelho, blonde. Estava lá, só para um momento, estava lá em seus olhos. Ele não olha para ninguém mas mim assim, mas ele olhou para ela. Só para uma segunda. Nem mesmo uma segunda, metade de uma batida do coração. Mas estava lá. Eu vi isto.”

“Eu não duvido você.”

“Existe calor entre eles. Eu posso sentir isto.”

“Memórias, Eve, são forças poderosas. Você sabe isto. Mas lembrando não faz eles viáveis.”

“Ele almoçou com ela.”

“Hmm.”

“Ele estava todos aberto sobre ele e tudo. Nenhum furtivas ao redor atrás de minhas costas, nenhum senhor. E ele disse que ela perguntou a ele por algum conselho de negócios. Mas ela disse que—Ela veio para meu escritório.”

“Ela veio para ver você?”

Eve teve que estar novamente, tido que mover novamente. “Ela disse que ela quis me comprar um bebida, tenha uma conversa. Todos os sorrisos e vamos ser-amigos. Mas o que ela disse não era o que ela estava pensando, não o que ela teve em mente. Deus, aqueles sons estúpidos.”

“Não faz,” Mira discordou naquele mesmo tom tranqüilo. “Você é treinado para ouvir o que não é dito. E até quando for isto intensamente pessoal, você ouviria.”

“Certo.” Eve alarga uma respiração. “Certa. Ela era scoping mim, soltando pequenos petiscos. Ela fez isto som como se ela e Roarke iriam trabalhar junto. Ela está me tocando, e eu não posso achar o ritmo para chutar seu o inferno fora do campo.”

“Porém satisfazendo que poderia ser, chutando ela fora do campo não resolverá este para você. Ele tem que fazer isto. Você disse a ele isto está machucando você?”

“Eu me sinto estúpido suficiente. Ele não fez nada. O fato que eles têm este calor e história entre eles, bem, ele não pode fazer qualquer coisa sobre isto. É. Ela sabe isto, e ela usará isto. Então…eu acho que ele terá que fazer uma escolha.”

“Você duvida que ele ame você?”

“Não. Mas ele amou seu primeiro.”

“Você quer meu conselho?”

“Eu acho que eu deva, desde que eu esvaziei tudo isso em você.”

Mira subiu, tomou Eve De braços. “Vá para casa, tenha algum sono. Tome algo se você deve, mas consiga umas horas de dormir. Então diga a Roarke como você sente. Diga a ele que você se sente estúpido, que você sente machuca, que você sabe que ele não fez nadas. Não são sempre racionais e razoáveis. É por isso que eles são . Você é intitulado para seu, e ele é intitulado para saber o que seu são.”

“Bem de sons em teoria. Ainda que eu podia trabalhar o cortar isto, eu não posso fazer isto. Eu tenho aquele goddamn lidar com Nadine hoje à noite.”

“Oh, de estréia do course.Now. Dennis e eu ambos estarão assistindo.” Ela fez algo então ela raramente fez, ou Raramente permitiria. Mira escovou ela dar De cabelo, então debruçado em, beijada sua bochecha. “Você será maravilhoso, e quando for feito, quando você teve sono da noite decente, você conversará com Roarke. Talvez ele tem uma escolha para fazer, mas tudo que eu sinto, tudo que eu sei, diz absolutamente aquela escolha sempre será você.”

“Ela fala francês e Italiano.”

“Aquela cadela.”

Eve administrou um risada, então fez algo ela nunca faria. Ela simplesmente abaixou sua sobrancelha para da Mira e fechou seus olhos. “Certos,” ela quietamente disse. “Certo.”

 

 O bater e arejando de todas aquelas emoções poderiam ter dado ela enxaqueca de um perfurar, mas apesar disto, ela se sentiu melhor.

 

Quando ela caminhou de volta em sua divisão, ela viu Peabody que se senta em sua escrivaninha na caneta de touro que conversa com uma mulher pequena, escura-cabeluda. Peabody bateu levemente a mulher no braço, rosa.

“Aqui é o tenente agora. Dallas, isto é Laina Sanchez. Nós temos conversado. Talvez nós podemos usar o vadiar?”

“Certo.” Ela viu agora, como Laina levered para seus pés, que a mulher era várias meses em gestação.

“Eu pensei que eu devia entrar.” A voz da Laina estava um pouco acentuada e gutural. “Eu conversei com Hallie depois que você a entrevistou. O detetive Peabody me entrevistou na escola o dia…o dia que Craig morreu. Então eu entrei a ver.”

“Multa.” No vadiar ela viu Baxter e Trueheart—o liso e o inocente—em uma mesa em um canto com uns guarda-sóis de sujeito fraco, nervoso cansativo.

Bom-junkie, Decidido. Provavelmente uma de doninhas do Baxter. Ela sacudiu por seus arquivos mentais para tentar obrigar ao que casos o par estava trabalhando enquanto Peabody ofereceu a Laina um bebida.

Homicídio subterrâneo, ela lembrou. Turista morto que, apareceu, tinha tentado marcar em um dos sórdidos buracos debaixo de ruas de Nova York.

Baxter é olhar sacudida para sua muito brevemente para medir, mas no olhar ela viu que o junkie teve algo que era aquecer a investigação.

Pelo menos alguém teve um decente principal.

Ela foi para a água porque o café no vadiar estava revoltando. E acomodando-se, deixe Peabody correr isto.

“Nós realmente apreciamos você entrando como isto, Laina. Tenente, Laina desceu no metrô. Eu disse a ela que nós teríamos sua dirigidas casa. Que direito de todo, não é?”

“Nenhum problema.”

“Laina, você gostaria de dizer a Tenente Dallas o que você disse a mim?”

“Certo. Eu luar para Hallie às vezes. Eu sei que ela disse a você, e que eu não sou realmente suposto para. Mas as ajudas de dinheiro, e Hallie tem sido muito bom para mim. Ela disse a mim que você falou com ela, e qual era dita.”

“Por que você não diz a mim, Sra. Sanchez?”

“Sim.” Laina movimentou a cabeça. “Primeiro eu quis dizer a você que nós nos encontramos na cozinha que manhã. Nós tivemos café, conversadas por algum tempo sobre um pouco de mudanças de menu, e só…bem, nós acabamos de conversar, como amigos fazem.”

Agora ela trocou, deitando uma mão em sua pancada de barriga. “Hallie disse a mim que você perguntou sobre Sr. Williams, e se ele iria…se existiu qualquer coisa pessoal entre eles. Interessado do claro que Hallie em homens naquele modo. Mas nós também conversamos sobre que ela não disse a você, porque ela é meu amigo.”

“Lá algo era pessoal entre você e Sr. Williams?”

“Não.” Laina esvaziou e fechou um dar a pequena cruz de prata que ela vestiu ao redor seu pescoço. “Não, não. Eu sou casado. Isto significa existir linhas que não são cruzadas. Para mim e meu marido, isto significa existir linhas. Para Sr. Williams, as linhas estão menos definidas. Ele paquerou comigo. Era desconfortável por causa de nossas posições, mas, eu pensei, inocente. Então ele me tocou. Ele põe sua mão em meu peito.”

Eve esperou uma batida. “E?”

“Eu bato sua mão com uma colher,” Laina estalou fora, cheia de indignação. “Muito dura. Ele pensou que era engraçado. Eu não disse meu marido. Ele não teria pensado que era engraçado. Eu não disse ninguém porque eu não quis perder meu trabalho.”

“Ele continuou a hostilizar você?”

“Sr. Williams perguntou a mim para jantar, e perguntou a mim por bebidas, e perguntaram a mim para a cama. Ele me tocou novamente, e aquele tempo eu slapped seu rosto. Ele não era desencorajado. Eu devia ter o reportado, eu sei, mas quando eu disse se ele não parasse, eu iria, ele acabou de encolher os ombros. Ele tem estado lá muito mais longo que eu tive, e ele seria acreditado antes de eu iria. Ele diria que eu o abordei, e eu seria despedido.”

“O que você fez?”

“Nada. Eu tenho vergonha de dizer que eu não fiz nada. Ele partiu, e eu continuei trabalhando. Eu chorei. Eu não podia ajudar isto. E Craig entrou, e achou-me chorando. Ele perguntou a mim qual estava errado. Eu não disse a ele, mas eu penso que ele soube. Ele teria passado por Sr. Williams saindo, então eu penso que ele soube. E Sr. Williams nunca me aborreceu novamente depois disto. Eu penso que Craig disse que ele me deixasse só.”

Ela alarga um suspiro, bebeu alguma água. “Eu devia ter dito você, Detetive Peabody, todos este quando você conversou comigo aquele dia. Mas eu não pensei sobre isto. Eu estava só pensando que Craig estava morto. Ele era um homem tão doce, e ele estava morto. Eu nunca pensou daquele dia.”

“Quando isto aconteceu? O dia Craig achou você chorando?”

“Era antes da fratura de feriado. Semanas e semanas atrás. Assim eu não vejo que quer dizer qualquer coisa. Mas Hallie disse que eu devia dizer a você. Que você devia saber tudo. Eu desejo que você não tivesse que dizer meu marido. Ele estaria bravo comigo para não dizer a ele, e bravo com Sr. Williams. Ele causaria dificuldade na escola.”

“Não existe nenhuma razão que nós precisamos dizer seu marido, Sra. Sanchez, mas deixe-me dizer a você algo. Se você estivesse sexualmente hostilizado por Williams, você devia reportar isto. Se ele fez este para você, ele o fez para outros. Ele não devia segurar a posição que ele faz, e ele não devia cair fora com isto. Você podia conseguir você mesmo um advogado e processar seu asno em cima disto.”

“Quem acreditaria me em?”

“Eu acredito em você.”

 

Eve se sentou onde ela estava outro momento enquanto Peabody tirou Laina organizar para seu transporte casa. Williams, ela pensou. Apesar de nenhuma evidência de violência em seu MO, ele era um predador sexual. Não um pulo tão grande de que assassinar.

De qualquer modo, o filho de uma cadela merecida para ter o cagar excluído dele.

Ela permaneceu da mesma maneira que Baxter encabeçou em sua direção. “Dallas,” ele começou, então a estudou com uma cabeça armada. “Irmã, você parece com algo o gato não aborreceria arrastar em.”

“Isto é Irmã Tenente Eve, e me morda.”

“Um bom chomp provavelmente faria isto o modo que você está olhando. De qualquer maneira. Nós ficamos quente no caso de Advogado.”

“Turista de Ohio, certo?”

 

“Omaha. Mesma diferença. O cidadão preocupado Trueheart está escoltando fora avançou como uma testemunha.”

“Isso lastima uma de suas doninhas?”

“Sim, ele está em meu pãozinho.” Baxter ficou confortável, canteiro seu asno na mesa. “A coisa é, ele viu afundar, arranhado seu alvo acima dele por um dia ou então, então tagged me. Vic afundou o subterrâneo, debaixo de Broadway e Trinta-oitava. Fogo do inferno. Você sabe a articulação?”

“Sim. S-e-M tema, muitos favores de festa. Sacrifícios humanos falsos noturnos. Eu gosto de soltar em relaxar depois de um turno longo.”

Baxter grinned. “Só seu estilo. Então o vic passeios em, unidade de pulso chamativo, sapatos brilhantes, grande atitude. Alugue um escravo, pagamentos para o pacote de escravidão de luxo.”

“De luxo?”

“Isso seria suas cadeias, chicotes, mordaça de bola em sua escolha de cores, mini-Taser, ate, e colarinho. Aluguel de três horas.”

“O que, nenhuma fantasia?”

“As fantasias são o pacote de luxo super. Mas ele pulou para um dos cubos de exibição assim ele podia colocar um show para a multidão.”

“Bom.”

“Ele quer marcar antes dele conseguir suas pedras, então ele zeros em Sykes.” Baxter, não como nervoso sobre café como , subjugado e keyed em seu código na máquina. “Você quer?”

“Não. Eu posso viver sem beber lama feita de sujeira e cavalo urinar.”

“Ele quer que uma amostra livre—pode você bater —quer um freebie antes dele pagar. Sykes diz a ele para fuck fora de, mas o sujeito o persegue. Ele pegou bastante para gastar, mas ele quer um gosto primeiro. Cutuque em Sykes, flashs um chumaço. ‘Gimme um gosto e se eu gostar disto, eu comprarei um cheio bag.’ Assim Sykes, que teve uma amostra livre ou dois ele mesmo, diz, ‘eu darei a você um gosto, fuckface, veja como você gosta de this.’ E resultado monetário para o pegar uns tempos de dúzia do par com sua faca de corço.”

Eve esperou até Baxter plantou seu asno novamente. “Ele conseguiu o ponto.”

“Har. Depois de ponto dito ser feito, Sykes arrasta corpo morto do Advogado em cima, leva ele fora do clube, e o esvazie na parte inferior dos degraus na passagem abaixo na Broadway. Onde ele estava subseqüentemente tropeçado acima de por um idiota crianças de academia que pensaram que eles gostariam de uma aventura subterrânea.”

“Uma fábula urbana. Você sabe onde achar Sykes?”

“Conseguido um par de assombre além de seu último conhecido. Eu esperar tentar o último conhecido primeiro. Tente manter minha criança acima da calçada. É uma selva abaixo lá.”

“De qualquer modo, fecha isto.”

“Eu pensei que eu deixei Trueheart tomar a iniciativa na entrevista uma vez que nós temos Sykes na caixa. Dê a ele um pouco de tocar.”

Eve Pensou do bebê-enfrentado Trueheart. Provavelmente serviria o para, e Baxter não deixaria ir para sul. “Seu telefonema. Notifique Illegals depois de que você fechar isto. Eles podem etiqueta em qualquer carrega que eles querem escolher do menu. Mas coisa em cima o Assassinato Dois primeiro.”

“Isto é o plano. Oh, e quebre uma perna.”

“O que?”

“É disso que você diz para alguém antes de uma apresentação, que parece bonita maldição estúpida para me.Now. Nadine.”

“Cristo,” era tudo que ela disse, e stalked fora.

 

Ela achou Peabody em Vender só abaixo da caneta de touro. O rosto do Peabody era um estudo em concentração como ela esquadrinhou os oferecimentos. “O bar de energia ou Goo-Goo tranca. O Bar de Energia é, claro, nutritionally equilibrado, mas o Goo-Goo é delicioso e me fornece com grande joy até a culpabilidade aparecer. Qual devia ser?”

“Você vai ir para o chocolate de fraude e açúcar. Por que torture você mesmo acima disto?”

“Por favor, Tenente, isto é um processo. A tortura é parte do processo. Goo-Goo é. Você quer?”

O que ela quis era o bar de doce que ela escondeu em seu escritório, mas isso era não ser. “Sim, que diabo.”

Enquanto a máquina gorjeada fora o tinido de Goo-Goo e os dados nutricionais até Quis quebrar isto com um martelo, ela e Peabody permaneceram mastigando em doce. “Eu quero que Williams levantou, diminuiu para interrogatório. Nós enviaremos um par de grande, pedra-enfrentada, intimidando uniformes para a escola.”

“Toque bom. Assustador, mas é como você está dizendo que você não tem tempo para ir o conseguir você mesmo.”

“Nós registraremos Quarto de Entrevista B. Baxter e Trueheart estão trazendo para dentro um suspeito. Nós deixaremos Um para eles.”

“Eu sei que uns uniformes que seria perfeito para o pickup.”

“Pegue isto feito.” Carranca abaixo no doce. “Estas coisas fazem que você se sente um pouco enjoado?”

“Oh, sim, isto é parte da excitação.”

Eve deu a última metade de seu Goo-Goo para Peabody. “Vá selvagem. Enquanto isso, eu vou tentar corretor nós outra autorização para ir por residência do Williams, todos seus e-brinquedos.”

Eve contactou APA Cher Reo, e aprendeu o bonito blonde já estava no edifício. Eles se encontraram em escritório De Eve onde o café, pelo menos, era principal.

“Sabe,” Reo começou, “você pensaria que coisas diminuir a velocidade neste tipo de tempo. Mas apesar do frio, o gelo, o vento, pessoas estão ainda estuprando e roubando e rasgando em um ao outro.” Reo tomou um gole apreciativo de café. “O tipo de mim faz orgulhoso estar um New Yorker.”

“Nós não deixamos inverno entrar o modo de nosso mayhem. Então, sobre meu professor morto.” trouxe seu em dia, fez o lançar para uma procura autoriza.

“Sanchez arquivará uma reclamação?”

“Não pode dizer. Agora mesmo ela está preocupada se suas pistas de marido nele apresentará mayhem em Williams. Mas ela entrou, e ela disse isto diretamente. Esta caça do sujeito em chãos da escola.”

“Você suspeita que ele está caçando alunos?”

“Eu não tenho nada aqueles pontos que modo, mas não é fora de cogitação. Conta com que eu goste do vic teve um vir-para-Jesus conversa com ele. Nenhuma razão para Williams para atrás fora em Sanchez caso contrário. Outras declarações indicam Craig o viu em posição de um comprometer com alguém que ele não devia ter estado comprometendo. A escola não só um bom gig—paga bem, bom bennies, limpe e brilhante, mas ele é um tudo que-você-pode-atarraxar bufê para alguém gostar de Williams.”

 

“Nossa.” Reo abaixou café. “Por que eu já não posso conseguir um sujeito agradável assim?”

“Talvez você processará e o condenará, então você podia ser penpals.”

“Oh, se somente.”

“Então. Se o vic ameaçou Williams está permanecendo, ele pode ter decidido eliminar a ameaça.”

“Nenhuma história de violência, nenhum antecedente penal, nenhum terno civil?”

“Não, mas você precisa começar em algum lugar. É suficiente para uma autorização, Reo.”

“Talvez. Eu posso trabalhar isto,” ela decidiu. “Mas o fato que o sujeito é um porco não o faz porco de um assassinar. Ache-me algo que digo que ele é.”

Como Reo encabeçou fora, ela glanced atrás. “A propósito, esperando ansiosamente ver você e Nadine hoje à noite.”

Eve só suspirou e descansou sua cabeça em suas mãos. Então ela agitou isto, e contactou Feeney, seu amigo e o capitão da Divisão de Detetives Eletrônicos.

Seu rosto apareceu tela—confortavelmente viveu em, folgados nos olhos, topped com gengibre metálico e cabelo cinza que entrou qualquer direção que escolheu.

“Yo,” ele disse.

“Precise de um homem no campo. Desde que Peabody não me irritou hoje, eu gostaria de McNab se você pode o sobrar. Na cena e-trabalha. A autorização está vindo.”

“Quem está morto? Qualquer um que eu sei?”

“Professor. Escola particular. Ricin envenenando.”

“Sim, sim, vindo a saber disto. A educação é uns negócios arriscados. Você pode ter meu menino.”

“Obrigado. Ah…Eh, Feeney, fez sua esposa já dá a você qualquer pesar sobre…outras mulheres.”

“O que outras mulheres?”

“Sim, existe isto. Mas goste, quando você estava me treinando, e nós fomos parceiro em cima, nós trabalhamos bonito apertado.”

“Espere um minuto. Você é uma mulher?”

Fez seu risada e se chamou um bobo. “Viradas fora. McNab pode nos encontrar em quinze, na garagem. Aprecie isto.”

McNab era um prato de moda das pontas de seu cabelo longo, brilhantes para as solas empilhadas de seu purpúreo airboots. Seu bezerro-comprimento parka estava em olho-regando laranja, e seu boné de relógio teve ziguezagues de ambas as cores. Seus lóbulos da orelha eram studded com uma multidão de bolas de prata minúsculas.

Apesar de que Considerou suas escolhas de guarda-roupa questionável, ele era um homem de EDD sólido. Seus dedos eram ágeis, seus olhos verdes afiados.

Ele esticou no backseat no passeio, e do De movimentos pegos no rearview, risadinhas amortizadas do e Peabody, ele estava serpenteando sua mão entre a cadeira dianteira e a porta de passageiro para cócega seu cohab.

“Você quer reter uso daquela mão, Detetive, você manterá isto fora de meu companheiro até que seu tempo pessoal.”

“Desculpe. Seu companheiro quebra o poder de minha vontade.”

“Mantenha isto, e eu quebrarei todos os seus dedos.” Ela balançou para o meio-fio.

Williams está construindo não podia ostentar um porteiro, mas ela notou existia segurança sólida. Todos os três distintivos tido que ser esquadrinhado e passou sem tocar antes das fora de portas clicadas abertas ao salão de entrada pequeno. Ela excêntricos de segurança manchados no salão de entrada junto com umas cadeiras e uma árvore da palma de fraude.

“Cinco-E,” Peabody disse a ela.

Eles andaram em um dos dois elevadores onde Pediu o quinto andar. “Uns passos em cima do espaço de vida do vic.”

“Williams foi certificado e ensino por quase quinze anos. Ele também tem do seu mestre. Ele faria facilmente quatro vezes o que o vic fez. Não contando qualquer aula particular privada que ele poderia prender no lado e não reportar.” Peabody ligou pinkies com McNab, então desenganchado que eles alcançaram cinco.

“Registre em,” Anunciado, então tirou seu mestre. “Dallas, Tenente Eve; Peabody, Detetive Delia; McNab, Detetive Ian, entrando o apartamento de Willaims, Reed, por propriamente autorizada autorização.”

 

Ela lidou com as fechaduras. “McNab, eu quero que você verifique qualquer D-e-do C, correspondência, conversações, o que ele tem estado olhando para, o que ele tem estado comprando. O tiro inteiro.”

Ela carranca no apartamento. A área viva não era espaçosa, mas era tão grande quanto o lugar inteiro da vítima. Não ostentou visão não particularmente excitante, mas existia um sofá de gel largo em cintilar preto, muitos cromo brilhante. Ela notou uma tela de humor, um snazzy entretenimento sistema.

A arte nas paredes eram totalmentes e modernas. Um círculo, uma linha, todas em cores primárias em brancas. As janelas tiveram telas de isolamento, e eles estavam comprometidos. Ela vagou para o aparecimento que era a cozinha. Macia e lustroso e brilhante lá, também, ela notou. Branco, preto, vermelho. Que equipamento existia parecido brilhante para ela, e ela estava disposta a apostar era da moda.

“Tome a cozinha, Peabody. Se ele borrifar em veneno, ele poderia só ser estúpido ou arrogante suficiente para manter isto lá. Eu tomarei o quarto.”

Era um eyeful. Ela imaginou Williams pensou sobre ele tão sensual. Ela achou isto só um pouco arrepiado. A cama era o ponto focal, um charco largo drapejado em expansão de um vislumbrar vermelho que pareceu molhado. Flanqueando isto era dois espesso faux-pele tapetes em pretos.

Ela considerou o espelho iluminado angulando do teto um clichê, e cômico. A arte aqui correu para desenhos de lápis de stupendously dotou pares que copulam em várias posições.

Ela ergueu o vislumbrar expansão vermelha, folhas pretas achadas, e em baixo deles um colchão de gel que ondulada debaixo de pressão.

Ick.

As gavetas na mesa ao lado da cama seguraram uma cornucópia de brinquedos de sexo e encarecimentos, inclusive um par de substâncias ilegais secretas como dispositivos de estupro de data. Ela ensacou eles em evidência.

“Você faz esta parte fácil,” ela disse em voz alta, e movido para o armário.

Ela notou seu guarda-roupa profissional em se apóia—uns ternos, jaquetas de esportes, camisas, calça comprida. Seu lazer passa lentamente o outro era consideravelmente menos conservador.

Ela perguntou-se que realmente apreciaria ver um homem crescido em um terno de pele preta.

“Eh, Dallas, você tem precisa ver—” McNab parou, assobiou. “Uau. Sexcapades.” Ele estudou um dos pretos-emoldurados esboços. “Estes dois têm que ser dobro-articulado.” Ele arranhou sua garganta, então curvada da cintura para estudar isto de um ângulo diferente.

“O que eu tenho que ver?”

“Huh? Oh, desculpe, foi chupado em. O sexo é esta religião do sujeito. É um tanto quanto admirável em um modo doente. Ele gasta muito tempo em diante seu comp: Converse quartos, sites da web—todo sexo localiza. Ordens muitos brinquedos.”

“Sim, ele pegou uma provisão boa. Inclusive um pouco Prostituta, um pouco Coelho.”

A diversão fácil do McNab desapareceu. “Não admirável, até em um modo doente.”

“Alguma correspondência com o vic?”

“Não naquela unidade.”

“Pesquisa em venenos? Ricin ou outros?”

“Nada. Maio ser enterrado mais fundo, e eu posso suportar isso em e olho. Seu schoolwork está em lá, também. Planos de lição, avaliem livro, assim. Nada que olha fora naquele fim.” Ele armou sua cabeça. “A aposta existe uma máquina fotográfica lá.”

“Máquina fotográfica.” Ela estreitou seus olhos no espelho. “Realmente.”

“Cinco consiga você dez nisto. Queira que-me um ter olha?”

“Você faz isto.” Ela moveu para procurar o banho. “Fique fora da gaveta de brinquedo.”

“Aw. Tenente Desmancha-prazeres.”

 

ELES NÃO ACHARAM NENHUMA EVIDÊNCIA LIGAREM WILLIAMSto o veneno, morte do ou Craig Foster, mas eles acharam bastante para enredo ele em cima. Ordenado em um time de varredores, só para amarrar isto, então prepped para a entrevista.

 

“Nós vamos começar com o assassinato, perguntas rotineiras normais,” Disse a Peabody. “Ele não tem lawyered. Sinta muito convencido.”

“Você pergunta a mim, este sujeito pensa com seu galo a maior parte do tempo.”

“Você conseguiu aquele direito. Então nós usamos isto. Só umas meninas. Daquela pré-estréia rápida dos discos McNab descobriu, este aqui gosta de multiples. Então nós cutucamos nele sobre o vic, então nós geléia ele com o illegals nós achamos em seu lugar, então nós o trabalhamos no assassinato novamente.”

Prestidigite isto, Pensou Eve como ela entrou no quarto de entrevista. Repila ele equilíbrio.

“É sobre tempo de maldição. Você sabe quanto tempo eu tenho esperado?” Williams exigiu. “Você tem alguma idéia o que faz para minha reputação profissional para ter uma polícia goons me puxa fora de classe?”

“Nós chegaremos a aquela reputação profissional em um minuto. Eu preciso para tronco esta entrevista em, dá a você seu direitos e obrigações. Formalize isto.”

“Meu direitos?” Seu corpo twitched, como se ele experimentasse um choque elétrico pequeno. “Eu estou debaixo de prisão?”

“Absolutamente não. Mas isto é uma entrevista formal, e existe procedimento projetado para proteger você. Você quer algo para beber além daquela água? O café—ele chupa—um refrigerante?”

“Eu quero isto feito assim eu posso sair daqui.”

“Nós tentaremos manter se mover.” Ela anotada em para o registrador, leia ele o Miranda Revisado. “Você entende seu direitos e obrigações neste assunto, Sr. Williams?”

“Claro que eu faço. Isso não faz este qualquer menos aborrecedor.”

“Eu estou certo que não faz. Agora, vamos examinar cuidadosamente seus movimentos no dia que Craig Foster era assassinado.”

“Cristo! Eu dei a você minha declaração já. Eu cooperei.”

“Escute.” Eve se sentou, esticadas suas pernas. “Isto é um homicídio, e um que aconteceu em uma escola onde o minors foi envolto e afetado.”

Ela girou ela dar, palme em cima, em um gesto do que-enlata que-eu-faço. “Nós temos que escavação para todo detalhe. As pessoas freqüentemente esquecem detalhes, então nós habitualmente repetimos entrevistas.”

 

“Nós sentimos muito para a inconveniência,” Peabody adicionou com um sorriso compreensivo. “Nós precisamos ser completos.”

“Multa, multa. Tente pegar isto direito este tempo?”

Oh, sim, Pensou Eve. Muito convencido e usado para intimidar as meninas. “Nós faremos nosso melhor. De sua declaração prévia, e as declarações de outros, você viu e/ou falou com a vítima pelo menos duas vezes no dia de sua morte. Isto é correto?”

“Sim, sim, sim. No centro de boa forma física, cedo, então no vadiar logo antes de classes começaram. Eu disse a você.”

“O que você e Sr. nutriram conversa sobre no centro de boa forma física?”

“Nós não fizemos. Eu disse a você isto.”

Sacudido pelos arquivos. “Mmm-hmm. Mas você e a vítima tiveram ocasião para ter conversações previamente.”

“Bem, Jesus, claro. Nós trabalhamos junto.”

“E era aquelas conversações menos que amigável?”

“Eu não sei o que você está conversando sobre.”

Eve dobrou suas mãos em cima do arquivo, sorrido winningly. “Então deixe-me ser claro. Quando Sr. Foster alfinetou suas orelhas atrás sobre pesca no trabalho e charco parental para sexo, você consideraria aquelas conversações de uma natureza amigável?”

“Eu considero aquela pergunta insultando.”

“Parece das declarações que nós temos de mulheres que você hostilizou ou seduziu, muitos deles acharam seus avanços e comportamento insultando.” Ela fechou o arquivo e sorriu novamente. “Vamos, Reed, nós sabemos a pontuação, você e eu. Estas mulheres não reclamaram. Eles gostaram da atenção, eles gostaram da excitação. Você não fez bofetão eles ao redor e estupram eles. Era consensual, e Foster—de que eu junto—cutuquei seu nariz em onde não pertenceu.”

Williams desenhou uma respiração funda. “Letme é claro. Eu nunca neguei que eu aprecie uma certa quantia de sucesso sexual com mulheres. Não é ilegal para mim apreciar aquele sucesso com colegas de trabalho ou com pais de alunos, no que diz respeito a esse assunto. Pouco éticos, talvez.”

“Bem, realmente é ilegal para apresentar sexual age em uma instalação educacional quando minors estiver presente. Então, se você tivesse aquele sucesso durante a horas da escola, em chãos da escola—onde você manteve uma provisão de preservativos—que você cometeu um crime.”

“Isto é bullshit.”

“É tipo de nitpicky, eu concedo a você, mas eu tenho que seguir a lei. Eu posso conversar com o PA sobre dar a você a escova nisto, mas eu preciso conseguir os detalhes em registro.”

“Eu nunca fiz sexo com ninguém em uma área os alunos podiam acessar.”

“Certo, isto é um. Mas você fez sexo em áreas a vítima podia acessar. Correto?”

“Possivelmente, mas nós estamos conversando sobre um homem crescido. Eu gostaria de saber exatamente o que você quis dizer sobre algumas mulheres sendo insultada, dando declarações sobre sua relação comigo.”

“Eu não posso dizer a você os nomes, parte do acordo com eles. Como eu disse, é óbvio para mim era consensual. Quem sabe por que eles estão circulando agora.”

“Eu diria que está o chateado sobre o assassinato,” Peabody põe em. “Estas mulheres não são usadas para conversar com Polis, então quando eles fizerem, especialmente sobre algo tão chocante quanto assassinato, salto de coisas justo fora de suas bocas. Nós precisamos seguir, Sr. Williams. Não é exatamente o tipo do trabalho que nós gostamos de fazer. Viva e deixe viva, em minha opinião, quando ele vier para esta área. Mas nós precisamos pegar cuidado de.”

“Eu fiz sexo, ninguém foi machucado. Fim de história.”

“Mas Craig Foster desaprovou,” Iniciado Eve.

“Para um sujeito com aquela quente uma esposa, ele era bonito puritano.”

“Você a parte, também?”

“Só a sentido fora quando ele primeiro apareceu pessoal. Naquele ponto, ela era muito nele, neles. Agora, alguns meses mais, o casamento fica rotineiro, e eu poderia ter dado ela outra cheirar. Mas existem bastante outros. Eu sou bom no que eu faço.”

“Sim. Eu aposto. Craig poderia ter estado um pouco ciumento sobre isto. Você pensa?”

Williams ergueu suas sobrancelhas. “Eu nunca pensou dele aquele modo, mas sim, talvez. Provavelmente, de fato. Ele era um agradável suficiente sujeito, e uma maldição bom professor, eu darei a ele isto. Para a maior parte, nós nos demos bem multa. Ele ficou curioso, e um pouco insistentes, sobre um pouco de minhas atividades. Pessoal.”

“Ele ameaçou você?”

“Eu não chamaria isto uma ameaça.”

“O que então?”

“Uma conferência.” Williams rolou seus olhos.

“Esta conferência causou você para cessar aquelas atividades?”

“Eu estava um pouco mais discreto, você podia dizer. Um pouco mais difícil de contentar.” Ele ergueu um ombro. “Nenhum ponto em coisas ativas em cima.”

“Mas você não estava preocupado sobre ele indo para Mosebly com sua desaprovação, ou até acima de sua cabeça para a diretoria?”

Ele sorriu agora, serenamente. “Eu nunca figurei que ele teria o cortar isto. Ele não gostou de fazer ondas. Basicamente, era um nonissue para mim.”

“Bem.” Arrastado em sua orelha. “Pode não ter sido para ele, especialmente se ele estivesse ciente que você usou substâncias ilegais em algumas daquelas atividades privadas.”

“O que?”

“Prostituta de nome de rua, coelho de nome de Rua, que nós achamos em seu tórax de brinquedo do quarto. Oh, eu não mencionei aquelas com as informações juntaram e declarações tomadas nós podíamos assegurar uma autorização para entrar e procurar sua residência? Menino ruim, Reed. Menino ruim, ruim.”

“Isto é ultrajante! Isto é entrapment.”

“Isto é a autorização.” Eve deslizou a cópia dura do arquivo. “Nós tomamos uma visão muito escura no uso e possessão destas substâncias particulares, nenhum ao vivo e deixa vive sobre isto. Então faça o PA. Eu aposto a diretoria de Sarah Childand e a união dos professores também toma visões escuras.

“E aqui seja qualquer outra coisa,” ela continuou, e pela primeira vez, ele começou a suar. “Me faz, com minha mente suspeita, maravilha se um sujeito que pode marcar aqueles artigos particulares poderiam só poder marcar suficiente veneno para eliminar uma ameaça. Ele põe a pressão você, não é?”

Ela levantou agora para caminhar ao redor atrás dele, magro em acima de seu ombro. “Interferindo pequeno bastardo, empurrando suas visões puritanas em sua vida pessoal. Você tem uma boa coisa indo. Colegas de trabalho, sustentem pessoal, mães, guardiães, caregivers. Como arrancando ameixas fora de uma filial baixa para um sujeito como você. Ele iria cortar você fora daquela filial, ele arriscou seu trabalho. Não, sua carreira inteira.”

“Não, não era assim. Não, ele não fez.”

“Certo ele fez. Outros poderiam ter conhecido, ou suspeitado, mas eles olharam o outro modo. Nenhuma pele fora de suas. Mas esta aqui, ele compete com ele ele mesmo fazer algo sobre isto. Conferência você? Asshole não teve nenhum direito, não é? E ele está aí, dia após dia, em seu rosto, mantendo seu olho em você no caso dele não gostar do que você é até. Sentando em sua escrivaninha todo dia com seu almoço nitidamente empacotada de casa. Rotina. Chata. E um espinho pegajoso em seu lado. Onde você conseguiria o ricin, Reed?”

“Eu nunca tive qualquer ricin. Eu até não soube que diabo era antes disto. Eu não matei ninguém.”

“Deve ter urinado você fora de que Mirri Hallywell prefere estudo com ele que rola ao redor naquela cama vermelha grande com você. É um fucking insulto. Você teve que o tirar. Tido que fazer isto. Então você escapou de classe enquanto ele era longe de seu, e você cuidou disto. Rápido, fácil. Feito.”

“Isto é uma mentira! Isto é louco. Você é louco.”

“Existem caminhos para suavizar isto, Reed. Diga que ele estava chantageando você. Stalking você. Uma ameaça constante. Era ele ou você. Você teve que proteger você mesmo.”

“Eu nunca fui próximo sua sala de aula que dia. Eu não o matei, pelo amor de Deus. Eu era com alguém quando eu deixei minha classe que manhã. Eu tenho uma testemunha.”

“Quem?”

Ele abriu sua boca, fecha isto apertado. Então ele olhou fixamente duro à mesa. “Eu quero um advogado. Eu exijo meu direito de falar com um advogado. Eu não estou dizendo qualquer outra coisa até que eu tenha um.”

“Certo, mas só PARA SUA INFORMAÇÃO? Você está debaixo de prisão para possessão de substâncias ilegais e para dispensar eles, nós temos aquela de sua máquina fotográfica malcriada. Você pode contactar seu advogado antes de você ser reservado.”  

 

Eve foi pela entrevista em sua mente, e adicionada a sua tábua de assassinato. Ela teve silêncios das garrafas de sua gaveta de sexo, e o ligou naquela tábua com Laina Sanchez, Allika Straffo, Eileen Ferguson, Mirri Hallywell. Quem outro que ele abordou? Ela perguntou-se. Quem ele teve sucesso, falhou?

Ela precisou revisar todos os discos de sua máquina fotográfica do quarto. E isso não seria divertido? Pelo menos ela teve McNab que escolhe pelos discos de segurança do edifício pelos últimos três dias. Entretanto ela duvidou que eles marcariam naquela área.

Ela conseguiu café, mas ele não estava trabalhando para ela. Ela estava cansada para o osso, e cafeína não iria mudar isto. Ela põe em um pedido para intimar financials do Williams. Com o illegals carrega, isso seria um molhar.

Ela verificou suas mensagens para achar Nadine Furst chamou duas vezes para lembrar a ela de airtime, vestir algo apropriado, perguntar se ela tivesse qualquer sólido influencia o caso de Foster.

Cavalo, cavalo, cavalo.

E por que Roarke não zumbiu em a importunar?

Muito urinada nela para o sacudir fora daquela manhã, ela pensou. Bem, ela não tinha sido o com um antigo playmate em seu fucking bolso 'vínculo.

Ela começou a se sentar, começou a amuar, e Peabody cutucou sua cabeça. “O advogado do Williams está aqui, e ache quem que é.”

Levou Uma batida. “Você precisa estar me cagando.”

“Eu não sei se ou não eu cago você como eu não disse que era—”

“Oliver Straffo? Que tipo de ironia doente é isto?”

O rosto movido do Peabody para amuar em ter sua concha esvaziada. “Bem, ele entrou, grande como vida, e está aconselhando a seu cliente para não fazer nenhuma declaração adicional, não responda não mais pergunta até que eles consultem. Então ele quer conversar conosco.”

“Hmmm.” Eve glanced em sua tábua onde ela teve retrato do Allika Straffo alinhar-se em galeria de tiroteio do Williams. “Isto devia estar interessando.”

Quem soube que tal quem? Eve perguntou-se, e pensou de Allika, a criança. Como ela iria descobrir quem soube que tal quem sem explodir a situação nos rostos do inocente?

Talvez Straffo teve um direito de conhecer sua esposa tirou a sorte suas saias para um limo como Williams. Mas não era seu trabalho para rato fora uma esposa tola a menos que fechou seu caso.

“Cascas de ovo,” Peabody murmurou como eles andaram em direção ao quarto de entrevista.

“O que? Você quer ovos?”

“Não, eu quis dizer que nós vamos ter que caminhar em cascas de ovo aqui. Ser realmente cuidadoso,” ela explicou.

“Eu pensei que era algo como que ‘Você não pode fazer ovos mexidos sem quebrar some.’”

“Não, é que ‘Você não pode fazer um omelette sem quebrar um pouco de eggs.’ Mas isto é mais como a oposto na comida-declaração espectro. Os ovos foram quebrados, mas nós não queremos esmagar as conchas.”

“Ele um estúpido está dizendo porque se os ovos já estão quebrados, quem dá uma maldição sobre as conchas estúpidas?” Eve quis conhecer. “Mas eu pego isto. Vamos.”

Ela viu imediatamente que Williams teve sua confiança atrás. Um advogado de defesa de alimentado alto podia fazer aquele para um suspeito, culpado ou inocente. Straffo se sentou em seu de modo conservador e perfeitamente cortou terno, mãos dobradas na mesa.

Ele não disse nada até Começou o registro.

“Um de meus associados já está sorteando um movimento para ter a autorização que você assegurou invalidado, e a procura julgou ilegal.”

“Você não pegará isto.”

Ele sorriu olhos um pouco, cinzas duros como aço. “Nós veremos. Enquanto isso suas tentativas para envolver meu cliente no assassinato de Craig Foster são absurdos. A indulgência sexual não é um crime, nem é isto uma rota para assassinar.”

“O sexo e assassinato caminham de mãos dadas gostam de lovebirds, Straffo. Nós dois sabemos isto. A vítima estava ciente de seu cliente 'sindulgence em propriedade da escola, durante a horas da escola. Que é, como você também conhece, ilegal.”

“É uma contravenção.”

“E chãos para demissão da instalação educacional. Até, como eu fiz minha pesquisa, chãos para a revogação da licença para ensinar neste estado. A autoproteção também caminha junto com assassinato.”

“Você não tem nem um blurry caso circunstancial, Dallas. Você tem suspeita do que pode ser comportamento impróprio e ininteligente. Você não tem nenhuma evidência que meu cliente e a vítima sempre discutida. De fato, eu posso e forneço declarações de seus colegas de trabalho que eles não fizeram e eram, de fato, em condições amigáveis. Você não tem nenhum vínculo para a arma de assassinato e meu cliente, nenhuma testemunha que viu ele entrar na sala de aula da vítima no dia em questão, porque, de fato, ele muito não entrou.”

“Ele era que não teve explicação para durante um período de tempo quando a vítima era ausente da sala de aula, e como classes estavam em sessão, seu entrando mesmo não teria sido testemunhado.”

“Ele não estava só durante aquele período, e devia ficar necessário, nós forneceremos você com o nome do individual que com que ele era. Como eu não alcancei isto individual e discuti isto, eu prefiro, como faça meu cliente, não divulgar o nome neste momento. Nós somos confiantes, porém, que ela confirmará declaração do Sr. Williams.”

“Você teve bastante tempo e bastante oportunidade para entrar e fora daquela sala de aula,” Disse para Williams. “E você teve bastante motivo.”

“Eu—”

“Reed.” Todo Straffo foi dizer o nome, e Williams parou de falar. “Tudo que você tem, Tenente, é uma procura e ataque apopléctico questionável, que tem netted você nada que conecta meu cliente para este assassinato.”

“Não existe nada questionável sobre a procura e ataque apopléctico. E hábitos detestáveis do seu cliente causaram a vítima para cutucar seu cliente em um canto. Ele declarou, em registro, que a vítima aprendida de seus hábitos e o solicitou isto.”

“A situação era discutida entre eles, depois que eles continuaram sua relação de trabalho amigável.” Straffo fechou seu próprio arquivo, um ele não teve tanto como glanced em durante a entrevista. “Se isto é tudo que você tem, eu solicitei que meu movimento para destruir a autorização ser rápida-rasto. Eu gostaria de meu cliente movido para uma área de propriedade apropriada até que seu lance.”

“Sua criança vai para aquela escola. Sua criança era uma das pessoas que achadas Foster. Você viu as fotografias da cena de crime? Você se vai sentar lá e defende o homem suspeitado de causar isto?”

 

O rosto do Straffo foi mais duro quieto, sua voz mais fria. “Não que eu tenho que racionalizar o fato que todo mundo é intitulado para uma defesa, mas eu Sr. Williams conhecido para mais de três anos. Eu acredito nele para ser inocente.”

“Ele teve Prostituta e Coelho em seu nightstand. Ele é sabido para fuck ao redor na escola, quando sua filha está lá.”

“Supostamente.”

“Supostamente, meu asno. Isto é o tipo de pessoa que você quer ensino sua criança?”

“Isto é uma conversação imprópria, Tenente. Esta entrevista está em um fim.” Ele rosa, fechada sua pasta. “Eu gostaria de meu cliente levado para propriedade até o movimento seja governado.”

Ela olhou Straffo no olho. “Peabody, tome este saco de cague para propriedade. Sabe, Straffo, às vezes você consegue só o que você merece.”

 

  O movimento era lançado. Eve foi cortejar e assistiu Straffo e Reo batalharem isto. A autorização segura, a procura e ataque apopléctico seguros, e então fizeram a prisão para possessão e distribuição.

Era Straffo que ganhou a batalha de fiança ou recolocou.

Fora da sala de tribunal, Reo deu um encolher os ombros. “Ele não me iria conseguir naquele movimento, eu não o iria conseguir em recolocaria. Eu figuro isto era um desenhar. Consiga-me suficiente para uma acusação de assassinato, Dallas, e eu terei aquele asqueroso humpback em uma cela.”

“Trabalhando nisto.”

“Straffo vai querer negociar no illegals e meu chefe vai concordar com ele.” Reo cresceu rapidamente uma mão, antecipando De argumento. “Trabalha como ele trabalhos, Dallas, e nós dois sabem isto. Então a menos que você possa provar que ele deslizou que defeca para alguém sem seu conhecimento ou consentimento, ele vai conseguir uma multa, obrigatória aconselhando, e provação.”

“Que tal seu certificado de ensino? Revogação.”

“Você realmente quer o fechar?”

Eve pensou sobre Laina Sanchez que chora na cozinha. “Sim, eu realmente quero o fechar.”

Reo movimentou a cabeça. “Eu examinarei isto. Sabe, seria melhor você conseguir mudança. Você está em ar em umas horas do par.”

“Cague.”

 

Como Encabeçado relutantemente para Canal 75 é estúdio, Roarke estava passando sem tocar sua escrivaninha assim ele podia fazer o mesmo. Ele esperou que seu sendo lá faria isto melhor para Eve, não pior.

Ele não soube, não podia dizer como seria, e aquele stymied ele. Ela não era uma mulher previsível, ele pensou, mas ele a soube. Seus humores, o ritmo deles, ela gesticula, ela afina.

Agora ela obscureceu nele.

Ele quis isso tudo de volta em enfoque. Precisou dele para ser. Mas ele seria maldito se ele obscureceria sua própria imagem para pacificar alguma ofensa absurda e imaginária ela estava agarrando para.

Ela o advertiu, questionou ele—interrogou mais como, ele pensou com um jacto de calor. Duvidou ele e fez ele parecer culpado quando ele não fez nada para parecer culpado.

Ele pensou sobre a mão da Magdelana em sua perna, e o convite ela ofereceu. Bem, ele fechou isto diretamente, não é? Diretamente abaixo e imediatamente.

Debaixo de quaisquer outras circunstâncias, ele poderia ter Dito sobre aquele tipo de movimento, então eles podiam brincar sobre isto. Mas era perfeitamente óbvio que isto era o tipo de informações que ele iria melhor mantém para ele mesmo.

E inferno sangrento ifthat não fez ele parecer culpado.

Bugger isto. Ele iria exigir confiança, ele pensou como ele rosa para permanecer em sua janela larga. Isso era não-negociável. Quase tudo outro era, ele admitiu, e deslizou uma mão em seu bolso para dedo o botão cinza que ele levou com ele.

Sua. Como ela tem sido sua, de alguma maneira, da primeira vez que ele a viu. Nada e ninguém teve já o atingiu à medida que ela teve, de pé naquele terno verdadeiramente miseravelmente cinzas com olhos do seu policial nele. Nada e ninguém já o seguraram à medida que ela fez, e sempre iria.

Então qualquer outra coisa era negociável. Ele podia dar e dar mais, e sempre acha que ele teve só outro para mergulho bem de. Porque ela continuou a o encher, inúmeras vezes.

 

Ele podia agüentar a raiva entre eles, ele percebeu. Os temperamentos eram parte dos que eles eram. Mas ele não estava completamente certo que ele podia agüentar esta fenda. Então eles teriam que achar um caminho para girar isto.

Como ele girou, seu vínculo de escrivaninha buzinada. Interoffice, ele notou.

“Sim, Caro.”

“Eu sinto muito, eu sei que você seja devido a partir em alguns momentos. Mas existe um Sra. Percell aqui para ver você. Ela diz que é pessoal. Eu sinto muito, mas ela debateu seu modo por segurança. Eu a tenho na área de espera.”

Ele considerou ter Caro a despede. Se alguém pudesse escapar de Magdelana, seria Caro. E isso pareceu injusto todo para envolvido. Usando uma mulher para o proteger de outra mulher por causa de mente ridiculamente suspeito da yetanother mulher.

Maldito se ele iria ser levado ao redor pelo nariz que modo, até pela mulher ele amou.

“Está tudo bem. Você pode mandar a ela. Eu precisarei de meu transpo em dez minutos.”

“Certo então. Oh, diga sua esposa que nós estaremos assistindo ela.”

“Eu penso que eu esperarei até que seja feito para mencionar isto. Ela é aborrecida pelos negócios inteiros. Obrigado, Caro.”

Ele scooped uma mão por seu cabelo, glanced ao redor seu escritório. Longe do que uma vez tinha sido, ele pensou. Em todo modo possível.

Tempo para achar um modo, ele suposto, fazer isto que cristalinas para as mulheres atualmente o apertando de ambos lados que não existia não voltando para o que tinha sido e nenhum desejo em todo tomar a viagem.

Ela entrou, uma pele dourada virou seu braço, seu cabelo sensual e caiu, seu rosto que arde com energia. E sim, ela lembrou a ele do que uma vez tinha sido. Existia nenhum modo para evitar isto.

“Olhe para você! Olhe para isto!” Depois de lançar seu casaco acima de uma cadeira, Magdelana girou um círculo.

Roarke encontrou olhos do Caro, movimentou a cabeça, e ela voltou quietamente fora do quarto. Fechou as portas.

“A guarida do global mogul, ambos macios e lustroso e de pelúcias, saborosos e absolutamente macho. Bem, isso tudo é você, não é?” Ela moveu em direção a ele, ambos os estendido das mãos.

Ele levou eles, brevemente. Existia nenhum modo para evitar que qualquer um, sem fazer eles ambos parecer com idiotas. “Como você está, Maggie?”

“Agora mesmo? Como eu sou estar incrivelmente impressionado.” Ela glanced na escrivaninha. “O que exatamente você faz aqui?”

“Bastante do que precisa ser feitos, com uma porção saudável do que eu escolho. O que eu posso fazer para você?”

“Ofereça a mim um bebida.” Ela se sentou no braço de uma de suas cadeiras, cruzadas suas pernas longas. Lançado seu cabelo longo. “Eu tenho sido fazer compras, e eu sou vestido para o osso.”

“Desculpe. Você me pegou a caminho fora.”

“Oh.” Seu lábios fez beicinho. “Negócios, eu suponho. Você sempre era um para negócios. Eu podia nunca entender que você realmente gostou de trabalhar. Ainda…” Ela descruzou suas pernas para subir, então vagada em direção a sua janela onde a Nova York espalha e lanceado. “Benefícios adoráveis.” Ela olhou de volta nele, acima de seu ombro. “Eu suponho eu sempre pictured você na Europa, entretanto, esculpindo sua passagem o Mundo Velho.”

“Nova York me adapta.”

“Aparentemente, faz. Eu quis obrigado. Eu tive algumas reuniões já com o dinheiro que pessoas você sugeriu. É cedo dizer, mas eu penso que este vai descobrir muito bem. Eu nunca teria sabido onde começar sem sua ajuda.”

“Eu penso que você teria achado seu modo bem suficiente. Você tem estado ocupado,” ele adicionou. “Compras, tomando reuniões, visitando minha esposa em Central.”

Estremecendo, Magdelana girou ao redor, estado emoldurada pela energia e torres da cidade. “Ela disse a você. Eu tinha medo disto. Eu não sei o que eu estava pensando—bem, sim, eu faço. Eu era só tão curioso sobre ela, e quis chegar a saber seu um pouco. Não foi bem.”

“Não fez isto?”

“Eu estraguei isto, nehuma dúvida que. Ela me repugnou antes de eu entrar a porta, e quando eu acalmei-me e lambi meus ferimentos, eu entendi isto perfeitamente. Aqui, eu estava…” Sorrindo facilmente, ela espalha seus braços. “…Um antigo inamorata de do seu marido, passeando em, oferecendo comprar seu um bebida, todos os sorrisos e propostas amigáveis. Ela deve ter querido bofetão me.”

“Ela raramente bofetões. Um bom nu-submetido soco é mais seu estilo.”

“Eu sinto tanto. Eu estava completamente errado. E ela era tão…severo, põe minhas costas. Eu não sei como fazer indenização para isto. Eu causei que você aborrece em casa?”

“Eu disse a você que você não gostaria dela.”

“E você era certo, como sempre. É estranho, não é isto, quando você gostou de nós ambos. Em todo caso, eu sinto muito. Eu suponho, de um modo, eu estava procurando por contatos, conexões. Amigos. Eu esperei ela e eu me daríamos bem. Afinal, o que nós tivemos, você e eu, é história antiga.”

O convite voltou em seus olhos, e sua voz foi suave, atraindo. “Não é, Roarke?”

“É.”

“Bem. Oh, bem. Eu suponho que ela poderia estar pensando que história repete, e eu admito que eu estava pulando isto iria. Eu não suponho que eu devia me desculpar com ela?”

“Não seria necessário. Ou sábio. Eu desejo você bem, Maggie, claro, mas se você estiver procurando por contatos, conexões, e amizades por mim, eu terei que desapontar você. Incomoda minha esposa.”

“Oh.” Suas sobrancelhas crescidas rapidamente, e seu lábios tremido em um sorriso de lânguido antes dela controlar isto. “Se você fosse qualquer outro que eu teria que dizer que ela está certamente domesticada você.”

“Em lugar de suba para aquele, ou pia para isto, eu só direi que ela me faz feliz. Eu estou a caminho fora, Maggie.”

“Sim, então você disse. Eu só me desculparei novamente para causar dificuldade, obrigado novamente para me ajudar em um nível de negócios.” Ela verbaliza tremido, só um pouco. “Eu não devia manter você.”

Ela subjugou levantar seu casaco. “Se você estiver realmente a caminho fora, talvez eu podia caminhar abaixo com você.”

“Claro.” Quando ela resistiu seu casaco, ele a ajudou nisto, então recuperado seu próprio. “Você tem um carro, ou você precisa de um?”

“Eu tenho um, obrigado. Roarke…” Ela agitou sua cabeça. “Eu acho que eu só queira dizer, novamente, que eu sinto muito. E admita, só aqui, antes de nós afundar e isto é o fim, que eu não posso evitar sentindo muito isto nunca vai me ser novamente.”

Ela apertou sua mão, andado longe.

Ele usou seu vínculo de escritório, dito seu admin ele estava deixando para o dia e escoltando Sra. Percell fora do edifício. Então ele moveu ao lado do quarto, apertou um mecanismo escondido no moldar com seu dedo polegar. A parede aberta em seu elevador privado.

“À mão.” Magdelana riu, como uma mulher faz quando ela estiver lutar ser descuidada. “Mecanismos, eles eram uma de suas coisas. Eu ouvi sua casa aqui é espetacular.”

“Nós somos muito confortáveis lá. Andar térreo,” ele ordenou, e o elevador deslizou suavemente abaixo.

“Eu estou certo que você é. Sua esposa deve apreciar o…conforto.”

“Realmente, é tomado alguns ajustando para ela.” O calor trocado acima de seu rosto. “E às vezes ainda, envergonha seu um pouco.”

“Eu ouvi falar de um embaraço de riqueza, mas não pode imaginar estar envergonhada por eles.”

“O dinheiro não significa para ela o que faz para qualquer um de nós.”

“Realmente?” Ela olhou nele, olhos líquidos. “E o que quer dizer para nós?”

“Liberdade, claro, e poder e aquele conforto. Mas debaixo de isso tudo que”—ele olhou abaixo nela, sorriu um pouco—“é o jogo, não é?”

Ela sorriu de volta, seu remorso de espelhamento de rosto. “Nós sempre entendemos um ao outro.”

“Que nós não fizemos, não.” Ele saiu, automaticamente tomando seu braço para principal ela através da expansão de mármore do salão de entrada com seus mapas de mudança, suas lojas ocupadas, seus bancos de flores ao vivo.

Fora de sua limusine, então sua, deslizou suavemente para o meio-fio. Quando ele a caminhou para seu carro, ela girou. O dampness em seus olhos brilhados agora na luz solar. “Talvez nós não entendemos um ao outro. Talvez isto é verdade. Mas existiam bons tempos para nós, não estava lá? Existiam bons tempos.”

“Existiam.”

Ela ergueu suas mãos para suas bochechas. Ele enrolou seus dedos suavemente ao redor seus pulsos assim eles permaneceram um momento no frio e o vento. “Adeus, Maggie.”

“Adeus, Roarke.” As lágrimas glimmered em suas pestanas como ela deslizou no calor da limusine.

Ele assistiu puxar longe, um chicote branco macio e lustroso pelo oceano de tráfico.

Então ele entrou em seu próprio carro para ir para sua esposa.

 

ERA ARRASTADO PELA ESTAÇÃO POR Apeppy pequeno assistente chamado Clemência. decidiu que ela teve nenhum como ela saltou ao longo dos corredores, chicoteando Por postos de fiscalização e continuando um rápido-monólogo de fogo como ela tudo menos saltadas junto em derrapagens pretas cheias de energia.

“Positivamente juiced de todo mundo para extremo por volta de hoje à noite estréia. Nadine é sobre a maior coisa em mídia agora mesmo, e a totalmente ido da estação que ela optou ficar conosco e fazer este show. E tendo você como o primeiro convidado está além de mag. Eu quero dizer, o dois de você é, goste, então extremamente abrasador.”

A clemência teve cabelo rosa tailed em cima em pequenos alfinetes de borboleta, com que pareceram ser sua progênie minúscula voando fora do arco de sua sobrancelha deixada.

Estava desconcertando.

“Você precisa encontrar o produtor e o diretor e o exec tech, então nós vamos encabeçar diretamente para maquilagem e guarda-roupa. Eu posso conseguir para você qualquer coisa que você quer. Eu sou totalmente seu para o café de show, chá, água—nós ficamos refrigerantes planos e efervescentes. Nadine diz que você vai para café. Nós vamos estalar em o diretor, reais rápidos.”

“Eu não quero —”

Mas ela estava quase empurrada em um escritório, tido sua mão pumped, antes dela ser corralled em outro escritório, com outra bomba da mão.

O ar estava vibrando muito o jejua fez sua dor de cabeça.

Então, com Clemência ainda latindo como um Pomeranian em Zeus, Era arrastado em maquilagem onde os espelhos brilhantemente iluminados cintilados acima do contador longo, longa lotada com ordem de um atordoar de panelas e tubos e escovas e instrumentos estranhos que pareceram com algumas ferramentas más projetadas para tortura.

Pior—pior que a idéia ela era pressionada pelo metal e por amizade para aparecer em tela, pior que o latir em sua orelha, pior que o conhecimento que algum ou todos aqueles instrumentos e panelas e tubos seriam usados nela—era a mulher que permaneceu atrás de uma alta-voltada cadeira preto grinning um sorriso dentudo.

“Oh, Mãe de Deus.”

“Você dois conhece um ao outro, certo?” Clemência murmurada em. “Trina, eu vou deixar Tenente Dallas em suas mãos mágicas, vá conseguir seu café. Nadine proveu algum especial para ela. Qualquer coisa que você quer?”

Trina, seu cabelo um manancial branco e preto em cima de sua cabeça, seus olhos uns sobrenaturais verdes, chicotearam uma capa azul claro de um gancho. “A água seria boa. Apartamento.”

“Seja direito de volta!”

“Você parece com cachorro cagar, Dallas,” Trina comentou.

“Isto está pesadelo de um ocorrer periodicamente. Eu só vou esmurrar eu mesmo no rosto até que eu acorde.”

“Você tem suficiente contundindo debaixo de seus olhos, você parece com que você já foi enfeitado alguns tempos hoje. Eu consertarei isto.”

“Por que você está aqui? Por que ele é você?”

“Primeiro, porque eu sou o melhor e Nadine sabe isto. Ela pode conseguir a melhor. Segunda, por causa de você. Se ele não fosse para você, eu nunca teria trabalhado em Nadine em seu lugar.”

Trina estalou a capa gostar de um matador em um touro. “Aprecie isto.”

“Então, de alguma maneira, eu causei este eu mesmo.”

“Você é sortudo que sou eu. Porque eu sou o melhor, e porque eu sei você, e eu posso—milhares não podiam—fazer você parecer com você mesmo.”

“Eu já pareço com mesmo.”

“Não, você parece com cachorro cagar. Mas você está debaixo de lá, e eu sei como achar você. Mais, eu tenho bomba ele em cima para as máquinas fotográficas, mas eu não farei que você parece com um LC no rondar.”

Em sua vida existiam poucos que atingiram uma corda ativa de medo em . Trina era um deles. Como se ela soubesse isto, Trina sorriu novamente, bateu a de volta da cadeira.

“Se sente. Será acima de antes de você saber isto.”

“Lembre, eu sou armado.” Mas ela se sentou O que escolha ela teve?

“Então como venha para que você não parece com que você acabou de conseguir de volta de férias? Mavis disse você e Roarke tomaram alguns dias na praia.” Ela scooped seus dedos por De cabelo, carranca, deixe o turno de cabelo por. “Precise um pouco elegante.”

“Deus. Oh, Deus.”

Trina simplesmente põe a capa acima de . “E como venha para que você não tem sido acima de ver Mavis e aquele bebê doce desde que você voltou?”

Uma coisa sobre a capa, Notado, ela podia torcer suas mãos se ela sentisse a necessidade. E ninguém podia ver. “Eu não tive tempo.”

“Seu melhor e amigo mais velho acabou de ter uma criança.” Trina abaixou sua cabeça muito seu rosto era apertado para , então aqueles olhos verde Alfinetados está no espelho. “Você sabe que eu tive que me sentar nela a manter de vir hoje à noite. Está muito frio para tirar aquele bebê. Você precisa fazer tempo.”

“Certo. Certo.”

“Belle é a coisa mais bonita que já desenhou respiração, eu juro.” Endireitando novamente, Trina apertou seus dedos polegares em um pouco de ponto atrás de De pescoço, movidos abaixo seus ombros. “Você é uma bagunça de laços, como sempre.”

Eve acabou de fechar seus olhos. Ela ouviu Clemência voltar em—latir, lata, lata—então vai embora novamente. Ela ouviu os pequenos cortes e zumbiu como Trina fez qualquer que seja o inferno ela fez com cabelo. Ela sacudiu quando a cadeira aliviada atrás.

“Você precisa relaxar, certo? Você não parece bom, eu não pareço bom.”

“Eu obceco sobre que o tempo todo.” E Fechou seus olhos novamente. Era uma noite, ela lembrou a se, e ela conseguiria por isto. Troco miúdo no grande esquema.

Dedos e dedos polegares apertados suavemente junto sua mandíbula, acima de seus templos, ao longo dos lados de seu pescoço, seus ombros. O inteligente acupressure e drenando fadiga combinada para a puxar em dormir.

Ela surfaced para um murmúrio de vozes, luz escovando, quase um conferir acima de seu rosto. E ela o perfumou. Até antes de sua cabeça passada sem tocar suficiente para ela reconhecer o ritmo e tom de sua voz, ela perfumou Roarke.

“Quase feita,” Trina estava dizendo. “O que ela está vestir é boa—assim eu acho que você escolheu isto—mas eu tomarei um olhar para o outro negociar que você trouxe para dentro, no caso de ser melhor. O guarda-roupa vai querer dar uma olhada de qualquer maneira.”

“Eu não estou mudando,” Murmurou.

“E ela volta.” Trina aliviou a cadeira de volta em cima. Desde que ele estava enfrentando longe do espelho agora, todo serra Era Roarke.

“Manhã,” ele disse, e tomando sua mão, correu seu dedo polegar acima da parte de trás disto. “Você parece descansado.”

“Milagres apresentados diariamente,” Trina reivindicou. “Deixe seja só termine rapidamente o cabelo.” Algo deve ter conseguido por como Trina derruba as ferramentas de seu comércio. “Sabe, nós bateremos aquele direito antes de nós continuar. Eu preciso verificar em umas coisas do par de qualquer maneira e Nadine é esperado em para ela aperfeiçoa-. Quarto verde só através do corredor, à direita. É bom.”

Ela tomou fora da capa protetora. “Queira um olhar antes de você encabeçar fora?”

Rosa Eve, glanced em direção ao espelho. Tão anunciado, ela pareceu com se. Mais brilhante, ela suposta, com seus olhos e seu lábios definiram e mancharam em cima com cor, mas ela era reconhecível. E o cachorro caga tinha estado bem e verdadeiramente enterrado.

“Certa,” ela disse.

“Certa?” Trina bufou. “Nowyou parece com que você tem estado de férias. Não derrame nada naquela jaqueta porque eu penso que eles vão querer ir com isto.”

“Eu verei que ela se comporta.” Tomando mão Da Eve novamente, ele caminhou com ela através do corredor no Quarto Verde que era realmente pêssego de pálido.

Existia uma tela de parede generosa atualmente afinado para Canal 75 é programação, sofás e cadeiras generosas no mar de um acalmar verde, e uma bandeja generosa de fruta, queijo, e bolachas em um contador largo.

“Eu não esperei que você vir.”

Roarke levantou uma sobrancelha. “Claro que eu vim. É uma grande noite.”

“E você trouxe o outro equipamento no caso de eu messed em cima que eu já estive usando.”

“Parte justa do serviço.”

 

“Eu figurei que você seria urinado em mim.”

“Eu imaginei que você seria urinado em mim.” Este tempo quando ele tomou suas mãos, ele trouxe eles ambos para seu lábios. “Por que nós não cancelamos aquele fora? Eu tive uma ninhada considerável na maior parte do dia, e eu estou cansado de carregar isto ao redor.”

“Eu pensei que você disse a mim os irlandeses gostarem de chocar.”

“Oh, nós amamos isto. Nós usamos ele para escrever canções e histórias. Mas eu tive suficiente de que por enquanto. E nunca suficiente de você.”

Seu coração iluminado. Como ela conseguiu permanecer, ela perguntou-se, quando ele tinha sido tão pesado? “Eu amo você.”

Ele a desenhou em, tocado seu lábios para sua sobrancelha, suas bochechas, o entalhe raso em seu queixo, então deitou eles calorosamente acima de suas. Ela apertou contra ele, seus braços ligados ao redor sua cintura, como juntos eles afundaram o beijo.

“Eu ofereceria a você meu escritório,” Nadine disse como ela apoiou-se no doorjamb, “mas Dallas já tem estado em maquilagem.”

Eve manteve seus braços ligados para um momento mais antes dela andar de volta. “Você sicced Trina em mim.”

“Igave você Trina,” Nadine corrigiu. “Ela é bem de maldição, que é por que eu a contratei para o show. Mais, por hoje à noite, eu figurei seu ponto de vista seria ‘melhor o diabo você know.’”

“Conseguiu um ponto,” Decidido Eve.

“Você parece bom, que é essencial. Forte, alerte, esperto, atraente,” Nadine meditou, caminhando um círculo ao redor . “E todo policial. Nós deixaremos o deslumbramento para mim.”

“Você veste isto tão bem,” Roarke comentou. “Você parece radiante, Nadine, e polido como uma jóia.”

“Eu não é?” Rindo, Nadine agitou de volta seu chique vai para cima e para baixo de cabelo loiro listrado, fez um styling virada no terno de elétrico azul com sua saia de lápis e cintura magra-cinching jaqueta. Os saltos de sapatos eram arranha-céus pretos que partir a piscada de uma cadeia de tornozelo de diamante.

“Eu não pensei que eu estaria nervoso, mas eu sou. Existe muito montando neste primeiro mostra. Dallas, eu não quero prep você. Eu não quero a entrevista para ser passado ou ensaiado, mas eu quero examinar cuidadosamente alguns pontos.”

“Eu sairei de seu modo, então,” Roarke começou, mas Nadine agitou sua cabeça.

“Não. Você pode correr mais rápido que eu posso nestes sapatos se ela fizer uma fratura para isto. Deixe seja só se sente.”

“Algo para beber, então.” Roarke gesticulou para o contador bem provido. “Ou coma.”

“Depois.” Nadine apertou uma mão para seu estômago como ela se sentou em um dos sofás. “Meu sistema está em alerta cheio.”

“Eu sou bom,” Disse Eve. “O que ser esteja nervoso sobre? É o que você faz.”

“É disso que eu digo a eu mesmo, mas eu nunca fiz exatamente este antes. E isto era o grande aro de ouro. Agora que eu tenho isto em minha quente pequena mão, eu não tenho condições de soltar isto. Então…”

Nadine fugiu para a extremidade de sua cadeira como se ela poderia ser o para fazer uma corrida para isto. “Nós teremos que tocar no caso de Icove. É disso que me conseguiu o gig. Mas eu não vou demorar nisto. Eu vou querer revisitar aquele depois do livro e o vid golpe. O bebê-mercado negócios está ainda fresco, então nós discutiremos isto. Falando de bebês, Belle estava bem chamado. Deus, ela é bonita, não é?”

Torcido. “Certo.”

“Eu fiz uma entrevista com Tandy, e com Mavis naquele, e nós arejaremos pedaços daqueles durante o lugar. Nós vamos conversar sobre que você faz, como você faz isto. Quanto você poderá dizer a mim sobre o homicídio de Foster?”

“O contínuo da investigação.”

Nadine não faltou uma batida, ou a chance de sorriso. “Eu vou precisar mais que isso—leva sendo procurado, avenidas exploradas, os jogadores, a cena, a vítima. É calledNow por uma razão. Mas nós manteremos aquele até que nós estejamos ligados. É umas notícias duras mostrar, mas eu terei que perguntar sobre Roarke.”

Nadine põe em cima uma mão na frente de Poder falar. “Eu não posso entrevistar policial do Roarke em uma jurisdição como isto sem perguntar sobre Roarke. Não se preocupe, não é pugilistas ou sumários, só uma avaliação, nós diremos.”

Ela apontou um divertido, inquirindo olhar em Roarke, que só riu e agitou sua cabeça.

“Como você consegue equilibrar o trabalho com sua vida,” Nadine continuou. “Se casamento mudou como você faz o trabalho, ou como você olha para o trabalho. Nós embarcaremos em e fora de. Então…”

Ela verificou sua unidade de pulso. “Eu preciso ser aperfeiçoado. Trina tomará um olhar para você em alguns minutos, então Clemência trará você no estúdio. E nós iremos de lá. Dallas.” Nadine apertou uma mão em sua. “Obrigado.”

“Você melhor segurar aquele 'até que depois. Você não pode como minhas respostas.”

“Obrigado,” ela disse novamente, e rosa. Então ela girou para Roarke. “Que tal um aqui mesmo, grande sujeito?” Ela bateu um dedo para seu lábios. “Por sorte.”

Ele andou para ela, beijada sua ligeiramente na boca. “Aqui está para uma parte de trinta por cento.”

“Seu lábios, Orelhas do deus.”

 

No fim, foi certo, até onde Eve Podia dizer. Entretanto ela não podia entender como alguém podia ser juiced sobre se sentar na frente de uma imagem da cidade, debaixo de luzes quentes, enquanto robocams escorregou ao redor gosta de serpentes.

Música de tema vislumbrado fora, e ela ouviu Nadine levar três respirações quietas enquanto um pouco de sujeito no chão sinalizado com seus dedos. Então Nadine apontou seus olhos em direção a um daqueles robôs.

“Boa noite. Eu sou Nadine Furst, e este isNow .”

Eles fizeram, como Nadine disse, toque no caso de Icove da queda prévia. Sim, Acreditou que as leis contra humano clonar era correto e somente. Não, ela não segurou os clones eles mesmos responsáveis por que o Icoves fez.

Ela assistiu os clipes como as entrevistas separadas com Tandy Applebee, seu marido e seu filho infantis, e Mavis, Leonardo, e Belle era corrido. Ambas as mulheres conseguido teary como eles falaram sobre sua amizade, e como Salvou vida do Tandy, economizado o bebê—que eles têm chamado Quentin Dallas Applebee—de serem vendidos no mercado negro, e quebrou o anel só horas antes de seus bebês nascer sido.

 

“Como que faça que você sente?” Nadine perguntou.

“Como eu fiz meu trabalho.”

“Só isto?”

Trocado. Que diabo. “Às vezes ele fica pessoal. Não é suposto, mas ele faz. Isto era pessoal. Mavis e eu voltamos, e ela e meu companheiro são apertados. Mavis é a pessoa que me empurrou, empurrou nós, procurar por Tandy. Ela merece muito crédito isto, para levantando-se para um amigo. Você podia dizer, neste caso, era amizade que em última instância conectou os casos, e passaram sem tocar eles ambos. O trabalho não está quase passando sem tocar um caso, é sobre justiça. Eu fiz meu trabalho.”

“Um trabalho de alimentado exigente, perigoso, alto. Você é casado com um homem com muitas demandas em seu tempo, que alguns poderiam chamar perigoso, e que é alimentado certamente alto. Como você equilibra o trabalho com sua vida privada?”

“Talvez sabendo que sempre não vai equilibrar, e sendo casado com alguém que consegue isto. Muito Polis…pode haver fricção na área pessoal,” ela emendou, “porque o trabalho significa que você põe em horas longas, horas inconvenientes que estragar horários. Você falta jantares ou datas ou qualquer.”

“Que pode parecer secundário,” Nadine disse, “mas em realidade, aqueles jantares, datas, e assim por diante são parte do que compõe uma vida pessoal.”

“Lapping em vida pessoal é parte disto, isto é todo. É exatamente o que eu queria. É duro para um civil negociar, dia após dia. Em minha opinião, Polis sãa diretoramente uma aposta ruim na arena pessoal. Mas alguns fazem isto trabalho. Ele trabalho, eu acho, quando o civil pegar isto. Quando o civil respeitar e estimar o trabalho, ou pelo menos entende isto. Eu fiquei sortudo lá.”

Ela trocou ela olhar para onde o Roarke permaneceu atrás do alcance de máquinas fotográficas. “Eu fiquei sortudo.”

Eles quebraram para os anúncios que pagaram as contas, e Trina marchou acima de com uma agitação de escovas.

“Bom,” Nadine disse a ela.

“Está quase terminado?”

“Quase lá.” Ela pensou, mas não disse, que momento tinha sido quando For olhar trocou longe, quando a emoção fervilhou em seus olhos em sua reivindicação que ela ficou sortuda. Parte de trinta por cento? Nadine pensou. Seu asno. Aquele momento único ir estourar as avaliações da estratosfera.

“Seu caso atual,” Nadine começou quando eles voltavam. “O assassinato chocante de Craig Foster, um professor de história. O que você pode dizer a nós?”

“A investigação é ativa e contínua.”

O apartamento verbaliza, olhos planos, Nadine notou com satisfação. Todo policial agora, e o contraste era perfeito. “Você disse que conhecer o assassino, conheça a vítima. Diga a nós sobre Craig Foster. Quem ele era?”

“Ele era, pelo que dizem, um professor jovem e dedicado, um marido amoroso, um bom filho. Um bom homem, e uma criatura de hábito. Ele era econômico, responsável, e ordinário no sentido ele fez seu trabalho, ele viveu sua vida, e apreciou ambos.”

“O que isso diz a você sobre seu assassino?”

“Eu sei que seu assassino conheceu hábitos do e Craig Foster compreendido, e usou aqueles hábitos para tomar sua vida, tomar um marido, um filho, um professor. Que ele muito não aqueceu, não em impulso, mas com premeditação e cálculo.”

“O que faz este crime particularmente odioso é que era cometido em uma escola onde as crianças das idades de seis a treze passeio os corredores. De fato, o corpo era descoberto por duas meninas jovens.”

“Odioso? O assassinato por definição—por sua natureza—é um crime odioso. Onde ele aconteceu, neste caso, poderia fazer isto mais caloso para algum. Também Era eficiente.”

Nadine se debruçou adiante. “Como muito?”

“Os hábitos da vítima. O assassino teve só para observar e notar a diariamente rotina da vítima, saiba o horário, e use aqueles elementos. Tendo alunos, professores, sustente pessoal em e em torno dos corredores, em e ao redor salas de aula e outras instalações, era uma vantagem. Ele tomou isto.”

“Seus suspeitos. Você entrevistou várias pessoas deste modo longes. Hoje você trouxe para dentro Reed Williams, outro professor em Academia de Sarah Childand, para interrogatório.”

“Nós questionamos Sr. Williams, e o carregou em outro assunto. Ele não é carregado com assassinato do Sr. Foster.”

“Mas ele suspeito de um ser? Seu principal suspeito?”

“A investigação é ativa e contínua,” Repetido Eve. “Até que ele seja fechado, nós continuaremos a questionar vários indivíduos. Eu sou incapaz de dizer a você mais neste momento.”

Nadine fez algumas mais correrias; a bloqueou. Quando o diretor sinalizou o tempo, Nadine se debruçou adiante novamente. “Diga a mim este, se o assassino está assistindo agora mesmo, o que você diria para ele?”

“Que meu companheiro e eu suportamos Craig Foster agora. Nós temos um trabalho para fazer, e nós somos condenar bom nisto. Ele devia ir em frente e assiste bastante tela agora porque eles não fornecem uma na gaiola que ele estará vivendo em para o resto de sua vida.”

“Obrigado, Tenente Dallas. Isto é Nadine Furst,” ela disse para a máquina fotográfica. “Boa noite, forNow .”

 

  “Você era perfeito,” Roarke disse quando eles eram finalmente capazes de sair da estação.

“Deve ter ido certo, vendo como Nadine saltou em cima e fez uma vitória dança o minuto as máquinas fotográficas estúpidas saíram.”

“Perfeito,” ele repetiu, e girando ela para ele, deitada sua boca em sua. “Com exceção do abusar de um pronome.”

“Huh?”

“Você disse que ‘eu consegui lucky.’ A declaração correta, querida , é que ‘Nós conseguimos lucky.’” que Ele a beijou novamente, suavemente. “Nós.”

“Eu acho que nós fizemos. Nenhum veículo?” Ela adicionou com um olhar em torno do lote.

“Eu tive aceito em devolução assim eu podia dirigir para casa com minha esposa.”

“Naquele caso, você toma a roda.” Ela pausou. “Eu estou contente que você rondou.” Quando ela entrou no carro, ela esticou suas pernas. Suspirou. “Nadine sai de naquele circo inteiro. Tome todos os tipos.”

“Faz. Existem muitas pessoas que podem estar perguntando-se como você faz o que é que você faz, dia após dia. Então, este Reed Williams é seu homem?”

“Ele é escolha de topo agora mesmo. E consiga isto, Oliver Straffo é seu advogado.”

“Straffo está dólar um pouco alto para alguém em salário do professor.”

“Williams faz certo—setor privado, posse. Mas ele era criança do Straffo que achou o corpo. Este sujeito está parecendo bom para fazer Foster, na escola da sua criança, onde sua criança pode deslizar no sangue e vômito, e ele está o representando. Sim, tome todos os tipos.”

“É Straffo Possível acreditar em que ele seja inocente.”

“Sim, talvez. Straffo não sabe que sua própria esposa era um do entalhar em cinto do Williams. Williams gosta de caçar e juntar entre o pessoal e mães. Tem a moralidade de um coelho, um do e Coelho das coisas que nós o temos em. Tido alguma em sua caixa de brinquedo em seu quarto. É o illegals que nós o carregamos com até agora, e isto é onde o Straffo respondeu o telefonema. Ele percevejos me.”

“Os advogados fazem o que eles fazem, Tenente.”

“Sim, mas diga que você teve uma criança e você descobrirem um de seus professores está tocando torção o pretzel em sua escola.” Porque sua posição atual estava muito confortável, e ela temeu que ela poderia gota justa em dormiria, Empurrado em cima. “Que ele usa substâncias ilegal para sua própria satisfação sexual. Você figura que você saltaria o defender?”

“É duro de dizer, mas a princípio pensado, improvável. Então novamente, talvez Straffo tem a moralidade de um coelho, também.”

“A aposta ele não saltaria tão rápido se ele conhecesse que seu cliente examinou superficialmente em seu próprio pessoal bem.”

“Você pretende dizer a ele?”

Pensou de Allika, sua culpabilidade, seu medo. “Não a menos que pertença para o caso. Se eu achar e poder provar que Williams matou Foster porque Foster soube sobre os afazeres, sim, Straffo vai ter algumas notícias ruins.”

“Você está certo que ele já não conhece?”

“Não, eu não estou certo. E eu estaria parecendo duro nele, também, se eu pudesse o colocar em ou próxima à cena. Ele estava em seu escritório por oito e trinta aquela manhã. Isso dá a ele um pouco aperta tempo para ter feito isto, mas ele é um muito apertado aperta. Ele estava em reunião dos companheiros de oito e trinta até nove, e em seu escritório novamente, com seus paralegais, admin, e vários outros dentro e fora até que ele deixou para um almoço encontrando ao meio-dia. Ele está parecendo claro neste.”

“Eu não estou bastante certo por que você olharia para ele. Não era Foster fazendo sua esposa, afinal. Agora se Williams tivesse sido assassinado…”

“Reputação.” Ela encolheu os ombros. “Não é tal extensão que Foster foi morto para proteger uma reputação. Williams—que buzina o mais alto. Mas eu não penso que Straffo se teria importado ter infidelidade tornada público da sua esposa.” Ela lutou de volta um bocejo. “Ruim para a imagem.”

“Eu posso prometer, Tenente, aquele se eu estivesse em posição do Straffo, eu apontaria para você e seu paramour. Não um pouco de espectador de inocente.”

“Atrás em você.” Mas porque fez ela pensar sobre Magdelana novamente, Corta isto. “De qualquer maneira, nós continuaremos apertando Williams, veja o que escoa fora. Um…eu estou sendo cutucado de várias direções que nós—eu usewe como vai ser o único pronome neste caso—precisa ir ver Mavis e a criança.”

“Certo.”

“Que é? Só certo?”

“Será bom. Nós sobrevivemos ao nascimento. Um bebê todo embrulhado em um cobertor rosa devia ser um alívio bem-vindo depois daquela provação.”

“Eu acho. Peabody diz que nós precisamos tomar um presente. Um ursinho ou algo.”

“Isso devia ser simples suficiente.”

“Bom. Você faz aquela parte. Eu não consigo a coisa de urso. Não são agüentar algo pessoas geralmente tentam evitar para não ser espancadas?”

Quando ele riu, ela glanced acima de. E só olhando para ele, vendo o risada em seus olhos quando ele olhou para ela, tido tudo dentro dela indo morno.

Ela deitou ela dar seu como ele dirigiu pelo Gates de casa. “Vamos tentar para que equilibre Nadine estava perguntando sobre,” ela disse. “E durante algum tempo, nenhum caso, nenhum trabalho, nenhuma obrigação. Só você. Só me.”

“Minha combinação favorita.”

Ela fez o movimento, embrulhando seus braços ao redor ele, roçadura seu lábios para seu quando eles estavam fora do carro. E o calor que floresceu dentro de seu espalhado como pular. Toda dúvida, todo machuca, todo medo, toda pergunta drenou longe nisto.

Só você, ela pensou novamente como eles deslizaram na casa. Só me.

Por acordo tácito eles fizeram seu caminho para o elevador. Os degraus tomariam muito tempo. Uma vez do lado de dentro, montando em cima, ele cutucou seu casaco fora de seus ombros, e ela sua. Mas os gestos não eram apressados, não eram frenéticos. Ao invés eles eram lisos e fáceis, com o conhecimento eles reformaram algo que deslizou, só para um momento, um dedo é prolongar de alcança.

No quarto existia um vislumbre de raio de lua, suave e azul pelas janelas, pela clarabóia acima da cama. Eles despiram um ao outro, distraído um ao outro com longo, demorando beijos, longos, demorando golpes.

Seu coração sentiu como se voltava, exatamente onde pertenceu, e batida rápida e densamente contra sua.

“Eu faltei você,” ela disse, segurando apertado. “Eu nos faltei.”

“A ghra,”ele murmurou, e emocionados ela.

Ela era seu novamente, completamente seu novamente. Seu forte, complicado, e esposa de eternamente fascinante. Feche e seu, com nada entre eles. O gosto de seu o cheio, as linhas longas, magras de suas o atraído.

Aqui era o equilíbrio que Nadine questionou, e que ninguém que não sentiu isto, não soube isto, não pôde sempre completamente entendeu. Eles simplesmente ajuste, todas as extremidades complexas e rotos deles dois, simplesmente ajuste. Um para o outro, fazer cada inteiro.

Quando eles deitarem na cama que ela embrulhou ao redor ele, e ela suspirou novamente. Um som ele soube significado que eles estavam em casa, afinal. Precisando dar, ele usou seu lábios, suas mãos, seu corpo, até o suspiro se tornou um gemido.

Ninguém mais, ela pensou, podia já a alcançar à medida que ele fez. E, sentindo ele tremor nela toca, soube para ele que era o mesmo.

Como ela rolou acima de que primeira crista líquida, ela ema forma de xícara seu rosto em suas mãos. Ela trouxe seu lábios para sua mais uma vez para um beijo de quebrar ternura.

“Meu amor,” ele repetiu em Irish.My somente. Meu coração. Ela ouviu sua voz como ele deslizou dentro dela, viu seus olhos como eles moveram junto.

Lenta e adorável e real. E toda coisa brutal que pertenceu ao mundo era separado deste. Então dedos enroscados, bocas encontrando, eles escaparam junto.

 

Mais tarde, enrolado contra ele, conteúdo e movendo, ela murmurou, “Sortudos nós,” e ela ouviu ele rir na escuridão antes dela deslizar em dormiu.

 

ELE ERA ENRAIVECIDO. ELE NÃO PODIA ACREDITAR QUE SHEwas indo ir por com isto. Blefando, ele decidiu. Ela estava blefando.

Reed Williams corta pela água com golpes duros, bravos. Ele tentou conversa doce, ele tentou temperamento, ele tentou ameaças. Mas aquela maldição Arnette estava sendo hardnosed sobre este—a diretora insistir em princípio.

Ou professar para ser. Cadela hipócrita.

Blefando, ele pensou novamente como ele lançou a parede da piscina e listrado seu caminho para outro colo. Ele só faria outros cinco colos, deixe seu guisado um pouco.

Ele tem estado certo que ela o aguardaria, ou se ela oscilasse, ela estimaria sua própria posição suficiente para assegurar seu.

Era aquele fucking policial, ele decidiu. Tido que ser um dyke—ela e aquele companheiro de olhos marrons sua. Cadelas reais.

A maioria de mulheres eram, você acabou de ter que saber como lidar com eles.

E se ele soubesse qualquer coisa, ele soube como lidar com mulheres.

Soube como lidar com ele mesmo. Soube como lidar com qualquer veio junto.

Ele lidou com Craig, não é? Pobre bastardo.

Nenhum modo eles iriam pendurar o pobre bastardo é o assassinato nele, especialmente com Oliver Straffo em seu canto.

E isso não era ironia adorável, adorável? Não que esposa do Straffo tinha sido uma canção particularmente excitante. Mas tudo aquela culpabilidade e miséria deram um certo sabor para a pancada rápida na festa de feriado, e o único nooner em seu lugar.

Mas Deus conheceu, seria melhor ele.

Ele não iria renunciar acima de um pouco sexo, isso era para condenava certo. E se Arnette seguido por e começou procedimentos de término, bem, ele a advertiu. Ele não afundaria só.

 

Uma vez que ele lembrou a ela de que—novamente—ela acomodar-se.

Um pouco sem fôlego, ele terminou seu colo final, agarrou a extremidade da piscina como ele começou a remover seus óculos de proteção.

Ele sentiu um pouco picada, um pouco zumbido só abaixo da coroa de sua cabeça. Ele ergueu uma mão para esmagar nisto, como se ele fosse um mosquito. Seus dedos formigados.

Seu coração começou a pancada, sua garganta para fechar. Como sua vista borrada ele piscou, viu alguém. Ele tentou gritar, mas sua voz era um coaxar. Ele tentou puxar seu corpo da piscina, mas suas mãos, seus braços já eram entorpeciam. Ele perdeu seu aperto, bata sua mandíbula na extremidade.

Ele não sentiu nenhuma dor.

Ofegando, ele lutou manter seu cabeça para o água acima. Ele sufocou, e batido, ordenou ele mesmo para flutuar. Só para flutuar até que ele podia pensar novamente.

“Eu ajudarei você,” seu assassino disse. E com o pólo longo da piscina líquido alcançado. Apertando isto ligeiramente em seu ombro, empurrou ele, segurou ele abaixo sem esforço real mesmo.

Até que suas lutas pararam.

 

Eve saído do chuveiro parecendo renascido. Ela tem sido fora dela anda a passos largos, ela admitiu, fora dela alimenta, e planície justa fora por alguns dias. Mas isso era feito.

Ela era agradecida só algumas pessoas souberam que ela deixou se obcecar acima de e é girado ao avesso sobre algum satisfeito consigo mesmo, manipulatório blonde. Magdelana Percell, ela se prometeu como o ar morno do tubo secante rodado, era oficialmente história.

Ela impediu uma bata e decidiu que ela estava com fome suficiente para comer o que Roarke chamou um irlandês cheio. Uma vez que ela teve aquele e algum café debaixo de seu cinto, ela estava encabeçando diretamente até Central.

Ela estava voltando para o início da investigação de Foster com ela se importa claro. Talvez o pessoal obscureça causou ela para faltar algo.

Ela saiu, e Roarke estava lá, sipping café, esquadrinhando o último do financials enquanto o gato bateu sua cabeça contra braço do Roarke. Como se dizer, “Você não vai comer? Onde está café da manhã?”

“Você alimenta que lardeia-asno já?” Ela perguntou.

“Eu fiz, sim, entretanto ele me chamará um mentiroso. Eu, porém, estava esperando por você.”

“Eu acho que eu podia sufocar algo. Alguns ovos e qualquer.”

“Você precisa de algum qualquer.” Ele rosa, cortando ela fora de antes dela alcançar seu armário, e deu seu asno um deliberado apertar. “Você perdeu umas libras do par nos últimos dias.”

“Talvez.”

“Minha medida tem definir precisão quando vier para você.” Ele a beijou entre os olhos. “Uns cheios irlandeses está em ordem, eu estou pensando.”

“Isto é bastante qualquer.” Ela foi para seu armário com um sorriso em seu rosto. Era bom para voltar em synch.

“Se eu for claro e você pode administrar isto,” ela começou como ela agarrou roupas, “talvez nós podíamos bop por Mavis e do Leonardo. Eu posso etiqueta sua mais tarde, veja se eles estiverem em cima para isto.”

“Ternos me.” Ele trocou para as notícias matutinas antes de ir para o AutoChef. “Um ursinho, era?”

“Peabody disse. Ou algo naquele reino.”

“Eu acho que nós dois poderíamos partir para aquele até Caro. Nenhuma dúvida ela saberá apenas da coisa. Só deixe ou seu ou mim sei se eu devia vir até Central ou encontrava você em seu lugar.”

Ela era robusta em seu equipamento de arma quando ele girou. “É uma pena que você não podia ter aparecido em show do Nadine assim. O shirtsleeves, a arma em seu lado. Sensual e perigoso.”

Eve só bufou, então sentado para colocar suas botas.

Ele cruzou acima de anotar seus pratos, e depois de uma advertência de aça olhar para Galahad, puxado para seus pés. “Sensuais,” ele repetiu, “perigoso. E meu.”

“Melhor atrás fora de, ás. Eu sou armado.”

“Apenas do modo que eu como você. O que você diz que nós fazemos o óbvio e clichéd por Dia dos namorados? Um jantar romântico para dois, muito champanha, dançando, e quantias incríveis de sexo inventivo.”

“Eu poderia estar disponível isto.”Quando o Dia dos namorados de inferno era novamente?

Ele riu, lendo ela perfeitamente. “A décima quarta, meu bobo sentimental. Que seria depois de amanhã. Se trabalho interfere, nós só teremos um muito final de jantar para dois, e assim por diante.”

“Você está ligado.” E porque acabou de parecer certo, ela deitou sua cabeça em seu ombro.

Ela faltou a primeira oração ou dois o chirpy em-repórter de ar disse. Até quando nome do Roarke era anunciado—e sua própria—ela poderia ter deixado que deslizar.

Mas ele endureceu contra sua assim ela enfocou na tela. O ar dentro de seu corpo simplesmente evaporado, e deixou seu oco.

Ele permaneceu com Magdelana, permanecida fecha, olhando abaixo nela. Apenas da sugestão mais nua de um sorriso em seu rosto. Um rosto Magdelana segurou intimamente em suas mãos.

“…Identificado por nossas fontes como socialite europeu Magdelana Percell, recentemente divorciado de Georges Fayette, um empresário francês rico. Parece Sra. Percell tem um olho para homens ricos como ela era vista almoçar com Roarke só dias atrás nas Irmãs exclusivas Três restaurante aqui em Nova York. De acordo com nossas fontes, o par apreciou saladas sazonais e muita conversação íntima. Nós perguntamos-nos se Tenente Dallas, um de topo Polis de Nova York, esposa do e Roarke do no ano passado e um metade, está investigando.”

“Fuck me,” Roarke murmurou. “Que sangrento bullshit. Eu sinto muito eles—”

Ele parou qualquer que ele iria dizer quando ela estava puxando muito lentamente, muito deliberadamente longe dele. E ele viu seu rosto. Era branco de folha, seus olhos escuros e chocados contra o absoluto pallor.

“Cristo Jesus, Eve, você não pode—”

 

“Eu tenho que ir trabalhar.” As palavras saltada muito em sua garganta, em sua cabeça, ela não estava certo que eles terminaram na ordem de direito.

“Bollocks para aquele. Toall deste. Eu não fiz nada, e você devia saber isto—maldição isto, você devia saber sem mim dizendo isto. Eu a caminhei fora do edifício. Ela veio para me ver, e eu dei seu menos que dez minutos antes de eu a mostrar à porta. Eu me senti pequeno fazendo isso, se você deve conhecer, mas eu prefiro a machucar que causar você um momento de infelicidade.”

 

Ela falou tão lentamente e deliberadamente quanto ela moveu. “Eu preciso de você para atrás fora de.”

“Fuck isto! Fuck isto, Eve. Eu ser ser tentado e condenou porque um pouco de moron teve um vid-excêntrico no momento certo? Um momento quando uma mulher eu uma vez gostei de dito adeus? Você pensa que eu teria envergonhado você, ou eu mesmo venha para aquele, deste modo?”

“Você fez, você nos envergonhou deste modo. Mas isto não é importante, isto não é o ponto.”

“Condene se eu me desculparei por ajudar uma mulher em seu carro em uma rua pública no meio do dia de hemorragia.” Ele arrastou sua mão por seu cabelo em um gesto que ela reconheceu, até agora, como frustração absoluta. “Você é muito esperto para este. Você conhece existem pessoas que amam nada além de espalhar sujeira sobre as pessoas gostam de nós. E você me acusaria—”

“Eu não acusei você.”

“Oh, aye, você tem, de toda maneira de coisas.” A frustração ligou uma moeda de dez centavos para ira e insulto. “E você faz isto sem uma palavra. Eu prefiro ter as palavras tão duras quanto eles poderiam ser que isso assiste seu rosto. É matança me. Vamos ter este fora então, de uma vez por todas, e é sangrento bem feito com isto.”

“Não. Não. Eu não quero estar aqui agora mesmo.” Cuidadosamente, ela levantou sua jaqueta. “Eu não quero ser com você agora mesmo. Porque eu não posso lutar agora mesmo. Eu não posso pensar. Eu não tenho nada. Então você ganhará, se é disso que você precisa, porque eu não tenho nada.”

“Isto não é sobre premiado.” A miséria absoluta em seu rosto, em sua voz, afogou o temperamento. “O que eu preciso ser para saber que você acredita me em. Que você me confia. Que você me sabe.”

As lágrimas estavam vindo; Ela não poderia segurar eles de volta muito mais longos. Ela coloca sua jaqueta. “Nós entraremos nisto mais tarde.”

“Que uma coisa, Eve,” ele disse como ela se virou. “Responda que uma coisa. Você acredita em que eu trairia você com ela?”

Ela retraiu o que pequena ela teve e girou o enfrentar. “Não. Não, eu não acredito em que você me trairia com ela. Eu não acredito em que você enganaria em mim. Mas eu tenho medo, e eu estou doente em meu coração que você poderia olhar para ela, então em mim. E remorso.”

 

Ele tomou um passo em direção a ela. “Eve.”

“Se você não deixar-me ir agora, isto nunca será certo.”

Ela fez isto fora do quarto, degraus abaixo. Ela ouviu Summerset dizer seu nome, e manteve mudança. Saia, era tudo que ela podia pensar. Caia fora.

“Você precisa de seu casaco.” Como ela arrancou na porta, Summerset drapejou isto acima de seus ombros. “Está muito frio. Eve .” Ele falou seu nome dado quietamente, e quase quebrou sua última linha de defesa. “Você a deixará usar você dois deste modo?”

“Eu não sei. Eu—” Seu Communicator buzinou. “Oh Deus, oh Deus.” Ela chateia abaixo. “Bloqueie vídeo,” ela ordenou. “Dallas.”

Despacho, Dallas, Tenente Eve…

Ela empurrou seus braços nas mangas do casaco como ela era ordenada para Sarah Childand. Ela respondeu como ela andou a passos largos fora para o carro.

E ela sentiu Roarke assistindo ela de sua janela do quarto como ela foi embora fazer o trabalho.  

 

Permanecido acima do corpo de Reed Williams e bloqueado fora tudo exceto o trabalho. Ela conheceu que Eric Dawson—que achou Williams flutuando e saltou em tentar salvar ele—estava atualmente no locker quarto com um uniforme.

O med-techs que respondeu lutou o reavivar, até depois de tentativas do Dawson, então do Enfermeira Brennan, como CPR falhou.

Então sua cena de crime e o corpo tinha estado severamente comprometido. E Reed Williams estava ainda muito morto.

Ela abaixou abaixo, examinou a contusão e dilaceração raso junto sua mandíbula. Caso contrário, de seu exame, seu corpo era sem marca. Ele estava vestindo preto nada calção de banho, e um par de azul-lente minigoggles flutuado na piscina.

Como Peabody ainda não chegou na cena, ela girou o corpo se para estudar o de volta, as pernas, os ombros.

“Nenhum trauma visível diferente do jawline, alguns arranhões superficiais consistentes com ser retirado-se da piscina atrás. Nenhum sinal de luta.” Ela levantou, começou a caminhar em torno da piscina. “Nenhum sangue visível. Poderia ter sido sangue, e era lavado longe.” Frowning, ela procurou para uma arma que poderia ter causado o ferimento na mandíbula.

“Vic está próximo ao charco. Alguém risca, vic retira-se na água. A consciência perdida e afoga? Talvez, talvez, mas a contusão não é tão severo. Mas talvez.”

Ela manteve caminhada, e estudou a extremidade da piscina. Caminhou de volta, hunkered abaixo novamente, e usados microgoggles e um penlight para conseguir uns melhores olhar para o ferimento. “Apartamento. Mais uma raspadura que um corte. Na água já talvez. Sim, é o ângulo certo, não é? Vic está tomando seu nada, chega à parede, alças sobre a extremidade por um minuto. É disso que você faz. Deslizes, perde seu aperto, bate seu queixo no rodear. Mas por que? Desajeitamento justo? Não atingiu-me como um sujeito desajeitado. E isso acorda o afogando? Ou ele teve ajuda?”

Ela voltou para o corpo, agitou sua cabeça. “Não existe nenhuma pele debaixo de suas unhas. Nenhum sealant, não nada. Limpe como um apito de maldição. O que você faz se alguém segurar sua cabeça debaixo de? Você luta, você arranha. E se eu for insistir na saia da piscina segurando um pouco de sujeito debaixo de—por exemplo, um sujeito forte, um sujeito que descobrir regularmente—eu provavelmente vou dar sua cabeça um bom baque contra a parede para seguro. Fácil entender mal uma cabeça bater para acidental.”

Frowning novamente, ela começou a procurar, sentir a de volta de cabeça do Williams. Nenhuma pancada, nenhum dilaceração, nenhum trauma.

Olhado simples, olhado fácil. Olhado acidental.

E ela thought: No fucking modo.

“Bolsa e etiqueta ele,” Ordenou e endireitou. “MIM determinar. Pedido de prioridade para Morris. Eu quero os varredores para examinar cuidadosamente o afiar. Eu estou procurando por sangue ou pele.”

Ela moveu fora de, no locker quarto onde o Dawson se sentou em uma roupa de moletom folgada bebendo café quente. “Oficial.” Movimentado a cabeça para o uniforme. “O detetive Peabody devia estar momentaneamente chegando. Dirija ela aqui.”

“Sim, senhor.”

“Sr. Dawson.”

“Ele estava flutuando.” As mãos do Dawson começaram a agitar um pouco. “Ele estava flutuando. Eu pensei a princípio que ele era só…só flutuante, o modo que você faz. Então eu vi que ele não era.”

“Sr. Dawson, eu vou registrar este. Você entende?”

“Sim, sim.”

“Sr. Williams já estava na piscina quando você entrou para a área?”

“Sim, ele era que…” Ele desenhou uma respiração longa, economize a xícara de café. “Realmente, eu estava procurando o por. Eu vi Arnette—Diretora Mosebly, e ela perguntou se eu tomaria quarto-período do Reed classifica hoje—isto é meu período de estudo. Ela disse a mim que ele foi suspenso e ela iria iniciar atos de término, a menos que ele renuncie dentro das próximas vinte e quatro horas. Eu me senti terrível sobre isto.”

“Você era amigável com Sr. Williams?”

“Todos nós nos demos bem aqui. Nós éramos todos amigáveis, existia nunca qualquer aborrece aqui. Até…Oh, Deus.” Ele soltou sua cabeça novamente, beliscão a ponte de seu nariz. “Eu concordei em monitorar a classe, mas perguntou se eu pudesse falar com ele, conseguir um pouco de idéia de seu plano de lição. Eu não sei.”

Ele braceou sua cabeça, umidade de cabelo quieto, em sua mão. “Ela disse que ela assumiu que ele estava limpando totalmente seu lockers. Eu glanced no vadiar, mas ele não estava lá, então eu entrei no centro de boa forma física. Seu locker estava ainda ativado, mas ele não estava nas máquinas. Eu acabei de andar na área de charco, ver…”

“O que você viu?”

“Ele estava flutuando, facedown. A princípio, eu…eu achei que—eu talvez disse, ‘Maldição, Reed, isto é uma maldição mess.’ que Ele manteve flutuante, e eu percebi que…eu saltei em. Você deveria agarrar uma flutuação, mas eu não pensei. Eu acabei de saltar, e eu virei ele, rebocou ele ao lado. Eu o consegui fora. Eu tive que sair primeiro, então o arraste fora. Eu fiz boca-para-boca, CPR. Nós somos todos exigidos para saber como fazer isto. Eu não sei quanto tempo, mas ele não estava respirando. Eu bato o intercomunicador, chamada Enfermeira de Carin Brennan. Eu disse que ela chamasse nove e um-um e vir para o charco.”

“Que ela fez.”

“Sim. Ela veio imediatamente. Ela tentou, quando ela chegou aqui, ela tentou. Então o MTs tentou. Mas eles disseram que ele se foi.”

“Onde são seus sapatos?”

“Sapatos?” Ele olhou abaixo em seus pés nus. “Eu esqueci sapatos. Eu tive minhas roupas de trabalho em quando eu entrei na piscina. O oficial de polícia disse que estava certo para mim mudar. Eu esqueci de pôr minhas derrapagens, eu acho. Talvez se eu chegasse lá mais cedo, só um minuto ou dois mais cedo. Se eu não olhasse no vadiar primeiro.”

“Eu não acho, Sr. Dawson. Eu penso que você fez tudo que você podia.”

“Eu espero que eu fiz. Eu quase afoguei uma vez, quando eu tinha dez anos. Minha família sempre foi para a orla de Jersey em agosto. Eu saí muito longe, e eu não podia voltar. As ondas só continuadas me empurrando mais distante, e eu não podia ficar acordado. Meu pai me puxou de volta. Ele chegou a mim e me puxou a distância toda atrás para tosquiar. Blistered minhas orelhas para natação fora tão longe, então ele chorou. Só sentado e chorado. Eu nunca esqueci isto, ou o quão assustado eu era. É um caminho assustador para morrer.”

“Sim, mas principalmente eles todos são.”

Ela o questionou adicional, mas se ele tiver sido responsável pela morte do Williams em vez de traumatized por isto, ela comeria seu distintivo.

Ela o lançou, então locker do Williams acessado para outra procura. Um de seus bons ternos, ela notou, com camisa e gravata, vista sapatos. Então ele tem planejado para dude em cima pelo dia. Não soou como o tempo de resignação para ela.

Podia ter tido outro compromisso, ela meditou. Ela procurou por sua bolsa de artigos de toalete, achada nada fora da linha. Então arrastada fora sua pasta como ela ouviu os passos largos robustos de botas do inverno do Peabody.

“Williams é nosso DB,” Disse sem examinar. “Achado flutuante facedown na piscina, passado reavivando. Contundida e desprezada na mandíbula, podia ser ele ficou com bagueta, mas ele conta me com como se ele rapped ele mesmo na extremidade da piscina. Algumas raspaduras atrás consistentes com serem retiradas-ses. Nenhum outro trauma visível.”

“Então ele parece acidental.”

“Pareça com. Não é, ou eu estou macaco de um dançar. Nós quereremos ir por este disco, mas pelos olhares de sua pasta, parece que ele era fixado para retomar seu teacherly trabalhos hoje.” Agora ela examinou em Peabody. “As reivindicações de declaração de testemunha Williams era suspenso, e atos de término eram fixados para começar se ele não renunciasse dentro vinte e quatro.”

“Mas ele entra, usa as instalações da escola.” Peabody cutucou sua cabeça no locker. “E de todos os aparecimentos estavam indo para duro ele fora. Quem ele veria esta manhã?”

“É disso que nós vamos descobrir, mas meu dinheiro está em Mosebly.”

 

Eles localizaram a diretora abaixo em seu escritório, facilmente cortando pelo admin que se sentou turvo-de olhos e cheirando. Mosebly compassou o quarto como ela falou em um receptor do telefone. Ela levantou uma mão, sinalizando Eve E Peabody esperar.

“Sim, claro. Eu irei. A polícia estão aqui agora. Eu voltarei para você assim que eu falei com eles.” Mosebly tomou fora do receptor do telefone, deitou isto em sua escrivaninha. “O presidente de nossa tábua,” ela disse, e esfregou suas pontas do dedo entre suas sobrancelhas. “Isto é um tempo muito difícil. Se você dará a mim um momento, eu preciso organizar para classes ser despedido pelo dia.”

“Ninguém parte,” Disse de modo plano.

“Eu imploro seu perdão? Nós tivemos uma segunda morte. Você não pode esperar os alunos —”

“Ninguém deixa o edifício até que eu passe sem tocar isto. Nenhum outro entra a menos que eu passe sem tocar isto. Que hora você falou com Sr. Williams esta manhã?”

“Eu sinto muito, minha cabeça é intensa.” Ela moveu para sua escrivaninha, abriu uma gaveta, e tirou um caso esmaltado pequeno. Ela removeu o que Reconheceu como um bloqueador normal. Depois de se despejar um copo de água, ela se sentou, tomou a pílula.

Ajudaria a enxaqueca, Pensou Eve, e também deu a Mosebly alguns momentos para juntar sua testemunha e decidir o que ela diria e como ela diria isto.

“Eu registrei às sete, ou logo depois. Para ser franco, Morte do Craig Foster gerou muita preocupação entre os pais, a diretoria. Eu segurei várias conferências, e entraram cedo hoje para pegar em cima em outros trabalhos administrativos.”

“Inclusive preparar atos de término em Reed Williams.”

“Sim.” Ela apertou seu lábios junto. “Parece frio agora, mas não existia nenhuma escolha. Ele foi carregado com possuir substâncias ilegais, e é—ou parece que ele estava—debaixo de suspeita pesada para assassinato do Craig. Ele era obviamente um risco inaceitável para nossos alunos. Como eu disse a ele claramente ontem quando ele retornou a escola.”

“Ontem? Ele voltou aqui depois de sua audição de fiança?”

“Correto. Eu sugeri, inicialmente, ele toma um pouco de licença, mas ele era inflexível sobre continuar como se nada aconteceu. Entretanto a maior parte dos alunos saíram naquela hora, eu estava preocupado sobre ele causando uma cena, então eu o pedi para falar comigo aqui. Reservadamente.”

Mosebly escovou um dar seu cabelo, então arrastada jaqueta abaixo de seu terno. “Era desagradável, eu serei franco sobre que também. Eu expliquei a necessidade para evitar mais escândalo. Nós tivemos três pais removerem suas crianças da escola e exigirem sua instrução ser retornada. Uma vez que ficou público que um professor foi preso…”

Ela diminuiu, agitou sua cabeça.

“Como ele tomaria isto?” Perguntado Eve.

“Mal. É dentro de meu direitos para suspender um professor para suspeita de comportamento ilegal ou imoral, mas término é mais enganador. Ele soube isto. Ele stalked fora reivindicar aquele entre seu advogado e sua união rep, ele espremeria qualquer tentativa eu—ou o BOD—poderíamos fazer para o ter despedido.”

“Não afundaria bem com você.”

“Não, não fez. Não fez,” Mosebly repetiu com algum fogo em seus olhos. “Enquanto eu acredito em que nós podíamos e tínhamos tido sucesso no término, teria sido uma bagunça feia. E teria resultado, nenhuma dúvida, na perda de mais alunos.”

“E mais renda.”

“Sim. Sem renda, nós não podemos fornecer a educação os alunos esperarem e merecerem.”

“Mas ele entrou hoje indiferentemente. Você teve palavras com ele na piscina? Você tem nadado esta manhã, Diretora Mosebly.” Ela esperou enquanto Mosebly piscou. “Sua toalha, ainda umedece, estava no locker quarto cesto. Laterais das mulheres. Uma toalha.”

“Como eu declarei antes, eu freqüentemente nado de manhã. Eu vi Reed, sim, como eu estava saindo da piscina. E sim, nós tivemos palavras. Eu disse a ele que eu o quis fora das premissas, e ele me informou que ele iria tomar uma natação, então tenha algum café e um muffin antes dele começar a suas classes.”

“Desafiando sua autoridade,” Iniciado Eve.

“Ele era muito satisfeito consigo mesmo e arrogante sobre isto. Eu não nego que nós discutimos, ou que eu estava muito bravo. E ele estava mergulhando na piscina, muito vivo, quando eu parti. Eu chovi, vestiu, então vim diretamente aqui para contactar o presidente e revezamento a situação.”

“Que hora era isto?”

“Teria sido ao redor de oito quando eu cheguei a meu escritório e fiz o telefonema. Quando eu terminei, eu achei Eric—Sr. Dawson, e o pediu para monitorar quarto-período do Reed classifica hoje. Eu também falei com Mirri e Dave, atribuindo cada um delas para uma de classes do Reed.”

Ela parou, suspirou. “Um pesadelo de planificação pequena. Eu com intenção de esperar por Reed terminar do locker quarto, dê a ele outra chance de sair sozinho. Então, como ordenada pela diretoria, eu chamaria segurança e o teria escoltado fora do edifício. Eu não conheci Enfermeira Brennan fez o nove e um-um telefonema até os técnicos médicos estavam apressando em. Eu não soube que…eu não tive nenhuma idéia o que aconteceu.”

“Você sabe a rotina até agora. Eu preciso dos nomes de todo mundo que estava no edifício entre sete e M. de oito thirtya.s Meu companheiro e eu começaremos entrevistas.”

“Mas…mas isto era um acidente.”

Eve finamente sorriu. “É disso que você disse sobre Foster.”

 

Existia pouca variação até onde pessoal em premissas, Notado. Mas era muito interessante para aprender que Allika Straffo registrou, com sua filha, às sete e trinta-duas, e não assinou fora novamente até oito e doze.

Sua medida pôs Williams TOD às sete e cinqüenta.

Ela ponderou isto acima de como ela instalar entrevistar Mirri Hallywell.

 

“Eu não sei quanto mais nós podemos tomar,” Mirri começou. “Este lugar, é como uma tumba. Como é amaldiçoado. Aqueles sons dramáticos, mas isto é como sente para mim.”

“Por que você estava aqui tão cedo? Eu mostro a que você registrar às sete e quinze.”

“Oh. Clube de drama. Nós estamos encontrando na frente de classes. No teatro. Discussão, um vid de alguma cenas fromOur Cidade. ”

“Eu precisarei de uma lista dos alunos e presente de pessoal. Pais e guardiães.”

“Claro, nenhum problema. Eu era o único pessoal lá.”

“Você deixou o teatro em qualquer hora durante a reunião?”

“Não. Eu era lá de sete e trinta até oito e quinze. Realmente, um pouco antes de sete e trinta que eu instalar o vid, e provavelmente alguns minutos depois de oito e quinze como eu quebrei eles. Eu não ouvi sobre Reed até que eu voltava em minha sala de aula.”

“Você soube que Williams tinha sido preso ontem.”

“Todo mundo soube.” Ela ergueu um ombro. “Eu não posso dizer que eu ficava surpreendido, e talvez—eu provavelmente não devia dizer isto, mas talvez um pouco contente. Comeuppance, sabe? Mas isto? Afogando o modo que ele fez, isto é horrível. Eu só não sei como podia ter acontecido.”

 

“ Nós vamos conversar com o frágil e Sra. Straffo adorável.” Eve chegou atrás da roda. “Eu pergunto-me como ela lidou com a ironia de ter seu marido defendendo o sujeito ela dicked ao redor nele com. E o que ela estava fazendo no edifício por quarenta e cinco minutos.”

“Straffo não estava em lista de memória do Hallywell de pais no teatro durante a reunião.” Peabody trocou um pouco, continuado olhando diretamente fora o pára-brisa. “Então, como são coisas?”

“Que coisas?”

“Eu, ah, aconteceu ter a tela nesta manhã quando eu estava agarrando um bagel. Pego aquele pedaço estúpido sobre aquele blonde e Roarke. Alguém podia ver era bullcrap.”

“Então por que você educa isto?”

“Desculpe.”

“Não,” Disse depois de um minuto. “Não, nenhum ponto em slapping em você para isto. É do lado de fora da caixa agora mesmo, isto é todo. E ele está ficando do lado de fora da caixa porque não é parte do trabalho. Claro?”

“Certo.”

“Eu não posso admitir isto agora mesmo,” Disse atrás de outro momento de gritar silêncio. “Eu não posso pensar sobre isto agora mesmo.”

“Certo. Eu só vou dizer esta aqui coisa, então feche a tampa. Bullcrap.”

“Obrigado. Certo, por que fez Sra. Straffo toma a criança para a escola hoje. Por que não o babysitter?”

“Isso seria o au par em seu nível. Boa pergunta.”

Parado na frente do edifício de apartamentos. “Então vamos perguntar isto.”

Ela teve que cortar pelo porteiro que experimentado para bloquear eles. “Sra. Straffo tem sua cobertura em modo de isolamento. Porta e 'vínculos. Ela não quer ser transtornada.”

“Camarada, eu não sei o que tipo de gratificação do Natal você consegue do Straffos, mas agora é o tempo para perguntar você mesmo se for no valor de você sendo arrastado em Central e seguro para obstrução de justiça. Isto é um distintivo. Leia isto e lamente. Agora ande de volta, ou você vai estar sentando em segurar pelas próximas várias horas.”

“Eu estou só fazendo meu trabalho.”

“Não são todos nós.” Movido por ele, então pausou. “Você viu o au formar par esta manhã?”

“Cora? Ela saiu mais ou menos nove. Incumbências. Ela disse que Sra. Straffo não estava se parecendo muito bem, e ativou o modo de isolamento. Ela não voltou ainda.”

“Que tal Sra. Straffo? Que hora ela voltou esta manhã?”

“Mais ou menos oito e trinta, talvez um pouco mais tarde. Não olhou bem qualquer um.”

“A pé, ou de carro?”

“Caminhada. Caminhou para a criança para a escola. É mais ou menos dez minutos longe. Eles estavam fugindo algum. A criança disse que ela estaria atrasada para sua reunião se eles não se apressassem.”

“O au forma par normalmente não toma a criança em, escolha ela em cima?” Peabody perguntou-se.

“A maior parte do tempo, certo,” o porteiro confirmado. “Um do Straffos a leva de vez em quando.”

Equitação até a cobertura, Trabalhado na contagem de tempo. Deixe a escola, passeios casa. Tome uns bons quinze minutos para fazer isto. Não apressando então. Vá de cima, dá o au par incumbências para correr. Feche.

Queira isolamento.

Na cobertura, Eve Apertou a cigarra. A segurança piscou, e o computador clicado em.

Nós sentimos muito. A família de Straffo ativou isolamento cheio. Se você se importar deixar seu nome e contactar informações, uma da família retornará para seu telefonema quando disponível.

Eve segurou seu distintivo para o scanner. “Isto é negócios de polícia. Você é ordenado para anular modo de isolamento e informar Sra. Straffo abrir a porta.”

Um momento, por favor, enquanto sua identificação é verificada…ID verificada. Por favor espere…

Eve era justo toying com a idéia de bater um punho na porta quando abriu. O porteiro teve isto direito. Allika Straffo não pareceu bem.

Ela pode ter sido vestida de seda vadiando pijama, mas eles eram perdidos nela como ela permaneceu pálido e oco-de olhos.

“Por favor, isto não pode esperar? Eu estou doente.”

“Você estava bem suficiente para caminhar para sua filha para a escola esta manhã. Algo acontece lá que fez você doente? Ou talvez você tem sentido um pouco fora desde seu marido concordou em defender seu amante.”

“Ele não é meu amante. Ele era um engano. Por favor, deixe-me só.”

“Não indo acontecer.” Eve deitou uma mão na porta na frente de Allika poder fechar isto. “Você conserta aquela engano esta manhã?”

“Eu estou cansado.” As lágrimas começaram a juntar e cair. “Eu estou só doente e eu estou cansado. Eu só quero todos este ir embora.”

“Então você ajudou Williams descer para a terceira vez?”

“Sobre o que você está conversando? Oh, Deus, entre então. Só entre. Eu estou muito cansado para estar aqui discutindo com você.” Ela foi embora a porta, foi para a área viva para se sentar em um dos sofás, solta sua cabeça em sua mão.

“Eu era tal bobo, um bobo tão estúpido já para deixar ele me tocar. Agora, quanto eu vou ter que pagar por isto?”

“Ele pôs o apertar em você para dinheiro?”

“Dinheiro?” Ela ergueu sua cabeça. “Não, não. Que ele chamaria Oliver, convença Oliver o defender. Que tipo de um homem é isto? E ele aqueles frascos tido em seu quarto? Agora, como eu posso estar certo ele não usou eles em mim? Eu tenho náuseas.”

“Então você o confrontou esta manhã?”

“Não. Eu com intenção de. Eu tentei conversar Oliver fora de o representar, mas determinado do Oliver. Eu tive que conhecer o que Reed disse para ele, tido que convencer Reed achar outro advogado.”

Eve se sentou “Vamos conseguir este em registro, só muito protegido de todo mundo. Eu vou ler você seu direitos.”

“Mas—”

“Você é casado com um advogado. Você sabe como este trabalhos. Registre em.” recitou o Miranda Revisado, assistindo rosto da Allika à medida que ela fez. “Faça que você entende seu direitos e obrigações neste assunto.”

“Claro, eu faço.”

“Você tomou sua filha para a escola esta manhã, chegado mais ou menos sete e trinta.”

“Sim, eu pensei se eu a levasse em, e Reed estavam lá que…eu vi que ele era, no registrar tela. Então eu caminhei para Rayleen para o teatro e eu voltei. Eu pensei, naquele tempo da manhã, ele estaria no centro de boa forma física. Mas eu não o vi lá. Eu decidi verificar o charco. Eu ouvi eles como eu andei pela entrada do locker quarto.”

“Ouvido quem?”

“Reed e Mosebly Principais. Discutindo, gritando com um ao outro. Ela disse a ele que ele era feito, que ele não seria preso a escola. Se ele não renunciasse, ela veria que ele era terminado.”

“Por que chatearia você?” Perguntado Eve.

“Ele eu não quero dizer, não era agradável, mas isso não era o que chateado me. Eu comecei a partir. Eu não quis que ela me achasse lá. Entretanto…ele disse, ‘Tenta isto, Arnette.’ Ele disse isto como ele estava tão divertido. Eu acho que ele até riu.”

Ela estremeceu. “Eu nunca ouviria ele falar assim, tão duro, tão feio. Ele era sempre tão gentil e encantador comigo, até quando eu disse a ele que eu cometi um engano. Ele era muito compreensão. Mas isto…”

“O que mais você ouviu?”

Allika umedeceu seu lábios. “Ele disse a ela que ele não seria o único fora em seu asno. Empurre ele, ele empurraria de volta. Como fez ela pensar que a diretoria sentiria se eles descobrissem que ela tenha fucked que ele—isto é exatamente como ele disse isto. Ela tem fucked ele, um de seus membros de faculdade naquele muito charco. Em chãos da escola sagrada. E em seu escritório. Me fez doente ouvir isto, ouvir ele começar a descrever o que eles fizeram junto.”

“E Mosebly?” Eve começou. “Como ela reagiu para a ameaça de exposição?”

“Eu não sei. Eu corri fora, porque eu estava doente. Eu fui para um dos banheiros e vomitei.”

Ela apertou seus dedos para seu lábios, apertou seus olhos fechados. “Eu estava tão envergonhado. Envergonhado e repugnado comigo mesmo, com que eu fiz. Isto era o tipo de homem que eu traí meu marido. E agora ele esteve usando isto, usando Oliver porque ele conhece que eu sou muito grande um covarde para dizer a Oliver o que eu fiz. Ele sabe que eu‘ll manter quieto, e eu suponho Diretora Mosebly querer, também. Então ele só continuará ao próximo.”

“Não, ele não irá. Ele está morto.”

Allika olhou fixamente para Eve. Então seus olhos fechados e ela deslizou bonelessly para o chão polido.

 

QUANDO ALLIKA REAVIVOU, ELA SE INCLINOU histeria de DIRECTLYinto. O soluçar, o agitar, os olhos selvagens podiam ter sido culpabilidade, um bom ato, ou choque. Eve decidiu reservar julgamento quando o au par apressado em, carting mercado bolsas.

“O que é isto? O que é acontecido. Oh, Deus, é isto Rayleen?”

“Brinque seja bom.” Eve esperou enquanto Cora esvaziou as bolsas no chão e apressadas para o lado da Allika. “Calma ela abaixo. Tranq ela se você tiver para. Nós terminaremos a entrevista mais tarde.”

“Sr. Straffo?”

 

“Ele é bom, também, até onde eu sei. Calma ela abaixo, então volte. Eu tenho umas perguntas para você.”

“Certo então, shh, shh, bem.” No modo de mulheres que são natural caregivers, Cora afinou uma voz para uma canção suave. “Apareça com Cora agora, não é? Tudo vai estar certo.”

“Está todo se quebrando,” Allika soluçou como Cora a desenhou em cima. “Ele está morto. Meu Deus, ele está morto.”

Cora é olhar fechado com fecho para . “Outro professor,” Disse a ela.

“Oh, Jesus Doce. Sim, amado, venha e deite-se por algum tempo.”

Cora a levou em direção ao elevador em lugar da escadaria. Ela teve seu braço ao redor Allika quando o fim de portas, agüentando o outro peso da mulher como se ela pesou não mais do que uma criança.

“Contacte Mosebly, Peabody,” Disse com seus olhos treinado no segundo andar. “Eu quero que ela venha até Central. Faça isto agradável, apologético. Você sabe como tocar isto.”

“Só algumas mais perguntas, melhores para todo mundo se nós conversarmos longe da escola. Conseguiu isto.”

Como Peabody saiu seu vínculo de bolso, Caminhado casualmente em cima os degraus. Verificação justa em uma testemunha possível, suspeito possível, ela pensou. Perfeitamente compreensível, perfeitamente aceitável. Perfeitamente legal.

E se ela tomasse seu tempo, examinando os outros quartos de suas entradas, não era uma violação.

Ela esquadrinhou o que ela assumiu era casa escritório do Straffo. Espaçoso, liso, toques de chocolate caro-couro marrom. Boa visão, com telas de isolamento comprometido. Sofá pequeno, não que sujeito esticar em para um cochilo. Todos os negócios, então.

Em frente a era o que ela supôs seria chamada Allika está sentando quarto. Existia uma escrivaninha pequena com dramaticamente curved pernas, uma cadeira de comparação. Pastéis, ela notou. Pinks e greens e uma bonita pequena lareira. No mantel era fotografias emolduradas. Ela podia ver vários da criança, a família, um de marido e esposa—mais jovem, mais suave—radiante fora. Mas não existia nenhuma fotografia de um pouco menino.

O filho condenado.

Telas de isolamento novamente, mas com cortinas verdes suaves flanqueando eles. Um pouco banqueta, um chá de fantasia fixa, flores.

No quarto além de que era o que pareceu com um playroom. Domínio de Kiddie, Pensou Eve. Brinquedos, uma pesada-abaixo escrivaninha, muita cores brilhantes, tão pesado no cor-de-rosa de doce fez De dor de dentes.

A criança avaliada sua próprio comp, Notado, sua própria tela e centro de entretenimento, sua próprio chá fixa, com mesa e cadeiras. A área de escrivaninha tinha sido adaptada como um escritório—para a geração da escola. Arquivos de disco, material de arte, que provável tinha sido usado para criar alguns dos retratos na parede.

O quarto juntado, Serra por uma porta aberta, um grande cushy quarto. Muito, muito girlie, muito, muito espumoso com seu tema rosa e branco, sua coleção de bonecas, emboneque mobília.

Que atingiu Como um pouco arrepiado. Quais embonecou necessidade com cadeiras, camas, mesas? A menos que eles venham para vida nos mortos, morta da noite. E usou eles.

Sim, definitivamente arrepiado.

Ela partiu, passada a porta Cora fechou. podia ouvir a mulher murmurante para Allika, sussurrando para ela.

Ela achou um quarto de convidado que teria passado reúne em um hotel de cinco estrelas.

Isso fez três quartos, três banhos—nenhuma dúvida o quarto de mestre reivindicou seu próprio—playroom, sentando quarto, escritório no segundo andar.

Ela glanced em cima, desejando que ela teve uma desculpa para vagar até o nível superior.

Ao invés, ela esperou até Cora escapou do quarto de mestre. Cora põe um dedo para seu lábios como ela aliviou a porta fechada.

“Nenhum isolamento acústico,” ela sussurrou, e gesticulado para Seguir ela para os passos que levam abaixo.

“Por que nenhum isolamento acústico em um lugar como isto?”

“Missus não teria isto, eu sou informado. Ela quer poder ouvir Rayleen na noite. Eles tiveram um filho, sabe, e ele morreu.”

“Sim, eu sei sobre isto.”

“Eu dei seu um tranqüilizante à medida que você disse. Ela devia dormir umas horas. Eu disse a ela que eu chamaria seu marido, mas ela disse que eu não devo, e chorei todo o mais duro. Eu não sei o que eu devia fazer.”

“Como ele tem estado entre o Straffos o último dia ou dois?”

“Ah, bem,” Cora empurrou em seu cabelo brilhante. “Ela tem sido nervosa. Eu acho desde que você é o policiar que não está dissuadindo a escola para dizer que ela não gostou dele lawyering para aquele professor que foi preso. Eles tiveram algumas palavras sobre isto ontem. Ela estava chateada, nenhuma dúvida, e exigiu o que ele faria se este homem era para ser carregado com assassinato do Sr. Foster. Senhor, ele disse que não era seu lugar para interferir com sua profissão.

“Nenhum isolamento acústico,” Cora adicionou com um sorriso torto. “É o primeiro que eu ouvi eles discutirem naquele modo desde que eu vim aqui. Eu subi distrair Rayleen disto, mas ela estava em seu playroom em sua escrivaninha fazendo seu schoolwork como ela faz na frente de jantar de família todo dia. Tido sua música em.” Cora bateu suas orelhas. “O headset. Então ela teria sido audição lutada que eles lutam.”

“E esta manhã?”

“Tenso. Como era durante o jantar ontem à noite também. Mas não existia nenhuma conversa de sobre a qual ele enquanto Rayleen e eu éramos.” Cora glanced nas bolsas ela soltou quando ela entrou. “Você se importaria se eu aceitasse em devolução esta para a cozinha, coloque no lugar coisas?”

“Não. Multa.” Eve sinalizou Peabody com um olhar, e levantou uma das bolsas se. “Eu tomarei este aqui.”

Jantar por arcada, ela notou—muita prata e negro, com um além de terraço largo. A cozinha—mesmo esquema de cor com salpicos de elétrica azul—pela porta à direita.

“Sra. Straffo tomou Rayleen para a escola hoje,” Eve Começou, e fixe a bolsa em um contador de trabalho largo, imaculado.

“Obrigado por isto. Ela fez, sim.” Cora começou a colocar no lugar material em armários pretos brilhantes ou o refrigerador de prata enorme. “Uma deles vontade, de vez em quando. Entretanto está sempre planejado fora antes. Eles são considerados aquele modo, deixando-me saber se eu terei um pouco de tempo para eu mesmo. Mas o missus disse a mim esta manhã, logo após o senhor partiu.”

 

Ela fechou a última porta de armário. “Eu posso conseguir você ou seu companheiro algo, Tenente? Algum chá talvez.”

“Não, obrigado.”

“Se você não se importaria, eu vou conseguir eu mesmo uma xícara. Eu sou tão chateado. Outro morto de professor, você disse. E coisas entram threes, tais coisas fazem.” Como ela programada o chá, ela enviou Um sorriso embaraçado. “Superstição, eu sei. Mas quieto. Oh, Deus, Rayleen. Eu devia ir a conseguir da escola? Mas eu não devia deixar o missus.”

“Seu pai iria ser contactado.”

“Certo então, certo isto é melhor.” Ela tirou o chá, suspirou. “Que situação atual.”

“Como era Sra. Straffo quando ela veio de volta de caminhar para Rayleen para a escola?”

“Ela pareceu mal, e disse que ela sentiu aquele modo também.” Cora deslizou sobre um tamborete em um bar pequeno de comer para beber seu chá. “Ela deu a mim algumas incumbências para correr, e disseram que ela quis o apartamento em isolamento assim ela podia dormir imperturbado. Eu fiz seu algum chá, então saiu para as incumbências.”

“Você corre muitas incumbências para ela?”

“Oh, realmente. É parte de minha posição. Eu não quero dizer ele para soar ela me trabalha metade para a morte, para ela não fazer.”

Pensou do elaborar playroom/bedroom de cima. “E você gasta muito tempo com Rayleen.”

“Eu faço, sim, e ela é um prazer. A maior parte do tempo,” Cora disse com um risada. “Mas o missus não deixa o criar para mim, se você me entender. E alguns fazem. Eles gastam tempo considerável junto, esta família—trabalha e toca. Ela é uma mulher adorável, o missus, e muito tipo, como é o senhor. Ainda, eu tenho que dizer, parece mim o senhor não devia ter estado defendendo aquele homem se chatear o missus muito. E agora ele está morto. Ela disse a mim que ele estava morto quando eu a dobrei na cama. Cordeiro pobre. Seus nervos estão só quebrados por tudo isso.”

Quando eles deixaram o De cobertura Eve e Peabody informado que Mosebly concordou em uma entrevista de manutenção de contato em Central, Pensou que ela veria que nervos de outros que ela podia quebrar aquele dia.

Sua próprio estirou e ameaçou para rixa quando ela caminhou em sua caneta de touro. Várias conversações tomaram um puxão—que dizendo batida de silêncio—antes deles continuar. Olhe sacudiu seu modo, então de lado.

Não uma observação esperto era feita sobre seu aparecimento com Nadine a noite antes.

Porque isso não era a história superior, Pensou como ela andou a passos largos diretamente em seu escritório, forçou se não estrondo a porta. A história superior era agora o cônjuge do tenente e um atordoante blonde.

Ela café programado, notou que ela teve mensagens de Nadine, de Mavis, de Mira—do em-repórter de ar que tem relayed o pedaço de fofoca que manhã. E ela podia fritar em inferno de perpétuo, Pensou .

Ela ignorou a culpabilidade quando ela ignorou Mavis e Nadine, da Mira educada.

“Eve, eu tenho seu perfil mais detalhado, que eu enviei para você. Eu espero, se existe um assunto pessoal que você gostaria de falar comigo sobre, você entrará tocará. Eu estarei disponível.”

“Não, eu não quero falar sobre isto,” Murmurado, e feche a mensagem.

Ao invés ela contactou escritório do seu chefe para permissão dar um oral. Ela lidaria com o escrito mais tarde. Confira com Morris, ela adicionou como ela encabeçou fora novamente. Tome outro passar por apartamento do Williams. Ponha Feeney na eletrônica.

Ela soube o que fazer, como correr o caso. Como fechar isto.

Era o resto de sua vida que ela não soube como correr.

Ela começou a estudar os deslizamentos. Ela pode ter sentido olhares apontaram seu modo, mas era melhor que tendo eles perfurado atrás de sua cabeça no confim dos elevadores.

Admin do Whitney evitou seus olhos completamente. “Você pode ir para direito, Tenente. Ele está esperando que você.”

Whitney se sentou atrás de sua escrivaninha de comando, grandes ombros, grandes mãos. Seu rosto era sombrio, seus olhos escuros diretos. “Tenente.”

“Senhor. Eu acredito que podendo haver uma fratura no homicídio de Foster que conecta isto para o afogar morte de Reed Williams.”

Ele se sentou de volta como ela deu seu relatório, deixe ela completar isto ininterrompido. “Você optou não trazer para dentro Allika Straffo para interrogatório.”

“Não neste momento. Nós não conseguiríamos nada fora sua, Chefe. Eu penso que pressionando Mosebly dará a nós mais suco. Enquanto eles dois têm motivo e oportunidade, é mais fácil ver Mosebly ajudando o vic na água—ou debaixo disto. Eles dois tido algo para perder, mas o tom de declaração do Straffo antes de estar informado da morte do Williams dá isto crença. Ela podia ter usado o tempo entre o assassinato—”

“Se ele fosse o assassinato.”

“Sim, senhor, se ele fosse, ela podia ter usado o tempo para preparar, planejar como ela lidaria com interrogatório. Eu estou ainda olhando para ela, mas Mosebly ajusta mais completamente.”

“E Foster?”

“É Williams Possível o envenenou. Williams não gosta de ser empurrado, e nós conhecemos Foster empurrado, pelo menos em uma ocasião, nas atividades sexuais. Com esta novas informações, que Williams tinha sido sexual com Mosebly, e se nós podemos verificar que Foster estavam cientes disto, gira isto. Mosebly teve mais para perder. O conhecimento do Foster comprometeu sua posição, e sua sensação de autoridade. Ninguém gosta de seus assuntos privados tornados público, particularmente por aqueles debaixo de seu comando.”

“Verdadeiro suficiente.” Seu nível de olhos permanecidos com sua. “Use isto, e aperte aquele suco.”

“Sim, senhor.”

“Minha esposa e eu assistimos você em novo programa do Nadine Furst ontem à noite.” Ele sorriu um pouco. “Você fez muito bem. Seu comportamento e suas respostas eram um crédito para o departamento. Tibble principal já contactou-me esta manhã para dizer o mesmo.”

“Obrigado, Chefe.”

“É bom relações públicas, Dallas, e você lidou com você mesmo. Pode ser…difícil de se tornar uma figura pública, manter e lidar com as invasões inevitáveis de isolamento que vai de mãos dadas com qualquer tipo de notoriedade. Se você sentir, em qualquer ponto, isso puxa e puxão está afetando seu trabalho, eu espero que você falará comigo sobre isto.”

“Não afetará meu trabalho.”

 

Ele movimentou a cabeça. “Eu observarei a entrevista com Mosebly, se possível. Caso contrário, eu o revisarei na primeira oportunidade. Despediu.”

Ela começou.

“Dallas? A fofoca é uma forma feia e insidiosa de entretenimento. Talvez é por isso que pessoas não podem resistir isto. Um bom policial sabe que tem seus usos, da mesma maneira que um bom policial sabe que é freqüentemente trançado e esmurrado em uma forma diferente com a finalidade do purveyor. Você é um bom policial.”

“Sim, senhor. Obrigado.”

Entretanto ela soube que ele quis dizer isto amavelmente, a picadura de embaraço plagued seus a distância toda deslizamentos abaixo.

Seu vínculo de bolso sinalizou uma mensagem diretamente para verbalizar correio antes dela andar na caneta de touro. Ela tirou isto, viu do exibir era de Roarke.

O desejo simplesmente para apagar sem verificação fez ela parecer pequena e covardemente. Ela amaldiçoou, e tocou a mensagem.

Seu rosto encheu sua 'tela de vínculo, e aqueles olhos azuis letais queimados em suas. “Tenente. Eu não quis perturbar você. Se você pode esculpir fora algum tempo hoje, eu gostaria de algum disto. Se não for possível—ou você ser só muito sangrento teimoso para fazer isto possível—eu esperar ter seu tempo e atenção hoje à noite. Em casa. Eu concluirei dizendo este muito. Você me urinar fora de, e ainda eu amo você com tudo que eu sou. Eu iria melhor ouve sobre você, Eve, ou eu juro que eu vou chutar seu asno.”

Ela encheu o 'vínculo de volta em seu bolso. “Nós veremos cujo asno é chutado, camarada.”

Mas seu coração torceu novamente—em prazer ou em dor, ela não acabou de não conhecer.

“Eh, Dallas.” Baxter afastou sua escrivaninha, andou a passos largos depois dela. “Ah, trabalho bom com Nadine ontem à noite.”

“Você conseguiu algo para dizer para mim que se aplico a um caso, Detetive?”

“Para falar a verdade não. Eu só…Escuto, Dallas, você não quer prestar atenção a—”

Ela fechou sua porta de escritório em seu rosto, mas não antes dela ver o olhar de condolência preocupada nisto.

Ela põe outra fechadura na tampa de sua caixa sentimental, sentada e enfocada em escrever seu relatório até que ela conseguiu o sinal que Arnette Mosebly chegou.

Quando ela entrou, Mosebly scowled. “Realmente, Tenente, eu assumi que nós faríamos este em seu escritório.”

“Você não viu meu escritório. Existe apenas suficiente quarto para mim lá, muito menos os três de nós. Aprecie você entrando.”

“Eu quero cooperar, ambos como um cidadão privado e coma diretora de Sarah Childand. O mais cedo todos isto é clareado, fechado longe, a melhor para a escola.”

“Sim, a importante da escola você.”

“Claro.”

“Só deixe-me instalar. Registre em. Entreviste com Mosebly, Arnette, conduzido por Dallas, Tenente Eve, e Peabody, Detetive Delia, todo presente, no assunto da morte de Williams, Reed, nesta data.” tomou sua cadeira. “Sra. Mosebly, você aqui de seu são possuir volição?”

“Eu sou. Como eu disse, eu quero cooperar.”

“E nós apreciamos isto. Para assegurar sua proteção, eu vou ler você seu direitos.”

“Meu direitos? Eu não faço—”

“É rotineiro,” Eve Casualmente disse, e examinou eles. “Você entende seu direitos e obrigações neste assunto?”

“Claro que eu faço.”

“Certos então. Novamente, nós apreciamos sua cooperação.”

“A morte do Reed é um choque para todos nós, uma perda para todos nós,” ela adicionou. “Particularmente vindo muito perto dos saltos de sapatos de do Craig.”

“Você se refere a Craig Foster, que era assassinado na escola que você encabeça.”

“Sim. Era, e é, uma tragédia.”

“Oh, desculpe. Você quer café ou qualquer coisa?”

“Eu sou bom, mas obrigado.”

“Ambos estes homens,” Continuou, “Foster e Williams, era sabido para você.”

“Sim.” Mosebly dobrou suas mãos nitidamente na mesa. Suas unhas eram perfeitamente cuidadas e pintavam um coral pálido. “Eles serviram na faculdade de Sarah Childand, onde eu permaneço tãa diretora.”

“Você está ciente que Reed Williams era questionado no assunto da morte do Foster?”

Sua mandíbula apertou em um De expressão dura imaginou deitadas pequenas lambidas de medo em qualquer barriga do aluno. “Todos nós éramos, sim. Eu estava ciente que você falou com ele, e que ele foi preso em outras cargas.”

“A possessão de illegals, especificamente dois proibiu substâncias que são mais comumente usadas em atividades sexuais.”

“Eles são drogas de estupro.” A boca do Mosebly foi navalha magra. “Está intimidando. Eu respeitei Reed como um professor, mas esta informações sobre sua vida pessoal…Está chocando.”

“Você confrontou Sr. Williams neste assunto.”

“Eu fiz.” E aqui era o orgulho e autoridade no elevador de seu queixo, o frio hauteur em seus olhos. “Quando ele foi preso e carregado, eu contactei nossa diretoria informar eles de mesmos. Era concordado que Reed estar imediatamente suspenso, que sua resignação ser pedida. Se ele recusasse para tenro isto, eu era para começar atos de término.”

“Aqueles são complicados e freqüentemente difíceis. E dadas as circunstâncias gerariam publicidade indesejável considerável para a escola.”

“Sim. Mas dadas as circunstâncias, não existia nenhuma escolha. Os alunos são nossa primeira prioridade, em todo importa.”

Entendendo o ritmo, Peabody despejou uma xícara da água e ofereceu isto para Mosebly. “Alguns pais já puxaram um par de seus alunos,” Peabody comentou. “Você provavelmente teve que reassegurar bastante outros. É acontecido debaixo de seu relógio. Você deve ter tido algum calor da diretoria, também.”

“O preocupado da diretoria, claro. Mas tenha sido muito encorajador.”

“Teria murked ele em cima até mais, entretanto, se Williams fez um feder. Você sabe como é, Tenente, alguém sai da linha, então tenta tirar o navio inteiro com ele.”

“Pessoas assim,” Concordou Eve, “eles não querem afundar só, e não se importem o que eles quebram a caminho. Você declarou mais cedo que você viu e falado com Williams esta manhã, na área de charco.”

“Sim. Eu estava partindo como ele entrou, e eu lembrei a ele—firmemente—de sua suspensão, novamente pedida sua resignação, e explicou as conseqüências deviam ele recusar.”

“Como ele respondeu?”

“Que ele era confiante seu advogado e sua união rep bloqueariam qualquer término.” Ela agitou sua cabeça em desgosto óbvio. “Eu o deixei lá para contactar o presidente de nossa tábua, e decidiu ter Sr. Williams removeu por segurança.”

“Você acabou o de deixar lá para remar ao redor na piscina?” Eve disse. “Depois que ele desafiou sua autoridade?”

“Eu dificilmente podia o remover completamente eu mesmo.”

“Não ache.” Frowning, Sacudido por seu arquivo. “Você não menciona uma partida de grito com ele.”

“Eu posso ter levantado minha voz, mas eu dificilmente chamaria nossa conversação uma partida de grito.”

“Realmente? Eu gosto de ficar bom e alto quando eu discutir. Especialmente quando eu estiver sendo ameaçado. Você não mencionou que qualquer um. Que ele ameaçou você.”

Existia um rápido chamejar como Mosebly é olhar deslizou do longe de Eve. “Eu não recordo que ele fez.”

“Você era escutado. Ele ameaçou você certo, Arnette. Ameaçado fazer sabido que você e ele usou aquele charco para mais que colos de natação, usaram seu escritório para mais que lição planejando. Como você figura o BOD tomaria aquelas informações? Quanto tempo você permaneceria coma diretora quando Williams disse a eles que você fez sexo com ele?”

“Isto é absurdo.” Sua garganta trabalhada em uma andorinha, e suas mãos nitidamente dobrado unlinked para apertar palmas contra a mesa. “Isto está insultando.”

“Sabe, eu tive que perguntar eu mesmo como era que uma mulher tão forte—tão orgulhoso de sua reputação e a escola ela serviu—permitiria um scumbag como Williams ficar em pessoal. Eu perguntei-me sobre isto. Você teve que saber que ele ter imerso.”

“Existia nunca uma reclamação arquivada—”

“Oh, vamos poder isto, Arnette. Você soube que maldição bem que ele era tomar parte em atividades extracurriculares. Seu relógio.” Apontado em Mosebly através da mesa. “Seu navio. Mas você deixa ir. Como você podia diminuir o martelo nele para isto, quando ele já pregaria você?”

“Pedra e um lugar duro,” Peabody concordou. “Vá para a diretoria nisto, e você deixa você mesmo escancarado. Não diga nada e tenha que tolerar seu comportamento. Ainda, a segunda opção preserva reputações.”

“Seu,” Continuou, e trocou se sentar no lado da mesa, aglomerando Mosebly um pouco. “A da escola. Foster vem para você, fora de registro, unofficially, dizer a você que Williams estava hostilizando Laina Sanchez? Ele perguntou a seu conselho em como lidar com isto?”

“Eu penso que…eu penso que eu devia ter um advogado apresentar antes de eu responder mais perguntas.”

“Certo, você pode puxar aquela cadeia. Claro, uma vez que você faz, coisas vão ficar mais pegajosas. Como você pensa que se vangloriou BOD vai reagir, Peabody, quando eles descobrem que Diretora Mosebly precisa de um advogado?”

“Não bom.” Peabody pursed seu lábios, agitou sua cabeça. “Eles provavelmente não reagiriam bem.”

“Não existe nenhuma razão para este.” Mosebly levantou uma mão. “Nós endireitaremos esta fora aqui e agora. Não existe nenhuma razão para envolver um advogado ou a diretoria.”

“Nenhum advogado, Arnette?”

“Não. Deixa seja só que…eu direi a você o que eu sei. Sim, Craig veio para mim no ano passado. Ele estava chateado e preocupado. Ele disse que Reed tinha pressionando Laina para sexo, tinha feito seu desconfortável, e a tocou inadequadamente. Ele disse que ele falou com Reed ele mesmo, e o advertiu, mas como ele conheceu que Reed fez outras observações impróprias e abordou outros membros de pessoal, ele quis que eu fizesse o oficial de advertência.”

“Não é?”

“Eu chamei Reed. Sim. Ele era impenitente, mas ele ausentou-se de Laina. Ele era aborrecido com Craig. E divertido por mim como logo depois de eu aparecer tãa diretora, ele…nós tivemos um encontro sexual. Era um engano terrível, um momento de debilidade. Nunca Devia acontecer, e eu jurei não aconteceria novamente.”

“Mas ele fez.”

“No último mês, durante minha manhã nada. Ele entrou, entrou na piscina. Ele só—nós éramos—coisas simplesmente aconteceram.” Ela ergueu sua água, tomou um bebida longo. Então ela abaixou suas pestanas. “Eu culpei eu mesmo. Eu estava doente em minha falta de julgamento e controle. Agora eu percebo que aconteceu porque ele me drogou.”

Ela olhou em cima novamente, e Viu o ficar na cama até tarde seus olhos, e o cálculo com isto. “Ele deu a mim a droga de estupro, e eu estou certo que ele fez a primeira vez. Eu segurei eu mesmo responsável, mas eu não era. Ninguém está debaixo daquelas condições.”

“Como ele deslizaria isto para você?”

“Ele…ofereceu a mim uma garrafa da água, como eu recordo.”

“Enquanto você estava fazendo colos, você parou, e enquanto andando água, bebeu água?”

“Eu não estava na piscina. Obviamente eu não tenho sido claro. Eu saí quando ele entrou. Entretanto nós trabalhamos junto bem suficiente, eu não era ser confortável com ele só naquela situação.”

“Mas confortável suficiente para tomar uma garrafa da água dele.”

“Eu estava com sede. Então eu me senti quente e estranho. Eu posso apenas lembrar.” Ela abaixou sua cabeça, braceou isto com sua mão. “Nós estávamos na água novamente, e ele era que…eu era…”

Agora, como coreografia, Mosebly coberta seu rosto com ambas as mãos e começou a lamentar. “Eu tenho estado tão envergonhado.”

“Sim, eu aposto. Diga que você toca aquela melodia e nós dançarmos para isto. O que aconteceu quando você era feito sendo aproveitado-se de?”

“Como você pode ser tão caloso?”

“Anos de prática e prazer. Craig Foster disse sua esposa logo antes de sua morte que ele viu Williams com alguém que ele não devia ter sido. Eu voto que ele o viu com você. Foster usou o charco habitualmente.”

Mosebly fechou seus olhos. Eve perguntou-se o que estava continuando atrás daqueles fecharam tampas. “Ele nos viu. Depois de…depois que Reed riu e disse que Craig realmente conseguiu um eyeful este tempo. Era repugnante.”

“O que você fez sobre isto?”

“Nothing.Nothing. Eu esperei que Reed estava deitando. Dizendo ele para me fazer mais com medo, mais culpado.”

 

“Então, bonita maldição convenientemente de sua tribuna, Craig acabar chugging chocolate quente ruim.”

“Convenientes!” Ombros criados do Mosebly atrás, seus olhos foram quentes. “A morte do Craig era uma tragédia em um nível pessoal e um desastre potencial para a escola.”

“Lutado seu asno, entretanto. Com ele fora do modo, ninguém soube sobre seu…indiscretion mas Williams. Ele é mum nele porque ele gosta de seu trabalho, a segurança disto, e o campo de jogo.”

Ela balançou em torno da parte de trás de cadeira do Mosebly, debruçado em, debruçado duro. “Mas uma vez que aquele ameaçado do trabalho, ele arrastaria você abaixo na sujeira com ele. Você e a escola. Você é uma mulher forte, saudável, Arnette. Um nadador forte, saudável. Eu aposto que você podia, especialmente urinou, ache o músculo para afogar um homem.”

“Ele era vivo quando eu deixei o charco. Ele era vivo.” Ela agarrou-se a sua água com uma mão tão tremida. “Sim, eu estava bravo, mas eu fui embora. Ele podia ameaçar dizer a diretoria que nós tivemos relação sexual, mas como podia ele provar isto? Seria sua palavra contra meu. A palavra de um illegals usuário que seduziu ou tentou seduzir membros do pessoal. Ou a principal cuja reputação é pura? Eu tive toda intenção de assegurar seu término.”

“Eu acredito em você. E ele está bem e verdadeiramente terminado, não é?”

“Eu não matei ninguém. Eu era estuprado. Como uma vítima de estupro, eu sou intitulado para isolamento, e a aconselhar. Eu estou solicitando ambos neste momento. Se você fizer meu estupro um assunto de registro, usando meu nome, eu posso e processo este departamento. A menos que eu seja carregado com um crime conectado a meu estupro, você é exigido para preservar meu anonimato. Eu quero ver um conselheiro de estupro. Eu não posso responder mais perguntas agora. Eu estou muito chateado.”

“Como por pedido do assunto, entrevista termina. Peabody.”

“Eu instalar o conselheiro.” Peabody enrolou seu lábio como ela começou para a porta. Então ela parou. “Fora de registro, eu posso dizer o que eu quero. Você é uma vergonha,” ela disse para Mosebly. “Você é um insulto para toda mulher que está sempre sido forçada. De uma forma ou de outra, nós vamos pregar seu asno arrependido.”

Mosebly ergueu seu queixo como Peabody pisou fora. “Está horrorizando como a vítima está ainda forçada a agüentar a culpabilidade de abuso sexual.”

Eve pensou da criança ela tem sido, dos pesadelos que tiveram obstinado sua toda a sua vida. “Você não é vítima de ninguém.”

 

“Cadela. Deitando cadela.” Peabody emitiu fumaça seu corredor abaixo de modo. “Eu quero fritar seu asno.” Quando Peabody pausou na frente de uma máquina de venda automática, Eve Esperado por ela chutar isto. Realmente esperou que ela iria.

Mas no fim Peabody cavou fora créditos para um tubo de Pepsi, e uma da nenhuma-variedade de cal.

“Por que ela um estar deitando cadela?”

“Comeon !”

“Não, eu estou perguntando a você.”

Peabody chupou no tubo, então debruçada atrás contra a máquina. “Você a sacudiu quando você a alfinetou em fazer sexo com Williams. Ela figurou que ela estava na clara lá. Então as rodas começam a girarem. Jeez, você podia ver eles. Clack, clack, clack.

“Cadela,” ela repetiu, e tomou outro trago. “Ela usou o fato que Williams conseguiu busted para ter illegals em sua residência. Suas reações eram todo, Dallas. Não existe nenhuma vítima de estupro nela. Nenhuma vergonha ou culpabilidade extraviadas, nenhuma raiva, nenhum medo, nenhum sinal qualquer da violação pessoal. Idioma de corpo, tom de voz, expressões faciais. Pode passar com sua diretoria de afamado, mas ele é defecar.”

Peabody pausou para respiração, então soprou um longo fora antes dela chugged Dieta Pepsi. “Williams era limo, mas ela é só outra forma de limo. Um usuário, um manipulador, um covarde, e um hipócrita. Ela é limo de cadela.”

“Que dia orgulhoso isto é para mim.” Eve deitou uma mão em ombro do Peabody. “Sim, ela é limo de cadela. Ela entrou na natação sincronizada redonda com Williams de sua própria volição. Dura provar caso contrário vendo como ele tem sido eliminado da competição, mas nós sabemos o que nós sabemos. Mas o limo de cadela é um assassino?”

“Provavelmente. Ela teve motivo e oportunidade em ambos os vics.”

 

“Nós gostaríamos ela de ser o assassino,” Eve Reconhecido, “como cadelas íntegras para limo de cadela, nós adoraríamos a levar abaixo para uns assassinatos no primeiro. Mas nós não temos suficiente para fechar qualquer um dos dois. A próxima coisa nós temos que fazer é verificar nossos próprios instintos infalíveis e provar Williams ser assassinado.”

“Oh, sim.” Peabody curvou seus ombros. “Eu classifico de esqueci aquele pequeno passo.”

“É a pequena aquela viagem você e envia seu rosto no concreto. Vamos ir para o morgue.”

 

ELA BALANÇOU PELA CANETA de TOURO, THENinto seu escritório para seu casaco. Parou, chutou a escrivaninha ligeiramente. Ela não estava respondendo aquelas mensagens. Ela não era um frigging santo. Mas ela podia fazer algo sobre qualquer outra coisa.

Puxando em seu casaco ela caminhou de volta na caneta de touro e diretamente para escrivaninha do Baxter onde ele estava golpeando de volta café de policial e lendo relatório do varredor.

“Eu vi que você fechou o caso subterrâneo. Conseguiu um Assassinato Dois. Trueheart lida com a entrevista?”

“Sim. Ele fez bom.”

Ela glanced acima do cubo onde o Oficial Trueheart inegavelmente adorável estava comendo longe em papelada. “Trueheart.”

Ele rodou ao redor imediatamente, piscada nela. “Senhor.”

“Trabalho bom na entrevista do Syke.”

Ele esvaziou. “Obrigado, Tenente.”

“Ensinou ele tudo que ele sabe,” Baxter reivindicou com um sorriso.

“Espero que, ele superará isto. Como para mais cedo, eu aprecio o sentimento. Vamos deixar isto lá.”

“Conseguido isto.”

Satisfeita, ela partiu estudar os mortos.

 

“Bem-vindo atrás. Eu posso oferecer a você alguns refrescos?” Morris estava em pewter hoje, com uma camisa purpúrea e trancava pewter gravata. Seu cabelo estava em um rabo longo que fez Pensar sobre brilhante thoroughbreds.

“Bastante tenha um governante.” Glanced abaixo em corpo do Williams. “Homicídio.”

“Eu tenho bolos de chocolate de chocolate. Casa-assada pelas mãos adoráveis de uma deusa Meridional.”

Olhos estreitado na menção de bolos de chocolate. Ela jurou que ela ouviu charco de saliva em boca do Peabody. Então a menção de deusa Meridional atingiu. “Detetive Coltraine?”

Morris deitou uma mão em seu coração, thumped ele para mimicar um coração de batida. E pensou , Whatwas ele com homens e blondes com grande tits?

Morris meneou suas sobrancelhas escuras, afiadas. “Nosso transplantado magnolia assa para relaxamento, parece.”

“Huh.” armou sua cabeça. “O que, você atingido duramente, Morris?”

“Quem não seria?”

“Eu podia comer, goste, um metade de um bolo de chocolate.”

Morris sorriu em Peabody. “No pessoal friggie ali. Ajude você mesmo.” Então ele girou para . “Acidente ou assassinato? Você é o juiz.”

“É o assassinato.”

“Bem, bem.” Ele andou de volta do corpo, gesticulou. “O que nós vemos? Um ferimento superficial debaixo do queixo.”

“Rachou isto na piscina afiando. Varredores achado um pouco de sua pele no azulejo. Teria smarted, mas eu sou maldito se o batesse inconsciente e causou ele para afogar.”

“Hmm. Ferimentos mais superficiais atrás.”

“Consistente com dano sustentou quando ele era prolongado da piscina. Mais pele achada. Isto é necrópsia.”

“É, é, meu aluno sagaz. Nós temos um muito ajustamos individual, diferente de seu estando mortos, claro. Tom de músculo excelente. Suas em-notas da cena indicaram que ele eram um nadador, isso não existia nenhum sinal de lutar. Ainda você chora o assassinato.”

“Eu digo isto, diretamente fora.”

“E sabendo você, sabendo que você não mandaria a mim um corpo a menos que você tenha causa forte, nós conseqüentemente prosseguimos. Seu tox tela não volta ainda. Brevemente, como eu flagged isto.”

“O que você pensa estar nele, e como fez chegar lá?”

“Para os o que, nós esperaremos. Para o como. Dê uma olhada.”

Ele deu seus óculos de proteção, então deram seu um dedo enrolar. Quando ela caminhou para cabeça do Williams, ela notou Morris barbeou um círculo de cabelo longe na coroa.

“Homem, iria ele odiar isto. Lugar calvo. E lookie, lookie.” Ela curvou mais íntimo, e com os óculos de proteção podiam só fingir a marca de lânguido. “Seringa de pressão,” ela disse. “Apenas mostra, e no escalpo, com um headful de cabelo, o olho nu não vai ver isto.”

“Fale por você mesmo.”

Agora ela glanced acima de em Morris, grinned. “Seu excluído. Eu faltei isto. Eu examinei seu corpo, entre seus dedos e seus dedões do pé, até verificada sua língua, as dentro de suas bochechas, mas eu faltei isto. Captura boa.”

“Eu comi um bolo de chocolate inteiro,” Peabody confessou.

“Quem podia culpar você?” Morris bateu levemente seu braço quando ela juntou-se eles.

“Nós conseguimos nosso homicídio, Peabody. Vic está fazendo colos, talvez acaba por, ou só pára quando ele vir alguém. Apertos o afiar. Talvez diz algo…‘Eh, o que é up?’ Mas não existe nenhum tempo para conversação. Tenha que pegar isto feito, saia. É um risco, mas goste com Foster, calculou. Tudo que você é curva, bomba a seringa.”

Drenando os óculos de proteção, ela pictured isto. “Tido que ser rápido. Nenhum veneno este tempo. Ele não mostrou a quaisquer sintomas de qualquer veneno que eu sei. Talvez o choque do zumbido no escalpo teve ele perder seu aperto, batida seu queixo. Mas…não um sedativo. Muito lento. Ele poderia ter podido fazer isto, ou tente. Se ele arranhasse no afiar, nós teríamos visto sinais daquelas em suas mãos, seus dedos. Entorpeceu ele, é disso que ele fez. Como o material MTs e doutores costumam bloquear dor e movimentos para alguns tratamentos. Você é acordado, até cientes em alguns níveis, mas você não sente nada, você não pode mover qualquer coisa.”

 

“E nós somos, mais uma vez, de acordo.” Morris movimentou a cabeça. “Eu acredito que o tox resultados voltarão com uma substância de paralítico de padrão cirúrgico, injetado pelo escalpo. Forte, rápida-atuação, e bastante temporária.”

“Não temporário suficiente para ele. Ele teria lutado. Sujeito forte, ele poderia manter sua cabeça em cima durante algum tempo, talvez tente flutuar. Existe um conjunto de degraus mais ou menos cinco pés de onde os varredores acharam a pele. Se ele pensasse disto, tentado chegar lá, escore sua cabeça…O assassino poderia ter tido que o ajudar fora um pouco, se apresse o processo antes de alguém vagados em. Existem alguns pólos longos lá. Redes, escovas. Não teria tomado muito para o cutucar debaixo de, mantenha ele debaixo de até que era feito.

“Então você só sai, direito de deslizamento atrás no popular.”

“Cadela de limo,” Peabody disse, com sabor. Mas carranca .

“Morris, você figura que eles mantêm paralíticos na estação da enfermeira em uma escola particular?”

“Eles provavelmente teriam doses baixas de um número básico, para alívio de dor. Mas eu não posso imaginar eles seriam autorizados para ter qualquer coisa como isto.”

“Mais provável o assassino trouxe para dentro isto em lugar de tomou isto da escola. Então, impulso, paixão é novamente improvável. Preparada e calculou e controlou, enquanto capaz de tomar riscos.”

Ela correu probabilidades, ela voltaria acima de todo ponto, reevaluate tempo linhas e declarações de testemunha. Mas no momento, ela olhou de volta abaixo em Williams.

“Você era um filho desprezível de uma cadela, mas você não era um assassino afinal. Quem nutriram fizeram você dois.”

 

Em De ordem, Peabody põe em um pedido para uma autorização procurar residência do Arnette Mosebly. Eve bateu seus dedos na roda como ela repeliu a escola.

“Etiqueta Reo atrás,” ela decidiu. “Eu quero uma autorização para a residência de Straffo.”

“Você realmente pensa que Allika Straffo poderia ter feito eles?”

“Eu figuro mulheres bonitas saberem como tocar, como agir a vítima. Eu também figuro Oliver Straffo é uma noz dura. Talvez ele descobre que sua esposa está vacilando com o professor. E ele descobre que Foster sabe e está considerando soprar o chifre. Proteja a frente de casa, proteja a reputação e seu próprio orgulho pessoal.”

“Estirando.”

“É?” Ela suspirou. “Se eu soubesse sobre aquele vid que eles arejaram esta manhã, eu teria sido tentado para conseguir encontrar o operador, o repórter, o produtor, quem eu precisei achar, e faça eles algum completamente dano. Eu teria asno bastante chutado que sente publicamente humilhado, então tenha que caminhar naquela caneta de touro e sente isso tudo de novo.”

“Desculpe. Um, eu só posso perguntar por que mulher relaxada de prostituta de Magdelana não estava na linha para completamente dano?”

“Eu teria a salvou por último.” Dedos apertados e lançado na roda. “Que significa que eu teria provavelmente soprado meu chumaço antes de eu chegar a ela, e ainda sente o modo que eu faço agora. O que é o ponto?”

“Não diga isto, Dallas. Você não pode—”

“Está voltando na caixa.” Onde devia ter ficado, Lembrou a se. “Eu só destaquei ele para ilustrar uma possibilidade que nós temos que considerar. Straffo é um advogado, e dar a ele seu devido, ele é uma maldição boa. Ele planeja, ele calcula, ele estratégias. E como um advogado de defesa ele freqüentemente sabe entrando que ele está fazendo tudo isso para fixar o culpado livre.”

“Falta de consciência.”

“Nós somos Polis, nós gostamos de pensar que aqueles de advogados de defesa. Mas ele é o trabalho. É disso que é. É seu trabalho, e ele é a lei. Mas você tem que ter algumas pedras para trabalhar em conseguir um assassino, um rapist, um illegals negociante um passeio—ou um negócio, no que diz respeito a esse assunto. Então ele ajusta o perfil, e nós tomamos um olhar mais íntimo.”

Só para estar certo, Peabody verificou suas notas. “Ele não era registrava esta manhã na escola.”

“Não importa o quão boa a segurança, existe um modo ao redor isto.” Ela aprendeu aquele de Roarke. “E a segurança na escola é não mais do que decente. Qualquer outra coisa aquela precisa ser verificada mais cuidadosamente.”

Ela teria pedido a Roarke para ajudar naquela área. Isso era um hábito que ela caiu em, outro tipo de ritmo, ela suposta. Mas ela só faria isto sem a ajuda de seu consultor de perito, civil, este tempo ao redor.

Na escola, ela uncoded as fechaduras com seu mestre, então estado do lado de dentro, entrega seus bolsos, estudando o scanner de segurança.

O aluno ou visita era obrigado para usar o prato de dedo polegar—todas as impressões de alunos autorizados, guardiães, pessoal, e faculdade estava em arquivo. Os convidados eram exigidos para ser passados sem tocar na frente de entrada. As bolsas eram esquadrinhadas para armas e illegals.

Em uma instalação como isto, Eve Imaginou o esquadrinhar provavelmente trabalhou noventa por cento do tempo. Nas escolas públicas de sua educação, theyhad não trabalhou noventa por cento do tempo.

Então dinheiro, como dinheiro podia, trouxe uma certa extremidade de segurança.

Ao mesmo tempo, ela imaginou o sistema podia ser causados para emperrar ou soluçar por umas de cinco anos de idade com razoáveis e-habilidades.

“Vamos ter EDD examinar cuidadosamente esta segurança. Cave abaixo em ver se ele blipped em qualquer hora.”

Seu bootsteps ecoou como ela caminhou para os corredores. As escolas vazias eram como casas assombradas, ela pensou. Se você escutasse que você podia ouvir o som de vozes, a pressa de corpos. Gerações de crianças, ela imaginou, trooping junto em qualquer calçado encontrou os critérios de moda atual.

Ela parou na estação da enfermeira, destrancada a porta. Dentro de era um contador pequeno, um tamborete atrás disto, um comp unidade. Existiam quatro cadeiras e duas camas cobertas com linhos brancos encaracolados.

Debaixo do contador foi material de primeiros socorros normais. Os pacotes de Nu Esfolam, pacotes frios, calor lota, medidas de temperatura, uma versão de casa da batuta de sutura o MTs levou. Gaze, cotonetes.

Em uma gaveta, nitidamente alojou, era ajudas de diagnóstico para verificação pulsa, alunos, orelhas, gargantas. Tão inócuos quanto eles eram, ela teve que bloquear um tremor.

A medicina em qualquer forma wigged ela.

Toda a criança de drogas-e adulto-dosam bloqueadores, remédios de basca, redutores de febre, abas frias—estavam debaixo de trancavam um gabinete que exigiu um mestre gostar de sua ou um impressão digital e código.

Nada dentro de ajusta seus requisitos. Entretanto ela estudou as seringas de pressão individualmente embrulhada.

Até onde ela podia ver, Enfermeira Brennan correu um navio apertado. Apertado, seguro, e assegurado.

Desde o comp era passcoded, Tagged ele para EDD.

“Um tanto quanto arrepiado aqui, não é?” Peabody disse por detrás ela.

“As escolas são sempre arrepiadas. Qualquer coisa diversão em escritório do Mosebly?”

“Nada saltado, mas eu tagged a eletrônica, e encaixotada em cima seus arquivos de disco. Ela teve o caso de bloqueadores que nós vimos ela usar mais cedo—e um soothers em linhagem. Material de Tagged do seu admin, também. Por via das dúvidas.”

“Bom. Vamos voltar pelo lockers na área de boa forma física. E só para jollies, nós iremos pelo lockers das crianças.”

“Todos eles? Levará horas.”

“Então seria melhor nós iniciarmos.”

Ela podia ter chamado um time, provavelmente devia ter. Eles acharam uma montanha de discos, um bons pedaço deles romances gráficos em lugar de livros de ensino. Suficiente doce e salgado oferece a prover as prateleiras de umas 24/7, cubos de memorando, comp jogos, maçãs mofentas.

Lanternas, hairbrushes, tintura de lábio, material de arte, um sanduíche antigo de origem indeterminada. Rabiscos, esboços, envolturas vazias, vários mittens e luvas, cicatrizes de pescoço e caps.

Fotografias, música vids, meias fedorentas, guarda-sóis elegantes, guarda-sóis quebrados, créditos soltos, e uma floresta de mastigados-em lápis.

Eles também acharam uma bolsa de poppers e três articulações de zoner.

“Jesus.” Peabody agitou sua cabeça. “A criança mais velha neste lugar é apenas treze.”

Notados números de locker abaixo, confiscaram o illegals. “O negociante superior quando eu estive em quinto, ou talvez foi sexto grau era um de oito anos de idade chamado Zíper. Você quis isto, ele marcaria isto.”

“Eu nem sequer vi um mais pop até que eu tinha dezesseis anos.” Então Peabody esperou enquanto Eve Respondeu seu 'vínculo.

“Dallas.”

“Reo. A autorização está em Mosebly. Tomou um pouco de tempo como ela tentou bloquear. Ainda trabalhando em Straffo. Ele está tendo muito mais sorte atolando os trabalhos. Você não vai conseguir aquele por hoje à noite.”

“Nós começaremos com Mosebly. Obrigado.” Ela clicou fora de. “Combine o locker números com os alunos naqueles illegals, Peabody. Não arquive qualquer coisa ainda. Nós conversaremos com eles primeiros.”

“Notificação parental?”

Eve agitou sua cabeça. “Nós conversaremos com eles primeiros. Melhores, eu passarei por eles para Xerez de Detetive em Illegals.”

“Ooooh, Xerez Assustador.”

“Sim, ela terá eles chorando para suas mamães e tomando a garantia.” Eve verificou sua unidade de pulso, calculou o tempo. “Deixe seja telefonema em um time para ajudar com do Mosebly.”

“Surgindo fim de turno.” Peabody esfregou suas mãos juntas em antecipação alegre. “Cuja noite planeja com que você se importaria atarraxar?”

“Baxter e Trueheart acabaram de fechar um. Bata eles. E vá em frente e torneira McNab no e-trabalha lá, se ele for claro.”

Enfureceu Mosebly ter um pelotão pequeno de Polis em seu espaço. Um espaço de bairro residencial muito bom, Eve Notado. Multa de metal da escola particular justa, particularmente quando eles eram divorciados sem crianças de seu próprio para pagamento para educar.

Ela teve uma advogada em sua apóia que squinted em toda palavra na autorização, então feitos barulhos sobre polícia insensitivity e molestamento.

Estava interessando aqueles debaixo dos ternos conservadores Mosebly—do conteúdo de suas gavetas—preferidas sensual a slutty lingerie. Interessante aquele entre o disco de literatura e coleção de romances de jornal, ela teve uma provisão de romances populares.

E era muito condenava ruim que eles não acharam nenhum illegals, nenhum veneno, nenhum paralítico.

Eles trooped fora com caixas de discos, eletrônica, e arquivos de jornal. Eve deu o recibo para o advogado, então ouviu, com um pouco de surpresa, Mosebly entra repentinamente no que soou como lágrimas genuíno logo antes de Fechou a porta atrás dela.

 

“Tudo em meu veículo,” Eve Ordenado. “Eu aceitarei em devolução isto para Central, tronco ele em. Baxter, você e Trueheart são fora do relógio.”

“Deixe seja comida, meu aprendiz jovem.” Baxter atirou ombros do braço ao redor Trueheart. “Eu sei que um não colocar longe onde a comida é questionável, mas as garçonetes são deliciosas.”

“Bem…eu podia dar a você uma mão com o carting e logging, Tenente.”

Eve agitou sua cabeça. “Vá comer e cobiçar, Trueheart. Eu tenho isto. Eu esvaziarei você e McNab em Central, Peabody.”

“Excelente.” Ela não disse que faria mais sensação para eles impedir um carro de rádio e arrastar o centro da cidade de caixas desde seu tenente viveu só alguns quarteirões longe.

Eve afinou eles fora no passeio. Obviamente seu companheiro e o e-geek eram fora do relógio, também. Sua conversação era principalmente sobre um vid eles dois queridos ver, e se eles deviam ir para pizza ou chinês.

“Nós daremos a você uma mão com este, Dallas.” Peabody subiu fora em Central é garagem. “Nós estamos pensando sobre ir para adesivos de panela, muja goo, e cerveja chinesa depois. Nosso trate.”

Deus, era todo Podia pensar. Ela deve parecer patética. “Eu consegui isto, continue. Eu quero pôr umas horas do par em enquanto eu estou aqui. Eu verei você amanhã.”

“Levará você três viagens, pelo menos.” McNab retirou-se seu Communicator. “Eu lego etiqueta que uns uniformes para o arrastar.”

Eve começou a objeto, então encolheu os ombros. Levaria suas três viagens, e isso era um desperdício de tempo e energia.

“Certo você não quer agarrar uma mordida?” Peabody perguntou. “Você até não impediu um bolo de chocolate hoje.”

“Eu agarrarei algo aqui.”

A vacilação do Peabody disse Que ela quis empurrar, mas ela voltou fora de. “Se você mudar de idéia, o lugar nós estamos ir sou só uns quarteirões do par abaixo. Beijing Sul.”

Ela não iria mudar de idéia, mas Achado, depois que a evidência era anotada, ela não iria pôr em umas horas do par qualquer um. Ela era feita, terminou, fora de vapor.

 

Mas nem podia ela enfrentar indo para casa.

Então ela foi onde ela supôs que ela soube que ela acabar. Ela foi para Mavis.

Tinha sido seu edifício de apartamentos uma vez, e um Roarke possuiu. Só mais um dos vínculos entre eles, ela suposta. Não muito depois que ela moveu em com Roarke, Mavis e Leonardo instalar casa em De apartamento velho. Eles trabalharam um lidar com meses de Roarke antes, e tiveram expandido sua unidade alugando o próximo a isto, e tirando paredes, construindo mais.

Com Mavis uma estrela de música de ingresso quente, e Leonardo um desenhista de moda importante, eles podiam ter vivido em qualquer edifício exclusivo, comprada qualquer casa da moda. Mas isto era onde eles quiseram ser, com Peabody e McNab que seus vizinhos.

Ela nunca seria presa ao apartamento, Pensou como ela encabeçou até isto. Ela nunca seria presa qualquer para colocar ela viveu. Só um lugar para vestir e dormir entre turnos.

Ela não tentou ficar preso ao deslumbramento morno e magnífico de casa do Roarke, mas ela perdeu a batalha. Ela amou isto, todo quarto, provavelmente até aquela ela não tinha estado em ainda. Ela amou o varrer do gramado, as árvores, o modo que ele usou o espaço.

Agora, aqui ela era, atrás no começo, arrastando seus saltos de sapatos sobre voltar para a casa ela amou. E o homem.

Leonardo respondeu. Ela viu isto em seus olhos, aqueles grandes, olhos líquidos seu, a condolência. Então ele simplesmente a envolveu. O gesto teve lágrimas apressando para sua garganta que teve que estar brutalmente tragada abaixo.

“Eu estou tão contente por ver você.” Aquelas mãos enormes esfregadas, suavemente como asas de pássaro, de cima abaixo Volta. “Mavis é Belle só variável. Entre.” Ele deitou suas mãos largas em suas bochechas e a beijou. “Que tal algum vinho?”

Ela começou a recusar. Vinho, estômago vazio, tensão. Então ela encolheu os ombros. Fuck isto. “Isso seria bom.”

Ele tomou seu casaco, e o abençoe, não perguntou como ela era ou onde o Roarke poderia ser. “Por que você não volta e vê Mavis e Belle? Eu trarei você o vinho.”

“Atrás? Atrás para…”

“O berçário.” Ele irradiou um sorriso. Seu rosto era grande, como o resto dele, a cor de cobre polido. Sua em-casa veste era um par de calças brilhantemente azuis com pernas tão largas quanto Utah e um silky suéter em neve-cego branco.

Quando ela hesitou, ele deu seu um pouco cutuca. “Continue. À direita pela arcada, então partiu. Mavis será emocionado.”

O apartamento não olhou nada como teve debaixo de seu estilo. Existia tanto colorir estava atordoando, e ainda era alegre. Tanto atravanque era impossível ver isso tudo, e ainda tinha muito prazer em.

Ela passou debaixo de uma arcada que a atingiu como provavelmente marroquino em estilo, então se transformou no berçário.

Ela pensou sobre o quarto rosa e branco e espumoso do Rayleen Straffo. Existia rosa aqui, também, e algum branco. E existia azul e amarelo e verde e purpúreo em flashs e raias, rios e charcos. Existia tudo.

Era arco-íris do Mavis.

O berço era rodado com cor, como era o De cadeira de sistema de cadeira de balanço deu a Mavis para seu bebê chove. Existiam bonecas e enchiam animais e bonitas luzes. Nas fadas de paredes dançadas debaixo de mais arcos-íris ou árvores ao redor fantásticas estourando com fruta ou flores brilhantes.

E Viu estrelas cintilantes no teto.

Debaixo deles Mavis permaneceu, curvado acima de uma um tanto quanto mesa alta, acolchoada, cantando nos milhões de voz rechinante amada, para bebê de um ziguezaguear.

“Não mais poopie para De Bella. Você tem o mais bonito poopie na história de apanha pela popa, mas alvo do meu Belle bonito é todo limpo, todo brilhante. Meu bonito, Belle Bonito. A mamãe ama sua Bellarina bonita.”

Ela ergueu o bebê agora, que vestiu um pouco de tipo de vestido em cor-de-rosa de pálido que caiu em dobras e gestos de impaciência suaves. Existiam arcos na forma de flores na colheita suave do bebê de cabelo escuro.

Mavis se aconchegou e balançou, então fez um pouco dançar virada.

E viu Eve.

Seu rosto, suave com mãe ama, foi brilhante e feliz, e disse Que todo mundo tinha sido exatamente direito. Ela devia ter vindo aqui antes de.

“Poopie?” Comentado Eve. “Você diz poopie agora?”

 

“Dallas!” Mavis apressou acima de em chinelos verdes que eram feitos para parecer com grinning rãs. Com o bebê embalado em um braço, ela abraçou Duro com o outro. Ela cheirou de pó e loção. “Eu não ouvi que você entre.”

“Acabou de chegar aqui.” fez o esforço, e achou não era tão duro quanto ela imaginou. Ela tomou um bem olhar para o bebê. “Ela é maior,” ela observou. “Olhares mais…”

Mavis ergueu uma sobrancelha preta brilhante. “Você iria dizer humano.”

“Certa, sim, porque ela faz. Ela também parece com algum de vocês, algum do Leonardo. Como você sente?”

“Cansado, feliz, choroso, emocionado. Queira a segurar?”

“Não.”

“Por um minuto,” Mavis insistiu. “Você pode tempo isto.”

“Eu podia a quebrar.”

“Você não a quebrará. Se sente primeiro, se você estiver nervoso sobre isto.”

Prendeu, Evitou a cadeira de arco-íris e tomou a cadeira de balanço tradicional em cor-de-rosa de neon. Ela se braceou quando Mavis se debruçou acima de e deitou o bebê em seus braços.

Nenhum poopie, pelo menos, Lembrou a se, e olhado fixamente abaixo como Belle olhou fixamente em cima. “Eu não gosto do modo que ela está olhando para mim. Como ela está planejando algo.”

“Ela está figurando você, isto é todo.” Mavis girou e irradiou como Leonardo entrou com bebidas.

Onde ele estava grande—sequóia canadense grande—que Mavis era um pixie. Um pouco bola de energia com uma explosão de cabelo atualmente a cor de albricoques maduros. Ela vestiu terno de um vadiar com mais rãs que pula acima de suas pernas e um coroado no meio de seu tórax.

“Você pode a balançar,” Mavis sugeriu.

“Eu não estou movendo. Algo pode acontecer.” E naquele momento, Belle cutucou fora seu lábio de parte inferior, então scrunched em cima seu bonito rosto. Então alargue um gemido lamentável.

“Certo, tempo está em cima,” Decidido, absolutamente. “Venha e a consiga, Mavis.”

 

“Ela está só faminta. Eu iria a alimentar antes, mas ela precisou ser mudado primeiro.”

Para De alívio Eve, Mavis tomou o bebê e sentado na cadeira de arco-íris. Então para De surpresa, Mavis arrastou no príncipe de rã. Seu peito estalado fora, boca do e Belle entendeu gostou de uma sanguessuga faminta.

“Uau.”

“Você está aí, meu bebê. Lá você vai. O trem de leite da mamãe está na estação.”

“Você dois realmente conseguiu o declive disto.”

“Nós somos um mag time. Leonardo, você se importaria se nós tivéssemos um pouco todo-tempo de menina?”

“Absolutamente não.” Mas ele curvou primeiro a beijar sua esposa, então sua filha. “Minhas belezas. Meus anjos. Eu serei direito fora em meu estúdio se você me precisar.”

Ele deixa algo espumoso no possuidor da cadeira de sistema, então deu Seu vinho.

No resultar silêncio todo Eve Podia ouvir era um ativo chupando som.

“Então…” Mavis nursed e balançado, nursed e balançado. “Por que eu não ouvi alguma sujeira de mídia sobre um blonde fuckhead achou flutuante no Rio do Leste?”

Eve ergueu seu vinho, anota isto. E fez o que ela precisou fazer o dia todo. Ela chorou gosta de um bebê.

“Desculpe. Desculpe.” Quando ela se teve debaixo de algum controle, ela esfregou seu rosto. “Isso era engarrafada, eu acho.” Ela viu Mavis teve lágrimas de condolência em suas bochechas, e trocaram Belle para o outro peito. “Eu não devia estar aqui como isto. Ele provavelmente parafusos em cima o leite ou algo.”

“Completamente bairro residencial do meu leite. Diga a mim o que estou continuando.”

“Eu não sei. Eu só não conheço. Ele é que…ela é…Fuck, Mavis. Fuck.”

“Você não vai dizer a mim que Roarke está a fazendo, porque NPW—nenhum modo possível. Ele não iria. Todos os sujeitos têm o gene de puxão pequeno, faz eles sujeitos. Mas só alguns têm o grande gene de puxão. Ele não faz.”

“Não, ele não está a fazendo. Mas ele costumava.”

“Eu costumava escolher bolsos. Você costumava me prender.”

“É diferente.”

“Sim.”

Eve disse a ela alguma disto. O vestido vermelho, o olhar ela pegou em olhos do Roarke, a reunião em seu escritório, e assim por diante.

“A cadela de Uber veio lá para sacudir você.”

“Sim, ela fez.” Sabendo isto, Pensou Eve, não fez isto melhor. “Missão realizada.”

“Dê-me, goste, uma informe nela. Que tipo com que nós estamos lidando?”

“Ela é pontapé-seu-dick-em cima magnífico, esperto, sensual, sofisticado. Multilíngüe, rico, liso, e polido.” empurrado fora da cadeira para compassar. “Ela é um ajuste de costume para ele.”

“Bullpoopie.”

“Você sabe o que eu quero dizer, Mavis. A imagem. Ela é tudo que eu não sou.” vomitou suas mãos. “Ela é o anti-me.”

“Isto é bom. Isto é completamente mag.”

“Bom? Mag? Como?”

“Porque se você dois tivesse comum sólido, podia ser dito—eu não iria, mas itcould é dito—que Roarke enganchou em você porque você lembrou a ele sua. Que você era o tipo que ele foi. Mas, veja, você não é. Ele foi foryou, não para um tipo. Eu aposto que queimo seu asno cirurgicamente formado.”

“Ele…oh.” arrastou uma mão por seu cabelo. “Eu não consigo esta negócias. Ou ele me leva por algum tempo. Queimaria seu asno que eu sou o anti-ela? Que ele não continuou procurando a por, por assim dizer.”

“Nós temos um vencedor.” Mavis deslizou o bebê em cima acima de seu ombro e começou a esfregar e bater levemente Belle volta. “Aposte a cadela vai espumoso na boca toda vez que ela pensa sobre isto. Certo, Belle-issimo?”

Em resposta, Belle firmemente arrotou. “Existe minha menina. É por isso que que ela instale aquele vid.”

“Instale o vid?”

Olhos de rã verdes estalados do Mavis. “Jesus, Dallas, você deve ser nodoso em cima gostar de na semana passada hairdo se você faltasse isto. Eu posso ter estado fora do jogo alguns anos, mas eu conheço um trapaceiro quando ele beijocas meu asno adorável, pós-gravidez. Youlook fez nisto?”

“Eu consegui que—eu acho que eu fiquei nodoso.”

“Espere. Eu vou derrubar Belle. Consiga seu vinho. Nós vamos visualizar a evidência.”

Ela não quis assistir isto novamente, mas existia demais curiosity em seu recusar. Na área viva, Mavis ligou a tela, bata a retomada para programação prévia, e cued em cima o pedaço daquela manhã.

“Agora, relógio gosta de um policial em vez da esposa ferida.” Até como ela disse isto, Mavis deslizou cintura do braço confortante ao redor . “Ele está olhando abaixo nela, sim, porque ela está conversando com ele, angulando nele. Tendo certeza que ele esteja olhando para ela enquanto os pãozinhos de máquina fotográfica. Agora pega isto? O modo que ela troca assim eles são ambos giradas só suficiente para a máquina fotográfica para ampliar sobre ambos seus rostos. Então ela até engana sua.”

“Ela o que?”

“Engane seu rosto—gira ele um pouco mais, então a máquina fotográfica pode pegar aquela soulful expressão que ela é emplastrada em para isto. Lisa, mas óbvio se você prestar atenção. Ela está tocando você. Você dois.”

Mavis recuou. “Vá pontapé seu asno.”

“Existe um problema com isto. Se eu chutar seu asno, dá seu peso.”

“Cague.” Mavis inchado uma respiração. “Faz.”

“Outro problema é, ele sente algo para ela. Que já dê seu peso. Ela sabe isto.”

“Você está no outro lado da balança, Dallas. A cabeça encabeçar, ela não tem chance de um gelo-efervescente em inferno.”

“Talvez não. Mas ela é desenhada todo o sangue até agora. Eu estou sangrando, Mavis, e ele não vê isto.”

“Vá o fazer.” Até como Agitou sua cabeça, Mavis subjugou conseguir De casaco. “Tempo para parar de a deixar corrido o jogo, Dallas. E PARA SUA INFORMAÇÃO?” Ela empurrou o casaco em Das mãos. “Roarke chamou aqui sobre um meia hora antes de você aparecer.”

“Ele fez ?”

“Real casual como. Perguntou sobre o bebê, assim. Eu posso não ter visto ele se eu não tivesse parecido, porque ele é só tão bom. Mas você não é o único sangrando hoje à noite.”

 

ROARKE AGARROU O 'VÍNCULO NOVAMENTE, CURSEDhimself para um bobo, então foi embora isto. Ele não iria continuar a chamando, seus amigos, ela assombra, pulando para um fragmento.

Bugger isto.

Ela estaria em casa quando ela voltou para casa. Ou ela não iria.

Cristo Jesus, onde estava ela?

Por que o inferno ela estava o pondo por este? Ele não fez nada para ganhar isto. Deus soube que ele fez bastante no caminho para ganhar sua ira, mas não este tempo. Não deste modo.

Ainda, isso assiste seu rosto que manhã cauterizou propriamente em sua cabeça, em seu coração, em seus intestinos. Ele não podia queimar isto.

Ele viu que olha algumas vezes antes de, mas não em sua conta.

Ele viu isto quando eles foram para aquele fucking quarto em Dallas onde ela uma vez sofreria além de razão. Ele viu isto quando ela rasgou fora de um pesadelo.

Ela não soube que ele cortou sua própria mão antes dele pôr que assiste seu rosto?

Ela sangra bem devia saber isto. Devia o saber.

Isto era sua próprio fazendo, e ela iria melhor consegue seu asno teimoso direito de casa rápido assim eles podiam ter este fora como eles deveriam ter coisas. Ela podia chutar algo. Esmurre algo. Esmurre ele se isso poria fim a isto. Uma boa ira, é disso que era precisada aqui, ele disse a ele mesmo, então eles seriam feitos com esta tolice de uma vez por todas.

Onde o fucking inferno era ela?

Ele considerou sua própria ira íntegra, merecida—e lutou para não reconhecer escondeu um pânico doente que ela não quis dizer voltar para ele.

Ela condenaria bem voltar, ele furiosamente pensou. Se ela pensasse que ela podia fazer caso contrário, ele teve um boletim para ela. Ele a caçaria abaixo, por Cristo, ele iria, e ele arrastaria suas costas onde ela pertenceu.

Goddamn isso tudo, ele precisou de suas costas onde ela pertenceu.

 

Ele compassou a sala de estar gostar de um gato em uma gaiola, rezando como ele raramente rezou, para o distante em seu bolso buzinar, sinalizando o Gates abriu. E ela estava voltando para casa.

“Eu devo trazer você algo para comer?” Summerset perguntou à entrada.

“Não.”

“Nenhuma palavra dela, então?”

“Não. E você não assume a responsabilidade seu cavalo alto e pensa montar isto aqui. Eu não fiz nada para causar este.”

A bola lançada de fúria meramente saltado fora de compostura do Summerset. “E nada para prevenir isto.”

“Previna o que?” Roarke girou. Aqui, pelo menos, era um objetivo para a ira. “Minha esposa súbita é se transformar em uma massa desarrazoada, ciumentos de humores?”

“Reação astuta da sua esposa para as manipulações de uma mulher inteligente. Que você reconheceria se você não fosse tão hellbent em ser certo.”

“Bollocks. Não existe nada astuto sobre pensar que eu preferiria Maggie acima dela. E manipulação é maldita.”

“O vídeo estava bem timed.”

“O que o fuck que quer dizer?”

“Perfeitamente timed, perfeitamente executou,” Summerset disse friamente. “Ela era sempre boa.”

“Executou isto, não é? Para que propósito possível?”

“Você está aqui, só, bravo, preocupada sobre sua esposa, seu casamento.” Summerset ignorou o gato que skulked em ventar por suas pernas gostam de uma tira inchada. “Eu imagino o tenente está em algum lugar em exatamente a mesma posição. Isto, Roarke, é definir precisão.”

“Isto é tolice sangrenta.” Mas ele empurrou uma colocação muito pequena em sua mente. “Não existe nenhum lucro nele para ela, nenhum ponto.”

“Retribuição e entretenimento.”

“Retribuição forwhat ?” Naquele momento, Roarke sentiu que ele poderia muito bem estar enlouquecendo. “Você pode ter esquecido, mas ela me deixou. Ela me traiu e me deixou enforcamento pelas bolas.”

“Não, eu não esqueci. Eu estou contente por saber que você não ter qualquer um.”

“Existe sido suficiente conversa de Magdelana nesta casa, e eu não sou a pessoa que continua a trazendo .” Ele andou a passos largos fora, e montando em temperamento afundou esmurrar um lutar droid pedaços para quebrados.

Ele vestiu ele mesmo, mas ele não ajudou, não alcançou a crueza em seu intestino.

Ele choveu fora do suor, e o sangue em suas juntas. Ele mudou e ordenou ele mesmo até seu escritório. Ele trabalharia, ele disse a ele mesmo. Ele só trabalharia, e se ela não estivesse em casa em outra hora, ele iria…

Ele não teve uma pista.

E quando ele viu a luz estava em seu escritório, o alívio o fez tão fraco que pareceu o mundial tipped e estremecido para um momento antes de ir sólido novamente.

E o debilidade refired seu temperamento em todos os circuitos. Ele stalked em, sua mente já dobrando seus punhos para a batalha.

Ela estava em sua escrivaninha, comp zumbindo, dados que rolam em tela. Seus olhos foram fechados, e as sombras debaixo deles cauterizaram fadiga contra pallor.

Quase o parou, talvez aquele cansaço infeliz teria. Entretanto seus olhos relampejados abertos.

“Tenente.”

“Eu estou trabalhando.”

“Terá que esperar. Computador fora de.”

“Eh.”

“Isto é como você lida com coisas? Como você me castiga para crimes que você decidiu que eu cometi? Eu até não sou concedido uma entrevista?”

“Olhe, eu estou cansado. Eu preciso—”

“Então o inferno sangrento é eu.”

Ele olhou isto, ela percebeu, como ele muito raramente fez. “Então vá para a cama. Eu estou indo —”

“Se você pensar sobre sair em mim novamente,” ele disse, verbalize perigosamente suave como ela começou a empurrar fora da cadeira, “pense novamente. Pense cuidadosamente.”

Ela soube o calor—e o mais mortal gelo—de sua ira quando estava completamente formado. Ela sentiu a explosão disto agora, e ele a gelou para o osso. “Eu vou fazer café.”

“Você pode esperar por isto, como eu esperei metade do goddamn noite para você.” Ele andou em direção a ela, aqueles olhos perfurando como sabers. “Como é que eu supus saber que você não estar morto em um pouco de ruela, e o da próxima vez eu abro a porta existirá um policial e um conselheiro de pesar no doorstep.”

Ela não pensou, não para um momento, ele se preocuparia que ela afundou na linha. Ela não quis dizer castigar, só para conseguir pelo dia. Então agora ela só agitou sua cabeça. “Você devia confiar-me para lidar com mesmo.”

“Oh, agora eu devia confiar você quando você mostrou a tal confiança não diluída para mim. Você não tem nenhum direito e nenhuma causa para me pôr por este.”

“Mesmo vá.”

“Por que?” Ele braceou suas mãos em sua escrivaninha, debruçada abaixo. “O que eu estou pondo você por, o que o inferno de hemorragia eu fiz? Ser específico.”

“Você olhou para ela.”

Ele olhou fixamente, e para um momento aqueles derretidos olhos azuis estavam simplesmente surpresos. “Bem, como eu não tenho sido atingi cego no último dia ou dois, eu olhei para qualquer número de mulheres. Castre-me.”

“Não diminua meu , meus instintos, ou que Iknow. Você não faz uma piada deste ou de mim. Youlooked nela, e para uma segunda, a primeira vez que você a viu novamente, você deu a ela o que deveria ser minha.”

“Você está errado.”

“Eu 'mnot! ” Ela empurrou em cima agora assim eles eram olho para olho. “Eu sou um fucking treinou observador, e eu sei seu rosto, eu sei seus olhos. Eu sei o que eu vi.”

“E seu treinamento de polícia diz a você que este olhar eu dei a ela, para um segundo você diz, é causa para este turno irracional de ciúme?”

“Não é ciúme. Eu desejo que fosse. Eu desejo que fosse tão estúpido, tão raso, tão definitivo. Mas não é ciúme. É medo.” Ela soltou abaixo em sua cadeira novamente como sua voz começou a desintegrar. “É medo.”

 

Isso o parou, teve ele endireitando novamente. “Você realmente pode acreditar nisto? Acredite que eu lamentaria o que nós somos, o que nós temos Que eu lamentaria era você e não ela? Eu não disse a você suficiente, mostrado você suficiente, que você está tudo para mim?”

Ela lutou para tranqüilo, lutadas pelas palavras. “Ela não é como os outros. A conexão, importa. Você sabe isto, e eu sei isto. E talvez pior, ela sabe isto. A conexão, esta história, eles mostram. Mostre suficiente aquelas pessoas olharam para mim com piedade hoje. Que eu era humilhado caminhada por minha própria caneta de touro para meu próprio escritório.”

“E o que de nossa conexão, Eve, nossa história?”

Seus olhos estavam nadando. Ela nunca usaria lágrimas à medida que alguns fizeram, ele soube, e estava batalhando eles de volta até agora. Ela luta para não ceder eles fizeram isso tudo os piores.

Ele subjugou para sua janela, desviada a vista de em nada. Então eles não iria ira em um ao outro até que era queimado longe, ele percebeu. Eles escolheriam sua passagem isto, descobre isto. Então eles veriam.

“Você precisa conhecer, é, o que era como era, e como e o que é agora?”

“Eu sei—”

“Você pensa que você faz,” ele corrigiu. “E talvez você não está completamente errado, ou completamente direito. Você quer isto?”

“Não.” Deus, não, ela pensou. “Mas eu preciso disto.”

“Bem, então, eu direi a você. Eu era, o que, vinte três e ou por aí, fazendo negócios como estava em Barcelona. Eu tive sucesso considerável no jogo, e em negócios naquela hora. Sempre, eu apreciei manter um pé em um ou outro lado da linha. Luz e sombra, você podia dizer. Uma mistura tão interessante.”

Ele não disse nada para um momento, então continuou. “E estava lá, em Barcelona, ela e eu cruzamos caminhos, com o mesmo trabalho em mente.”

Ele podia ver isto agora, como ele examinou a janela escura. O clube ruidoso, as luzes coloridas. Tinha sido abafador em setembro, e a música tinha sido uma pulsação no sangue.

“Ela entrou onde eu estava assistindo a marca por um tempo. Entrou, um vestido vermelho, uma atitude. Ela me sacudiu um olhar, então movida diretamente em minha marca. Dentro de minutos ele estava comprando seu um bebida. Ela era boa. Eu apenas vi seu beliscão seu passkey.”

 

Ele girou da janela. “Era rubis de rubis vermelhos sangrentos, você vê. A exibição de estrela de uma galeria. Três passkeys exigido, e eu tive dois deles já. O que ela fez, ela comprimida sua, então deslizou fora para o loo, fez uma cópia, e deslizou isto direito atrás para ele com ele nenhum o mais sábio. Nenhum de nós podíamos chegar às jóias de maldição agora, e ele me urinou fora de.”

“Certo.”

“Eu esperei por ela vir para mim, que ela fez no dia seguinte. Nós fizemos o trabalho junto no fim, e ficou junto por um tempo. Ela era jovem e destemida, apaixonada. Nós gostamos de vivermos rápido, viajando, montando a onda, você podia dizer.”

“Você a amou?”

Ele cruzou acima de conseguir eles ambas uma taça de vinho. “Eu imaginei que eu fiz. Ela era caprichosa, impossível de predizer. Ela me manteve em meus dedões do pé. Os pedaços legítimos eu era envolvido em a chateava.” Ele fixa uma taça de vinho em escrivaninha De Eve. “Ela podia nunca entender por que eu aborreci, por que eu quis o que eu procurado. O que ela entendeu era o jogo, e a sede para dinheiro, para o brilho. Ela não entendeu o que era para vir de nada, como ela veio de uma família decente, uma decente casa. O que ela quis era mais, então partir e levantar mais em outro lugar.”

“O que você quis?”

“Ela, claro. Eu não quero dizer que machucar você.”

“Não faz.”

“Eu quis o mais, para razões diferentes, eu suponho, mas eu quis o mais.” Ele estudou o vinho antes dele beber. “Eu quis respeito e poder e as proteções e paredes e armas que asseguraram eu nunca não seria nada novamente. Sabe.”

“Sim.”

“Ela não fez. Não podia. Isso era a rachadura na jóia, eu imagino.” A falha, ele pensou, ele viu até então. “E ainda, era brilhante suficiente que nós trabalhamos junto, tocado junto, ficado junto. Até Boa. A marca teve uma coleção de arte excepcional, com dois Renoirs, entre outros. Era o Renoirs nós procurados, teve um comprador fixar para eles. Nós gastamos semanas em diante isto, com Maggie que move para o dentro de seduzindo a marca.”

 

Para parar ele, Levantou uma mão. “Ela dormiu com ele? Isso não aborreceu você? Conhecendo que ela era com outro sujeito?”

“Era trabalhava, e ele era mais que duas vezes sua idade. E o Renoirs? Eles valiam a pena um grande negócio.”

“Ela não era seu,” Murmurado, e algo dentro de sua ONU-laço. “Você nunca pensou dela como seu.”

“Você pensou caso contrário?”

“Sim.”

“Não completamente direito,” ele repetiu e aliviou até se sentar na extremidade de sua escrivaninha. “Eu compliquei para ela, e eu acreditei em que ela teve eles para mim. Eu pensei por causa daqueles Eve, e aquela onda nós montamos, eu podia a confiar. E lá eu estava completamente errado.”

Como ele bebeu, Eve Podia ver ele estava olhando de volta. “A noite antes de nós ser para fazer a pontuação, ela não voltou para a vila onde nós estávamos ficando. Nem fez ela vir de manhã. Eu tinha medo algo deu errado, ela fez algo tolo e sido pego. Então eu consegui palavra que ela imprimiu com a marca. Deixou-me para ele. Não só isto, mas se eu fosse por com o trabalho que noite, tão planejada, existiria vários gendarmes esperando para concha mim em cima.”

“Ela ratted você fora.”

“Como eu disse, ela era caprichosa. Eu estava bravo, eu era machucado. Meu orgulho era danificado. Ela me tocou, como nós tocamos tantos outros.”

“Por que você não a seguiu?”

Ele estudou sua esposa—aqueles olhos marrons cansado—sipped seu vinho. “Eu nunca considerei isto. Ela fez para mim, e isso era isto. Eu não daria sua a satisfação disto. Eu devia adicionar aqui, saltando adiante vários anos, que eu planejei caçar você abaixo se você não voltasse para casa dentro de outra hora. Caça você abaixo, arrasta você de volta. Eu nunca considerei não seguir você.”

Ela tomou uma respiração para afiançar ela verbalizar. “Você já conseguiu o Renoirs?”

“Eu fiz.” Seu lábios curved. “Claro que eu fiz. Três anos mais tarde. E naqueles anos e aqueles depois, eu tive muitas mulheres também. Eu apreciei eles, e eu nunca, não de propósito, machuque um deles. Eu dei a eles o que eu tive que dar, e tomou o que eles estavam dispostos a devolver. Mas não existia nada lá.”

 

“Mas você não a esqueceu.”

“Não completamente errado,” ele reconheceu. “Não, eu não a esqueci. Ela deixou um buraco em mim, Eve, um eu não quis cheio. Por que arrisque isto?”

“Ela…” Uma vez mais ela caçou para as palavras, os uns certos. “Ela teve uma influência importante em você. Isto é, talvez, isto é parte do que eu sinto. A parte do que eu vejo.”

“Eu não posso, não queira, negue aquele o que ela fez, o que eu dei seu o poder para fazer, teve alguma influência a caminho que eu abordei relações. Eu disse que eu não a esqueci, mas nem fiz eu ativamente penso sobre ela depois que as primeiras semanas passaram por. Você entende isto?”

“Sim. Eu pego isto.”

“Eu tive trabalhei. Eu gosto trabalhar. Eu tive dinheiro, então mais disto. E o poder, o respeito. Eu construí este lugar, e um grandes negócio mais. Eu gostei das mulheres que com que eu era, mas eles nunca eram mais que prazer momentâneo.”

“Ela machuca muito você.”

“Ela fez, e a vendo novamente, eu lembro disto, e de fato, aqueles complicado que fez seu capaz de mim machucar.”

“Ele ajudas,” Administrado, “para você dizer a mim isto. Para você atingir isto em vez de rejeitar sumariamente isto.”

“Difícil de admitir—para eu mesmo, para você. Mas eu não menti quando eu disse a você que era feito. E ainda…eu atingirei isto também. Eu lembro, também, a mulher jovem bonito no vôo livre de vestido vermelho em um clube lotado. O momento disto, o vibrancy disto. Pode ser é disso que eu vi, para tão segundo, a memória de que poderia ser o que eu estava olhando para. Eu não posso apagar o que era de mente e memória, .”

“Não. Certo. Certo. Deixa somente seja—”

“Nós não somos feitos aqui. Você me ouvirá fora.” Como se a segurar em lugar, ele deitou um dar sua. “Eu tive aquele buraco em mim, aquele espaço vazio. Eu podia ter vivido minha vida com isto, conteúdo suficiente. Eu não era um homem infeliz.”

Ele manteve seus olhos em suas como seu dedo polegar escovado ligeiramente acima da parte de trás de sua mão. “Então, um dia eu senti algo—um espinho atrás de meu pescoço, um calor na básica de minha espinha. E de pé em uns comemorativos para os mortos, eu girei, e você estava aí.”

Ele girou ela dar, engrenando dedos. “Você estava aí, e isso tudo trocados debaixo de meus pés. Você era tudo que eu não devia ter, não devia querer ou precisar. Um policial para causa do Jesus, com olhos que olhou direito em mim.”

Ele alcançou, só um sussurro de dedos em seu rosto. E o toque quieto era de alguma maneira de modo selvagem apaixonado, desesperadamente íntimo.

“Um policial vestindo um terno cinza ruim e um casaco que até não ajustaram. Daquele momento, o buraco dentro de mim começou a encher. Eu não podia parar isto. Eu não podia parar o que arraigado lá, ou o que cresceu.

“Ela põe isto em mim, você encheu isto. Sobre você pode entender isto é parte desta—a conexão que você se preocupa? Pode você entender que qualquer era que eu senti pena de seu que não sou nada. É tão pálido, tão magro e fraco comparado ao que eu sinto pena de você.”

As lágrimas vieram agora. Ele assistiu eles goteira abaixo suas bochechas, perguntou-se se ela estivesse até ciente que eles vazaram sua. “Ela era parte de minha vida. Você é minha vida. Se eu tiver um remorso, é que até para um momento você podia pensar caso contrário. Ou que eu permiti a você.”

“Quando eu vi você com ela em tela—”

“Eu estava dizendo que adeus para a menina eu uma vez imaginaria, e eu penso, para o homem eu tenho sido que a imaginei. Só isto. Não chore. Aqui agora.” Ele escovou suas lágrimas longe com seus dedos polegares. “Não chore.”

“Eu me sinto estúpido.”

“Bom. Então faça eu.”

“Eu amo você. Assustador.” Ela empurrou em cima novamente, e este tempo em seus braços. “Então fucking assustador.”

“Eu sei.” Ela sentiu ele tremer quando ele apertou seu rosto para seu pescoço. “Não deixe-me novamente. Deus. Deus. Não deixe-me novamente.”

“Eu não fiz.”

“A parte de você fez.” Ele a moveu de volta, e seus olhos fervilhados com emoção. “A parte de você me deixou, e eu não podia permanecer isto.”

“Eu não estou indo em qualquer lugar. Nós não estamos indo em qualquer lugar.” Precisando acalmar, ela trabalhou um sorriso. “Além disso, você só me arrastaria de volta novamente.”

“Condene direito.”

“Ou tente.” Ela fechou ela dá seu, e sentiu a pele irritada em suas juntas. Abaixando eles, ela estudou. “Uau. Bata o inferno fora de alguém?”

“Só um droid. Parece trabalhar tão bem para você quando você for urinado em mim.”

“Você devia conseguir seu R-e-D departamento para apresentar um que regenera ou algo.” Ela tocou em seu lábios para eles. “Você devia pôr algo neles.”

“Você acabou de fazer. Olhe o quão cansado você é,” ele disse, stroking sua bochecha. “Meu Eve. Vestido para o osso. E eu aposto que você não comeu em todo o hoje.”

“Eu não podia. Morris até teve caseiros bolos de chocolate. Bolos de chocolate de chocolate.”

“Nós teremos alguma sopa.”

“Eu estou muito cansado para comer.”

“Certo, então. Nenhuma sopa, nenhum trabalho. Só durma.” Ele deslizou seu braço ao redor sua cintura, e ela deslizou sua ao redor seu como eles começaram do quarto. “Você me admitirá de volta lá? No trabalho?”

Ela o fechou lá fora, ela percebeu. Eles fecharam um ao outro fora aqui e lá. Pequena conclusão de portas. “Sim. Eu podia usar alguma ajuda. As perguntas sobre um sistema de segurança para começar.”

“Eu sou seu homem.”

Ela examinou nele, sorriu. “Sim, você é.”

 

Ela deslizou em dormiu, então na frente de amanhecer iluminar o céu, deslizou em amor. Sua boca a despertou, morna em sua. Doce e morno e de boas-vindas. E steeped em seu gosto, sua respondido. Suas mãos a mexida, de forma que seu coração pareceu suspirar. Sentindo a batida de sua contra ela, ela abriu.

No absoluto quieto, no suave, acalmando escuro, eles moveram junto.

O conforto era buscado, e achadas. As garantias eram refeitas sem palavras. E tudo precisou recebia.

Ela deita, dobrada na curva de seu braço. Movendo.

“Eu devia ter deixado você dormir.”

“O modo que eu sinto agora mesmo, você multa justa. Bonita maldição perfeita.” Tão perfeita, ela pensou, ela podia enrolar lá pelo próximo milênio. “Que horas são de qualquer maneira?”

“Quase seis.”

“Você provavelmente tem que levantar.”

“Eu estou gostando onde eu estou no momento.”

Ela sorriu na escuridão. “Eu estou sofrendo fome.”

“Você é agora?”

“Seriamente faminto. Eu desejo que eu tive um bolo de chocolate de chocolate de maldição.”

“Não é chocolate suas necessidades de sistema.”

“Você quer bater novamente, ás, eu preciso de café primeiro.”

E, ele thought,We voltam. “O gato conseguiu a melhor parte de dois cafés da manhã irlandeses cheios ontem. Por que nós não tentamos isto novamente, e coma eles nós mesmos.”

“Você não comeu qualquer um?”

“Eu não fiz, não.”

Ela sorriu novamente. Era bom para saber que ele sofreu junto com ela. Mas ela rolou, tonificantes em seus cotovelos para olhar abaixo nele. “Vamos comer. Muito.”

Eles comeram na cama, sentando crosslegged, os pratos entre eles. Ela empurrou em ovos como se eles iriam ser proibidos dentro da hora.

Existia cor de volta em seu rosto, ele notou. E aquelas sombras, aquelas sugestões de ferimentos atrás de seus olhos eram ido. Então ela apontou eles para ele, e ele viu existia qualquer outra coisa neles.

“O que?”

“Eu não quero atarraxar coisas, mas eu quero mencionar que algo que é bugging me.”

“Certo, então.”

“Vestido vermelho.”

“Fuck.”

“Não, não.” Ela balançou seu garfo, determinado conseguir por esta parte sem uma briga ou uma crise sentimental. “Só me ouça fora, certo? Você disse aquele quando você primeiro viu seu que ela estava vestindo um vestido vermelho. Você vai comprar a coincidência que ela estava vestindo um vestido vermelho quando você a viu novamente inesperadamente?”

“Bem, eu duvido que ela seja vestida vermelhos todos estes anos, no caso de nós cruzar caminhos novamente.”

“Você não está pensando. Você ainda tem blinders em quando vier para ela. Não seja urinado.”

“É trabalho duro não .” Um pouco irritably, ele apunhalou uma batata frita. “O que é seu ponto?”

“Meu ponto é, ela instalar isto. Ela não acabou de não acontecer estar naquele restaurante, naquele tempo, em um vermelho fucking vestido, Roarke. Ela soube que você estaria lá, e quis dar a você o sacudir. Lembre, amante? Lembre de-me?”

“Bem, como iria ela saber onde…” Ele diminuiu, e ela viu o blinders cair longe.

Levou força considerável de legou—e ela se felicitou por —não saltar em cima e fazer uma dança de joy e vitória na cama.

“Você disse que ela era boa, e você provavelmente a ensinou mais. Você conheceu que o sujeito que ela era com aquela noite, você faz negócios com ele. Não tão duro, se você quiser tomar algum tempo, obrigar a onde o Roarke tem uma reserva de jantar.”

“Não, ela podia trabalhar isto.”

“Etiquetas você em casa, manhã cedo, então ele é o almoço—dá a mim algum conselho, alguma ajuda para causa de tempos velhos. Eu aposto que ela estava cheia de desculpas e vergonha para que ela fez para vocês todos aqueles anos atrás.”

Ela pausou um momento, então decidiu iria chaga se ela só não dissesse isto. “E você não vai dizer a mim que ela não fez um partir você. Pelo menos teste as águas.”

“As águas,” ele disse, “não era receptivo.”

“Se eles tivessem sido, eu teria a afogado neles já.”

“Bem, isto é assim…você.”

“Mantenha aquela em mente,” ela advertiu, e desde que ela terminou seu toucinho, roubou uma fatia seu. “Isso teve que rachar suas coxas. Então existe o fato que ela é o anti-me.”

“Desculpe? O que novamente?”

 

Agitando sua cabeça, Eve Comeu o toucinho. “Isto é muito complicado para explicar. Esqueça isto. Mas depois que você diminuiu a oferta para ver seu tits—”

“Ela tem muito agradável, como eu recordo.”

“Seria melhor você fechar.” E quando ele grinned, Eve Pareceu morno por toda parte. “Então, quando você diminuiu sua oferta generosa, o que ela fez?”

“Estancada sua decepção amarga com um martini de vodca.”

“Não. Jesus. Ela saltou para mim, deu a mim um par de bom pico. Concluído com o vid. Mavis disse—”

“Mavis?”

Eve toyed com que era remanescente de seus ovos. “Eu fui por lá ontem à noite. Eu esqueci o negócio de ursinho.”

“Esqueceu-me também.”

“Não, eu não fiz. Eu precisei ver Mavis. Eu precisei conversar com ela.”

“Certo.” Ele alcançou acima de tocar uma mão para De joelho. “Isto é justo suficiente.”

“Mavis correu grifts por muito tempo. Ela não era metade ruim qualquer um. Ela manchada que Magdelana estava fazendo, onde eu faltei isto. Mas quando Mavis empurrou isto em meu rosto, eu vi isto, também. Ela instalar aquele vid, Roarke. Se você olhar para isto novamente, você verá isto. Ela angulada em direção à máquina fotográfica, ela—Mavis chamou enganando que—ela enganou seu rosto assim pegou seu direito justo. Não era só alguma coincidência selvagem que um pouco de schmuck pegou o dois de você em máquina fotográfica e conseguiu isto em tela. Ela produziu isto.”

“Summerset disse o mesmo, e eu o soprei fora de. Embora uma parte de mim pensado, Bem e certa ela fez. Eu o soprei fora de.”

“Ela quer você de volta.” Eve tomou uma punhalada maligna em seus ovos porque até sabendo o que ela soube, tendo o que ela had,that era um pisser. “Ela tem sido por um par de sujeitos ricos, conseguiu se uma almofada boa. Mas você. Você é o prêmia diretora, e ela calculou mal antes. Ditched você para o pássaro na mão. Agora você é…O que um ser realmente grande pássaro?”

“Uma avestruz?”

“Sim, mas isso não soa direito. De qualquer maneira, você é o pássaro no grande-asno ouro ninho brilhante, e ela quer confortável em com você. Só precisa me conseguir fora do modo. Talvez veja se você pode levantar onde você parou para primeiro…”

“Como eu disse, ela pode ter intimated que possibilidade, que eu, sendo um marido fiel, beliscado até antes do broto. E sim,” ele adicionou com um aceno com a cabeça, “depois de que, ela foi ver você, teste o chão, faz que você pergunta-se. Estava bem tocado ao todo, e causou dificuldade e pesar considerável. Ainda, eu fiz isto muito claro, eu prometo você, que você e eu éramos uma unidade. E cometida a estar um.”

“Ela poderia ter figurado ela podia, eventualmente, convence você caso contrário. E enquanto isso, ela chega a causar dificuldade e pesar. Não é quase não perde para ela.”

“Sim,” ele respondeu, “isso a divertiria. Ela está chateada pela ordinária, ou o que ela percebe como o ordinário.”

Sobreviveu as condições do prenups em ambos os casos, ela disse.

“O casamento seria uma forma de conseguir, até um brinquedo.”

“Como eu posso fazer este trabalho para mim?” Eve Sugerido. “Ou falhando isto, só quebra isto.”

“Eu sinto muito. Desculpe eu não vi por isto.”

“Ela calculou mal,” Eve Disse e tomou sua mão.

Ele ligou seus dedos com sua. “Que ela fez.”

“Eu ainda quero chutar seu asno.”

“Seria impróprio se eu quisesse assistir?”

“Os homens sempre querem assistir. O problema é, se nós fizermos qualquer coisa de tudo isso, sou só espirro para os porcos de fofoca. Vai ter que ser suficiente saber ignorando a urina fora de. Deixe seja só ser feito com ela.”

“Concordou.”

“Enquanto isso, eu preciso conseguir isto,” ela disse como seu 'vínculo sinalizado. “Bloqueie vídeo. Dallas.”

“Reo, mais um tempo. Conseguida sua autorização para residência do Straffo. Doa no asno. Como uma cortesia, o juiz concordou ninguém obrigaria isto até depois de eightA.M. Esta manhã.”

“Eu posso viver com isto. Obrigado, Reo.”

 

“Consiga algo, Dallas. Straffo está indo para nata em cima na mídia caso contrário.”

“Eu conseguirei algo.”

“Oliver Straffo?” Roarke disse quando ela clicou fora de. “Você o suspeita neste assassinato do professor?”

“Professores, a partir de ontem. O suspeito que estava encabeçando nossa lista foi morta.”

“Ah.” Ele estava para trás, ele percebeu, e era último tempo para pegar em cima. “Bem, por que nós não começamos fora do dia como nós muito freqüentemente fim isto.”

“Eu achei que nós acabamos de fazer. Que você era quem rolou fora de mim um tempo atrás, não era?”

“Como memória serve. Não com sexo, Tenente, entretanto ele é um caminho adorável para terminar e começar quase qualquer coisa. Diga a mim sobre o caso.”

Ela disse a ele enquanto eles choveram, enquanto eles vestiram, enquanto eles feriram seu caminho para seu escritório.

E como eles caminharam nisto, seu vínculo de bolso buzinado. Ele glanced no estágio de leitura, põe isto atrás em seu bolso.

“Isto é como você quer a lidar?” Eve Perguntado.

“No momento. Então sua teoria é Straffo matou Foster porque Foster soube sobre os afazeres.”

“Eu não chamaria isto uma teoria. É uma das possibilidades. A outra esposa do ser Straffo fez isto, mesmo motivo. Ou Mosebly fez isto, porque Foster soube abouther afazeres.”

“Para uma escola, é certamente um hotbed de sexo ilícito.”

“É Williams Ainda possível matou Foster preservar sua carreira e reputação. Então ou do Straffos ou Mosebly amarraram isto fora eliminando Williams. Eu iria correr probabilidades ontem à noite, mas uma coisa e outro.”

“Você gostaria eu de verificar que Straffo podia ter evadido a segurança para cada assassinato.”

“Se a seta começa a apontar nele, ajudaria se eu tivesse aquele em meu bolso.”

“Tremor,” Roarke disse absently. “Você mantém setas em um tremor. Eu verificarei a segurança para você, mas parece mim aquela matança que Foster estava pondo o carro antes do cavalo. Williams era a ameaça primária, em suas três possibilidades.”

“Eu sei isto, mas eu não tenho nenhuma evidência ou indicação que Williams ameaçou exposição, até que ele usou isto em Mosebly na manhã de sua morte. É Foster Possível empurrou isto. Então Williams diz, ‘Atarraxe o bastard, ' e o mate. Ou…”

“Um dos pânicos de Straffos e fazem isso. Ou Mosebly.” Roarke trabalhou alinhar-se todos os jogadores em sua cabeça. “Muitos índios, não suficiente chefes.”

“Retomada?”

“Muitos suspeitos, mas nenhum deles distinguir-se como o fazendo o trabalho real.”

“Sim. Existe um problema de caroço com todo. Foster. Eu não posso achar um motivo forte, claro. Para falar a verdade não. Então eu estou indo com o escuro. Ele era um atirador direto, mas ele não era um desordeiro. Eu tenho uma testemunha que o viu e Williams a manhã da morte do Foster, conversando amiably nos professores ' vadiar. Foster não podia ter tirado isto, não meu modo de pensar, se ele e Williams estivessem tendo dificuldade séria.”

“Você disse que Foster reportou molestamento do Williams de Sanchez,” Roarke lembrou a ela.

“Sim, mas ele era uma torneira de junta. Foster disse a ele, algum tempo antes, parar o nutritionist. Ele parou. Problema resolvido. Agora, eu conheço Foster viu Mosebly e Williams tocando molham e dick na piscina da escola, e ele diz sua esposa que ele viu Williams com alguém que ele não devia ter sido. Mas hedoes não diz que, ou conversa sobre confrontar ninguém sobre isto.”

Circulando a tábua de assassinato, Roarke estudou retrato do Mosebly. “Um formidável-olhando mulher. E sendo a diretora, uma figura de autoridade. O nutritionist era sustentar pessoal. Ela estava chateada pelos avanços, Mosebly não obviamente era.”

“Sim, porque sua reivindicação de estupro é falsa. Então por que mate Foster se ele for decidido se importar seu próprio? Por